VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Paulo Pimenta: Locutor de rádio da RBS, empresa suspeita de pagar propina, incitou ouvintes a cuspir em Lula “por corrupção”; ouça

28 de janeiro de 2016 às 22h20

nelson e eduardo sirotosky e alexandre fetter

Nelson Sirotsky, presidente do Conselho de Administração, e o sobrinho Eduardo Sirotsky Melzer, presidente do Grupo RBS, suspeito de mandar pagar propina, e Alexandre Fetter, o “humorista” da rádio Atlântida que incitou ao ódio. Vai mandar cuspir nos patrões?

CARTA ABERTA À RBS

LOCUTOR INCITA AGRESSÕES À LULA

do Facebook de Paulo Pimenta

Desde que o desejo da maioria do povo brasileiro foi vitorioso nas eleições presidenciais, de 2014, e frustrou os interesses dos grandes grupos de comunicação do país, com a reeleição da Presidenta Dilma Rousseff do Partido dos Trabalhadores, o Brasil vive um clima de hostilidade, de extremismo e de inúmeros ataques, por parte daqueles que até hoje estão inconformados com a derrota nas urnas contra agentes políticos e, especialmente, membros do Partido dos Trabalhadores.

Infelizmente, essa onda de ódio é, em grande parte, promovida e alimentada por parte da imprensa brasileira.

Foi o que puderam constatar os milhões de gaúchos e gaúchas ouvintes da Rádio Atlântida FM, do Grupo RBS , nessa semana.

Indignados, muitos me procuraram para que fossem tomadas providências e o caso fosse denunciado.

Em um dos programas de maior audiência dessa rádio do Grupo RBS, o locutor do “Pretinho Básico” incita os ouvintes a “cuspirem” na cara do ex-Presidente Lula.

Entre as inconformidades do locutor estão, segundo ele mesmo, a possibilidade de que [eles, o povo] “vão votar no PT de novo” e o teor das últimas declarações do ex-presidente.

“Ninguém cospe no Lula, velho? Que troço desesperador, isso é desesperador. Ninguém dá uma cuspida no Lula, um sujeito desses é digno de uma cusparada”.

A incitação ao crime, cometido pelo locutor, está prevista no Código Penal.

Qual seria a reação da mídia se agentes políticos passassem a defender agressões a jornalistas em razão da manipulação diária promovida pelos meios de comunicação no país, da seletividade de sua cobertura ou da diferença de posições políticas?

Certamente, denunciaria um ataque à liberdade de expressão. E por que razão, então, consente com a incitação de ataques de seus profissionais a políticos?

Pretende, ao fim, que alguns atores políticos sejam espancados ou retirados à força da cena política como na época da ditadura?

Crimes ao microfone, como o cometido por esse locutor, respaldam, posteriormente, atitudes de violência na rua.

Quem defende a doutrina do ódio contribui para a naturalização e o agravamento da violência praticada em nosso país.

FullSizeRender (2)

Tweet de um apoiador do grupo, dizendo que daria um tiro em Lula

Ao permitir que tais palavras sejam proferidas em um de seus programas de rádio, o Grupo RBS fomenta a ideia de que vivemos em uma sociedade que valoriza a violência, a opressão e a vingança.

Precisamos rejeitar esse pensamento.

Vivemos em um Estado de Direito, onde a liberdade de expressão de cada indivíduo é tão importante quanto a certeza de que a dignidade da pessoa humana será protegida.

Negar isso é recusar que somos todos iguais, afastando outro preceito fundamental do Estado de Direito.

Esse discurso busca, na verdade, criminalizar a política e os agentes políticos, bem como, mais especificadamente, estigmatizar e discriminar não somente o ex-presidente Lula, seu partido e seus correligionários, mas todos brasileiros e brasileiras que, de alguma forma, estimam Lula e que têm ele e seu legado político como símbolos da tolerância, promoção da igualdade e da justiça social.

O discurso de ódio leva a sociedade para um único fim.

Foi o que vimos na Segunda Guerra Mundial, originada, em grande parte, da incitação ao ódio a grupos específicos de pessoas, num discurso promovido pelo casamento entre líderes políticos intolerantes e os meios de comunicação.

Desde então a comunidade internacional e o sistema internacional de direitos humanos protegem a liberdade de expressão na mesma medida em que repudiam o discurso de ódio.

Portanto, em episódios como esse da RBS, é inútil se esconder atrás da liberdade de expressão e invocá-la para justificar o cometimento de um crime.

A humanidade de forma geral tem um alto grau de condenabilidade do discurso de ódio.

Chegamos aqui após sofrer suas piores consequências.

Por isso, em nosso país, vivemos para a defesa da pluralidade e para construção de uma sociedade que promova a paz.

O que nos perguntamos, agora, é se:

Essa é a opinião da RBS?

A RBS concorda com incitação ao crime?

A RBS concorda e defende que o ex-Presidente Lula seja agredido?

A RBS aceita ser corresponsabilizada por qualquer agressão ao ex-Presidente Lula?

A RBS considera que o papel da imprensa é incitar ao crime e promover o discurso de ódio?

A RBS pretende tomar alguma providência frente a esse episódio de incitação ao crime?

À parte as diferenças ideológicas entre o Partido dos Trabalhadores e a defendida pelos grandes grupos de comunicação, entendemos que não é no campo da violência que as disputas entre o campo político e o midiático, ou entre modelos políticos para o país, serão resolvidas.

*Paulo Pimenta, jornalista, deputado federal e Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados

Captura de Tela 2016-01-28 às 22.15.01

PS do Viomundo: E cadê a coragem dos humoristas da Atlântida para fazerem piada com o fato de que a empresa para a qual trabalham está sendo investigada por pagar propina na Operação Zelotes?

PS2 do Viomundo: No mesmo programa, Pretinho Básico, um dos “humoristas” prega o uso de violência moral ou física para resolver problemas do cotidiano. Ele estimula “indignados” a agir e lê supostas cartas de ouvintes que adotaram a sua “filosofia”. Ver neste programa, a partir dos 41 minutos.

Leia também:

Beatriz Cerqueira: Em Minas, Pimentel prometeu e não cumpriu

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

54 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Jairo

02/02/2016 - 14h47

Bom um simples cuspi que nem foi dado e que se limpa com um pedaço pano é nada perto de tanto roubo que esse sr. fez. Que a justiça seja feita e que cadeia seja o destino de Luís Inácio.

Responder

Sergio

30/01/2016 - 16h02

Mais um mal-educado querendo fazer graça, sem qualquer graça. Se ele está em POA, apenas, é porque deve ser um grosseiro provinciano.

Responder

Tatiana pastre

30/01/2016 - 02h29

Na verdade não tem que discutir o Fetter representa bem a cara da RBS junto com jornalistas como David Coimbrã entre outros, e essa sempre foi a postura da RBS. Com certeza o cara fez isso porque tem apoio da empresa. Duvido que a RBS vá se retratar.

Responder

marco

29/01/2016 - 21h53

Pois Deputado.Quero parabenizar o seu PARTIDO,o PT,por estar fomentando esse tipo de comportamento de parte da REAÇÃO,em relação aos senhores.O Sr.Rui Falcão,alega que querem acabar com o PT ,e isso é verdade.Na sociedade onde se exercita a LUTA DE CLASSES,os que não tem votos suficientes,tentam sempre,GOLPES.Mas ao propósito,quero relatar um acontecimento de passado remoto;lá pela metade da década de 50,num Fla-Flu no Maracanã,a torcida do Flamengo,que empatando,sairia campeão,lá pelos 3 do segundo tempo,perdia de um a zero.A torcida começou a xingar os jogadores,e os xingamentos se ouviam por todo o país,pela Nacional.O ataque no Flamengo,eram,Joel,Moacir,Henrique Dida e Zagalo e mesmo assim,Castilho,goleiro rival,estava fazendo muitos de seus milagres.Quando o alarde chegou ao ápice,eis que Henrique meteu a mão na bola,e ela entrou.O juiz,fez que não viu,segundo relato,e foi uma festa.Disso tudo se extrai uma lição.Velha lição que se tira do cotidiano de longo tempo.FALEM MAL,MAS FALEM DE MIM.Por isso,falarem mal de seu partido,ao invés de tira-lo,estão é promovendo-o.Ao propósito,o Senhor tem ouvido muito falar dos PPS,e assemelhados?Ou dos PSBs que estão por ai?Senhor Deputado,na sociedade onde se exercita a luta de classes,o ruído mais preocupante,É O SILÊNCIO.Inobstante,quero parabeniza-lo,pelas lindas batalhas em que está confrontando a DIREITA.Parabéns,Deputado Paulo Pimenta.Falem mal,mas falem de nós!

Responder

roberto

29/01/2016 - 19h34

Tá entupido de maconha até o traseiro. Chama a mãe de vó , o pai de tio, e quando se olha no espelho vê o Lula e cospe na própria cara.
A razão disso é que para entrar na RBS é preciso apresentar antes, o Certificado de Maus Antecedentes.

Responder

Roberto de Paulo

29/01/2016 - 19h22

Lukas é + um dos coxinhas canalhas a serviço do Partido + ladrão do PAÍS,que tem a justiça como cúmplices,PSDB.

Responder

Rogério Ferraz Alencar

29/01/2016 - 18h24

Esse negócio de carta aberta adianta de quê? Se Paulo Pimenta sabe que incitar à violência é crime, por que não processa logo o jornalista? Ou por que não manda o PT processar?Já não basta a inação do ministro da justiça?

Responder

Julio Silveira

29/01/2016 - 17h36

O PT sempre teve na RBS uma adversária ferrenha. Qual gaúcho esquerdista não se lembra de nomes como José Barrionuevo, ou ainda o Rogério Mendelski, duas tenazes e estridentes vozes da rede, que fizerem o papel oposição raivosa com respaldo da direção do grupo. Faziam politica oposicionista na rede enquanto o Lula era candidato e surpreendentemente tão logo consolidou-se o Lula na presidência, foram demitidos. Dando a entender que ofereceram caravelas para manter aberta a possibilidade de acesso ao governo. O que de certa forma conseguiram com a politica de paz e amor unilateral que o PT implantou. Vejo esse recrudescimento de vozes com novos atores como o renascer da esperança. Perceberam a fraqueza que o governo petista ostenta. Esperam e fazem sua parte para verem governos que facilitem ainda mais a vida do grupo e principalmente de quem está por trás dele. Expô-los, por exemplo, numa operação Zelotes seria algo inconcebível naqueles tempos, E as oportunidades? como algumas que foram criadas quando o governo federal esteve sob comando tucano. Quando o festival privatizante fez a festa de muitos desses grupos, oportunizando a expansão de negócios que já vinham construídos, com o aval do estado e valores muito abaixo do preço do próprio patrimônio das empresas publicas privatizadas. E o PT, pode até ter continuado facilitando a vida desses grupos e outros de atividades afins, mas estão longe de se prestarem a fazerem esse papel.

Responder

Júlio

29/01/2016 - 16h41

O pretinho básico é um programa de humor……
Tiraram a frase do conceito.

E pra quem acha que o Fetter é desconhecido, a audiência diária do pretinho é de 4 milhões.

Responder

Luiz Antonio Barbosa

29/01/2016 - 16h21

Se levarmos em conta o (des)PRESTÍGIO do deputado, levo em consideração que na semana passada ele foi barrado no baile ao tentar se INFORMAR (somente isso) sobre a prisão de uma senhora com dificuldade locomotora e até o presente momento nada resolvido, posso afirmar com toda segurança que a punição do locutor será a mesma a mesma que tiveram os envolvidos no caso do helicóptero com 450 de cocaína.

Responder

Sidnei Brito

29/01/2016 - 15h18

Mais um que ia passar por essa vida sem que muita gente, incluindo eu, soubesse que existia.
Agora vai virar celebridade, vai ser convidado para participar de manifestações, vai bombar no twitter…
Já ia me esquecendo, em breve comandará um talk show, quem sabe com o Lobão na banda do programa.

Responder

Yule Cristina

29/01/2016 - 14h26

Se existisse ministro da justiça ou poder judiciário nesse país, os donos desse grupo de mídia já estariam na cadeia por sonegação, ou seja roubo do dinheiro público e ainda por corrupção.

Responder

Elisa Dias

29/01/2016 - 13h37

Lula vai ficar mesmo rico! Processa o Fetter e a RBS, Lula!

Responder

Jair Fonseca

29/01/2016 - 11h58

Isso, sem falar no nome “engraçadinho” (e rascista) do programa: Pretinho Básico.

Responder

    Valdelírio

    30/01/2016 - 08h21

    Acontece que o Pretinho Básico é um programa copiado descaradamente de um programa muito mais antigo da Rádio da Ulbra (Universidade Luterana do Brasil), chamado Cafezinho.
    Além de copiar a fórmula (e de certa forma o próprio nome) os caras resolveram puxar o saco dos patrões, os conhecidos mafio-midiáticos do Grupo RBS, especializados em sonegação fiscal e outras falcatruas.

Arnaldo Costa

29/01/2016 - 11h34

Como os meios de comunicação têm atraído psicopatas doentes! O pior de tudo é que, a grande maioria, ainda por cima, é corrupta. Conheço um afetado desses que trabalha na polícia federal. Xinga Lula e o PT mas, há tempos atrás, contava na maior cara lavada que ia para a fronteira do Brasil descolar “um extra” (propina mesmo).

Responder

Joel Miranda

29/01/2016 - 10h35

Amigos, os donos do PIG é que merecem ser cuspidos, são homens sem carater, são bandidos!

Responder

Nelson

29/01/2016 - 10h32

De minha parte, eu nunca defendi corrupção de governo algum. Eu defendo apuração e divulgação imparcial, não seletivas, dos casos de corrupção, o que não tem havido no nosso país.

Já o Lukas faz o possível e o impossível para defender o governo mais corrupto e deletério que o Brasil já teve, o do tucano Fernando Henrique Cardoso.

“A corrupção dos governos do PT é pinto perto da do PSDB”, disse, há alguns anos, em um debate, o professor de História da UPF, Mário Maestri. Digo isto sem o intuito de isentar o PT de qualquer crime que tenha cometido.

Responder

Professôr TH Campos

29/01/2016 - 09h51

A foto não é dos irmãos Sirotsky, e sim do tio Nelson, ex-presidente da RBS e do sobrinho, filho da irmã do Nelson e atual presidente, Eduardo Sirotsky Melzer, o Duda.

Responder

    Conceição Lemes

    29/01/2016 - 16h08

    Obrigadíssima, professor, já corrigimos. abs

Antonio Luiz

29/01/2016 - 09h46

Concordo com o Orlando e Azenha. O melhor seria acabar com o PT, daí o problema estaria sanado. Como dizem, valentemente, “são uns covardes” essa turma do PT. E Moro e tudo de ruim que existe e que nos aflige pode ser creditado ao PT, esse mal que deve ser extirpado.

Logo, o que o “Imperador Moro” faz é salutar às nossas vidas e ao País.

Salve Azenha!

Responder

julio

29/01/2016 - 09h44

Hoje um jornaleco aqui do Espírito Santo, publicou em sua capa a seguinte manchete: “Lula usa rede social para atacar A Gazeta”, se referindo um post que o Lula usou para se defender no face, em que ele coloca uma tarja vermelha com a inscrição MENTIRA na edição de capa do dito jornaleco, censurando a manchete que afirmava que “o triplex foi do Lula”. Levando em consideração que o dono do pasquim é o presidente da ANJ – Carlos Lindenberg Neto, há de convir que existe um pacto nacional para desconstruir o ex-presidente. O mais interessante, é que aqui no estado o atual governador construiu e omitiu no TRE e no IRPF, uma mansão avaliada em oito milhões de reais em um dos condomínios situado em umas das regiões mais nobres do ES, sem que o presidente da ANJ emitisse uma nota sequer em seu jornal, fato divulgado e comprovado pelos chamados blogs sujos. ( é só jogar no Google – casa de Paulo Hartung em Pedra Azul ). Fica um convite a esse blog, para vir em nosso estado a fim de ver como o governador, com a ajuda dessa empresa de comunicação, conseguiu cooptar o judiciário, o Tribunal de Contas, o legislativo e o Ministério Público, está tudo dominado!

Responder

tiao

29/01/2016 - 09h36

Vi ontem com indignação em um programa de TV aqui em Santo Andre,o vereador Ailton Lima chamar Lula de ladrão.Este é mais um que tem que levar um processo nas costas.

Responder

FrancoAtirador

29/01/2016 - 09h31

.
.
Os Veículos da Mídia Jabáculê, no braZil,
.
não exaltam a Educação e a Civilidade,
.
promovem a Imbecilidade e a Estupidez.
.
.

Responder

FrancoAtirador

29/01/2016 - 09h24

.
.
As Redes NaziFascistas de Rádio da Mídia Jabáculê
.
estão mais agressivas que as Emissoras de Televisão.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    29/01/2016 - 09h26

    .
    .
    Grande parte dos Locutores e Comentaristas de Rádio
    .
    estão verbalizando uma Brutalidade sem precedentes.
    .
    .

Àlvares de Souza

29/01/2016 - 09h18

O cara não precisa de apresentação. Trabalhar para os irmãos Sirotsky já basta. É só ver a folha pregressa dessa turma. Além do mais, a expressão alucinada do rapaz diz tudo.

Responder

    Lux

    29/01/2016 - 12h01

    Atacar a aparência da pessoa, pode?

    Outro aí defendeu cuspirem no pig.

    É por aí?

Carlos

29/01/2016 - 08h39

Parece que este poema não é de Maiakovski, mas “isto não vem ao caso” neste momento:
Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem;
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.

Responder

Fabiano

29/01/2016 - 08h15

Penso o contrário Azenha. Dilma e Lula montaram a estratégia política de se deixarem bater. Afinal, fica mais fácil de os inimigos da democracia e do estado democrático de direito se mostrarem. É uma tendência humana, se praticar crimes, neste caso lesa pátria, e irem galgando uma espiral louca de golpismo. Daí, cai o pano, e eis a quimera e seus dentes expostos. Só não vê, quem não quiser enxergar, e se o país, realmente merecer uma reforma política verdadeira, a população de mobilizará, depois de conhecer o inimigo, que se desnuda a cada dia.

Responder

Fabiano

29/01/2016 - 08h11

O nome do programa se chama “pretinho básico”. Resta a seguinte pergunta. Não visualizo no logotipo do programa, nenhum “humorista” de tez negra. Por que será?

Responder

    Lux

    29/01/2016 - 12h03

    Porque pretinho básico é jargão de peça de vestuário.

    Não tem conotação racista.

Wladimir Teixeira

29/01/2016 - 08h10

Alexandre Fetter deverá andar sempre com uma toalha, pois vai sentir o sabor de seu próprio veneno.

Responder

Wesley

29/01/2016 - 08h05

Cego é aquele que não quer enxergar,neste caso carapuça pra vocês. A cegueira de vocês é tanta , que dá medo.

Responder

Luiz Antonio

29/01/2016 - 07h38

Ele esse estrume deve ser de PELOTAS CHE !!!!!!!!!!

Responder

Ivan Monte

29/01/2016 - 05h42

Os patrões dele não são corruptos, são apenas sonegadores que pagam propina para não serem punidos. Isso é corrupção? não acredito…

Responder

Cláudio

29/01/2016 - 02h13

:
.:.
: * * * * 01:13 * * * * .:. Ouvindo A(s) Voz(es) do Bra♥♥S♥♥il e postando:
.:.
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
* * * * * * * * * * * * *
* * * *
.:.
Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !
.:.
* * * *
* * * * * * * * * * * * *
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Responder

Haroldo Werneck

29/01/2016 - 01h24

Eu me pergunto quando algum órgão regulador vai levar a sério a legislação que diz que rádios e TVs são concessões públicas. Assim sendo, devem respeitar no mínimo as regras básicas da sociedade. Incitação ao crime (não importa qual o grau) é motivo justo para cancelar uma concessão, ou no mínimo gerar um processo contra a empresa.

Quem acha que mandar dar uma cuspida no Lula foi só uma brincadeira deveria ouvir o outro áudio (citado no PS2 do Viomundo), no qual um ouvinte diz claramente que seguiu a sugestão do programa e encheu de porrada um pedinte de rua, além de ameaçar uma outra pessoa em público. É a prova de que o programa realmente incita seus ouvintes e trata como heróis aqueles retardados que seguem o que o programa fala.

Comunicar a quem este absurdo? MP? PF? Minc??

Responder

    José Carlos N de Oliveira

    29/01/2016 - 16h50

    Gover no precisa cortar as concessionárias que ultrapassarem os limites da boa comunicação; regulamentar a liberdade de imprensa e proibirem fomentar a ideologia partidária!

Ruy Sarinho

29/01/2016 - 00h02

Radialistas como esse rapaz com cara de playbozinho idiota e metido a merda, discípulo das ideias do Tio SAM, não passam de prostitutos da pena, de ideias, prostituídos por patrões escrotos de famílias cheirosas que dominam os monopólios da mídia no Brasil. Como jornalista, envergonho-me de muitos colegas que se prostituíram, endeusando ídolos de barro como esse juiz que conseguiu mudar a grafia da palavra imoral. Hoje, a partir do Paraná, essa palavra se escreve assim: iMOROalidade! O ódio das elites brasileiras não é apenas contra o PT, Lula ou Dilma, é, sobretudo, contra a ascensão social e econômica da grande maioria da população brasileira, que viveu por 502 anos na miséria, como cachorros de quintal das madames da burguesia fresca.

Responder

Listerix

28/01/2016 - 23h59

Pois é, rapaziada do pretinho básico, depois dessa, é pra nunca mais, terminamos aqui mais de dez anos de relação ouvinte-emitente. Fiquem aí com os seus senhores q transformaram vcs em cãenzinhos amestrados que pensam que fazem parte da família porque dormem na casinha do fundo do quintal e comem as migalhas q caem da mesa. Aliás, preconceito contra minoria é com vcs mesmos, tipo caceta e planeta, outro lixo que já morreu. Fiquem aí falando pra coxinha pra ver quanto tempo demora pra vcs estarem falando sozinhos.

Responder

Orlando Bernardes

28/01/2016 - 23h46

Isto tudo acontece pela covardia e inação do governo e do PT, que desde a ação 470 ( vulto mensalão ), apanha calado. Consente em que o PIG e a oposição inescrupulosa, mintam e manipulem a sociedade. Deixaram seus principais líderes, serem linchados em praça pública e condenados sem prova. Agora com esta Lava Jato, fazem o mesmo. O imperador Moro manda prender todo mundo e tortura para que todos incriminem o PT. Veja o caso do tesoureiro Vaccari. Como todos os outros tesoureiros de todos os partidos, recebeu contribuição legal e registrada no TSE, mas a república de Curitiba condenou-o a 15 anos de prisão, pois para o PT é dinheiro sujo de propina e para o PSDB e DEM é limpinho. Deixam fazerem tudo. E estamos nós, neste caos. Pior que na época da ditadura. São uns covardes.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    28/01/2016 - 23h57

    No alvo!

    Listerix

    29/01/2016 - 00h08

    pois é… em 2018 vou estar frustrado qdo o Lula emplacar a 5a contra a tucanada incompetente e curriola agregada, e essa frustração vai ser por causa dessa coisa, eu preferiria ver lá na presidência gente com brio pra enfrentar o PiG e, sobretudo, a porção podre (e majoritária do judiciário), como o Brizola e o Requião já fizeram pra provar q essa utopia é a realidade que mais assombra a RBS e a corja q a acompanha acima, ao lado e abaixo. O Zé Dirceu perdeu a chance de chutar a bunda dessa turma e ter tido a honra de ser preso com dignidade, e não como quem foi apunhalado pelas costas pelo parceiro de maracutaia que teve a saída da quebradeira financiada com grana do BNDES.

    Jorge Portugal

    29/01/2016 - 00h52

    Por não fazer nada dês do julgamento do mensalão, mostra para quem quiser enxergar, que o PT é tão corrupto quantos outros partidos. Só que o PT pregava a ética e por isso é tão perseguido.

    bonobo de oliveira, severino

    29/01/2016 - 08h39

    Pois, a mim, me parece que tanto a vc quanto ao Azenha faltou um mínimo de profundidade nessa análise. Se o judiciário fosse constituído de pessoas de boa qualificação moral, ninguém dependeria de “coragem” para fazer valer os direitos fundamentais dos cidadãos. Ou seja. O judiciário se corrompe no julgamento (?) da fraudulenta acusação que deu base à AP 470 e os pensadores ditos progressistas imediatamente proclamam que a culpa dessa corrupção é dos réus ou de seus advogados que não souberam defendê-los. Se é para vir aqui ler a interpretação simplificada da realidade, não vale a pena a visita pelo desconforto de ter que registrar essa leveza dessa percepção. Muito parecida com os “comentaristas de programa” que o PHA chama de “colonistas”! Lamentável.

    bonobo de oliveira, severino

    29/01/2016 - 08h45

    “O QUE VOCÊ NÃO VÊ NA MÍDIA”
    Me parece que tá ficando cada vez mais parecido.

    Lukas

    29/01/2016 - 09h23

    Não é covardia, é falta de uma explicação plausível. Cadê o Lula para explicar o caso do triplex? Cadê os petistas para explicarem onde está o dinheiro do Bancoop? Eles se calam porque ao final, eles querem sair desta história ainda com o seu dinheiro.

    E vocês aqui, se matando para defender o Lula. De graça, que é até pior.

    Lula não merece cusparada, merece outra coisa, que está perto…

    bonobo de oliveira, severino

    29/01/2016 - 14h11

    Para o Lukas eu gostaria de pedir que ele esclareça o que há para ser explicado sobre triplex. O que foi publicado pelos empresários corruptos da mídia venal? Nenhum cidadão titular de direito tem obrigação de dar satisfação a ninguém a não ser que tenha sido denunciado por ato delitivo comprovado. Aí poderá ser intimado a prestar esclarecimentos. Qual o delito que há no triplex que o procurador foi denunciar na revista Detrito? Se ele tivesse alguma evidência não precisaria recorrer ao “foro privilegiado” da imprensa para fazer barulho. Ninguém aqui está se matado para defender pessoas. Mas já vai chegar uma hora de partir pra cima de quem está querendo destruir o nosso país fazendo acusações cafajestes sem nenhuma evidência, com base em ilações para fazer efeito político na mídia. Vai chegar uma hora que vao provocar o derramamento de sangue e vão se arrepender de ter exagerado nessa jornada de canalhice e falta de respeito aos direitos alheios. Vc merece o que Lukas?

    Sidnei Brito

    29/01/2016 - 15h29

    Lamentavelmente, meu caro Severino, o nosso amigo Lukas está apenas reproduzindo o “modus pensandi”(!) da classe média robotizada pela mídia.
    Primeiro passo: não existe presunção de inocência e, principalmente, inverte-se o ônus da prova – para os inimigos, é claro!
    Segundo: mesmo sem acusação formal, deve-se considerar como um procedimento aberto as meras especulações da imprensa. Quem quiser se safar, que saia por aí se defendendo de cada factoide lançado na imprensa, mesmo que não esteja obrigado a fazê-lo, é o que pensam

Deixe uma resposta