VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Altamiro Borges: O cinismo de FHC, o ético príncipe da privataria

07 de outubro de 2013 às 03h09

FHC e a ética do príncipe da pirataria

por Altamiro Borges, em seu blog

O ex-presidente FHC deve ter ficado meio desnorteado com a aliança pragmática entre Eduardo Campos e Marina Silva, que pode afundar de vez a cambaleante candidatura de Aécio Neves e debilitar ainda mais o seu decadente PSDB. Num dos seus artigos mais rancorosos, publicado neste domingo (6) no Estadão e intitulado “A responsabilidade do STF”, ele destila veneno e pede a imediata prisão dos chamados “mensaleiros do PT”. O “Príncipe da Privataria”, segundo o bombástico livro recém-lançado do jornalista Palmério Dória, posa de ético e carrasco. Patético!

Na maior caradura, ele diz que “não me movem impulsos punitivos e muito menos vingativos”, mas não perdoa a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de conceder o direito aos embargos infringentes aos réus do processo. Falando em nome da sociedade, logo ele que foi rejeitado nas três últimas eleições presidenciais e até descartado por seus correligionários tucanos, FHC garante que “é óbvio que existe nas ruas um sentimento de dúvida, quando não de revolta, com os resultados ainda incertos do julgamento”. Para ele, o povo exige justiça!

“Mesmo sem conhecimento jurídico, a maioria das pessoas formou um juízo condenatório… A opinião pública passou a clamar por castigo. A decisão de postergar ainda mais a conclusão do processo, graças à aceitação dos ‘embargos infringentes’, caiu como ducha de água fria. Por mais que o voto do ministro Celso de Mello tenha sido juridicamente bem fundamentado, ressaltando que o fim dos embargos infringentes no STF foi recusado pela Câmara dos Deputados quando do exame do projeto de lei que suprimiu esses embargos nos demais tribunais, ficou cristalizada na opinião pública a percepção de que se abriu uma chance para diminuir as penas impostas”.

Para o “ético” FHC, caso este abrandamento ocorra “estará consagrada a percepção de que ‘os de cima’ são imunes e só os ‘de baixo’ vão para a cadeia”. Neste sentido, o ex-presidente exige pressa nas condenações. “Pessoalmente, não me apraz ver pessoas na cadeia. Mas isso vale para todos, não só para os políticos ou para os do ‘andar de cima’. E há casos em que só o exemplo protege a sociedade da repetição do crime. A última decisão do tribunal agrava a atmosfera de descrédito e desânimo com as instituições”.

No passado recente, o “príncipe da Sorbonne” já pediu para esquecer o que escreveu. É bom guardar o artigo de FHC publicado hoje no Estadão. Se, de fato, houver Justiça no Brasil, um dia ainda será julgado o escândalo do “mensalão tucano” – que a mídia chama de mensalão mineiro. Com base na farta documentação apresentado no livro “A privataria tucana”, do premiado jornalista Amaury Ribeiro Jr., também será apurado como se deu o criminoso processo de privatização no reinado do ex-presidente. E outro livro indispensável, “O príncipe da privataria”, de Palmério Dória, servirá de base para as investigações sobre a compra de votos para a reeleição do “ético” FHC. Haja cinismo!

Leia também:

A polêmica sobre a chapa Eduardo Campos-Marina Silva

 

66 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Rossi

18/10/2013 - 21h25

Comprou a reeleição e com preço tabelado;R$200 000,00 per capita.Não esqueceremos.

Responder

Urbano

10/10/2013 - 19h49

Na sociologia de fancaria em que se especializou, ele vem mesmo a ser o príncipe que apregoam. Agora, no cinismo é um verdadeiro imperador nunca dantes havido na orbi terrestre. Até o tio sabia de cor e salteado, tanto que teve a hombridade de advertir o Brasil, de certa maneira.

Responder

Julio Silveira

10/10/2013 - 08h46

O problema para a cidadania brasileira é ter gente que ainda coloca esse cidadão com voz na mídia. A maioria da cidadania gostaria de, definitivamente, esquece-lo. Esquecer essa parte triste do passado nacional. Mas são obrigados a engoli-lo por que seus devedores sentem essa divida e querem, por que querem, transferir ela para a maioria da cidadania, como se tivéssemos tido algum beneficio no triste passado em que infelizmente a cidadania teve aquele apagão cívico e social. Isso é a maior prova do funcionamento do poder financeiro. Agem como agentes, como marqueteiros de artistas de segunda. Desses que vencem mais pelo apelo, por moda, mesmo que seja um sucesso passageiro devido a precariedade constatada de falta talento do pupilo. O tempo desse já passou, deviam se contentar com o que tiveram que já foi muito bom para eles. A maioria da cidadania já não pode dizer a mesma coisa.

Responder

Terezinha

08/10/2013 - 19h15

Ah se eu pudesse escrever tudo que estou pensando!

Responder

Eduardo

08/10/2013 - 14h20

Esse Brasil do PIG tá sem jeito. Mesmo demente o FHC e eleito para a ABL e a imprensa marmota se delicía com suas aberrações.

Responder

Rogerio

08/10/2013 - 12h08

Mas o Governo Federal continua alimentando o Estado de São Paulo com fartos recursos via BNDES. O Luciano Coutinho, Presidente do BNDES, até ganhou a “Medalha Butantan” no Palácio dos Bandeirantes há poucos meses atras. Pelos milhões que estão repassando aos tucanos para construirem fabricas de vacinas que nunca irão funcionar. Dá para defender a sra. Dilma ?

Responder

Marcos Lima

08/10/2013 - 09h14

E haja cinismooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

A coluna de Claudio Humberto ontem deu o nome, hoje dá o endereço da fonte: a própria mãe do outro filho pobre de FHC.

Diferente da filha rica de FHC, que era “fantasma” e ficava em casa recebendo salários do gabinete de Heráclito Fortes, esta mãe trabalha dando expediente como copeira, e o filho pobre com carregador. Segue o texto de Cláudio Humberto:

Filho de FHC e a mãe trabalham no Senado

“Príncipe da sociologia brasileira”, FHC disse uma vez que tinha “um pé na cozinha”. Maria Helena Pereira, a negra que o impressionou pela formosura e lhe deu outro filho fora do casamento, continua com o pé na copa. A mãe de Leonardo, o filho mulato de FHC, ainda é a copeira do gabinete 22, do senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB), na Ala Teotônio Vilela do Senado. Trabalha todo dia lá, no período da tarde.

Trabalhador

Leonardo, 20, o filho de FHC que esta coluna revelou ontem, também trabalha no Senado, como a mãe. É um modesto carregador.

Desconfiança

Ruth Cardoso demitiu Maria Helena da casa de FHC, após conhecer Leonardo. Achou o menino muito parecido com seu marido.

Ajuda investida

Com ajuda de FHC, a ex-empregada Maria Helena, mãe do filho dele, comprou duas quitinetes e uma loja em Riacho Fundo (DF), que aluga.

Responder

    Francisca Sandra Sampaio Sales

    08/10/2013 - 12h14

    E ainda tem esse filho? Fora a da Jornalista da Globo? Que foi deportada para os esteites pra ninguém saber! É um saaaaaaaaaaaaanto!

Gerson Carneiro

08/10/2013 - 04h19

Desonestidade intelectual e rancor são marca dos tucanos e seus simpatizantes.

Observem que tem gente que simplesmente prefere atacar o blog e os leitores em posts que tratam da corrupção tucana. E tem a cara de pau de posar de isento.

Curioso: os tucanos roubam o Estado de São Paulo há 20 anos e tem comentarista do Estado de São Paulo que sai de fininho e nada comenta sobre o Propinoduto Tucano.

Responder

    Marcilio Serrano

    10/10/2013 - 23h52

    Gerson,

    Vamos dar nome aos bois Rodrigo Leme e Lulipe….

    Por favor estou esperando por novos relatos de viagem. Nos brinde de novo com um artigo impecável.

    Abs,

Amaro

08/10/2013 - 03h32

De uma coisa temos certeza: os tucanos com seus bicos grandes, ou melhor, narizes de Pinóquio, se quer não iriam ao segundo turno em 2014. Além de perder seu ex-reduto eleitoral, São Paulo. Com tanto cinismo, o futuro lhes reserva o destino dos Demos, apesar de todo o PIG a seu favor.

Responder

    Clodoaldo Massardi

    24/11/2013 - 16h00

    Seria sensacional nus livrarmos de vez desses falsos moralistas. ha começar aqui por minas onde os tucanos estão no poder ha mais de 12 anos. são 12 anos de propaganda enganosa onde a mídia é completamente omissa e complacente com a corrupção. estado onde impera a vontade do senador aébrio neves. estado onde mais se gasta em publicidade governamental mentirosa obviamente,somente com intuito de promover a candidatura do imperador mineiro a presidência da republica.

Ruth Marangão Ferrari

08/10/2013 - 00h05

O que as pessoas não se lembram tbm, foi que além da compra de votos p/ a reeleição, ele segurou o real que então era equiparado ao dolar e peso argentino,e quando assumiu em janeiro de 1999, uma das primeiras medidas foi a desvalorização, sei bem pois senti na
pele ! Velhaco!!!!!

Responder

Luís CPPrudente

07/10/2013 - 23h54

E eis que surge das catacumbas o finado FHC, o príncipe das privatarias a dizer mais nhem-nhem-nhens!

Responder

V IÇOSO

07/10/2013 - 22h49

FHC é ético???!!!… O que o FHC fala sentado, ele não sustenta de pé. O que o FHC escreve com a mão, ele apaga com o cotovelo.
Aposentado aos 36 anos de idade sem nunca ter trabalho. Recebe benefício de aposentadoria, sem nunca ter contribuído.
Ainda teve a audácia de chamar os aposentados de vagabundos.

Responder

Luiz AA do Sacramento

07/10/2013 - 21h18

O que é mais deprimente e perturbador , é perceber que este senhor (fhc)ainda assuma uma postura de lord para falar de ética. Contudo, tenho a convicção de que no devido tempo a história há de mostrar com clareza os terríveis males que este senhor causou à nação brasileira.

Responder

Luís Carlos

07/10/2013 - 21h04

FHC foi o presidente que chamou aposentados de vagabundos? Então tá.

Responder

Francisco

07/10/2013 - 20h41

FHC: você sumiu.

Responder

clodoaldo

07/10/2013 - 20h30

LCA, ele é quem disse que aposentado é vagabundo e que os brasileiros são burros.

Responder

pai

07/10/2013 - 20h24

Ele é tão falso como o Lula. Poderiam sair para tomar um uísque 21 anos (umas 3 garrafas), para bater papo…
Ele é o intelectual que não pensa. E Lula é o “trabalhista” que nao trabalha.
Lixo puro, Não há esperança para nossa querida Banânia.

Responder

Daniel

07/10/2013 - 20h10

Fhc, você e seu partido humilharam o povo brasileiro, nós nunca esqueceremos como fomos manipulados, tratados como idiotas, conseguimos coloca-lo no limbo politico, continue ai até o fim de seus dias.

Responder

Mário SF Alves

07/10/2013 - 19h28

“O cinismo de FHC, o ético príncipe da privataria.”

_______________________________
Eis aí de corpo presente mais um dado, uma chuva de dossiers e um indivíduo cheio de si que em muito ajudam a explicar o Brasil. Ou seria o BraZil?

_________________________
Ah, faltou acrescentar uma outra tempestade, i. é., os tais HD’s do Dantas que se “abertos” derrubariam a dita República.

Responder

Apavorado por Vírus e Bactérias

07/10/2013 - 19h16

O Príncipe da Privataria tinha que se trancafiar em uma cela bem fétida. Chefe de quadrilha, doou as empresas de telecomunicações e a Vale do Rio Doce em troca de um punhado de dinheiro e a turva idéia de que nosso destino de pobre era sermos a mula do capitalismo neolibeles. Acertou. Com a Privataria, o Prínicpe detonou o País, e aprofundou a crise ao propiciar a venda de nossas melhores terra agriculturáveis, nossas empresas de alimento e as empresas que vendem alimento ao consumidor. O Príncipe, gostosamente ajoelhado para seus amigos do Norte, conseguiu o que queria. Essa coisa nojenta e seu partido podre ferraram o Brasil e os brasileiros

Responder

1 One

07/10/2013 - 18h47

http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/extravagancias-de-brasileiros-impressionam-new-york-times

fhc GOVERNOU PARA ESTES CARAS AQUI.Alguns devem ser escravocratas, outros banqueiros que não pagam impostos, pois pagaram os depus nos quais votamos para fazerem leis para eles.

Responder

Isabela

07/10/2013 - 17h12

É muita cara de pau: eu não entendo tanta hipocrisia! E sinto nojo dessa corja. Também não considero o PT santo: eu me decepcionei muito com o partido. Mas cantar ética aos quatro ventos sem olhar o próprio rabo é o fim!

Responder

jose bernardes neto

07/10/2013 - 17h07

Sómente a grande mídia dá ouvidos ao FHC…..Esse perdeu há tempos o bom senso…E agora não passa de um homem cínico e rancoroso….Em sua “vaidade boçal” não admite que LULA foi melhor na presidência do que ele…Que o retirante nordestino fez um governo voltado para a classe mais pobre e isto o deixa(FHC) magoado e revoltado….Não há comparação ente os dois governos….O governo LULA foi muito superior ao de FHC os dados estão aí e os números não mentem! Houve vários escândalos na era FHC e nenhum foi apurado porque o procurador da República da época simplesmente era conhecido como “ENGAVETADOR DE DENÚNCIAS’….Sem falar da blindagem da mídia elitista para com o seu governo ou “desgoverno”

Responder

edir

07/10/2013 - 17h04

acessem e divulguem o novo Portal Brasil

http://www.youtube.com/watch?v=cA4tCJag_EI

Responder

ricardo silveira

07/10/2013 - 17h02

FHC é um cara de pau, um mau caráter. Um sujeito que envergonhou e envergonha o Brasil que trabalha.

Responder

Hell Back

07/10/2013 - 16h20

“Nós não esquecemos o que você escreveu, falou e fez…”
Não penso assim. Pena que o povo tem memória curta e esquece rápido.

Responder

Hell Back

07/10/2013 - 16h10

E eu pensando que o cinismo do Serra era insuperável.

Responder

Luiz

07/10/2013 - 15h19

É um enorme LIXO, muito cara de pau, o governo dele foi todo SUJO, DESGRAÇADO não olha para o UMBIGO dele, PALHAÇO, se não fosse essa MÍDIA FEDORENTA, você e seus estavam todos na CADEIA VAGABUNDO !!!!!!

Responder

Iran Bayma

07/10/2013 - 14h49

Em que andar estava esse homem meu Deus que os Brindeiros da vida nunca alcançaram??!!!

Responder

jair marcatti

07/10/2013 - 14h46

As manchetes dos Jornalões e das revistas da midia reaciónaria.

Eu leio.

Só para tomar a decisão radicalmente contrária. Sei que estou no caminho certo.

Responder

Gilvan Caputira

07/10/2013 - 13h37

Eu respeito opiniões,mas com esse tipo de pessoa o povo já perdeu a paciência faz muito tempo, né????

Responder

marco

07/10/2013 - 13h37

Leia sr.Altamiro,concordo inteiramente com o que afirma com relação ao aludido senhor.Quero aproveitar o espaço,para também expressar coisas que venho postando reiteradamente nos blogs que acesso,minha contrariedade com obces que se coloca a comentários meus,que tem a finalidade ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE,levar aos internautas que os leem,o propósito de estabelecer o contraditório,sem pretender com minhas opiniões,buscar qualquer tipo de notoriedade,coisa já por mim,ultrapassada,com o correr nos anos.Deparo com frequência,censuras ao que posto e por não concordar com CINISMO,estou registrando para quem os quaira ler.Não vou mencionar tais blogs,mas são frequentes em quase todos eles,para minhas incomprensão,as censuras aos internautas,onde me incluo!Saudações…

Responder

Ricardo Candido

07/10/2013 - 13h29

Já pensou ele indo pra cadeia agora aos 80 anos de idade pelos crimes dele ?
Acho que ele iria querer ‘embargos infringentes’ pra ele também.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

    Hell Back

    09/10/2013 - 14h12

    “Acho que ele iria querer ‘embargos infringentes’ pra ele também.”
    Eu acredito que ele iria querer ‘barganhar com a gente’.

francisco pereira neto

07/10/2013 - 13h22

O grande erro do Zé Dirceu, no primeiro governo Lula, foi ter feito um acordo com esse elemento, para não escarafunchar os oito anos do seu governo.
Ironicamente Dirceu acabou sendo vítima do seu acordo com o elemento nocivo.
A prática do caixa dois que está enraizado na cultura política deste país, serviu para crucificá-lo, com o apoio da Globo e STF.
Tudo que de desgraça e roubalheira aconteceu naquele governo do príncipe da privataria, só agora veio a público, e de modo muito superficial, bem depois da ação penal 470.
Eu me recordo muito bem da fala do Lula naquela época, quando a grande mídia elogiou o meliante,sem dizer exatamente o que se combinou no “governo de transição”. Lula afirmara que coisas escabrosas haviam acontecido no governo do estafeta do Clinton.

Responder

Luís Carlos

07/10/2013 - 13h16

Papel assinado por FCH não tem valor algum. Quem cospe no que escreveu uma vez, fará outras tantas vezes.

Responder

Lagrange

07/10/2013 - 13h04

O ruim da democracia é ter que aguentar esse tipo de coisa. Um hipócrita desacreditado dando palpites de como fazer e quando fazer. Mas convenhamos, sobre o assunto PRIVATARIA ele entende como ninguem. Fala com conhecimento de causa. Nem na padaria de Higienópolis, onde toma seu cafezinho, as pessoas suportam o famigerado. Eu li todo o texto no blog do Miro e tenho a declarar que quero meus cinco minutos de volta…pura perda de tempo.

Responder

    Mário SF Alves

    07/10/2013 - 20h41

    Peraí, Lagrange, você disse democracia, pô, quem dera que fosse, meu caro. Se fosse numa democracia de fato e de direito, não haveria problema nenhum; mesmo porque a resposta viria em igual força e intensidade e sem a abjeta intermediação da mídia fora-da-lei.

Jonas Silva

07/10/2013 - 12h42

FHC e o PSDB representam o que há de mais nefasto na política Brasileira.
acompanhe:

http://www.platodocerrado.blogspot.com.br

Responder

irineu

07/10/2013 - 12h03

Nem precisa de comentário ao príncipe e só ler o livro … só a mídia da direita para dar espaço a essa pessoa ….. que nojo …chega !!!!!

Responder

Fabio Passos

07/10/2013 - 12h01

O psdb já era… só a escumalha ignorante e racista adestrada pelo PiG ainda acredita nestes pilantras.

E o grande responsável não é a truculência e vulgaridade reacionária de cerra.

O responsável é o pior presidente da história do Brasil: O traidor-entreguista fhc!

Se aparecer sem segurança em uma periferia de grande centro urbano do Brasil… fhc é morto a pedradas!
E ele fez por merecer…

Responder

Nizinha

07/10/2013 - 11h59

Quando era presidente, FHC propos a Gilmar Mentes a supressão do direito aos embargos infringentes no TSE, por razões que ignoro. O Congresso não aprovou a proposta do então Presidente. Por que FHC volta a bater na mesma tecla? Ele espera que o TSE infinja a lei? É isto?

Responder

cid elias

07/10/2013 - 11h41

Em qualquer país do mundo onde desembargadores e juízes NÃO sejam venais e corruptos, esse privateiro criminoso estaria na jaula! Só a doação criminosa da Vale já lhe daria o ”direito” de passar uns 10 anos na cadeia – fora o resto: reeleição comprada, farra do proer, teles, sanguessugas, precatórios, pasta rosa, BANESTADO, etcetcetc

Responder

Eduardo

07/10/2013 - 11h13

O artigo do FHC consagra o direito à ” Cara de Pau”.A verdade que ” os de cima” são imunes e so “os de baixo”vão para a cadeia é secular no Brasil.Inclusive praticada em grande escala em seu governo.” Os de cima “que foram presos por crimes em seu governo, foram soltos graças ao PSDB e a ministros do STF por ele nomeado e do seu time, inclusive facilitando fuga para o exterior.

Responder

Maninho

07/10/2013 - 11h13

Esse cidadão realmente acredita na amnésia do povo brasileiro. Protagonista do maior golpe-roubo-doação-desvio, seja lá como se chame a maldita privatização, ainda se acha no direito de exigir da justiça punição a ações que nem de perto se compararam às suas em termos de prejuízo e dano ao erário público. Cinismo tem limites, ou não FHC???

Responder

Anibal Paz da Silva

07/10/2013 - 10h50

FHC, por favor, não subestime nossa inteligencia, 2014 novamente as “ruas” darão a resposta. Queremos sim, esse Brasil de inclusão e distribuição de renda, em franco crescimento, que começou com Lula e continuará com Dilma !!!!

Responder

João Ferreira Bastos

07/10/2013 - 10h46

Se fosse o Brasil sério, esse ex já teria sido fuzilado.

Responder

demetrius

07/10/2013 - 09h55

Este fim de semana estava em Ribeirão Preto, depois de uma festa, fui tomar um café num posto de gasolina, no caminho da casa de um amigo.

No posto, que ficava num bairro nobre, um grupo de senhores, da “alta” vomitavam, em voz alta, o ódio do governo atual, dos pobres frequentando lugares que antes eram só deles e principalmente, esbravejavam contra a quantidade de bandidos que está nas ruas.

Mas o seleto grupo de arcaicos não falava de qualquer bandido, falava do bandido que rouba caixa de padaria, de açougues, que cometem sequestros relâmpagos ou explodem caixas eletrônicos, “vagabundos, não querem trabalhar, não sabem o que é trabalhar e merecer o dinheiro.

Em nenhum momento falou-se dos bandidos de verdade, uniformizados e mantidos no poder com a simpatia da “alta”, pois roubar pouco é coisa de pobre, fedido, mal educado e roubar muito e se manter livre da cadeia é sinônimo de status e coisa de gente inteligente e superior, como eles.

Responder

José X.

07/10/2013 - 09h46

Pelo jeito a guinada da Marina para a direita está empurrando os tucanos ainda mais para a direita…

Responder

    Mário SF Alves

    07/10/2013 - 20h52

    É verdade, porém, os vejo cada vez mais próximos de um abraço de afogado. Estão sucumbindo e já nem sequer seriam lembrados não fosse a mídia fora-da-lei a lhes dar respaldo. Bem, mas diante desse novo arranjo Campos-Marina, sim, os espasmos, a exemplo da eleição de 2010, tendem a ser mais radicais à direita.

    ___________________________
    No final das contas, a coisa tende a ficar mais ou menos assim: nem a Marina Silva salva o Campos e nem o PSDB se salva dos Silvas. Explicando. Silvas: a maioria dos sobrenomes brasileiros, inclusive daquele Silva.

    Mário SF Alves

    07/10/2013 - 21h09

    E, detalhe, e é sério agora: só a filosofia e a práxis socráticas salvam o Brasil Um País de Todos das artimanhas históricas do BraZil Um País de Poucos.

sulista

07/10/2013 - 09h30

Realmente, realmente, você o velhino está senil. Temo que dar uma dose de memoriol para o príncipe da privataria. Sugiro a todos que leiam o livro. para não perder tempo adquiri dois exemplares. Adivinhem um deles me levaram no primeiro dia. Espero que fassam bom uso e o disseminem, pois é de arrepiar a tamanha canalhice. cadê o MP? A PEC 37 já foi arquivada, havia esquecido.

Responder

Guilherme

07/10/2013 - 09h20

Lendo o que esse homem escreve, me faz lembrar de 2 vídeos disponíveis no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=cNhs2d_ScW4
http://www.youtube.com/watch?v=9YB4pRo-mw0
Patético. Subestima e usa a inteligência do povo. Porque ele não fala do mensalão tucano (anterior ao que está sendo julgado atualmente) sem andamento no STF?

Responder

Evandro

07/10/2013 - 09h14

De duas a três vezes por ano, o ociólogo escreve algum artigo bombástico na imprensa, afinal de contas, ele precisa lembrar que está vivo, que ainda tem importância no quadro político. Chegou ao cúmulo de defender a legalização das drogas, fico a imaginar qual seria a reação da grande mídia se Lula fizesse o mesmo…

Responder

Mardones

07/10/2013 - 09h01

Ele representa bem certa elite econômica que fecha os olhos para os crimes pessoais e não perde tempo em atacar rivais, mesmo sem fundamento.

Cínico é pouco para essa figura. Ainda bem que tem cada vez menos pessoas dispostas a ler o que FHC escreve.

Responder

Cassia Appel

07/10/2013 - 08h53

Nao precisa ser FHC, principe, etico ou pertencer a outros partidos , basta nao ser retardado mental ou vagabundo, ladrao e corrupto para querer q os menssaleiros vao para a prisao! Alias FHC esta ate muito bonzinho , como vc mesmo falou etico demais, eu gostaria de ver esses vermes serem decapitados em praca publica. Viva a Bastilha brasileira! Q sonho maravilhoso!

Responder

AlvaroTadeu

07/10/2013 - 08h47

Além do “Esqueçam o que eu escrevi”, vale também para FHC o “Esqueçam quem eu comi”, já que registrou um filho que não era dele. Só depois do banquete ele descobriu que o peru do Dia de Ação de Graças que ele comeu era apenas um urubu.

Responder

Gil

07/10/2013 - 08h41

Por que FHC não clama contra a impunidade dos que torturam e mataram durante a ditadura militar, tanto os mandantes, quanto os executores
Ou contra a impunidade dos que mataram os fiscais do trabalho em MG, ou outros exemplos como Eldorado de Carajás, Carandiru, Doroti, e tantos outros
Porque FHC não está perguntando onde está o Amarildo, cadê ele?

Responder

Gil

07/10/2013 - 08h35

Os mesmos que adoram invocar a Lei contra os movimentos sociais, como o MST, ou como contra a população mais pobre, como aconteceu no Pinheirinho, são os mesmos que pedem que ela seja ignorada em nome de um obscuro senso de justiça, parece uma piada, mas não é.

Responder

Gil

07/10/2013 - 08h30

“Mesmo sem conhecimento jurídico, a maioria das pessoas formou um juízo condenatório…
E daí, desde quando um julgamento de um cidadão é determinado por uma maioria de pessoas, e se fosse, o que seria um absurdo, deveria ser um plebiscito ou referendo, com todos os rigores da lei
Agora já pensou o Príncipe da Privataria sendo julgado dessa forma, qual seria a pena
A questão do mensalão é jurídica, culpado ou inocente, e se culpado a pena não pode ser desproporcional ao que está na Lei
Pessoas como FHC que nunca se importam com que a maioria das pessoas pensam, agora se importam com elas, francamente.

Responder

Marcilio Serrano

07/10/2013 - 07h16

Altamiro,

Apenas uma lembrança apartamento em Paris e Alstom Francesa…tudo a ver.

Responder

Aldenor

07/10/2013 - 06h10

Sem vergonha!

Responder

Não precisa explicar, as capas dizem tudo - Viomundo - O que você não vê na mídia

07/10/2013 - 03h28

[…] Altamiro Borges: O cinismo de FHC, o ético príncipe da privataria […]

Responder

Deixe uma resposta