VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Mídia coloca aprovação de pauta elitista como condição para livrar Temer

13 de dezembro de 2016 às 12h39

Captura de Tela 2016-12-13 às 12.38.26

da Redação

Os dois principais grupos de mídia do país explicitaram suas posições políticas nas últimas horas, ainda que de forma indireta.

Eles sinalizaram aos deputados e senadores: aprovem as medidas drásticas e impopulares, contra a população brasileira, antes de pensar na derrubada do usurpador Michel Temer.

A Globo, que governa o Brasil, deixou claro: se vocês aprovarem os pacotes antipopulares, terão o direito de escolher o próximo presidente da República.

No editorial Forte Revés, depois de dizer que a Lava Jato e a impopularidade acuam o governo Temer, Otávio Frias Filho decretou:

Acuado nesses dois fronts e decerto ciente de que sua gestão não entregou muito do que prometeu para este ano, Michel Temer pretende acelerar a agenda econômica no intuito de conquistar algum respaldo na sociedade. É o que lhe resta, e não há tempo a perder.

Dane-se a lógica, já que o próprio Datafolha, em notícia que a Folha deu num canto de primeira página, mostra que 60% dos entrevistados são contra a PEC da Morte, que limita os investimentos em Saúde e Educação por 20 anos.  Ou seja, segundo a Folha só uma agenda impopular na economia pode salvar Temer, ainda que ela retire direitos, abale o mercado consumidor interno e beneficie os ricaços (corte em pagamentos da Previdência, desvinculação do salário mínimo, etc.)

Em outras palavras, a Folha tenta vender como dos brasileiros a agenda do mercado financeiro!

Já os irmãos Marinho primeiro aliviam para Temer, depois ditam o rumo:

Não ficou configurada alguma retribuição de Temer, nem o presidente pode ser processado por fatos ocorridos antes do mandato. Mas a simples menção do seu nome no contexto da Lava-Jato o enfraquece e a seu governo, na antessala de votações decisivas para o andamento de reformas sem as quais o país não sairá da crise.

[…] Caso a gestão de Temer seja interrompida depois do dia 31, quando chega ao fim a primeira parte do mandato no qual ele foi investido presidente, seu substituto será escolhido em eleição indireta, realizada em até 30 dias após ter sido declarado vago o cargo. Pode concorrer todo brasileiro nato, com mais de 35 anos.

Ou seja, a Globo prefere os votos de ao menos 200 corruptos e/ou delatados aos votos de 150 milhões de brasileiros, numa repetição do Diretas Já.

Ainda que, como também notou o Datafolha, 58% acreditem que o desempenho do Congresso é ruim ou péssimo, 63% defendam a renúncia de Temer com eleições e 75% digam que ele representa os ricos.

Ou seja, às favas com os interesses do eleitor, desde que Temer caia DEPOIS  de aprovar no Congresso a agenda regressiva e elitista que, afinal, era desde o início o objetivo do golpe. E que o sucessor dele seja, como o próprio Temer, escolhido de forma indireta.

Leia também:

Requião: Um Congresso corrupto e sob suspeita não pode fazer as mudanças que pretende

 

9 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nelson

14/12/2016 - 10h26

A coisa corre conforme o Sistema que domina os EUA quer. As prisões de Cunha e de Cabral – creio que podemos colocar aí também a do Garotinho – funcionam como instrumento de pressão sobre os demais.

Se eles não aprovarem essas “reformas” o quanto antes, qualquer um deles poderá ser chamado à Justiça pelo Sérgio Moro, juiz supostamente impoluto,que está dentro do esquema de destruição do futuro da nossa nação.

Responder

Serjão

13/12/2016 - 21h57

¨Dane-se a lógica….¨
A guerra foi deflagrada!
GREVE GERAL!
Ou agora, ou nunca mais.
É o fim do Brasil!

Responder

FrancoAtirador

13/12/2016 - 14h48

.
.
A Emenda Constitucional Nº 1 de 1969 esteve para a Ditadura Militar

assim como a PEC 55 Estará para o Mercado nos Próximos 20 Anos.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    13/12/2016 - 15h03

    .
    .
    E Assim Como a EC Nº 1/1969 Suprimiu

    a Alma da Constituição Federal de 1946,

    Esta Emenda Aprovada Hoje por Políticos

    Serviçais do Mercado Financeiro da Globo

    Retirou o Espírito da Carta Magna de 1988.

    Que Vivam a Fome, a Doença e a Ignorância!
    .
    .

FrancoAtirador

13/12/2016 - 14h23

.
.
Os Criativos Empreendedores Individuais do Mercado da Globo

Estavam Vendendo Pastel de Gato e Churrasquinho de Cachorro.

Com a Aprovação da PEC 55, Abrirão o Negócio de Carne Humana.
.
.

Responder

Patricio

13/12/2016 - 14h14

O candidato será Aécio Neves, assim como foi o avo dele Tancredo Neves, o playboyzinho vai chegar a presidencia por via indireta, esse é o plano dele (Aecio), do psdb e dos barões da mídia. E em 2018 ele sai presidente de novo, se ganhar tudo certo pra eles se perder poem os tanques na rua e dao mais um golpe.
Tudo se encaminha pra alguem do psdb, provavelmente o aecio ser eleito presidente da republica pelo congresso de ladroes enrolados na lava jato.

Responder

    Nelson

    14/12/2016 - 10h06

    ” se ganhar tudo certo pra eles se perder poem os tanques na rua e dao mais um golpe”

    Permita-me discordar, meu caro Patrício.

    Se aprovadas as propostas do “Ponte para o Futuro”, o golpe definitivo estará aplicado. Eles não mais precisarão se preocupar com eleições. Poderão se dar o luxo até de convidar o Lula, o Zé Maria, do PSTU, o Pimenta, do PCO, ou outro candidato qualquer mais à esquerda, para que assuma a cadeira presidencial.

    O governo já não terá qualquer empresa pública/estatal nas mãos [BB, CEF, Petrobras, Embrapa, Correios, etc, estarão privatizadas]. A dívida pública continuará alta – o objetivo não é diminuí-la; os rentistas querem continuar mamando nas tetas do Estado. A Lei de Responsabilidade Fiscal seguirá impondo rédea curtíssima. E, para lacrar o caixão, um TLC qualquer terá sido assinado para colocar nosso país e nosso povo de joelhos, definitivamente, perante o poderio do grande capital multinacional.

    Nessa condição, meu caro, qual candidato comprometido com o país e seu povo conseguirá implementar seu projeto em favor da nação? Nem Jesus Cristo conseguiria.

    Me desculpe pelo cenário um tanto tétrico, mas é a ele que o Sistema de Poder que domina os Estados Unidos quer nos levar. Na entrevista intitulada “O capitalismo drácula”, o professor de economia das Universidades de Buenos Aires, Córdoba e Havana, Jorge Beinstein, faz uma análise da grande crise por que passa o capitalismo em todo o mundo, afirma:

    “Os Estados Unidos, apoiado em certos casos por outras potências ocidentais, destruiu países como o Afeganistão, Iraque, Líbia ou Síria, tenta cercar militarmente a Rússia, afundar a sua economia, está começando a fustigar militarmente a China, ENCONTRA-SE EMBARCADO NA RECOLONIZAÇÃO INTEGRAL DA AMÉRICA LATINA À QUAL RESERVA UM DESTINO MEXICANO.

    Coloquei ênfase no trecho em que ele fala da nossa América Latina. A entrevista de Beinstein pode ser lida em http://resistir.info/beinstein/entrev_17set16.html.

FrancoAtirador

13/12/2016 - 13h16

.
.
Desde o Início,
A Rede Globo
É o Golpe!
.
.
Carpideira da Globo Velando o [Des]Governo PMDB/PSDB/DEM:

“Pessimismo do Brasileiro em Relação à Economia Aumentou”

https://twitter.com/i/videos/808261550314242048

https://twitter.com/enioverri/status/808261550314242048
.
.
Agora, relembre o Otimismo da braZilêrra em Maio de 2016:

https://twitter.com/i/videos/732201014925897728

https://twitter.com/VIOMUNDO/status/732201014925897728
.
.

Responder

Deixe uma resposta