VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Perseguição a Dirceu garante a Barbosa últimos dias de fama

07 de abril de 2014 às 15h21

Perseguição Sem Fim a José Dirceu

por Lincoln Secco, especial para o Viomundo

Não basta julgar sem provas, é preciso condenar. Não basta o regime semiaberto, ao qual o apenado tem direito certo, é preciso protelar. Agora, um juiz de Brasília encaminhou ao presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, o pedido do Ministério Público do DF para investigar um suposto telefonema recebido por José Dirceu no presídio.

A razão nada oculta disso é bem sabida. José Dirceu foi absolvido do crime de formação de quadrilha e isto derruba, por extensão, a tese do domínio do fato. Aquela mesma que dizia que mesmo não sabendo “ele tinha que saber”. Uma revisão criminal da condenação por corrupção ativa deveria ser o próximo ato da encenação iniciada em 2005.

Judas

Por outro lado, Barbosa perdeu a serventia para os que lhe deitam os holofotes e lhe acalentaram o sonho da presidência da República. As candidaturas da direita já foram definidas e ninguém mais precisa da partidarização explícita do STF. Até porque o julgamento de Azeredo um dia poderia chegar lá.

Abandonado pelos amigos, Barbosa sente-se numa via crúcis, vendido por Judas. Diante da perda de prestígio, ofereceram-lhe uma vaga na Câmara ou (quem sabe?) no senado em incerta votação. É pouco para um “Cristo” que nasceu na manjedoura. A reação previsível é insurgir-se contra o que ele vê como abrandamento das condenações da ação penal 470. Ataca os colegas de toga, critica a imprensa, e ninguém mais o leva a sério. Afinal, ele mesmo já foi visto por Lula no papel de Judas.

Sobra a obsessão: perseguir o inimigo número 1 da grande imprensa, José Dirceu. Só a continuidade da perseguição lhe garante os derradeiros dias de fama. É simples assim.

E o PT?

Para a esquerda em geral, resta saber que a teoria do domínio do fato pode se tornar um perigo para a Democracia. Daí porque é importante derrubá-la numa revisão criminal do caso de Dirceu. Que antigos companheiros (embora não todos) prefiram abandonar Dirceu é compreensível. Judas fez o mesmo por bem menos: 30 moedas.

Os que estão no poder acreditam-se protegidos pelas amizades de ocasião e a volta do líder significaria um incômodo rearranjo de forças internas no PT. Mas também não poupam energias em inventar uma nova lei “contra o terrorismo”, cujo melhor efeito será o de um tiro no pé. Judas, como sabemos, agora é Ministro da Justiça dos homens.

O sábado de Aleluia

Mas os que estão embaixo já deveriam ter aprendido. Durante um debate na USP no dia 31 de março (corretamente chamado “Às vésperas do golpe”), entre as muitas arbitrariedades da repressão, os representantes dos Advogados Ativistas denunciaram que, recentemente, em Porto Alegre, ocorreu o indiciamento de seis militantes que participaram de protestos no ano passado. O mais surpreendente é que, na impossibilidade de provar o vínculo dos acusados com atos de depredação, o inquérito buscou sustentação na tese do “domínio do fato”…

Ao fim do citado debate, os jovens organizadores saíram ao pátio, chutaram e queimaram um boneco representando um General da Ditadura.

Lincoln Secco é professor de História Contemporânea na Faculdade de Filosofia, Ciências Humanas e Letras da USP.

Leia também:

Paulo Henrique Amorim: O PT quer se livrar do Zé Dirceu?

 

13 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Bonifa

10/04/2014 - 22h44

Não é possível choramingas. Textos com apelos sobre legalidade, direitos irrefutáveis, etc., produzem pouco ou nada diante de uma guerra de informação. Atacar, essa deveria ser a decisão neste momento. Se o inimigo usa de falsidade, que se saiba como tomar partido dessa falsidade. Não relembrando nada de apenas relembrar, mas analisando o inimigo friamente e indo diretamente no ponto em que ele finge parecer amigo.

Responder

Messias Franca de Macedo

09/04/2014 - 20h47

… “Ocês” já notaram que depois do banqueiro bandido e condenado Daniel Dantas, o DEMoTUCANATO elegeu o STF como o seu reduto-mor? Por que estes escroques confiam tanto no “supremo” brasileiro?…

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Urbano

09/04/2014 - 14h37

Apesar da clareza das situações conhecidas e vigentes há séculos, a burrice e tacanhice levam normalmente os nanicos morais a mudarem seus pensamentos, de forma diametralmente oposta ao que pensava ontem com a mais arraigada lucidez. E a partir disso, o pig vez por outra ganha um adversário do mesmo nível moral dos seus donos…

Responder

Antonio

08/04/2014 - 21h20

Barbosa e Fux, veja com que o STF se preocupa.

08/04/2014 16h08
Brasília

André Richter – Repórter da Agência Brasil Edição: Stênio Ribeiro

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou um pedido de liminar para arquivar ação penal contra um homem acusado de roubar um galo e uma galinha, avaliados em R$ 40. Segundo o ministro, o caso deve ser resolvido no mérito do habeas corpus, após manifestação do Ministério Público.

O caso chegou ao STF após percorrer todas as instâncias do Judiciário. Segundo a denúncia, Afanásio Maximiniano Guimarães tentou roubar uma galinha e um galo que estavam no galinheiro da vítima, Raimundo das Graças Miranda.

Depois o ocorrido, a Defensoria Pública pediu ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que o processo fosse declarado extinto, uma vez que o acusado devolveu os animais. Apesar do pedido de aplicação do princípio da insignificância para encerrar o processo, a Justiça de Minas e o Superior Tribunal de Justiça (STJ), última instância da Justiça Federal, rejeitaram pedido para trancar a ação penal.

Ao analisar o caso no STF, o ministro Luiz Fux decidiu aguardar o julgamento do mérito do pedido para decidir a questão definitivamente. “A causa de pedir da medida liminar se confunde com o mérito da impetração, porquanto ambos referem-se à aplicabilidade, ou não, do princípio da insignificância no caso sub examine. Destarte, é recomendável que seja, desde logo, colhida a manifestação do Ministério Público Federal”, decidiu Fux.

Responder

Hélio Pereira

08/04/2014 - 09h44

Joaquin Barbosa é do time de Aécio Neves e não saiu candidato porque a Direita entendeu que Presidindo o STF ele pode ser mais útil!
Barbosa também considerou a possibilidade de se “vingar” de André Vargas e fara o possível pra colocar o Deputado do PT junto com José Dirceu na Papuda,se possivel antes de Outubro.
Barbosa sera muito útil também na CPI da Petrobras,alguém tem duvida que o STF vai determinar uma CPI exclusiva ?
Acho bom o Deputado André Vargas preparar o Pijama,pois seu julgamento tera RITO SUMARISSIMO e mesmo que ele renuncie pra escapar de Barbosa o STF não ira aceitar,afinal ele não é Eduardo Azeredo.
Eu acho que André Vargas colocou a corda no próprio pescoço e ficou nas mãos do carrasco Joaquin Barbosa e eu duvido que a direção do PT tente salva-lo.

Responder

    Mauro Assis

    08/04/2014 - 18h14

    Hélio, pelamôrrrr!

    O cabra foi pego “fazendo a independência financeira” em cima do Ministério da Saúde!

    Bicho, nem o PT tá defendendo o cara…

Lukas

08/04/2014 - 08h59

Lula fez o favor de colocar um negro no STF e ele não foi grato, como se esperava.

Se a época da escolha de JB por Lula alguém viesse aqui e dissesse que ele estava sendo escolhido apenas por ser negro, seria tachado de racista.

Hoje, cabeças coroadas do PT dizem isto abertamente.

Antes de ser abandonado pela direita, JB foi abandonado pela esquerda, porque não fez o que se esperava de um negro grato ao branco que o colocou lá.

Como diria Zé Trindade, “o que é a natureza”.

Responder

    Mauro Assis

    08/04/2014 - 18h16

    “Negro grato ao branco”????

    Putz!

    lulipe

    09/04/2014 - 09h53

    Como seria esta “gratidão”, caro Lukas, fechando os olhos para os crimes dos mensaleiros???É cada um que aparece!!!

Messias Franca de Macedo

07/04/2014 - 23h02

… “O gás” do barbosa virou PEIDO [MAS, “cheiroso”!] – e cedeu lugar para o “o gás da Petrobrax”!…

Lá isto é Judiciário? Lá isto é oPÓsição. sô?!…

República Destes Bananas da [eterna] OPÓsição ao Brasil
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Guilherme

07/04/2014 - 21h36

Podemos esperar essa notícia: “Supremo concede soltura a José Dirceu e mais dois mensaleiros”. Só que no dia 3 de outubro de 2014. Aí será tarde para chorar o leite derramado. Acorda PT!

Responder

José X.

07/04/2014 - 21h17

O articulista está enganado. Está tudo conforme o script. Barbosa o ano inteiro como presidente do STF, atazanando a vida da da Dilma, do PT e do Brasil. Provavelmente ele é ou vai tentar disparar a “bala de prata” que a Globo e o PSDB tanto desejam. (Globo e PSDB escritos por ordem de importância).

Responder

renato

07/04/2014 - 20h38

PT…PT….PT…
renato….renato…renato…
Quando meu Pai chamava assim era cacete..

Responder

Deixe uma resposta