VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Juca Kfouri sugere que brasileiro fique de olho em possível vingança da Fifa por causa de ação policial

07 de julho de 2014 às 22h09

máfia dos ingressos 1

Raymond Whelan, diretor da Match, o braço da Fifa para venda de ingressos

07/07/2014 16:52

por Juca Kfouri, em seu blog

A prisão no Copacabana Palace de Raymond Whelan, diretor da Match, o braço da Fifa para venda de ingressos, é mais um dos gols que a polícia brasileira faz nesta velha prática da transnacional do futebol e um legado inestimável nesta Copa brasileira.

Se já não bastassem todos os escândalos recentes que mancharam indelevelmente a imagem da Fifa, a implosão de seu esquema de câmbio negro — que, posso afirmar sem nenhuma dúvida, funciona, no mínimo, desde 1998, na França, com ramificações, inclusive, nos “terceirizados” da CBF, que funcionam da mesma maneira –, fere definitivamente a instituição.

Whelan, que tem fortes relações com a cúpula do COL, certamente é apenas mais um testa de ferro dos poderosos e quanto mais fundo a polícia for mais gente graduada encontrará.

Não nos esqueçamos que um sobrinho de Joseph Blatter está ligado, de uma forma ou de outra, à Match.

Se a Fifa se vingará em campo do Brasil com seus apitadores dissimulados e seus apitos amestrados é algo que deveremos observar atentamente já a partir de amanhã.

Como será interessante observar se a rede montada pelo cartola brasileiro docemente exilado pelo mundo afora também será desbaratada.

Aí, será uma goleada, a revanche justa para tantos “pontapés no traseiro brasileiro”.

Importante: a Match estava em contato com o Rio-16 para o projeto de hospitalidade da Olimpíada.

Uma das empresas investigadas pela polícia, a Jet Set Sports, parceira da Match, é também parceira da Tamoyo Turismo, há muitos anos “a agência do olimpismo brasileiro”.

No Pan-2007, no Rio, ainda sob o nome de Byron, não Match como a empresa passou a ser chamada, essa mesma turma prestou seus serviços de hospitalidade.

PS do Viomundo: No meu, Azenha, primeiro contato pessoal com o jornalista britânico Andrew Jennings, quando ainda iniciava a investigação que resultou no livro O Lado Sujo do Futebol com três colegas, a definição dele da Fifa como “máfia” me pareceu um exercício retórico. Quase três anos depois, com tudo o que li, ouvi e investiguei a respeito, acho até que Jennings pegou leve.

Leia também:

Teoria da conspiração: Gigantes de material esportivo disputando o título da Copa?

 

38 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Carlos Fuentes

09/07/2014 - 16h16

Ta na hora de mudar o post. Sete gols não têm nada de conspiração da FIFA.

Responder

Claudio Coimbra

09/07/2014 - 12h51

A Alemanha já vingou a FIFA, para umas 4 Copas.

Responder

Urbano

08/07/2014 - 19h20

Os raivosos por excelência já estão fazendo o que mais sabem fazer, ou seja, dizer um monte de idiotia tão somente para incitar o ódio mais atroz contra o Governo Dilma, como se a Presidenta tivesse culpa pela tragédia da Seleção brasileira. Essas sombras deveriam pelos menos optar por uma coisa de cada vez; no caso o ódio ou a imbecilidade.

Responder

    Naum Tenionome

    09/07/2014 - 12h26

    Imbecilidade começa na falta de conhecimento da própria língua. A palavra correta é presidentE. Ainda que, como mulher na presidência, a Dilma não tenha precedentAs heheh. Embora como incompetente, infelizmente, o tenha. Fora isso, essa CBF que criou a catástrofe de ontem é uma entidade política, e os dedos sujos de Lula estão sobre a mesma, sobre o timeco de amarelados da entidade corrupta, sobre o estádio que o curintcha ganhou de presente do contribuinte, sobre a decisão de trazer essa copa pro Brasil e a forma burra de como isso foi feito, etc etc etc. E não ficaria surpreso se os dedinhos do Lula estiverem, junto com os do Blatter, no esquemão de ingressos no câmbio negro patrocinado pela própria FIFA que a polícia descobriu…

    Urbano

    09/07/2014 - 19h21

    Assim você quer engessar a língua. E olha que essa foi a única coisa inteligente dita por ti…

Leandro

08/07/2014 - 19h17

É Toisss…..

Responder

Carlos Alberto

08/07/2014 - 19h01

Vi alguns comentarios irados contra o Juca Kfouri, que eu creio serem injustos. Estou totalmente com ele quando diz do golaco que a Policia do Rio de Janeiro marcou. Realmente, a safadeza ja vem a quatro copas e o Brasil deu um fim na patifaria. Parabens a Policia do Rio de Janeiro.

Responder

Zanchetta

08/07/2014 - 18h29

Vingança da Fifa… fazer o Brasil jogar contra a Alemanha…kkkkkkkkkkk

Responder

Luís Carlos

08/07/2014 - 18h15

Essa é a FIFA, que todos que acompanham pouquinho o futebol conhecem. Só o MPL, Black Blocs, mídia corporativa,PSOL, PSDB e outros utilizaram como sinônimo de alto padrão de qualidade,como se fosse inatingível para os brasileiros, como chavão “padrão FIFA”. Queriam saúde desse padrão? Queriam educação padrão FIFA? Pois que fiquem com o padrão desejado por eles,o “padrão FIFA”, claro exemplo do viralatismo Black Block made USA by SHARP.

Responder

Urbano

08/07/2014 - 17h36

A selezinha amarelou feio… Apesar de tudo, ainda ganhamos a Copa devido ao maravilhoso trabalho de preparação do Mundial feito pelos Governos Dilma-Lula, e também ao senhor baculejo que a Polícia brasileira deu na rifa…

Responder

    Urbano

    08/07/2014 - 17h38

    Se fosse boxe, pelo menos a gente poderia jogar a toalha…

    Urbano

    08/07/2014 - 17h43

    Se viesse a haver segundo turno, coisa que não ocorrerá, o aéreo never, até pela sua extraordinária incompetência, poderia muito bem levar o tema dessa goleada sofrida, em menos de trinta minutos talvez, para o debate…

Marat

08/07/2014 - 17h31

Aecistas em festa: 0 x 5

Responder

Lindivaldo

08/07/2014 - 15h44

Epa! Não se alegre porque sua felicidade pode prejudicar a campanha da oposição!

Os partidos de oposição e seus panfletos (PSDB, DEM, GLOBO, FOLHA, ESTADÃO) estão em parafuso diante do sucesso internacional da Copa, da campanha da Seleção e da alegria dos brasileiros.

Desmascaradas as mentiras sobre a organização da Copa, o que agora eles estão planejando para crucificar a Dilma e arrefecer os ânimos dos brasileiros?

Não deviam, mas a paranoia da oposição confunde a Copa com a Dilma e acha que qualquer clima de otimismo no País é uma grave ameaça ao candidato do PSDB.

Ultimamente, as redes televisivas vêm promovendo alguns debates com economistas e cientistas políticos sobre o cenário eleitoral atual e os fatores capazes de o alterarem.

Por coincidência, todos eles são oposicionistas, neoliberais e conservadores de carteirinha.

Daí, as perspectivas de se vê na tela de cristal o que se mexe e remexe no caldeirão do conservadorismo nacional.

Nessas rodas, lamenta-se copiosamente o êxito da Copa e se procura municiar os colunistas e jornalistas com novos temas – esplêndidas mentiras! – a serem divulgados pela grande imprensa.

Quase sempre, tais (gênios) procuram separar, antes de suas doutrinações, o eleitorado do Brasil em três lotes estanques, como se uma boiada fosse.

Segundo eles, dois terços deles são politizados, ideologizados e já decididos em quem votar.

A outra parte – um terço – é apolítica, apartidária, e, na sua maioria, de classe média, esclarecida e das regiões Sul e Sudeste.

Ou seja, um vácuo na política a ser preenchido pela oposição.

Para esses “cientistas”, esta é aquela turma que segue a cartilha da mídia (manipulação?) e que aprendeu a odiar os políticos e a ansiar por mudanças radicais através de uma terceira via.

Noutras palavras, para eles, é um rebanho desgarrado à espera de um bom pastor – a mídia, é claro – que o conduzirá a um “novo” curral – o velho PSDB, de puro sangue udenista!

Entendem que o PSB do Eduardo Campos deixou de ser “o novo” desde quando se coligou com outros partidos “espúrios” em alguns Estados da Federação.
Com isto, estão descartando também quem, no início, teve alguma serventia.

Aliciar, portanto, esta terça parte seria a única salvação para o Aécio.
Mas, como conquistar esta fatia desgarrada?

Ora, sendo da classe média, pelo bolso, é claro, assim pensam eles!

Incutindo-lhe o pessimismo e falando muito mal da Economia, ela tenderá a se insurgir contra o vigente.

De preferência, analisando negativamente os indicadores de inflação, de crescimento e do emprego, que são variáveis que mais influenciam o nível de satisfação de cada um.

Reconhecem, entretanto, que o emprego e a inflação estão sob controle; e que o crescimento do PIB está em consonância com a evolução global.

E aí?

Então, maquiavelicamente sugerem também, na maior cara de pau, que a imprensa façam projeções negativas para o ano de 2015…

Ou melhor, para um cenário econômico posterior às eleições!

Espertos, não? Afinal, depois da organização da Copa, eles ficaram mais cautelosos com mentiras de curto prazo, sujeitas a comprovações antes das eleições.

Assim, do final da copa até as eleições, preparemo-nos para todo tipo de terrorismo por parte da grande mídia.

Principalmente, no interstício que vai do encerramento da Copa até o início dos programas eleitorais gratuitos, período em que o governo de Dilma vai ser torpedeada diariamente com mentiras e alarmismos e sem nenhum meio de se defender.

Serão análises distorcidas, indicadores divulgados por fontes suspeitas e ataques constantes do mercado.

Enfim, pessimismo e muito pessimismo para o ano de 2015!

Portanto, quem se orgulhou com a Copa das Copas, que cuide novamente de baixar a cabeça como um bom vira-lata!

Quem for otimista, que baixe a crista! Se estiver alegre, que fique triste!

Porque sua felicidade, meu caro, não pode prejudicar a campanha do PSDB!

Responder

    joao

    08/07/2014 - 23h17

    Como tem gente idiota neste mundo. É hiena mesmo, não ve o que tá acontecendo na ponta do seu nariz. No minimo é mais um dos que mama na teta grande deste governo petista corrupto e atrevido. Ladrões por excelência, ainda se dão ao direito de xingar quem não concorda com a roubalheira que alimenta a corja corrupta,

Mandakaroo

08/07/2014 - 15h31

Aí eu pergunto: a Fifa não pune. E daí?
Com base nos vídeos não dá pra processar o jogador pela justiça comum?
Não foi na bola, foi no jogador e foi evidente a intenção criminosa, dolosamente.
A Fifa está acima das leis do País?
Que se puna o jogador, e a Fifa por não puni-lo.

Responder

Zanchetta

08/07/2014 - 15h27

Tá chegando a hora…
Que vença o pior!!!

Responder

Israel Just da Rocha Pita

08/07/2014 - 14h56

Eu não entendo a cabeça de juiz dar a liberdade a bandidos principalmente estrangeiros que adentra o país pera praticar crimes e esta desembargadora o liberta. Desembargadora a senhora não tem filhos que exemplo a Sra. esta dando para eles?

Responder

pap

08/07/2014 - 14h40

Mutreta padrão-fifa!

Quanto a prejudicar o brasil, o time do brasil já está no prejuízo pelo
pouco futebol que tem jogado na copa. Para vencer a alemanha, vai ter
que jogar bola e ter raça. Se o jogo fosse em campo neutro,seria vitoria
fácil da alemanha. Mas é copa e a alemanha costuma “amarelar” diante da
seleção. Vamos aguardar…

Responder

Julio Silveira

08/07/2014 - 14h32

Acredito no Juca, acho que vem sujeira por aí. Principalmente do insuspeito Status quo que sempre se beneficiou da parceria com a CBF/FIFA.

Responder

Leo V

08/07/2014 - 13h45

” Em uma semana onde até a presidente Dilma Rouseff e o mandatário de Fifa, Joseph Blatter, se pronunciaram sobre a lesão de Neymar, as mortes no viaduto pareceram secundárias.

“Estamos falando de duas vidas. Nenhuma autoridade me ligou ou se posicionou sobre isso. Queríamos um apoio moral e não tivemos. E nem sei se teremos. Se tivesse a mesma atenção com o viaduto que tiveram com o Neymar, nada disso aconteceria. Hoje, o problema do Brasil é o Neymar. Não pode ser apenas isso”, encerrou o marido da motorista que deixou uma filha pequena, de apenas 5 anos.”

http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2014/07/08/familiares-de-mortos-em-bh-lamentam-tragedia-abafada-por-lesao-de-neymar.htm

Responder

hamilton damato

08/07/2014 - 11h26

Juca tá querendo um empreguinho no detrito de maré sólida…..

Responder

hamilton damato

08/07/2014 - 11h22

“Copa só é boa para a Fifa e para as empreiteiras”, diz Juca Kfouri no Roda Viva

Responder

Marileia

08/07/2014 - 11h10

Juca,

Eu tb acho que se um “branco” cair em campo, o brasileiro leva cartão. Fifa não vai engolir essa não. EMbora já tenha habeas corpus, a prisão de ligados à Fifa ganhou o mundo ontem.

Responder

Alex Back

08/07/2014 - 11h03

O que eu quero saber mesmo é o seguinte:

Ele vai ficar preso no Brasil ou vai ser deportado?

Deportação = pizza

Responder

sergio hungria

08/07/2014 - 11h01

Acho que o Brasil deveria barganhar nesse caso… Brasil campeão e presos só peixes pequenos…

Responder

Paulo

08/07/2014 - 10h37

Kkkkkk a midia nefasta, anti democracia e anti pt que vcs falam eh a globo? Que vcs dizem que atacam a copa, que fazem terrorismo para que a copa não exista? Pois bem a realidade eh bem diferente. Esta mídia só defende a copa e seus investimentos, ela lucra muito inclusive com o governo atual; não pensem que eles são inimigos, pois são muito proximos. Inocência de alguns, retórica de outros, os “esquerdistas” vivem em uma realidade paralela. Kkkkkkk

Responder

Fernando

08/07/2014 - 09h59

Pior é o PIG tentando dizer que os responsáveis por derrubar o esquema foram os policiais civis do RJ, e não os federais da Dilma.

Responder

Jonathan Sena

08/07/2014 - 09h51

Hoje é 08 de Julho de 2014, atentem bem para cada sílaba dessa data, para cada caractere digitado, para quem estiver vivo nesse dia saberá do que se trata e também saberá toda a posteridade que dia é hoje. A algumas horas se iniciará o maior evento épico de nossa história recente, Brasil vs Alemanha, Copa do Mundo no Brasil, 200 milhões vidrados, em pânico, em êxtase, em uma única pulsação. E outros bilhões de todo o mundo em expectativa.

Queria crer para o bem dos meus nervos que hoje poderia ser um dia normal, não, não é, não será, não poderia ser. Aconteça o que acontecer hoje, depois das 17h, marcará fundo na alma nacional para todo o sempre como um karma perfurando o rim de nosso Prometeu acorrentado, e não digo isso para os canalhas que secam pela derrota por interesse eleitoral, alguém que não compreende o inominável custo de nossa derrota hoje mereceria receber a punição de ser o que é, essa triste figura suína em meio a essa maré de milhões de corações a mil.

Hoje, 11 a 11, duas civilizações, duas escolas, dois exércitos. Para um será apenas a glória, para nós será o cume, o ápice, o milagre, será o tudo ou o nada. Não haverá limbo hoje. Uma segunda copa do mundo em casa frustrada nos derrotará para sempre, o gigante definhará em berço esplêndido, ao som, ao mar e a luz do céu profundo. E sim, muitos de nossa elite se deleitam excitados frente a essa possibilidade, esmagar a alma nacional para sempre nos pés brancos do “europeu”.

O trauma da copa de 1982 foi para o nosso futebol arte o que será para a alma nacional o jogo de hoje e nem mesmo os cretinos mais doentiamente secadores suportarão o luto pútrido, fétido e eterno que nos cairá como fardo atávico em nossos ombros, por mil gerações, ou até que a data desse dia não seja mais passível de ser lembrada, se é que isso é possível.

Hoje será a lógica ou coração, se der a lógica, serão eles, se der coração, seremos nós. E que Deus se apiede desse povo e nos salve desse terrível fim, pois em nenhum outro esporte o milagre é tão comum como no futebol e tudo que queremos é apenas mais dois, o de hoje e o de domingo.

Responder

    Odilia Macedo

    08/07/2014 - 16h37

    pobre é o povo que só tem um único esporte para se vangloriar, a única e mísera alegria, e que a vida depende de um resultado de jogo. Lamento profundamente pelo nosso povo, humilhado, espoliado, alienado. Esse não deveria ser um’ episódio épico de nossa recente história ” . Temos muito potencial para representar o nosso papel na História mundial, para mostrar ao mundo a nossa capacidade criativa, produtiva. Porém, se continuarmos endeusando ídolos falsos, não atribuindo valor ao que merece realmente, não focarmos em prioridades de bem estar social, vamos depender dessa “felicidade artificial, alienante de um simples resultado de um jogo de futebol

    jonathan

    08/07/2014 - 21h47

    minha cara, tomar parte da cultura popular como alienação é um vício comum de nossas elites, o futebol é apenas um futebol, sem dúvida, mas é nele que espelhamos nossos sonhos e nele que estamos melhor resolvidos em nossa identidade… pode ser que tenha exagerado pela emoção, nao devemos nos envergonhar quando erramos por excesso, algo de muito podre ocorreu para um time como o Brasil perder de sete a um, para uma selecao que nos ultimos jogos so ganhava de um a zero.

    Nao esqueça que Marx nao disse que a religião era um opio para o povo, mas um opio do povo, e não no sentido depreciativo, com certeza.

    Mas deixemos baixar a poeira, o povo brasileiro vai se levantar sim, porque de fato, e nisso concordo contigo, para nosso povo, o que é esse vexame homérico futebolistico comparado com tudo que já passamos nesses quinhentos anos e continuamos passando com as tentativas golpistas das midias?

Sidnei Brito

08/07/2014 - 08h02

Paê, explica pra mim: é isso que o pessoal chamava de “padrão fifa”?

Responder

anac

08/07/2014 - 04h34

Foram tantos os legados, desmascarar a mídia, mostrar o padrão de corrupção Fifa dos coxinhas boca suja, etc. Entre os quais a de que a PF sob o governo de Lula e Dilma é republicana, doa a quem doer. Se fosse na era FHC em que só pegava os esquemas da Roseana Sarney para prejudicá-la politicamente em prol de Serra, a PF estaria fazendo a segurança e escolta dos cambistas para a venda dos ingressos.

Responder

sergio

08/07/2014 - 02h08

Concordo.
O grande legado desta Copa no Brasil foi desnudar a mídia embusteira.
Os meios de comunicações ficaram dois anos fazendo uso político do evento, via terrorismo, como o “Não Vai ter Copa” e o “Imagina na Copa” e, simultaneamente, acusavam o governo de estar querendo se promover com o Mundial.

Responder

Carlos

07/07/2014 - 23h12

Discordo, humildemente, do Senhor Juca. O maior legado da Copa foi desmascarar a mídia nativa, especialmente diante grande mídia internacional. Não que está última seja grande coisa, mas os veículos entrangeiros vão pensar dezenas de vezes antes de sair propagando notícias engendradas pela nossa mídia corporativa.
Tentaram induzir mundo e os brasileiros em erro, mas foram vergonhosamente desmascarados pelos fatos, e contra estes não há argumento.

Responder

PIMENTA

07/07/2014 - 22h48

fugindo da pauta:
Por uma democracia de verdade
Jovens “red blocs” fazem atos por Constituinte em 14 estados

Em São Paulo, Levante Popular da Juventude parou a Avenida Paulista por uma hora para pintas a bandeira do Brasil por uma Constituinte Soberana e Exclusiva do Sistema Político na frente do MASP

Por Maura Silva, na página do Plebiscito Constituinte

Nesta segunda-feira (7), diversos movimentos sociais como Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Levante Popular da Juventude, Consulta Popular, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Marcha Mundial das Mulheres (MMM), Movimento dos Pequenos Agricultura (MPA), Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), Rede Fora do Eixo, Comitês Populares do Plebiscito, Sindicalistas, realizaram atos e intervenções artísticas pelo país no Dia Nacional de Luta pela Constituinte.

As ações, que aconteceram em 14 estados, tiveram como objetivo chamar a atenção da sociedade para o Plebiscito Popular pela Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político, cujas coletas de votos acontecem daqui a dois meses, entre os dias 1 a 7 de setembro.

Panfletagens, colagem de cartazes, pinturas, baterias de rua, aulas públicas e ocupações culturais foram algumas das formas usadas pelas organizações para debater o tema com a sociedade.

“Com pinturas em murais, colagem de cartazes e agitação com bandeiras e baterias buscamos conscientizar a população sobre a importância da revisão dos atuais processos dentro do poder”, disse Laryssa Sampaio, do Levante Popular da Juventude.

Desde agosto de 2013, mais de 250 organizações, movimentos sociais, centrais sindicais, partidos políticos constroem a ferramenta do Plebiscito Popular para promover mudanças no sistema político brasileiro. Atualmente, já foram criados mais de 600 comitês populares em todo o país.

Jaime Amorim, da coordenação nacional do MST, acredita “o nosso sistema representativo está falido. Uma reforma política é necessária para que a sociedade civil tenha cada vez mais espaço nas decisões tomadas pelos nossos poderes”.

A votação, prevista para acontecer na semana da pátria e que pretende coletar 10 milhões de votos em todo o Brasil, trará apenas uma única pergunta: “Você é a favor de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político?”

Para Diva Braga, da Consulta Popular, a luta pela Constituinte se coloca como a mais significativa luta política desde As Diretas Já! “Essa é a nossa prioridade de lutas atualmente, pois congrega a participação da sociedade civil e das diversas pautas de interesse do povo Brasileiro na luta por mudanças estruturais do país e o Plebiscito é a ferramenta de organização do povo nesta luta”.

As ações aconteceram em São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pernambuco, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais, Sergipe, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul e Pará.

Responder

    augusto2

    08/07/2014 - 12h21

    O movimento (pelo plebiscito e Constituinte de verdade) é otimo.
    O modo de redigir e a comunicaçao da pergunta tá muito ruim.
    Esta muito acadêmica!
    A pergunta tem que ser de outro modo, nao sei qual, mas assim,não.

FrancoAtirador

07/07/2014 - 22h18

.
.
7/7/2014 às 19h28 (Atualizado em 7/7/2014 às 21h01)
R7 – Rio de Janeiro

Preso por cambismo, executivo ligado à Fifa guardava
mais de 80 ingressos da Copa em hotel na zona sul

i.imgur.com/rDZhu04.jpg
http://imgur.com/rDZhu04

Quadrilha ganhava cerca de R$ 2 milhões por jogo

A polícia apreendeu 82 ingressos com o inglês Raymond Whelan, 64 anos, preso na tarde desta segunda-feira (7) por suspeita de participar de uma quadrilha que desviava e revendia ingressos para a Copa do Mundo. Cada partida rendia cerca de R$ 2 milhões ao grupo. Foram recolhidos ainda computador e celulares. Todo o material será periciado.

Whelan, preso no Copacabana Palace, zona sul do Rio, é executivo da Match, empresa responsável pela distribuição de bilhetes para o Mundial.

O mandado de prisão foi expedido com base no artigo 4-G do Estatuto de Defesa do Torcedor (Fornecer, desviar ou facilitar a distribuição de ingressos para venda por preço superior ao estampado no bilhete).

De acordo com o delegado Fábio Barucke, responsável pela investigação, Whelan era um facilitador para a quadrilha ter acesso e vender os ingressos, já que a Match presta serviços para a Fifa.

A ação faz parte da Operação Jules Rimet, desencadeada na semana passada, que resultou na prisão de 11 pessoas envolvidas no esquema ilegal.

Barucke afirmou ainda que, durante as investigações, Whelan foi flagrado nas escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, negociando ingressos com o argelino Mohamadou Lamina Fofana, um dos presos na Jules Rimet.
Havia cerca de 900 registros.

O mandado de prisão de Raymond Whelan foi expedido pelo Juizado Especial do Torcedor. O inglês foi levado para a 18ªDP (Praça da Bandeira).

Segundo o delegado, a Fifa forneceu, nesta segunda-feira, a listagem de números de telefone requerida pela polícia.

As investigações continuam em andamento.

Procurada pelo R7, a Fifa afirmou, por intermédio de seu departamento de imprensa, que “tomou conhecimento de que Ray Whelan, diretor do escritório de Acomodação da MATCH Services, provedora de serviços para a Fifa, foi levado do hotel Copacabana Palace pela polícia para prestar depoimento por suposta participação no que diz respeito à Operação Jules Rimet…”.

(http://r7.com/ur_C)
.
.

Responder

Deixe uma resposta