VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Janot pede vistas do inquérito 3105 e um divórcio enrolado pode voltar a assombrar Temer; Erika será intimada a contar tudo?

27 de junho de 2017 às 23h52

Da Redação, com Garganta Profunda*

A melhor defesa é o ataque.

Michel Temer, ao desqualificar hoje a denúncia feita contra ele pela Procuradoria Geral da República, sugeriu que Rodrigo Janot talvez tenha embolsado parte dos milhões recebidos pelo ex-procurador Marcelo Miller, que trocou a PGR pelo escritório de advocacia que fechou o acordo de delação premiada dos executivos da JBS:

Pois bem, eu que sou da área jurídica, meus amigos, eu digo a vocês que o sonho de todo acadêmico em Direito, de todo advogado era prestar concurso para ser procurador da República.

Pois bem, este senhor, que eu acabei de mencionar, e lamento ter de fazê-lo, deixa um emprego, que como disse, é um sonho de milhares de jovens acadêmicos, advogados, abandona o Ministério Público para trabalhar em empresa que faz delação premiada ao procurador-geral. E vocês sabem que quem deixa a Procuradoria tem uma quarentena, se não me engano, de dois ou três meses.

Não houve quarentena nenhuma. O cidadão saiu e já foi trabalhar, depois de procurar a empresa para oferecer serviços, foi trabalhar para esta empresa e ganhou, na verdade, milhões em poucos meses. O que talvez levaria décadas para poupar.

Garantiu ao seu novo patrão, o novo patrão não é mais o procurador-geral, é a empresa que o contratou, um acordo benevolente, uma delação que tira o seu patrão das garras da Justiça, que gera, meus senhores e minhas senhoras, uma impunidade nunca antes vista. Basta verificar o que aconteceu ao longo desses dois, três últimos anos para saber que ninguém saiu com tanta impunidade.

E tudo, meus amigos, ratificado. Tudo assegurado pelo procurador-geral. Pelas novas leis penais, que eu estou dizendo da chamada ilação, ora criada nesta denúncia, que não existe no Código Penal, poderíamos concluir nessa hipótese que estou mencionando, que talvez os milhões de honorários recebidos não fossem unicamente para o assessor de confiança, que, na verdade, deixou a Procuradoria para trabalhar nessa matéria.

A hipótese de Temer, de que Janot teria incentivado o auxiliar a deixar o MP para embolsar algum, serve para turvar as águas num momento delicadíssimo para o ocupante do Planalto.

Assim que foi fechada a delação da JBS, como o Viomundo frisou à época, os investigadores foram à jugular de Temer, com operações de busca e apreensão na empresa Rodrimar, em Santos, e na Ageplan, do coronel aposentado da PM João Baptista Lima Filho.

A Rodrimar é suspeita de turbinar a carreira do então deputado federal Michel Temer através de pagamento de propina em contratos envolvendo o porto de Santos. O coronel Lima seria o operador de Temer, o “laranja” encarregado de esconder dinheiro arrecadado de forma ilícita.

Agora, um divórcio litigioso antigo, que deu entrada em 11 de agosto de 1999, é um fantasma que pode voltar a assombrar Temer.

Na denúncia contra Temer oferecida por Rodrigo Janot ao STF, o PGR pede vistas do inquérito 3105, que tramitou no STF e ficou sob a relatoria do ministro Marco Aurélio.

A apuração tratava de suposto pagamento de propina ao ex-presidente da Codesp, a Companhia Docas de Santos, Marcelo de Azeredo, e ao próprio Temer.

“É preciso analisar detalhadamente os autos do inquérito 3105, a fim de verificar se os fatos ora mencionados são conexos àqueles”, escreveu Janot. É a justificativa que o PGR encontrou para puxar as informações do inquérito para dentro das novas denúncias contra Temer.

Aquele inquérito, o 3105, nasceu do processo 0063.2820-2, que correu na Vara da Família e das Sucessões do Foro Central de São Paulo.

Nele, Érika pede “reconhecimento e dissolução de união estável cumulada com partilha e pedido de alimentos” a Marcelo de Azeredo, apaniguado de Temer que exerceu vários cargos públicos por indicação do padrinho.

Na ação, da qual misteriosamente Erika desistiu posteriormente, a hoje psicóloga (com ênfase no comportamento do consumidor) denuncia Marcelo por cobrar propina numa “série de licitações para terceirização de alguns serviços ou concessão de outros, ou concessão de uso de terminais de embarque/desembarque [do porto de Santos]. Estas ‘caixinhas’ ou ‘propinas’ eram negociadas com os vencedores das licitações ou com os concessionários e, repartida entre o requerido, seu ‘padrinho político’ o Deputado Federal Michel Temer, hoje Presidente da Câmara dos Deputados e um tal de Lima”.

“Da empresa Rodrimar, recebeu [Marcelo de Azeredo] R$ 150 mil, sempre com a participação dos outros dois sócios, constando, ainda, uma doação de campanha para Michel Temer de mais de R$ 200 mil”, diz a inicial da ação de Erika.

Em junho de 2016, o Viomundo descreveu a longa viagem do processo envolvendo Temer nascido das denúncias de Erika. Calculamos que só nos negócios elencados por ela na ação de divórcio o hoje ocupante do Planalto arrecadou R$ 2,7 milhões em valores não atualizados.

Mas o que ganha relevância agora são outros detalhes do processo de divórcio.

Erika, que pretendia receber R$ 10 mil mensais em pensão alimentícia (valor de 1999), detalhou na ação os bens e as empresas de Marcelo de Azeredo: a Shodoc Consultoria e Empreendimentos Ltda., a A. Metha Associados, a Next Participações, o estacionamento Trianon, na avenida Paulista, e a sociedade oculta em dois restaurantes — um no Jóquei Clube de São Paulo, outro no shopping Tatuapé.

Isso é ouro para os investigadores. Permite a eles checar, por exemplo, se Marcelo de Azeredo acumulou apenas ganhos pessoais em suas empresas ou se, à moda do “Lima”, serviu de laranja para parceiros.

Eventualmente, tanto Marcelo quanto Erika podem ser chamados a confirmar ou não informações constantes do inquérito 3105, arquivado pelo ministro Marco Aurélio em 2011.

Na página oficial do STF, já consta que o PGR pediu vista dos autos.

*Veterano jornalista investigativo contratado pelos leitores do Viomundo para compor a Galeria dos Hipócritas

Abaixo, você lê a íntegra da ação movida por Erika (faltando, misteriosamente, a página 14), a decisão do ministro Marco Aurélio e a íntegra da denúncia de Janot contra Michel Temer:

 

9 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Mark Twain

28/06/2017 - 19h07

“com ênfase no comportamento do consumidor”.
Vontade de vomitar.

Toque de gênio!
Obrigado Redação! :)

Responder

Luciano Prado

28/06/2017 - 13h30

Nossa!
Neguinho vai pra dentro do lamaçal. Vão chafurdar na lama.

Responder

Cunha e Silva

28/06/2017 - 09h35

Ataque efetivo que Janot faria seria denunciar os duzentos e poucos deputados eleitos como propinas arrecadadas por Cunha . As listas da Odebrechet e da JBS com doações dá para identifica los , checando se estão nas declarações ao TSE . Fazer o pente fino também no caixa 2 . Ele terá instrumento de pressão maior que se imagina .

Responder

emerson57

28/06/2017 - 09h19

Você, meu amigo/a santista que foi obrigado a engolir durante muitíssimo tempo informações sobre essa ladroagem, aproveite a oportunidade e denuncie aqui.
A oportunidade é esta! Em dois minutos do seu tempo você ajuda tirar um bandido do governo.
Garanto que será muito mais adequado do que bater panelas ou marchar com um pato amarelo nas mãos.

Responder

Roberto

28/06/2017 - 08h28

Temer é só um estafeta. Temos que deixar de dar tanta importância a ele e nos concentrar em derrotar O GOLPE. Isso se traduz na ANULAÇÃO do impeachment, muito mais viável do que as tais “diretas já”.

Responder

Paulo

28/06/2017 - 07h39

A vida do Bandidão Temeroso virou inferno! Cadeia é pouco para esse Canalha.

Responder

Cláudio

28/06/2017 - 05h32

:
: * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando: A grande mídia (mérdia) é composta de sabujos sujos e sabujas sujas a serviço dos ianque$ e do $ionismo de capital especulativo internacional e outras máfias (como a ma$$onaria, com dois c(h)ifrões, de $$ neonazista) dos e das canalhas direitistas…
.

Fui impedido de postar às 4:13 : Os felas das putas da direita se apossaram do computador daqui de casa…

.

PARA A ENÉSIMA PUTifARIA ( patifaria + putaria ) DA DIREITA:

Foi com muito cálculo que se preparou mais essa para o PT (e/ou as esquerdas, o progressismo/trabalhismo). E, ao que parece, o partido não contava nem se preveniu para essa eventualidade. Aliás, é estranho o número de vezes que o PT (o progressimo/trabalhismo) é pego de calças curtas, desprevenido e perplexo. E, o que mais espanta, é que seus inimigos nem parecem ser tão espertos assim.
.

AS MORDOMIAS DOS MARAJÁS EM PÉ DE GUERRA:
.
Os 17 mil juízes receberam em média 46,1 mil por mês em 2015;
.
Os 1,2 mil promotores e procuradores de Justiça recebem salário máximo teórico de 33,7 mil mensais;
.
Magistrados e promotores têm auxílio-moradia de 4,3 mil mensais. Se morarem juntamente com um cônjuge que também tem direito a auxílio, ambos recebem da mesma forma;
.
Todos têm 60 dias de férias por ano e, em caso de trabalho fora do local, uma diária equivalente a 1/30 da remuneração mensal;
.
Pena máxima em caso de punição disciplinar: aposentadoria compulsória com salario integral (i$$o é punição mesmo ou é premiação ?…)
,

E MAIS :

Os tribunais de contas e o Judiciário são a maior fonte de corrupção

O Judiciário do Brasil é o mais caro do mundo

O juiz é um servidor público como o faxineiro, só que o Judiciário decide em causa própria

Os juízes dizem “na minha vara” – a vara não é dele!

A reforma de Previdência não vai atrás de juiz que recebe aposentadoria de R$ 100 mil: vai atrás dos pobres

O Judiciário é uma ditadura de classe – e ditadura conservadora

.

Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia. “Distopia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/distopia [consultado em 01-10-2016].)

.:.

Poema acróstico para o maior e melhor brasileiro de todos os tempos :

L ouvemos quem bem merece o mais pleno louvor
U m homem simples como as coisas boas da vida
Í ntimo camarada, nosso irmão e amigo de valor
Z elando sempre pelo bem da humanidade querida

I nimigo dos maus, amigo dos bons, trabalhador
N ascido do povo que muito o ama e admira
Á rvore de bons frutos, os de melhor sabor
C onsciência plena de tudo que no mundo gira
I magem perfeita do homem de si senhor
O humano defensor de humana lira

L uz de nossa gente, lutador incansável
U m verdadeiro herói do povo brasileiro
L úcido e consciente do mais admirável
A mor pelo ser humano e verdadeiro

D igno e sincero, fraterno e muito humano
A migo do povo, honesto e sempre lhano

S eja o meu/nosso canto para te louvar
I sso que a voz do povo já disse várias vezes
L ula, o BraSil vive mais feliz só por te amar
V itória da melhor sorte no número treze
A fazer do brasileiro a humanidade a se ampliar.

Autor: Cláudio Carvalho Fernandes ( poeta anarcoexistencialista )

.:.

L uz do povo brasileiro
U m digno e fiel lutador
L astreando com real valor
A honra do BraSil inteiro.

.:.

L ula livrou 36 milhões da pobreza
U m feito memorável sem precedentes
L utando contra a mídia venal, teve a certeza
A bsoluta de estar ao lado dos brasileiros conscientes

.:.

L ivrando da miséria extrema 36 milhões de brasileiros
U m feito sem igual que por si só já bastaria
L ula segue sendo no mundo um dos primeiros
A fazer de seu povo a eterna rima rica de sua poesia

.:.
.:.

Mídia cínica, mercenária, demagógica e corruta.
.
“Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma”.
.
…………………..………………………………. ( Joseph Pulitzer )

.:.

Se você não for cuidadoso / cuidadosa
.
“Se você não for cuidadoso / cuidadosa, os jornais [a mídia] farão [fará] você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas e amar as [‘]pesso[nh]as[’] que estão oprimindo”.
.
…………………..………………………………. ( Malcolm X )

.:.

( En la lucha de clases )
.
En la lucha de clases
Todas las armas son buenas
Piedras
Noches
Poemas
.
…………………………………………….( Paulo Leminski )

.:.

( Não é a beleza )
.
Não é a beleza
Mas sim a humanidade
O objetivo da literatura
.
…………………………………………….( Salamah Mussa )

.:.

A existência precede a essência.
.
…………………………………………….( Jean-Paul Sartre )

.:.

* 1 * 2 * 13 * 4

.:.

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
* * * * * * * * * * * * *
* * * *

Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) !!!! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem vaselina) 2018 neles (que já tomaram DE QUATRO no PSDBosta) !!!!

* * * *
* * * * * * * * * * * * *
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Responder

Paulo Pretinho

28/06/2017 - 05h23

o petismo comemora o fato de Vacari ter sido inocentado por não se reconhecer que prova gerada por delator não serve como prova e por isso deveria apoiar Temer

Responder

    Maria José

    28/06/2017 - 15h27

    Paulo Preto (seria o Paulo Petro da DERSA ?)

    Você está se esquecendo das malas de dinheiro ?
    E o Rocha Loures qdo abrir o bico ?
    Finge de égua não rapaz….

    Contra o Vaccari é só disse-que-me-disse.
    Já contra o Temer, são audios, vídeos e documentos que COMPRAVAM o que disse o delator.

    Pequena diferença, né ?!?

Deixe uma resposta