VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Governo interino coloca IBGE a serviço do Millenium

02 de junho de 2016 às 14h51

Captura de Tela 2016-06-02 às 14.49.47

Alerta, ibgeano! Temer quer impor um chicago boy do “mercado” para dirigir o IBGE

sugerido por Daniel Dantas Lemos, do site da ASSIBGE

Nem bem o IBGE encerrou as comemorações de seus 80 anos de existência e os ibgeanos são surpreendidos com a notícia de que o governo interino de Michel Temer pretende nomear [Nota do Viomundo: Já nomeou] o senhor Paulo Rabello de Castro para presidir o Instituto.

A notícia foi publicada no dia em que Wasmalia Bivar entregava medalhas na cerimônia de aniversário do órgão, no teatro João Caetano, no Rio de Janeiro.

Se as coisas já estavam complicadas, com corte de verbas, número excessivo de servidores temporários, suspensão de pesquisas e até do Censo Agropecuário, agora o presidente interino pretende indicar um representante direto da Escola de Chicago (onde Paulo Rabello estudou), um homem do mundo empresarial para dirigir o IBGE.

Castro é coordenador do Movimento Brasil Eficiente (MBE), que reúne empresários e gente do “mercado”, preocupada com a “eficiência das despesas públicas” e propõe a criação de normas para o funcionamento do Conselho de Gestão Fiscal, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Paulo Rabello também preside o Instituto Atlântico e é fundador da primeira empresa brasileira de classificação de riscos de crédito, a SR Rating, além da RC Consultores, empresa de previsão econômica e análises de mercado.

O Instituto Atlântico faz parte da Câmara de Instituições do Instituto Millenium, organização de direita, que reúne grandes empresários brasileiros de diversos ramos, pregando o receituário da ortodoxia neoliberal como saída para os problemas estruturais do país.

Em outra frente, Paulo Rabello de Castro é membro da Lide, associação empresarial de diversos países que “reúne lideranças que acreditam no fortalecimento da livre iniciativa no Brasil e no mundo”.

Castro apresentou no documento “Agenda 2016”, entregue recentemente a Temer, a proposta de uma “Nova Previdência” em que o contribuinte poderá escolher o destino da contribuição ao INSS para composição de um fundo, do qual ele será cotista, e que funcionará no formato de uma previdência privada.

Só pelo currículo se pode perceber o perfil do escolhido por Temer para dirigir o IBGE. O que um empresário, aguerrido defensor do “mercado” e da “eficiência das despesas públicas” pode propor e fazer a frente do IBGE?

O IBGE completa 80 anos em meio a grandes dificuldades para sair da sua crise institucional. Orçamento insuficiente, esvaziamento do quadro efetivo, massificação do trabalho precarizado, déficit democrático na gestão, necessidade de valorização do órgão mediante a implantação do novo plano de carreiras. Para um IBGE forte e do tamanho do Brasil é preciso um projeto que ataque estas condições críticas.

Reafirmamos o IBGE como uma instituição comprometida com a maioria da sociedade, voltada para retratar o Brasil e, com suas pesquisas e trabalhos, oferecer soluções para os grandes problemas nacionais. Consideramos um retrocesso a indicação de uma pessoa de fora dos quadros da instituição para ocupar sua Presidência.

Nossa luta é por ELEIÇÕES DIRETAS PARA PRESIDENTE do IBGE, com a convocação de um congresso institucional que trace as metas e o orçamento do Instituto, com ampla participação da categoria, transparente e aberto às contribuições da sociedade brasileira. A única saída para a crise do IBGE é ampliar a participação democrática da categoria nos rumos da instituição.

A ASSIBGE – Sindicato Nacional convoca toda a categoria a se mobilizar diante deste fato. Agora, mais do que nunca, chegou a hora dos ibgeanos serem respeitados.

Diante da gravidade da situação e dos riscos que essa nomeação pode representar ao IBGE, o Sindicato convoca ASSEMBLÉIAS EM TODAS AS UNIDADES.

Junho/2016
Executiva Nacional da ASSIBGE-SN

Leia também:

Pastor Marco Feliciano, inquisidor da UNE, tem telhado de vidro gigante

 

8 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

fausto

03/06/2016 - 01h24

Já mencionei isto algumas vezes, mas farei outra vez (de repente, alguém nunca leu):
Seria interessante que a esquerda conseguisse redigir um discurso mais atrativo e convincente para aqueles que a vêem com maus olhos.
Não adianta nada fazer um texto para convencer aqueles que já concordam com suas pautas.
Me coloco no lugar de alguém que leia as palavras “eficiência”, “redução de gastos”, “mercado”, “livre iniciativa”.
Isso tudo, na verdade, soa bonito para aqueles que não têm uma posição definida ou tendem a discordar das pautas da esquerda.
Será que o Brasileiro médio sabe o que é “Escola de Chiago”?
Na minha opinião, fazer isso, é jogar contra si mesmo.

Responder

    bonobo de oliveira, severino

    03/06/2016 - 08h07

    Meu caro Fausto. Nem o médio nem o baixo e nem o alto sabem o que é isso. E não adianta mudar discurso porque não seria isso suficiente para contrapor o trabalho estratégico de formação (ou deformação?) de opinião pública muito bem coordenado e ricamente financiado desde os tempos da falada Escola de Chicago, também conhecida como “Escola Standard Oil” (por bons motivos), nos anos 70. Excetuados o Noam Chomsky e, talvez, umas poucas centenas de pensadores, que não se venderam, a maioria dos estudantes e estudiosos nem sequer percebeu o crescimento do câncer neoliberal que se instalava avançando sobre escolas e universidades. Quando começou-se a sentir os efeitos devastadores dessa moléstia sociológica, nos anos 2000, já era tarde. Explodiram as maiores economias nacionais em 2008 (EUA) e 2010 (Zona do EURO) e nem assim foi possível demonstrar aos incautos o crescimento da praga que prosseguiu se alastrando. Até hoje os efeitos da catástrofe são sentidos mas os Chicago Boys como Armínio Fraga falam (e falou em 2014, em plena campanha para Ministro da Fazendo do Aécio) que “a crise acabou em 2012”, e muita gente acredita porque o jogral de comentaristas de programa da GLOBO NEWS fazem em coro o discurso neoliberal. Se o ambiente acadêmico já foi contaminado, é difícil enxergar alguma saída para evitar o colapso planetário iminente, lamentavelmente.

FrancoAtirador

02/06/2016 - 15h16

.
.
Millenium = Globo + Abril + Gerdau

Deveria se Chamar Instituto Zelotes

http://www.institutomillenium.org.br/author/paulo-rabello-de-castro
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    02/06/2016 - 15h25

    .
    .
    MÍDIA JABÁCULÊ DOS MERCADOS DO MILLENIUM

    FEZ BARBA E BIGODE NO APARELHAMENTO DO PSDB

    NAS ESTATAIS E NAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS FEDERAIS
    .
    Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA),

    Fundação Pública Federal Vinculada ao Ministério do Planejamento,

    emitem Nota de Repúdio ante a Destituição do Presidente do Órgão:
    .
    “Consideramos inaceitável que uma instituição de pesquisa
    e avaliação de políticas públicas, conhecida por sua excelência
    e comprometimento com o desenvolvimento do país,
    seja tratada com tamanho descaso.
    .
    Frente à destituição do presidente do Ipea,
    a Associação dos Funcionários do Ipea vem a público
    manifestar integral solidariedade a Manoel Pires
    e enfatizar o profundo desrespeito
    que seu afastamento representa em relação ao Instituto.”
    .
    (http://afipeasindical.org.br/noticias/governo-troca-presidencia-do-ipea)
    .
    Ernesto Lozardo graduou-se em Administração de Empresas
    na New York University, onde também obteve o MBA
    (Master in Business Administration) – lá recebendo
    o Prêmio Phi Alpha Kappa Honorary Societary –
    e é Mestre em Economia pela Columbia University
    (in Upper Manhattan, New York City), ambas Universidades
    Particulares dos Estados Unidos da América (EUA).
    .
    Foi Bolsista e Monitor em Finanças na New York University,
    e Bolsista da OEA na Columbia University.

    Desde 1977, é Professor de Economia da EAESP-FGV.

    Foi Secretário do Planejamento e Economia do Estado de São Paulo;

    Presidente da PRODESP, empresa de informática do Estado de São Paulo;

    Sócio Diretor na Futura International Comercial Ltda; e

    integrou o Programa Young Economists no Banco Mundial.

    É Consultor de Empresas em Finanças e Economia e

    Membro do Conselho de Administração de Empresas Privadas.

    (http://palestrarte.com.br/palestrante/ernesto-lozardo)
    (http://www.institutomillenium.org.br/blog/em-2015-agncias-de-risco-rebaixaram-23-ratings)
    .
    .

    FrancoAtirador

    02/06/2016 - 15h35

    .
    .
    Não à toa, @s Comentaristas de Economia da Rede Globo

    e da Mídia Jabáculê do PSDB de São Paulo, [email protected]

    pelos Agentes do Mercado Financeiro, que deram o Golpe,

    estão chamando de Dream Team a Ekipekonômika do Jaburu.
    .
    E realmente têm razão: o Plantel do Ministro da Fazenda Friboi

    é o Time dos Sonhos das MegaCorporações Econômicas dos EUA.
    .
    http://www.brasil.gov.br/governo/2016/06/temer-empossa-presidente-de-bancos-publicos%2C%20petrobras-e-ipea
    .
    .

    FrancoAtirador

    02/06/2016 - 18h51

    .
    .
    INSTITUTO ZELOTES DO CARF:
    .
    A SONEGAÇÃO DO MILLENIUM
    .
    (http://www.institutomillenium.org.br/institucional/parceiros)
    .
    .

    Serjão

    03/06/2016 - 01h35

    O crime de lesa cultura dos Marinho. A lobotomia sem cirurgias.
    A Globotomia:
    https://www.youtube.com/watch?v=9ZRibgkHUfk&feature=youtu.be

    bonobo de oliveira, severino

    03/06/2016 - 08h16

    Considerando o evidente abafamento da ZELOTES podemos acrescentar mais uns elementos a essa equação matemática:

    Millenium = Globo + Abril + Gerdau mais Mossack-Fonseca, mais judiciário, mais MP, PF e outros penduricalhos que, somando tudo, como diria o Mino Carta, é tudo a mesma SOPA!!

Deixe uma resposta