VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Globo detona Temer no Fantástico e no Bom Dia: Coronel amigo do usurpador recebeu R$ 27 mi por ‘serviços gerais’ ao TJ de São Paulo

07 de agosto de 2017 às 10h47

Da Redação

Foi um ataque em dose dupla. Primeiro, no Fantástico, depois no Bom Dia Brasil.

Sete minutos repisando denúncias contra o coronel Lima, com destaque para os contratos que ele obteve com o Tribunal de Justiça de São Paulo.

O coronel aposentado é antigo parceiro de Temer.

No caso do TJ, algo inusitado: a empresa de Lima foi contratada para planejar a construção de 36 fóruns; os edifícios não foram construídos, mas mesmo assim o amigo de Temer embolsou R$ 27 milhões por ‘serviços gerais’.

A Globo não conseguiu descobrir quem está do lado do TJ na contratação do coronel.

No caso da JBS, Lima foi o destinatário de R$ 1 milhão. Segundo um dos delatores, dinheiro vivo entregue a ele dentro de uma caixa.

Como denunciamos anteriormente, a parceria entre Temer e Lima vem desde os tempos dos negócios no porto de Santos: no computador de Marcelo de Azeredo, então diretor da Codesp, a Companhia Docas do Estado de São Paulo, indicado para o cargo por Temer, a ex-mulher de Azeredo descobriu planilhas indicando que a divisão da propina era: 50% para Temer, 50% para Azeredo e 50% para o coronel Lima.

A denúncia original (íntegra abaixo) é de uma ação de divórcio que começou em 1999.

Lima também é suspeito de ser laranja de Temer em vastas propriedades rurais no interior de São Paulo.

É importante frisar que, por muitos menos — quase nada –, o juiz Moro iniciou uma implacável perseguição judicial a amigos do ex-presidente Lula, dentre os quais Paulo Okamotto e o advogado Roberto Teixeira.

 

6 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

vitor

07/08/2017 - 11h18

“a divisão da propina era: 50% para Temer, 50% para Azeredo e 50% para o coronel Lima.”????

Responder

    MAURICIO PEIXOTO

    07/08/2017 - 16h34

    Com tanta propina, até a matemática é violada.

    Antônio

    07/08/2017 - 18h21

    Era 50 por cento para MT e os outros 50 eram divididos, 25 para cada um.
    Está mais claro no texto da ação. Texto muito divertido, vale a pena ler.

    Bonobo de Oliveira, Severino

    07/08/2017 - 19h01

    Que tal 33.33% para cada um dos tres?

juarez aparecio costa

07/08/2017 - 11h13

então é esse o tal do LARANJA LIMA,kkk

Responder

juarez aparecio costa

07/08/2017 - 11h12

então é esse o tal do LARANJA LIMA,kkk.

Responder

Deixe uma resposta