VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Você escreve

O robô do Aloysio pediu meu voto


25/09/2010 - 20h45

por Luiz Carlos Azenha

Voltando para casa, depois de um longo dias de gravações, corro para atender: no telefone, quem fala é o robô do Aloysio Nunes, pedindo meu voto. Sinal de que estamos, mesmo, na reta final. É para quando são programadas as chamadas feitas por robôs.

Primeira pergunta: como é que a campanha dele conseguiu meu telefone?

Segunda pergunta: se meu telefone está inscrito na lista dos que não aceitam o telemarketing, qual o motivo do desrespeito?

Terceira pergunta: os robôs farão ligações com mensagens negativas, como aconteceu nos Estados Unidos, quando John McCain atacou Barack Obama?

Quarta pergunta: e o bombardeio via mensagens de texto, virá?

Não sei o quanto isso tudo funciona. Sei que o risco de um candidato perder um voto ao usar o robô é tão grande quanto o de ganhar um. Presumo que para os candidatos a deputado valha a pena o risco, já que muitos eleitores só farão sua escolha na véspera ou em 3 de outubro e o robô pode servir para propagar o nome e o número de quem pede voto.

De qualquer forma, vale constatar que hoje as eleições se tornaram de tal forma um evento de marketing que temos muita gente posando de “analista”, “especialista” e “consultor” e empurrando “técnicas eleitorais” milagrosas tão eficazes quanto o famoso “óleo de cobra”. Não viram o “consultor” da Folha, que também se dedicava à receptação de cargas roubadas, à distribuição de notas falsas e ao agasalhamento de um automóvel roubado? E o guru indiano de José Serra?

Sinceramente, prefiro acreditar no Marcos Coimbra e no Ricardo Guedes, do Vox Populi e do Sensus. Ambos são extremamente cautelosos com suas opiniões.

Querem ouví-los? O Coimbra está aqui. O Guedes, aqui.

Vocês vão notar que os dois trabalham com a escala de grandeza envolvida numa decisão que envolve milhões e milhões de votos.

É justamente isso o que se esconde por trás da curva amiga do Datafolha ou das análises do Jornal da Globo.

Eles inventaram as mentiras “verossímeis”, ou seja, uma leitura dos números que esconde que pouco mudou desde o início de setembro e a deflagração dos escândalos tucano-midiáticos.

Olhando o tracking do Vox Populi (IG/Band), por exemplo, temos que deste então José Serra perdeu dois pontos (de 25% para 23%) e Dilma Rousseff perdeu um (de 51% para 50%).

Marina Silva, sim, como notou Marcos Coimbra, tem avançado em algumas cidades e algumas regiões. Mas, quando você contextualiza o avanço de Marina para o total do eleitorado ele ganha sua real proporção.

O fato de que todos os seus 50 amigos decidiram votar em Marina pouco altera a equação se todos são jovens, urbanos, de classe média.

Dito isso, é fato que uma conjunção de fatores pode levar a disputa para o segundo turno.

Desastres de Dilma Rousseff nos debates da Record e da Globo. A campanha surda, subterrânea, movida por religiosos e militantes da extrema-direita, nos púlpitos e na internet.

Aqui, uma nota pessoal.

Nas últimas semanas, por causa do grande número de mensagens que recebo, fui obrigado a filtrar meu e-mail. Direcionei diretamente para o lixo aquelas correntes que me eram enviadas 50 vezes ao dia. Mas, antes, fui ver o conteúdo.

Algumas eram de gente que me pareceu bem intencionada, denunciando ataques a A ou B.

Relembrei mais uma vez a campanha nos Estados Unidos e uma entrevista que li de um encarregado de promover campanhas por e-mail. Ele se baseava em fórmulas matemáticas de reprodução de mensagens e na progressão geométrica dessas correntes para cobrir todo um distrito eleitoral em um determinado período de tempo.

O repórter perguntou, então, sobre os democratas do distrito, dizendo algo do gênero: “Os democratas não se revoltam com as mensagens?”. Ele: “Faz parte. Isso pouco importa. O que me importa é que eles não quebrem a corrente e continuem avançando a mensagem para todos os seus contatos de e-mail, que por sua vez vão mandar para os seus contatos e assim sucessivamente. O que importa é que eles não deixem de disseminar minha mensagem, mesmo que se revoltem contra o conteúdo”.

Pois olhando minha caixa de e-mail fiquei com a impressão de que tem muita gente dando tiro no pé, como o eleitor de um deputado que mandou uma mensagem para dezenas de contatos (inclusive o Viomundo) denunciando um vídeo em que o candidato dele aparece a bordo de uma limusine e de um jatinho. Ora, ele está ajudando a espalhar uma acusação sem a resposta! É o que chamo de fogo amigo involuntário. Fez direitinho o que os adversários do candidato dele queriam que fizesse: espalhou a acusação!

Mas essas minúcias, insisto, não são capazes de virar milhões de votos — e é disso que se trata.

Resta, portanto, o imponderável: quantos votos Dilma Rousseff perderá por causa da exigência de dois documentos na hora de votar?

Para onde vão os indecisos?

Qual o papel da imensa máquina partidária do PMDB na reta final? Qual o papel da militância do PT e do PCdoB?

Tenho comigo que Lula, espertamente, “atritou” a mídia nos dias finais de campanha baseado em alguma pesquisa qualitativa. Foi para agitar a militância dormente e os movimentos sociais, dos quais o PT se afastou por diversos motivos nos últimos anos mas que sempre são um fator decisivo na hora agá, pois fazem política muito melhor que qualquer robô (só o MST mobiliza, fácil, mais de um milhão e meio de pessoas em todo o Brasil).  Ainda que muita gente não se lembre disso, eleição ainda é fazer política — por ações pessoais e intransferíveis.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


105 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Maricell

29 de setembro de 2010 às 13h04

Eu tambem recebi ligação do robô aluisio nunes. E no mesmo dia recebi ligação do comitê de um candidato do pps de São Carlos, mas essa era ao vivo. Daí descobri onde eles conseguiram meus dados, inclusive sabiam meu endereço. Foi através de uma entidade representativa do magisterio (que não é a Apeoesp) Logicamente tomei minhas providências.

Responder

Renato

29 de setembro de 2010 às 12h44

Boa tarde, senhores…
O que relamente me preocupa são as duas questões que o Azenha coloca no final… Para onde vão quase 10% de indecisos, nas estimuladas, e 18%, nas espontâneas? Parece haver uma tendência de irem para a Marina. E quantos votos serão perdidos por esta exigência estranha do documento com foto?
Sobre o debate da Globo… Sei que eles estão preparando um formato diferente… Algo como perguntas de jornalistas e "populares", talvez escolhendo algumcandidato para comentar, perguntas que comprometam a Dilma e lvantem a bola do Serra, esperado, mas principalmente da Marina. Que está tirando votos da Dilma, indiscutivelmente…
Esta é a aposta deles para o segundo turno.
Desculpem o pessimismo, mas acho que é necessário tentar entender as possibilidades… Um pouco de militância, um esforço extra e isso não acontecerá.

Responder

lucila

27 de setembro de 2010 às 21h13

Azenha, faz todo sentido sua análise sobre a virada de Lula contra a imprensa. Sabido como é, e se bem assessorado, acho que ele acertou mesmo na mosca! O povo não gosta de muita passividade não (me incluo nessa), e as declarações dele devem ter bombado o sangue de muita gente. Além disso, ele precisava mesmo confirmar o que toda gente via, gente que já quase começava a duvidar em sua capacidade de enxergar o óbvio. Daí pra reagir com mais gás na reta final, um passo. É o cara!

Responder

Fábio Venâncio

27 de setembro de 2010 às 06h30

Já tenho candidatos a senador ,ou melhor já tenho em minha mente todos em quem vou votar.
Se um robô me ligasse pedindo o meu voto ,as chances de eu ficar furioso são bem grandes ,pois trabalho a noite e durmo durante o dia.Já teria a minha rejeição logo de cara.
Essa estratégia é de quem não tem mais nada a perder.
Como consiguiram o seu número é facil de responder!!!
Eu queria saber como que Marta e Netinho tem juntos mais de 70% dos votos para o senado e o governador que eles apoiam tem apenas 26% dos votos estando bem atraz do seu adversário que tem o robô como adversário??????

Responder

Noely

26 de setembro de 2010 às 23h41

Eu também recebi e não gostei de saber que a tucanalha tem meu numero!!! Temos que tomar uma atitude junto ao PROCON ,denunciando este numero!

Responder

Rogerio

26 de setembro de 2010 às 20h21

Recebi a segunda ligação do robô hoje, do mesmo telefone: 3511-1700. Liguei para la e uma gravação (é claro)
disse que o telefone esta programado para não receber chamadas… Eles podem, a gente, não !?

Responder

William

26 de setembro de 2010 às 20h14

Recebi há uns 10 dias, através de ligação telefônica, mensagem gravada pela Dilma, pedindo votos para o Fernando Pimentel, candidato a senador pelo PT em MG. É o tipo de coisa antipática, que pode até tirar votos, tanto da Dilma como do Pimentel, em vez de angariar votos. Aí, ficamos imaginando, se esses marqueteiros eleitorais fazem alguma pesquisa, aplicando antes em um público restrito este tipo de propaganda eleitoral, para prever o impacto da mesma. Se não fazem este balão de ensaio, o tiro pode sair pela culatra.

Responder

Marcelo de Matos

26 de setembro de 2010 às 19h27

O robô tocou aqui também, mas, a ligação caiu. Acho que a engenhoca já está espanada.

Responder

Mariana Andrade

26 de setembro de 2010 às 18h41

Quem me ligou hoje pedindo meu voto foi o robô do Celso Giglio (argh!!!), aqui em Osasco!

Responder

Maria José Rêgo

26 de setembro de 2010 às 18h35

Aqui em Goiânia-GO recebi ligação telefonica robô do candidato a senador pelo PT, Pedro Wilson. Não precisava. Já havia decidido votar nele como primeiro senador. Ainda vou escolher o segundo.

Responder

Sil

26 de setembro de 2010 às 16h03

Também recebi ligação do Robolizio,como denunciar?
Abs

Responder

Bury

26 de setembro de 2010 às 15h34

Só para registrar algo a respeito dos spams: ontem, um amigo meu veio dizer que mudou seu voto porque recebeu aquele da Dilma "Só Jesus Cristo me faz perder essa eleição". E disse que migrou automaticamente para Serra. Vocês já devem imaginar o estado em que eu fiquei. Tentei explicar 2, 3 vezes o mecanismo do spam, da fraude e da sujeira que isso representa, que aquilo sequer possuía fonte, e que espalha-se essas idiotices para aproveitarem-se justamente desse tipo de ingenuidade que ele apresentou. Pegaram o rapaz pela parte religiosa, e ele caiu feito um patinho. Até fazer o cara entender que o "limpinho" que ia ter o voto dele era quem havia lançado essa e mais outras imundices, foi uma trabalheira danada. Espero ter conseguido ao menos esclarecer a ele como funcionam os mecanismos – mas, apesar da raiva inicial, lutar contra a máquina fazedora de dejetos é sempre uma prazer.

Responder

Uélintom

26 de setembro de 2010 às 14h42

Além desse filho da p…a desse Aloysio mandar SPAM ele mandou folder aqui para casa. Quem deu permissão? Onde conseguiu meu endereço?

Responder

Mauro A. Silva

26 de setembro de 2010 às 14h33

A candidatura Marta Suplicy ao Senado Federal.

A prefeita Marta Suplicy (PT) foi um desastre para a Educação na Cidade de São Paulo (2001-2004).
Ela aceitou alegremente os acordos feitos pelo seu antecessor (Celso Pitta) em relação ao pagamento da dívida de S. Paulo: comprometeu 13% das receitas para pagar juros aos banqueiros. Comprometeu 13% até mesmo das verbas da Educação, verbas estas que são exclusivas para a manutenção e desenvolvimento do ensino (conforme determina a Constituição Federal e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – lei federal 9394/1996).
Para garantir o apoio dos banqueiros, Marta Suplicy nomeou o banqueiro João Sayad para a Secretaria do Planejamento. Ele ficou no governo por exatos 30 meses, o tempo necessário para garantir que fossem pagas as parcelas dos juros aos banqueiros.
(…)
Caso Marta Suplicy seja eleita senadora, alguém acredita que ela vá propor uma auditoria na dívida pública da Cidade de São Paulo? Ou será que ela vai defender a continuidade do pagamento dos juros abusivos aos banqueiros?
Quem viver, verá!!!

Leia o artigo completo aqui: http://blogdomaurosilva.wordpress.com/2010/09/26/

Responder

Ana Maria

26 de setembro de 2010 às 14h30

O rôbo ligou para mim só que desta vez fiz como os tucanalhas não quis ouvir hiihihiihihiihihihiih……
O psdb em São Paulo só ouviu e conversou com PCC ,na época era o Alkimimmm
esse que hoje quer ser chamado de geraldo vulgo picolé de chuchu .
Sou professora e o Psdb do zé e do gerardo mandaram a policia em vez de dialogar, dizem que nossas reivindicações é trololó do PT.
Por isso meu voto é no Mercadante e na Dilma .

Responder

malu

26 de setembro de 2010 às 14h25

Eu mudei para NET e não dou meu telefone fixo nem para o banco. Ninguém me liga, só a família mesmo. Se alguém tiver que pedir meu voto ou me encher o saco, vai ter gastar ligando no meu celular. Nem na lista telefônica consta.

Responder

Geysa Guimarães

26 de setembro de 2010 às 13h35

Pena que o robô seja igualzinho ao governo deles, só fala, não escuta.
Eu ia até fazer um elogio, dizer que a voz do Aloysio continua a mesma – muito bonita – mas a cara ……..
Bonito ele nunca foi, mas tinha traços fortes, marcantes. Passou por um "apagão" facial, que o deixou com cara de babão.

Responder

fernando

26 de setembro de 2010 às 13h22

Ligou pra mim também, o robô (gravação com a voz do outro, também robô). Tive o prazer

de bater o telefone na cara dele. Mal educado? Se ele entra em casa via tv dizendo aquelas

bobagens, e agora no telefone… Pergunto também: quem lhes deu o meu telefone? Com que

direito um cara que eu não conheço usa meu número sem meu consentimento? Logo eles,
vociferando contra suposto atentado à democracia , à liberdade de comunicação, invocando
a Constituição. E pro meu lado , a Constintuição não serve? Isso é invasão de privacidade!!

Responder

Souza Neto

26 de setembro de 2010 às 13h07

Hoje, eu e minha mulher, fomos acordados pelo ruído que indicava a chegada de uma mensagen de texto em um dos nossos celulares.

Ela atendeu, leu e, sem nada dizer, passou-me o aparelho.

Ainda sonolento… li a mensagem. Estávamos sendo "bombardeados" pelo pessoal do bem… Era o time do Lula na Bahia pedindo-nos votos para Lídice e Pinheiro (senado), Wagner e Dilma.

Nem precisava… Somos inegrantes do Partido dos Trabalhadores.

Agora, do lado do time do mal, a baixaria já começou há muito tempo… Pelo menos via e-mails!

Responder

Djalma de Oliveira

26 de setembro de 2010 às 12h41

Azenha, acabo de receber aqui em casa mala direta do Zé anibal, quero uma CPI.

Responder

Marcelo

26 de setembro de 2010 às 12h38

Aqui em Minas Gerais, quem ligou na minha casa para pedir voto foi o Aécio Neves….

Responder

Carlos Noel Mazia

26 de setembro de 2010 às 12h32

Olá, sou de Maringá, Estado do Paraná e sou professor de física e matemática da rede pública estadual. Meu irmão recebeu uma ligação dizendo se tratar do Senador Álvaro Dias, afirmando que se o Osmar Dias ganhar a eleição, o Senador tucano seria convidado para chefiar a pasta da Educação. Eu sei que é uma armação, pois todos sabem que os professores paranaenses não esquecem a violenta repressão que sofreram da parte do Senador Alvaro Dias, então governador do Estado em 30 de agosto de 1988. Acredito que seja da parte do candidato tucano ao governo do Paraná. O que devemos fazer num caso deste?

Responder

cecilia binder

26 de setembro de 2010 às 11h58

Azenha: estou muito preocupada com os incêndios nas favelas de São Paulo. Claro, em primeiro lugar, pelo drama humano das famílias que nelas vivem e perdem o pouco que possuem. Mas a freqüência desses incêndios às vésperas das eleições – as primeiras em que os eleitores deverão portar, além do título, um documento de identidade oficial com foto -, está me assustando. Não seria interessante estudar a distribuição de incêndios em favelas de São Paulo ao longo dos últimos anos e cruzar esses dados com parâmetros como umidade do ar, crescimento da população favelada etc? Na minha opinião, os moradores das favelas incendiadas, além das perdas materiais, estão perdendo o direito de votar, exercendo um dos poucos direitos de cidadania que possuem. A quem isso interessa?

Responder

Elias São Paulo SP

26 de setembro de 2010 às 11h53

Azenha
Não sei se você concorda com o vou dizer sobre o número de perda de votos por causa da exigência de dois documentos. Mas penso que Dilma perderá votos tanto quanto Serra também perderá por conta da tal exigência. Afinal, dentre os votos que irão para Serra, certamente, há também grande parcela de seus eleitores que não têm dois documentos. Talvez a proporção seja menor para o tucano e isso lhe dê alguma percenteagem a mais no final, mas não a ponto de comprometer a vantagem de Dilma.

Responder

Marat

26 de setembro de 2010 às 11h50

Esse seriado deveria se chamar assim: Membros do PSDB: Perdidos no tempo e no espaço – rsrsrs

Responder

flavio marcio

26 de setembro de 2010 às 11h47

Azenha, pergunte às Verônicas como seu telefone ficou conhecido do robô do Aloysio.

Responder

afcervantes

26 de setembro de 2010 às 11h47

A Dilma nos debates é bem capaz de crescer mais ainda nas pesquisas, vi o Serra fugindo de perguntas e sendo criativo até demais em suas promessas, vi a Dilma sempre respondendo o bombardeio de forma serena considerando o bombardeio da midia, a Marina se esforça para falar parece que vai faltar ar no termino do seu discurso. Se lembrarmos a Dilma esta se defendendo de acusações desde 2009 como no caso dossiê dos gastos de FHC e Ruth Cardozo tem a midia contra um orçamento de campanhia menor e ainda está na frente das pesquisas. Eu vejo Dilma muito preparada e creio que a diferença irá até aumentar.

Responder

ValmontRS

26 de setembro de 2010 às 11h41

Fiquei bestificado com o artigo do Prof. Marcos Dantas, da Escola de Comunicação da UFRJ.
Vale a pena ler no Carta Maior:
http://www.cartamaior.com.br/templates/colunaMost

Responder

Jaime Silva

26 de setembro de 2010 às 11h35

Caro Azenha,

apenas para reforçar sua tese de que há uma campanha silenciosa promovida nos subterrâneos das igrejas e da extrema direita. Recentemente participei de um encontro de casais em uma igreja católica próxima de minha casa, na zona leste de SP. Terminado o encontro, voltamos a fazer reuniões quinzenais para discutirmos assuntos ligados à igreja e à família, mas jamais tocando em questões ligadas à política. De uns dias para cá, no entanto, um dos casais (por sinal, o mais tímido e recatado do encontro) passou a enviar mensagens diárias contendo as maiores sujeiras contra Lula e Dilma. Cheguei até a duvidar que aquele casal, que não gostava de falar nem o nome durante o encontro, seria capaz de tal pilantragem. Só pararam de enviar as mensagens na quinta-feira (23), depois de eu responder as mensagens dizendo-me envergonhado com a postura deles.

Responder

    Shirley Paz

    26 de setembro de 2010 às 19h49

    Jaime, sob que argumento você me diria que eles estão errados?
    As pessoas tem direito de defender um ponto de vista político. É exatamente o que vocês fazem aqui.

Robson Porto

26 de setembro de 2010 às 11h25

Como esse cara conseguiu o meu número? Isso pode ser considerado quebra de sigilo? Não cabe aí uma denúncia ao TSE, ou eles só dão bola pra denúncias que favoreçam o Serra e sua quadrilha?

Responder

Urbano

26 de setembro de 2010 às 11h13

O igolpe e o tratafalha deixaram de lado a estatística e passaram a usar a conta de chegada, a fim de atender os seus interesses. E que interesses!

Responder

Vivi

26 de setembro de 2010 às 11h12

O "roubou"do Aluísio me ligou também. Essa gente não respeita a gente, mesmo!!!

Responder

ZePovinho

26 de setembro de 2010 às 11h07

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2010

domingo, 26 de setembro de 2010
Corrupção na Imprensa: Grupo Estadão teve contrato prorrogado sem licitação no governo tucano

Em primeira mão no blog Os Amigos do Presidente Lula em 26/09/2010

Quando a TELESP (Companhia telefônica de São Paulo) ainda era estatal, o Grupo Estadão explorava o filão de listas telefônicas, através de uma empresa do grupo: a OESP Gráfica. Era fornecedora da TELESP, em contrato que deveria haver licitação.

Mas em 1995, em pleno Governo Covas (PSDB), com Geraldo Alckmin (PSDB) de vice, e com Sérgio Motta (PSDB) no Ministério das comunicações, o Grupo Estadão conseguiu prorrogar o contrato de edição de lista telefonica SEM LICITAÇÃO.

Responder

Sandra

26 de setembro de 2010 às 10h36

Prezado Azenha:
Em Minas, já eu e alguns conhecidos recebemos ligações de "Aécio Neves", ou de seu robô.

Responder

    Fábio Villela

    26 de setembro de 2010 às 11h34

    Eu Também recebir MSM do Aécio Neves, inclusive o tal sabia até minha residencia….Será que quebraram o meu sigilo bancário…

robledo

26 de setembro de 2010 às 10h13

Não sei nada sobre as estatísticas das pesquisas, mas a do IBOPE foi a mais entranha. Somente o serra e a marina subiram e Dilma não. Essa subida se deu pelos indecisos, Dilma ficou com 50%, serra foi pra 28% e marina 14%.Os indecisos todos foram pro serra e marina? Nadica pra Dilma? Lembremos que o IBOPE e o datatrolha fizeram uma grande lambança nestas eleições, deixando para o Sensus e o Vox os louros de uma pesquisa correta e imparcial. Acho que esta jogada do IBOPE e do data é simplesmente para que os apoiadores do serra ainda continuem acreditando num provável segundo turno. Quem jogou um banho de água fria foi o fhc dizendo que a vitória petista é irreversível.

Responder

Geurgetown F. Araujo

26 de setembro de 2010 às 10h06

Resposta para a sua primeira pergunta: violaram seu sigilo telefônico e, claro, vão colocar a culpa no PT.

Responder

Carlos J.Ribeiro

26 de setembro de 2010 às 09h54

Esse Aloysio Nunes Ferreira não é o tal que, na juventude, assaltava bancos? Assaltou uma agência do Itaú em 25.04.69? Assaltou o trem Santos-Jundiai em abril/69 e fugiu para a Europa com o dinheiro? Menino peralta…

Responder

    Heitor Rodrigues

    26 de setembro de 2010 às 12h57

    Isso foi no tempo em que êle era jovem, idealista. Hoje, mais maduro, bate continência para a imprensa golpista.

Hudson Luz

26 de setembro de 2010 às 09h45

O Estadão formalizou, em editorial, o apoio a José Serra.

Nada demais. Em alguns países, nos EEUU, por exemplo, é de praxe grandes veículos da mídia impressa declararem em editorial o apoio ao seu preferido. Faz parte do jogo político e não vejo nada demais nisso.
O problema do Brasil em relação a sua mídia está muito longe de ser o fato de ela vez ou outra se declarar favorável ao candidato azul ou vermelho. O problema no Brasil é a mídia oligopolizada se concentrar nas mãos de meia dúzia de famílias.

Continue lendo no:
http://www.dissolvendo-no-ar.blogspot.com

Responder

Jõao

26 de setembro de 2010 às 09h41

Corrupção na Imprensa: Grupo Estadão teve contrato prorrogado sem licitação no governo tucano

Em primeira mão no blog Os Amigos do Presidente Lula em 26/09/2010

Quando a TELESP (Companhia telefônica de São Paulo) ainda era estatal, o Grupo Estadão explorava o filão de listas telefônicas, através de uma empresa do grupo: a OESP Gráfica. Era fornecedora da TELESP, em contrato que deveria haver licitação.

Mas em 1995, em pleno Governo Covas (PSDB), com Geraldo Alckmin (PSDB) de vice, e com Sérgio Motta (PSDB) no Ministério das comunicações, o Grupo Estadão conseguiu prorrogar o contrato de edição de lista telefonica SEM LICITAÇÃO.

Confira o documento aqui.

Qual o motivo para não fazer nova licitação, a não ser uma negociata?

Lista telefônica não é nenhuma emergência. Poderia aguardar o processo licitatório, sem qualquer prejuízo aos usuários, nem à empresa.

O plano real havia ocorrido há pouco tempo. Havia nova realidade econômica sem a inflação. A boa gestão recomendava nova licitação para baixar os custos.

Quem era o presidente da TELESP nesse período (1995-1998) e que assinou a prorrogação era o tucano Carlos Eduardo Sampaio Dória (PSDB/SP), ex-vereador e ex-deputado federal.

Atualmente, Sampaio Dória foi alojado por Geraldo Alckmin e José Serra (PSDB/SP) à frente da ARTESP, o órgão que regula o bilionário e estratégico negócio dos pedágios.

Isso ajuda a explicar a afinidade do Estadão com a candidatura de José Serra (PSDB), no editorial em que declara apoio a José Serra (PSDB). Mas este caso é café pequeno diante de outros casos mais escabrosos, que ainda vamos abordar em outras notas.

Responder

a Lesma Lerda

26 de setembro de 2010 às 09h36

A pergunta que não quer calar:
Já vi todo tipo de analise do voto nestas eleições: a questão de classe social; a questão regional (são Paulo x nordeste), até a questão racial freqüenta os debates. Mas ninguém disse nada da curiosíssima questão do gênero; sendo nosso país reconhecidamente machista porque o voto na futura presidente é, estatisticamente, matematicamente um voto masculino???? Na proporção de 53% a 48%. Ou não se pode falar do machismo como dado essencial da cultura..feminina? Ou não se pode falar do gritante reacionarismo e direitismo da mulher brasileira??? Isso ainda é tabu? Alguém pode me dizer?

Responder

Armando P. Silva Jr.

26 de setembro de 2010 às 09h35

Também pergunto, como a campanha do Aluysio conseguiu meu telefone?
Na quinta feira, telefone toca, fui atender, era o robô.
Pensei em reclamar, foi quando percebi que era uma gravação. Fiquei muito brabo.

Responder

antonio

26 de setembro de 2010 às 09h21

Êsse atrito que Lula despertou na mídia fez com que o estadão saísse dizendo que "óbviamente Lula estaria referindo-se a êles quanto a questão de mídia golpista"!! Precipitaram-se pois Lula não referiu-se diretamente a nenhuma empresa da imprensa e simplesmente jougou as carapuças! A impressão que o estadão passa é de que estão necessitando muito que Lula fale dêles mas, não foi o caso e subiram ao palco sem serem chamados. Ficaram ao bel prazer de Lula.

Responder

Jose Matos

26 de setembro de 2010 às 09h15

Texto magniíico Azenha! Parabéns!

Responder

sergio

26 de setembro de 2010 às 07h56

No debate a Dilma poderia pedir para Serra fazer uma continha de divisão. Seria a glória

Responder

beattrice

26 de setembro de 2010 às 07h50

Azenha
também prefiro acreditar no Marcos Coimbra e no Ricardo Guedes, no VOX e no SENSUS, que indicam segundo turno em SP.
A dinastia tucana já não fascina o interior do estado há muito tempo, as regiões metropolitanas estão com coligados ou diretamente com o PT, enquanto na capital o fator kassab liquidou as aspirações bicudas.
O PT poderá até resgatar a prefeitura de SP em dois anos, das mãos da incompetência do bonequinho kassabinho.
Quanto à invasão de mails e robôs, candidatos a deputados tb invadiram, a TELEFONICA não tem nenhuma compostura, e o OPUS DEI invadiu a campanha para defender o seu HOMEM DE PALHA ALCKMIN, basta ver o que vem ocorrendo com as igrejas católicas.
Para entender a participação do OPUS sugiro: http://pedroayres.blogspot.com/search?q=homem+de+

Responder

Claudio Paiva

26 de setembro de 2010 às 05h38

"Tenho comigo que Lula, espertamente, “atritou” a mídia nos dias finais de campanha baseado em alguma pesquisa qualitativa." (Azenha)

Lula é sensacional. Acho que é intuição em grande parte, mas o fato dele não ter resistido e soltado os cachorros em cima do PIG produziu esse resultado fabuloso: Ele pautou a mídia neste final de semana. Todos se sentiram atacados e conversaram com o próprio umbigo em tergiversações inuteis contra um fantasma: a inexistente censura do governo Lula. Com isso, Lula atraiu pra si a irracionalidade e o ódio dessa imprensa que usa tão mal o seu poder e deixou Dilma respirar um tiquinho.

Destaco principalmente a capa da Veja. Eles vacilaram e nos entregaram um logotipo bem sugestivo pra essas eleições. Adorei a estrela cravada no texto que representa as bobagens que essa midia escreve. Esta capa da Veja, pra mim, simboliza muito bem estas eleições. Faltou ali, sugiro aos desenhistas, um fio de esgoto fedido escorrendo pela fenda aberta pela estrela.

Responder

Gerson Carneiro

26 de setembro de 2010 às 03h57

Na minha opinião esse artifício de utilizar o robô não funciona. Ninguém tem paciência pra ficar ouvindo, e vai ficar irritado.

Responder

    Jairo_Beraldo

    26 de setembro de 2010 às 10h13

    Do mesmo jeito que ficamos irado quando ligamos aos call's centers de telefonia..ô coisa chata!

    Gerson Carneiro

    26 de setembro de 2010 às 11h29

    Mas… enfim, é como pescar com tarrafa, ou seja, atira-se a rede, deixa afundar e puxa, o que vier é lucro. O ruim é quando um peixe danado rasga a rede.

Lalia

26 de setembro de 2010 às 01h50

(continuação)
Também damos uma ajudinha financeira à campanha. Coisa pouca, mas simbólica.
Para vc ter uma idéia, em 2002, minha mãe era viva, morava do interior de MG (moro em BH). Lá não tinha diretório do PT. O "diretório" era na casa dela. Eu mandava daqui, por SEDEX, as propagandas, adesivos que conseguia aqui. Como os bótons eram comprados e no interior todo mundo queria, minha mãe e minha irmã confeccionavam botons e bandeiras para distribuir! De madrugada saíam para panfletar: colocar santinhos do Lula embaixo das portas. Ele teve mais 60% dos votos na cidade. Minha mãe era uma pessoa muito respeitada e querida na cidade.
E por aí vai!
Assim é ser militante do PT!

Responder

Lalia

26 de setembro de 2010 às 01h49

Fazemos política desde 1989, somos tarimbados! De graça, sem caixinha! O Lula sabe disso, é só nos convocar!
Meu irmão, onde vai leva um envelope com xerox de textos pegos aqui na internet, em sites progressistas. Vai entregando o texto para quem encontra (a moça do supermercado, da padaria, do xerox, o cara do táxi, etc.).
Eu mando diuturnamente esses mesmos textos por e-mail, com comentários meus, incentivos à leitura. Nada de baixaria.
Ah! As baixarias q recebo, eu pacientemente respondo, mostro o absurdo q é.
Fora as discussões pessoais no trabalho, no restaurante, no telefone, etc.
(continua)

Responder

nilce

26 de setembro de 2010 às 01h26

Deve ser de uma central de operadores de telemarketing robôs. Bem a cara dos tucanos, terceirizar para robôs. Se cuidem operadores de telemarketing !

Responder

Internauta D

26 de setembro de 2010 às 01h20

Estamos chegando à reta final da campanha. Faltam poucos dias para irmos às urnas eleger Dilma Rousseff presidente. As pesquisas continuam mostrando crescimento da nossa candidata e apontam para uma possível vitória no 1º turno.

Diante desse cenário de vitória, inúmeras mentiras sobre Dilma tem sido inventadas e espalhadas na internet. Chega-se ao absurdo de e-mails com frases, atribuídas a Dilma, que ela nunca disse.

A baixaria também reeditou a tática do medo, utilizada contra Lula em 2002. E espalhou, por exemplo, que o PT seria contra a liberdade de culto e a liberdade de imprensa, o que também não é verdade.

Já vimos este filme. Em 2002, após a bela vitória de Lula, o presidente foi muito feliz ao resumir a situação: "A esperança venceu o medo". E vai ser assim novamente, com a eleição de Dilma presidente.

Responder

Internauta D

26 de setembro de 2010 às 01h18

7 passos para elegermos Dilma primeira presidenta do Brasil
1- Distribua centenas de cédulas para seus amigos e membros da sua família, se possível prepare a colinha para que eles levam para o local da votação e não errem o voto.

2- Peça o voto. O pedido do voto é muito importante. A sua opinão sobre Dilma é muito valiosa para seus amigos e familiares. Telefone, mande emails e torpedos. Entre no site da Dilma, copie determinadas matérias e estimule a leitura, o questinomento sobre as eleições, sobre a campanha, debata as propostas da nossa candidata.

3- Participe da corrente do voto consciente. Marque reuniões em sua casa ou no trabalho. A eleição de Dilma é baseada no voto consciente, no debate de propostas para o Brasil e não no terror ou medo.

4- Outro instrumento importante é o visual. Adesive seu carro, a janela da sua casa, o peito, cole cartazes nos cavaletes, na entrada do trabalho ou casa.´Passe no comitê mais próximo e pegue material, bem como através do site http://www.dilma13.com.br

5- Participe das atividades tais como carrreatas, caminhadas, festas, panfletagem em portas de escolas, em portas de empresas. Consulte a agenda de eventos da candidata na sua cidade. Ajude a divulgar a campanha. Convide seus amigos para as atividades.

6- Pegue material e distribua no seu local de trabalho, e locais de visita. Ande sempre com o adesivo colado no peito. Grave um trecho do programa da Dilma na TV e mostre para os seus amigos no seu celular.

7- É importante você saber e lembrar aos seus amigos e familiares de que nestas eleições, na hora de votar, é obrigatório levar dois documentos: o título de eleitor e o documento de identidade (ou outro documento que tenha foto, como carteira de motorista, de trabalho ou passaporte).

Responder

SérgioFerraz

26 de setembro de 2010 às 01h18

"o Estado apoia a candidatura de José Serra à Presidência da República, e não apenas pelos méritos do candidato, por seu currículo exemplar de homem público e pelo que ele pode representar para a recondução do País ao desenvolvimento econômico e social pautado por valores éticos. O apoio deve-se também à convicção de que o candidato Serra é o que tem melhor possibilidade de evitar um grande mal para o País." (Estadão).
Me engana que eu gosto (hehehehe)

Responder

Internauta D

26 de setembro de 2010 às 01h16

Como agir diante de um email difamatório à Candidata Dilma:
Para frear o efeito viral, não o retransmita a mais ninguém;

Responda apenas a que lhe enviou o seguinte:

[email protected] [email protected],
Saudações.
Esse email que você me enviou representa uma propaganda eleitoral de terceira categoria, fomentada por candidatos que já não tem esperança da vitória e estão apelando para recursos baixos e subterfúgios para denegrir junto aos internautas a imagem da candidata Dilma, tentando opor grupos , principalmente religiosos, contra ela, na tentativa de levar a eleição para o segundo turno, com o apoio da grande imprensa.
Não se permita ser pautado por esses interesses.
Para entender essas questões por outros pontos de vista, recomendo, inclusive, a leitura de Blogs como http://www.conversaafiada.com.br/, que apresentam os fatos noticiados e esses boatos no contexto eleitoral que nos encontramos.
Não se permita ser manipulado !
Do seu [email protected]

Responder

neto

26 de setembro de 2010 às 01h04

Azenha

sou militante do PT e senti exatamente uma motivacao acentuada quando vi as agressividades da midia para o Lula.
eu emuitoamigos do PT. Exatamente como vc escreveu. Lula cutucou a onca e o resto e com a gente. Escrevi ate uma msg para o presidente do PT sugerindo que nesta ultima ssemana do horario eleitoral o presidente Lula gravasse uma msg especial conclamando a n
militancia comparecer em massa e entusiasmadamente pra votar. Ai eu quero ver a onca beber agua

abracos

vc concorda:

Responder

Daniel Xavier

26 de setembro de 2010 às 00h38

Azenha, tem ainda a urna eletrônica sem o "papelzinho" do Jobim…

Responder

MirabeauBLeal

26 de setembro de 2010 às 00h21

.
Para votar, será necessário documento com foto; 6% dos eleitores não sabem disso

Por: Equipe InfoMoney
17/09/10 – 19h55
InfoMoney

SÃO PAULO – Nas eleições deste ano, será obrigatória a apresentação do título de eleitor e um documento com foto para poder votar. No entanto, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada na quarta-feira (15), para 6% dos entrevistados, esse fato é desconhecido.

Segundo a pesquisa, os eleitores que estudaram até o Ensino Fundamental são os que menos conhecem a nova regra (9%). O número cai para 2% entre os que concluíram o Ensino Superior. Do eleitorado com mais de 60 anos, 9% também não sabem da mudança.

Quando dividido entre candidatos,
os eleitores de Marina Silva (PV) são os que têm mais conhecimento sobre a nova regra (98%),
enquanto os que vão votar em Serra e Dilma o índice é de 94%.

A pesquisa foi realizada com 11.660 pessoas em 414 municípios, entre os dias 8 e 9 de setembro.

Título perdido

Ainda segundo o levantamento, 95% dos eleitores afirmaram que têm o título de eleitor e sabem onde o documento está.

Por outro lado, 4% dos eleitores responderam que têm o título de eleitor, mas não sabem onde encontrá-lo e 1% afirmou não ter mais o documento, apesar de estar apto a votar. O índice de eleitores que perderam o título chega a 8% entre os mais velhos, com idade acima de 60 anos.

Das capitais pesquisadas, Porto Alegre apontou o maior índice de eleitores que perderam o título.
Na capital gaúcha, 13% dos eleitores afirmaram não saber onde está o documento. A média no estado é de 4%.
. http://web.infomoney.com.br/templates/news/view.a
.
SE ESTIVER CORRETA ESTA PESQUISA, DOCUMENTOS NÃO SERÃO O PROBLEMA.
.

Responder

@DonLuiz

26 de setembro de 2010 às 00h08

Impressão minha ou o Estadão está dizendo que em 2002 o PSDB enfiou a viola no saco e saiu da disputa pelo planalto, deixando o Lula assumir a presidência do Brasil a partir daí?

Com esta historia de que Lula tem projeto pessoal de se perpetuar na Presidencia do Brasil para governar para os seus “companheiros”, querem enganar quem?

A midia impressa esta realmente acabada! Mesmo com o pouquissimo acesso do povo a internet, continuam achando que o povao nao frequenta bibliotecas publicas e centros culturais para conhecer a historia recente do Brasil atraves dos jornais impressos. Esquecem que existe hoje os buscadores poderosos e arquivos digitais dos proprios jornais disponiveis diante de alguns cliques na internet, onde podera ser visto e comprovado quem foi o responsavel pela reeleicao no nosso pais, e quais seus reais motivos.

Fico chocado com tanta hipocrisia!

Responder

    Dona

    26 de setembro de 2010 às 19h59

    Então, com tanto acesso, como não sabem da necessidade dos 2 documentos?

Elza

25 de setembro de 2010 às 23h43

Na verdade quem quebrou o sígilo do número do meu telefone foi o Aluísio e não o Rôbo….como podem usar um Rôbo para não responderem por seus atos…Aqui estamos nós denunciando as milhares de ligações que este tucano realizou no dia de hoje…após a Folha.com dar uma ajudinha…anuciando de forma leviana a morte do senador Romeu Tuma…para favorecer a candidatura deste candidato.

Responder

    Henrique Finco

    26 de setembro de 2010 às 07h48

    Prezados Azenha e Elza, participo de uma lista de discussões dos professores da Universidade Federal de Santa Catarina. Sexta-feira passada, vários professores desta lista postaram comentários sobre seus telefones terem recebido chamadas onde uma voz de mulher dizia assim "O Presidente Lula quer conversar com você" e, na seqüência, uma voz parecida com a de Lula pedia votos para a Dilma. Ao ler estas postagens, fiz a hipótese de que esta iniciativa teria partido de alguém da campanha de Serra (ou de outro candidato), como forma de boicotar a candidatura de Dilma: porque uma candidatura com a esmagadora maioria da preferência dos eleitores utilizaria um "instrumento de marqueting" tão tosco e irritante, correndo o risco, como bem colocou o Azenha, até de perder votos?
    Espero sinceramente que a campanha de Dilma não esteja utilizando estes robôs e, caso tenha utilizado, que pare o mais rápido possível, pois como ninguém gosta de se sentir invadido, isto seria um tiro no pé.

Maria Lucia

25 de setembro de 2010 às 23h34

Um importantíssimo abaixo-assinado iniciado ontem e já com mais de 2000 assinaturas: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/708
Leia, assine e divulgue ao máximo!
Porque o abaixo-assinado da direita, iniciado há quatro dias, já está com 40.000 assinaturas!

Responder

David R. da Silva

25 de setembro de 2010 às 23h30

Azenha, dedicarei ao PT, de hoje até o dia da Eleição. Farei política em sua acepção maior. O PT vale Mais e o LULA mais ainda. O Ex- Prefeito de Belo Horizonte já está engolindo o Itamar Franco, será a grande surpresa nas eleições MINEIRAS, Pimentel do PT senador. Aguardem! de Belo Horizonte.

Responder

Fernando Souza Jr.

25 de setembro de 2010 às 22h58

Azenha, o robô do Aloisio deixou recado na caixa postal do meu fixo agora à tarde. Patético. Achei sua análise muito fria e oportuna. Acho que a eleição está definida. Serra é fósforo riscado, isto está na cara há três semanas até para a grande mídia. E penso que Marina não tem estofo para crescer e forçar um segundo turno. E também confio muito nas análises do Coimbra e do Guedes. São os mais racionais e não estão contaminados pelo vírus udenista.
Aposto que Dilma ganha dia 03, com o dobro de votos do Serra. Aposto que ela ganha em SP (estado e capital). E estou quase apostando que a eleição para governador em SP vai para o segundo turno. Andando pela capital e ABC por estes dias, percebo que há muito tempo a militância do PT não estava tão ativa. Ouço muita gente falando que votará em Russomano e Skaf também. Um passarinho me contou que, no interior, Alckmin pode levar um grande susto, graças ao desembarque de muitos prefeitos da campanha alckimista e quercista, já de olho na presidência de Dilma. Lula vem forte esta semana em SP. Vamos aguardar.

Responder

    beattrice

    26 de setembro de 2010 às 07h36

    A saída de Quércia foi o tiro de misericórdia nas aspirações alckmistas de liquidar a fatura no primeiro turno.
    A virada à paulista é um fato facilmente comprovado nas conversas, nas ruas, no chamado DATAPADARIA.
    Que paulista não conversa sobre política… na padaria?

Dilma Lá

25 de setembro de 2010 às 22h58

reforço apra a MOBILIZAÇÃO http://www.youtube.com/watch?v=XuuO9DQDmT0

Responder

Mônica Rangel

25 de setembro de 2010 às 22h46

Também me faço a mesma pergunta: como descobrem nosso telefone, nosso e-mail…só queria mesmo que fosse os candidatos. Pelo menos uma vez na vida, eles nos ouviriam. Até um telefonema das "Casas Bahia", seria melhor!

Responder

Alexandre Tambelli

25 de setembro de 2010 às 22h40

Excelente Azenha! Falando em propaganda pelo telefone, também, fiz o cadastro para não receber ligações de telemarketing. O que não impediu de receber do Rui Falcão com a Marta pedindo voto e minha mãe recebeu uma mensagem do SERRA. No e-mail veio um deputado do PSDB, spam é claro. E o mais absurdo foi a do Beto Richa (risos)… Sou Paulistano, voto na cidade de São Paulo e o candidato invade meu e-mail para pedir voto ao Governo do Paraná, este sim, um spam indiscriminado.

Como você bem frisou a militância vai fazer toda a diferença. E uma outra coisa que esses dias mostraram. O Presidente LULA acertou em desviar para ele o foco das eleições para diminuírem os factoides da velha mídia contra a DILMA. Deu tanto resultado a fala dele de que a velha mídia tem candidato, que o Estadão resolveu assumir que apoia o SERRA. Afinal 80% de popularidade não é para qualquer um. A velha mídia deu sinais que ficou com medo. Até a VEJA deixou o denuncismo para focar na fantasiosa ameaça a Democracia do LULA e do PT e da Vitória da DILMA. Esses denuncismos estão tirando votos do SERRA e não necessariamente da DILMA. O PT com a DILMA invadiu o eleitorado tucano no Estado. A última pesquisa VOX POPULI comprou a subida de Mercadante e a queda de Alckmin. (40% Alckmin a 28% Mercadante)

Responder

    Fernando Souza Jr.

    26 de setembro de 2010 às 09h19

    Também recebo muito spam do Richa e moro em SP. Isso tem um nome: desespero.

Erich

25 de setembro de 2010 às 22h33

Azenha
Veja o quanto o Lula "atritou las Famiglias"….
Abs,
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

Em editoriais, Folha e Estadão se posicionam sobre sucessão

Gilberto Nascimento

Em editoriais em suas edições deste domingo (26), os jornais Folha de S.Paulo e o Estado de S.Paulo se posicionaram a respeito da sucessão presidencial no País. A Folha e o Estadão reagiram às críticas à imprensa feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Estadão declarou apoio ao candidato do PSDB à presidência da República, José Serra. A Folha criticou o presidente Lula e a "candidata oficial", Dilma Rousseff, do PT, e disse procurar manter uma orientação de "independência, pluralidade e apartidarismo editoriais".

Os dois jornais manifestaram oficialmente sua posição três dias depois de o presidente Lula afirmar, em entrevista exclusiva ao Terra, que a comunicação no País "é dominada por nove ou dez famílias" e que a imprensa "tem candidato e partido". Lula afirmou que os meios de comunicação deveriam manifestar claramente sua posição, em vez de defenderem "uma neutralidade disfarçada".

Responder

Maria Dirce

25 de setembro de 2010 às 22h32

A folha anunciou até a morte do Tuma pra vêr se aloisio emplacava

Responder

    Marat

    25 de setembro de 2010 às 23h28

    rsrsrsrsrsrs

Tilda

25 de setembro de 2010 às 22h20

Vcs já viram o editorial do Estado assumindo que apoia a candidatura do Serra?

"Com todo o peso da responsabilidade à qual nunca se subtraiu em 135 anos de lutas, o Estado apoia a candidatura de José Serra à Presidência da República, e não apenas pelos méritos do candidato, por seu currículo exemplar de homem público e pelo que ele pode representar para a recondução do País ao desenvolvimento econômico e social pautado por valores éticos. O apoio deve-se também à convicção de que o candidato Serra é o que tem melhor possibilidade de evitar um grande mal para o País."
http://www.estadao.com.br/noticias/geral,editoria

Responder

    Marat

    25 de setembro de 2010 às 23h29

    Deveria terminar assim: Golpista apóia golpista!

KNeto

25 de setembro de 2010 às 22h14

Fora os camponeses do Plínio, quantas pessoas assistem estes debates?

Responder

Claiton Ledur

25 de setembro de 2010 às 22h08

Aqui no Paraná o robô do Pizatto ligou e pediu meu voto. Pena que não deu para responder…

Responder

Carmen Pires

25 de setembro de 2010 às 22h08

Saiu o editorial do estadão e o tijolaço já deu uma tijolada nele
http://www.tijolaco.com/27452

Responder

ZePovinho

25 de setembro de 2010 às 21h49

Me perdoe por essa infâmia,Azenha:

[youtube RG0ochx16Dg http://www.youtube.com/watch?v=RG0ochx16Dg youtube]

Responder

    Marat

    25 de setembro de 2010 às 22h04

    rsrsrsrs – esse é o Roubou do Aloysio???

    beattrice

    26 de setembro de 2010 às 07h38

    E o Will Robinson é… o Aloysio?

    Marat

    26 de setembro de 2010 às 11h49

    A lembrança do seriado foi boa, só que o PSDB não está só perdido no espaço: também está perdido no tempo – rsrsrsrs

Sávio

25 de setembro de 2010 às 21h33

Até FHC já jogou a toalha. saiu no uol : FHC admite eleição de Dilma.

Responder

Rogério Chaves

25 de setembro de 2010 às 21h31

Azenha,
Hoje, sábado. também recebemos em casa a chamada do robô do Aloysio Nunes. MInha filha atendeu e veio me chamar, dizendo se tratar de um homem pedindo voto. Meu número residencial também não deveria receber esse tipo de chamada, mas sei lá que tipo de acordo a Telefónica fez com os tucanos, afinal estes foram tão generosos com aqueles, né? Devem ficar trocando mailling list nas horas difíceis ou para vender algo. Abraço!

Responder

    Rafael Oliveira

    25 de setembro de 2010 às 23h23

    Esssa relação da Telefónica com o pessoal do PSDB/DEMo é muito "camarada".
    No começo da semana, eu recebi um e-mail de um candidato do DEMo.
    Detalhe nº1: o e-mail veio destinado À MINHA MÃE.
    Detalhe nº2: a unica vez em que minha mãe usou o meu e-mail para cadastro foi no site da TELEFÓNICA.

    beattrice

    26 de setembro de 2010 às 07h40

    A relação do PSDB com a TELEFONICA passa pelo OPUS DEI, como a de todas as grandes corporações espanholas.
    Isto sim explica o vínculo da TELEFONICA com as privatizações na America Latina.
    Seria interessante Azenha debater o OPUS DEI e as eleições de 2010 no BRASIL.

    Rogério Chaves

    26 de setembro de 2010 às 16h28

    Estimados Rafael e Beattrice, é isso aí, dizem que os espanhóis da Telefónica estão rindo à toa com os grandes lucros crescentes com as operações no Brasil. O que fazem aqui não podem fazer em seu país de origem. E ainda são campeões, aqui, de reclamações de clientes no Procon. Os irmãos Mendonça, FHC e amigos carregam essa herança em seus currículos, pois foram os responsáveis pelos acordos visíveis e invisíveis. Abraços. Rogerio

Gerson Carneiro

25 de setembro de 2010 às 21h29

O que Lula fez atritando a mídia nos dias finais de campanha foi colocar o preto no branco: quem está com a velha mídia está com a velha mídia; quem está conosco está conosco. Isso foi ótimo porque neutralizou o efeito de última hora do velho truque "Mirian mãe de Lurian".

Responder

Nilva

25 de setembro de 2010 às 21h28

Azenha, hoje também recebi a ligação. Tentei desligar várias vezes e não consegui.Meu telefone também está na lista do telemarketing. Pensei até em denunciar ao IDEC do qual sou sócia porque achei um acinte. E o pior é que não sei que tipo de tecnologia é esta que te obriga a escutar o texto inteiro. Você pensa que desligou e o robô fica falando, falando e trava sua linha. Com que direito eles pegam seu número telefônico e te obrigam a ouví-los? Só ao ouvir a voz tentei desligar, então nem sei o que estão dizendo.

Responder

    Luiz Shigunov

    25 de setembro de 2010 às 22h15

    É assim mesmo. Só quem inicia a chamada pode desligar. Faça um teste: ligue para um conhecido e peça para ele tentar desligar. Ele não vai conseguir! Não sei porque isso é assim.

Sávio

25 de setembro de 2010 às 21h23

Pois é, Azenha, e eu que estou recebendo e-mail diariamente, às vezes mais de um por dia, do "Time 45" … onde foram buscar meu e-mail??? Respondo a todos, não sei se os lêem, mas sempre destaco as matérias mentirosas que usam para "ganhar" meu voto.

abç Sávio

Responder

Roberval Amador

25 de setembro de 2010 às 21h21

Aqui em Minas o Aécio também está atacando de Robot, mas comigo não funciona pois meu voto é do Pimentel e só vou votar em um Senador, podes crêer!

Responder

Marat

25 de setembro de 2010 às 21h19

Quanto a sua "Primeira pergunta: como é que a campanha dele conseguiu meu telefone?" Será que é o caso de uma investigação policial?

Responder

Marat

25 de setembro de 2010 às 21h18

Azenha, com relação a seu texto: "Eles inventaram as mentiras “verossímeis”, ou seja, uma leitura dos números que esconde que pouco mudou desde o início de setembro e a deflagração dos escândalos tucano-midiáticos", veja que foi tudo coordenado: Lauro Jardim e o Últimas Notícias do UOL, além dos outros membros do PIG lançaram notas onde se especulava o alcance das denúncias contra a Erenice, se isso poderia diminuir a vantagem de Dilma. Por fim, sobre o robô e as outras atitudes desesperadas da coligação Unidos pela Mentira (PSDB/PFL/PPS/PIG), tenho duas confissões (envergonhadas) a fazer: 1) A única vez em que anulei o voto (onde se podia escrever), foi num segundo turno entre Mário Covas e Francisco Rossi, pois ambos eram da direita; 2) Nestas eleições, pela primeira vez, SEREI OBRIGADO a votar numa pessoa que não confio: Netinho para Senador… Minha primeira opção será Marta, e, como nunca votei e nunca votarei em PSDB e PFL, não me resta nada além de um envergonhado voto útil. Abraços!

Responder

    beattrice

    26 de setembro de 2010 às 07h42

    No estado de SP o voto útil contra a dinastia tucana nunca será envergonhado, mas justificado, necessário e salutar para o estado.

vando moura oliveira

25 de setembro de 2010 às 21h16

É isso aí Azenha.
Foi essa militância que em 1989 levou Lula para o segundo turno e fazendo política ano a ano elegeu o melhor presidente que esse país já teve.

Responder

Sandra Caballero

25 de setembro de 2010 às 21h16

Quando se fala em campanha pela internet e esta é comparada com a norte-americana, não podemos esquecer que o acesso a web ainda é tremendamente restrito no Brasil. Por isso, temos que ter cautela nas análises.

Responder

Celso

25 de setembro de 2010 às 21h15

Azenha esse video é da hora… http://www.youtube.com/watch?v=xYT67UVyo-E

Responder

Luciana

25 de setembro de 2010 às 21h14

O robô do Aloísio ligou pra mim também!
Quando percebi a farsa (quando o robô diz "eu sou Aloisio Nunes…") mandei um sonoro "vá para o diabo te carregue!" e desliguei.

Espero que o robô tenha registrado isso… senão até nisso estará furado…

Responder

    Marat

    25 de setembro de 2010 às 21h25

    rsrsrsrs – muuuuuuuuuuuuuuuito bem mandado…. realmente os diabos levaram o robô ( ou seria "Roubou"?)

sergio

25 de setembro de 2010 às 21h12

Belo texto Azenha, a eleição está decidida, os debates serão mornos e engessados, portanto, favorecem quem está na dianteira e Dilma tem se saído bem em todos eles.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!