VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Você escreve

O Brasil da Le Point: “Descomplexado”


08/05/2010 - 10h26

Para revista francesa, Brasil é “o novo eldorado”

Kênya Zanatta, na RFI, via Stanley Burburinho

A revista semanal Le Point, uma das mais vendidas da França, publica nesta quinta-feira 21 páginas de reportagens sobre o Brasil. Na capa da revista, o país é chamado de “o novo eldorado”. Já o primeiro texto, com o título “O Brasil alça voo”, fala de um país “furiosamente otimista e descomplexado”.

Os autores traçam um perfil do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, destacando seu índice de popularidade de 83% e afirmando que graças a ele, o Brasil ganhou mais peso na cena internacional.

Le Point ressalta que é o presidente Lula quem defende desde o início a compra dos caças franceses Rafale, que segundo a revista deve ser confirmada em breve. Mas lembra que o país continua sofrendo com a violência urbana e a corrupção endêmica, e que reformas essenciais, como a do sistema político, da educação e da saúde, ainda devem ser feitas.

O especial sobre o Brasil traz ainda um texto explicando aos franceses o que é o racismo cordial, um perfil do empresário Eike Batista e reportagens sobre os bancos que chegam até a população da Amazônia e sobre a vida na favela do morro Santa Marta, no Rio de Janeiro.

A revista semanal também entrevistou o cineasta Jonathan Nossiter, autor do célébre documentário Mondovino, e que vive no Brasil há cinco anos e acaba de concluir o filme “Rio Sex Comedy”, uma comédia que mistura ficção e documentário sobre o país.

“O Brasil é um campo de fantasias”, disse o cineasta em entrevista à Le Point.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



50 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Regina

15 de maio de 2010 às 08h16

O mais curioso nos comentários é que mal se consegue falar do Lula sem citar o Serra ou o FHC. Já estou pensando que eles são os pais do Lula. E de certa forma, sim. Apesar de não simpatizar com FHC, negar que Lula herdou uma economia reformada e com bases sólidas seria desinformação.

Maior desinformação seria ainda esquecer que o próprio Lula, na época do se antecessor liderou a oposição às reformas que acabaram fazendo com que ele ganhasse o aplauso do mundo. Ou alguém aí esqueceu o que havia no Brasil antes do Real? E também esqueceram que o governo FHC foi bastante dificultado pelo que herdou e pela crise mundial do início dos anos 2000?

Responder

Viktor

10 de maio de 2010 às 17h46

Essa reportagem demonstra que a imprensa internacional não lê o PIG.

Responder

nxradio webradio | musica & arte & design & mundo & pessoas & momentos » furiosamente otimista e descomplexado

09 de maio de 2010 às 20h27

[…] Kênya Zanatta, na RFI, via Stanley Burburinho | Vi o Mundo […]

Responder

Guteri

09 de maio de 2010 às 20h35

Estou de saco cheio com esta historia de Brasil desenvolvido. Ontem fui a umaloja de material de construção e quase nao fui atendido com tamanho movimento. No supermercado, aguardei em uma fila quilometrica mais de duas horas e outras tantas para sair do estacionamento totalmente engarrafado. Das filas de carros nas ruas não se via o fim. Arre! Estou de saco cheio! Chega dessa coisa de o governo Lula melhorar a vida do povão. Com tantas pessoas nas ruas, comprando, se divertindo, os ambientes ficam muitos atabalhoados. Já voi como andam os aeroportos? Cheio de pobres viajando de avião. Pode? Tomei uma decisão: Vou votar no Serra! Assim que ele assumir acabará com esta farra. Fará com os pobres do Brasil inteiro o que ele fez com os de São Paulo: tocou fogo nas favelas, quando não incendiou, mandou encher de água e em quem reclamou mandou a policia meter a chibata.

Responder

    Anon

    11 de maio de 2010 às 17h53

    Minha faxineira tem um microondas melhor do que meu! Pode-se aguentar uma coisa destas?

Glecio_Tavares

09 de maio de 2010 às 17h43

Estmoas em maio e cade as pesquisas? O Brasil cada vez mais é reconhecido no mundo. O PiG terá um derrota tão grande que vai perder o resto de sua credibilidade.

Responder

    luizCarlosDias

    12 de maio de 2010 às 17h26

    oPA, deixaram de ter importancia as pesquisas, faliram os institutos, oba agora é DILMA sem mentiras

Eudes H. Travassos

09 de maio de 2010 às 13h55

Permitam-me companheiros desde blog postae matéria que acabo de ler na Folha Online sobre nosso pretenço pós-Lula. Devido ao acesso de caracteres enviarei em três PI mais posts.
A seguir, vejam como ele (Zé Serrágio) trata politica de redistribuição de renda:Programas de renda encolhem com Serra
Publicidade
da Reportagem Local

Reportagem de Gustavo Patu, publicada na edição de hoje da Folha (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal), informa que o Renda Cidadã e o Ação Jovem, os dois principais programas sociais de transferência de renda mantidos pelo governo paulista, encolheram ao longo da administração do tucano José Serra –que deixou o Palácio dos Bandeirantes em março para disputar a Presidência.

Responder

    Oliveira

    09 de maio de 2010 às 14h41

    Eudes,

    O corte dos recursos dos dois principais programas de transferência de renda do governo de São Paulo deve ter ido para a assinatura do jornal espanhosl El Pais. Vamos ver se este jornal vai se igualar ao PiG e começar a fazer propaganda de Serra…

    Milton Hayek

    09 de maio de 2010 às 18h12

    Em cheio,Eudes!!!Eles cortam nos investimentos públicos para dar vida fácil ao oligarcado empresarial que mama nas tetas do Estado.

Eudes H. Travassos

09 de maio de 2010 às 13h55

O pagamento desses benefícios caiu de R$ 279,5 milhões, em 2009, para R$ 198,9 milhões em 2009. Considerada a inflação, a queda chega a 38%. Os dois programas respondem juntos por cerca de 80% das despesas estaduais com transferências diretas de renda

Responder

Eudes H. Travassos

09 de maio de 2010 às 13h54

O Renda Cidadão é uma espécie de Bolsa Família local, e gastará menos com o pagamento de benefícios em 2010 do que em 2006 –quando houve uma duplicação de verbas em ano eleitoral. Em 2010, houve nova ampliação no pagamento do benefício. O Ação Jovem, voltado para estudantes de baixa renda com idade de 15 a 24 anos, hoje é inferior ao do final do mandato de Geraldo Alckmin (PSDB).
A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social atribui a queda no número de atendidos à melhora da renda no Estado no período.

Responder

Dida

09 de maio de 2010 às 13h48

Quero deixar aqui minha homenagem ao Dia das Maes. Posto qui um video pra homenageiar a todas as maes do Brasil e do mundo e a todos os filhos desse planêta.
Esse maravilhoso video foi gravado com músicos que fazem música na rua, e foi gravado de maneira simultânea em varias cidades do mundo.
Viva a vida , a liberdade e a arte! http://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=2539741

Responder

Eudes H. Travassos

09 de maio de 2010 às 13h53

Outro lado

Em nota enviada à Folha, o governo de São Paulo lista programas de outras modalidades para sustentar que a queda nas transferências diretas de renda a famílias não significa redução do gasto social como um todo nos últimos anos no Estado.

Entre esses programas estão o Vivaleite, que distribui o produto a crianças e idosos; os restaurantes Bom Prato, que oferecem refeições a R$ 1; o Acessa Escola, que paga bolsas a alunos que atuam como monitores em salas de informática; o PEQ (Programa Estadual de Qualificação).

O governo defende também que sejam somados aos resultados do Renda Cidadã as bolsas distribuídas em 2009 pelo PEQ, com valor de R$ 210 e duração de três meses (as bolsas do Renda Cidadã são de R$ 60, com duração de até três anos). Nesse caso, segundo o governo, o número de famílias atendidas no ano passado superaria o de 2006.

Leia a reportagem completa na Folha deste domingo, que já está nas bancas.

Responder

José Roberto-SP

09 de maio de 2010 às 03h29

Lamento por ela não ter colocado no terceiro parágrafo "Le Point ressalta…………corrupção endêmica, e que reformas essenciais, como a do sitema político, da educaçõ e da saúde…….." faltou o primordial, "e do JUDICIÁRIO"

Responder

beattrice

09 de maio de 2010 às 05h08

Azenha,
os franceses demonstram neste momento um fascínio desmedido e justificado pelo Brasil e por LULA.
Em tempo,
a mídia conservadora, depois de defender os caças suecos e fazer um inferno por conta dos RAFALE, resolveu palpitar no Trem de Alta Velocidade, fazendo lobby descarado e sistematico para a ALSTOM.
Com a palavra o candidato da ALSTOM & da mídia conservadora.

Responder

Milton Hayek

09 de maio de 2010 às 02h00

Enquanto isso o México vai perdendo o direito até de ter forças armadas independentes:
http://www.voltairenet.org/article165275.html

Fuerzas armadas mexicanas se alinean al Comando Norte
por Nydia Egremy

El gobierno mexicano profundiza su colaboración con la política de seguridad y defensa de Estados Unidos, a través de la Iniciativa Mérida, y le entrega al país más poderoso de la tierra una “oportunidad en charola de plata” para intervenir, consideran especialistas. Persiste la falta de claridad y de certeza sobre lo que significará en el futuro esa alianza táctica para los mexicanos

Responder

    francisco.latorre

    09 de maio de 2010 às 03h01

    será que o méxico já era mesmo?..

    ..

    Milton Hayek

    09 de maio de 2010 às 12h14

    A tendência do México,hoje,é virar um mega Porto Rico,Francisco.

Arnold Bezerra

08 de maio de 2010 às 21h00

Esta Imprensa Golpista se esquece que já perderam duas e vai pra terceira e a última. Vão perder mais esta e Adeus, nunca mais arrôz com couve!

Responder

Arnold Bezerra

08 de maio de 2010 às 21h04

Os brasileiros precisamos concientizar de uma coisa: nós não precisamos eleger a Dilma somente, mas fazer uma grande Bancada nas Câmara de Deputados Estadual , Federal e Senadores. Pensem nisto!
Nada de votarem em traidores da Pátria. Está em nossa mãos o destino da Pátria! O que tem de Agripino, Mão Santa, Virgilio, Heraklito e do Couto e Caiados por ai não tá no Gibi. Cuidado pessoal!

Responder

    francisco.latorre

    09 de maio de 2010 às 03h19

    foi ao ponto.

    câmara e senado. pra calçar o governo.

    a luta é contínua.

    ..

    beattrice

    09 de maio de 2010 às 05h02

    Esse Congresso ainda abriga figuras absolutamente abjetas.
    Devem ser aposentadas do Senado e da Câmara sumariamente.

    Glecio_Tavares

    09 de maio de 2010 às 17h37

    E os governadores também. Votem na esquerda em todos os cargos. Este ano vamos aposentar todos os politicos da direita?

    Klaus

    10 de maio de 2010 às 01h33

    Mas muitos destes seres abjetos do Congresso apoiam Lula. Estes seres abjetos do Congresso são os mais fáceis de agradar. Mas, eu acho, que abjeto, na teoria dos comentaristas daqui não são aqueles congressistas que cuidam apenas de seus interesses, que são corruptos. Abjetos, são aqueles que não apoiam o PT. Entre um congressista honesto do PSDB e pessoas abjetas como Jader Barbalho, que apoia o PT, os comentaristas aqui já fizeram sua escolha. Esta é uma inovação que aprendi aqui: antes havia o rouba mas faz, os petistas inventaram o rouba mas apoia.

    francisco.latorre

    10 de maio de 2010 às 19h45

    abjeto é quem entrega o brasil.

    ..

José Eduardo Camargo

08 de maio de 2010 às 18h27

Agora que o FHC, Serra, PIG e demais setores decadentes das elites e da classe média "cortam os pulsos", como diria Paulo Henrique Amorim!

Responder

Gregório de Mattos

08 de maio de 2010 às 15h26

Mas que bela Brasileira na Capa!!!

Responder

    Cecéu

    08 de maio de 2010 às 17h32

    Lindissima. Uma mulata de olhos claros, com cabelos e supercílios de Índia. A revista sabe o que faz.

    Djalma

    08 de maio de 2010 às 23h41

    Realmente, espetacular. A moça é a supermodelo Adriana Lima, uma das "angels" da Victoria's Secret. É uma das 5 modelos mais bem pagas do mundo e, na minha humilde opinião, a mais bela de todas.

    Djalma

    08 de maio de 2010 às 23h41

    Realmente, espetacular. A moça é a supermodelo Adriana Lima, uma das "angels" da Victoria's Secret. É uma das 5 modelos mais bem pagas do mundo e, na minha humilde opinião, a mais bela de todas.

Ramon

08 de maio de 2010 às 15h21

Lula é aquele que faz, que transforma o país em um lugar melhor para todos e o reconhecimento ocorre na imprensa internacional e na sua popularidade. Serra se sustenta no PIG e em suas matérias mentirosas e tendenciosas.
A próxima eleição será entre o Brasil rea, que progride contra um projeto ultrapassado e fracassado dissimulado por um amontoado de mentiras.

Responder

francisco.latorre

08 de maio de 2010 às 17h50

filmão esse. muito bom estar presente.

queria poder contar aos avós que não viram.

aí curto mais. pra chegar mais longe o sentimento bom que o brasil conquistou.

tô aplaudindo. estamos. e participando.

bom da gota.

..

Responder

tia carmela

08 de maio de 2010 às 14h23

Essa farra logo logo vai acabar. O Serra está preparando um acordo bilateral com os EUA, a ser assinado no dia de sua posse. Trata-se do Acordo CARACU.

Veja emhttp://migre.me/CY9m e adivinhe qual é a parte do Brasil…

Responder

    Gerson Carneiro

    08 de maio de 2010 às 15h16

    "e adivinhe qual é a parte do Brasil…"

    Sendo o sr. Meiguice o autor do "acordo" a parte do Brasil certamente não será a de dá a CARA.. mas sim a de dá o… (símbolo do elemento cobre: Cu).

    Vá de retro, meu pai!

    Cecéu

    08 de maio de 2010 às 17h29

    Tudo está desmoronando. Até o grande Serra, cuja eleição eram favas contadas nos EUA e Reino Unido, vai ser derrotado no primeiro turno.

    alexandre

    08 de maio de 2010 às 16h21

    Nesse acordo o Brasil entra com que mesmo?

    Milton Hayek

    08 de maio de 2010 às 19h53

    Como se diz no Rio,trata-se de um acordo PICÚ.Os EUA entram com a PIC…. e o Brasil com o CUBALDO…

    Carlos

    09 de maio de 2010 às 16h14

    Quantamaldade…

    Glecio_Tavares

    09 de maio de 2010 às 17h39

    Milton, o pior que o PSDB não vai fornecer o próprio, quer fornecer o nosso.

Geloca

08 de maio de 2010 às 14h46

Tô que tô me explodinfo de orgulho!

Responder

Gerson Carneiro

08 de maio de 2010 às 14h32

Posso repetir aqui o "Chora Peito" (e dedicá-lo exclusivamente ao PIG, desta vez)?

"Chora peito
Me mata de uma vez
Porque aos poucos
Eu não vou morrer

Chora peito
Me mata de uma vez
Pra não dar tempo
De pensar… Ooooohh

Chora peito
Me mata de uma vez
Porque aos poucos
Eu não vou morrer

Chora peito
Me mata de uma vez
Pra não dar tempo
De pensar em VOCÊ… Oooohh…" – Chora Peito -Tonny Francis

Responder

@marisps

08 de maio de 2010 às 14h28

Enquanto isso na semanal brasileira Veja…

Responder

Tweets that mention O Brasil da Le Point: "Descomplexado" - (via -- Topsy.com

08 de maio de 2010 às 11h03

[…] This post was mentioned on Twitter by Ralf Rickli. Ralf Rickli said: O Brasil da Le Point: "Descomplexado" – http://tinyurl.com/28plgw8 (via @viomundo) […]

Responder

Marat

08 de maio de 2010 às 13h57

Temos um cenário curiosíssimo: O Brasil e o Lula estão sendo aplaudidos e comemorados no exterior, no entanto, a imprensa local e o povo humilde de SP, alienado pela extrema direita, vão votar no candidato que representa o retrocesso. Faço minha parte: converso com os jovens e alienados daqui de SP, divulgo blogs progressistas, compro, leio e repasso Carta Capital, Caros Amigos e textos de pessoas sérias e comprometidas com nosso progresso. Próximo passo, se Dilma for eleita, cobrarei inolacavelmente para que as concessões dos meios de comunicação sejam efetuadas de maneira democrática.

Responder

    Fabio_Passos

    08 de maio de 2010 às 22h57

    Democratizar a mídia é prioridade para a sociedade brasileira.

    Não consigo pensar em ninguém melhor que Luiza Erundina como Ministra das Comunicações.

    Marat

    09 de maio de 2010 às 18h32

    Fábio, a Erundina é uma pessoa fenomenal… Uma das grandes artífices do progressismo! Bem lembrado!

    beattrice

    09 de maio de 2010 às 05h05

    Tenho sugerido que, na medida do possível, revistas progressistas como a Carta, Caros Amigos, tenham seus exemplares "esquecidos" em locais públicos, escritórios, consultórios, tornando maior a sua circulação entre aqueles que eventualmente nem as conehcem ainda.

    Carlos

    09 de maio de 2010 às 16h21

    Devo lembrar de "esquecer", "esquecer", "esquecer",…

    Marat

    09 de maio de 2010 às 18h35

    Beattrice, lembranças ao Dante…
    Sabe, até os comunistas, de tempos em tempos, devem cuidar da aparência. Mesmo sendo um "franguinho", fiz alguns meses de musculação (não adiantou muito – rsrsrs), mas, percebi que na recepção da academia sí havia veja e outros lixos do gênero. Pedi aos instrutores e fui atendido.: Enchi o local de Caros Amigos e Carta Capital e vi que houve boa aceitação…


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.