VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

Manifesto de Mulheres com Dilma


25/10/2010 - 12h43

“Há um manifesto de mulheres com Dilma, iniciado por ex-presas políticas, muitas das quais conviveram com ela na prisão, e seguida por mulheres em geral. No momento está com 1.858 assinaturas. Pedimos divulgação do texto. Elizabeth Lorenzotti

Somos milhões de mulheres como Dilma

A onda de difamação e boataria que tem marcado a campanha contra a candidata à presidente Dilma Rousseff é um enorme retrocesso na vida política do país.

Vemos, indignadas, as tentativas de desqualificá-la e de transformar uma campanha democrática em uma “guerra suja”.

Comprovamos, indignadas, como as camadas mais retrógradas da sociedade brasileira não suportam as transformações que o governo Lula – com Dilma – trouxe para o país. Fazendo-o crescer com distribuição de renda e mais justiça social. Mais educação. Mais emprego e moradia. Mais saúde. Mais cultura. Mais comida na mesa dos brasileiros.

Como os ataques e boatos contra a Dilma têm sido, sobretudo, dirigidos a ela em sua condição de mulher, queremos aqui, ao lado de milhões de mulheres brasileiras, defendê-la.

Somos mulheres cidadãs, trabalhadoras, independentes, profissionais, donas de casa. Somos mulheres de todos os feitios, profissões e crenças. Somos mulheres de todas as idades: jovens, filhas, mães, avós e bisavós. Muitas entre nós foram, como Dilma, presas, torturadas, perseguidas, viveram no exílio, na clandestinidade. Muitas, entre nós, viveram, como ela, o mesmo processo de luta contra a Ditadura Civil-Militar que por 21 anos esmagou e envergonhou nosso país. Muitas, entre nós, viveram, como a Dilma, todo o processo de luta que nos trouxe ao país de agora que ela está ajudando a construir. Somos todas Marias, Clarices, Dilmas e Severinas.

Queremos a continuidade das transformações pelas quais o país vem passando. Queremos uma vida melhor para todos os brasileiros. Queremos homens, mulheres, jovens e crianças vivendo felizes em um país de tolerância e justiça social.

O que decidiremos, no dia 31 de outubro, é o aprofundamento dessa alternativa de crescimento com justiça social, ou o retrocesso de crescer concentrando renda e aumentando a miséria do país. É isso o que está em jogo. Por isso, queremos Dilma como presidente!

São Paulo, 16 de outubro de 2010

Para assinar, CLICAR AQUI

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Fernando Uchôa

27 de outubro de 2010 às 00h41

Estamos com Dilma.

Responder

gloria.amorim

26 de outubro de 2010 às 21h40

Voto em DILMA, com toda aclareza.Mulher guerreira, atuante, defende e defenderá os excluidos e pobres. Sou mulher, mãe, av´o.Chegou a nossa vez. Não devemos deixar passar essa chance, de termos uma mulher de fibra na Presidencia do nosso querido Brasil.

Responder

ana

25 de outubro de 2010 às 21h19

Voto Dilma por um país mais justo e com maior distribuição de renda! não ao retrocesso, sim a consolidação do plano nacional de direitos humanos!

Responder

elianems

25 de outubro de 2010 às 20h19

Mais um manifesto: http://ufrjcomdilma.blogspot.com/
UFRJ com Dilma

Responder

Nilva

25 de outubro de 2010 às 20h01

Tem que ser Dilma. É a vez da mulher!

Responder

Lacy da Matta

25 de outubro de 2010 às 18h44

Voto em Dilma pela sua história, sua coragem, determinação e opção aos pobres. Voto nesta Mulher Guerreira, competênte, sonhadora, realizadora e vitoriosa. Sou Dilma!!!, meu nome é Lacy da Matta, socióloga, sindicalista, mãe e avó brasileiara, caboquinha do Amazonas com muito orgulho de votar em uma mulher de fibra.

Responder

Antônio C. Carvalho

25 de outubro de 2010 às 14h57

Como cidadão, cristão, padre da Igreja Católica Apostólica Romana, voto Dilma com a consciência tranquila que ela irá concretizar cada vez mais os valores do Evangelho; pois como continuadora do Lula que colocou o ser humano acima de tudo, ela tem a força de Deus.
Abraços Azenha e até à VITÓRIA.

Responder

    Marcia

    25 de outubro de 2010 às 22h28

    Lindo o seu depoimento. Fiquei emocionada!!
    Abraços…

Corações e Mentes

25 de outubro de 2010 às 14h43

Bota o Benito di Paula no ar : AGORA CHEGOU A VEZ VOU CANTAR, MULHER BRASILEIRA EM PRIMEIRO LUGAR.
NORTE A SUL DO MEU BRASIL
CAMINHA SAMBANDO, QUEM NÃO VIU
MULHER DE VERDADE, SIM SENHOR
MULHER BRASILEIRA É FEITA DE AMOR.
Dia 31 é DILMA 13.

Responder

Elias São Paulo SP

25 de outubro de 2010 às 13h47

Manifesto comovente que me levou à árvore genealógica da minha existência. Vi todas aqui. Mulheres guerreiras de etnia ítalo-arábica que falam através do sangue que corre em minhas veias: Dilma! Dilma é a mulher que você Elias deve seguir!

Responder

Toffoli

25 de outubro de 2010 às 13h13

Como homem, cidadão e eleitor brasileiro, no dia 31 de outubro votarei na primeira mulher a ser Presidente do Brasil!
Voto 13 – Dilma!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.