VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

Leandro Fortes: Jogo sujo na rede


25/04/2010 - 19h29

Por Leandro Fortes, na CartaCapital, via Nassif, via site do TSE

NA MANHÃ da segunda feira 19, o publicitário Marcelo Branco, contratado para coordenar a campanha de Dilma Rousseff na internet, não sabia, mas estava prestes a encarnar o papel de Davi. Na noite do mesmo dia, menos de 24 horas depois de colocar no ar um jingle para comemorar 45 anos de existência muito semelhante ao slogan de campanha do PSDB, a Globo iria capitular a um movimento iniciado justamente por uma mensagem postada por Branco no Twitter, o microblog que se tornou febre no mundo. “Jingle de comemoração dos 45 anos da TV Globo embute, de forma disfarçada, propaganda pró-José Serra”, avisou o tuiteiro, antes das 10 da manhã. Poucas horas depois, o comercial estava fora do ar.

“O Golias piscou”, comemorou, em seu blog pessoal, o Tijolaço.com, o deputado Brizola Neto (PDT-RJ), herdeiro político do avô, o ex-governador do Rio Leonel Brizola, que lutou até morrer, em 2004, contra o poder da família Marinho. O pedetista fez mais barulho, inexplicavelmente, do que o PT. Isso porque, com o Twitter de Branco, os petistas venceram a primeira batalha da guerra que se anuncia, sem quartel e sem trégua, na internet durante a campanha eleitoral. Até o departamento jurídico da emissora entrou em campo para precipitar o fim da campanha publicitária. Segundo Ricardo Noblat, jornalista da casa, advogados da empresa consultaram o futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ricardo Lewandowski, e chegaram à conclusão de que o melhor era interromper a exibição do comercial.

O desfecho da histórica ilustra bem como vão funcionar estratégias montadas por todos os partidos, mas, sobretudo, entre petistas e tucanos, cujo alvos são as chamadas redes sociais da internet (Twitter, Orkut, Facebook e YouTube), que acumulam cerca de 60 milhões de usuários . Com o auxílio de especialistas, a rede tem sido mapeada de forma a estabelecer modelos de comportamento e de perfil dos usuários. Isso inclui análise permanente dos blogs, a partir de referências positivas, negativas e neutras. Tudo organizado e transformado em relatórios quase diários para os comandos das campanhas.

No caso do PT, os assessores dizem pretender usar a web para disseminar o verdadeiro currículo de Dilma Rousseff, em contraposição à famosa ficha falsa do Dops, veiculada primeiramente pela Folha de São Paulo, depois de circular por sites de extrema-direita e imundar, em forma de spam, e-mail por todo o País. A ideia é mostrar, por exemplo, que a ex-ministra nunca participou diretamente da luta armada, nunca foi terrorista e foi condenada pelos tribunais da ditadura por crime de “subversão”, a dois anos de cadeia — embora tenha sido esquecida na prisão, onde ficou por três anos. De resto, suberversivos eram considerados todos que contestatavam a legitimidade do regime ditatorial, entre eles José Serra e o ex-presidente Fernando Henrrique Cardoso.

Quem cuida do contúdo de internet para o PSDB é Arnon de Mello, filho do ex-presidente, atual senador e aliado recente de Lula, Fernando Collor de Mello (PTB-AL).  Arnon é um dos donos da Loops Mobilização Social e se apresenta como economista formado pela Universidade de Chicago e mestrado em Harvard, diretor do jornal Gazeta de Alagoas e funcionário do banco americano Lehman Brothers, epicentro da mais grave crise econômica mundial desde o crack de 1929. Um de seus sócios é João Falcão, ex-secretário de cultura de Olinda (PE), filho de Joaquim Falcão, ex-diretor da fundação Roberto Marinho e ex-integrante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Falcão pai também é um dos autores do livro DR. Roberto, de 2005, uma biografia autorizada do falecido dono das Organizações Globo.

A Loops foi a responsável, na internet, pela campanha do deputado Fernando Gabeira (PV) à prefeitura do Rio de Janeiro, em 2008. Gabeira acabou derrotado pelo atual prefeito, Eduardo Paes, do PMDB. O parlamentar verde, contudo, deverá contratá-la outra vez, desta feita para a campanha ao governo estadual. Por enquanto, a Loops se dedicará à captação de doações e ao monitoramento de informações divulgadas na internet sobre Serra, sobretudo, às que circulam no ambiente das redes sociais. A empresa não terá plena autonomia na campanha tucana. Estará subordinada à agência de publicidade digital Sinc, do empresário paulista Sérgio Caruso, ligado ao publicitário José Roberto Vieira da Costa, o Bob, homem de confiança do ex-governador. O nome de Caruso foi avalizado pelo ex-deputado do PSDB e atual presidente da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa), Márcio Fortes, um dos responsáveis pela arrecadação de fundos no comitê serrista.

O PSDB ainda mantém outras frentes na internet. Participam da tropa virtual as empresas Knowtec e Talk Interactive. A primeira, com sede em Florianópolis, tem uma longa lista de serviços prestados ao antigo PFL, atual DEM, por meio de uma ligação histórica com o ex-senador Jorge Bornhausen. Em Brasília, tem como cliente a Confederação Nacional de Agricultura, presidida pela senadora Kátia Abreu. Quando o PFL mudou de nome em 2007, o novo portal do partido na internet foi montado pela Knowtec.

As duas empresas são administradas pelo mesmo executivo, o engenheiro Luiz Alberto Ferla. Jovem e atual conselheiro político da Juventude DEM, Ferla está à frente do Instituto de Estudos Avançados (IEA) de Florianópolis, ONG dona de um contrato de 4,6 milhões de reais com a prefeitura de São Paulo assinado sem licitação. O contrato prevê uma consultoria voltada à reformulação do portal de notícias da prefeitura paulistana, obra que, no fim das contas, saiu por cerca de 500 mil reais. Após o contrato vir a público, o prefeito Gilberto Kassab decidiu cancelá-lo.

A Knowtec foi a primeira empresa brasileira a ir aos Estados Unidos, no ano passado, em nome dos tucanos, para tentar contratar os marqueteiros virtuais que fizeram sucesso na campanha do presidente democrata Barack Obama. Joe Rospars, da Blue State Digital, e Scott Goodstein, da Revolution Messaging, acabaram, porém, por fazer uma opção ideológica. Preferiram negociar com a Pepper, de Brasília, para então fechar um contrato de consultoria para o PT. Alegaram não trabalhar em campanhas de partidos conservadores. Desde então, a dupla tem aparecido na capital federal para opinar na estrutura de internet da candidatura petista. Em 2008, Rospars e Goodstein conseguiram que Obama arrecadasse, via internet, 750 milhões de dólares, por meio de 31 milhões de doadores (93% doaram até cem dólares).

Tudo indica que os marqueteiros de Obama se livraram de uma fria. A Knowtec está entre as companhias de tecnologia de informática investigadas pelo Ministério Público Federal no escândalo de corrupção do Distrito Federal. Em 1° de outubro de 2008, quando ainda era o orgulho do DEM e cotado para vice na chapa de Serra, o ex -governador José Roberto Arruda assinou com a Knowtec, via Secretaria de Comunicação Social, um contrato de 8,7 milhões de reais. A função da empresa era cuidar do portal de notícias do governo.

Os responsáveis pelo contrato foram os jornalistas Weligton Moraes e Omésio Pontes, assessores diretos de Arruda na área de Comunicação. A dupla foi flagrada alegremente no festival de propinas filmado pelo delator Durval Barbosa. Moraes, chefe do esquema de publicidade do governo distrital, foi preso por participar da tentativa de suborno de uma testemunha do caso. Ficou 60 dias no presidio da Papuda, até ser solto recentemente. Pode ser o próximo a fechar acordo de delação premiada com a Polícia Federal.

De acordo com documentos levantados por CartaCapital no sistema de acompanhamento de gastos do Distrito Federal, apesar de o contrato ter sido de 8,7 milhões de reais, a Knowtec já embolsou 12,6 milhões. Como o prazo final do contrato é somente em 1° de outubro de 2010, é possível que a empresa ainda receba mais dinheiro nos próximos seis meses. Segundo dados do Siggo, há ao menos uma nota de empenho ainda pendente, no valor de 700 mil reais.

Loops, Sinc, Knowtec e Talk Interactive formam a parte visível da estratégia de campanha virtual do PSDB, mas há um fator invisível que, antes mesmo de ter se tornado efetivo, virou um problema. E atende pelo nome de Eduardo Graeff. Atual tesoureiro nacional do PSDB, Graeff é um tucano intimamente ligado ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de quem foi secretário-geral no Palácio do Planalto e para quem, até hoje, redige discursos e artigos. Também é muito ligado a Eduardo Jorge, a quem sucedeu na Secretaria-Geral da Presidência. Os dois estão na origem da desastrosa reunião de apoio político, realizada no apartamento de FHC, em março, entre o ex-presidente e o ex-governador Joaquim Roriz, causa de grande constrangimento na campanha de Serra.

No ano passado, Graeff ficou responsável pela montagem de um núcleo interno com vistas a elaborar um projeto de campanha virtual para as eleições de 2010. O tesoureiro foi escolhido por ser espécie de guru da web no ninho tucano, graças a um site mantido por ele, desde 2003, o “eagora”, que tanto pode ser interpretado como “Ágora eletrônica” como pelo sentido da pergunta “e agora?”, segundo informações da página na internet.

Graeff organizou um grupo de tuiteiros e blogueiros para inserir mensagens na rede social da internet, inicialmente com conteúdo partidário a favor da candidatura de Serra. A realidade, no entanto, tem sido outra. Em vez de militantes tucanos formais, a rede de Graeff virou um ninho de brucutus que preferem palavrões, baixarias e frases feitas a qualquer tipo de debate civilizado. O objetivo dessa turma é espalhar insultos ou replicar mentiras na rede mundial de computadores. Não que do lado petista não prolifere um pessoal do mesmo nível a inundar a área de comentários de portais e blogs com a mesma falta de criatividade e torpeza. Termos como “tucanalha” ou absurdas teses conspiratórias fazem sucesso entre essa esquerda demente. Mas nada se compara, até agora, à ação orquestrada do lado da oposição.

Em consequência dessa estratégia, a assessoria jurídica de Serra o teria aconselhado a se afastar de Graeff e impedir que o nome do ex-secretário seja associado, organicamente, à campanha presidencial.

Ao menos um site ligado ao PSDB, replicado no Twitter, é assumidamente voltado para desqualificar o PT, o governo do presidente Lula e a candidatura de Dilma Rousseff. Trata-sedo”Gente que mente” , mantido, segundo a direção do PSDB, por “simpatizantes” do partido. Na verdade, o site é criação de Cila Schulman, ex-secretária de Comunicação Social do governo do Paraná durante as gestões Jaime Lerner (DEM), entre 1994 e 2002. Cila trabalhou ainda na campanha de Kassab e presta serviços à presidência nacional do DEM. É filha de Maurício Schulman, ex-presidente do extinto Banco Nacional de Habitação (BNH) durante o governo do general Ernesto Geisel (1974-1979), e último presidente do Bamerindus, banco falido em 1994 e incorporado ao HSBC.

Na equipe do PT, coube a Branco elaborar uma rede de comunicação virtual tanto para controlar conteúdo como para neutralizar a ação de trogloditas e hackers. Para se ter uma ideia, apenas nos três primeiros dias de funcionamento do site da presidenciável petista , lançado na rede na segunda-feira 19, foram registrados 7 mil ataques de hackers, sem sucesso, baseados em um servidor registrado na Alemanha — expediente clássico da guerrilha virtual. Por enquanto, ainda não é possível identificá-los, mas os petistas registraram os IPs (identificadores dos computadores usados).

Uma semana antes, o site do PT havia sido invadido, “pichado” com mensagens pró-Serra e reprogramado de modo a direcionar os usuários para o site do PSDB. Em seguida, foi a vez da página do PMDB. Acusados pelos petistas de terrorismo virtual, os tucanos contra-atacaram com um pedido à Polícia Federal para investigar o caso e deixar o assunto em pratos limpos. Os tucanos atribuem aos petistas a estratégia de se fazerem de vítimas e colocar a culpa nos adversários.

Um dos sites clássicos utilizados contra a pré-candidata do PT é o “Porra Petralhas” , repleto de baixarias, mas focado, em comum a outras páginas do gênero, em colocar em Dilma Rousseff a pecha de “terrorista” e “inexperiente”, coincidentemente, duas teclas sistematicamente repetidas pela mídia nacional. O site não tem autor conhecido. Também no Twitter, o “Porra Petralhas” atua de forma massiva, sempre com xingamentos e acusações. A foto utilizada no perfil insinua um beijo na boca entre Dilma e Hugo Chávez, presidente da Venezuela, dentro de uma moldura de coração. Dois outros perfis de microblog, “Dilma Hussein” e o conhecido “Gente que Mente”, ajudam a desqualificar a candidata nas redes sociais. Um “retuíta” o outro, como se diz no jargão da internet.

Procurado por CartaCapital, Graeff mandou dizer que não vai se manifestar sobre o assunto. De acordo com Carlos Iberê, assessor de imprensa do PSDB, o ex-secretário participou apenas da formação do núcleo interno que discutiu a questão da campanha da internet e agora se dedica exclusivamente à função de tesoureiro. Cila Schulman não foi encontrada. A assessoria de Luiz Alberto Ferla informou não saber de “nada oficial” a respeito dos contratos ou do papel da empresa na campanha.

PS do Viomundo:

Recebemos a seguinte mensagem do assessor de imprensa Marcus Veras

Prezado Azenha:

Há duas incorreções na nota publicada sob o título “Jogo Sujo na Rede”. Em primeiro lugar, a empresa Loops não foi a responsável pela campanha do deputado Fernando Gabeira (PV) à prefeitura do Rio de Janeiro, em 2008. Aliás, em 2008, a Loops sequer existia. E tampouco participará da campanha para o governo estadual.

Atenciosamente,

Marcus Veras
Assessor de Imprensa

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



78 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Julio Rangel

29 de abril de 2010 às 18h05

O pior é saber que a televisão é uma "concessão pública", usada para servir ao público. A vergonha está estampada na tela!!

Vamos nos organizar, o projeto ficha limpa está aí!!! Vamos pressionar este Congresso, eles já sentiram a força da Internet. Foram quase dois milhões de assinaturas com intuito de pressionar a aprovação do texto da Lei.

VAmos mandar email para esses Deputados aos montes.

Os nomes dos que votarem contra serão divulgados para que possamos fazer campanha contra eles.

Ótimo discussão trazida à baila AZENHA!!!

Responder

PSDB é coautor do assassinato de reputações na internet « Diálogos Políticos

29 de abril de 2010 às 10h05

[…] jogo sujo na rede contra Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência da República, e o seu  partido, está […]

Responder

vi na internet » “PSDB é coautor do assassinato de reputações na internet”

29 de abril de 2010 às 00h49

[…] jogo sujo na rede contra Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência da República, e o seu  partido, está […]

Responder

ANDRÉ VARGAS FALA SOBRE A BAIXARIA DO PSDB NA INTERNET « LIBERDADE AQUI!

28 de abril de 2010 às 19h59

[…] Lemes DEPUTADO FEDERAL ANDRÉ VARGAS (PT – PR) – Secretário Nacional de Comunicação do PT O jogo sujo na rede contra Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência da República, e o seu  partido, está […]

Responder

“PSDB é coautor do assassinato de reputações na internet” | Viomundo - O que você não vê na mídia

28 de abril de 2010 às 19h16

[…] jogo sujo na rede contra Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência da República, e o seu  partido, está […]

Responder

Destruir, destruir, destruir. Eles só pensam em destruir | Viomundo - O que você não vê na mídia

28 de abril de 2010 às 11h58

[…] Para saber mais sobre o esquema montado pelo PSDB para o período das eleições 2010, clique aqui. […]

Responder

O Brasileiro

27 de abril de 2010 às 18h09

Quem julga o conteúdo que os tucano-demos põem na rede é a inteligência de cada um!
Da mesma forma que as propagandas de um governo de SP que nem sequer foi melhor do que o de Alckmin!

Responder

Leo

27 de abril de 2010 às 17h01

Entendi direito? Quer dizer que o novo presidente do TSE deu consultoria à acessoria jurídca da Globo? Se este for o caso, tenho umas ações na justiça federal. Quero o telefone do Ministro aí para perguntar se elas properam no STF?

Responder

francisco.latorre

27 de abril de 2010 às 06h05

leandro fortes e o mapa da conspiração.

que vem com tudo.

conspiração não é teoria. é fato.

..

Responder

francisco.latorre

27 de abril de 2010 às 05h59

lula vai denunciar.

será o golpe final na reação..

no momento certo.

..

Responder

Toni Gumauskas

27 de abril de 2010 às 01h23

Pra quem achou uma sujeira a campanha de 2002,esse ano reserva muita lama.
A baixaria e o jogo sujo do tucano Serra e seus iguais,já era mais que esperada.
Porém,para o eleitor atento,em meio a tantas mentiras,a verdade acaba aparecendo… http://tonigumauskas.wordpress.com/2010/04/26/nob
Enquanto Serra atira no inimigo,vem um amigo e…

Responder

Fabrizio Guinzani

26 de abril de 2010 às 23h59

OLÁ!!! TENHO UMA SUGESTÃO… QUE TAL ENTRARMOS NESSES SITES, E DENUNCIARMOS PARA OS MODERADORES ??? SE TODOS AQUELES QUE ENTENDEM COMO MATÉRIA AGRESSIVA, BAIXO NÍVEL, PRECONCEITUOSA, ENFIM AQUELE LIXO QUE JÁ CONHECEMOS, SERIA UMA GRANDE CORRENTE PARA TENTAR QUE A INTERNET FICA UM POUCO MAIS LIMPA E DIGNA!!!

Responder

robledo

26 de abril de 2010 às 23h09

Sem comentários, mais uma vez impressiona a forma elegante, direta da pena de Leandro Fortes. Ainda bem que o outro lado domente tem gente tosca que faz qualquer um ter pena de quem tem esta pena.

Responder

yacov

26 de abril de 2010 às 20h16

HOoe eu entrei pela primeira vez no tal do BLoG tucanohttp://www.gentequemente.com.br e a coisa é assustadora, por um lado, mas promissora por outro. Assusta o nível da baixaria e dos argumentos raivosos e sem fundamento utilizados pelos internautas simpatizantes da "tucanalha", mas também é promissor, porque o nível da argumentação deles é tão chulo e desprovido de fundamento que, percebe-se claramente uma posição pessoal e desprovida de crítica o que leva a crer que terão pouca ou nenhuma influência no processo eleitoral pois nenhuma pessoa com um mínimo de seriedade pode levá-los em consideração. È como um bando de cães correndo atrás das rodas dos carros que passam. Com diria Asterix em relação aos romanos: "Esses tucanos são uns loucos!!!"

"O BRASIL não passa na GLOBO – O BRASIL pode muito mais sem os DEMO-PSDBobos"

Responder

Arnaldo

26 de abril de 2010 às 20h12

Não sou partidário nem levanto bandeiras partidárias. Como muitos, busco uma sociedade mais justa, igualitária e evoluída. Por isso, diante do atual cenário do nosso jornalismo, nem tão atual assim, onde práticas repugnantes estão acontecendo, acho que temos o direito de reagir e fazermos um contraponto. Não devemos ficar passivos a essas situações. Um termo pejorativo foi também criado injustamente para fazer referência ao partido dos trabalhadores (PT). A imprensa marrom vem atuando desonestamente, de forma parcial e criminosa. O conhecido: “Um peso, duas medidas.” É omissa, cúmplice e conivente com seus afetos e, ao mesmo tempo, ataca seus adversários ou quem vai contra seus interesses, manipulando informações e inventando boatos, inverdades e crises. Além do mais, apodera-se do termo “sociedade” para expressar suas opiniões e anseios individuais.

Responder

Carlos

26 de abril de 2010 às 19h52

Moraes … "Pode ser o próximo a fechar acordo de delação premiada com a Polícia Federal."
Fala tudo o que sabes, Moraes. E logo.

Responder

aldeney

26 de abril de 2010 às 19h17

entrevista de Kennedy Alencar, na Rede TV, no domingo, ao ciro gomes, ele soltou suas farpas, mas chamado a uma síntese sobre os principais candidatos à eleição presidencial, foi direto, fulminando José Serra:

“É um brasileiro bastante preparado, mas uma personalidade autoritária, tenebrosa, que com o poder na mão me parece um perigo para o país.”

Responder

Diego Torres

26 de abril de 2010 às 19h05

O Serra está mostrando desdo começo de sua campanha que vai utilizar a internet para jogar sujo. Ataques ao site do PT, divulgar informações incorretas e prejudiciais sobre sua adversária, e desdo começo o Paulo Henrique Amorim está nos alertando sobre isso.http://www.conversaafiada.com.br/politica/2010/04

Responder

Charles

26 de abril de 2010 às 18h51

Kwontec e Talk estavam envolvidas no mensalão do DEM de Brasilia, lavavam dinheiro do ex-vice do Serra, o Arruda

Responder

Renato Lira

26 de abril de 2010 às 18h18

E olha que sou fão do pudibundo e venerável Mestre Hari.

Responder

Milton Hayek

26 de abril de 2010 às 18h04

http://chicaodoispassos.blogspot.com/2010/04/piada-do-joaozinho-muito-boa.html

Piada do Joãozinho, muito boa.

*Serra foi a uma escola conversar com as criancinhas, acompanhado uma comitiva do Jornal Nacional, da Veja e da Folha de São Paulo.*
*Depois de apresentar todas as maravilhosas propostas para seu governo(se eleito), disse às criancinhas que iria responder perguntas.*
*Uma das crianças levantou a mão e Serra perguntou:*
*- Qual é o seu nome, meu filho?*
*- Paulinho.*
*- E qual é a sua pergunta?*
*- Eu tenho duas perguntas.*
**
*A primeira é "Quanto tempo o senhor vai esperar para sujar a barra da Dilma como fez com a Roseana Sarney??"*
*A segunda é "Onde sua filha Verônica conseguiu grana para ser dona de 10% do Ebay / Mercado Livre, estudar na Harvard Business School pagando R$ 60.000,00 por mês e ainda por cima "comprar" uma mansão em Trancoso onde o senhor passou o Reveillon???*
*Serra fica desnorteado, mas neste momento a campainha para o recreio toca e ele aproveita e diz que continuará a responder depois do recreio.*
*Após o recreio, Serra diz:*
*-OK, onde estávamos? Acho que eu ia responder perguntas. Quem tem perguntas?*
*Um outro garotinho levanta a mão e Serra aponta para ele, sorrindo para as cameras da Globo.*
*-Pode perguntar, meu filho.*
*-Como é seu nome?*
*-Joãozinho, e tenho 4 perguntas:*
A primeira é "Quanto tempo o senhor vai esperar para sujar a barra da Dilma como fez com a Roseana Sarney??"
A segunda é "Onde sua filha Verônica conseguiu grana para ser dona de 10% do Ebay / Mercado Livre, estudar na Harvard Business School pagando uns R$ 60.000,00 por mês e ainda por cim a "comprar" uma mansão em Trancoso onde o senhor passou o Reveillon???
E a terceira é "Por que o sino do recreio tocou meia hora mais cedo?".***
*A quarta é… "Cadê o Paulinho??"*

do Blog Onipresente http://blogdoonipresente.blogspot.com/

Responder

    Klaus

    26 de abril de 2010 às 20h47

    eu conheço esta piada mas o personagem principal é o Fidel. Derivativa…

    Dilson

    26 de abril de 2010 às 23h50

    No lugar da sino do recreio,entraria uma vinheta animada da Globo.

mano lima

26 de abril de 2010 às 16h10

Para os ataques devem estar utilizando o TOR, disponível no baixaki. Se não me engano, surgirão vários IPs antes de detectarem a origem ( no mínimo 6). Este programa permitiu a divulgação dos fatos que aconteceram lá no Irã, sobre a repressão dos protestos daqueles eleições fraudadas. Ele faz com que seja praticamente impossível, em tempo hábil, se detectar a origem de uma transmissão de arquivos. Quando descobrem, já é tarde. Ele embaralha, de maneira aleatória e cruzada a origem dos dados. Serve para manter o anonimato na rede, caso seja necessário ou interessante.

Responder

    francisco.latorre

    27 de abril de 2010 às 05h51

    o golpe twitado do irã.. que não deu certo.

    vão tentar aqui. não vai dar certo.

    ned-cia. franquia do golpe.

    ..

Dilson

26 de abril de 2010 às 15h57

Leandro Fortes deu nome aos bois…digo…tucanos.

Responder

Carlos

26 de abril de 2010 às 15h25

Muito bom o texto.
Jornalismo de primeira qualidade. Dá um enorme prazer em ler, sobretudo porque sentimos a honestidade do jornalista.

Responder

Carlos Menezes

26 de abril de 2010 às 14h45

A cachorrada late e como percebe que não é o suficiente, tenta morder. Morrerão tentando. Carrocinha neles!

Responder

    francisco.latorre

    27 de abril de 2010 às 05h52

    carrocinha. depois é injeção.

    cachorrada. hidrófoba.

    ..

Ana Clara

26 de abril de 2010 às 14h25

É preciso que o PT processe gente que mente dizendo que os outros mentes. A questão é: Cabe processo nessa gente? Como fazer isso?

Responder

Klaus

26 de abril de 2010 às 14h07

"No caso do PT, os assessores dizem pretender usar a web para disseminar o verdadeiro currículo de Dilma Rousseff…"

Já começaram, colocando a foto da Norma Bengell como se fosse da Dilma. Será que isto é o que Jung chamava sincronicidade?

Responder

    Carlos

    27 de abril de 2010 às 18h09

    Foto da Norma Bengell?
    Onde? Quando?

Adriana

26 de abril de 2010 às 13h53

No artigo de Leandro tem uma ilustracao do looops com a foto de Joao Falcao e referindo-se a ele como Secretario de Turismo de Olinda????? Mas a prefeitura e do PCdoB, um dos mais organicos aliados de Lula…… A ex-prefeita Luciana Santos (ou um de seus assessores) bem que podia explicar isso ai….. Como colocar no cargo de secretario um cara desse naipe, quando o PCdoB tem o maiior numero de bons quadros partidarios por metro quadrado que eu ja vi….

Responder

Arnaldo

26 de abril de 2010 às 13h28

Não sou partidário nem levanto bandeiras partidárias. Como muitos, busco uma sociedade mais justa, igualitária e evoluída. Por isso, diante do atual cenário do nosso jornalismo, nem tão atual assim, onde práticas repugnantes estão acontecendo, acho que temos o direito de reagir e fazermos um contraponto. Não devemos ficar passivos a essas situações. Um termo pejorativo foi também criado injustamente para fazer referência ao partido dos trabalhadores (PT). A imprensa marrom vem atuando injustamente, de forma parcial e criminosa. O conhecido: “Um peso, duas medidas.” É omissa, cúmplice e conivente com seus afetos e, ao mesmo tempo, ataca seus adversários ou que vai contra seus interesses manipulando a informação e inventando boatos, inverdades e crises. Além do mais, apodera-se do termo “sociedade” para expressar suas opiniões e anseios individuais.

Responder

Arnaldo

26 de abril de 2010 às 13h28

Concordo com o Renato Lira. Nessa guerra, que já presenciamos há mais de 7 anos e onde nosso presidente é chamado de analfabeto, de primata, e em que todos os desafetos de alguns meios de comunicação são perseguidos e crucificados, devemos manter o mesmo tom de voz. Acredito sim, que as pessoas mais esclarecidas, que preservam certos valores e têm ética e bom censo, devem manter o equilíbrio e lutar através de fatos e argumentos, correndo o risco de se igualarem a essa imprensa marrom. Por outro lado, são os próprios meios de comunicação, que através da falta de ética, da manipulação de informações e de uma maciça boataria, têm contribuído para acirramento dos ânimos. Dessa forma, prestam um desserviço à sociedade.

Responder

Renato Lira

26 de abril de 2010 às 05h17

Era um tucano?

Pensei que fosse um bacurau.

Ah, essa minha paranóia.

Responder

Renato Lira

26 de abril de 2010 às 05h14

Bom texto.

Só não entendi a pecha de "demente" que Fortes imputa somente aos " blogs de esquerda'.

Além de também acusar a esqyerda de "absurdas teorias conspiratórias".

Quais?

Por acaso a ficha falsa, o grampo sem áudio, os dólares de Cuba, o dinheiro das Farc, o "namoro" de Dilma e Chávez, as acusações a Dilma de ser terrorista, o "Lula estuprador", a fazenda do Lulinha, o "estado-policial", entre outros quetais, são teorias conspiratórias da lavra da gente de esquerda?

Leandro Fortes não precisa destes subterfúgios e desta tendeniosidade para parecer imparcial.

Responder

    Neo

    26 de abril de 2010 às 10h19

    .
    O que Graeff faz é tão vergonhoso apatrida e imoral que nem mesmo assume !
    .
    Porém, com baton na cueca, só mostra mais ainda doque é feito…
    .

    Mc_SimplesAssim

    26 de abril de 2010 às 12h20

    Meu caro Renato,

    Ao que tudo indica a esquerda ainda é considerada "demente" por muitos pelo simples fato de pregar uma sociedade mais justa e autenticamente democrática.

    Para uma parcela da classe média que se beneficia das migalhas a ela lançadas pelos grandes capitalistas, o socialismo ainda é uma utopia que prospera apenas na cabeça de loucos sonhadores.

    É importante não confundir socialistas com arruaceiros.

    magalipedro

    26 de abril de 2010 às 12h44

    Renato, releia "esquerda demente" no contexto, que fica claro. Ele se refere apenas aos comentaristas que baixam ao mesmo nível dos da oposição. Já vi gente assim no blog do Hari Prado – pessoas que não entendem a fina ironia do impoluto Mestre Hari e partem pra um ataque irritante e, às vezes, grosseiro.
    Quanto à "absurdas teses conspitatórias", já tivemos exemplo disso até aqui mesmo, em comentários sobre o terremoto em Honduras.
    Um abraço.

    Renato Lira

    26 de abril de 2010 às 18h17

    Reli e fiquei com a mesma impressão. Não consegui ver essa distinção por parte do Leandro. Posso estar enganado, mas ainda considero que ele fez uma generalização injusta. Me perdoe. Mas respeio e agradeço sua ajuda.

beatrice_

26 de abril de 2010 às 04h06

Azenha
quem acompanha diariamente o blog do Brizola Neto, tem testemunhado uma invasão trolleira absolutamente sem precedentes, que recrudesceu depois do episódio da vinheta global, essa que foi, sem nunca ter sido campanha do Zé Trolloló.

Responder

Edgar

26 de abril de 2010 às 03h45

Gustavo,
Talvez ajude você entender o que significa mensagem subliminar se "ouvir" a edição fotográfica "falante", que postado logo abaixo deste, na homepage.

Responder

Rodrigues

26 de abril de 2010 às 03h03

O pior é ver no Twitter perfis da Globo tuitando e retuitando mensagens como: "O Brasil é um país de liberdade e sem censura. #Censurem Dilma"!

Responder

Gabriel

26 de abril de 2010 às 02h44

A diferença está na cobertura da (ex) grande mídia, mas ainda influente. Uma mídia que "pegou" uma ficha falsa na web e pôs na primeira página de domingo não está nem ai para o que é ético ou não. A guerra está formada. Doa a quem doer.

Responder

Geloca

26 de abril de 2010 às 02h44

Azenha, já perguntei "ene" vezes, como fazer para encaminhar os posts normalmente por e-mail. Um dia o Latorre me deu dicas, mas elas não foram suficientes. Sou um pouco jurássica. Obrigada

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    26 de abril de 2010 às 21h04

    Calma, querida. O Leandro Guedes está acamado. Quando se recuperar, vai resolver isso. Paciência, porque somos poucos. abs

    francisco.latorre

    27 de abril de 2010 às 05h47

    outra dica..

    copia o link da matéria.

    abre sua caixa de e-mail [outlook ou similar].

    cola o endereço e envia.

    prazer ajudar.

    unidos venceremos a reação golpista.

    ..

Valessio

26 de abril de 2010 às 02h12

ow, seu jornalista troglodita.. Eu sou um Hacker!!! Cracker que são os caras Maus… e Branco não é publicitário, eu que sou estudante de Publicidade… Marcelo Branco também é um Hacker!

Responder

    SubZer0

    26 de abril de 2010 às 20h57

    Hacker que é hacker não fica falando pra ninguém, muito menos na internet. Pra mim vc não passa de um lammer, um "wannabe something"

Romulo Sá

26 de abril de 2010 às 02h06

O Leandro forneceu o mapa do lixo… Atenção comitê da Dilma: não fiquem dando uma de tolinhos e buscando reflexões nas tendências internas, aloprados e self-umbigos. A guerra será suja! Saibam reagir. Utilizem a blogosfera de forma contra-hegemônica à mídia demo-tucana.

Responder

Sergio Denicoli

26 de abril de 2010 às 01h51

Bem informativo o artigo, mas não é imparcial. É pró-PT. Não há santos nesse jogo. Gostaria de saber o que se passa do lado do governo e quanto estão gastando pela assessoria para a Internet importada dos EUA, com o selo Obama. Até agora, a mais limpa campanha online é do PV, pelo menos enquanto a candidatura Marina Silva não é levada a sério.

Responder

Janes Rodriguez

26 de abril de 2010 às 01h43

Cla Shulman prestou serviços tambem às camapnhas de Beto Richa em Curitiba, chamada por Lerner. Aqui na capital do Paraná, a aliança do PIG com o grupo lernista, do qual Beto Richa é herdeiro, Richa também é mais orgãnico do PSDB do que o senador Álvaro Dias. Aqui funciona uma rede de asistência social paralela, sem controle do estado, via FAS – Fundação e Assistência Social, dirigida pela "primeira-dama", e o IPC, uma ONG que faz farta distribuição de cestas básica e recebe doações e repasses da FAS. A FAS deveria ser uma secretaria municipal, mas daí teria algum controle social. A FAS tem, sozinha, dois mil fujncionários, dizem que os cargos comissionados chegam a 1.600. Só nessa fundação, que recebe doações de empresários diversos, assim como o IPC. Depois esses empresários tem reduções fiscais sobre as doações realizadas. Em Curitiba, só por exigência da Justiça, a prefeitura realizaou a primeira licitação da história da cidade para o transporte coletivo. E adivinha quem ganhou? O mesmo grupo que explora o transporte há décadas. Bem, e quem seria o presidente da Câmara? Adivinharam: é representante dos intereses do transporte coletivo. Ou é da bancada das empreiteiras e da especulação imobiliária. Fora a bancada da "cidade industrial", etc. São 30 a 4, na proporção entre governistas e oposição. Os pçresidentes de associações de moradores recebem fartas doações de ambas as entidades com as quais mantêm sua liderança nas comunidades. Esse esquema simples, jamais investigado, é uma das sustentações desse grupo político. Em alança carnal com a mídia da província. Como as grandes empresas de mídia se relacionam com Serra em São Paulo e com Aécio em Minas. É isso. Luis Nassif esteve em Curitiba num debate sobre mobilidade urbana. Sugerimos a ele que investigue e comece a falar melhor sobre a imobilidade urbana de Curitiba. Que tem um dos mais altos índices de homicídios contra a juventude popular. Quem sab um dia parem de falar das aparências que a publicidade oficial vende a peso de ouro aos quatro cantos, e comecem a olhar de fato para a cidade real com suas quase duzentas favelas e a quinta mais desikgual do país.

Responder

lúcio

26 de abril de 2010 às 01h37

(*) Isto porque estava gravando uns DVD's aqui e como domingo a noite não tem mais nada que presta…. tive que ser obrigado a assistir isto… Gugu, Pânico, Sílvio Santos, filme ruim na Band chegam a ser piores…

Abra um bom livro então caríssimo amigo, mas peço-lhe que poupe-nos de comentários tão pueris.

Responder

    Ormmus

    26 de abril de 2010 às 02h21

    Po, eu gostei do comentario dele!
    Humor é necessário!! E produtivo!!

Paulimbh

26 de abril de 2010 às 01h18

Não estariam as ações deletérias, de ambos os lados, sufocando o potencial de informação e discussão políticas imaginado para as redes sociais? O futuro dirá, e acho que em breve.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    26 de abril de 2010 às 21h06

    Concordo. Daí o esforço, de "normatização" da internet. Mas isso acontece um passo acima de partidos. O pensamento livre incomoda, especialmente quando se dá na esfera colaborativa da internet. abs

josé fernandes

26 de abril de 2010 às 01h03

sensacional! … muito esclarecedor e sombrio.,eles (psdb e dem)são assim mesmo, não tem Pátria. sujeira pra todo lado.

Responder

Roberto Weber

26 de abril de 2010 às 00h46

Falando em jugo sujo, a última "veja" diz que o Vox Populi apresentou o candidato "josé serra" como "arres esoj"… e querem que acreditemos.
Não se deram nem à obrigação de anexar documento que comprove este disparate.

Responder

amilton

26 de abril de 2010 às 00h40

Assustador, pra não dizer aterrador, a leitura do post do Leandro mais parece enredo de filme de terror do que um comentário sobre politica e internet. Continuo achando que o PT ainda muito devagar para abafar e realmente contra atacar, (sem as torpezas e baixarias emitidas pelos DEMOTUCANOS). Tem que ter mais agilidade, mais presença, mais marcante, não ficar no clima de já ganhou pois, temos 3 gigantes da midia a infernizar e a massacrar todo o nosso povo dioturnamente, insesantemente e sem mêdo, pois que até o momento não foramo objetos de nenhuma ação judicial (na minha visão falta de agilidade e coragem do PT e do nosso Lula (como bem cunhou o PHA quando o traira do Gilmas Dantas o chamou pras falas)). Tem que denunciar, correr pois os trogloditas estão mortos de mêdo e o mêdo é o pior dos conselheiros.

Responder

Iukio

26 de abril de 2010 às 00h18

Golpe em marcha (4 parte)
Assim, as duas últimas ações do repertório Lacerdista acima citadas estarão concluídas, isto é: se eleita, não permitiremos que tome posse e se tomar posse, nós a destituiremos.
Se, ainda assim, eles não conseguirem o seu objetivo, farão o mesmo que fizeram com o governo Lula durante o seu mandato, isto é, uma campanha sistemática contra o governo Dilma, com escândalos pré-fabricados, feita através da mídia tendenciosa(PIG) que nós já conhecemos.
É, companheiros! Precisamos estar atentos e denunciar essas tentativas!

Responder

    Paulimbh

    26 de abril de 2010 às 01h35

    Desculpe a franqueza, mas esse papo de golpe em marcha, ilustrado por argumentação assim delirante, soa a preguiça mental, a festival de chavões, ótimo para impedir o avanço de um debate inteligente e esclarecedor. E, se interessar possa, nunca fui, e nunca serei eleitor de Serra, nem de seus aliados.

    américo

    26 de abril de 2010 às 02h53

    Caro debatedor inteligente e esclarecedor,
    "nunca fui, e nunca serei eleitor de Serra, nem de seus aliados"
    quem escreve uma frase dessa realmente quer um debate inteligente e esclarecedor.
    Sugiro primeiro explicitar sobre que assunto inteligente e esclarecedor o "postador" quer ter.

    francisco.latorre

    27 de abril de 2010 às 06h02

    não vai dar certo.

    falta combinar com o lula. e com o povo.

    mas vão tentar. se vão..

    ..

Iukio

26 de abril de 2010 às 00h17

Golpe em marcha (3ª parte)
1ª tentativa: Fraudar o programa de computador que totalizará os votos para presidente, desviando votos dados à Dilma para o Serra. Como a recontagem de votos é inviável, a justificativa será baseada nas pesquisas tendenciosas feitas por aqueles institutos de pesquisa (lembrem-se do caso Proconsult/Rede Globo)
2ª tentativa: Se a anterior fracassar, restará ainda a contribuição ilegal (traficantes, por exemplo) feita por alguém previamente escolhido pela quadrilha da oposição, com recibos comprobatórios dessa irregularidade. Ora, o julgamento será feito pela Justiça Eleitoral, que é composta por elementos pertencentes à mesma quadrilha(continua).

Responder

Mc_SimplesAssim

26 de abril de 2010 às 00h17

Nesta campanha eleitoral de cartas marcadas não há mocinhos.

Responder

Iukio

26 de abril de 2010 às 00h14

Golpe em marcha (2ª parte):
A – Ultimamente alguns fatos singulares estão ocorrendo no cenário político nacional, tais como:
A1- Cassação de políticos em cargos executivos (prefeitos e governadores), pelos mais variados motivos, inclusive doações ilegais.
A2- Pesquisas de intenção de voto para a presidência a república feitas por instituições altamente suspeitas (IBOPE, Data-Folha, etc…) conflitante com as feitas por outros órgãos (Vox Populi, por exemplo). Lembro ainda que a ausência do voto impresso nas eleições brasileiras inviabiliza qualquer tipo de pedido de recontagem dos votos.
É fácil constatar a técnica que eles utilizarão para impedir, a qualquer custo, a eleição de Dilma Rousseff(continua).

Responder

Iukio

26 de abril de 2010 às 00h10

Há um golpe em marcha contra a candidatura de Dilma Rousseff (1ª parte):
Nos anos 50, o conhecido facínora chamado Carlos Lacerda dizia, a respeito de seu inimigo político:
Não permitiremos que se candidate.
Se se candidatar, não permitiremos que seja eleito.
Se eleito, não permitiremos que tome posse.
Se tomar posse, nós o destituiremos.
Essa era a democracia da antiga UDN (hoje PSDB e/ou PFL/DEM)
Esse procedimento já está sendo adotado pela oposição, que é constituída no nosso país pelos seguintes segmentos sociais:
1- Toda a mídia, onde despontam o Globo, Folha, Estadão, Revista Veja, etc…
2- A Justiça em sua grande maioria, onde se destacam a STF (Gilmar) e o TSE.
3- Os conhecidos apresentadores de telejornais (a quase totalidade)

Assim, é fácil observar que um Golpe contra a candidatura de Dilma Rousseff está em marcha pelos motivos abaixo enumerados(continua):

Responder

Ronaldo Ribeiro

26 de abril de 2010 às 00h06

Falam que a Dilma nunca foi eleita…..Pois bem, o FHC foi só senador e depois ministro antes de ser presidente. Nunca foi eleito para o executivo. Pergunya: Qual a diferença de FHC e Dilma???? Grande demais em pensamneto e ideias políticas…..divulguem

Responder

    Leider_Lincoln

    26 de abril de 2010 às 01h42

    Ronaldo, aí você comprova a tese dos críticos rapaz. Dar o FHC como exemplo? Cite o Lula.

    Marta

    26 de abril de 2010 às 19h20

    Ronaldo, você se esqueceu de citar que o Lula nunca foi vereador, prefeito, governador, secretario de estado, ministro. E no entanto foi eleito e reeleito. Assim o será Dilma Roussef.
    Na verdade, parece-me que essa tal de "experiência" está mais pra "esperteza" do que pra capacidade de governar.

sergio

25 de abril de 2010 às 23h20

serra está bem acompanhado, a kgb dele já infiltrou policiais na greve dos professores, esperar o que desse pessoal?

Responder

Maria 1

25 de abril de 2010 às 23h10

Tem tantos e poderosos interesses metidos nesta eleiçao que assusta. Qualquer evento aparentemente irrelevante, circunscrito ou não à questões rotineiras, pode ter mais implicações do que teria em um momento diverso do que o que se estabelece numa sucessão presidencial de um país com a importância do Brasil. Buscando informaçõe no site do PSB sobre a questão do Ciro, encontrei duas notas, informando que o partido definirá nesta semana o lançamento ou não de candidato próprio. Li tb diversas notícias de interesse do PSB, incluindo a informação, em 22.04.2010, de que o Embaixador do EUA no Brasil, Thomas Shannon Jr., visitara o governador do Ceará, Cid Gomes, com o objetivo, segundo o embaixador, "de estreitar as relações comerciais entre o Ceará e os Estados Unidos". Eis um fato banal, que deve ser comum à rotina de embaixadores pelo mundo. O momento em que aconteceu, porém, me deixou com a "pulga atrás da orelha". Mas, reconheço, foi somente um pensamento maluco. Certamente, nenhuma relação do encontro protocolar com as "cutucadas" do Ciro logo em seguida.

Responder

    Arnold Bezerra

    26 de abril de 2010 às 10h49

    Quanto a sua cisma, você pode tirar isto da sua cabeça. O Embaixador Americano deve ter ido ao Ceará a turismo. E lá, como ele é uma pessoa de destque o Governador deve ter feito empenho pessoal em conhecé-lo. Só isto e mais nada. Não ha conspiraçao em uma simples visita. Os marqueteiros aproveitaram o fato para realçar a visita.

Klaus

25 de abril de 2010 às 23h04

Jogo sujo na rede foi a foto falsa da Dilma em seu site. O pior foi a explicação. Um post biográfico de Dilma Roussef, com o título "Minha Vida", ilustrado com três fotos: a primeira, Dilma criança e a terceira Dilma nos dias de hoje. A segunda, que ilustraria sua juventude, colocaram uma foto de Norma Bengell, numa passeata durante a ditadura. Mas quem achou que era a Dilma é que entendeu errado, não era intenção do site a confusão. Era só uma ilustração. Ok.

Responder

Leider_Lincoln

25 de abril de 2010 às 22h51

Repararam como a trollagem aumentou depois que Serra saiu o candidato do PSDB? Imaginem quando ele finalmente conseguir achar um vice! Dizem que os 2 ou 3 blogueiros tocantinenses que apoiam a Kátia Abreu, autores dos tocantineamente conhecidos "Moto Serra, Mato Dilma" e "Latifúndio de Ideias" são barra pesadas…

Responder

mila

25 de abril de 2010 às 22h47

BLOG OLEO DO DIABO DE MANOEL DO ROSÁRIO. http://oleododiabo.blogspot.com/

Estadão publicou hoje matéria na qual admite que Dilma Rousseff tem um grande e inexplorado potencial de votos. Confira o gráfico acima. Mesmo depois de tanta campanha, apenas 14% afirmam conhecê-la bem. E 7% dizem que nunca ouviram falar dela. Já o seu adversário, José Serra, é bem mais conhecido: 29% dos entrevistados do Ibope declararam que o conhecem bem, e somente 1% confessam que nunca ouviram falar do vampiro. A maioria dos que não conhecem Dilma são pobres. O nordeste é a região onde ela é menos conhecida.

Responder

    Ubaldo

    25 de abril de 2010 às 23h39

    Os 7% que nunca ouviram falar da Dilma votem em sua maioria na Dilma não muda muito o quadro de votos atual.
    Há uma grande quantidade de petistas que declaram que não votarão na Dilma. Tem petista declarando voto para o Ciro, que é carta fora do baralho, na Marina e até no Serra. Pode?


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.