VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

India Times: Lula, “o cara”


09/04/2010 - 11h35

Why Lula Is The Man

Shobhan Saxena, Apr 9, 2010, 12.00am IST

do Times da Índia, via twitter do Tão Gomes Pinto

Brasília — Recentemente, a secretária de Estado dos Estados Unidos Hillary Clinton pressionou o presidente brasileiro Lula da Silva para que o Brasil se juntasse aos Estados Unidos na imposição de novas sanções contra o Irã. Lula rebateu Clinton dizendo que “não é prudente empurrar o Irã contra a parede”. Não é o que Clinton gostaria de ter ouvido de um país que tem um dos assentos não permanentes no Conselho de Segurança das Nações Unidas e faz lobby por um assento permanente.

Subsequentemente, em Tel Aviv, Lula chocou líderes israelenses por se negar a visitar o túmulo do pai do sionismo, Theodore Herzl. Em maio, Lula vai ao Irã para se encontrar com o presidente Ahmadinejad, uma decisão que jornais dos Estados Unidos descreveram como “não representativa de um país que aspira ser considerado um igual entre os líderes do mundo”. Lula está agindo como um líder mundial?

Caçoado pelos comentaristas do Brasil por sua gramática imprecisa, Lula se tornou um hit no palco mundial com seu estilo de homem comum. Na cúpula financeira sobre a crise global em Londres, no ano passado, ao ver Lula o presidente Barack Obama gritou: “Lá está o meu cara. Eu amo esse cara. Ele é o político mais popular da terra”. As declarações de Obama foram feitas apenas alguns dias depois do brasileiro ter atribuído a crise global ao “comportamente irracional dos brancos de olhos azuis que antes da crise pareciam saber tudo sobre economia”. As declarações de Lula fizeram a elite brasileira ranger os dentes.

A nove meses de deixar o poder, Lula viaja o mundo atacando a ONU pelo “sistema de castas”, o mundo rico em Copenhagen e em campanha por um maior papel global para “poderes emergentes” e pregando o “diálogo” com o Irã. Isso fez alguns observadores ocidentais se perguntarem se ele está seguindo os passos de Hugo Chávez como “gladiador da batalha antiimperialista”.

Nada mais distante da realidade. Lula se tornou um herói em casa e um estadista no mundo por razões genuínas. No Brasil, sua taxa de aprovação está em 76%, um recorde para um presidente em fim de mandato. Sua conquistas domésticas foram sem precedentes: desde 2003, ele mais que dobrou o salário mínimo para o equivalente a 300 dólares, ajudou a tirar 20 milhões de brasileiros da pobreza e derrubou a dívida pública para 35% do PIB (de 55%).  No ano passado, os reais brasileiros foram a quinta moeda com melhor performance do mundo, a inflação caiu para 4% e o país navegou pela crise econômica mundial quase sem danos.

Graças aos programas sociais de Lula, os maiores beneficiários do crescimento foram os pobres para os quais o presidente, que cresceu engraxando sapatos e dividindo um quarto com a mãe e oito irmãos, é um símbolo de esperança. A popularidade de Lula é tão grande que ele até recebeu crédito pela descoberta de petróleo na costa do Brasil.

O país pode se tornar em breve o terceiro maior produtor de petróleo do mundo e Lula já anunciou planos para gastar a renda do petróleo com programas contra a pobreza.

Naturalmente, Lula cometeu erros. Houve escândalos no governo e ele tem sido criticado pela esquerda do Partido dos Trabalhadores por ter se movido “muito para o Centro”. Mas ninguém questiona sua maior conquista: o posicionamento do Brasil no mundo. Lula converteu o músculo econômico em influência global ao promover o comércio “sul-sul” e crescentes ligações políticas com países em desenvolvimento. O que explica suas posições sobre o Irã, com o qual o comércio do Brasil cresceu 40% desde 2003. A químic com Ahmadinejad é tão boa que Obama pediu ao Brasil que medie as relações do Irã com os Estados Unidos, algo que Lula adoraria fazer.  Na passagem por Tel Aviv, Lula sugeriu “alguem com neutralidade” para mediar o processo de paz no Oriente Médio. E ele não queria dizer Tony Blair.

Uma vez caçoado pela elite que bebe caipirinha em Copacabana, que “temia” que Lula poderia envergonhar o Brasil no exterior, o ex-operário metalúrgico tem demonstrando um domínio sólido da política externa. Durante seu primeiro mandato, ele trabalhou por relações mais próximas com a Índia, a China e a África do Sul.

Hoje a China, não os Estados Unidos, é o maior parceiro comercial do Brasil. Jogando um papel crucial na criação da IBSA e da BASIC, dois grupos envolvendo o Brasil, a Índia, a China e a África do Sul, Lula se tornou a voz mais forte das nações emergentes em questões globais como as mudanças do clima e a crise financeira. Com o movimento dos não-alinhados morto, esses grupos se tornaram a voz da Ásia, da África e da América Latina em questões globais. Descrevendo Lula como “uma referência para os países emergentes e também para o mundo em desenvolvimento”, em 2009 um importante jornal francês escolheu Lula como “homem do ano”.

Lula é o homem do momento porque ele seguiu uma fórmula simples, a de reforçar a economia doméstica, desligando o sistema financeiro do Brasil dos Estados Unidos, cultivando relações com países emergentes e seguindo uma política externa independente. E é por isso que ele pode falar o que quer em qualquer assunto.

Chamem de sorte, mas a falta de líderes carismáticos em outras nações emergentes também ajudou.  Hoje, a China e a Índia são lideradas por tecnocratas, não por líderes de massa, a África do Sul não produziu um líder conhecido desde Nelson Mandela e o presidente da Rússia Vladimir Putin não tem as credenciais democráticas. Neste cenário, Lula agarrou a oportunidade com as duas mãos. Um líder indiano com imaginação poderia ter escrito este papel para si próprio.

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



79 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Jhonathan

31 de maio de 2010 às 20h49

Lula é o melhor lider que este pais ja teve.
Gente gostaria que me respondessem uma pergunta simples…com uma resposta completa e que realmente "responda a essa pergunta".
Porque os professores,em geral,nao gostam do LULA?
(a maioria dos professores que conheço,o criticam)

Responder

caedmods

05 de maio de 2010 às 04h06

Nunca na história deste País um aluno da escola pública se formou em medicina em universidades federais. Hoje vemos isso ocorrer anualmente! Milhares – eu disse milhares! – de estudantes públicos formando-se em medicina, direito, engenharia, etc.

Responder

....

29 de abril de 2010 às 15h49

Lula pq nao vc denovo!! Vamos mudar essa constituicao.

Responder

Roberto Takata

11 de abril de 2010 às 04h56

Comentário menor: "que medie as relações do Irã com os Estados Unidos" – que *medeie*.

Química também apareceu sem o 'a' final em um trecho.

[]s,

Roberto Takata

Responder

valmont

10 de abril de 2010 às 14h52

Eu voto em projetos, não em pessoas. Lula, ao meu ver, encarna um símbolo. Sem dúvida é um homem notável pela sua persistência, coragem, liderança carismática e sobretudo pela sua capacidade de comunicar-se com o povo. Mas eu sei que por trás do símbolo existem milhares de pessoas excelentes dedicando-se ao trabalho diuturnamente para que o Brasil dê certo. E com certeza essas pessoas continuarão ao lado de Dilma Roussef.
É nesse povo que eu deposito as minhas esperanças e o meu voto: o povo VERDADEIRAMENTE brasileiro.

Responder

    Renato-JF

    10 de abril de 2010 às 22h15

    Ah, tá, entendi… O Lula é escandinavo, n'é…

India Times: Lula, “o cara” | AAmigos de Aracaju

10 de abril de 2010 às 10h51

[…] viomundo, que teve como fonte Shobhan Saxena, Apr 9, 2010, 12.00am IST do Times da Índia, via twitter do […]

Responder

Bebeto

10 de abril de 2010 às 13h34

Reforçando o pedido do Leitor, não consigo repassar os artigos por e-mail.

Responder

mila

10 de abril de 2010 às 12h31

Com relação a tal base dos USA no Rio, é tudo mentira.http://www.cartacapital.com.br/app/materia.jsp?a=… O santanyana e o Paco- PHA estão reverberando mentiras do PIG.
Lula para o Brasil é o CARA e BASTA. É o que importa. Por isso Lula não deve mais tentar retornar ao governo em 2014. Lula já cumpriu sua missão e tem direito de usufruir de suas conquistas gloriosas. Ficará para a Historia como Getulio e Juscelino. O trols desaparecerão momentaneamente hoje. Estão fazendo numero na festa do serra.

Responder

zeppelim

10 de abril de 2010 às 08h47

Concordo com cada palavra … pena que a mídia Brasileira não pense assim … ACHO QUE NUNCA NA HISTÓRIA DESTE PAÍS, tivemos uma população com a auto-estima tão elevada e a mídia sempre escondendo ou distorcendo os feitos do nosso presidente… tá certo que tem muita coisa errada, muita coisa por fazer mas sem dúvida que pra um simples operário, sem estudos, sem credibilidade… ele foi longe demais … PARABÉNS PRESIDENTE LULA … o cara

Responder

Lula pelo mundo « Share your thoughts

10 de abril de 2010 às 05h26

[…] Lula pelo mundo Saturday, 10 April, 2010 Lula pelo mundo. […]

Responder

Fernando Oliveira

10 de abril de 2010 às 03h14

Mais um tapa nos cornos dos execráveis Jabores, Mainardis, Mervais e Garcias, vagabundos arrogantes de consciências e almas vendidas. Dá-lhes, Lula!…
É couro no lombo dessa canalha,
É Dilma 2010!!!…

Responder

Lu Busis

10 de abril de 2010 às 04h38

Eu nunca duvidei desse CARA. Só esperava ansiosamente pelo momento de ver que minhas espectativas seriam confirmadas. É o que estamos vendo. Valeu esperar de 1989 a 2002!!!

Responder

Fabio_Passos

10 de abril de 2010 às 03h46

É verdade.
Como é engraçado lembrar que a "elite" branca e rica afirmava que Lula iria envergonhar o Brasil diante do mundo.
Preconceito explícito.
Desprezo pelo próprio povo… que é a cara do Lula.

Até na India já estão caçoando desta nossa "elite" mofada e incompetente.

Responder

O Brasileiro

10 de abril de 2010 às 03h14

Eu já sabia… porque não assisto nem leio o PiG.

Responder

Leitor

10 de abril de 2010 às 02h54

Pô Conceição Lemes, ainda não conseguí enviar nenhum post do novo viomundo por e-mail.
O que é que tá acontecendo?

Responder

    Conceição Lemes

    10 de abril de 2010 às 07h35

    Leitor, repassarei a sua observação ao Leandro Guedes. Abs

cristiano

10 de abril de 2010 às 02h09

o brasil avançou muito com lula
só que o pig finge que ñ ver
como ja disse lula eles sabem que o brasil mudou de patamar
agora e dilma
cristiano ribeiro-cruz das almas bahia

Responder

Dirce Novo

10 de abril de 2010 às 00h21

E como o "cara" vai resolver ou explicar isto:
Mauro Santayana
Com todas as explicações, incluídas as do Itamaraty, em nota oficial, é inconveniente o Acordo Militar que o Brasil está pronto a assinar com os Estados Unidos. Podemos firmar acordos semelhantes com países que podem comparar-se ao nosso, mas não com aquela república. É lamentável que esse tratado seja negociado pelo atual governo.
Segundo a imprensa internacional, prevê-se a instalação de uma base norte-americana no Brasil. A última base americana em nosso chão se limitava ao acompanhamento dos primeiros satélites artificiais, em Fernando Noronha. Ela foi discretamente fechada em 1961, por iniciativa de Tancredo que, como primeiro-ministro, negou-se a prorrogar o convênio.
— Será que é para isto que o jobin está aonde está?

Responder

matinta

09 de abril de 2010 às 23h59

O Brasil e o Lula, pode inspirar outros países e outros líderes a seguir um caminho parecido, o de adotar um postura na politica externa parecida, embora os outros países BRIC não tenham uma vocação muito pacifista e uma diplomacia show de bola com um exemplar jogo de cintura… Agora, fico pensando no que seria desse legado nas mão de José Serra… Hoje, diante do cenário que temos, votar em J.Serra seria como votar em um G.W. Bush subserviente na política extena.

Responder

JSB

09 de abril de 2010 às 23h22

Tendo chegado aos 70 anos, a maior parte deles sem alcançar os motivos da absurda desigualdade existente em países como o nosso e sem ter a esperança de ainda assistir nesta geração a extraordinária início de transformação de uma sociedade, considero-me um felizardo de participar deste momento histórico. É um pena que uma grande parte do nosso povo, teleguiados por uma mídia escancaradamente manipuladora para preservar previlégios desumanos, ainda não se incorporaram à onda revolucionária, esta a melhor de todas, pois feita sem sangue e destemperos.

Sou brasileiro, não mais porque nasci no Brasil, mas sou brasileiro, porque pertenço a um grupo ao qual defendo e sou defendido por ele. Sou brasileiro porque tive a felicidade de nascer em um local fértil, grande, com imensos recursos naturais, com um potencial enorme ainda a ser revelado. Torço para encontrarmos líderes que tenham a sabedoria, feito Lula, de não cometer os erros dos que já foram ou ainda são super potências e saiba nos conduzir de maneira equalitária com o resto da humanidade.

Sou brasileiro, sou feliz.

Responder

    francisco.latorre

    10 de abril de 2010 às 03h34

    bom demais.

    valmont

    10 de abril de 2010 às 14h01

    Parabéns, JSB!
    Que o senhor tenha muitos anos de vida para assistir à libertação do povo brasileiro deste jugo midiático podre que o acorrenta.
    Com Dilma Roussef e Lula chegaremos lá.

sergio

09 de abril de 2010 às 23h19

e aí pig?

Responder

Jeann Carlos Mese

09 de abril de 2010 às 23h07

O povo brasileiro já estava cansado destes falsos líderes com Fernando Henrique Cardoso que não sabe diferenciar um pé de couve de um pé de cóco. Precisávamos de alguém como o Presidente Lula, um lider trabalhador, nacionalista, um homem que pensa no Brasil e não estes parvos da oposição. Imaginem vocês o tamanho do retrocesso se este pessoal voltar ao governo? Será o Caos! Este pessoal Psdb , Dem e Pps são capazes de vender a própria mãe e pior entregar. Vamos tomar muito cuidado vamos eleger Dilma com uma votação grande e também devemos ter cuidado em escolher Deputados e Senadores.

Responder

RIBA

09 de abril de 2010 às 22h59

Está comprovado: LULA é O CARA em todas as línguas…A exceção fica por conta de uma viúvas de FHC,ARRUDA,ZÉ SANGUESSUGA SERRA e asseclas.

Responder

Rivair

09 de abril de 2010 às 22h56

Num determinado dia li um livro ou artigo no qual citava que a Índia poderia se tornar uma potência,a partir do momento em que se decidisse entre Ocidente ou Oriente…Faltou este autor mencionar que, se viessem a São Bernardo do Campo,no setor de montagem de uma determinada montadora,encontraria um metalúrgico,meio "brucutu",voz rouca e com uma deficiência em uma das mãos,o qual num piscar de olhos diria:vocês têm um pé no Ocidente,mas o corpo e a mente está no Oriente,então procurem arrumar suas casas,dos seus vizinhos e logo em seguida conquistarão o mundo.

Responder

José Jesus Vicente

09 de abril de 2010 às 21h54

Eu não tenho nada a comentar sobre esse CARA. Não só votei, mas como bom caboclo trabalhei duro em todas as campanhas, desde 1989, para eleger esse SAPO à Presidência. E não é que o sapo virou príncipe e hoje já e REI.

CAIPIRA – Tapiraí-SP

Responder

    victor lopes

    09 de abril de 2010 às 23h39

    Por favor nao chame o nosso presidente de sapo,se nao vou te afogar na cachoeira do cha.
    Serio!!! fiquei feliz em saber que em Tapirai tem gente esclarecida

    abs Victor

Roberto CR

09 de abril de 2010 às 21h48

"Neste cenário, Lula agarrou a oportunidade com as duas mãos. Um líder indiano com imaginação poderia ter escrito este papel para si próprio."

Creio que esta é a frase mais importante do texto. Claramente é um chamado a classe política indiana para procurar um espaço próprio no sistema internacional, e que seja digno do estatus do país.
Acho que Lula teve uma combinação de sorte e competência. Teve competência e administrou a sorte. Teve sorte e somou a competência. Meu receio é que o próximo presidente eleito não seja capaz de manter esse padrão estabelecido por Lula nos relacionamentos políticos internacionais, seja por inexperiência ou arrogância, visto que, como diz a frase, percebe-se que não será possível deixar a um só personagem a importância que se dá a Lula. E este será o nosso segundo round: manter o que foi construído econômica e politicamente nas próximas gerações e com o espaço criado agora. Este será o período em que as novas lideranças brasileiras deverão apresentar projetos muitíssimo mais sofisticados do que o realizado nos últimos 16 anos. E não será coisa para os aventureiros que imperam nesse momento em nosso quadro político.

Responder

    Alcino

    09 de abril de 2010 às 23h38

    A avenida que Lula abriu transcende o presente e projeta-se para o futuro. Está pavimentada e bem sinalizada. É só saber percorrê-la com a impulsão dos mesmos princípios e com a disposição fortíssima de trabalhar ininterruptamente. É o que se espera de Dilma Rousseff.

    alexANDRE

    09 de abril de 2010 às 23h40

    Esse é o ponto forte do Lula: a imaginação. o indiano sacou tudo

    francisco.latorre

    10 de abril de 2010 às 05h33

    por isso é uma mulher depois de lula.

    depois do trabalhador a mulher.

    pra continuar a mudança. concreta.

    da práxis do trabalhador à práxis feminina.

    estraçalhando com os padrões herdades do passado colonial-escravista-explorado.

    os homens da oligarquia.

    a plebe é poder. a mulher é poder.

    quem mandou começar com essa história de democracia.

    é a revolução. sutil e silenciosa.

    democracia demografia informação.

    a democracia e a demografia já são nossas. em disputa a informação.

    anos incríveis.

Flavio

09 de abril de 2010 às 21h32

Taí, isso que é texto imparcial.

Responder

lobo

09 de abril de 2010 às 21h27

E a esposa do Goldman hahauhauhau ! Imagina ela lendo uma reportagem dessa… Bom, na verdade e dificil imaginar alguem que so le CARAS e derivados e que acha que pobre precisa mais de casaco que comida e educacao ! lamentavel ! Vai Dilma, povo Brasileiro vamos nos dar essa alegriaaa ! !
Lula e o cara e Dilma a mina ! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

jun

09 de abril de 2010 às 20h46

E diziam que por não falar ingreis, o "cara" só iria dar vexame lá fora. Aquele que sabia falar francês, doutor, não foi lá grande coisa.

Responder

Edimilson

09 de abril de 2010 às 20h24

Lula é o cara e nóis estamos com o cara,e com a DILMA é claro!

Responder

Carlos

09 de abril de 2010 às 20h04

Mas não se esqueçam, camaradas, que não basta votar na Dilma.
Temos que tomar M U I T O cuidado com quem escolheremos para o congresso, porque é lá que as coisas andam, ou param…

Responder

Maria Dirce

09 de abril de 2010 às 19h44

Uma vez caçoado pela elite que bebe caipirinha em Copacabana,maior verdade toma pig bebe bastante caipirinha em copacabana de preferência no projac!!!!!(sic)

Responder

Ubaldo

09 de abril de 2010 às 19h35

Interessante que mesmo o Lula reclamando sempre da imprensa e querendo controlar os veículos de comunicação (PNDH-3) ele tenha 92% de aceitação entre os jornalistas.
Se eu fosse desconfiado, o que não é o caso, eu diria que há muito jornalista anexado aos sindicatos e ao PT que está recebendo bolsas, ajuda de custo e publicidade paga pelo governo nas revistas e sítios partidários.
Mas é lógico que isso não acontece. A enorme aceitação é devido ao reconhecimento pelos jornalistas do grande trabalho que ele está fazendo pelo país.
Estou espantado com o altruísmo dos jornalistas!

Responder

    Leider_Lincoln

    10 de abril de 2010 às 02h10

    Ubaldo por que você não se espanta com a abnegação dos donos dos meios de comunicação em que eles trabalham e que já se declararam publicamente como partido de oposição informal? Hipocrisia? Ou por que seu discurso é oco como sua cabeça?

    Mauro Oliveira

    10 de abril de 2010 às 12h54

    Ubaldinho, nega!!

    A aceitação de Lula entre jornalistas não tem grande diferença da aceitação dele na população, entre advogados, catadores de lixo, cabeleireiros ou arquitetos. Engula que o cara é o cara. E vá se conformar com suas fronhas de seda.

    valmont

    10 de abril de 2010 às 14h20

    Significa apenas que os nossos jornalistas são bem informados, não leem Veja, FSP, O Globo, nem assistem rede gloebbels e cia (pelo menos sem o senso crítico atentamente ligado na potência máxima).
    Assim como muitos brasileiros, eu também encontrei novos meios para encontrar a verdade dos fatos e sair da "matrix global".
    E estamos muito bem assim.
    Infelizmente, um contingente considerável da nossa classe média ainda se ilude com o PiG. No entanto, mais cedo ou mais tarde, essas pessoas esbarrarão com a verdade na Internet e descobrirão como vinham sendo tratadas como "trouxas" pelos marinhos, civitas e demais coronéis midiáticos.
    É como abrir os olhos para um novo mundo.

Joana

09 de abril de 2010 às 18h45

Ainda bem que no exterior eles conseguem diferenciar a opinião popular da opinião da mídia nacional, representante das elites. Lula está finalmente obtendo o reconhecimento que merece. É um líder mundial!

Responder

    Paulo

    10 de abril de 2010 às 01h02

    Muito bem observado, Joana!!

    Fred Oliva

    10 de abril de 2010 às 12h10

    É simples Joana…

    No exterior, eles sabem diferenciar alguém teoricamente bem preparado, como FHC, mas descompromissado em promover mudanças sociais sérias e, por exemplo, um Lula; não tão bem preparado culturalmente mas com energia e visão de estadista para investir na base da pirâmide social e realmente trabalhar para minimizar o absurdo desequilíbrio social e econômico de países como o Brasil, a Índia e tantos outros.

    No modo de ver dos herdeiros da colonia, que continuam mentalmente colonizados e firmemente instalados na Casa Grande, estadista é aquele que sabe tomar chá com a Rainha sem confundir as xícaras e os talheres.

    A opinião pública internacional sabe distinguir perfeitamente um e outro.

    Abraços.

Daniel Francelino

09 de abril de 2010 às 18h37

Aves de rapina -corvos- travestidos de pássaro da fauna brasileira há 30 anos, filhotes lambe-botas dos mais de 20 anos de holocausto tingido de verde-oliva devem estar em rota de colisão uns contra os outros, em suicídio coletivo, depois de uma notícia dessas. Que infelizmente, não veremos nos "jornalões" comprados –em todos os aspectos– diariamente por reaças e neo-liberas de botequim.

Responder

augustinho

09 de abril de 2010 às 18h36

O que mais doi no cotovelo mental da velha elite, inclusive a acadêmica, é que o torneiro mecânico vem destruindo as pTeses, elas proprias, mais queridas do extrato SUPERIOR deste patropi. Lula detona teses deles uma após outra.
Por ex. "Previdencia é deficitaria" "O salario minimo não pode ter aumentos reais sob pena disto e daquilo…"
Programas como b Familia são desperdicio sob ponto de vista economico, e incentivo a preguiça dos pobres"
O peso do Estado deve reduzir-se, poque é um mero parasita". " O PIB potencial vai somente até 3.5% "Plataforma de petroleo compra-se onde for mais barato"..
As cotas raciais produzirão um nivel sub-universitario…" Nosso comercio tem que centrar-se no mundo rico" etc. etc.
Teses longamente acalentadas, divulgadas, tonitruadas aos quatro ventos, pois, pois.
Dançaram porque um apedeuta que ´teima´ nao acreditava nelas.
É pra desesperar mesmo!

Responder

    francisco.latorre

    10 de abril de 2010 às 05h20

    a práxis do operário escangalhou a metafísica acadêmica.

    uns e outros perderam o chão.

    à direita e à esquerda.

Daniel Francelino

09 de abril de 2010 às 18h31

Aves de rapina -corvos- travestidos de pássaro da fauna brasileira há 30 anos, filhotes lambe-botas dos mais de 20 anos de holocausto tingido de verde-oliva devem estar em rota de colisão uns contra os outros, em suicídio coletivo, depois de uma notícia dessas. Que infelizmente, não veremos nos "jornalões" comprados –em todos os aspectos– diariamente por reaças e neo-liberas de botequim.

Chora, Tucanalhada…. Chorem, DEMagogos

Responder

francisco.latorre

09 de abril de 2010 às 15h15

lula o cara.

Responder

yacov

09 de abril de 2010 às 17h39

Nossa!!! Fico imaginando o BOLSA-FAMÍLIA na Ìndia…. Acho que o país decolaria tanto quanto o Brasil. LULA é o CARA mesmo, isso é inconteste. A não ser para nossa direita retrógrada, gorda e preguiçosa que gostaria de ficar eternamente tomando conta do caixa do país, à sombra dos grandes capitais internacionais, sejam ele americanos, ingleses, franceses ou o que for, explorando a miséria de seu povo e viajando par MIAMI nas férias, apregoando aos quatro ventos que não temos dinheiro para nada e temos que saber o nosso lugar… Um bando de desclassificados.

FORA PSDBorrabotas DEMentes e PIg'SS!!!
QUERO LULA DE NOVO QUERO DILMA 2010 MEU POVO!!!

Responder

mauro

09 de abril de 2010 às 17h02

Lula Lá , sempre . O nosso cara.
Dilma, é a presidente do Cara

Responder

Leider_Lincoln

09 de abril de 2010 às 16h41

Mas o grande Ubaldo discorda, por que ele é um jênio e o resto do mundo é burro! Ah, os patrões dele também discordame eles sabem de tudo, de boimates a técnicas modernas de falsificação de fichas policiais.
Fala aí, Ubaldo, surpreenda-nos com sua sabedoria!

Responder

    francisco.latorre

    09 de abril de 2010 às 17h39

    não chama…

    Carlos

    09 de abril de 2010 às 19h57

    Que venha ele e também o Klaus e o Dvorak… A coisa ficará mais divertida.

    Flavio Lima

    10 de abril de 2010 às 14h07

    Por falar em trolls, o novo formto do Viomundo os desfavorece, pois podemos colocar nossas resposta bem abaixo das asneiras que eles falam. O bastos pelo jeito fugiu…

    francisco.latorre

    10 de abril de 2010 às 22h28

    os trolhas sifu com a nova tecnologia.

    dá pra espremer os baratas na parede.

    Leider_Lincoln

    10 de abril de 2010 às 11h25

    Olha, sabe por que chamo? Para o debate. Como o discurso destes trols é previsível e batido, eles só sabem lançar suas palavras e correr. Não têm nenhuma capacidade argumentativa, fora da cartilha deles. Você viu a resposta dele, que coisa mais medíocre e patética? Pois bem: você viu, eu vi, todos aqui viram.
    Ele diz, em vários comentários, que deseja o debate, mas nós sabemos que ele mente. Ele é pago para usar este sítio como palanque de ideias ocas. Deixando isto explícito, alertamos os eventuais leitores que não o conhecem, nem a trols como ele.

    Ubaldo

    09 de abril de 2010 às 19h25

    O número de pontos neste sítio é diretamente proporcional ao grau de alienação do comentarista.

    Carlos

    10 de abril de 2010 às 01h06

    isso é o que chamamos de "retórica emotiva vazia"!

    Leider_Lincoln

    10 de abril de 2010 às 02h14

    Oh, que resposta inteligente a sua Ubaldo! Olha que eu me espanto com seu nível intelectual, hein? Diz a verdade: demorou muito para sair esta "jenial pérola"? Sinto saudades do John Bastos, devo admitir; ele pelo menos tinha, quando queria, refinamento intelectual. Há momentos em que penso que, se estivesse dialogando com alcachofras, eu estaria diante de desafios maiores…

Renilton Cruz

09 de abril de 2010 às 16h24

Reconhecimento internacional, avanços nos campos econômico e social, política externa soberana: eis o retrato do Brasil de Lula da Silva.

Responder

gustavo

09 de abril de 2010 às 16h01

Eu torço para um dia ver comentários como esses no noticiário. Por que a nossa mídia não nos dá o direito básico de ser informado da bela imagem do Brasil e do presidente no exterior?

Responder

Jonas

09 de abril de 2010 às 15h44

Não há mais qualquer dúvida no mundo de que o Lula é um líder capaz, diferenciado e independentes. A 'elite branca' do país, por sua vez, não se dá por conformada em ver um operário fazer o melhor governo de que se tem notícia em nosso país. Entretanto, até mesmo nessa elite já há gente dando o braço a torcer e reconhecendo o grande governo que o presidente Lula está fazendo. Não há porque nós, brasileiros, interrompermos este ciclo de crescimento econômico com distribuição de riqueza, coisa que, aliás, um dia pensei que jamais fosse acontecer.

Responder

Daniel

09 de abril de 2010 às 15h17

O presidente LULA é o cara. Espero que a DILMA, sendo eleita, encontre uma maneira de induzir a valorização do ensino público das redes estaduais.Salários vergonhosos,falta de professores qualificados etc…….
Dilma mineira,,os professores de MINAS GERAIS pedem socorro.

Responder

    francisco.latorre

    09 de abril de 2010 às 17h40

    vem aí o sus da educação.

    vai passar fácil no novo congrsso.

    valmont

    10 de abril de 2010 às 14h51

    Durante o desgoverno FHC, cheguei a pensar que as universidades federais (totalmente sucateadas e abandonadas) estavam fadadas à privatização. Embora tenha consciência do quanto ainda precisa ser feito para que a educação no Brasil atinja níveis aceitáveis (especialmente a educação básica), eu percebo uma melhora notável no tratamento das nossas universidades.
    Quanto ao ensino técnico profissionalizante, o governo Lula deu um banho. Além de recuperar as escolas técnicas federais que estavam absolutamente deterioradas pelo desgoverno anterior, mandou construir 180 novas unidades. Isto é muito mais do que se fez nos 500 anos de nossa história.

Orlando Bernardes

09 de abril de 2010 às 15h15

Só o PIG no Brasil " acha diferente ". Estes estão descolados da realidade que os cerca e ainda acham que podem manipular o povo, como antigamente.
Dilma 2010

Responder

João

09 de abril de 2010 às 15h07

Cadê o Dvorak, o Ubaldo, o Klaus, o…?

Responder

    Vlado

    09 de abril de 2010 às 18h26

    hehehehe Você acha que eles vão aparecer aqui agora?
    Bobinho!! hehehehehe

    Dvorak

    09 de abril de 2010 às 21h06

    Êpa, êpa, estou aqui. Vigilante e operante. Porém, na muda. Quietinho…

daniel

09 de abril de 2010 às 15h04

"Uma vez caçoado pela elite que bebe caipirinha em Copacabana"

O mais triste é que nossa elite bebe Whisky falsificado, por que é mais barato.

Responder

DonLuiz

09 de abril de 2010 às 15h04

Lula é o cara realmente!

Responder

@florencio1

09 de abril de 2010 às 15h01

o lula esta se destacando

Responder

raposo

09 de abril de 2010 às 14h57

gostei do comentário final, lula pode ser um legítimo sucessor de j nehru.

Responder

    francisco.latorre

    09 de abril de 2010 às 17h42

    lula é o novo nehru.

    bem observado.

    Roberto CR

    09 de abril de 2010 às 21h51

    Rapaz, acho que isso não vai acontecer e nem é aconselhável. Porém, sob o ponto de vista da aglutinação de países em torno de uma idéia ou princípio criado por um brasileiro, admito que é bom pensar nestes termos. O que não podemos mais é ficar longe do "resto da turma". Abs


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!