VIOMUNDO

Diário da Resistência


Especialistas debatem na Fiocruz impactos das políticas de austeridade sobre o futuro
O evento será transmitido ao vivo pelo canal do youtube da Fiocruz Brasilia: http://bit.ly/FiocruzBrasília
Você escreve

Especialistas debatem na Fiocruz impactos das políticas de austeridade sobre o futuro


03/12/2018 - 02h03

Especialistas discutem impactos das políticas de austeridade sobre o futuro

 Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, via Comunicação 

Em tempos de crise, governantes devem proteger os cidadãos, especialmente os mais vulneráveis.

No entanto, os modelos de ajuste econômico para fazer frente às dificuldades voltam-se à redução do gasto público com redução do investimento social, uma receita que não faz bem à saúde.

Para refletir de forma estratégica sobre os futuros possíveis para seguridade social, a equidade e o bem estar no país, o Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz e o Núcleo de Inteligência de Futuro da Fiocruz Brasília promovem, de 3 a 5 de dezembro de 2018 a oficina Impactos sociais das políticas de austeridade – Diálogos prospectivos.

O evento será realizado em Brasília, na Escola Fiocruz de Governo (EFB): Avenida L3 Norte, s/n, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Gleba A.

Para o primeiro dia, estão programadas palestras com temas como limites do financiamento público, Previdência Social, austeridade no mundo, efeitos do congelamento do gasto público (com a Emenda Constitucional 95), judicialização e governança das políticas públicas.

Estarão reunidos nomes como Sonia Fleury (CEE-Foiocruz), Fabíola Sulpino (Ipea-Brasília), Rômulo Paes-Sousa (Fiocruz Minas), Magda Lucio (UnB) e Carlos Gadelha (Fiocruz).

Os outros dois dias foram reservados a oficinas, para discutir questões como acolhimento dos mais vulneráveis, hipóteses de cenários para os próximos 20 anos e uma agenda de pesquisa a ser implementada a partir das tendências identificadas.

O evento é um dos desdobramentos da iniciativa do CEE-Fiocruz de fomentar o debate sobre os impactos da austeridade na saúde, que já se traduziu em estudo com ampla revisão de literatura sobre o tema, workshop e diversos debates.

O estudo revelou que há pouca literatura relativa aos impactos do binômio crise-austeridade na América Latina, em particular no Brasil, o que representa desafio aos pesquisadores, na produção de evidências relativas aos efeitos dessa política sobre a saúde.

Leia também:

Freixo: Família Bolsonaro apoiou Cabral, Pezão, Picciani e Aécio; veja os vídeos

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

03 de dezembro de 2018 às 21h20

Onde se diz Austeridade,
Leia-se Apartheid Social.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!