VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Barrigada da Copa de jornalista que detonou o livro Privataria
Você escreve

Barrigada da Copa de jornalista que detonou o livro Privataria


19/06/2014 - 17h33

Vladimir Palomo, o sósia de Felipão

por Conceição Lemes

O jornalista Mario Sergio Conti é um profissional tarimbado. É o autor do livro Notícias do Planalto.

Já foi diretor das revistas Veja e Piauí e apresentador do Roda Viva, da TV Cultura.

Atualmente apresenta o programa Diálogos, da Globo News. Também é colunista dos jornais O Globo e Folha de S. Paulo.

Na quarta-feira 18, ele pegou um vôo da Ponte Aérea Rio-São Paulo,  e  “percebeu”  a presença de Neymar e  Luís Felipe Scolari, no avião.  Ele colou no “Felipão” e fez uma entrevista exclusiva com o treinador, cujo conteúdo imaginava ser um “furo”.  No jargão jornalístico, “furo” é notícia importante, publicada em primeira mão, por um órgão de imprensa.

Nesta quinta-feira, O Globo e Folha de S. Paulo publicaram, em destaque, o  “furo” de Mario Sergio.


Um furo n’água. No jargão jornalístico, uma “barriga”, ou seja, notícia inverídica publicada por órgão de imprensa.

Felipão ficou em Fortaleza na  quarta, não viajou do Rio para São Paulo.

Mario Sergio entrevistou o Felipão errado, na verdade, Vladimir Palomo, um sósia do treinador.

A Folha tirou a matéria do ar. Em O Globo é possível encontrar no cache.

Os dois jornalões publicaram as respectivas correções.

Ambos tentam sair pela tangente, usando a expressão ” confusão”.

A Folha, na URL da matéria,  recorre à palavra trote: http://www1.folha.uol.com.br/esporte/folhanacopa/2014/06/1472865-colunista-da-folha-e-vitima-de-trote.shtml.

Teria sido trote e não uma barriga por um detalhe:  o próprio Vladimir Palomo tratou de esclarecer quem era ao dar o seu cartão a Conti.

O próprio Mario Sergio conta isso no final da matéria:

Por que o “sinal vermelho” de Mário Sérgio não acendeu na hora? Arrogância? Prepotência? Síndrome de Deus?

O fato é que ele deixou de fazer o beabá de qualquer repórter: checar o dado, no caso o cartão, por mais bizarro que pudesse parecer.

Justamente Mario Sergio que, em artigo na Folha, ao apontar 30 erros do livro Dirceu, de Otávio  Cabral, detona A Privataria Tucana, de Amaury Ribeiro Jr, acusando-o, entre outras coisas, de incompetência.

Entre outros motivos, a disputa política vem se tornando deletéria a livros que não prezam a verdade, que é sempre revolucionária e nos fará livres. Eles só servem para animar o xingatório de corjas. Tais livros se equivalem: Dirceu ombreia A PrivatariaTucana, de Amaury Ribeiro Jr, em incompetência, leviandade e má-fé.

Só que, diferentemente do achismo de Conti sobre o livro de Amaury Ribeiro, o seu “barrigaço” é real. Provavelmente, integrará a antologia de “barrigas” da mídia brasileira da qual faz parte o histórico “boimate”, da revista Veja.

Abaixo a íntegra da matéria que a Folha e O Globo tiraram do ar:

Leia também:

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



55 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gerson Carneiro

21 de junho de 2014 às 14h37

Quem acertou mesmo foi o Arnaldo Jabor que em 06.06.2014 profetizou:

“A Copa vai revelar ao mundo a nossa incompetência”.

Responder

Urbano

21 de junho de 2014 às 13h26

O fascismo associado à burrice, ínsito ao pig desde o início dos tempos, faz com que ele encharque sua própria comida com óleo de rícino. Daí a perene diarreia…

Responder

donizete

21 de junho de 2014 às 09h52

Uma licencinha iria bem neste momento……………..

Responder

anderson

21 de junho de 2014 às 01h59

Requião candidato; Richa é derrotado!
Por Altamiro Borges

Com transmissão ao vivo por sete horas ininterruptas, o blog de Esmael Morais foi um dos primeiros a dar a péssima notícia ao tucano Beto Richa: “O senador Roberto Requião será candidato ao governo do Paraná. A decisão foi da convenção estadual do PMDB nesta sexta-feira (20) pelo placar de 350 votos. A coligação com o PSDB do governador Beto Richa foi derrotada por 250 votos. Pelo Twitter, Requião opinou: ‘Venceu a dignidade e as bases do PMDB’. O clima no Clube da Urca, em Curitiba, é de vitória do Brasil na Copa em disputa com a arquirrival Argentina”.

Este resultado representa um duro baque aos tucanos – que perdem preciosos minutos no programa eleitoral de rádio e tevê e agora já dão como inevitável a realização do segundo turno no estado. O próprio Esmael Morais já havia alertado, antes da convenção, para os desdobramentos possíveis da convenção peemedebista. “A convenção do PMDB é o principal evento político dos últimos três anos e meio no Paraná. Se passar a candidatura própria do senador Roberto Requião, adeus reeleição do tucano Beto Richa. Se der a coligação com o PSDB, adeus Gleisi Hoffmann (PT). Ou seja, com a vitória da coligação aumentaria as chances de Richa fechar a corrida no primeiro turno”.

Leilão da florestas
Nos últimos meses, o governador Beto Richa vem sofrendo sucessivas derrotas. Ele adorava posar de “gestor eficiente”, que saneou as contas do estado e “modernizou” o Paraná. Mas era só demagogia. Em abril passado, o tucano foi obrigado a reconhecer o péssimo estado de saúde do seu governo. Numa medida inusitada, ele anunciou o leilão de 17 áreas de florestas no estado. O próprio Roberto Requião ingressou com liminar contra o leilão, questionando o desmatamento e o valor das vendas, mas o pedido foi estranhamente indeferido pela Justiça. Na ocasião, o senador peemedebista ironizou: “Seguramente o governo do Paraná quer vender as florestas para pagar o salário de comissionados”.

Até a Folha não teve como esconder o escândalo, mas evitou fazer maior escarcéu e rapidamente arquivou o caso. “Em meio a uma grave crise financeira, o governo do Paraná decidiu leiloar florestas que pertencem ao estado, numa medida que irritou as entidades ambientalistas locais. Serão vendidos 12 mil hectares, ao preço mínimo de R$ 100 milhões. Cerca de metade dessas terras é formada por áreas remanescentes de mata atlântica… ‘Esse patrimônio não pode ser entregue assim. Isso é improbidade administrativa, é crime. É desespero para fazer caixa de qualquer jeito’, diz o ambientalista Clóvis Borges, diretor da Sociedade de Proteção à Vida Selvagem”, informou, na ocasião, a repórter Estelita Carazai.

Atraso de obras e salários
A mesma jornalista já havia informado, em dezembro de 2013, que a crise no Paraná era gravíssima. “Sem dinheiro para pagar funcionários e fornecedores, o governo Beto Richa (PSDB) tem atrasado há pelo menos quatro meses pagamentos referentes a dezenas de obras e serviços. Construções de rodovias pararam ou desaceleraram. Veículos policiais esperam conserto em oficinas. Não há aumentos para servidores desde setembro. E até obras da Copa foram afetadas… A situação, considerada um ‘sufoco’ pelo próprio governo, é explorada pela oposição… Com metas estipuladas na campanha de 2010, o governo teme não conseguir cumprir o que prometeu”.

Além do caos nas finanças, do “choque de indigestão” tucano, Beto Richa também passou a ser denunciado por irregularidades administrativas. Em janeiro deste ano, o próprio governo confessou que fez saques indevidos de contas judiciais e foi obrigado a devolver R$ 365 mil ao Judiciário. A denúncia do saque irregular foi apresentada pela sessão paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Diante do escândalo, o tucano ainda tentou se justificar. “Não houve má-fé nem intenção de meter a mão num dinheiro que não é do governo. Se houve equívoco, há uma reserva que repara imediatamente essa situação”, afirmou Beto Richa, totalmente desmoralizado.

Responder

FrancoAtirador

20 de junho de 2014 às 23h19

.
.
Os 10 maiores micos da Copa do Mundo do Brasil

Na Copa do Mundo do Brasil,

foram embora pro chuveiro mais cedo

aqueles que torceram pelo fracasso do país.

Confira alguns micos da elite e da mídia.

Najla Passos, na Carta Maior

(http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Os-10-maiores-micos-da-Copa-do-Mundo-do-Brasil-/4/31201)
.
.

Responder

Carlos Farofinno

20 de junho de 2014 às 23h03

Em varios bogs em outras linguas este assunto virou piada. Enfim o Conti eh uma personalidade mundial, aas custa da imagem dos brasileiros: povo ingenuo.

Responder

Regina Braga

20 de junho de 2014 às 21h23

Essa turma, é tão complicada ,por lidar só com cópias que nem fazem mais a distinção entre cópia e o original…Desculpe Felipão!

Responder

T Tonucci

20 de junho de 2014 às 20h35

Também foi um “yamamoto”. No Pasquim, em 1970, o Paulo Francis escreveu que o Almirante Yamamoto, assistira a estreia do filme “Tora” “Tora”, NY. O pobre coitado morreu em 1943, em combate,sob fogo americano. Os jornalistas do Pig não erram, eles só mentem.

Responder

Herminio

20 de junho de 2014 às 19h11

Esses caras na ância de dar furos jornalísticos e também de agradar os seus patrões ao atacar livros e outras formas de noticias que vão de encontro de interesses dos mesmo, são capazes e qualquer coisa.

Responder

CARLOS

20 de junho de 2014 às 18h54

KKKKK

Responder

Ronaldo Silva

20 de junho de 2014 às 18h52

Até o Renato Gaúcho ficou com inveja.

Responder

santos

20 de junho de 2014 às 18h41

Graças a deus que existe essa imprensa. Toda a imprensa é bem vinda, mesmo a ruim ou a boa,cabe a quem lê decidir se é a verdade ou não

Responder

    Ana Mara

    20 de junho de 2014 às 20h04

    A Imprensa não existe Graças a Deus… Ela existe por causa do grande Capital; que está pouco se lixando para o que um pascácio como você pensa… Think about it.

Pedro Rocha

20 de junho de 2014 às 18h07

Nassif e seus comentaristas mataram a charada… É merchandising da Conti Bier…

http://jornalggn.com.br/noticia/conti-beer-e-o-sosia-do-maradona#comment-352321

Responder

Claudio

20 de junho de 2014 às 17h37

Será que o sem vergonha perdeu o emprego?

Responder

Sidnei Brito

20 de junho de 2014 às 17h13

Parece uma tendência:
Primeiramente, tivemos os astros favoráveis à oposição ao governo Dilma, destaque da seção de horóscopo.
Depois, veio a história do médico acusado de assassinato que, certa feita, tinha atendido Lula – o nome do médico foi preservado; o do ex-presidente, que não tinha nada a ver com a história, não;
Mais recentemente ficamos sabendo que a incompetência tucana, responsável pelo racionamento de água disfarçado em São Paulo, era o motivo da desaceleração da inflação – antes que eu me esqueça: obrigado, Alckmin;
Agora, essa impagável história do sósia do Felipão, o qual, em minha opinião, nem tão parecido é com o técnico da seleção.
Algo me diz que os Frias estão preparando uma surpresa do tipo oito ou oitenta: ou vão convidar José Simão para diretor de redação, ou vão mandá-lo para o olho da rua!

Responder

Leo V

20 de junho de 2014 às 15h52

Com assim deixou de fazer o bêabá?

Oras, está claro que ao final da coluna ele revela que se tratava de um sósia!

Meu santo, o Conti usou de recurso literário, conversou com sósia do Felipão sobre futebol, expôs a opinião dele, mas só revelou ao final que era um sósia. Acho que a falta de bêabá, se é de alguém, é do leitor que nã entendeu o espírito da coluna.

O problema não foi do Conti, mas do seu próprio jornal e do Globo que não leram a coluna dele até o final.

Responder

    Leo V

    21 de junho de 2014 às 20h04

    Pois então, na entrevista ele diz que achou realmente que era o Felipão, que é estranhíssimo visto que ele escreve ao final sobre o cartão de sósia. E na entrevista ele confirma que o texto não foi alterado.
    O que apontei continua valendo, como que deus próprios jornais acreditaram que era o Felipão se na coluna ele fala no final do cartão de sósia que lhe foi entregue?

Yacov

20 de junho de 2014 às 15h31

Esse ‘jornalista’ não dirigia o RODA MORTA até outro dia ?!?! Palemor… Eu duvido que o sósia, por mais parecido que seja, fale do jeito grosseirão do Felipão. Ele não desconfiou nem um pouquinho, antes de receber o cartão do sósia que não era o Felipão ?!? PELAMOR…. Vai vender pipoca na porta do cinema, vai ‘fio’, que tu não é do ramo, não.

“ANOS tuKKKânus LEWINSKYânus NUNCA MAIS !!! NO PASSARÁN !! VIVA GENOÍNO !! VIVA ZÈ DIRCEU !! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE !! VIVA LULA !! VIVA DILMA !! VIVA O PT !! VIVA O BRASIL SOBERANO !! LIBERDADE PARA JULIAN ASSANGE, BRADLEY MANNING E EDWARD SNOWDEN JÁ !! FORA YOANI e MÉDICOS COXINHAS !! ABAIXO A DITADURA DO STF DE 4 PARA A GLOBO !! ABAIXO A GRANDE MÍDIA CORPORATIVA, SEU DEUS ‘MERCADO’ & TODOS OS SEUS LACAIOS & ASSECLAS CORRUPTOS INIMPUTÁVEIS !! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ !! LEI DE MÍDIAS, JÁ !! ******* “O BRASIL PARA TODOS não passa no SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO – O que passa SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

Responder

reverbel

20 de junho de 2014 às 15h27 Responder

Francy Granjeiro

20 de junho de 2014 às 14h53

GLOBO diminue salários???????????????

Responder

Fabio Passos

20 de junho de 2014 às 14h09

Fui no PHA e ri até perder o ar…

O PiG merece a chacota.

Responder

    Alex Mendes

    21 de junho de 2014 às 00h35

    É ofensa ao Morgan Freeman, ser entrevistado por pigais barrigudos e manipuladores.

Rose PE

20 de junho de 2014 às 12h51

É simplesmente patético, mas vindo desse jornaleco não é surpreendente, é esperado. Ainda bem que temos a Internet, pois se fossemos viver de informação desse PIG, estaríamos fritos. Viva a Internet e os blogs sujos!

Responder

José Augusto

20 de junho de 2014 às 11h34

Imagine só a cena: o bonitão entra no avião, vê o sósia do Felipão, toma a cópia pelo original e pensa com seus botões: “é hoje que eu vou se consagar!” Hahahaha, que pateta!

Responder

Mário SF Alves

20 de junho de 2014 às 11h21

Tá. Barriga homérica, fantástica, bizarra e inacreditável.

Entretanto, interessante… os jornalões publicaram e em seguida, após caírem na real, despublicaram, fato. Mas, resta a dúvida. Em relação ao texto, à entrevista, ao conteúdo, até onde percebi não teve nada de mal intencionado em relação à Copa, ou teve?

Como explicar isso?

Responder

Wendell

20 de junho de 2014 às 10h55

HAHAHAHAHAHAHAHAH!

Responder

Geraldo

20 de junho de 2014 às 10h30

Folha e Globo: tudo a ver!!!!

Responder

Donana

20 de junho de 2014 às 10h11

Verdadeiro gol de barriga…só que contra
Hahahahahahahahahahahahaha!

Responder

lucia

20 de junho de 2014 às 09h18

Essa história é inacreditável.

Responder

    Mário SF Alves

    20 de junho de 2014 às 10h54

    De fato. Fantástica e inacreditável. Lembrando o Admirável Mundo Novo, fica a dúvida: a Novilíngua usada pela grande mídia a gente já conhece, mas – e essa é a dúvida – que tipo de SOMA andam tomando?

Carlos

20 de junho de 2014 às 09h02

Isso demonstra uma coisa: os barões e seus empregados perderam a noção da realidade, começaram a acreditar nas coisas que eles mesmos escrevem para enganar os outros. Será que não passaria pela cabeça de alguém com um mínimo de inteligência que jogadores e toda a comissão técnica não saem por aí viajando em aviões de carreira, que existe toda uma organização, agenda, etc? Alguém consegue imaginar jogadores e membros da comissão indo para o aeroporto por conta própria, cada um viajando num voo diferente? Alguém sabe o “Felipão” foi de ônibus ou de taxi para o aeroporto onde embarcou? Pior: o cartão entregue pelo sósia assume que ele é um sósia e o “jornalista” não se deu ao trabalho de ler. Este é o nível destes jornalistas queridinhos dos barões. Faça-me o favor…

Responder

IVAN NOGUEIRA DE MORAIS

20 de junho de 2014 às 08h39

Olá Meu Caro Azenha:
É preciso mais Educação pública, gratúita e de qualidade para que o nosso POVO voto consciente. A turma elitizada, que deixou o BRASIL de cócoras, na era FHC, tem complexo de vira-latas. Mas, quem é Brasileiro comum, não pode se deixar manipular por esses meios de comunicação. Eu acredito no BRASIL !!! Eu acredito na DEMOCRACIA !!!
Respeitosamente,
Ivan Nogueira de Morais.

Responder

    Mário SF Alves

    20 de junho de 2014 às 11h06

    Ivan,
    Respeitosamente, se me permite, parabéns. É esse o caminho. Democracia de verdade. Democracia aqui e em todo o Ocidente. Ou isso, ou nada.

    E pra isso… pra que cheguemos à realização dessa nova e verdadeira utopia, o mundo precisa mudar. E o mundo talvez apenas mude se a REALIDADE puder ser do conhecimento comum, da ampla maioria da Humanidade. Coisa que fica cada vez mais difícil com o neoliberalismo e com essa mídia fora-da-lei que impõe e dita o interesse de oligarquias pela via do totalitarismo contido no pensamento único.

    O que fazer? Além do que já fazemos, que contribuição a mais cada um de nós pode dar?

    Abraço,

    Att.,
    Mário.

Aroeira

20 de junho de 2014 às 08h28

Notícias avulsas

André Souza (no Conversa Afiada)

Vejam esta ótima notícia!! Na última pesquisa IBOPE, de 9 dias atrás a diferença entre Dilma e Aécio num segundo turno era de 9 pontos e hoje é de 13. Com Eduardo Campos era de 11 e hoje é de 16. Quer dizer: a Dilma voltou a crescer depois dos coxinhas xingarem ela na abertura da Copa. E com a notícia de ontem sobre a lei para os moto-boys e moto-táxis, vai aumentar ainda mais!!!

Aroeira

O único erro de Dilma nessa Copa foi ela não ter arranjado tempo para treinar a Seleção. No resto, está tudo 100%.

Definição de desordeiro no Aurélio: que ou aquele que promove desordens; arruaceiro. E eu acrescento: que ou aquele que instiga a desordem e os motins de rua. Exemplos de ativos arruaceiros “brasileiros” nos dias de hoje: OCTAVINHO, o dono da Folha de São Paulo, e o Paulinho da Força Sindical. Onde está o ministro da justiça que não manda prendê-los?

Um Conti de fadas: a barriga de Mario Sergio Conti foi de uma grávida de quadrigêmeos. UM BARRIGÃO! Desconfio que foi vingança de Filipão, o falso. Quá, quá, quá, quá!

No Conversa Afiada

Ibope: desinformação e confusão

(vale a pena ler a matéria no Conversa Afiada pois eu não consegui trazer um quadro muito importante: )

A quinta-feira 19 de junho amanhecerá com os resultados da mais nova pesquisa Ibope, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Registrada no dia 14 de junho http://pesqele.tse.jus.br/pesqele/publico/pesquisa/Pesquisa/visualizacao… (link is external) , O questionário desse levantamento também elevou nossas sobrancelhas em alguns questões. A pesquisa causa uma grande confusão, quando não desinformação, para quem tem de respondê-la.

O que nos começa a chamar a atenção é que, depois das perguntas sobre interesse nas eleições de outubro (perguntas 1 e2), intenção de voto (3 a 6) e avaliação do governo Dilma (7 a 10), começam as perguntas obre desemprego/percepção da economia.

http://pesqele.tse.jus.br/pesqele/publico/pesquisa/Pesquisa/visualizacao… , O questionário desse levantamento também elevou nossas sobrancelhas em alguns questões. A pesquisa causa uma grande confusão, quando não desinformação, para quem tem de respondê-la.

O que nos começa a chamar a atenção é que, depois das perguntas sobre interesse nas eleições de outubro (perguntas 1 e2), intenção de voto (3 a 6) e avaliação do governo Dilma (7 a 10), começam as perguntas obre desemprego/percepção da economia.

E a pergunta 17 volta a falar do governo Dilma Rousseff!

O entrevistado, depois de pensar em desemprego e dívida, é instigado a pensar se aprova ou reprova a atuação do governo com relação a: taxa de juros, desemprego, inflação, fome e pobreza, segurança pública, impostos, meio ambiente, saúde e educação. E pouco importa se taxa de juros é questão exclusiva do Banco Central, segurança pública é tarefa dividida entre governos federal, estaduais e municipais, e impostos seja tema mais para Congresso Nacional (poder Legislativo) do que Governo Federal (Poder Executivo).

Com os temas das questões 11 a 17 acumulados em mente, o entrevistado tem que responder na pergunta 18 se as notícias sobre o governo Dilma, na percepção dele, são mais ou menos favoráveis à presidenta. E chegamos ao ápice do Ibope, que é a pergunta 19. Ela não é estimulada, ou seja, o entrevistado tem que responder espontaneamente o que lhe vier à cabeça.

Lembremos que a cabeça dele está com desemprego, dívidas e competência do governo com relação a questões que não lhe cabem, portanto não consegue resolver. Agora, o entrevistado deve lembrar de duas notícias sobre o governo Dilma que ouviu nas duas últimas semanas. A lista de 28 (sim, vinte e oito) prováveis respostas do Ibope já mostra o que o próprio instituto espera ouvir: manifestações, greves, prisões do mensalão, vandalismo, ação violenta da polícia, aposentadoria de Joaquim Barbosa (se você entendeu essa pergunta, por favor nos explique), CPI da Petrobras, baixo crescimento da economia, copa do Mundo (atraso nas obras, críticas de Ronaldo, corrupção, gastos com copa X saúde e educação), aumento da taxa selic, inflação e a pérola da responsabilidade do governo Dilma Rousseff: falta d’água em São Paulo.

Das 28 prováveis respostas, apenas duas (d-u-a-s) são positivas: diminuição dos preços/inflação recua e notícias sobre o Marco Civil da Internet.

Chegamos às questões 20 a 26, que rondam o tema aposentadoria/INSS. Mas o entrevistador mostra ao entrevistado uma cartela que informa que a contribuição previdenciária dos trabalhadores ativos é um imposto. OI?

Se você estiver curioso pra ler pessoalmente o quesitonário, pode clicar aqui. E vamos acompanhar os resultados dessa pesquisa.

Responder

    Mário SF Alves

    20 de junho de 2014 às 11h11

    “O único erro de Dilma nessa Copa foi ela não ter arranjado tempo para treinar a Seleção. No resto, está tudo 100%.”
    _______________________
    Rs, rs, rs… verdade.

    Talvez, o resultado fosse melhor ainda se deixasse essa tarefa para o ex-presidente Lula.

anac

20 de junho de 2014 às 08h26

Vivem de BARRIGA (para cima) enganando coxinhas dos oios e mentes enviesados.
É o novo boimate. E o coxinha acredita piamente.

Responder

Caracol

20 de junho de 2014 às 07h25

Essa foi ótima!
Agora… Conti outra.

Responder

Leo N.

20 de junho de 2014 às 02h32

Nossa ! Que erro crasso. Somente do possível “técnico” afirmar, que o problema da seleção brasileira estaria na zaga, já era mais do que motivo pro Conti e qualquer pessoa, minimamente por dentro do jornalismo esportivo, dar um pulo da cadeira.

E no final, o sósia ainda dá seu cartão de visitas a ele.

Trágico, se não fosse cômico.

Responder

LiliPateta

20 de junho de 2014 às 01h28

Como não amar essa barriga gigantesca? Cada vez que leio um novo detalhe choro de rir. Um jornalista tão presunçoso, sapiente… E esse treco passou pela equipe.
Que a imprensa tradicional vai de mal a pior qq criancinha sabe (distorcem entrevistas, manipulam, escrevem textos truncados…), mas uma lambança dessa… ai, gosto que me enrosco.
E eu que sou Lili Pateta! Hahahahahaha

Responder

    João Carlos

    20 de junho de 2014 às 10h45

    Fazia tempo que uma matéria não me fazia rir tanto.É engraçada do começo ao fim,o falso Felipão sugere que os jogadores alemães estão se esbaldando na Bahia,curtindo sol e mulatas e sugere que alguns jogadores nem voltarão para a Alemanha depois da Copa…E a zaga caindo para os lados…Inacreditável,comédia total.Melhor que qualquer furo,vai ficar para sempre,é o Boimate do futebol.Sem querer,mais um destaque da Copa das Copas.E viva o Brasil !!!E mais umas gargalhadas,hahahaha.

Demetrius

20 de junho de 2014 às 00h11

são os jornalões ficando gagás hahahahah

Responder

Luís Carlos

19 de junho de 2014 às 23h28

Esse é o nível do jornalismo da mídia corporativa. Lixo!

Responder

pap

19 de junho de 2014 às 23h22

Se fosse um subordinado que tivesse dado essa “barrigada” provavelmente esse Conti o demitiria sumariamente. Agora, eu pergunto, o Sr. Conti será
demitido pelo “barrigaço”?

Responder

Marat

19 de junho de 2014 às 23h02

Depois disso o Conti mandou brasa num boimate!

Responder

Fabio Silva

19 de junho de 2014 às 21h59

Isso SE realmente houve entrevista. O PiG é pródigo em inventar palavras que as pessoas jamais disseram. Quem sabe a história não se resume a tentar transformar uma mentira deslavada em barriga ou em piada. Colocam aspas em frases como se o jornalista as tivesse ouvido ou gravado, na maior cara de pau.

Responder

José Fernandes

19 de junho de 2014 às 21h42

kkkkkkkkkkkkkk ganhei o dia!!!!
critico da privataria tucana,kkkkk
faz parte do detrito solido da maré baixa kkkkk

Responder

Jose Dalvo

19 de junho de 2014 às 21h24

Incompetência ou má fé (desonestidade)? Quantas besteiras, inverdades volutnárias e involuntárias esse sessentão jornalista já publicou? Então, “barriga” é a notícia falsa, inverídica? Então, o grampo sem áudio inventado pela turma é uma “barriga”. Veja, folha, globo são barrigudas, cheias de barrigas… ká, ká ka…. Esse mario Sergio conti é posudo, tem a pose maior que a de deus.

Responder

Lima

19 de junho de 2014 às 21h15

Estou rolando no chão de tanto gargalhar!

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Elder

19 de junho de 2014 às 20h59

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…

Responder

Fabio Passos

19 de junho de 2014 às 20h47

Este conti produziu uma das “reportagens” mais ridículas de todos os tempos. rsrs
Mais estúpido que isso apenas os editoriais do frias.

fsp: escrito e lido por imbecis.

Responder

Marat

19 de junho de 2014 às 20h19

O PIG, a cada dia, mostra sua competência…
Agora estão numa nova fase. Já não são mais barrigas, agora são panças!
Parabéns, PIG, suas verdades sempre são insofismáveis!

Responder

Urbano

19 de junho de 2014 às 19h05

Com os palhaços do pig, a indústria de entretenimento circo foi para o buraco e faz tempo…

Responder

Karlo Brigante

19 de junho de 2014 às 18h39

Nem estagiário faria pior! Essa imprensa brasileira…

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.