VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Juliana Cardoso: TCM comprova que tucanos são verdadeira mãe para as OSS e suspende contrato de R$ 126 mi/ano
Tribunal de Contas do Município de São Paulo detectou, pelo menos, 30 impropriedades e irregularidades no edital, que deveria selecionar a Organização Social de Saúde (OSS) para atuar nas unidades da região de Perus, zona noroeste da capital
Resistir e Lutar

Juliana Cardoso: TCM comprova que tucanos são verdadeira mãe para as OSS e suspende contrato de R$ 126 mi/ano


24/01/2020 - 18h54

por Juliana Cardoso*

Ao detectar nada menos do que 30 irregularidades no edital, o Tribunal de Contas do Município (TCM) barrou a licitação que deveria selecionar a Organização Social de Saúde (OSS) para atuar nas unidades da região de Perus, zona noroeste da cidade de São Paulo.

A sessão de entrega das propostas estava agendada para 23 de janeiro, mas foi suspensa. O valor do contrato para um ano de gestão é de R$ 126 milhões.

Algumas impropriedades e irregularidades apontadas no relatório do Tribunal demonstram extrema benevolência da gestão Bruno Covas (PSDB) para com as OSS e atentam contra o interesse público.

A generosidade está evidente na minuta do futuro contrato que determina que se o contratado pela prestação de serviços não ultrapassar os 15% de não cumprimento das metas de produtividade, sua remuneração será cheia, ou seja, o repasse da verba se dará sem desconto.

Caso o cumprimento da meta seja inferior a 85%, a organização social sofrerá desconto de 10%.

Em outras palavras, se a meta alcançada for 20% ou até mesmo 0%, a contratada receberá 90% do valor integral.

Trata-se não apenas de bondade, mas um prêmio a ineficiência. A Secretaria Municipal de Saúde explicou que não adotara a proporcionalidade devido a custos fixos.

O processo seletivo ainda exibe outros itens questionáveis. Em sua análise, o Tribunal aponta que nas equipes de trabalho o futuro contrato não fixa quantidade mínima de profissionais, tampouco prazo de recomposição das equipes ou até sanção pelo seu descumprimento. Tudo bastante curioso e muito estranho?

A história da prestação de serviços do território de Perus começou estranha e assim permanece.

Na metade do ano passado, conselhos gestores da região receberam informações verbais de que a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina) estaria abrindo mão da gestão de Perus, mas que continuaria com Pirituba.

A Secretaria desmentiu categoricamente essa informação.

No entanto, em carta datada de julho e que veio a público somente em dezembro, a SPDM oficializara seu pedido de desistência.

Dissimulação parece ser a marca dessa gestão.

O TCM ainda questiona a ausência de motivos expostos pela administração pública para aceitar que a SPDM desista de Perus e permaneça com Pirituba. E vai além. Classifica a justificativa da Prefeitura optar pela gestão de uma OSS, em detrimento da administração direta, como frágil e insuficiente.

Essa é dualidade da administração tucana na cidade de São Paulo. Numa ponta é bastante bondosa com as OSS e noutra é radicalmente avessa com a administração direta, o funcionalismo público e aos próprios usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).

* Juliana Cardoso é vereadora (PT), vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente e membro das Comissões de Saúde e de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Paulo

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.