VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Juliana Cardoso: Doria quer despejar do Morumbi hospital infantil; petição contra já tem 32 mil assinaturas
Resistir e Lutar

Juliana Cardoso: Doria quer despejar do Morumbi hospital infantil; petição contra já tem 32 mil assinaturas


02/02/2021 - 18h47

João Doria quer despejar hospital infantil do Morumbi

Por Juliana Cardoso*

Com 62 anos de existência e apontado como referência no atendimento de doenças de média e alta complexidade, o Hospital Infantil Darcy Vargas corre o risco de ser despejado e transferido de local.

Situado no bairro do Morumbi, em área nobre da cidade de São Paulo e cercado de condomínios de luxo, o terreno do hospital virou alvo da cobiça do mercado imobiliário.

Com respaldo do Projeto de Lei nº 529/2020, aprovado na Assembleia Legislativa em outubro do ano passado, a gestão do governador João Doria (PSDB) sinalizou que está negociando a área, colocando-a venda para a iniciativa privada.

Pelo projeto, que se tornou a Lei nº 17.293/2020, os deputados estaduais da base de apoio autorizaram o governador a alienar imóveis.

Informações não oficiais dão conta que o empreendedor interessado no terreno acena com a construção de novo prédio para instalar o hospital na Vila Leopoldina, zona oeste, perto do entreposto da CEAGESP.

Essa proposta do governo do Estado está provocando reações.

Movimentos de Saúde da região oeste, além do SindSaúde-SP (Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo) estão colhendo assinaturas em petição digital contra a medida que já tem 32 mil assinaturas.

Para apoiá-la, clique aqui.

O SindSaúde está tentando agendar reunião com o governador para tratar do assunto e cogita outras ações como representação no Ministério Público, além de reuniões com os conselhos Estadual e Municipal de Saúde.

Nesta quinta-feira, 04-02, às 10h, haverá um ato em frente ao Darcy Vargas, que fica rua Dr. Serafico de Assis Carvalho, nº 34, Morumbi.

Referência em tratamentos para crianças

O Hospital Infantil Darcy Vargas recebeu esse nome dois anos após ser inaugurado em 1958 em homenagem a ex-primeira dama, esposa do ex-presidente Getúlio Vargas.

O Hospital possui serviços de Ambulatório, Pronto-Socorro, Terapia Intensiva Infantil e Neonatal e Hospital/Dia.

Ocupa dois edifícios. Em um deles, com sete andares, ficam a Unidade de Internação e atendimento de Pronto Socorro.

No outro, de três pavimentos, os ambulatórios.

O Darcy Vargas é referência no tratamento de crianças com câncer e outras especialidades, como Hematologia, Cirurgia Pediátrica, Urologia, Endocrinologia, Nefrologia e casos complexos de Pediatria geral.

Conta com UTI Neonatal, que é referência para cirurgias de alta complexidade.

O ambulatório oferece consultas em 26 especialidades que dão suporte ao atendimento médico hospitalar.

* Juliana Cardoso é vereadora (PT). Foi vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente e Juventude e integrou as Comissões de Saúde e de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Paulo.





Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding