Videoclipe: Paródia de ‘Another Brick in the Wall’, de Roger Waters, pela liberdade de Assange

Tempo de leitura: < 1 min

@comitepoeticocontraogolpe, sugestão da bióloga Débora Calheiros

Este clipe é uma paródia produzida pelo Comitê Poético Contra o Golpe pela liberdade do jornalista Julian Assange, criador do WikiLeaks, que esta preso no Reino Unido há 4 anos, porque expôs crimes de guerra de potências imperialistas.

Paródia de Another Brick in the Wall part-2 — música original de Roger Waters

Letra

Nós queremos Assange livre!/

Jornalismo não é crime./

Investigou os Estados Unidos./

E mostrou tudo no WikiLeaks./

Help, Biden! Deixe o Assange livre!/

Democracia mundial pressupõe a liberdade./

Dos jornalistas independentes que revelam a verdade./

Assange Livre!

****

Parody Another Brick in the Wall Pt. 2 – original music by Roger Waters
Lyrics:

We want Assange free!/

Journalism is not a crime./

He investigated the United States./

And he showed everything on WikiLeaks./

Help, Biden! Let Assange go free!/

World democracy presupposes/

independent journalists’ freedom who reveal the truth./

Free Assange!

Créditos/Credits

Letras: Deusi Magalhães e Danilo San

Voz e Guitarra: Danilo San

Voz: Deusi Magalhães

Baixo-guitarra: Moisés Rocha

Cajon: Nilo Motta

Performer: Demian Reis

Pintura corporal e pichação: Rita Rocha

Captação de Imagens: Camila Ribeiro

Fotografia, Som e Edição: Ana Clara Santos

Assistente de Produção: Lúcia Machado

Produção: Comitê Poético Contra o Golpe.

@comitepoeticocontraogolpe

PS do Viomundo:  Roger Waters, cantor, compositor e músico inglês, é um dos fundadores da banda de rock progressivo/rock psicodélico Pink Floyd, na qual atuou como baixista e vocalista. Em 1985, deixou a banda.

Leia também:

ABI na luta pela liberdade de Assange; veja como foi o evento

Baltasar Garzón: A batalha judicial contra a extradição de Assange para os EUA ainda não terminou

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

Deixe seu comentário

Leia também