VIOMUNDO

Diário da Resistência


Vice-líder do governo fala em Eduardo Campos 2018
Política

Vice-líder do governo fala em Eduardo Campos 2018


18/09/2013 - 19h24

Fontana defende a permanência do PSB na base do governo

18/09/2013

Nota publicada no blog do deputado

Sobre o anúncio da saída do PSB com a entrega dos cargos que ocupa no governo federal, considero não ser o melhor caminho nem para o partido, nem para o governo. Em primeiro lugar, quero reafirmar o meu respeito à decisão do PSB, mas não posso deixar de expressar minha opinião.

O PSB é estratégico na aliança que construímos e que está mudando o Brasil. A descontinuidade dessa aliança não será boa e, seguramente, trará prejuízos ao projeto de transformação que estamos implementando no Brasil, com Lula e agora com Dilma, e no Rio Grande do Sul, com Tarso Genro. Espero que com muito diálogo e negociação política possamos reverter essa decisão e manter a unidade em torno da reeleição da presidenta Dilma e do governador Tarso.

O PSB seguramente vai continuar crescendo com o crescimento deste campo político de esquerda, que inclui PT, PCdoB e PDT. Temos períodos curtos de governos populares no Brasil e precisamos aproveitar essas oportunidades para aprofundar as mudanças que estão proporcionando a melhoria da qualidade de vida da população brasileira.

Penso, ainda, que o governador Eduardo Campos tem toda a potencialidade para ser presidente da República e o PSB tem toda legitimidade para disputar este espaço, mas precisamos achar uma saída para manter essa unidade da esquerda em 2014. E o projeto de futuro, inclusive com a possibilidade de Campos se tornar candidato em 2018, devemos elaborar juntos.

Henrique Fontana

Deputado federal e vice-líder do Governo Dilma na Câmara dos Deputados

Leia também:

Eduardo Campos tem parentes no governo; secretário nega nepotismo

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



25 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Valmont

19 de setembro de 2013 às 17h39

Impressiona a falsidade com que empregam a palavra socialismo no Brasil.

Cara-de-galinha-com-alma-de-raposa vai com muita sede ao pote…

Responder

ricardo silveira

19 de setembro de 2013 às 17h23

Como o governador candidato vai dizer aos pernambucanos e aos demais estados do Nordeste que rompeu com o Governo Federal de Lula/Dilma, os que mais fizeram pelo Nordeste e pelo Brasil.

Responder

Zanchetta

19 de setembro de 2013 às 15h27

O Fontana é um ingênuo que acha que o PT vai querer largar o osso em 2018… tolinho!

Responder

Arthur Araújo

19 de setembro de 2013 às 15h02

O Eduardo “Caprilles” Campos está seduzido pelo canto da sereia e perdeu a percepção da realidade do que significa menos de 5% de intenção de votos.

Responder

Urbano

19 de setembro de 2013 às 13h22

Ninguém quer um quinta-coluna fazendo parte dos seus negócios particulares…

Responder

Jbmartins

19 de setembro de 2013 às 11h16

O apressado come cru, e Eduardo, se ferrou, é conhecimento de todos o projeto entreguista dos tucanos, se aliou a eles, fritou-se.

Responder

Matheus

19 de setembro de 2013 às 11h09

Depois de “mamar” durante todo o governo, agora o playboy vai seguir carreira solo?

A polícia do playboy pernambucano sequestrou e torturou ativistas.

E o playboy quer ser presidente.

É o tipo de víbora criada pela “governabilidade”.

Collor 2.0?

Estou insatisfeito com o governo Dilma, mas cadê a alternativa?

Responder

Alexandre Tambelli

19 de setembro de 2013 às 09h07

O Governador Eduardo Campos, infelizmente, não soube ser Presidente do Brasil em 2018. Trocou a pressa pela certeza e agora, ninguém confia nele. Nem a esquerda política e seus políticos e nem nós, eleitores de esquerda.

Em 2018 bem poderia ser o candidato da centro-esquerda com apoio de Lula e Dilma e de nós, seus eleitores.

Perdeu apoio político e cabos eleitorais de carne e osso! Trocou cabos eleitorais politizados pelos acenos da velha mídia, que anda perdendo todas!

Responder

Julio Silveira

19 de setembro de 2013 às 08h24

Esse é um vôo exclusivamente do pernambucano, que talvez não seja unanime nem em seu estado. A foto mostra de forma bastante evidente.

Responder

Seu Zé

19 de setembro de 2013 às 01h39

Tive uma namorada que me dizia: você nunca encontrará alguém com esses olhos tão lindos. Depois de sofrer por ouvir isso, pensei: eu não tenho olhos?

Responder

Tadeu Marques

18 de setembro de 2013 às 22h13

Cid Gomes 2018, isso sim. Se tem alguém no PSB que demonstrou lealdade tanto ao Lula quanto a Dilma, esse alguém é o governador do Ceará, Cid Gomes, que além de tudo demonstra uma competência administrativa fenomenal, uma enorme capacidade de concretizar projetos, e que fez o seu estado se destacar nacionalmente na área educacional, inclusive criando o programa de alfabetização na idade certa que serviu de inspiração para o programa do mesmo âmbito lançado pelo governo federal no ano passado. E além de tudo, não tem alguns dos defeitos que o seu irmão Ciro tem, como o de falar demais e acabar falando o que não devia. Os setores sérios do PSB deveriam começar a desmontar o vôo de galinha do senhor Eduardo Campos, e preparar o projeto de Cid Gomes para presidente em 2018, em aliança com o PT.

Responder

    Bonifa

    19 de setembro de 2013 às 05h34

    É uma possibilidade muito interessante. Inclusive traz uma candidatura vestida de clareza, de claridade, enquanto a candidatura Eduardo Campos está imersa em fluxos de sombra, alguns deles conectados com a mais profunda escuridão.

    Zanchetta

    19 de setembro de 2013 às 15h30

    O PT é o Dom Quixote e olha os demais partidos que o apóia como Sanchos Panças… se vc acha que alguém de outro partido vai ser apoiado por ele, vc é um INGÊNUO…

pereira

18 de setembro de 2013 às 22h01

Olhe essa foto quanta tristeza, dar até dó, ohe a fila de trás, estão em um velório.

Responder

pereira

18 de setembro de 2013 às 22h00

Esse cara é pior que o aécio, vive só de propaganda, vão no Agamenor Magalhães que você vão ver quem é esse eduardo, vão em uma escola pública que vocês vão ver quem é esse cara.

Responder

edite tuao cansian luiz

18 de setembro de 2013 às 20h55

Tem muita gente com raiva do PT mas não são os
seus eleitores.

Responder

Sagarana

18 de setembro de 2013 às 20h19

Vice?!?! Puts, se fosse ao menos o líder.

Responder

trombeta

18 de setembro de 2013 às 20h15

Vou me jogar da ponte.

Responder

Carlos dB

18 de setembro de 2013 às 20h04

Com um governo fraco, sem rumo, cheio de escandalos, atirando (e brigando) para todos os lados, sem coerencia e ideais, o PT tenta “molhar” a boca do gov. Eduardo Campos, seu maior adversário em 2014, com promessas vãs, futuras e que não cumprirá. Hoje o sentimento de quem votou no (des)governo petista é de raiva, desilusão, traição. O PT se apossou das diretrizes demo-tucanas e privatiza tudo que está no Estado, terceirizando ou entregando diretamente a iniciativa capitalista a exploração dos serviços/empresas/rodovias/aeroportos/portos/etc pagos/construidos com os nossos impostos. Em 2014 fora PT! Que o governador pernabucano não caia na armadilha que estão aprontando. O cavalo passa selado apenas uma vez na vida. Aproveite, governador!Fora Dilma!

Responder

    trombeta

    18 de setembro de 2013 às 21h14

    O discurso do esquerdismo e da direita é tão parecido, a gente nunca sabe quem é quem.

    Rogerio

    18 de setembro de 2013 às 21h59

    o PT tenta “molhar” a boca do gov. Eduardo Campos, seu maior adversário em 2014???? Vc tá de brincadeira…

    edir

    19 de setembro de 2013 às 05h12

    Maior adversário com 4% nas pesquisas ?
    Em Campinas o nosso prefeito é do PSB e juntou bonitinho com o PSDB para tirar a vitória do PT. O Jonas Donizette só venceu a eleicäo por sua popularidade como locutor. O seu adversário candidato do PT Pochmann chegou guase lá, perdeu por pouco, era um desconhecido. Entäo Carlos, todos se juntam à todos, quando querem vencer uma eleicäo. No PSB tem sim bons políticos, tá aí um nome conhecido Luisa Erundina, mas o seu Dudu näo dá.

Zilda

18 de setembro de 2013 às 19h43

Eduardo Campos 2018? Não com meu voto. Não voto em traidores!

Responder

    abrantes

    18 de setembro de 2013 às 22h54

    Concordo com você.Com o meu também não

    LuizCarlosDias

    18 de setembro de 2013 às 23h34

    2018 me desculpem temos a volta de um paulista
    a presidência da república HADDAD, Dudu nem vice.
    Viva Lula e Dirceu livre nas caravanas de Dilma/2014.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.