VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Vermelho: E a arapongagem no Rio Grande do Sul?


16/09/2010 - 13h14

14 de Setembro de 2010 – 19h28

PT critica omissão da mídia sobre arapongagem do PSDB no RS

do Vermelho

A espionagem de políticos, jornalistas, advogados e policiais na Casa Militar do Governo Yeda Crusius (PSDB) é, praticamente, dez vezes maior do que se imaginava. Em vez das 10.000 consultas já reveladas, o sargento César Rodrigues de Carvalho, atualmente preso, acessou 95.000 vezes os dados do Sistema de Consultas Integradas.

A informação foi dada à rádio Guaíba pelo promotor de Justiça Amilcar Macedo, encarregado da investigação. Macedo foi além: adiantou que a listagem que possui em mãos inclui muitos nomes novos, que não revelou, e a violação de sigilo de “autoridades de maior status”.

Foram 51.000 acessos em 2009 – ou seja, 4.250 por mês. Em 2010, ano eleitoral, a atividade de arapongagem, que já era grande, aumentou expressivamente. Até o dia 10 de agosto, o total bateu em 44.000 acessos. Na tarde passada, o promotor Macedo foi barrado no Palácio Piratini, a sede do governo gaúcho. Ele pretendia conversar com a chefia da Casa Militar. Após 1h20m, o promotor conseguiu cruzar o portão. Dali, seguiu para uma garagem que abriga os carros da Casa Militar onde realizou diligência.

O líder do PT na Câmara, Fernando Ferro (PE), qualificou como um “absurdo” o fato ocorrido no governo tucano do Rio Grande do Sul e estranhou o comportamento da mídia nacional em relação ao caso. “Tudo que resvala nos tucanos é omitido, a exemplo da reportagem da revista Carta Capital que mostra a participação de Verônica Serra e de sua sócia Verônica Dantas na violação do sigilo bancários de 60 milhões de brasileiros no governo Fernando Henrique”, disse o líder.

Para Ferro, a omissão da mídia tanto no Rio Grande do Sul como do resto do País em relação à arapongagem no governo Yeda Crusius “mostra claramente a parcialidade da maior parte dos meios de comunicação do Brasil. Falam, sem nenhum fundamento, que o governo Lula seria uma ameaça à imprensa, mas a maior ameaça é o próprio comportamento da mídia, que ignora os princípios mais elementares do jornalismo. Na prática, a mídia brasileira foi ‘mexicanizada’. Isto é, criou-se uma espécie de PRI (Partido Revolucionário Institucional) da mídia, com um pensamento único prevalecendo, sem espaço para o contraditório”.

O deputado Fernando Marroni (PT-RS) também mostrou perplexidade com os escândalo da arapongagem tucana no Rio Grande do Sul e com falta de disposição da mídia local e nacional de investigar o caso. “Dá-se uma enorme cobertura a denúncias falsas com suposto envolvimento do PT, como no caso da violação de dados da Receita Federal em São Paulo, mas no caso do Rio Grande do Sul, com provas claras de cometimento de um crime, há um silêncio sepulcral. Que liberdade de imprensa é esta? É um caso estarrecedor de omissão e posicionamento partidário da mídia”.

Marroni lembrou que há dez dias a Polícia Federal prendeu três pessoas suspeitas de fazerem parte de um esquema fraudulento que teria causado um prejuízo de cerca de R$ 10 milhões ao Banco do Estado do Rio Grande do Sul – Banrisul. “O grupo foi nomeado por Yeda Crusius, mas a mídia gaúcha refere-se aos suspeitos como quadrilha, como se nada tivesse a ver com a governadora”, comentou o parlamentar.

O araponga do PSDB disse ao promotor que agia obedecendo determinações de superiores e, também, por curiosidade. Já o ex-ouvidor Paiani afiança que a ordem para espionar adversários políticos parte do núcleo de poder do governo tucano.

Usando sua senha do Sistema de Consultas Integradas, o sargento Carvalho violou dados sigilosos do ex-ministro Tarso Genro, atual candidato do PT ao governo estadual; do coordenador da campanha estadual petista, ex-deputado Flávio Koutzii; da ex-presidente da CPI da Corrupção, deputada Stela Farias (PT); do senador Sérgio Zambiasi (PTB), de dois deputados do PTB e do ex-vice prefeito de Porto Alegre, Eliseu Santos, assassinado em fevereiro deste ano.

Vasculhou ainda a vida de jornalistas, advogados e policiais. No caso de Stela e de seu colega, o deputado estadual Luis Augusto Lara, o espião acessou dados, fotos e monitorou as rotinas dos filhos deles, inclusive de uma criança de oito anos.

Fonte: Liderança do PT na Câmara





17 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Alckmin cancela as “varreduras” da Prodesp | Viomundo - O que você não vê na mídia

09 de setembro de 2011 às 14h26

[…] Vermelho: A arapongagem no Rio Grande do Sul   […]

Responder

Baixada Carioca

16 de setembro de 2010 às 23h06

Não adianta ficar reclamando. Tem que articular pro governo e estatais não anunciarem nessa mídia podre. É a única resposta que eles entenderão de verdade! Esse blá, blá, blá e dinheiro no caixa deles não vai dar em nada.

Responder

Anoninio Neto

16 de setembro de 2010 às 21h38

É interessante, onde anda a OAB, Promotoria, etc, só atende a grande mídia/serra….

Responder

    Baixada Carioca

    16 de setembro de 2010 às 23h11

    E por falar nisso, onde anda a dra. Cureau?

José Manoel

16 de setembro de 2010 às 20h24

Azenha: essa governadora está morta e ainda não sabe!!!! Por favor, alguém avise !!!!!!!!!!

Responder

Jairo_Beraldo

16 de setembro de 2010 às 20h12

Em geral, a grande mídia nativa engole e aceita tudo isso. Ás vezes por causa das ordens dos patrões, que mantém ligações íntimas com a oligarquia que Serra representa. Outras vezes, por ser canalha, mesmo.

Responder

jelio

16 de setembro de 2010 às 19h43

Eu acho que o nosso erro pode estar ai,não procurando colocar a verdade em publico,virão as eleições e "digamos que forem fraudadas" como poderemos virar este jogo,já observaram que a queda diaria de um ponto vai levar a um "empate tecnico", não que essa perda seja a real mais maquinada pelo PIG????????

Responder

Leonardo

16 de setembro de 2010 às 19h02

Azenha, eixste algum Orgão na comunidade Internacional que acionada pode divugar as atrocidades cometidas
pelos donos de jornais e canais de televisão no Brasil. Não é possível continuar com está. Esses quatro donos da
comunicação não pode continuar como estão.

Responder

jelio

16 de setembro de 2010 às 18h41

Isso precisa ser denunciado não podemos omitir estas informações da sociedade,tem de existir algum meio de se tornar publico,essa blindagem esta fora da realidade.

Responder

fabiii

16 de setembro de 2010 às 18h41

é claro que o grupo rbs não vai noticiar nada, segundo denúncia do jornalista vitor vieira (ver cloaca news), 10 jornalistas da rbs tinham senhas de acesso à esse sistema de informações!!! isso é MUITO grave, é um absurdo sem tamanho, mas zero hora nem correio do povo tocam nesse assunto. a blindagem do governo yeda pela mídia sulista é total!!! estou profundamente indignada com o comportamento da mídia gaúcha!!! se fosse o governo do olívio…

Responder

    Baixada Carioca

    16 de setembro de 2010 às 23h10

    O tal sargento está preso. Bom. Muito bom. Esperar que a mídia divulgue isso é inocência e burrice. Só a blogosfera pra mostrar e já estamos fazendo isso. Quem pode cobrar isso da imprensa? Dilma, nas entrevistas coletivas.

Bonifa

16 de setembro de 2010 às 18h00

É lícito perguntar-se se tal arapongagem não ocorre também em outros governos do PSDB.

Responder

Luiz Henrique

16 de setembro de 2010 às 17h56

Vergonha nacional!
Vexame!
Aberração!

Responder

jose dantas

16 de setembro de 2010 às 17h32

Já imaginram se esse sargento fosse filiado ao PT? Com certeza pediriam a impugnação da canidatura da Dilma

Responder

Fábio

16 de setembro de 2010 às 16h57

É muita ingenuidade esperar alguma manifestação da imprensa.
É de conhecimento público a quem ela serve.
Ontem, em entrevista ao Terra, o Professor Cláudio Lembo, ex-governador de São Paulo, disse que a imprensa está apoiando o candidato do PSDB (não sei se é possível recuperar a entrevista).
Para quem não o conhece: ele foi da ARENA, PDS, PP, PFL (hoje DEM).

Responder

    Baixada Carioca

    16 de setembro de 2010 às 23h07

    E ainda anunciar nesta porcaria? Ingenuidade e burrice!

fátima

16 de setembro de 2010 às 13h23

A imprensa do RS é uma vergonha, e estão tentando eleger dois representantes no senado.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding