VIOMUNDO

Diário da Resistência


Valter Pomar: Em tempos de guerra, a esperança é vermelha; veja vídeo
Política

Valter Pomar: Em tempos de guerra, a esperança é vermelha; veja vídeo


08/06/2019 - 12h54

Da Redação, com sugestão de Tânia Mandarino

Nessa sexta-feira (07/06),  foi realizado em Cuiabá, na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o debate A organização das forças populares frente ao desmonte do estado brasileiro.

Valter Pomar, professor da Universidade Federal do ABC (UFABC), foi um dos debatedores.

No vídeo acima, uma das participações dele no evento.

Vale a pena assisti-la na íntegra. Imperdível.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

08 de junho de 2019 às 22h55

O CEO Genérico e o Fim dos Capitães da Indústria

Por Luis Nassif, no GGN

No amplo processo de globalização registrado nas últimas décadas,
um dos fenômenos menos analisados foi o predomínio dos CEOs [*]
à frente das empresas, substituindo o comando familiar.
No caso do Brasil, significou o esvaziamento completo da representação
empresarial, especialmente na indústria.

*[CEO = Chief Executive Officer = Sócios-Diretores Executivos Milionários
que recebem Lucros e Dividendos da Empresa, Não pagam Imposto de Renda
e não reinvestem na Produção, mas sim aplicam no Mercado Financeiro]

https://jornalggn.com.br/gestao/o-ceo-generico-e-o-fim-dos-capitaes-da-industria-por-luis-nassif/

Responder

Zé Maria

08 de junho de 2019 às 22h43

Herdeiros do Roberto Marinho lambendo os beiços
com a Decisão do Judiciário de Mercado que liberou
a Venda Direta de todas as Subsidiárias das Estatais.

A Previsão é de que no curto prazo serão entregues
35 empresas só da Petrobras, além de 30 da Eletrobras.

07/06/2019 07h41
G1.Globo

*Governo federal* [*SIC!]* tem atualmente 134 estatais; veja lista
*[Errado! Não é o Governo! É o Estado Brasileiro! Logo, o Povo!]*
Deste total, 88 são subsidiárias da Petrobras, Eletrobras, Caixa,
Banco do Brasil, Correios e BNDES.

O *governo federal* [SIC!] tem atualmente, segundo o Ministério da Economia,
134 estatais, das quais 46 são de controle direto, e 88 são subsidiárias, sendo
Petrobras (35), Eletrobras (30), Banco do Brasil (16), Caixa (3), BNDES (3) e Correios (1).

Veja a Lista: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/06/07/governo-federal-tem-atualmente-134-estatais-veja-lista.ghtml

Responder

Marcos Videira

08 de junho de 2019 às 22h27

Valter Pomar é um dos estrategistas do PT que colocou os mesquinhos interesses do partido acima dos interesses nacionais (vide entrevista dada ao Nassif pouco antes das eleições 2018 e artigos publicado no site 247). Ele foi um dos responsáveis pela vitória de Bolsonaro.

Responder

Zé Maria

08 de junho de 2019 às 21h05

Quem diz que vai trabalhar dia 14 ou é Patrão e Rico ou é Masoquista e Suicida

Responder

Zé Maria

08 de junho de 2019 às 19h02

Em maio de 2019, o salário mínimo necessário para sustentar
uma família de 4 pessoas deveria ter sido de R$ 4.259,90.

O valor é 4,27 vezes o salário mínimo em vigor atualmente, de R$ 998.

A estimativa é do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) que divulga mensalmente uma projeção de quanto deveria
ser o salário mínimo para atender as necessidades vitais básicas do trabalhador
e de sua família – com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário,
higiene, transporte e Previdência Social – conforme estabelecido no Inciso IV
do Artigo 7º da Constituição Federal de 1988.

Esse valor é calculado com base na cesta básica mais cara
entre 17 capitais pesquisadas. Em maio, o maior valor foi
registrado em São Paulo (R$ 507,07).

Os valores mais baixos foram observados em Salvador (R$ 392,97)
e João Pessoa (R$ 403,57).

O salário mínimo em 2019 passou de R$ 954 para R$ 998.
De acordo com decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro,
o valor diário do salário mínimo ficou em R$ 33,27, e o valor por hora, em R$ 4,54.

O aumento do salário mínimo foi de R$ 44,00 (4,6%) em relação ao anterior.
No entanto, ficou abaixo dos R$ 1.006 aprovados pelo Congresso Nacional
para o Orçamento deste ano.

https://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html
https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/06/06/salario-minimo-ideal-maio-dieese.htm

Responder

Zé Maria

08 de junho de 2019 às 16h56

Os Estados Unidos da América continuarão tentando
impedir que a Esquerda eleja Presidente da República.

Eles tomaram gosto pelos Golpes Primaveris no Mundo
com o uso do Aparato Tecnológico de Contra-Informação.
Já impediram até o Bernie Senders de concorrer lá dentro.

Até agora, apenas China e Rússia conseguiram bloquear
a infiltração de Agentes Privados e Estatais dos EUA.

Na América Latina, só Cuba conseguiu resistir ao Ataque.
A Venezuela passou a ser economicamente mais atrativa
e estrategicamente tão ou mais importante na Região
sobretudo para a Dominação ideológica nos Países do Sul
como Método de Facilitação da Espoliação de Riquezas
com a Colaboração de Traidores Entreguistas, como aqui.

E será que as FFAA e o Judiciário e a Imprensa de Direita
garantirão as Eleições Isentas, inclusive com #LulaLivre,
diante da Contaminação dessas instituições no Brasil,
obstinadas que estão por essa tal Economia de Mercado
descontrolado, sem limites e financeiramente libertino ?

O Fucks e o BarrôZo, por exemplo, estão concorrendo
para ver qual dos dois é o Guedes do Poder Judiciário.
Porque até o Gilmar Mendes já conseguiram desbancar…
.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.