VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Urariano Mota e o discurso de Lula que não vai sair na Globo


25/08/2010 - 21h35

Lula não fala inglês

Urariano Mota, no Direto da Redação

Amigos, o artigo está pronto, veio pronto, pautado, escrito e transmitido por Lula, no comício em Campo Grande (MS), na noite da última terça-feira:

“Me lembro como se fosse hoje, quando eu estava almoçando na Folha de São Paulo. O diretor da Folha de São Paulo perguntou pra mim: ‘O senhor fala inglês? Como é que o senhor vai governar o Brasil se o senhor não fala inglês?’… E eu falei pra ele: alguém já perguntou se Bill Clinton fala português? Eles achavam que o Bill Clinton não tinha obrigação de falar português!… Era eu, o subalterno, o colonizado, que tinha que falar inglês, e não Bill Clinton o português!…

Houve uma hora em que eu fiquei chateado e me levantei da mesa e falei: eu não vim aqui pra dar entrevista, eu vim aqui pra almoçar… Levantei, parei o almoço… E fui embora. Quando terminou o meu mandato, terminei sem precisar ter almoçado com nenhum jornal! Nunca faltei com o respeito com a imprensa… E vocês sabem o que já fizeram comigo…” (Vídeo do discurso aqui)

Essa agressão se deu em um almoço, belo e respeitoso, aonde Lula fora na condição de convidado e candidato, em 2002. Apesar de suas deficiências no speak englisk, ou até mesmo por essas fundamentais deficiências, como diria o mais culto e refinado dos Frias, Lula foi eleito. Ô raça. Gentalha sem brios, sem pudor e sem moral, meteu um metalúrgico nordestino no mais alto posto da nação, danação, como Frias e assemelhados gostavam de dizer.

Recordar é uma forma de conhecimento, talvez a mais aprimorada. Pois não é que depois de um mandato em que o mundo não se acabou, Lula achou de voltar à campanha para a presidência em 2006? Folgado, o cara. Não conseguindo lavar a jega no primeiro turno, partiu pro segundo. Pra quê? Na ressaca – todos lembram bem, Lula era alcoólatra, ele era dado a uma cachacinha, que à sua maneira atualizava Marx, da tendência Karl: “o povo se embriaga, os burgueses vão ao club” – pois bem, na ressaca das eleições daquele primeiro de outubro, uma das peças indeléveis, unforgettable, foi o artigo “Yankees e rebeldes” na Folha de São Paulo em 5.10.2006. Real?

Nem tanto pela qualidade, elegância e boa prosa do texto. Nem mesmo pelo inusitado de conceitos. As idéias ali expostas, se por idéias entendemos tudo que sai de uma cabeça, longe estavam de ser novas. Pelo contrário, eram velhas e velhíssimas no nascimento. Mas escritas sob inspiração de um ghost writer, passaram a ser um documento histórico de como a elite de São Paulo via os outros brasileiros. O possível autor, que se assinava como Otavio Frias Filho, dizia:

“YANKEES E REBELDES

Muito se tem escrito sobre a divisão do Brasil em duas metades que emergiu no domingo. Os jornais trazem mapas onde Rio, Minas, o Nordeste e o Norte aparecem em vermelho (Lula), enquanto São Paulo, o Sul e o Centro-oeste estão em azul (Alckmin). Essa divisão entre ‘yankees’ e confederados em nossa ‘Guerra Civil’ eleitoral já foi enfocada sob seus dois prismas mais evidentes, o antagonismo de classe e a desigualdade geográfica. Grosso modo, o primeiro opõe as classes populares às classes médias. O segundo ângulo opõe o ‘Norte’ ao ‘Sul’…

Em grande parte do Nordeste, e mesmo em Minas e no Rio, o cenário é outro. São regiões onde a onipresença do Estado remonta ao período colonial; são lugares onde o poder do Estado para contratar, subsidiar, autorizar verbas segue enorme, até por compensar a relativa debilidade da economia privada…”.

Era uma placa a ser gravada com letras de ouro. Era o óbito de um tempo, de uma classe, que se desejava mostrar ilustrada, educada, culta. O que antes atingia Lula, chamado de apedeuta pelo mesmo Frias em outro artigo, o que antes atingia, de raspão, a sua origem material e de nascimento, um operário, um nordestino, agora se dirigia com mais precisão à gente que lhe era semelhante.

Lembro que ao comentar essa brilhante excreção, escrevi que os Frias e semelhantes podiam esperar uma praga de nordestinos, em revoada de Norte a Sul para São Paulo, quando 29 de outubro chegasse. Que chegou, e veio, gerando mais um mandato, talvez o mais brilhante da república do Brasil.

Hoje, e até a próxima semana, temos Dilma com 46%, e Serra com 28% de intenções de voto. Nos próximos quatro anos, se alguém lhe ensinar o samba, o dono da Folha pode interpretar: “Implorar, só a Dilma, mesmo assim às vezes não sou atendido”. Recordar é prever. Bruxo sem memória não há.

Para ler o texto do discurso, o Baixada Carioca transcreveu.





52 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Victor Hugo Ramallo

22 de setembro de 2010 às 18h58

é o stalinismo ressuscitado

Responder

Ed.

26 de agosto de 2010 às 23h01

Lula poderia ter perguntado ao Tavinho como se fala o nome do então jornal do papaizinho dele:

É "Shit of Sao Paulo"?

Não?! … Ah, é com "ee"? … Desculpe, num falo ingrês…

Responder

    George Mello

    27 de agosto de 2010 às 07h24

    Muito bom, Ed! Falamos inglês, eu e você. E apoiamos o primeiro governo realmente democrático da história do País. Parabéns!

Henrique

26 de agosto de 2010 às 22h55

O discurso de um homem livre
O Lula tem um desejo claro que é o povo brasileiro.
Quanto mais os brasileiros avançam em melhorias, mais ardente é o desejo do Operário para um país moderno.
Sua preocupação básica sempre foi a expansão de nossa pátria.
Em seu governo sempre se preocupou com o destino do povo principalmente os seus sofrimentos.
Ele nunca perdeu de vista as grandes lutas de sua época.
Lula nunca teve uma perspectiva arrogante de que não sofreria inúmeros preconceitos como candidato e como Presidente do Brasil.
Até hoje sofre os mais variados preconceitos mas, como dizem por aí, ‘onde se nasceu é que se pode ser mais útil’ e ele foi e é tão útil Presidente do Brasil que já é melhor que todos os outros.

É um raro discurso político.
Espetacular.

Responder

Dirlei Henriques

26 de agosto de 2010 às 22h48

Esse Lula me emociona e compartilho da opinião do amigo Yacov!
Agradeço á Deus por estar vivendo este momento e assistindo está aula histórica que Lula está dando na oposição e na mídia golpista deste país!
Viva Lula, Viva Dilma!

Responder

Marcelo Fraga

26 de agosto de 2010 às 22h08

Oh, come on man! Esse operário ignorante pensa que é quem? Não fala inglês e muito menos português!
Para um mundo globalizado precisamos alguém que fale a mesma língua dos nossos amigos Americans.
God bless America!
Agora a búlgara vai se eleger. OMG, nosso país tá perdido. Precisamos de um presidente preparado, e nada melhor que o Zé Serra. Quem não sabe que foi ele que esteve por trás de todo os feitos do governo Lula?


Eu acho que é assim que a elite pensa. Pelo menos é assim que se expressam na internet. Não posso falar do resto pois não tenho contato com essa gente. Mantenho contato apenas com pessoas sujas.

Responder

Lau Cariri

26 de agosto de 2010 às 19h54

É velho, é de um "conservador" (isso é discutível), mas já na época era uma previsão de um futuro que se concretizou em 2002. É um poema de Gilberto Freyre. Leiam e pensem:

O outro Brasil que vem aí

Eu ouço as vozes
eu vejo as cores
eu sinto os passos
de outro Brasil que vem aí
mais tropical
mais fraternal
mais brasileiro.
O mapa desse Brasil em vez das cores dos Estados
terá as cores das produções e dos trabalhos.
Os homens desse Brasil em vez das cores das três raças
terão as cores das profissões e regiões.
As mulheres do Brasil em vez das cores boreais
terão as cores variamente tropicais.
Todo brasileiro poderá dizer: é assim que eu quero o Brasil,
todo brasileiro e não apenas o bacharel ou o doutor
o preto, o pardo, o roxo e não apenas o branco e o semibranco.
Qualquer brasileiro poderá governar esse Brasil
lenhador
lavrador
pescador
vaqueiro
marinheiro
funileiro
carpinteiro
contanto que seja digno do governo do Brasil
que tenha olhos para ver pelo Brasil,
ouvidos para ouvir pelo Brasil
coragem de morrer pelo Brasil
ânimo de viver pelo Brasil
mãos para agir pelo Brasil
mãos de escultor que saibam lidar com o barro forte e novo dos Brasis
mãos de engenheiro que lidem com ingresias e tratores europeus e norte-americanos a serviço do Brasil
mãos sem anéis (que os anéis não deixam o homem criar nem trabalhar).
mãos livres
mãos criadoras
mãos fraternais de todas as cores
mãos desiguais que trabalham por um Brasil sem Azeredos,
sem Irineus
sem Maurícios de Lacerda.
Sem mãos de jogadores
nem de especuladores nem de mistificadores.
Mãos todas de trabalhadores,
pretas, brancas, pardas, roxas, morenas,
de artistas
de escritores
de operários
de lavradores
de pastores
de mães criando filhos
de pais ensinando meninos
de padres benzendo afilhados
de mestres guiando aprendizes
de irmãos ajudando irmãos mais moços
de lavadeiras lavando
de pedreiros edificando
de doutores curando
de cozinheiras cozinhando
de vaqueiros tirando leite de vacas chamadas comadres dos homens.
Mãos brasileiras
brancas, morenas, pretas, pardas, roxas
tropicais
sindicais
fraternais.
Eu ouço as vozes
eu vejo as cores
eu sinto os passos
desse Brasil que vem aí.

(1926)

Responder

    ruy garcia

    27 de agosto de 2010 às 07h12

    Maravilhoso.

Roberto Telles

26 de agosto de 2010 às 19h05

Vou votar na Dilma porque ela fala Inglês e Francês e ainda estudou piano clássico, tem curso superior e pós-graduação em andamento e ainda por cima foi indicada por um "nordestino apedeuta" seja lá o que a Folha queira dizer como isso. Pensando bem acho que a Dilma deveria ser a canditata dos Frias já que o Zé Chirico Serra nem diploma tem. Então porque eles escolheram o Zé, acho que já sei, trata-se apenas de um preconceito machista de quem não tem seguraça da própria sexualidade – esse Frias nunca me enganaram…

Responder

rubem

26 de agosto de 2010 às 18h23

vi o discurso de LULA no MS no,'you tube" , foi historico e comovente, parecia o discurso de martin luther king "a have a dream"sem dúvida, mesmo com a iminente Vitória de Dilma, LULA , este grande brasileiro, vai deixar muita saudade nos brasileiros ,valeu LULA.

Responder

Correa

26 de agosto de 2010 às 16h21

Acabei de ler o texto, e em casa vou procurar o vídeo!! É para guardar e repassar.. Pergunta do Diretor da Folha que convidou o então candidato Lula: "escuta aqui, ô candidato: o senhor fala inglês?" Lula responde: "Não". O Diretor rebate “Como é que o senhor quer governar o Brasil se o senhor não fala inglês?” Lula responde: "mas eu vou arrumar um tradutor". O Diretor sentencia: “Mas assim não é possível. Não é possível. O Brasil precisa ter um presidente que fala inglês.” E o futuro presidente dispara: "Alguém já perguntou se o Bill Clinton fala português?". E assim em um certo momento, incomodado, Lula se levantou da mesa e disse: "Não vim aqui para dar entrevista, me convidaram para almoçar". Se levantou e foi embora!.. Foi de lavar a alma!!!

Responder

Yacov

26 de agosto de 2010 às 15h46

Um dos melhores, mais emocionantes e profundos discursos de LULA, o grande "pensador orgânico" como diria Maria da Conceição Tavares e o homem que "filosófa a marteladas", como diria Nietszche e eu também, modestamente. O CARA fala de forma super crítica sobre temas atuais e super importantes da brasilidade e do mundo: Opreconceito, a imprensa golpista, a consciência sobre a opressão da elite, a submissão demo-tucana frente aos estrangeiros, o aprendizado com consciência sobre o mero adestramento do pensamento colonizado, muitas vezes feito em pomposas universidades estrangeiras." Vivemos um momento fantástico de nossa história e não poderia haver um homem mais preparado que o LULA para assumir a liderança nesta hora. É sensacional!!! Agradeço a DEUS por me permitir vivenciar este momento.

"O BRASIL para TODOS não passa na gLOBo – O que passa na glOBo é um braZil par TOLOS"

Responder

Ana

26 de agosto de 2010 às 12h34

Parabéns pelo texto! Mas pq o LHulk ainda é o mais seguindo no twitter? Mas pq a Globo ainda é a mais assistida? Mas pq o Uol ainda é o mais acessado? Cadê esses +80% de aprovação do governo Lula fazendo diferença também nesses meios?

Responder

    Carlos

    26 de agosto de 2010 às 13h14

    Por que, Ana?
    Por que?

    Yacov

    26 de agosto de 2010 às 17h10

    È, porque será ANA??? VAmos ajudar a nossa amiguinha a escalrecer está dúvida lancinante pesso-ALL. Ô, dó!!!

    "O BRASIL para TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gLOBo é um braZil para TOLOS"

    Edson

    26 de agosto de 2010 às 14h08

    Tenho acompanhado todos os passos dessa eleição diariamente na tv e pela internet. Faço questão de assistir ao JN e acessar o UOL não pq gosto ou acredito neles, mas para acompanhar os seus passos e ver suas reações, como por exemplo a mudança de comportamento deles desde que o Datafolha admitiu a possibilidade de vitória da Dilma já no primeiro turno: o JN ontem não mostrou a parte da entrevista do Serra em que credita à Dilma a responsabilidade pela quebra do sigilo fiscal dos tucanos. Penso que, mesmo não concordando com o que é mostrado, já que tenho minha opinião formada, é importante ver o quanto eles são parciais ou não. Isto talvez explique pq a Globo ainda tem uma certa audiência e pq o Uol ainda é acessado. Acredito que as pessoas hoje estão mais informadas e críticas e conseguem distinguir mais claramente quem fala a verdade.

José Luiz Rossi

26 de agosto de 2010 às 12h07

Quem sabe "o apedeuta" assim que deixar cargo de melhor Presidente,que administrou exemplarmente o seu País,não pode ajudar o otavinho a administrar a folha de s.paulo e impedir sua derrocada e falta de credibilidade?

Responder

joão henrique

26 de agosto de 2010 às 10h47

no seria estranho se essa galera os folhas, estadões e por ai vai, vestissem fardas verdes olivas, é uma ditadura de
" papel". mas como a outra a casa ta começando a cair.

Responder

vander

26 de agosto de 2010 às 09h28

Pessoal, segue o poema de Vinícius de Moraes que Lula citou em seu histórico discurso contra o preconceito da elite.

Operário em construção
http://letras.terra.com.br/vinicius-de-moraes/873
http://www.youtube.com/watch?v=nYUqvm8tIdk
http://www.youtube.com/watch?v=ChIAWMkYWSU&fe

Responder

Carlos

26 de agosto de 2010 às 09h02

E Octávio Frias Filho assinou: “Em grande parte do Nordeste, e mesmo em Minas e no Rio, o cenário é outro. São regiões onde a onipresença do Estado remonta ao período colonial; são lugares onde o poder do Estado para contratar, subsidiar, autorizar verbas segue enorme, até por compensar a relativa debilidade da economia privada…”. (*)

“onde o poder do Estado para contratar….”

(*) https://www.viomundo.com.br/politica/urariano-mota

Responder

Carlos

26 de agosto de 2010 às 08h54

“Marx, da tendência Karl”
Uraniano num momento Groucho…

“onde o poder do Estado para contratar,…”
Exemplo exemplar: https://www.viomundo.com.br/voce-escreve/blog-do-d

Responder

hamilton Sales

26 de agosto de 2010 às 08h52

Vamos Classificar por nomes os Jornalistas tucanos.

Arnaldo Jabor – > esse sem comentários ! Criado e finaciado pela ditadura para fazer seus filmes, agora quer dar um de democrata ! Só gosto de seus comentários quando não fala de política, aí faz juz a sua fama '' o cineasta das palavras ''.

Fernando Mitre ! catimbero de pesquisas ! Se Serra ou Alckmim estiverem na frente das pesquisas esse cidadão fala que é quase irreversível mudar o resultado das pesquisas, mas se estão atrás ! Ah rsrsrsrsrs tudo é possível para uma vira igual do Kassab sobre Marta.

Pessoal, se tiverem mais nomes e eu sei que tem me ajudem !
Abraço

Responder

    BloGDoRiLDo

    26 de agosto de 2010 às 10h49

    Tenho que esperar mais um pouco. A turma da CBN tá num baixo astral do KCT. Eles falam, falam, mas reconhecem que são incapazes de criar um fato que possa mudar o quadro.

    Correa

    26 de agosto de 2010 às 15h06

    Merval Pereira (O Globo) – Destila ódio em relação ao Presidente Lula e o PT

    Mírian Leitão – Porta-Bandeira do PIG. Essa joga em todas as posições, sabe tudo(economia, meio ambiente, habitação etc., e é claro.. o Governo está sempre errado, ou em atraso nas decisões tomadas.

    Ademir

    05 de setembro de 2010 às 23h31

    tem A foia, A veja, o tasso do cqc,boner da globo a tal de fatima bernades chico anisio, e a regina duarte tentando um golpe , DILMA 65% e o serra abaixo 20% s

Hamilton Sales

26 de agosto de 2010 às 08h51

Vamos Classificar por nomes os Jornalistas tucanos.
É claro que a Globo nem precisa de referências, mas vamos lá !
TV Gazeta -> Maria Lydia – Até falta ar quando ela fala com Alckmim ou sobre Alckmim, e o pior , isso é visivel ela muda de expressão ! rsrsrsrs
Boris Casoy! Anda com um broche tucano em seu terno, símbolo do PSDB e quando um político tucano está envolvido com sujeira Boris camufla até onde pode, já para os políticos do Governo faz crítias rídiculas e se possível até dá o CEP do envolvido !

Responder

doctormario

26 de agosto de 2010 às 08h42

Discurso do Lula em MS deve ser mostrado nas aulas de História das escolas no futuro
Ele sintetiza bem a transformação que ocorreu com a subida de um operário ao poder.

Responder

    BloGDoRiLDo

    26 de agosto de 2010 às 10h45

    Os historiadores ganharam um texto revolucionário para as futuras gerações. Se todos ouvissem esse discurso, se os estudantes o lessem de cabo à rabo nesse país, não demora muito e essa turma do PIG embarca para os Estados Unidos onde o preconceito não é crime.

Cunha

26 de agosto de 2010 às 07h38

Salvarei este post no meu navegador. Pulverizarei na rede ! Excelente.

Responder

Gerson Carneiro

26 de agosto de 2010 às 07h36

Lulão deu o drible da vaca no Frias. E ainda poderia ter perguntado ao Frias, no nosso perfeito ingrês nordestino:

– Don´d tu vem? Pron´d tu vai? Don´d tu é?

Mas Lulão fez o mais correto: encheu o bucho e caiu fora. Deixou o frias falando sozinho.

Responder

    Edson

    26 de agosto de 2010 às 14h16

    ou então responder: "vaa put a keep are you".
    Para um bom entendedor …

    Edson

    26 de agosto de 2010 às 14h31

    Traduzindo: "vá a p. que pariu"

Chico Melfi

26 de agosto de 2010 às 02h56

Campanha do Serra já nasceu derrotada. Não fosse o apoio descarado da FSP, Estadão, O Globo, Veja e JN, nem candidato seria.

Responder

BloGDoRiLDo

26 de agosto de 2010 às 00h46

Nem o artigo do Coimbra; nem a investigação que a polícia gaúcha tá fazendo acerca de um instituto de pesquisa que intimidava pesquisados; nem que foi o PT que acionou a PF para investigar o tal "dossiê" do Eduardo Jorge; nem que foi um tucano que sumiu com cerca de 4 milhões de reais de CAIXA 2 do tucano que mente a torto e direito

E não só na globo: não sai na Folha, nem no Estadão, nem no Zero Hora, na Veja, na Época…

Responder

Gerson Carneiro

26 de agosto de 2010 às 00h20

O ômi tá virado no mói de coentro!

Responder

Marcela

26 de agosto de 2010 às 00h17

Imagina a falta de educação do tal Otavinho… convidar Lula para almoçar para tentar humilhá-lo. Essa é a "elite pensante" do Brasil? Que falta de linha!

Responder

    ValmontRS

    26 de agosto de 2010 às 11h18

    Não é questão de educação. É mau-caráter, é canalhice.
    Se alguém me diz que assina FOLHA ou UOL, já caiu no meu conceito. No mínimo é mal informado. Ou tem caráter semelhante ao daqueles.
    O telemarketing da Abril me liga todo dia, oferecendo meses de Veia grátis.
    Mas NEM QUE ME PAGASSEM eu receberia um lixo desses em minha casa!

    Ademir

    05 de setembro de 2010 às 23h38

    Eu já recebi a revista veja e foi direto pro lixo e liguei reclamando não quero nem de graça se mandarem de novo vou queimar em praça publica

Guilherme Milani, SP

26 de agosto de 2010 às 00h06

Enquanto isso, na Tucanolândia paulista…

"Servidores do Judiciário invadem Assembleia de São Paulo"

Servidores do Judiciário paulista, em greve há 120 dias, invadiram na noite de hoje o plenário José Bonifácio, da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo). A ocupação foi pacífica, mas, segundo eles, não tem hora para acabar.
http://www1.folha.uol.com.br/poder/789002-servido

Responder

ZePovinho

25 de agosto de 2010 às 23h58

http://www.tijolaco.com/?p=24081

Dilma abre 20 pontos de vantagem, diz Noblat

No twitter, Ricardo Noblat fala de uma pesquisa Datafolha, encerrada hoje, onde Dilma teria chegado a 49%, enquanto Serra teria caído para 29%. Segundo ele, ou o seu “datapolvo”, a variação foi dentro da margem de erro. Mas acrescenta: “A pior notícia para Serra não é o placar. Mas o que está acontecendo região por região, classe social por classe social. Foram entrevistados quase 11 mil eleitores em todo o país. Vamos esperar notícias mais completas.

Responder

Christian Schulz

25 de agosto de 2010 às 23h55

O velho Sigmundo tinha razão…

Esse ghost-writer atende pelo nome de Otávio Frias PAI e só existe na cabecinha de porcelana do Tavinho…

Responder

Glecio_Tavares

25 de agosto de 2010 às 23h42

O Josias de Sonsa em seu blog puxa o saco de seu chefinho. Ele diz que o que irritou Lula foi outra coisa, baseia-se em livro que aponta Tavinho como um reporter ácido, e como sempre a folha erra e não pede desculpas. Quando manchetearam a calamidade da gripe suina que teria 35 milhões de atingidos, quando disseram que Lula era insano por dizer que a crise seria só uma marolinha, quando publicaram a ficha falsa de Dilma. Por essas e outras eu não recomendo utlizar este jornal nem como papel higienico. Triste fim.

Responder

    ZePovinho

    26 de agosto de 2010 às 00h13

    O Otavinho deve curtir outro tipo de ácido,Glecio.Dá pra ver que o playboy é como Sarney:não escreve nada do que assina.
    Como se diz no Rio:Esse Otavinho é maior 'play".

O Brasileiro

25 de agosto de 2010 às 23h38

Como eu já disse, antes eram os jornais, e agora os blogs é que são a vanguarda da democracia!
Os jornalões e as tvs viraram fundamentalistas… primeiro, do próprio bolso! Depois, do bolso dos seus aliados!
É o FUNDAMENTALISMO MIDIÁTICO.

Responder

Romério

25 de agosto de 2010 às 23h14

Azenha, veja quem apóia Serra cometendo mais um gravíssimo crime contra a candidata Dilma. É para isso que eles querem liberdade de imprensa?
http://blogdovampirodecuritiba.blogspot.com/

Responder

    José Ruiz

    26 de agosto de 2010 às 08h29

    Esse camarada tenta fazer como o candidato dele, o Serra. Como não tem criatividade para fazer um blog que atraia visitantes, ele vem aqui lançar um link (disfarçadamente) para aumentar as visitas. É a mesma estratégia da elite que posa ao lado do Lula para ganhar uns votinhos… blogdovampirodecuritiba é um lixo…

    Christian Schulz

    26 de agosto de 2010 às 11h00

    É um lixo e talvez tenha uma surpresa desagradável, em breve, por conta de um post sobre certas "sujeiras" de certos blogs…

Gerson Carneiro

25 de agosto de 2010 às 23h07

Assisti ao vídeo do discurso do Lula, e só consigo dizer uma coisa:

Gota serena, cachorra da muléstia! O ômi tá o cabrunco! Fí d´uma égua!

Tradução para o paulistês: Da hora mano! Ele é o cara!

Responder

Raymundo Silveira

25 de agosto de 2010 às 23h04

Eu acho que é hora de não dependermos da Globo. Porque este discurso do Lula não pode ser transmitido no Horário EleitoraL?
Porque os Blogueiros progressistas,, twiteiros, comunidades do ORKUT todos não fazem este papel?
Será que a GLOBO é mesmo dona do Brasil?
Será que existe algum inocente que esperava mesmo que este discurso sairia na Globo ou em qq órgão do PIG?
Ora senhores, vamos e venhamos!

Responder

Maria Dirce

25 de agosto de 2010 às 22h47

Por me deixar respirar, por me deixar existir,
Deus lhe pague Lula

Responder

iamoraes

25 de agosto de 2010 às 22h41

Nota 10.

Responder

Ed.

25 de agosto de 2010 às 22h18

Eu tento, mas sobre a palavra mediocrelite…
Não dá para não usar …

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding