VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Terra: “Homem-bomba” do PSDB é nova arma de Dilma em campanha


11/10/2010 - 14h51

“Homem-bomba” do PSDB é nova arma de Dilma em campanha
11 de outubro de 2010 • 08h30

Claudio Leal
Marcela Rocha
Direto de São Paulo

no Terra

No final do primeiro bloco do debate na Rede Bandeirantes, Dilma Rousseff (PT), cobrou de José Serra (PSDB) esclarecimentos sobre Paulo Vieira de Souza, ex-membro do governo tucano em São Paulo que, segundo a petista, “fugiu com R$ 4 milhões de sua campanha”. Na plateia, o questionamento deixou os petistas efusivos. Integrantes do PSDB, preocupados com o cerco da imprensa a partir deste instante, prepararam uma saída à francesa do senador eleito Aloysio Nunes, que mantinha relações estreitas com Vieira de Souza. Minutos depois, o senador eleito deixou o estúdio e não retornou.

Mais conhecido como Paulo Preto, Paulo Vieira de Souza foi diretor de engenharia da Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa). Ele era o responsável direto por grande parte das obras viárias do governo de São Paulo. Chamado de “homem-bomba do PSDB”, em matéria da revista Veja, publicada em maio deste ano, Paulo Preto foi demitido oito dias depois de ter inaugurado o trecho sul do Rodoanel. Quando Aloysio Nunes deixou o debate, depois do questionamento sobre Paulo Preto, o correligionário Cícero Lucena ocupou o seu lugar na plateia.

No instante da acusação, Serra olhou para assessores, o marqueteiro Luiz Gonzalez e o estrategista Felipe Soutello. Tempo encerrado. Nos bastidores, a denúncia agitou a plateia e as conversas de pé-de-ouvido. “Ele está desnorteado. Isso, no boxe, é nocaute”, mordiscou o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT). Mais abaixo, o coordenador de comunicação de Dilma, o deputado estadual Rui Falcão, informava: “A imprensa já noticiou: ele era diretor da Dersa e fugiu com quatro milhões”. Dinheiro que, segundo a pergunta-acusação de Dilma no debate, teria sido arrecadado para campanha tucana.

“Serra deve ter levado um susto”, comemorou o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. “A Dilma colocou o tema do Paulo Preto na campanha. Foi colocado e não houve qualquer reação. Está na pauta das discussões dos próximos dias”, avaliou Edinho Silva, presidente do PT paulista.

Ainda segundo a matéria da revista Veja, “Vieira de Souza e Aloysio se conhecem há mais de 20 anos. Quando, no ano passado, o tucano sonhou em ser o candidato de seu partido ao governo de São Paulo, Vieira de Souza foi apresentado como seu ‘interlocutor’ junto ao empresariado. A proximidade entre os dois é tão grande que a família dele contribuiu para que o ex-secretário comprasse seu apartamento”.

Em agosto, a revista ISTO É publicou uma matéria de capa, segundo a qual líderes do PSDB acusam Paulo Preto “de ter arrecadado dinheiro de empresários em nome do partido e não entregá-lo para o caixa da campanha”. A publicação traz também uma declaração de um diretor de uma das empreiteiras responsáveis por obras de remoção de terras no eixo sul do Rodoanel: “não fizemos nenhuma doação irregular, mas o engenheiro Paulo foi apresentado como o ‘interlocutor’ do Aloysio junto aos empresários”.

À saída do debate na TV Bandeirantes, os petistas questionavam a falta de resposta do tucano à acusação feita por Dilma com base na denúncia da revista ISTO É. O deputado Jutahy Magalhães Jr., diz “desconhecer completamente a história” e acrescenta que o comportamento mais ofensivo da ex-ministra flagra “a preocupação com os números”. A afirmação é referente às pesquisas eleitorais. Segundo o último Datafolha – publicado no sábado (9) – Dilma tem 54% dos votos válidos, contra 46% de Serra.

O candidato tucano e sua equipe avaliaram que a estratégia da petista era conclamar sua militância. “Ela falou para dentro do partido”, avaliou o jornalista Luiz Gonzalez, coordenador de marketing da campanha. Para Serra, a petista se comportou de forma atípica para poder usar as imagens em seu programa de televisão. O marqueteiro da petista, João Santana Filho, sorriu com a declaração.

O deputado eleito Sérgio Guerra (PSDB-PE) provocou: “esta foi a primeira intervenção de Ciro Gomes (PSB) na campanha”. O socialista é integrante novo na campanha de Dilma e, segundo aliados, entrou para “bater”. Para o governador de São Paulo, Alberto Goldman, a petista fez afirmações “estapafúrdias”: “eu nunca vi em 40 anos um suicídio desta forma que ela está fazendo”. E completou: “ela está totalmente perdida”.

Tucanos e petistas monitoraram, durante o debate, a reação de grupos focais espalhados pelas regiões brasileiras. Nas pesquisas do PT, houve aprovação da linha de ataques assumida por Dilma, o que justificou a manutenção dos ataques a Serra em todos os blocos do debate. Nas qualitativas tucanas, a petista aparecia como “agressiva” e “raivosa”.

Ainda em relação às análises particulares, o coordenador jurídico da campanha, José Eduardo Cardozo, opinou: “no confronto frente a frente, a linha vai ser essa”.

Os tucanos usam o exemplo deixado por Geraldo Alckmin em 2006 contra Lula, então candidato à reeleição. O primeiro confronto entre os dois, já no segundo turno, foi marcado por ataques mútuos. O tucano, diferente do que fizera no primeiro turno, resolveu subir o tom contra o petista. À época, o PSDB avaliou que esta mudança de comportamento foi o que rendeu uma vitória ainda mais folgada a Lula.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



130 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Os R$ 4 milhões que sumiram em 2010 foram uma “bolinha de papel”?, por Michel Arbache | GGN

10 de fevereiro de 2019 às 15h45

[…] Um assunto mexeu com a campanha eleitoral de 2010: o sumiço de R$ 4 milhões da campanha de José Serra. A acusação, segundo matéria da revista ‘Isto É’ recaíram sobre o ex-diretor do Dersa, Paulo Vieira de Souza, vulgo ‘Paulo Preto’, que na época era responsável por arrecadar recursos para a campanha de Serra (1). O dinheiro que sumiu teria sido arrecadado de “grandes empreiteiras”. Ainda, segundo a matéria, “os R$ 4 milhões seriam referentes apenas ao valor arrecadado antes do lançamento oficial das candidaturas, o que impede que a dinheirama seja declarada, tanto pelo partido como pelos doadores”. A matéria ainda menciona as dificuldades de se recuperar o dinheiro: “Como se trata de dinheiro sem origem declarada, o partido não tem sequer como mover um processo judicial”. Na época, em debate com Serra na TV Bandeirantes, Dilma chegou a cobrar explicações do seu adversário, o que causou alvoroço nos bastidores (2). […]

Responder

magno de castro mad ferreira

10 de maio de 2018 às 05h24

Paulo preto serra aloisio nunes este tres ai sai de perto pq ele vendem ate a mae ja que ta no dia delas mesmo e se passaram a perna na DILMA a ai vai ficar ruim pq ela vai lembrar toda hora marina nao maudosa ela deixa passar mas Dilma nao 4 milhoes e 4 milhoes e vai bater nesta tecla ai ate o PSDB falar olha nois nao tem culpa serra continua serando por ai assim ja dizia LULA SERRA E FODA ELE E A SHELL TEM PARCERIA VENDEU O PRE SAL A SHELL E POS 20 MILHOES NO BOLSO E FEZ O SENADO VOTAR A FAVOR 26 A 20 LEMBRA DA PEC DO SERRA ERA A SHELL SO ISTO PAULO PRETO NAO E NADA ELE NEM LEMBRA DE PAULO PRETO QUEM E PAULO PRETO DIZ SERRA NAO SEI HÁ O DO RODOANEL LEMBREI FOI MESMO DEU UM GOLPE NA DILMA DE 4 MILHOES VERDADE DIZ SERRA E ALOISIO NUNES ESTE SERRA OLHA ESTE FANFARAO E LA DE SAO PAULO FHC E DANIEL DANTAS QUE DEU O APARTAMENTO PARA ELE NA FRANÇA ISTO RENDE ATE HOJE OPERADORA DE TELEFONIA OLHA TO FORA DISSE DANIEL DANTAS FUI MUITO FERIDO NA EPOCA ATE ME PRENDERAM A POLICIA FEDERAL DA EPOCA FHC TEM TRAMAS DISTO JA TA VELHO PARA UM ESFORÇO DESTE PSDB E SERRA E ALOISIO NUNES ESTE DOIS E TRAQUINA E PAULO PRETO TA AI O TRIO ESPERANÇA SAI FORAAAA DONA DILMA

Responder

Os R$ 4 milhões que sumiram em 2010 foram uma “bolinha de papel”?, por Michel Arbache | JF Clipping

25 de abril de 2017 às 10h07

[…] Um assunto mexeu com a campanha eleitoral de 2010: o sumiço de R$ 4 milhões da campanha de José Serra. A acusação, segundo matéria da revista ‘Isto É’ recaíram sobre o ex-diretor do Dersa, Paulo Vieira de Souza, vulgo ‘Paulo Preto’, que na época era responsável por arrecadar recursos para a campanha de Serra (1). O dinheiro que sumiu teria sido arrecadado de “grandes empreiteiras”. Ainda, segundo a matéria, “os R$ 4 milhões seriam referentes apenas ao valor arrecadado antes do lançamento oficial das candidaturas, o que impede que a dinheirama seja declarada, tanto pelo partido como pelos doadores”. A matéria ainda menciona as dificuldades de se recuperar o dinheiro: “Como se trata de dinheiro sem origem declarada, o partido não tem sequer como mover um processo judicial”. Na época, em debate com Serra na TV Bandeirantes, Dilma chegou a cobrar explicações do seu adversário, o que causou alvoroço nos bastidores (2). […]

Responder

WILLIAM

13 de outubro de 2010 às 00h32

NO DEBATE, SERRA FALA DO SEU PROGRAMA DE FINANCIAMENTO HABITACIONAL "MINHA PUXADINHA MINHA VIDA". DÁ PRA COMPARAR?…

Responder

Ronei

12 de outubro de 2010 às 19h42

Serra cara-de-pau…
depois de comentar que não conhecia Paulo Preto e este ter chantageado [não se abandona companheiro, não cometam esse erro] hoje pela tarde deu entrevista confirmando que Paulo Preto é inocente e inclusive, é o melhor engenheiro de São Paulo…

Responder

Lucila

12 de outubro de 2010 às 18h56

El Cid,
acho que Zé-Cândinha é mais apropriado, que acha?

Responder

Netho

12 de outubro de 2010 às 18h05

Acabou a amnésia de Serra. Agora já conhece Paulo Preto.

Responder

@marisps

12 de outubro de 2010 às 17h39

Esse Serra que diz desconhecer quem é Paulo Preto não é o mesmo que disse há pouco na campanha: "Vocês nunca me
me ouvirão dizer que eu não sabia"? Ah tá, essa deve ser mais uma das suas mil caras. Tão confiável quanto aquela que registrou em cartório que cumpriria o mandato de prefeito de São Paulo até o fim.

Responder

Maurício

12 de outubro de 2010 às 15h07

SERRA é usado para que? Para DIVIDIR! Pois o SERRA DIVIDE: Os ricos dos pobres (que continuarão pobres), os alfabetizados dos analfabetos (que continuarão analfabetos), o bem (que não pode ser aliado do DEM) e do mal (esse se alia do DEM)… e assim continua a divisão!
Agora, "desconhecer" um diretor da DERSA… CONTA OUTRA!!! És orelhudo por natureza… agora, quer ficar narigudo (feito PINÓQUIO!!! Me poupe!!! Conclamo a mídia para dar continuidade às notícias sobre o "factóide PAULO PRETO" com a mesma ênfase que deram sobre Erenice… É ver para crer na HONESTIDADE e IMPARCIALIDADE da imprensa…

Responder

Carlos G P Lenz

12 de outubro de 2010 às 14h45

Azenha
Por que não se comparam as redações dos PNDH 2 e 3, sobre os temas aborto, união homossexual, etc ?
Segue trabalho realizado por advogado conhecido meu:
¨A afirmação de que determinada candidata apóia o aborto enquanto outro, não, é falaciosa.
Tudo o que tenho recebido diz respeito ao PNDH3 (Plano Nacional de Direitos Humanos) em que proposto, via decreto, pelo atual governo estaria este apoiando: (1) o aborto; (2) a união civil de homossexuais; (3) cirurgias de mudança de sexo patrocinadas pelo SUS e; (4) regularização da profissão de prostitutas.
Então, amigos antes do PNDH3 (do PT) houve o PNDH2 (do PSDB) e assim este se manifesta:
"Orientação Sexual
114. Propor emenda à Constituição Federal para incluir a garantia do direito à livre orientação sexual e a proibição da discriminação por orientação sexual.
115. Apoiar a regulamentação da parceria civil registrada entre pessoas do mesmo sexo e a regulamentação da lei de redesignação de sexo e mudança de registro civil para transexuais."
E sobre regulamentação da profissão de prostituta:
"185. Apoiar programas voltados para a defesa dos direitos de profissionais do sexo."
Como vê, a política tucana e petista relativa a isso é, novamente, A MESMA.
Para corroborar o que digo aqui cito a introdução do PNDH2 escrita por FHC:
"O PNDH II será implementado, a partir de 2002, com os recursos orçamentários previstos no atual Plano Plurianual (PPA 2000-2003) e na lei orçamentária anual. Embora a revisão do Programa Nacional esteja sendo apresentada à sociedade brasileira a pouco mais de um ano da posse do novo governo, os compromissos expressos no texto quanto à promoção e proteção dos direitos humanos transcendem a atual administração e se projetam no tempo, independentemente da orientação política das futuras gestões. Nesse sentido, o PNDH 2 deverá influenciar a discussão, no transcurso de 2003, do Plano Plurianual 2004-2007. O Programa Nacional servirá também de parâmetro e orientação para a definição dos programas sociais a serem desenvolvidos no País até 2007, ano em que se procederia a nova revisão do PNDH."
Ora, o PNDH3 (PT), atualização do PNDH2 (PSDB) somente ocorreu em 2009-2010, isto é, em 07 anos do governo Lula adotou-se as normas programáticas do governo tucano.
Portanto, as tais lideranças religiosas que tanto prezam a vida, no meu entendimento, modesto, reconheço, ou são ingênuas ou usam de muita hipocrisia, pois que, argumentam uma prática por uns e tapam os olhos para a mesma prática dos outros. Não é isto mais anti-cristão e anti-bíblico? Isto é, falar apenas a parte que interessa da verdade e não a verdade toda?
Eis o link do PNDH2(PSDB) com as informações que acima expus: http://portal.mj.gov.br/sedh/pndh/pndhII/Texto%20… ¨
sds

sds

Responder

Dilson

12 de outubro de 2010 às 13h17

http://www.youtube.com/watch?v=9NwD3zubvPY
1:20 do video,paulo Preto comemora a inauguração do Rodoanel junto com Serra.

Responder

gilberto nascimento

12 de outubro de 2010 às 13h14

O Brasil precisa conhecer Paulo Preto, acho que esse assunto vai render muito, o serra teve a cara de pau de que não conhece o sujeito. TEm que ir fundo urgente nesse assunto, vamos colocar o homem bomba no colo do zé puxadinho.

Responder

Marcelo de Matos

12 de outubro de 2010 às 13h07

O Paulo Preto, ou Paulo do bracelete, está cobrando uma resposta pública da Serra. E agora, Serra? Nada a declararar? Ou: Reservo-me o direito de só me manifestar em juízo? Engraçado é que o arrecadador de fundos para campanha disse que nunca tinha sido chamado de Paulo Preto. O caso é parecido com aquele do Sombra, de Santo André, empresário que ganhou esse apelido depois da morte do prefeito. Apelidos à parte, vejam a entrevista do Paulo Preto no UOL:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/813235-engenhe

Responder

Fefeo

12 de outubro de 2010 às 12h42

Ele apareceu senhores, ele apareceu !!!

Engenheiro citado por Dilma em debate cobra 'resposta pública' de Serra e critica petista
http://www1.folha.uol.com.br/poder/8132 … ista.shtml

Responder

joni

12 de outubro de 2010 às 12h39

Hoje, dia 12 de outubro, dia de Nossa Senhora, a verdade começa a aparecer. Publicaram, na página da uol, uma entrevista com Paulo Vieira, o Paulo Preto, se defendendo e contando que conhece serra, etc… Só que a entrevista desapareceu, misteriosamente, da página, mas uma amiga arquivou numa pasta.

Responder

El Cid

12 de outubro de 2010 às 12h29

afinal de contas, o "zé-mariquinha" conhece ou não conhece o Paulo Preto ? http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/paulo-pr

De Serra sobre Paulo Preto

Eu não sei quem é o Paulo Preto. Nunca ouvi falar. Ele foi um factóide criado para que vocês (imprensa) fiquem perguntando". Serra disse ainda que não iria gastar horas de um debate nacional discutindo "bobagens". (Portal Terra)

De Paulo Preto sobre Serra:

"Não somos amigos, mas ele [Serra] me conhece muito bem. Até por uma questão de satisfação ao país, ele tem que responder […] Acho um absurdo não ter resposta, porque quem cala consente".

"Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro".

"Ninguém nesse governo deu condições das empresas apoiarem [sic] mais recursos politicamente do que eu […]" (Folha)

… bom, tirem suas conclusões:
http://www.advivo.com.br/sites/default/files/imag
http://www.advivo.com.br/sites/default/files/imag

Responder

    Carlos

    13 de outubro de 2010 às 08h27

    "Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro".

    "Líder" do que, exatamente?

moacyr sousa

12 de outubro de 2010 às 12h18

O Paulo Preto era diretor da DERSA, ligadíssimo ao Aloysio Nunes da Casa Civil de SP, que operava a maior obra do Serra: o Rouboanel.
A filha de Paulo Preto, Priscila Arana de Souza, trabalhou nos escritórios de advocacia que defendem o interesse
das empreiteiras que construiram o Rouboanel.
O PAULO PRETO É O CASO ERENICE DO SERRA .
coma a diferença que a Erenice não é o que pintaram dela.
e o Paulo Preto a mídia esconde.
Tem que investigar o empréstimo de 300 mil da Priscila e da Ruth para o Aloysio Nunes.
E a operação Castelo de Areia?

Responder

Antonio

12 de outubro de 2010 às 11h47

Já tem gente dizendo que o dinheiro da campanha do senador tucano (eleito) Aloysio Nunes foi uma grana "Preta". Será ?

Responder

ruypenalva

12 de outubro de 2010 às 11h46

Paulo Preto diz na Folha de São Paulo de hoje, segundo o site PT, que espera solidariedade de Serra.

"Serra me conhece muito bem", diz 'homem-bomba' da campanha tucana

O ex-diretor de Engenharia da Dersa, Paulo Vieira de Souza, acusado de ter fugido com R$ 4 milhões da campanha de José Serra, supostamente arrecadados via caixa 2, afirmou em entrevista publicada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta quarta-feira (12) que o candidato tucano o conhece e que espera solidariedade.

A questão envolvendo Souza, conhecido como Paulo Preto, foi levantada pela candidata petista Dilma Rousseff no debate de domingo na TV Bandeirantes, a partir de reportagem da revista IstoÉ. Na ocasião, Serra ficou calado. Ontem, durante atividade em Goiás, o tucano chamou o assunto de “factóide”.

"Eu não sei quem é o Paulo Preto. Nunca ouvi falar. Ele foi um factóide criado para que vocês fiquem perguntando", respondeu Serra aos jornalistas.

Mas na entrevista à Folha, o engenheiro diz o contrário:

"Não somos amigos, mas ele (Serra) me conhece muito bem. Até por uma questão de satisfação ao país, ele tem que responder… Acho um absurdo não ter resposta, porque quem cala consente".

Ele afirmou ainda que todas as suas "atitudes" foram informadas a Serra. Por isso, afirma, o tucano deveria responder às acusações que ele vem sofrendo. "Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro".

Souza nega ter arrecadado recursos para o partido, mas diz que criou as melhores condições para que houvesse aporte de recursos em campanhas.

Isso porque, diz ele, deu a palavra final e fez os pagamentos no prazo às empreiteiras que atuaram nas grandes obras de São Paulo, como o Rodoanel, a avenida Jacu-Pêssego e a ampliação da Marginal.

"Ninguém nesse governo deu condições das empresas apoiarem nais recursos politicamente do que eu".

O engenheiro reafirma sua amizade pelo senador eleito por São Paulo Aloysio Nunes (PSDB), de quem foi assessor durante o governo FHC. Aloysio informou que não irá se pronunciar.

Preto virou réu em ação penal depois de mandar avaliar um bracelete de diamantes comprado sem nota fiscal. A joia havia sido furtada.

À Folha, ele afirma que foi vítima de uma armação política por trás do evento. "Armaram e eu caí, tudo bem. Mas esse negócio de caixa dois, isso não."

Ele também cobrou Dilma apresente provas da questão levantada no debate, mas afirmou que não irá processá-la. "Ela foi pautada por falsas informações publicadas".

A assessoria da campanha de Dilma respondeu que as referências feitas por ela foram publicadas pela imprensa e são de conhecimento público.

Responder

Reginaldo Moraes

12 de outubro de 2010 às 11h35

Rodoanel? Que rodoanel? Nao sei o que é isso, nunca vi. Rodoanel é um factóide que voces inventaram.

Responder

Solando

12 de outubro de 2010 às 11h33

Não concordo que o Lula venceu devido a agressividade de Alckimin, em 2006. Assisti a este debate na ocasião e me lembro muito bem do enfrentamento de Lula às tentativas de acusações infundadas por parte de Alckimin.
O moçinho contra o bandido, ma acabou levando feio. Eles são a própria virtude.
O vídeo abaixo mostra o momento exato, na minha opinião, confiram:
http://www.youtube.com/watch?v=YtEsjQ2byP4

Responder

José Manoel

12 de outubro de 2010 às 11h25

AZENHA: CIRO GOMES NO PROGRAMA DIÁRIO DA DILMA, JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Netho

12 de outubro de 2010 às 11h08

Serra disse em Goiânia que não conhece Paulo Preto. Mas, segundo a reportagem da revista Isto é, o cara foi diretor da Dersa e tocava as obras do Rodoanel, a principal do governo tucano. De duas, uma! Ou o Serra está mentindo, ou o modo de governar dos tucanos é tão bagunçado, que nem o governador sabe quem faz parte da sua equipe e em cargo importante. As duas alternativas são gravíssimas e preocupante para quem quer governar um país de tamanho continental e com a quinta economia do mundo.

Responder

Messias Macedo

12 de outubro de 2010 às 11h08

‘A BALA DE OURO’!

… Eu creio que o prezado *Alessandro encontrou 'a bala de ouro' da campanha da Dilma Rousseff!…

Parabéns!

Felicidades!

*Alessandro says:
12 de October de 2010 at 9:21
Prezado Brizola Neto. Favor explicar, com seu conhecimento de direito. Oferecer dinheiro vivo, com imagens do mesmo na TV (R$ 600,00 de salário mínimo); oferecer 10% de aumento de aposentadoria (dinheiro em espécie a ser depositado diretamente na conta do aposentado) e 13º do bolsa família (dinheiro em espécie a ser depositado na conta do beneficiário) não é CRIME ELEITORAL? Principalmente por ser dinheiro público, sem definição de nenhum tipo de política ou programa ou projeto de alteração da atual lei orçamentária. “Me dê seu voto que te dou o dinheiro de todos os brasileiros, não o meu!”. Por muito menos o Cássio Cunha Lima (também do PSDB!), que deu cheques em troca de votos, teve o mandato cassado pelo TSE! A própria lei eleitoral impede que o governo proponha qualquer projeto ou medida provisória com vantagens financeiras a partir do segundo semestre do ano eleitoral, para não caracterizar tentativa de compra de votos! Só o candidato da oposição é que pode fazer isso, sem a menor consequência? Lei, ora a lei! Alguém me explique isso!
*Comentário proferido em http://www2.tijolaco.com/28655#comment-82313 – ínclito, competente e impávido Brizola Neto

SE ALEGRA, MATUTO SUJO ‘BANANIENSE’!

O ínclito, competente e impávido deputado Brizola Neto "está diante da bola quicando na cara do gol!…

Felicidades!

Cordiais saudações democráticas, progressistas e civilizatórias,

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia, República de Nós Bananas

Responder

zé francisco

12 de outubro de 2010 às 11h05

O Paulo Preto é munição utilizada no início da campanha do 2° turno. Será que tem mais munição guardada? E a empresa das Verônicas (Serra / Dantas) com sede em Miami, que quebrou o sigilo fiscal de 60 milhões de brasileiros na é poca da privatarização, vira munição?

Responder

Emerson Almeida

12 de outubro de 2010 às 10h45

Olá a todos. É minha primeira postagem aqui.

Gostaria de dizer que quando essa história do Paulo Preto, tomei conhecimento por uma denúncia da Veja.com. o link é esse:
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/homem-bom

Acho que a utilização da IstoÉ como denúncia tem o objetivo de minimizar o impacto do escândalo. Já pesou? O PSDB, que adora usar a Veja como fonte de acusações e defesa, sendo conhecida pela denúncia da própria Veja, logo a Veja?

É ver para crer.

Obs.: Inclusive, na denúncia da Veja, ele afirmam que tiveram acesso a documentos com exclusividade pelos reórteres da Veja.

Responder

AntonioFerreira

12 de outubro de 2010 às 10h33

A gestão tucana no Banco do Nordeste causou um prejuízo ao Banco, de 7 bilhões de reais comprovado pelo ministério público. O povo Brasilero precisa conhecer o jeito tucano de governar. O momento é este que tomos 10 minutos na TV não podemos perder oportunidades.

Responder

João Ferreira

12 de outubro de 2010 às 10h25

O Paulo Preto será encontrado suicidado.

Como foi encontrado suicidado o assessor da Yeda para os assuntos do Detran/rs

Responder

Alder L. e Silva

12 de outubro de 2010 às 10h18

Azenha, eu não entendi até agora porque a campanha da Dilma não mostrou imagens do APAGÃO de FHC/PSDB/SERRA. Não mostrou a P36, afundando. Não mostrou o prédio do TRT do juíz Lalau, que na época causou tanta indignação.

Responder

Alder L. e Silva

12 de outubro de 2010 às 10h12

Ai pessoal, no site do JB Online há uma enquete perguntando quem se saiu melhor no debate da Bandeirantes. A milicia do Serra está toda votando nele, e por isso ele está com mais de 60% dos votos. Vamos nos mobilizar e virar esse jogo.
A estratégia da milicia deles é de vasculhar todos os sites da internet para fazer criticas à Dilma e enaltecer os "valores" do Serra.

Responder

francisco.latorre

12 de outubro de 2010 às 09h55

serra. chile. allende. presos mortos torturados. pinochet.

direto pra washington.

sem escala.

fosse um filme..

..

Responder

    LuizCarlosDias

    13 de outubro de 2010 às 10h22

    Pergunta clara e direta de DILMA ao Serra:
    Era golpe militar no chile, comandado pelo EUA,
    diz ao povo brasileiro como vc fugiu do Chile para os EUA,
    disfarçado de mulher de algum embaixador?

JÕAO

12 de outubro de 2010 às 09h36

NOTICIA DO PAULO PRETO TEM QUE ESPARRAMAR NA INTERNET NO ORKUT PARA QUE TODO MUNDO FIQUE SABENDO

Responder

El Cid

12 de outubro de 2010 às 09h21

Ciro rejeita “cordialidade conservadora” e ataca “jogo” de Serra – http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=1

Recém-integrado à coordenação da campanha presidencial de Dilma Rousseff, o deputado federal Ciro Gomes (PSB) precisou de poucos dias para mostrar a que veio. Com a língua à solta, saiu atirando até para aliados de Dilma – mas não há como duvidar de seu propósito maior: impedir a vitória do tucano José Serra, cujo projeto representa “o mal que foi provocado pelos oitos anos do governo de Fernando Henrique Cardoso”.

Por André Cintra
Nesta entrevista ao Vermelho, Ciro diz que, por conhecer “essa gente” do PSDB “de longa data”, já esperava uma disputa eleitoral repleta de baixarias. Ainda mais porque é Serra quem está no centro da corrida à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“O jogo do Serra é este. Em todas as eleições em que ele está – em todas, sem exceção de nenhuma! –, aparecem sempre os dossiês, os escândalos de véspera de eleição. Há sempre uma revista disponível para suprir a credibilidade das baixarias mais grotescas”, afirma.

No primeiro turno, Ciro limitou-se a chefiar a bem-sucedida campanha à reeleição de seu irmão, Cid Gomes, ao governo do Ceará. De quebra, ajudou a derrotar seu ex-correligionário Tasso Jereissati (PSDB) – um dos senadores que mais fizeram mal ao Brasil durante o governo Lula. Com o dever de casa cumprido, Ciro Gomes está de volta à grande arena eleitoral e defende Dilma com vigor.

Em sua opinião, é preciso abandonar a “cordialidade conservadora” e esclarecer os projetos “muito distintos” que estão em confronto no segundo turno. “O governo Lula ainda está aí, e a Dilma está no centro de toda a estratégia do governo Lula. E o projeto que o Serra representa é muito recente. Vai ser fácil comparar, e eu acho que o caminho é esse.”

Confira abaixo trechos da entrevista:

Responder

    El Cid

    12 de outubro de 2010 às 09h21

    Vermelho: Ao que tudo indica, a campanha da Dilma subestimou o impacto da baixaria tucana na disputa presidencial…
    Ciro: Quem alimenta essa cordialidade conservadora que eles (o PSDB) tentam impor é o Lula, que, muitas vezes, precisou ser aceito nos salões. Daí vem a versão “Lulinha paz e amor”.

    Vermelho: E você? Já tinha convicção plena de que essa baixaria toda tomaria conta – como tomou – da eleição?
    Ciro: Eu conheço essa gente – conheço de longa data. Fui um dos fundadores do PSDB, que nasceu para ajudar a modernizar o Brasil. Agora, na campanha eleitoral, ele se escora no que há de mais profundamente grotesco, violentando uma tradição que o mundo inteiro admira – que é o respeito à diversidade religiosa.

    Mas, com o Serra, sempre foi assim. O jogo do Serra é este. Em todas as eleições em que ele está – em todas, sem exceção de nenhuma! –, aparecem sempre os dossiês, os escândalos de véspera de eleição. Há sempre uma revista disponível para suprir a credibilidade das baixarias mais grotescas.

    Vermelho: Foi o Serra que empurrou o PSDB para a apelação?
    Ciro: O Serra vem se fragilizando desde sempre. Ele tem uma história original e uma formação bastante respeitáveis, mas o oportunismo político dele está revelado. Veja o que ele faz com uma questão complexa, que é o aborto. Como a Dilma diz uma frase diferente da outra – e com cinco anos de diferença entre a primeira e a segunda frase –, a estrutura do Serra quer provar uma certa desonestidade.

    Enquanto isso, ele vai a um cartório em São Paulo e assina um papel – diz que dá a palavra formal de que não iria renunciar à Prefeitura. Mas, ato contínuo, ele vai embora e entrega a Prefeitura de São Paulo ao DEM. Aí ninguém faz registro de nada, como se isso não fosse uma falta absoluta de escrúpulo. É isso o que caracteriza o caminho dele.

    Vermelho: Como reagir a esse jogo sujo?
    Ciro: Não tem segredo. Para nossa grande sorte, os projetos são muito distintos. O governo Lula ainda está aí, e a Dilma está no centro de toda a estratégia do governo Lula. E o projeto que o Serra representa é muito recente. Vai ser fácil comparar, e eu acho que o caminho é esse.

    Vermelho: O que, exatamente, representa a candidatura de Serra?
    Ciro: É o mesmo mal que foi provocado pelos oitos anos do governo de Fernando Henrique Cardoso. A explosão do desemprego, a quebra financeira, a instabilidade econômica, o aviltamento de salário, o desmantelo da infraestrutura, a dependência internacional sem precedente, o apagão no setor elétrico – tudo isso foi ontem. E ele, Serra, foi o ministro desse projeto durante oito anos – nem pode dizer que saiu porque se zangou com alguma coisa.

    Agora, o que eles estão tentando? Em vez de usarem os critérios que importam – emprego, salário, progresso, desenvolvimento, justiça social, respeito internacional –, eles querem trazer para “miudices”. As questões que eles apresentam, mesmo graves, complexas ou sérias, são “miudices” sectárias, uma mistificação religiosa. Isso é o que eles querem e, se aceitarmos, nós entramos pelo cano. Temos de trazer o verdadeiro debate de volta. Por isso é que não aceito a cordialidade conservadora, que só interessa para eles.

    Vermelho: De onde vem essa cordialidade?
    Ciro: Talvez nós ainda tenhamos complexo de inferioridade por não sermos aceitos na mesa dos brancos, dos grandões, dos mandões do país. Em cima da mesa, fica todo mundo elegante. E nós – que queremos ser elegantes – por debaixo da mesa aguentamos a canelada mais imunda e mal cheirosa. Vamos trazer o assunto para cima da mesa, para o povo saber quem está jogando sujo e quem está jogando limpo.

El Cid

12 de outubro de 2010 às 09h06

as 1001 caras do "zé mariquinha" !!

[youtube yq9I7MqHwuQ&feature=player_embedded http://www.youtube.com/watch?v=yq9I7MqHwuQ&feature=player_embedded youtube]

Responder

Messias Macedo

12 de outubro de 2010 às 08h54

O PEQUENO MENTECAPTO(!)

… [José](S)erra teve o desplante de afirmar "que não conhece o Paulo Preto dos 4 mi dos caixa dois do [DEMo]tucanato"(!)…

MORAL DA "ESTÓRIA": quando o dileto público eleitoral ficar sabendo das estripulias com *sede em Miami da Verônica (S)erra – em conluio com a Verônica Dantas – "o pai da criança" iria afirmar,em alto e bom som: "Verônica quem?!"

DUVIDAM?!

*a Decidir.com, empresa (ir)responsável pela maior quebra de sigilos bancários do planeta Terra!…
Família (S)erra: ô mania de grandeza, siô!

República de Nós Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

El Cid

12 de outubro de 2010 às 08h51

“Meu puxadinho, Minha vida”, isso é deboche com o povo brasileiro que precisa de uma casa para morar. No dia 31 é 13 !!

Responder

Messias Macedo

12 de outubro de 2010 às 08h42

AGORA, ENTENDA O PAULO PRETO E O AMIGO DELE, O ALOYSIO NUNES FERREIRA, O BRAÇO DIREITO DO JOSÉ (S)ERRRA!
EPÍLOGO(?!)

Nela, a ex-mulher de Preto, Ruth, entrou com R$ 50 mil, e uma de suas filhas, Priscila Arana de Souza, com R$ 250 mil. Priscila é advogada do escritório Edgard Leite Advogados Associados, que defende empreiteiras contratadas para construir a alça sul do Rodoanel.
Aloysio disse ter usado o dinheiro para pagar parte do apartamento e que quitou todo o valor até 2009 em parcelas, mas tudo sem juros.
Em nota divulgada em 2009, Aloysio afirmou que a transação foi informada em suas declarações de renda.
Diante dos ataques feitos por Dilma Rousseff, Preto disse que recorreu a Aloysio, cobrando dele uma defesa pública.
[*o mesmo ‘Mateus’ do assalto ao Trem Pagador – adendo do matuto!]
FONTE: Folha de São Paulo – seção ‘Poder’
São Paulo, terça-feira, 12 de outubro de 2010
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$(?!)

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia, República de Nós Bananas

Responder

Messias Macedo

12 de outubro de 2010 às 08h42

AGORA, ENTENDA O PAULO PRETO E O AMIGO DELE, O ALOYSIO NUNES FERREIRA, O BRAÇO DIREITO DO JOSÉ (S)ERRRA!
#######################
ENTENDA O TUCANO DELATOR DO PSDB!
Engenheiro emprestou R$ 300 mil a *Aloysio
DE SÃO PAULO
O senador eleito pelo PSDB de São Paulo *loysio Nunes Ferreira é amigo do ex-diretor de Engenharia da Dersa Paulo Vieira de Souza há 20 anos.
Mas, segundo afirma o engenheiro, nem por essa amizade ele arrecadaria recursos para campanhas do tucano.
Contudo, em 2007 sua família emprestou dinheiro para que o hoje senador eleito adquirisse um imóvel de R$ 300 mil em Higienópolis, bairro nobre de São Paulo. A Folha revelou a transação em 17 de dezembro de 2009…

Responder

Messias Macedo

12 de outubro de 2010 às 08h39

ENTENDA O TUCANO DELATOR DO PSDB!
########################
Ex-diretor da Dersa [O Paulo Preto dos 4mi – adendo nosso] cobra Serra
"Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro", afirma ele a dirigentes do PSDB
ANDRÉA MICHAEL
DE SÃO PAULO
Folha online

(…)
"Ninguém nesse governo deu condições das empresas apoiarem [sic] mais recursos politicamente do que eu […]"
Ultramaratonista, ele renega o apelido Paulo Preto e diz que, desde criança, sabia o que seria na vida: "rico".
O engenheiro reafirma sua amizade pelo senador eleito por São Paulo Aloysio Nunes (PSDB), de quem foi assessor durante o governo FHC. Aloysio informou que não irá se pronunciar.
Preto virou réu em ação penal depois de mandar avaliar um bracelete de diamantes comprado sem nota fiscal. A joia havia sido furtada.
À Folha, ele afirma que foi vítima de uma armação política por trás do evento. "Armaram e eu caí, tudo bem. Mas esse negócio de caixa dois, isso não."
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$(!?)

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia, República de Nós Bananas

Responder

Messias Macedo

12 de outubro de 2010 às 08h02

OS ARGUMENTOS DA JUÍZA, A DESCONTRUÇÃO E A FOFOQUEIRA!
EPÍLOGO(?!)

… Ou a juíza Nancy Andrighi entende que somente os folhetins ‘Veja’, ‘Folha de São Paulo’, ‘O Globo’ são “todos os periódicos nacionais”?!
EM TEMPO: bem que o jornalismo honesto, competente e investigativo da revista ‘Carta Capital’ poderia “jogar a pá de cal definitiva” sobre MAIS este escândalo do tucanato paulista!
EM TEMPO QUE URGE: o (S)erra cada vez mais revela-se um político frio, calculista e cínico! Podemos inferir o seguinte: se o candidato (S)erra não for, legítima e imediatamente, desconstruído “poderá dar ‘Francenildo’ nas urnas”!

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia, República de Nós Bananas

Responder

Messias Macedo

12 de outubro de 2010 às 08h01

OS ARGUMENTOS DA JUÍZA, A DESCONTRUÇÃO E A FOFOQUEIRA!
PARTE II

NOTA: por que o programa do PT não utiliza uma personagem ou mesmo uma figura política para fazer um relato sucinto do estágio atual das investigações acerca do caso Erenice Guerra?! E aproveitar para questionar ao candidato José (S)erra as notícias que circulam em muitos periódicos nacionais?! A saber: o caso das Verônicas – Serra &(!) Dantas – e a maior quebra de sigilos bancários do planeta Terra; o Mensalão mineiro do tucano mineiro Eduardo AZARedo sob o relato do ínclito ministro do STF, Joaquim Barbosa; o Mensalão do DEMtucanato de Brasília e o mentor-mor do escândalo, o quase-vice do (S)erra, o “ilibado” José Roberto Arruda – de modo análogo ao (S)erra, “do DEM” – lembrando o jingle da campanha do candidato da DIREITONA!; o assalto ao Trem Pagador protagonizado pelo braço direito do José (S)erra, o *Aloysio Nunes Ferreira Filho, que na época de terrorista respondia pelo cognome Mateus; o caso ‘Paulo Preto’, os 4 milhões “ninguém sabe, ninguém viu”, escafedeu-se , apenas, do caixa dois da campanha [DEMo]tucana!… Ou seja, o que não faltam são temas para as fofoqueiras do horário eleitoral!…
*amissíssimo do Paulo Preto dos 4 milhões do queria deveriam ser parte do caixa dois da campanha do (S)erra (sic)

Responder

El Cid

12 de outubro de 2010 às 07h52

Essa não dá pra engolir:

Acreditem, José Serra ( o candidato do puxadinho e do ouvi falar ) afirma não conhecer o Paulo Preto, ou, Paulo Viera de Souza, ex Diretor de Engenharia do Dersa, homem que participou do segundo governo de FHC, homem envolvido nas obras das Marginais, do Metro e do Rodoanel.
Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, trabalhou até abril desse ano no Dersa, e, sem nenhuma explicação, foi exonerado pelo atual governador oito dias depois de participar da festa de inauguração do rodoanel.
Só para lembrar, a família de Paulo Preto, em 2007, fez um empréstimo de R$ 300 mil para Aloísio Nunes, senador eleito pelo PSDB, e é do conhecimento de todos, que os dois são grandes amigos !!!!
Agora, quero ver qual vai ser a repercussão dada a esse assunto pela grande mídia de São Paulo, e, a grande mídia Brasileira, vamos aguardar, vamos ver até onde vai realmente o interesse da mídia investigativa desse País !!!!
A tempo : Será que nenhum Jornalista Sério ( Jornalista com J maiúsculo mesmo ) consegue desmontar essa mentira do José Puxadinho Serra e mostrar que eles se conhecem ????

Responder

Alvor

12 de outubro de 2010 às 04h00

A respeito dessa história de que a postura da Dilma pode vir a prejudicá-la,
não custa lembrar um evento de que talvez os tucanos mesmos tenham se esquecido:

Quando o falecido governador Mário Covas, disputou a reeleição para o governo
do Estado de São Paulo em 1998, o (atual deputado federal) Paulo Maluf, seu oponente,
crescia de forma assustadora. Então Covas, de modo espontâneo, por conta própria,
sem qualquer prévio aviso, simplesmente deixou os conselhos do marqueteiro de lado,
abandonou o figurino que lhe impuseram, jogou o bom-mocismo pra escanteio,
e partiu pra cima do Maluf, perguntando a ele na lata, mais ou menos assim:

"Maluf, fiquei aqui ouvindo você falar, falar, falar, mas tem uma coisa que me incomoda,
que não me sai da cabeça e acho que só você sabe responder. Maluf, o que significa
afinal o verbo 'malufar'? Assim, quando alguém diz: 'Fulano malufou',
o que isso quer dizer? Você pode me contar?"

A partir daí, a estratégia do Maluf de discorrer apenas sobre "projetos" foi pro ralo,
ele ficou na defensiva – se revelando então por inteiro – Covas dominou o debate
(e também os seguintes), revelando verdades e mais verdades e ditando a
pauta de assuntos em discussão, enquanto a "galera", até então frustrada e pessimista
com os rumos da campanha, nos moldes "paz e amor", simplesmente ressurgiu, vibrante.

Moral da História: se esse tipo de comportamento fosse realmente errado, fosse "suicida",
como chegaram a dizer, o Covas não teria ganhado a eleição ali, naquela hora.
A diferença é que, hoje, o "Maluf" de plantão, com todas as suas "virtudes"
(parafraseando Maquiavel), passou a ser curiosamente o candidato tucano.

Tanto assim o é, que o próprio Maluf, inclusive, hoje o apóia.

Responder

Adilson

12 de outubro de 2010 às 03h51

Azenha,

O Paulo Preto está numa boa, pois no caso em comento, ladrão que rouba de ladrão tem cem anos de perdão. Como os ladrões do PSDB não podem acionar o Judiciário, pois cometeram o mesmo crime, aonde está a paladina da justiça? A Quirô do Ministério Público não vai tomar as providências cabíveis?

Responder

Luis Arthur

12 de outubro de 2010 às 03h34

"Ex-diretor da Dersa ataca Dilma e cobra Serra
Citado por petista em debate por suposto caixa 2, engenheiro exige que candidata mostre provas e que tucanos o defendam

"Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro", afirma ele a dirigentes do PSDB

ANDRÉA MICHAEL
DE SÃO PAULO"
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/po12102010… ou http://write4.net/2g2

Responder

Marilda Oliveira

12 de outubro de 2010 às 03h12

Azenha, O acúmulo de verbas do PSDB sempre foi controlada e enrustida pelos HOMENS MALAS; portanto, este tal de Paulo Vieira de Souza vulgo Paulo Preto, provavelmente já deve estar no mesmo esconderijo que se encontra o RICARDO SÉRGIO DE OLIVEIRA aquele, ex-diretor do Bc.Central e principal caixa mala do FHC e Serra que declarou no auge das criminosas privatizações aonde era o dono das propinas expropriadoras ,que tinha chegado ao limite da irresponsabilidade.

Responder

Bonifa

12 de outubro de 2010 às 02h42

"Vou fortalecer as estatais que estão consumidas pela corrupção e o empreguismo. Estatizar porque hoje elas funcionam como se fossem de donos privados", afirmou Serra. Serra disse isso na Folha. Será mais uma tentativa de fugir do garrote da privatização, que poderá enforcá-lo.

Responder

swamy - vitória/ES

12 de outubro de 2010 às 01h50

Amigos, hoje a Record News mostrou uma reportagem sobre o tal Paulo Preto da DERSA e do “Rouboanel”. O Serra teve a cara de pau de dizer que não conhecia o sujeito. O advogado do tal paulo veio com ameaças baratas dizendo que vai processar quem divulgar essa “história mentirosa” e o Aluisio Nunes, veja só, disse que não ia se pronunciar sobre o caso.
Acho que temos alguém do nosso lado. Essa reportagem tem que ter repercussão aqui nos “blogs sujos” e na própria emissora. Vamos em frente agora, atropelar esses emplumados entreguistas e falsos moralistas.

Responder

Wilson Nascimento

12 de outubro de 2010 às 00h10

Se é bomba, para explodir, tem que ascender o pavio.

Ta no colo do Serra ?

Fogo no pavio, companheiro !

Responder

    E.Sergio da Silva

    12 de outubro de 2010 às 10h53

    Após assistir ontem ao JORNAL DA RECORD, e verificar que o sujeito não tem caráter sequer para defender a Esposa,(nem poderia por que o proprio Estadão desmente em uma de suas edições sobre a campanha no calçadão de Nova Iguaçu) e com a maior Cara de Pau, falar que a Dilma atacou a sua familia, alem de falar que não conhece o PAULO VIEIRA DE SOUZA, vulgo PAULO PRETO, chego a seguinte conclusão, baseado em um velho ditado popular: FILHO FEIO OU PRETO NÃO TEM PAI. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Marcelo de Matos

12 de outubro de 2010 às 00h00

Essa letra e música de Jorge Benjor é uma homenagem ao Paulo Preto, receptador de jóias e assessor político do candidato tucano: http://letras.terra.com.br/jorge-ben-jor/86115/

Responder

Marcelo Macedo

11 de outubro de 2010 às 22h44

Esse é parente da Erenice?

Responder

    Adilson

    12 de outubro de 2010 às 03h56

    Não, a Erenice diante do amigo do Aloysio é trombadinha. Eis que o sujeito de uma só tacada, furtou dos outros ladrões do PSDB 4 milhões. E o pior é que ninguém do PSDB pode denunciá-lo.

    Leider_Lincoln

    12 de outubro de 2010 às 08h20

    Atirar é bom,, não é, troll? Mas quando o chumbo volta…

    LuisCPPrudente

    12 de outubro de 2010 às 09h58

    Da Erenice eu não sei, mas do José Serra, eu tenho certeza que é!

    O Paulo Preto é homem de confiança do José Serra!

    Paulo Preto sempre trabalhou na sala ao lado de José Serra e ele diz que não conhece o Paulo Preto!

    Paulo Preto sempre esteve nas reuniões tucanas para arrecadar dinheiro em nome do José Serra e este Serra diz que o Paulo Preto é um factóide!

Paulo Duarte

11 de outubro de 2010 às 22h23

Se a mulher do Serra foi para a rua fazer campanha, ela deixou de ser família para ser militante política, sujeita a todas às consequências de sua escolha. Ainda atacando a Dilma como atacou e não querendo resposta! Aí vem o chorão do smarido falar que colocar família no meio não pode. Então, meu caro, peça para sua digníssima esposa ficar quietinha em casa e não mais ir para a rua falar besteira como falou.

Responder

ednir

11 de outubro de 2010 às 22h00

Olha essa noticia que achei no estadão, será que é o mesmo "João Preto"?
http://www.estadao.com.br/noticias/geral,preso-ex

Responder

    Augusto

    11 de outubro de 2010 às 22h17

    Meu camarada é este caboclo sim……

Sandra

11 de outubro de 2010 às 21h41

O PT e a Dilma não podem deixar esfriar essa notícia do tal de Paulo Preto, pois o Brasil precisa saber quem é ele; para quem trabalha; quem se beneficiava com o seu esquema e, sobretudo, se houve crime eleitoral.

A Coordenação da campanha tem de, toda vez que falar à imprensa, trazer à tona esse assunto. Lembrem-se de que a mídia passou mais de 20 dias falando em quebra de sigilo (que não houve) e fizeram um julgamento moral da Erenice, sem que ela pudesse, ao menos, defender-se.

O PT não pode ser burro, tem de aproveitar. Afinal de contas todos sabemos quão corruptos são os tucanos.

Responder

rogerio

11 de outubro de 2010 às 21h40

Azenha e amigos,
Eu acho que a Dilma deve parar de falar ao Jornal Nacional, naqueles minutos que eles abrem no JN toda noite.
A fala do Zé é tudo de bom, dizendo o que vai fazer, mostrando o povo com ele… na hora da Dilma a pauta é sempre negativa.
Se é pra ser assim, eu acho melhor não usar o espaço. Boicotar. Usar outros meios de falar ao povo.
Rogerio.

Responder

    Joana

    11 de outubro de 2010 às 22h25

    como disse a Marilena Chauí: "não falar com o PIG".

Messias Macedo

11 de outubro de 2010 às 21h34

ENTENDA O BRAÇO DIREITO DO (S)ERRA!

… De *Paulo Preto à Verônica (S)erra, passando pelo Preciato e a Verônica Dantas: o réquiem do bye-bye (S)erra & [infames] a$$ecla$ 'FOREVER'!…
*amissíssimo do **Aloysio Nunes Ferreira Filho que nos tempos de terrorista (sic) protagonizou o assalto ao Trem Pagador! História do Brasil.
**o braço direito do (S)erra, segundo o próprio (S)erra!

REALMENTE, num torneio das más companhias, (S)erra é imbatível! Não é à toa que ***'Zé, O Covarde Caluniador' [perdão pelo pleonasmo] torce pelo 'Parmeiras', cujo mascote é um… PORCO!
***o mesmo José Ferra a Nação – vide as delituosas e lesa-pátria privatizações, inclusive a do nosso subsolo, via Companhia Vale do Rio Doce!

HISTÓRIA REAL DO BRASIL!

Ronald Biggs não tinha antecedentes criminais. Aloysio Nunes Ferreira tinha. Aloysio Nunes Ferreira e outros terroristas roubaram do Trem Pagador o dinheiro que seria utililizado para pagar os salários dos trabalhadores de uma ferrovia em construção… Ademais, Aloysio Nunes Ferreira, em outubro de 1968 participou do assalto ao carro pagados da empresa Massey-Ferguson e em novembro do mesmo ano, usando passaporte falso, viajou para Paris, de onde coordenava as ligações de Cuba com os comunistas brasileiros…
Com este histórico, ****'Mateus, Aloysio Nunes Ferreira foi escolhido pelo presidento FHC para ser seu secretário particular…
****cognome usado por Aloysio Nunes Ferreira Filho no tempo das estripulias terroristas juvenis! O contemporâneo José (S)erra fazia das suas na organização terrorista Ação Popular (AP)…
FONTE: http://homemculto.wordpress.com/2010/09/18/ronald
NOTAS: as fontes históricas acerca destas verdades verdadeiras são múltiplas! tomara que o PIG se interesse em requentar, "na boca das urnas", estes episódios! [RISOS ESTONTEANTES]

República Destes Bananas caluniadores Chafurdadores dos Esgotos do Submundo da política com 'p' microscópico!… Fascista eterno!
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

    Fernandes

    12 de outubro de 2010 às 14h19

    Messias, há muita gente aqui de inteira dignidade e é palmeirense. Isso nada tem a ver com o momento politico que vivemos. Não misture as coisas e as pessoas. Voce está fazendo o mesmo papel dos tucanos. Nos dicionários o significado disso chama-se calhordice. Portanto, poupe-se. Não seja calhorda como o Serra.

Fabio_Passos

11 de outubro de 2010 às 21h17

Hilário:

"A amnésia de Serra
Enviado por luisnassif, seg, 11/10/2010 – 19:44" http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-amnesi

"Eu não sei quem é o Paulo Preto. Nunca ouvi falar. Ele foi um factóide criado para que vocês (imprensa) fiquem perguntando".
jose serra

O serra apanhou tanto no debate que teve uma concussão cerebral… e tá sofrendo de amnésia!

Responder

Elisabete

11 de outubro de 2010 às 21h14

Quem será "a militancia jovem do psdb" que pintou o rosto do serra de verde-amarelo em goiania, hoje?

Responder

joão

11 de outubro de 2010 às 21h10

a policia federal tem que por a mão nesse sujeito urgente e mandar ele falar tudo que ele sabe

Responder

joni

11 de outubro de 2010 às 21h08

Respondam-me. Esse Paulo Preto, não é o mesmo que até este ano era presidente do Dersa(SP), nomeado pelo governador Serra? Arrecadador de fundos para a campanha? O homem que foi preso, neste mesmo ano, vendendo jóia roubada da Tiffany?
E que agora para Serra virou "factoide"?

Responder

    Maria Rita

    11 de outubro de 2010 às 21h29

    Pois é, deu amnésia no Zé Puxadinho.

    Joana

    11 de outubro de 2010 às 22h28

    tomara que dê "magnésia" no serralho e ele não saia do sanitário… heheheh

    Karmélia Brasil

    12 de outubro de 2010 às 07h42

    Texto repassado por leitor no Tijolaço. Será verdade? Se for, vamos arrochar esse cabra!
    "BOMBA TUCANA!!!!!!!!
    A leitura é longa, mas dela depende o seu futuro e o da sua família:
    Foi descoberta a fonte inesgotável de recursos que moveu a campanha de Serra e de Marina nas ultimas semanas de Setembro, a PF prendeu um laranja ligado ao Eng. Paulo Vieira de Souza, o Paulo preto que é acusado pelo PSDB de fugir com 4 milhões do caixa 2 da campanha serrista, em troca do perdão ele estaria desvendando o maior crime que está sendo planejado contra o Brasil e os brasileiros, se confirmada a história será o maior escândalo já visto na nossa história, eis a síntese do depoimento que está sendo averiguado e investigado em sigilo por mais de dez equipes da PF além da Interpol e do FBI, porque existem ramificações na Europa e nos EUA:
    Segundo os depoimentos prestados até agora pelo laranja tucano, em meados de agosto e com a virada da candidata oficial em todos os institutos de pesquisa a cúpula tucana entrou em desespero, pois inclusive as pesquisas internas do partido davam conta da vitória do PT no primeiro turno, inclusive apontavam para a derrota tucana até em SP!!!! Foi quando entrou em cena um personagem conhecido de todos os brasileiros: Daniel Dantas. Durante uma semana de reuniões madrugada adentro ocorridas entre os dias 15 e 20 de Agosto ficou acertado entre o Serra e o Daniel Dantas , inclusive com assinatura de um documento em que o mesmo se compromete a vender a PETROBRÁS e o PRÉ-SAL para SHELL e a ALSTOM e que o BANCO DO BRASIL e a CAIXA ECONÔMICA seriam incorporadas por um consórcio do SANTANDER e HSBC tudo administrado pelo banco OPPORTUNITY, em troca seriam injetados imediatamente 500 milhões de dólares na campanha e é claro usando as facilidades do Daniel Dantas sobre as altas cúpulas do judiciário, primeiramente dividiriam uma parte deste montante entre o Serra e a Marina para levar a eleição para o segundo turno e depois a cartada final com a eleição do Serra, inclusive afirmou que a Marina não sabia de nada, foi só usada no esquema e defendeu ainda o seu patrão dizendo que os 4 milhões seriam uma comissão devida pela cúpula.
    Bem agora fechou o círculo, com a eleição do Serra a PETROBRÁS , O BANCO DO BRASIL e a CAIXA já estão privatizados, adeus ao PAC, BOLSA FAMÍLIA, BOLSA ESCOLA, MINHA CASA MINHA VIDA e outros programas sociais que são sustentados por essas empresas. É a volta da vida de gado para o nosso povo, agora ficou claro quem espalhou boatos sobre deus, aborto, casamento de gays e tudo mais contra a candidata do PT pelo Brasil afora; sabemos agora os interesses que movem essa gente.
    Divulgue e passe a frente, temos que salvar o nosso país dessa gente, ainda dá tempo!!!!!!!! "

Almerindo

11 de outubro de 2010 às 20h40

Azenha, no jornal da record a poucos minutos atrás, o Celso disse que o Zé declarou que nunca ouviu falar nesse Paulo. É mole?

Responder

Julio Silveira

11 de outubro de 2010 às 20h37

Eu não aguento ver o Serra dizer que é ficha limpa, o Al Capone também era e só foi pego por que os E U A resolveram acabar com esse gangster.

Responder

José Vitor

11 de outubro de 2010 às 20h17

Eu gostaria de ver a Dilma apontar as sujeiras do Serra, olhando direto prá cara dele.
Se ela forçar um pouquinho ele perde a cabeça, e faz besteira…

Responder

    JHPJr.

    11 de outubro de 2010 às 21h33

    Kkkkkk…"perde a cabeça",é verdade! Capaz de pegar a cadeira e "tacar" na cabeça da Dilma,pq ele já provou que não aguenta ser contrariado em suas falácias.

Bernadete

11 de outubro de 2010 às 19h44

Dilma tem que falar sobre o PV, como o PV apóia Serra se uma das estrelas do DEM que foi convidada para ser vice dele e não quis, pois não acreditava na sua vitória, Kátia Abreu, presidente da CNA e membro da UDR, grilheira de terra no Tocantins, é terrivelmente contra o código florestal, as APPs do aumento da área de preservação do serrado. Já tive em Brasília reuniões com funcionários da CNA e eles são taxativos na defesa dos interesses deles, que vão contra ao meio ambiente sustentável defendido por Marina, essa eu quero ver. O PV aqui na Bahia é um partido oportunista e de direita, fez campanha dividindo com os deputados do DEM, o mote é o meio ambiente, mas para encher os bolsos deles.

Responder

El Cid

11 de outubro de 2010 às 19h33

4 milhões de reais vai ter que ser passado por uma lavanderia !

Neste momento a Polícia Federal e o MPF colocam a mão neste sujeito !

Só espero que isto aconteça até dia 30 de outubro com ampla cobertura da mídia. Será ?

Responder

El Cid

11 de outubro de 2010 às 19h32

"Para Serra, a petista se comportou de forma atípica para poder usar as imagens em seu programa de televisão. O marqueteiro da petista, João Santana Filho, sorriu com a declaração."

No programa eleitoral desta segunda-feira, Dilma usa muito bem as cenas do debate. Jogada de mestre. Perfeito!

Responder

Robson Santiago

11 de outubro de 2010 às 19h31

A campanha de Dilma tem que falar também da quebra de sigilo que a filha de Zé Pedágio fez de mais de 60 milhões de brasileiros, com a ajuda do governo FHC, e junto com a irmã do Orelhudo.

Responder

Morais

11 de outubro de 2010 às 19h27

No primeiro turno ninguém bateu na Marina e ela conseguiu 20 milhões de votos, e até agora só o Serra batendo na Dilma, porém a partir de ontem deu para ver que os podres do Serra e do Psdb não vão ficar escondidos pela mídia, o PT vai mostrar e isto assusta e muito a turma do mal, pois eles têm muita coisa para esconder e que se o povo tomar conhecimento perderão muitos votos.

Responder

Marcio Leandro

11 de outubro de 2010 às 18h57

Em geral os vampiros viram pó ao serem expostos à luz do sol, foi o que começou a acontecer com o #serramilcaras

Responder

francisco.latorre

11 de outubro de 2010 às 18h47

serra desmontado.

a trinca. o trio. paulopreto monicapinochet e davidzylberstein. [ bem notados por fabio passos

paulopreto.. dividiu a grana com o aluísio. e com o próprio zé.. depois pegaram mais com os otários.. pp deve estar passando férias.. na casa da filha-sócia verônica em trancoso.

monicapinochet. anta submissa.
do 'coiso' maníaco machista pegajoso. e cafa.
um apêndice. do poderoso zé.
aprendeu tudo com o superzé. ai se não aprendesse.

david zylberstein. tá na fita pra sinalizar pros financiadores.. o negócio tá fechado.
depois da suposta/eventual posse o zé sem programa só ia cumprir tabela pra entregar. o petróleo. a petrobrás. o brasil.
notável o desprêzo pela inteligência do eleitorado. o entregador-mor. genro de fhc.
potz. genro. genro do presidente que vendeu um pedação do brasil. vendeu deu. dado.
e depois os caras vem de erenice. o dó.

paulopreto. quatro milhões. davizinho. cem bilhões.
iguais. diferem na escala.

..

Responder

    Glecio_Tavares

    11 de outubro de 2010 às 20h02

    Existem outros processos ainda para os proximos debates. Roberto Freire na sabesp, Herodoto Barbeiro na Cultura, Luciano Serra nos genéricos, Ligação para o Gilmar Dantas durante julgamento, Quércia, Maluf e TFP. Assoreamento e poluição do Tiete. Obra da marginal e rodoanel que avança sobre varzea e area de manancial, Buraco do metro em pinheiros, sustento nos USA e green card fugindo de golpe da direita do Chile bancado pelos amerikaners. Conselho a Indio para ter amantes e esconde-las. Greve dos policiais e professores por aumento por reposição salarial tratada a cassetete e bala. Doação de terreno a globo. Compra de assinaturas da midia sem licitação. Veiculação de propagandas da sabesp no Acre e no Nordeste.

    CC.Brega.mim

    11 de outubro de 2010 às 21h38

    Luciano Serra? O filho do zé? eu não conheço essa história…

Alexandre

11 de outubro de 2010 às 18h33

… De *Paulo Preto à Verônica (S)erra, passando pelo Preciato e a Verônica Dantas: o réquiem do bye-bye (S)erra & [infames] a$$ecla$ 'FOREVER'!…
*amissíssimo do **Aloysio Nunes Ferreira que nos tempos de terrorista (sic) protagonizou o assalto ao Trem Pagador! História [verídica] do Brasil.
**o braço direito do José (S)erra, segundo o próprio José (S)erra!

Uma saga delituosa a ser contada em debates!

Paulo Preto: Quem é o tucano que Dilma pode levar para os debates
por Luiz Carlos Azenha
21 de setembro de 2010 às 1:34

NOTA: o ínclito, competente e impávido Luiz Carlos Azenha reproduz o'post'! (10/10/2010)

BRASIL NAÇÃO
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo – ‘mais feliz do que pinto no lixo’ porque Dilma Brasileira Rousseff, A Magnífica, é um poste: porque tem luz, muita luz! [própria]

Responder

marcelo siano lima

11 de outubro de 2010 às 18h13

Até que enfim a podridão do PSDB começa a ser exposta. Sim, é ótimo, põe a nu esse discurso hipócrita e moralista que o PSDB, especialmente o núcelo paulista, tentam impor ao Brasil. Não pode ficar no limbo a inúmera quantidade de denúncias que cercaram o governo FHC – as negociatas para aprovação da emenda da reeleição, a privataria (jóia da cora da corrupção), os grampos telefônicos e o aparelhamento da Polícia Federal, para ficarmos em alguns exemplos. Isso tem que vir a tona. Chega dessa arrogância do Serra e do tucanato paulista. Chega dessa hipocrisia. Vamos discutir claramente um projeto para o pais, saindo das páginas policiais. DILMA PRESIDENTE.

Responder

Quem é o “homem bomba” que sumiu com R$ 4 milhões do Serra | Conversa Afiada

11 de outubro de 2010 às 17h49

[…] Saiu no Viomundo: […]

Responder

Gerson Carneiro

11 de outubro de 2010 às 17h27

Bom também foi em um finalzinho de bloco: Dilma voltou ao assunto Paulo Vieira de Souza, olhou para o Serra e disse algo assim: "eu vou gostar de falar com mais detalhes sobre esse assunto no próximo bloco".

Ao fechar o bloco, um pouquinho antes dos comerciais, apareceu o Serra com as mãos no bolso andando, desnorteado próximo à bancada. Alí, o Serra deveria estar com o *espinhaço gelado.

*traduzindo para o paulistês: coluna vertebral.

Responder

    El Cid

    11 de outubro de 2010 às 19h36

    Ô Gersão, não devemos nos esquecer também do caso do secretário de segurança pública do governo do Zé Puxadinho que saiu por suspeita de corrupção…

Wagner Borja

11 de outubro de 2010 às 17h15

Muito interessante como a grande mídia silencia sobre o debate…..nenhuma repercussão!
Só se fala da agressividade, nada a respeito do conteúdo!

Responder

Fabio_Passos

11 de outubro de 2010 às 17h02

Ao invés de fazer cara de choro porque levou uma surra no debate, o serra deveria é responder com tranquilidade:

1) por que o amigão dele – Paulo Preto – fugiu com R$4 milhões de dinheiro sujo da campanha do psdb?
Prá onde fugiu seu amigo ladrão e patife, serra?

2) por que a esposa dele – "Monica Pinochet" – teve a coragem de difamar a Dilma mas é covarde e não assume publicamente a imundíce que saiu de sua boca?
Aprendeu a ser baixa e mau-caráter com o marido?

3) por que o david zylberstein – que defende a privatização do pré-sal – permanece na campanha do psdb se o serra quer mesmo "fortalecer" a Petrobrás? Como pode fortalecer a Petrobrás se o assessor trabalha dia e noite só pensando em privatizar? Não faz o menor sentido…

4) por que devemos acreditar que serra vai manter o Bolsa Família se ele tem péssimo histórico de não honrar a palavra?
E ainda mais quando sabemos que todos seus aliados políticos – inclusive o PIG – não fizeram outra coisa senão difamar o programa durante os últimos 8 anos…

Serra não respondeu.
E mais. Ficou profundamente abalado.

O sujeito foi a lona.
Boca seca. Quase em pânico.

Responder

    Glecio_Tavares

    11 de outubro de 2010 às 20h06

    Hoje ele disse que Dilma atacou a familia dele "novamente". Ta com um processo por calunia e ainda assim fala mentiras. Merece cadeia. Monica Serra falou porcaria cada vez que abriu a boca, por isso que ela nunca participou das campanhas do marido, ou seja dessa vez foi por puro desespero soltar a pitbula pinocheia.

    Fabio_Passos

    11 de outubro de 2010 às 21h08

    Eu vi. Que cara de pau.
    serra menospreza a inteligência da população.

    Ele pensa que a mídia-corrupta é capaz de blindar totalmente sua candidatura suja.
    Esta errado.

    Imagine se a Dilma deveria ouvir a imundíce da esposa do serra e ficar calada… só prá cara do sujeito.
    Ele sentiu o golpe e tenta escapar.

ZePovinho

11 de outubro de 2010 às 16h57

http://dilmanarede.com.br/ondavermelha/noticias/e

Combater a ação difamatória contra #Dilma13 é parte estratégica da nossa campanha neste segundo turno. Juntos, vamos fazer a verdade prevalecer e desfazer cada uma das calúnias que circulam por aí.

Se você receber mentiras sobre a Dilma na web ou nas ruas, encaminhe para os e-mails [email protected] e [email protected]. Esse novo canal de comunicação tem o objetivo de agilizar a nossa militância on-line a esclarecer os fatos.

Como você sabe, nossa candidata tem sido atacada sistematicamente por uma campanha mentirosa. Mas nós acreditamos que a boa luta se faz com verdades. Em respeito ao povo brasileiro, manteremos o debate no nível elevado que praticamos até aqui.

Até o dia 31 de outubro, nossa militância adquire um papel mais importante do que nunca. Converse e divulgue esses endereços para seus amigos. Espalhando a verdade iremos eleger #Dilma13 a primeira mulher presidente do Brasil.

Responder

Rui de Gouveia

11 de outubro de 2010 às 16h51

Pelamordedeus! Comparar o Alckmin de 2006 com a Dilma… só sendo tucano mesmo!!!

Responder

El Cid

11 de outubro de 2010 às 16h51

…aproveitando:

e o que dizer do texto de Serra ao afirmar que as pessoas tiveram crédito para fazer os "puxadinhos"? Não há preconceito explícito nisso? Quer dizer que toda política habitacional dele se restringe a facilitar a construção de "puxadinhos"? Para quem, para nordestinos em SP? Puxadinhos em áreas de alagamento com esgoto da Sabesp?

Responder

El Cid

11 de outubro de 2010 às 16h43

O problema é que a "imprensa livre" edita cirurgicamente esse assunto.

Trata do debate como se nada tivesse sido dito a respeito. Omitir, é um lado da mentira.

Não creio em repercussão grande a não ser que a candidata aborde o tema nas entrevistas rapidinhas diárias, pois essas não tem como censurar.

Agora, o Sr. Goldman falar em suicídio político é no mínimo patético. Denunciar não pode? Só difamar por e-mail?

Falar de Erenice é esclarecer o eleitor.

Falar do Paulo Preto é ataque suicida.

Menos, Sr. goldman, bem menos, quase nada…

Responder

    Rafael Andrade

    11 de outubro de 2010 às 17h37

    Resta a propaganda política do rádio e tv, e a de Dilma hoje à tarde já colocou os melhores momentos do debate, o caminho é esse, vamos ver como a campanha do Serra vai retrucar, até agora é a mesma tecla do aborto. Quanto a trechos do debate, francamente, vão ter que espremer muito pra ver se sai alguma coisa.

    Geysa Guimarães

    12 de outubro de 2010 às 13h27

    Dilma e sua campanha que não deem ouvidos aos adversários, como o atual governardor paulista, Alberto Goldman.
    Com essas declarações eles tentam deter a reação da campanha petista, porque sabem que tem muito mais a ser dito.
    Suicídio é permaner deitada, inerte, à espera do golpe final. Dilma é guerreira e vai por a nocaute esses machos selvagens e suas esposas submissas, que só aparem na hora final da eleição.

El Cid

11 de outubro de 2010 às 16h39

… confrades, temos um problema: este assunto pode não render pois ate agora não vi nenhum grande site falar nisso, tirando o Terra.

A Globo.com, o Uol, O IG, o Noblat, nem tocaram neste assunto e dificilmente irão fazê-lo, a não ser que a Dilma comece a falar disso o tempo todo no horário eleitoral e denuncie que os Jornais estão escondendo o caso…

Responder

    Fabio_Passos

    11 de outubro de 2010 às 16h52

    Tão querendo esconder o amigão do serra que fugiu com R$4 milhas?
    O PIG esconde o ladrão porque é amigo do serra.

    Carmen

    12 de outubro de 2010 às 00h30

    Devemos escrever para os blogueiros limpos (hahaha!) com a pergunta que não quer calar: quem é Paulo Preto!!!!!!

O JUIZ

11 de outubro de 2010 às 16h38

A DILMA poderia pegar alguns trechos da "Bomba" Porões da Privataria, para o debate na Globo.
Se é que vai haver debate, pois acredito que a Globo vai pensar muito nisso antes. As Bombas do PSDB estão sendo desarmadas antes de detonarem. É que os tucanos deixam rastros de sujeira por onde "voam". O PT finalmente mostrou que tem muita munição, e na hora certa.
Só resta à direita, o golpe. Mas ái o povo estará nas ruas para abafá-lo.
No mais, a Estrela sobe.

Responder

CLAUDIO LUIZ PESSUTI

11 de outubro de 2010 às 16h36

Se a senhorinha paulistinha, aquelas que so falam aquilo que o marido fala, falar de novo da Erenice, tem que botar o Paulo Preto na jogada!

Responder

Rodrigo Prado

11 de outubro de 2010 às 16h34

Acho que esse tipo de postura é a mesma que o Alckminn adotou no segundo turno de 2006. Não ganha nada com isso. Ainda mais quando se tem uma mídia que repercute negativamente a postura de Dilma…
Temos que parar de sermos torcedores e começar analisar friamente o que está ocorrendo. A mídia nunca esteve tão forte e a internet está agindo.
Como já disseram, Dilma dependerá da bola fora do Baggio para ganhar essa…

Responder

    Geysa Guimarães

    12 de outubro de 2010 às 13h32

    Rodrigo Prado:

    Cada caso é um caso. Alckmin falou coisas desnecessárias contra Lula, ao contrário de Dilma.
    Ou se desconstroi a imagem de bom homem que o serrágio plantou, ou devolvemos o Brasil a eles para entregarem aos EUA e ao FMI.

Mario

11 de outubro de 2010 às 16h33

Tem mais esta:

Preso ex-diretor da Dersa acusado por receptação de joia
15 de junho de 2010 | 10h 41
AE – Agência Estado

Paulo Vieira de Souza, ex-diretor do Dersa, foi preso em flagrante no sábado sob a acusação de receptar um bracelete de ouro furtado de uma loja no Shopping Iguatemi. Souza foi responsável por duas das principais obras viárias em São Paulo – o Trecho Sul do Rodoanel e a ampliação da Marginal do Tietê.
Souza estava com o joalheiro Musab Asmi Ftayer, que também foi preso. Na delegacia, o engenheiro disse que havia comprado o bracelete por R$ 20 mil de um desconhecido. A prisão ocorreu quando ele e o joalheiro foram à Gucci do Iguatemi para avaliar a peça que o engenheiro pretendia vender a Ftayer. O vendedor da loja reconheceu a joia e chamou a polícia. A peça havia sido furtada em 7 de maio.
O engenheiro estava com R$ 12,8 mil em dinheiro. Demitido da Dersa em 9 de abril deste ano, ele foi eleito Eminente Engenheiro do Ano pelo Instituto de Engenharia em 2009. Souza disse que não sabia que a joia era roubada e afirmou ter agido de boa-fé. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Link:
http://www.estadao.com.br/noticias/geral,preso-ex

Responder

    waldir ferreira

    11 de outubro de 2010 às 16h54

    tai a ligaçao com o PCC,eles tinham ate candidato com Ferrari.

El Cid

11 de outubro de 2010 às 16h28

… percebam a estratégia da Dilma: quando ela cita Paulo Preto foi para deixar claro para o Serra que de agora em diante você não terá mais moleza. Foi um balde de água fria que o Serra e seus asseclas incluindo Aloisio Nunes não esperavam. A Dilma vai sangrar o Serra em todos os debates, até transformá-lo em pó !!

Responder

    Polengo

    11 de outubro de 2010 às 23h18

    Tomara.

Rosana Figueiredo

11 de outubro de 2010 às 16h19

Creio que está na hora da militância petista sair à rua e romper a blindagem dos jornais e da mídia comercial que fechou com o Serra. Está na hora de partirmos para cima mesmo. Se a Dilma não endurecer, a militância não arregaçar as mangas e os instruídos politicamente, quero dizer, os não alienados trabalharem em pró de um governo social seremos atropelados por esta direita servil do neoliberalismo internacional, que conseguimos afastar do Brasil nestes últimos 08 anos.

Responder

    TavaresdeMello

    11 de outubro de 2010 às 18h25

    Estou baixando aqueles vídeos do You Tube sobre o vira-latas careca – desaprovando o comportamento do governo durante a crise, culpando os migrantes pelo mau resultado da educação em SP, etc… – e colocando no meu MP4.
    Se os caras, convenientemente, não vão à montanha, eu vou levar a montanha até eles!

    Alguém sugere mais algum vídeo?

    swamy santos

    12 de outubro de 2010 às 01h52

    Sugiro aquele que mostra a atuação do Serra na Constituinte votando contra tudo que beneficiava o trabalhador. Segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=xkg-ohOLBcw.

    José Manoel

    12 de outubro de 2010 às 11h27

    Eles são uma tropa de indecentes e safados, para não dizer coisas mais gravíssimas………………………………….

    Paulo Duarte

    11 de outubro de 2010 às 22h27

    Rosana, parabéns pelas suas colocações.

Fernando

11 de outubro de 2010 às 16h11

colunistas.ig.com.br/guilhermebarros/2010/10/11/%E2%80%9Cfaltou-coragem-a-oposicao-ao-nao-defender-a-privatizacao%E2%80%9D-diz-fhc/

“Faltou coragem à oposição ao não defender a privatização”, diz FHC

Em palestra para empresários em Cartagena, na Colômbia, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez uma dura crítica ao seu partido por não ter defendido nas eleições o programa de privatização do seu governo.

Responder

    El Cid

    11 de outubro de 2010 às 16h44

    Os jornalões querem estabelecer simetria entre o debate de ontem e o de 2006, entre Lula e Alckimin. Além da diferença entre quem bateu e quem apanhou, os motivos pelos quais Serra apanhou representam uma enorme diferença.

    Quem acreditou na tentativa do Serra de se mostrar indignado para defender a filha no primeiro turno, ao vê-lo ignorar as críticas contra a esposa Monica, compreendeu exatamente a extensão o carater do candidato. É o mil caras…

Abraão Tiago

11 de outubro de 2010 às 15h59

Pena que o Amaury Jr. ainda não publicou "Porões da Privataria", pois seria um ataque nuclear na campanha suja dos tucanos.

Responder

Beto Crispim - BH

11 de outubro de 2010 às 15h58

O Serra amarelou, eu bati palmas na hora. Diminha foi na alma.

Responder

Laura

11 de outubro de 2010 às 15h49

Acho o discurso do PT e da esquerda a anos luz do que tem que ser travado: há que se ter um discurso para o centro, ou melhor para essa geleia geral que não é a esquerda e a classe média. Evangèlicos , baixa classe média, fora o discurso nacionalista. Acho um enorme erro ´politico a repetição FHC x Lula. Tudo bem, ms nãao basta, para esse eleitorado, há que se dizer que seus filhos não terão mais carteira assinada.Os filhos.

Responder

youPode » Quem é o tucano de bico grande que sumiu com 4 milhões sem origem declarada da campanha tucana

11 de outubro de 2010 às 15h47

[…] Pergunta de Dilma deixou Serra nervoso e desconcertado […]

Responder

Baixada Carioca

11 de outubro de 2010 às 15h32

Então o fujão anula o efeito Aluysio Nunes? Não podemos esquecer disso para os próximos embates. Mas Dilma tem que perguntar por que o tucano mentiroso não foi à Polícia denunciar o cara que lhe rouba 4 milhões da campanha.

Responder

    El Cid

    11 de outubro de 2010 às 16h30

    … Baixada, o ataque só é ruim quando não se tem provas. Tudo que Dilma disse pode ser provado. A começar pela cara de pau da mulher de Zé-puxadinho !!

    Almerindo

    11 de outubro de 2010 às 20h47

    O problema é que foi de uma matéria do PIG… Será que não foi uma isca, não disseram isso pra ver se ela atacava a esposa dele pra depois ele dar uma de vítima? Esse povo é perigoso, todo cuidado é pouco com eles.

    El Cid

    12 de outubro de 2010 às 09h04

    Almerindo, então que a Mônica Serra processe o Estadão, se ela não falou isso:
    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,mulhe

    agora, cá entre nós: ela vai processar?

Well Costa

11 de outubro de 2010 às 15h30

Se tem prova, se tem como mostrar as fralcatroas dessa turma, por que não partir para o ataque?, tem que ser assim sim, de hoje por diante, é olho por olho e dente por dente, que for fraco que se quebre que for forte que se aguente…PT saudações.

Well Costa
Teresina – Pi
Terra do Fogo

Responder

Carlos

11 de outubro de 2010 às 15h30

Qual a origem do dinheiro que apareceu nas imagens do caso do "dossiê dos aloprados", em 2006?
Na época, a acusação foi de que pessoas ligadas ao PT, da campanha do Mercadante, levaram o dinheiro.
Pelo que sei, porém, decisão judicial recente foi no sentido de arquivo o processo em função da completa falta de provas quanto a origem.
Serra tem a dizer sobre o caso?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.