VIOMUNDO

Diário da Resistência


Tânia Mandarino, sobre a “visita de cortesia” à juíza: “Thompson Flores não parece preocupado em disfarçar parcialidade”
Ricardo Stuckert, Lula Marques/Agência PT e IImprensa/JFPR e TRF-4
Falatório Política

Tânia Mandarino, sobre a “visita de cortesia” à juíza: “Thompson Flores não parece preocupado em disfarçar parcialidade”


20/07/2018 - 09h08

Ricardo Stuckert, Lula Marques/Agência PT e Imprensa/JFPR e TRF-4

por Conceição Lemes

O site do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) publicou nessa quinta-feira (18/07): o desembargador Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), fez uma “visita de cortesia” à juíza federal substituta da 12ª Vara Federal, Carolina Lebbos. Estava acompanhado do diretor do Foro, juiz federal Marcelo Malucelli.

O TRF-4 postou também estas duas fotos do encontro, que

também contou com a presença da diretora-geral do TRF4, Magda Cidade, da assessora de gabinete da diretoria-geral do TRF4, Sylvane Paiva dos Santos, da diretora administrativa da JFPR, Marina Constantino Max e da diretora de secretaria da 12ª VF, Celine Salles Migdalski.

Thompson Flores, vale relembrar, em agosto de 2017, disse em entrevista ao Estadão que a sentença do juiz Sérgio Moro que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “vai entrar para a história do Brasil”: “é tecnicamente irrepreensível, fez exame minucioso e irretocável da prova dos autos”.

Ele comparou a decisão de Moro à do juiz Márcio Moraes no caso do jornalista Vladimir Herzog, assassinado em outubro de 1975 pela ditadura militar no DOI-CODI, em São Paulo. Em outubro de 1978, o juiz Márcio Moraes condenou a União pela prisão, tortura e morte do jornalista.

Em 8 de julho de 2018, Thompson Flores avisou o juiz Moro, que estava de férias em Portugal, do habeas corpus concedido pelo desembargador Rogério Favreto no plantão judiciário, que colocava em liberdade Lula.

Depois, alegando um inexistente conflito positivo de jurisdição, agiu em sintonia com Moro. Decretou que quem deveria julgar o HC de Lula era o desembargador Gebran Neto, que nem estava no plantão judiciário.

Ao final, ele mesmo determinou que Lula deveria continuar preso.

Carolina Lebbos é a juíza responsável pela execução provisória da pena do ex-presidente.

Ela costuma dizer não a tudo o que Lula tem direito.

Disse não à participação de Lula na convenção nacional que lançará sua candidatura à Presidência, em 15 de agosto, mesmo que fosse por vídeo conferência.

Disse disse não às entrevistas solicitadas por vários veículos de imprensa, entre os quais SBT, Folha e UOL,

Na sexta-feira, 13/07, Lebbos negou pedido do fotógrafo Ricardo Henrique Stuckert para que o ex-presidente Lula participe de entrevistas.

Stuckert havia recorrido da decisão da magistrada, que, em 11 de julho, barrou Lula em debates e também vetou a saída do ex-presidente para ‘participação presencial’ na Convenção Partidária Nacional do PT.

A juíza Lebbos argumentou:

“o fato de terem sido eventualmente realizadas entrevistas com outros presos em regime fechado, pontualmente citados pelo agravante, de modo algum poderia significar autorização genérica ou precedente vinculativo”

Curiosamente, a “ visita de cortesia” – é assim mesmo que está no portal do TRF-4 –Thompson Flores ocorreu cinco dias após Lebbos negar mais uma vez entrevista e gravação com ex-presidente.

Como não basta à mulher de César ser honesta, ela tem que parecer honesta, essa visita, forçosamente, nos leva a fazer várias perguntas:

Cortesia, a troco de quê?

Seria por dizer não a todos os pleitos de Lula?

Se a juíza agisse como o desembargador Rogério Favreto, Thompson Flores faria também essa cortesia?

“Thompson Flores não parece preocupado em disfarçar parcialidade”, atenta Tânia Mandarino, do Coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia.

“Ao contrário.Faz questão de exibi-la”, observa.

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

leonardo-pe

26 de julho de 2018 às 16h27

e cade o lulipe?não comenta NADA sobre isso. só prefere falar do Lula e do PT. um cínico midiota personificado no neymar.

Responder

José Araújo

22 de julho de 2018 às 13h28

Porque não chamaram também a delegada Mialik e o Nethanyahu?

Responder

Arestides Fronza

22 de julho de 2018 às 10h45

Todos em suas belas salas de mármore bem longe do povo…

Responder

stalingrado Lula da Silva

21 de julho de 2018 às 11h26

Quem já leu Maquiavel ou Gramsci não se espanta com nada disso.
Nos anos em que esteve no poder o PT fez muitas coisas positivas, mas se apequenou no enfrentamento ideológico.
Paulo Bernardo e Zé Cardozo, dois agentes infiltrados pela direita sabotaram exaustivamente tudo que significasse o enfrentamento. Dilma chegou a dizer que o povo tinha o poder do controle remoto. Lula abandonou Zé Dirceu e Genoino nas mãos do STF.
O que os juízes fazem é cumprir seu papel na engrenagem de controle social-ideologico.
A esquerda deveria ter investido em criar seus quadros de confiança.
#HaddadNoGovernoLulaNoPoder.

Responder

Gersier

21 de julho de 2018 às 10h40

Dá nojo só de ver a cara desses, como diz o requião, canalhas, golpistas e entreguistas. Um dia pagarão, ah se pagarão, pelo que estão fazendo com o Brasil. e pela perseguição ao Lula. Esses togados aí é o tipo de mequetrepes que não merecem o mínimo de respeito. Usam cargos que já foram honrados, para aparecerem às custas de quem tem brilho próprio, o LULA. Deveriam sumir do Brasil, já que adoram ser sabujos dos do norte. Com certeza não vão porque lá existe imprensa e não um grupelho mau caráter que posa como tal pelas bandas de cá. Lá seriam o que são, uns insignificantes.

Responder

rubens gabriel

21 de julho de 2018 às 01h01

UMA COISA É CERTA! TODOS ESSES CRETINOS SÃO TRAIDORES JUNTOS COM DELTAN DALAGNOL FERNANDO LIMA E OUTROS QUE USA A TOGA PARA DENEGRI A NOSSA CONSTITUIÇÃO! TODOS ELES DEVERIAM SER TRATADOS DA MESMA MANEIRA EM QUE JULGARO SEUS REUS. UMA VERGONHA PARA NOSSA JUSTIÇA BRASILEIRA. MAS TENHO CERTEZA QUE A HORA DESSES CRAPULAS VAI CHEGAR E SERÃO JULGADOS E CONDENADOS PELA LEI! SE EU FOSSE RELATOR? IRIA PROPOR UM JULGAMENTO PELA SOCIEDADE. COM TRES TIPOS DE CONDENAÇÃO. 1- 25 ANOS TRABALHANDO DAS 7 HORAS DA MANHA A 18 HORAS DA TARDE CORTANDO CANA 2- QUBRAR PEDRA DAS 7 HORAS DA MANHA AS 16 HORAS DA TARDE 3-FICAR PRESOS DENTRO DE CALABOUÇO SUBTERRANIO DURANTE 30 ANOS PARABENS PARA O DESEMBARGADOR ROGERIO FAVRETO POR HONRAR A TOGA E PEITAR ESSES CAPULAS.

Responder

Luiz Carlos

20 de julho de 2018 às 21h48

Tem que fazer igual ao presidente turco, colocar um milhares na cadeia e tirar todos os salários e benesses. Lá eles também eram apoiados pelos americanos.
Ele também avisou Dia que haveria golpe por aqui mas ela não acreditou.

Responder

    Luiz Carlos

    20 de julho de 2018 às 21h49

    …avisou a Dilma…

marcosomag

20 de julho de 2018 às 19h20

Esta juíza já conseguiu seus 15 minutos de fama mundial passando vergonha ao negar a visita de um Prêmio Nobel da Paz ao Presidente Lula.

Responder

Carlos Alberto

20 de julho de 2018 às 16h01

O povo passando sérios problemas e esses filhos da puta tirando sarro da nossa cara. Eles tem de pagar com juros e correção monetária, bando de fascistas de toga.

Responder

enganado

20 de julho de 2018 às 14h44

Pela foto 1.000 de cadeia é muito pouco para aquele ”’bando”’, de mais a mais, qq desmando / injustiças / parcialidades que aquele ””bando”” e/ou similares lavrarem, o pessoal=guardiões do ””””’artigo 142”””””’ da PROStituição Federal outorgada no GOLPE-2016, garante tudo, como CONSTITUCIONAL. Mas cabe ressaltar que este ”””””bando””””’ parece tão afinado, que não precisam de __baboseiras apátridas___ ditas pelo ”””chefe-meganha mor-pamonha vida$$$ bôa$$$””” ao $$$$TF, para negar o HC ao Presidentíssimo LULA. Assim que a banda toca para esta gentinha que MANDA // DESMANDA aqui o ”’circo””=__braZiU$$$A___ .

Responder

Fernando Carneiro

20 de julho de 2018 às 11h23

Uma vez canalha, sempre canalha.

Responder

Luiz

20 de julho de 2018 às 11h02

Quando a democracia retornar, muitos juízes deverão ser processados (dentro do devido processo legal), cassados e presos por conspirar contra a soberania nacional. Vale ressaltar que um dos juízes tem o sobrenome Malucelli. Não seria parente daquele empresário protegido por Moro em um dos rolos em que o juiz é envolvido? Fica aí uma boa dica para nossos repórteres investigativos.

Responder

Ronald

20 de julho de 2018 às 10h30

Eu confesso que fiquei com ânsias de vômito, quando vi as fotos acima. Parece um encontro de bandidos para discutir a melhor estratégia do crime que cometerão a seguir.
Reparem que são todos branquinhos, bem arrumadinhos, mas sem nenhum caráter.
São a “nata”(LODO) da “elite”(FACÇÃO) riquinha e criminosa do “judiciário-anão” do país.
Seus nomes infames já estão escritos na história como traidores vis da Nação, que é maior que a infâmia de todos eles juntos.
Meu total desprezo por todos eles !!!!

Responder

David

20 de julho de 2018 às 09h32

É a esculhambação total.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!