VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Serra aciona Amaury e quer lucro do Privataria


18/04/2012 - 15h38

por Luiz Carlos Azenha

O candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, ex-governador e duas vezes candidato ao Planalto, José Serra, está acionando na Justiça o autor do livro Privataria Tucana, Amaury Ribeiro Jr. e a Geração Editorial, editora do livro.

Amaury recebeu hoje a notificação. A MPTAP, de Arnaldo Malheiros e sócios, representa o candidato. É uma ação ordinária de indenização por dano moral, em que Serra pede que o cálculo do valor a ser pago, em caso de condenação, tenha relação com a vendagem do livro, considerando o preço de R$ 34,90.

“Esse componente da indenização deverá ser fixado sobre parte do valor de capa, não inferior ao percentual praticado para a remuneração do autor e não inferior à margem de lucro da própria editora, de modo que os réus não prossigam auferindo lucros que resultem de uma conduta ilícita”, diz a ação.

Serra alega ter sido acusado, no livro:

a) ter recebido propina de empresas envolvidas nas licitações realizadas nos processos de privatização de empresas públicas nacionais, valendo-se da sua condição de Ministro do Planejamento e coordenador do programa de desestatização no Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso;

b) ter criado rede de espionagem para investigar Aécio Neves, Governador do Estado de Minas Gerais — a quem teria chantageado — valendo-se, para tanto, da sua condição de Governador do Estado de São Paulo e do uso de recursos do Tesouro paulista.

Segundo Amaury, Serra nunca foi acusado diretamente no livro de receber propinas. O jornalista diz que dispõe de provas sobre a segunda acusação.

“Como não consegue contestar o conteúdo do livro, a ação indenizatória se baseia em fatos deturpados por Serra ou distorcidos pela imprensa durante a campanha eleitoral de 2010”, diz Amaury. Na ação, Serra diz que Amaury, ao depor na Polícia Federal, teria confessado a quebra de sigilo de parentes do tucano, “o que não aconteceu”, afirma o jornalista.

“A ação é fraca, uma piada, uma aberração jurídica, que com certeza me dará subsídios para escrever a Privataria Tucana II”, disse.

“Foi feita na prorrogação do segundo tempo, só depois que o Serra se declarou candidato a prefeito, para que ele se justifique se o tema vier à tona durante a campanha eleitoral”, continua.

“Eu nunca perdi uma ação na minha vida e não vou dar ao Serra o prazer de ficar com o dinheiro de meu trabalho”, conclui.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



146 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Serra quer lucro de livro ‘Privataria tucana’, de Amaury Ribeiro Jr. – Rede Brasil Atual

08 de maio de 2019 às 02h50

[…] Publicado por Luiz Carlos Azenha 18/04/2012 Este texto foi publicado originalmente no blogue VioMundo, de Luiz Carlos […]

Responder

sergio m pinto

21 de setembro de 2012 às 11h27

Comentário meio atrasado, mas que não poderia deixar de fazer: será que o Cerra esqueceu o que quer dizer “exceção da verdade”? Pode doer um pouco para os esquecidos, vide Bierrenbach.

Responder

A Privataria Tucana entre os finalistas do Prêmio Jabuti « Viomundo – O que você não vê na mídia

21 de setembro de 2012 às 10h41

[…] Serra aciona Amaury e quer lucro do Privataria […]

Responder

Furnas será a Privataria – II do Amaury | Conversa Afiada

03 de agosto de 2012 às 11h29

[…] conta do livro Privataria Tucana, Amaury e a Geração Editorial — que lançou o livro —  são processados pelo ex-governador José Serra, agora candidato à Prefeitura de São Paulo.Serra chamou o livro de “lixo”.Privataria Tucana […]

Responder

Amaury diz que já tem os documentos para o Privataria II « Ficha Corrida

01 de agosto de 2012 às 22h27

[…] conta do livro Privataria Tucana, Amaury e a Geração Editorial — que lançou o livro —  são processados pelo ex-governador José Serra, agora candidato à Prefeitura de São […]

Responder

Lista de Furnas: Amaury Ribeiro já tem documentos para o livro A Privataria Tucana 2 « novobloglimpinhoecheiroso

01 de agosto de 2012 às 19h38

[…] conta do livro A Privataria Tucana, Amaury e a Geração Editorial – que lançou o livro – são processados pelo ex-governador José Serra, agora candidato à Prefeitura de São […]

Responder

Amaury diz que já tem os documentos para o Privataria II « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de agosto de 2012 às 14h19

[…] do livro Privataria Tucana, Amaury e a Geração Editorial — que lançou o livro —  são processados pelo ex-governador José Serra, agora candidato à Prefeitura de São […]

Responder

maria do carmo

21 de abril de 2012 às 16h27

O maior pinochio de Sao Paulo Jose Serra, fala algo pela manha e a tarde ja desdiz, O candidato que toma para si os genericos ,plano real etc. etc.etc. , caluniador que realizou o maior assalto a republica , enganou 190 milhoes de brasileiros fez a filha de laranja… nao ha necessidade de estender todos sabem, tudo documentado ele esta querendo enrrolar os poucos incautos que ainda por ingenuidade e ignorancia estao em duvida. Pelo amor de DEUS vamos apagar esse pesadelo de Sao Paulo.

Responder

Marta

20 de abril de 2012 às 12h02

O Serra só pensa naquilo $$$$$$$$$$$$$$.
Esta é mais uma prova.

Responder

Protógenes diz que Dantas e Cachoeira tinham esquemas parecidos na mídia | Viomundo - O que você não vê na mídia

19 de abril de 2012 às 23h42

[…] Serra aciona Amaury e quer lucro do Privataria   […]

Responder

Fabio_Passos

19 de abril de 2012 às 21h45

Hilário.
Olha só os "documentos" em que se baseia a ação do serra:

"O primeiro, um artigo de Merval Pereira. O segundo, uma matéria da Folha, com informações falsas, dizendo que Amaury tinha confessado a quebra do sigilo de Serra. O terceiro, um outro artigo da Folha, sem assinatura, dizendo não haver provas que sustentassem o livro."

Nem parece verdade… mas é.
Só leitor de veja prá acreditar no serra.

A ação de Serra contra Amaury
Enviado por luisnassif http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-acao-d

Responder

Marcelo

19 de abril de 2012 às 16h43

É uma estrategia para a eleição . É claro que seus adversarios vão cobrar de Serra as acusações feitas pelo livro e agora ele tem resposta para isso " ja estou processando o autor ". Serra sabe que vai perder o processo , mas até ser julgado em definitivo as eleições ja acabaram . Manobra evidente , esperou o prazo certo para abrir o processo . Para enganar eleitor brasileiro não precisa nada muito sofisticado , qualquer digressão banal ja da conta do recado .

Responder

    Mário SF Alves

    20 de abril de 2012 às 21h22

    E o que é mais intrigante: o processo/ação ordinária de indenização por dano moral nem sequer entra no mérito, que é a pirataria praticada na privatização sob o regime tucano. Mas, é interessante isso aí, ele esperou o correr do prazo pra só entrar na justiça quando na certeza de que o julgamento seria após as eleições.

Ze Augusto

19 de abril de 2012 às 14h48

Alguém notou que só a blogs progressistas, além da Rede Brasil Atual e R7, noticiou?
Na versão demotucana, Serra estaria sendo injustiçado pelo livro. Logo, isso seria notícia obrigatória nos jornalões e TVs. Daí ser curioso só blogs e portais mais independentes noticiarem. (do Amigos do Presidente Lula) http://goo.gl/5YzQZ

Responder

    Mário SF Alves

    20 de abril de 2012 às 21h24

    A estratégia é fazer vista grossa o tempo todo. A premissa é simples: m#[email protected] quanto mais mexe, mais ….

JMZem

19 de abril de 2012 às 13h49

Pois é…e quando as investigações se voltarão para o ínclito senador do Paraná (Álvaro Dias); ex-governador que mandou a polícia bater em professor; que ao sair do governo do Paraná, desfez-se da casa do governador; que ao deixar o governo do estado "adquiriu" um AP de 1000m² no bairro mais nobre da capital; que tem se postado, através do PIG, como o defensor da moral e dos bons costumes, da ética etc? Até onde se sabe, não vem de família rica…era professor de história em Londrina quando iniciou sua carreira política. Sem contar o irmão Osmar Dias, que tem muitas e enormes fazendas espalhadas pelo país. Como conseguiram??? Esses dois mereciam uma boa investigação da mídia independente. Tem muito coelho escondido atrás das moitas dos caminhos por onde eles passam.

Responder

    Mário SF Alves

    20 de abril de 2012 às 21h25

    São sócios majoritários do grande negócio chamado Brasil.

José de Queiroz

19 de abril de 2012 às 11h15

Como ele quer os lucros, o livro passa a ser uma autobiografia autorizada.

Responder

Milani

19 de abril de 2012 às 10h51

Esse tal de EUNAOSABIA é uma piada, um órfão acéfalo do extinto blog do Mainardi na página da Veja. Tá no site errado, colega, vá destilar suas sandices na página do Reinaldão "Chapéu Falante" Azevedo. Esse ainda continua na ativa e vai publicar com um prazer incomensurável todo o festival de bobagens que você teima em despejar por aqui!

Responder

    Wildner Arcanjo

    19 de abril de 2012 às 11h52

    Alias, onde foi parar o Mainardi?

    Mário SF Alves

    20 de abril de 2012 às 21h29

    Pensando bem, talvez nem naquele.

renato

19 de abril de 2012 às 10h43

Serra diz que o Privataria é um lixo, ligaram de Brasília para ele, dizendo:
DELTA: Se você ganhar, dá para nóis recolher este lixo para a prefeitura, depois da CPI é claro
SERRA: Se eu ganhar, depois nóis conversa……..acho que tá grampeado este celular……….fui.
….tu…tu….tu…. SERRA….SEEEERRRRA….HAHAHAHAHH, quase caiu….

Responder

Ana Cruzzeli

19 de abril de 2012 às 10h24

Dizem os mais antenados que é jogo politico preventivo do mais-preparado para usar nas eleições municipais.
Se o Haddad chegar com o livro privataria na mão ele tasca esse processo procurando parecer inocente.

Só que o Haddad jamais usaria um livro em debate politico, quem vai usar é a militancia nas ruas. O que o Haddad já vem mostrando é uma agenda positiva para resolver os problemas cronicos do municipio que o povo da direita não resolve e muito pelo contrário vem piorando dia a dia.

Essa posição do Zezinho sinaliza que a ¨paúra ¨ toma conta do rapaz e mais agora que Lula já pode sair para os palanques e pode falar ao povão.

O Lula alem de ter o efeito teflon ainda tem o efeito coalhada . Ou seja nada gruda nele e por outro lado é um aglutinador de forças. Para o Haddad essas duas caracteristicas do Lulão serão muito importante principalmente nas ruas de Sumpaulo, formar plateia é só o que o Haddad precisa o resto ele consegui sozinho.
Já Zezinho se disser que FHC vai pro palanque sei não…

Responder

Felipe Vargas

19 de abril de 2012 às 10h19

Sabem como escolhi aquele pedaço de um documento , o primeiro que li quando abri o livro , sabem quantos documentos como aquele , e outros descrevendo valorese operações existem

Amaury pede um exame de sanidade , mesmo que seja só pra tirar onda , alega ao luiz que o livro contem provas basicamente definitivas contra ele , é público , ou seja ele tem noção , como move um processo contra as provas documentais contra ele , seus assessores e a filha , nunca vi isso , só pode tá batendo pino……..

Responder

Fátima

19 de abril de 2012 às 10h16

Isto que o Zoiudo está querendo é uma afronta a nós catadores e recicladores do querido Amaury. Ta querendo didinho, seu Zoiudo, vai trabalhar.

Responder

fred

19 de abril de 2012 às 10h13

Deputado de Goiais do PSDB confessa descaradamente a sua ligação com o Cachoeira em entrevista em vídeo. favor divulgar o vídeo para que as pessoas fiquem bem informadas .http://youtu.be/I0A-ixst__Q

Responder

Felipe Vargas

19 de abril de 2012 às 10h09

O serra tá batendo pino…..

O que vc acha de um ministro do stf que todos sabemos tucano participando da maior quadrilha da nação
João Paulo ir falar com outro ministro não parece tão grave nestas condições , comer um pouquinho de feijão com arroz…….

No caso do tucano Ricardo Sergio as operações [ registradas no CD do MTB Bank ] trazem detalhes de duas empresas ligadas ao ex diretor do BB , investigadas pelo MP , dois pontos , a Consultatum e a Franton Interprise Inc , uma off shore que movimenta contas milionárias nos EUA . Privataria Tucana , Amary JR , progressista , patriota , brasileiro

E aí espertão ainda tá preocupado com o João Paulo………

Responder

paulo

19 de abril de 2012 às 09h26

o serra tem razão em querer parte do lucro…afinal ele que fez a história, o amauri só passou para o papel…..kkk

Responder

Rodrigo

19 de abril de 2012 às 09h15

Por falar em privatizar, um assunto que é corda em casa de enforaco aqui: http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-notic

Responder

RicardãoCarioca

19 de abril de 2012 às 09h10

Esse processo ridículo. É só para ser usado por ele e pelo PiG na campanha eleitoral que se aproxima. Ele poderá dizer que está 'processando o autor do livro' toda vez que alguém falar do A Privataria Tucana. É mais vacina do que um processo de verdade.
Mas o Amaury poderá aproveitar a oportunidade e pedir mais uma excessão da verdade.
Esse processo, de tão mal feito, está com mais cara de pedido de direitos autorais e/ou royalties.
Esse Cerra é ridículo
Ainda bem que o povo do estado do RJ soube o que fazer com o nosso Cerra, Antony Little Boy: foi restringindo ao seu curral eleitoral e não volta mais para governador nem se for a única opção.

Responder

Serra quer privatizar o livro Privataria Tucana « Ficha Corrida

19 de abril de 2012 às 08h51

[…] Serra aciona Amaury e quer lucro do Privataria | Viomundo – O que você não vê na mídia Rate this: Sirva-se:Gostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. Deixe um comentário […]

Responder

Wildner Arcanjo

19 de abril de 2012 às 07h27

E desse jeito vai virar trilogia. Vem aí o Privataria Tucana II / III / IV / V / VI … (e tome privataria na veia!)

Responder

Augusto Pinheiro

19 de abril de 2012 às 04h47

Apesar deaparentemente ser uma defesa simples, é bom que coloquemos as barbas de molho, tendo em vista a capacidade de manipulação possível dos órgãos do judiciário paulista pelos interesses conservadores,, melhor dizendo tucanos.

Responder

wilson Nascimento

19 de abril de 2012 às 01h49

O Amaury, que não é trouxa nem nada, solicitara ao juiz do caso a " exceção da verdade" e,com certeza,vai meter outro fumo Padim Pade Cerra, ou seja " A Privataria Tucana II" Que beleza…….

Responder

    Renato

    19 de abril de 2012 às 11h12

    Execeção da verdade pode ser exercida apenas por funcionário publico, coisa que o Amaury não é.
    Informe-se, Leia o Código Penal.

    Wildner Arcanjo

    19 de abril de 2012 às 12h03

    Amigo, acho que você está equivocado:
    http://www.lfg.com.br/public_html/article.php?sto

    Como o serra parece pedir reparos por danos morais cabe sim solicitação de excessão da verdade.

    Rafael

    19 de abril de 2012 às 13h16

    No caso de calúnia cabe a qualquer um, não necessariamente funcionário público. Acho que quem não andou estudando foi você, Renato.

    E Benites

    19 de abril de 2012 às 13h24

    O Serra terá o seu direito garantido se for co-autor do livro e de fato é como personagem, e nesse caso para receber a sua parte estará concordando com tudo aquilo que sobre ele foi escrito. Parabéns Serra, você é a inteligência em pessoa…

Eudes H. Travassos

19 de abril de 2012 às 01h39

agora se o Serra vencer a culpa é do PT

Responder

Eudes H. Travassos

19 de abril de 2012 às 01h38

E ase o Serra perder mais essa?

Responder

Geralda

19 de abril de 2012 às 01h16

Lixo são vocês que governam sem escrúpulo nenhum do dinheiro público,aguardem as eleições,

Responder

    RicardãoCarioca

    19 de abril de 2012 às 08h39

    Está falando do Kassab e do Alckmin? Então eu concrodaria.

Jonas Resende

19 de abril de 2012 às 01h04

Olha só que coisa, o Privateiro não acha suficiente os bilhões de dólares que rolaram pela Privataria Tucana. É um cara de pau assumido mesmo. Pois vai levar mais uma bolinha na cabeça, mas essa tem um grande impacto ( diferentemente da bolinha de papel, cujo impacto é nenhum): a Privataria Tucana 2. Pra cima dele, Amaury!

Responder

ZePovinho

19 de abril de 2012 às 00h46

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2

Heráclito Fortes ganha cargo no governo Perillo. Indicação de Cachoeira?

Agora é a vez do goiano Marconi Perillo (PSDB) dar uma boquinha para o ex-senador Heráclito Fortes (DEM-PI), no Conselho de Administração da Saneago (estatal de saneamento de Goiás). O ex-senador mora em seu estado, mas recebe R$ 12,5 mil por mês. Leia tudo aqui na Rede Brasil Atual.
http://www.redebrasilatual.com.br/blog/helena/as-

Publicado em 17/04/2012
As férias sabáticas de um ex-senador em Goiás
Tags: cpi, cachoeira, psdb, perillo, jn, dem

Por: Helena Sthephanowitz, especial para a Rede Brasil Atual

Prefeituras e governos dos estados governados pela oposição viraram cabide de emprego para políticos derrotados nas urnas. Primeiro foram Roberto Freire e Raul Jungmann, do PPS de Pernambuco. Ambos ganharam uma boquinha na paulistana Sabesp, sem nunca terem morado e muito menos conhecerem a cidade. E ainda por cima receberem jetons dos cofres públicos para não trabalhar na capital paulista.

Agora é a vez do goiano Marconi Perillo (PSDB) dar uma boquinha para o ex-senador Heráclito Fortes (DEM-PI), no Conselho de Administração da Saneago (estatal de saneamento de Goiás). O ex-senador mora em seu estado, mas recebe R$ 12,5 mil por mês.

Apesar disso, parece que Fortes não está contente com o salário ou com o cargo que ocupa. Recentemente ele afirmou opaafirmou estar em Goiás em "férias sabáticas". A pergunta que fica é; Depois do vimos no JN desta segunda, seria de se supor que essa mais uma indicação de Carlinhos Cachoeira para o governo tucano de Marconi Perillo?…………………………

Dias alivia…

Pegaram mal as declarações amenas do líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias, no Jornal Nacional da TV Globo, justamente no dia em que o mesmo telejornal divulgou uma gravação do dono da empreiteira Delta Construções insinuando que era possível comprar um senador por R$ 6 milhões (a gravação não é oficial e nem cita nomes).

Pois justamente neste dia, o senador tucano, abandonou sua artilharia pesada contra o governo federal, e apareceu no telejornal amenizando críticas a corruptores. "Os contratos ilegais, ilícitos, desonestos, devem ser identificados. É possível que existam contratos honestos, legais, como existem os desonestos. É preciso distinguir bem, separar, e tomar as providências", disse.
[youtube PrpB7EAGrNI http://www.youtube.com/watch?v=PrpB7EAGrNI youtube]

Responder

    Gilson Rocha

    19 de abril de 2012 às 01h27

    Mas cabide de emprego existem em
    praticamente todas as legendas.
    Ou estou errado?
    Isso acontece porque ninguém fiscaliza
    coisa nenhuma.
    Esta liberdade que os políticos tem em nomear
    quem querem, a hora que querem precisa ter fim.

    ZePovinho

    19 de abril de 2012 às 08h08

    Cabide de emprego,pesado,existe na iniciativa privada.Já reparou como existem parentes dos donos nos melhores cargos??Já reparou,na Globo.a quantidade de parentes,amantes,etc de diretores atuando por lá?Já reparou na quantidade de sionistas da comunidade judia que trabalham na Globo?A proporção de sionistas na população brasileira é tão grande assim??

    abolicionista

    19 de abril de 2012 às 11h28

    É, acho que ele não reparou… rs

    Wildner Arcanjo

    19 de abril de 2012 às 12h06

    É acho que ELENAOSABIA.

    Gilson Rocha

    19 de abril de 2012 às 19h41

    Então agora quer controlar as organizações
    privadas?
    Provavelmente é somente na Globo que isso
    acontece?
    Assim como acontece apenas na oposição.
    Quer dizer, a iniciativa privada precisa ser controlada.
    Onde já serviu dar emprego para parentes.
    Agora no serviço público tudo bem, é para isso que eu
    pago impostos.

    Aline C Pavia

    19 de abril de 2012 às 09h01

    A Soninha Francine que o diga.

    Wildner Arcanjo

    19 de abril de 2012 às 12h05

    E aí EUNAOSABIA, não sabia disso também?

FrancoAtirador

19 de abril de 2012 às 00h36

.
.
Dizem que o Serra está sempre do lado errado.

Mas é o erro que está sempre do lado do Serra…
.

Responder

Thiago M Silva

19 de abril de 2012 às 00h34

O que vc acha disso, Azenha? Próximo passo da política higienista de Kassab para a região da Luz:
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,apos-t

Após tumulto, Câmara de SP aprova terreno de R$ 20 milhões para o Instituto Lula

Durante quase três horas, manifestantes pressionaram os parlamentares a rejeitarem a concessão da área

Diego Zanchetta e Isadora Peron – O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – Em sessão tumultuada, com troca de farpas entre vereadores e manifestantes, a Câmara Municipal aprovou em primeira votação o projeto que autoriza a concessão de um terreno da Prefeitura no centro de São Paulo, avaliado em R$ 20 milhões, para o Instituto Lula. Por 37 votos favoráveis, dez contrários e uma abstenção, os vereadores aprovaram a proposta criada pelo prefeito Gilberto Kassab (PSD) em fevereiro. Durante quase três horas, cerca de dez manifestantes presentes nas galerias do Legislativo pressionaram os parlamentares a rejeitarem a concessão da área, localizada ao lado da Estação da Luz.

Votação definitiva deve acontecer em 15 dias

A segunda e definitiva votação deve acontecer em 15 dias, segundo lideranças da base kassabista. O terreno de 4,4 mil metros quadrados vai abrigar o Memorial da Democracia, uma espécie de museu em homenagem ao ex-presidente. A proposta de Kassab, apresentada em fevereiro, fazia parte do plano de aproximação do prefeito com o PT, em uma estratégia que visava pressionar o ex-governador José Serra (PSDB) a sair candidato a prefeito. E a cartada deu certo. Após o flerte de Kassab com os petistas, Serra anunciou sua intenção em disputar as eleições municipais no início de março.

Ontem, após duas semanas de obstrução ao projeto de concessão ao terreno feito pelas bancadas do PSDB e do PR, a base do prefeito, mesmo constrangida, atropelou a oposição para homenagear o ex-presidente. Mas o clima esquentou no Legislativo assim que começou a sessão extraordinária para a votação do projeto, por volta das 15h30.

Para tentar acalmar manifestantes que tumultuavam a sessão, o presidente da Casa, José Police Neto (PSD), e o líder de governo, Roberto Trípoli (PV), subiram até onde eles estavam. A tentativa foi em vão e terminou em mais confusão. Parte dos manifestantes acusou Trípoli de tentar agredi-los – o vereador negou a acusação.

Responder

mim

19 de abril de 2012 às 00h15

Dá-lhe çerra, colaborando com o congestionamento, à toa, sem razão, da Justiça. Por outro lado, valeu por fazer propaganda do livro.

Busca alckmin + assassino =
https://encrypted.google.com/search?q=alckmin+ass

Responder

Rose

18 de abril de 2012 às 23h21

O Serra não se contenta com o que já levou na Privataria, ele quer mais, deve ser para gastar na ELEIÇÃO para prefeito de São Paulo.Pois ele não tem mais as contas dos funcionários públicos para vender para o Itaú.

Responder

José DF

18 de abril de 2012 às 23h14

Seguindo a lógica e em respeito a coerência, os tucanos deveriam tratar com a mesma indignação a origem das gravações que levaram à eclosão do chamado "escândalo" do mensalão. Se as acusações imputadas ao Serra (e família limitada), não por um bicheiro, mas por jornalista premiado no pelo exercício da atividade profissional não tem valor, como conferir credibilidade as provas produzidas por organização criminosa que mantem vínculos estreitos com setores da imprensa?

Responder

Silvio I

18 de abril de 2012 às 23h11

Quando sai a Privataria Tucana II?

Responder

Sagarana

18 de abril de 2012 às 23h06

Noosssaaaa, alem de censurar tambem pretendem impedir o acesso aa justica? Sao uns democratas.

Responder

Messias Macedo

18 de abril de 2012 às 23h05

LÁ VEM O DEDO DO DOIDO(!) DO MATUTO!

… O "pobre" do (S)erra já está recorrendo a cachoeiras – perdão, ato falho -, a fontes de arrecadação, objetivando o financiamento da campanha para a presidência dos Estados Unidos do Brasil, em outubro de 2014!… Resta saber se o eterno candidato, presidente eleito pelo PIG, irá declarar o butim à Justiça eleitoral!…

"Pode 'to be'?!"

EM TEMPO: em terra de escorpiões e em rio/lagoa de piranhas, os sapos devem usar óculos e – binóculos! Ou seja, toda atenção é pouca: [MAIS] uma tentativa de golpe está no prelo – e nos subterrâneos dos eternos grupos da OPOSIÇÃO AO BRASIL, o cheiro dos cavalos ao do povo!

República de 'Nois' Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Maria Paula

18 de abril de 2012 às 22h38

Coitadinho do santinho do… Imagina se sabe das doações que fizemos para a redução do livro. vai querer processar todos nós

Responder

Gerson Carneiro

18 de abril de 2012 às 22h27

O camarada Morvan (que nunca mais deu o ar dar graça por aqui e causa saudade) respondeu ao meu comentário no Conversa Afiada:

"Boa noite.

Camarada Gerson Carneiro, no caso cito não é biografia: é Folha Corrida!

:-)

Morvan, Usuário Linux #433640."

Responder

EUNAOSABIA

18 de abril de 2012 às 22h16

Vocês já se acostumaram com a idéia que vão perder a eleição em São Paulo para José Serra de lavada ou ainda não?… claro que já.

Responder

    RicardãoCarioca

    19 de abril de 2012 às 08h46

    Se Serra ganhar, quem perderá será a cidade de SP.

    EUNAOSABIA

    19 de abril de 2012 às 10h31

    Não gosta de democracia das urnas estás no país errado, quem sabe Cuba – que covenhamos, é o paraíso na terra – seria seu ideal de país.

    Aline C Pavia

    19 de abril de 2012 às 10h53

    Democráticas foram as prévias, não é mesmo?

    Gilson Rocha

    22 de abril de 2012 às 21h24

    Assim como democráticas foram
    as prévias no PT?
    Perguntem para a Marta…

    Julio Silveira

    19 de abril de 2012 às 09h18

    Robo, como todo sadomazoquista, voce gosta de sofrer e fazer os outros sofrerem.
    Será que não percebe que o azar é de voces? Infelizmente para o Brasil também, que terá poderá ter que conviver com esse tipo de politico que só denigre nossa imagem.
    Há se confirmar teu vaticinio fazer o que, a não ser ter certeza que paulista tem cruza com hiena.

    sonia santana

    19 de abril de 2012 às 10h33

    Hahahahahahahahahahahahahahahahahzhahhhhhahahahha…. isto é o que veremos…seu candidato não tem limites eticos e isto vai aniquina lo para todo o sempre….tanta gente boa morrendo e nós convivendo com tanto lixo humano. Ele está se escondendo como o diabo foge da cruz…. isto se chama MEDO.. MUITO MEDO.

Henrique Neves

18 de abril de 2012 às 21h58

Eu tenho mesmo é dó de quem acredita num livro desses!!!!

Responder

    Paulo Roberto

    19 de abril de 2012 às 13h54

    Vc só deve acreditar na Veja, né?

    Roger

    19 de abril de 2012 às 22h36

    E no Tio Rey!

    Sérgio Ruiz

    19 de abril de 2012 às 20h55

    Por um acaso henrique voce leu o livro? Se não leu seu argumento é tão vazio quanto sua cabeça.
    Eu tenho dó de você que só se "informa com veja, globo, band, folha, estadão… … ou melhor você nem deve se informar nem pelo pig, é um alienista de carteirinha.
    Agora se você leu o livro você não passa de mais um babaca que defende as podridôes dos demotucanos, isso sim é pior que ser alienado pelo pig.
    Vá se informar, procure alternativas de informações, deixe se ser mais um brasileiro que torce para que o país pare de crescer e se entregue ao regime de entreguismo, como quer os bandidos da veja e demotucanos. LEIA MAIS.

Joao Barbosa

18 de abril de 2012 às 21h46

Fiquei com uma grande dúvida…

José Serra, entrou com a ação na justiça da República Federativa do Brasil ou na justiça dos Estados Unidos do Brasil ?

O Serra já era…não ganha nem para síndico de prédio!

Temos que abrir o olho é com esse daqui: http://migre.me/8IfO1 e http://migre.me/8IfEu

Responder

José DF

18 de abril de 2012 às 21h28

Imaginem se o Lula resolvesse processar todos seus detratores. O blogueiro da revista sócia do bicheiro e aquele outro rapaz que fugiu para a Itália estariam vivendo de caridade. Quiçá beneficiários do bolsa família.
A veja é muito generosa com o PT, ao designar o mensalão como maior escândalo de corrupção de que temos notícia. Considero, porém, que é preciso reparar uma grande injustiça. O nefasto "galardão" pertence ao PSDB com suas privatizações. O golpe da reeleição (obtida via mensalão indiscutível) do princípe figura em boa posição nesta classificação. A mesma turma que propõe o linchamento dos réus no mensalão, até mesmo partindo para coação ao exercer pressão injustificável sobre o STF, é capaz de abafar denúncias gravíssimas apresentadas com fundamento em documentos autênticos.
Se o serra fosse presidente da república, o Amaury Ribeiro Jr aprenderia "boas maneiras" em Guantanamo.

Responder

    Rose

    18 de abril de 2012 às 23h12

    José, falaste tudo, pois o Serra não passa de um ditador disfarçado de democrático, para não dizer outras coisas.

    Rodrigo Leme

    18 de abril de 2012 às 23h33

    Ele processou a Bandeirantes por causa de um jornalista, lembra? É aquele famoso jornalista que é governista de ocasião, e hoje vive de panfletar pro PT.

    Pro-memória:

    [youtube BZvs5a5aQjg http://www.youtube.com/watch?v=BZvs5a5aQjg youtube]

    José DF

    19 de abril de 2012 às 14h02

    Tecnicamente, a ação não resultou em condenação pecuniária a TV ou ao jornalista (se o sujeito virou a casaca e hoje estampa em seu blog propaganda oficial ou era pau mandado do patrão, não interessa). A Justiça Eleitoral reconheceu o direito de resposta ao então candidato, providência que não guarda semelhança com a pretensão do tucano contra o autor da privataria. Não obstante o empenho do jornalismo autoproclamado "isento e imparcial" para abafar o escândalo, Serra reacende o debate sobre as denúncias da bandalheira privatizante, em pleno ano eleitoral. Brilhante!

    Rodrigo

    19 de abril de 2012 às 17h27

    "(se o sujeito virou a casaca e hoje estampa em seu blog propaganda oficial ou era pau mandado do patrão, não interessa)"

    Não interessa naquelas, né? No mínimo coloca em zeque o status de "jornalista sério" que dão para a pessoa. Dizem que é governista desde o tempo do Figueiredo…

    Gilson Rocha

    19 de abril de 2012 às 19h52

    Eu ouvi o seguinte de um petista:
    "Mas o que interessa isso, hoje ele está
    do nosso lado e é isso que importa".
    E é isso aí, fazer o que…

Armando do Prado

18 de abril de 2012 às 21h28

Esse senhor Cerra é um cara de pau. Dá-lhe justiça, ainda que tardia.

Responder

Lenin

18 de abril de 2012 às 21h17

Ele levou tanto tempo p'ra isso?!Manda pentear macaco,Amaury

Responder

Luiz M. de Barros

18 de abril de 2012 às 20h20

“Deixa de ser enganador que bolinha de papel não fere nem causa dor”. É gostoso escutar.
http://www.youtube.com/watch?v=0v2GcMe98YE

Quando acessei havia 17754 acessos depois eu volto lá para ver. O livro de papel foi isso sim um bólido na cabeça dele.

Responder

Serra aciona Amaury e quer lucro do Privataria | #rnblogprog

18 de abril de 2012 às 18h45

[…] No Vi o Mundo […]

Responder

Maria Thereza

18 de abril de 2012 às 18h39

Já ouvi falar de uma lei, em algum lugar, que a pessoa não pode ter lucro oriundo de seus crimes. É muita cara de pau desse senhor. Espero que o Amaury tenha um bom advogado, para responder à altura.

Responder

Roberval

18 de abril de 2012 às 18h37

E a CPI da Privataria? Quando vai ser criada?
E quanto aos indícios de corrupção apontados no livro? Precisam ser investigados pela Polícia Federal e Ministério Público e levados a Justiça. Fico feliz que o Serra recoloque o tema para discussão na imprensa. Já havia algum tempo que não se discutia isso. Em breve veremos Serra (PSDB) e DEMo(stenes) dividindo a mesma cela na cadeia. E o pacto DEMoniaco-PSDB continuará atras das grades.

Responder

    Gilson Rocha

    22 de abril de 2012 às 21h28

    Se eu não me engano, o governo
    tem a maioria no congresso.
    Então a CPI depende de quem?

assessoriadecomunicacao6

18 de abril de 2012 às 18h27

Não tem ninguém assessorando o Serra? Agora que ninguém mais falava nesse assunto ele aparece com uma dessas? Não era ele o político mais preparado?

Responder

Pedro

18 de abril de 2012 às 18h17

O Serra estão querendo ainda mais dinheiro?

Responder

    Paulo Preto

    18 de abril de 2012 às 18h35

    hehehehe…Entrei aqui pra comentar exatamente isso. Então ele quer lucrar ainda mais? Piada pronta!!!

Gilson Rocha

18 de abril de 2012 às 18h12

E uma informação que todos já devem ter lido.
O deputado João Paulo Cunha (PT-SP), foi bater
na porta do STF.
Para quem já esqueceu, o deputado é réu no processo
do mensalão.
Pediu audiência a cinco ministros, mas foi recebido até
agora em seu gabinete somente pelo ministro Dias Toffoli.
O motivo pelo qual foi procurado, disse o ministro, não tinha
nada a ver com o mensalão, claro.
O deputado só foi entregar entregar o relatório final da comissão
de juristas que estuda mudanças no Código Penal, segundo o ministro.
Mas o problema é que o deputado João Paulo Cunha não relata a comissão
e muito menos recebeu a missão de representa-la no STF.
O que é confirmado pelo deputado Alessandro Molon (PT-RJ), que é o responsável
pela referida comissão.
O deputado Alessandro Molon afirmou não ter agendado nenhuma reunião para
entrega de qualquer relatório.
Sempre lembrando, que Dias Toffoli foi nomeado ministro por Lula.
Agora, na minha opinião o deputado João Paulo Cunha está no seu papel, mesmo
que não seja muito digno, em querer algum beneficio no julgamento que se aproxima.
O problema é, como um ministro da mais alta corte do país recebe um réu em um processo
que está em poder desta instituição?
E que pode ser julgado daqui a poucos meses?
Mas isso não é tudo, alguns outros ministros só não receberam o deputado porque não tinham
espaço na agenda.
Realmente querem que eu acredite em isenção e justiça do STF?

Responder

    VLO

    18 de abril de 2012 às 20h15

    Você devia ler o post do blog Tijolaço. Quem sabe você aprende um pouco. Mas não sei não, sua inteligência não parece ser das mais notáveis. Cito abaixo, um trecho do post do citado blog:

    "Cunha pediu uma audiência ao STF. E daí?
    Cunha é deputado, integra a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, como tal tem a tratar assuntos que interessam ao Poder Judiciário e, ainda que assim não fosse, é um cidadão em pleno uso e gozo de seus direitos.
    Pediu audiência – que se concede ou não – pelos trâmites formais, não por cochichos e subterrâneos.
    Não teve um encontro furtivo nem o sugeriu."

    E vê se para de ser um troll.

    Gilson Rocha

    18 de abril de 2012 às 20h51

    Entendi, quem sabe futuramente terão esta
    mesma opinião no caso do Demóstenes.
    Eu posso assegurar que a minha opinião
    será a mesma.
    Isto não é ético e muito menos moral.
    Não acontece nem com juiz comum, muito menos
    deveria acontecer com ministros da mais alta corte
    do país.
    Agora, podem me dar exemplos como esse em outros
    países quem sabe…

    Gilson Rocha

    18 de abril de 2012 às 21h00

    E só para lembrar:
    O deputado Alessandro Molon (PT-RJ) que é
    o responsável pela comissão, Não pediu Nenhuma
    audiência para Qualquer Representante da comissão
    a Nenhum ministro.
    Como foi relatado pelo Ministro Toffoli.

    Rogério Leonardo

    18 de abril de 2012 às 20h31

    Desde que o encontro seja público, e deve ser, senão você não estaria sabendo, não há nada de errado em um Ministro ou Juiz receber uma das partes do processo que vai julgar.

    Viriato Correia

    18 de abril de 2012 às 22h45

    1. O Jornal “O Globo” noticiou na edição de hoje, 18 de abril, uma visita que fiz ao Ministro Dias Toffoli, do STF, como se fosse um ato doloso ou ilegal. Sem ouvir respeitosamente o outro lado, como determina a regra do bom jornalismo, o jornal apresenta de maneira espalhafatosa, leviana, mentirosa e irresponsável o que na verdade foi apenas um rápido encontro que teve tão somente um caráter formal e protocolar.

    2. Para que o jornal possa informar corretamente aos seus leitores, registro que a razão deste encontro deve-se ao fato de que fui entregar ao ministro o Relatório oficial dos trabalhos e projetos debatidos e votados pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania em 2011, quando tive a honra de presidir essa comissão, ajudando a aprovar importantes projetos.

    3. Registro também que, quando na presidência, ajudei na criação de três comissões importantes para o Brasil: a reforma do código de processo civil; a comissão de compatibilização de crimes e penas; e a que trata da reforma da Lei de Licitações (8.666), todos, temas diretamente ligados ao meio jurídico.

    4. Repito: Um encontro solicitando oficialmente, apenas e tão somente, prestar contas de ações legislativas, que é uma obrigação salutar da boa prática política, foi assim desvirtuado pelo jornal de modo a parecer algo errado.

    5. Somente mentes ingênuas ou má intencionadas poderiam aventar a hipótese de que eu iria tratar pessoalmente com os ministros do STF sobre o caso do mensalão. Para tanto, tenho o devido processo legal para manifestar a minha defesa. Como o próprio ministro confirmou, não conversamos sobre este processo, pois sei muito bem respeitar a liturgia dos cargos e a conveniência jurídica e política da ocasião. A versão jornalística, apresentada de forma sorrateira, de que eu fui tratar do caso do mensalão, configura um desrespeito aos ministros do STF e a meu mandato.

    6. Que direito tem “O Globo” de desvirtuar os fatos e apresentá-los segundo suas conveniências e interesses? Cumprindo com o meu dever de prestar contas dos trabalhos realizados em minha ação parlamentar, como tenho feito ao longo de mais de trinta anos de uma trajetória política transparente e honesta, estou entregando, desde o dia 18 de março, quando fiz o lançamento no Salão Verde da Câmara dos Deputados, a cópia do referido relatório não apenas aos ministros do STF, como também do STJ, do executivo (AGU, MJ) e outros órgãos públicos, o que prova que não há outros interesses por trás de um simples gesto de prestação de contas de um trabalho legislativo.

    7. Encerro solicitando ao “O Globo” que deixe o STF julgar sem precisar sentir o frio da lâmina saltando da bainha de sua redação em direção a carótida dos ministros.

    João Paulo Cunha
    Deputado Federal (PT-SP)

    Gilson Rocha

    19 de abril de 2012 às 00h59

    Claro, quem sabe eles levem só mais
    06 anos até decidirem julgar o processo.
    Mentes ingênuas e má intencionadas talvez
    não existissem se o deputado não fosse réu.
    E se o jornal mentiu ao não ouvi-o ou procura-lo,
    tenho certeza que outros meios de comunicação
    poderiam fazer este registro, ou não?
    Aliás, o jornal tem uma declaração sua logo após:
    "Para esse assunto (o julgamento do mensalão), o GLOBO não me ouve. Sobre esse assunto eu não vou falar. Não tenho razão. Posso falar de outra coisa" — disse o deputado, após ser insistentemente questionado sobre o motivo da visita ao gabinete de Toffoli.
    É mentira também?
    Bem eu espero que o deputado procure um advogado
    e entre com um processo urgentemente.
    Já que na minha visão isto é calúnia
    Interessante é que o responsável pela comissão,
    deputado Alessandro Molon (PT-RJ), não sabia de
    nada disso.
    Alguém aí está enganado, só resta saber quem é.

    Emerson Sousa

    19 de abril de 2012 às 09h48

    Gilson Rocha,

    Fala sério! Tu axas mesmo que esse suposto mensalão existe? Verba para comprar voto de deputado do PT?! Pelo próprio?!! Ainda mais da própria Articulação?!!! Ah, cara, me faça um favor! E quanto a essa história de "maior escândalo da história", tenha dó! Maior foi a privataria!

    Aline C Pavia

    19 de abril de 2012 às 10h55

    Don't feed trolls

    Gilson Rocha

    22 de abril de 2012 às 21h17

    Tudo que eu sei é que o STF
    vai julgar isto.
    E se está no STF é porque existem
    réus.
    Ou estou errado?

    fred

    19 de abril de 2012 às 10h10

    Veja o deputado do PSDB de Goias confessando a suas ligções com o Cahoeira. É melhor você se informar antes de julga .http://youtu.be/I0A-ixst__Q

Attila

18 de abril de 2012 às 18h09

Gente, e simples. A ação e inócua, mas serve como pretexto para que ele diga, na campanha, que foi caluniado, processou o Amaury e que este foi indiciado o por calunia. Golpe velho.

Responder

Rina Laboiossiere

18 de abril de 2012 às 18h00

Será que sou eu que estou aloprando? Sou idosa mas não caduca. Cerra querendo lucro se o lucro foi nosso? Nosso, ao ver comprovada a Privataria. Dinheiro é simbolico e voce, pirata, não põe a maõ

Responder

Gerson Carneiro

18 de abril de 2012 às 17h53

José Serra está querendo direitos autorais pela biografia não autorizada.

Responder

    Ariosvaldo

    18 de abril de 2012 às 18h39

    hahahahaha!!, muito boa!

    aurica_sp

    18 de abril de 2012 às 21h12

    Bingo…rsrs…..

doctormario

18 de abril de 2012 às 17h45

Vai pra cima, Amaury ! O zumbi da Móoca está esperando a estaca final no peito: Privataria Tucana II. Esse Padim está cada vez mais patético….

Responder

creuza Maciel

18 de abril de 2012 às 17h38

Ele vai levar só o TROCO….

Responder

EUNAOSABIA

18 de abril de 2012 às 17h29

1. Violação de sigilo fiscal;
2. Corrupção ativa;
3. Uso de documentos falsos;
4. Dar ou oferecer dinheiro ou vantagem à testemunha.

Um forte abraço a todos.

Responder

    Gilson Rocha

    18 de abril de 2012 às 17h43

    Nada melhor do que a justiça escarafunchar
    o livro e sabermos o que é verdade e o que não é.
    Resta saber quem tem medo…

    Rogério Leonardo

    18 de abril de 2012 às 20h33

    Caraca, dois trolls trocando figurinhas, mais um e vira gangue.

    Gilson Rocha

    18 de abril de 2012 às 20h54

    Muito inteligente e altamente esclarecedor
    seu comentário.
    Mas quando não se tem argumentos é
    isso que temos.
    Uma coisa posso dar certeza por aqui
    Nunca irei ofender ninguém por não ter argumentos,
    prefiro deixar meus dedos em silêncio…

    Mário SF Alves

    19 de abril de 2012 às 11h57

    E…, olha, só, quem fala em falta de argumentos. Com todo o respeito, Gilson, mas como é que um legítimo representante do estado de excessão que ainda é o Brasil de Pedro A. Cabral, poderia falar em argumento. Sim, porque os "argumentos" da direita sempre foram a repressão; a manipulação das consciências, via imprensa corporativa (leia-se, livre de compromissos com a democracia); o poder do dinheiro; e, mais recentemente (leia-se, da Nova República até o primeiro Governo Lula) o Brasil, cópia do Chile de Pinochet, transformado em laboratório de ideologia neo-liberal.

    Gilson Rocha

    22 de abril de 2012 às 21h15

    Bem, por tudo que acabou de dizer,
    qual a sua explicação para Lula ter
    sido eleito presidente?
    Já que somos manipulados e blábláblá.
    Isso não é argumento, posso dizer a mesma
    coisa no caso dos petistas que acreditam piamente
    que no Brasil, ainda existe partido de esquerda.
    Não posso dizer que são manipulados?
    Eu acho que não.

    Lenin

    18 de abril de 2012 às 21h16

    Vira nada!O máximo q chegam é dupla dinâmica de parque vazio.

    EUNAOSABIA

    18 de abril de 2012 às 22h08

    Gangue só se for a gangue dos 40 da SOC, que se Deus quiser vai toda pra cadeia.

    Um forte abraço.

    CarmenLya

    19 de abril de 2012 às 00h32

    A pena do Cacciola foi extinta, rsrsrs. Levou um bilhão e meio, fugiu, mas a juiza não viu nenhum problema. Vergonha de Mônaco… Um só amigo levou mais do que todo o mensalão somado.
    Mas o EUNÃOSABIA continua não sabendo dos malfeitos dos reaças. Deveria ler "Ensaio sobre a cegueira" do Saramago.

    abolicionista

    18 de abril de 2012 às 20h49

    KKK! Voltou das férias? Sentimos sua falta, Demóstenes!

    Carlos

    19 de abril de 2012 às 09h23

    Eu não sabia que o EUNÃOSABIA sabia tudo que o Serra fez, como documentado no livro a Privataria Tucana.
    Das cerca de 300 páginas do livro, pouco mais de 100 são de documentos públicos e oficiais, que comprovam as assertivas do livro.
    Eu não sabia que o EUNÃOSABIA apoia corruptos.

    Wildner Arcanjo

    19 de abril de 2012 às 11h57

    É EUNAOSABIA… sabe nada mesmo.

Janah

18 de abril de 2012 às 17h08

Já disse há tempos que ele está gagá!

Responder

Gerson Carneiro

18 de abril de 2012 às 17h04

Ainda que negue (como sempre ele nega) temos a certeza que o Serra se rendeu e leu o "lixo".

Observem que ele disse que não leria o "lixo".

[youtube qm3RqBBwtuc http://www.youtube.com/watch?v=qm3RqBBwtuc youtube]

Responder

thomaz

18 de abril de 2012 às 17h04

É descabida a menção a lucro, levada ao título de matéria. Lucro é o resultado positivo na conta receita menos despesa. Se negativo, o resultado dessa mesma conta se chama prejuízo.Serra quer indenização calculada pela receita na venda do livro.

Responder

    Aline C Pavia

    18 de abril de 2012 às 18h41

    Chora #mimimi
    Mati a fumiguinha!! Que dó que dó que dóóóóóóóóó

    renato

    18 de abril de 2012 às 21h34

    Tem que ganhar, afinal é o ator principal, e já cogita-se em contrata-lo para" Privataria 2 – Onde está o sabonete?"
    A história passa-se nos cubículos de um presídio, prestes a ser demolido, o tempo corre, mas nosso herói, não desiste nunca,joga-se na unica porta de saída, quando o pedaço de sabonete cai no chão, o silencio é grande e das sombras uma figura começa a surgir, então…………….comprem o Privataria 2 para ler o final.

Alberto

18 de abril de 2012 às 16h56

Braincadeira mais sem graça. Falta discernimento e desconfiômetro ao Sr. Serra

Responder

    Aline C Pavia

    18 de abril de 2012 às 18h42

    E agora que vc descobriu? Desde 68 quando fugiu pro Chile, ele largou o discernimento e o desconfiômetro em algum lugar entre a sede da UNE e a sede do DOPS.

Geraldo Magela

18 de abril de 2012 às 16h54

Bonito mesmo fez o Lula, que foi acusado por Roberto Mangabeira de Unger, em artigo publicado na Folha de São Paulo, de 15 de novembro de 2005, de fazer o governo mais corrupto da história desse país, merecedor inclusive de um impeachment e acabou agraciado por Lula com um ministério especialmente criado para o acusador, o Sealopra, Secretaria Especial de Assuntos de Longo Prazo. Esse artigo se encontra disponível na Internet para quem quiser ler.

Responder

    renato

    18 de abril de 2012 às 18h15

    Lula provou que o corrupto não era ele.
    Simples assim.
    O cara aceitou o cargo, e convenhamos o cara é um excelente aglutinador de idéias.
    Conhece muito de defesa militar.
    Encontra-se disponível na internet. È uma aula.

    Gilson Rocha

    18 de abril de 2012 às 18h18

    Geraldo, tudo no PT é sempre por
    uma boa causa.
    Os meios sempre justificam os fins.
    Afinal, todo mundo faz não é?

Jairo_Beraldo

18 de abril de 2012 às 16h49

Como ontem o PHA profetizou, Zé Çerra não tem o que falar pra paulistada nesta eleição. Então deve estar criando um fato para debater nos palanques do PIG.

Responder

    Aline C Pavia

    19 de abril de 2012 às 10h59

    Ele podia defender as rampas anti-mendigos.
    Ou a maquete da ponte no Guarujá (dizem que a água de torneira lá é uma delícia).
    Ou a venda de banana por kilo na feira.
    Ou a proibição de sacolinhas em supermercados.
    Ou: como gastar 11 bilhões de reais para duplicar 10 km de Marginal – e não resolver congestionamento mesmo assim.
    Como se vê, realizações à altura de Serra, e à altura dos provincianos reaças neo-fascistas que ele pretende governar. Pobre São Paulo, a quarta metrópole do mundo tratada com tal pequenez.

    Mário SF Alves

    20 de abril de 2012 às 21h30

    11 bilhões?!! E quem rapou os 50% disso?

Arthur Schieck

18 de abril de 2012 às 16h48

Deu ao Amaury o que ele queria e precisava. Tadinho!

Responder

    Gersier

    18 de abril de 2012 às 17h36

    Pois é,eita coisa boa.Até que enfim chegou a hora de sabermos de mais algumas falcatruas do "jênio".

Yarus

18 de abril de 2012 às 16h48

"Deputados arrancam cartaz pró-CPI da porta de Protógenes

O deputado-delegado reclama que o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, e o deputado Rogério Marinho tiraram da porta do seu gabinete um cartaz pela instalação da CPI da Privataria, informa Leandro Mazzini, na Coluna Esplanada

CPI vira caso policial dentro da Câmara
A CPI mista do Cachoeira nem começou, mas os corredores da Câmara já pegam fogo. Um roteiro com ingredientes de cena policial ganhou o sétimo andar do Anexo 4 da Casa, envolvendo um pedido de outra comissão parlamentar de inquérito. Indignados com um cartaz pró-CPI da Privataria Tucana, afixado na porta do gabinete do deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), ex-delegado da PF, dois deputados tucanos arrancaram o material e o jogaram no chão, irados. Eles são ninguém menos que o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), e o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). Protógenes só soube da autoria quando pediu à Polícia Legislativa o vídeo do circuito interno de TV do corredor. Mas não prestou queixa à Mesa Diretora.
Vergonha alheia
Constrangido e incrédulo, Protógenes não procurara, até ontem à noite, os parlamentares para pedir explicações. Um assessor acompanhava os deputados na hora do ‘ataque’.

Script
Pelo vídeo e sequência de fotos, fica clara a atuação do trio na porta fechada do gabinete do deputado, durante o dia. Guerra indica e Marinho puxa o cartaz.

“Ato político”
Procurada pela coluna, a assessoria de Sérgio Guerra ainda não se pronunciou. O deputado Rogério Marinho reconheceu à coluna que, acompanhado do presidente de seu partido, tirou o cartaz da porta do gabinete de Protógenes. Disse que foi um “ato político” e que isso aconteceu há algumas semanas, embora Protógenes tenha tido acesso aos vídeos ontem. O tucano lamentou que os deputados colem nas portas cartazes de ataques institucionais." http://congressoemfoco.uol.com.br/opiniao/colunis

Responder

    Mário SF Alves

    20 de abril de 2012 às 21h53

    Civilizadíssimos.

KNeto

18 de abril de 2012 às 16h48

Exceção da verdade…gostei desse negócio.

Responder

andre i souza

18 de abril de 2012 às 16h44

É blog que impedido de operar(Paraná), são revistas que somem das bancas em um determinado Estado (goiás), são jornalistas que têm a "cabeça pedida", são entrenvistas que são interrompidas quando o assunto é espinhoso (alckimim e o PCC), é o acorbetamento de estupro praticado por infante de família dona de império midiático, é documentário que se impede na justiça (muito além do cidadão kane) e, agora, essa.

Depois é a esquerda que não sabe conviver com a liberdade de expressão e com o jornalismo livre. Piada esse Serra(argh!)

Responder

    Marcio H Silva

    19 de abril de 2012 às 02h38

    E falam que a ditadura acabou. So rindo. A ditadura não acabou, só descentralizou e mudou de mãos. Saiu das mãos das forças armadas, para as mãos da PM ( batalhão de choque, BOPE ), fortemente armados e a mando dos Governos estaduais.

    Aline C Pavia

    19 de abril de 2012 às 09h02

    E o pessoal do Desculpe a Nossa Falha também. Fora a China, aqui no Brasil é o único país do mundo onde se censura uma sátira.

alcir rosa nunes

18 de abril de 2012 às 16h37

Aposto que assim que terminar a eleição ele retira a ação. É só pra dizer que o Amaury está sendo processado, como na tal quebra de sigilo. Só se for louco pra continuar. O melhor pra ele é se fingir de morto. Eu gostaria muito que o Serra tivesse coragem de ir até as últimas consequências. Vamos lá Serra, coragem, se perder te ajudo com alguns trocados!

Responder

Bruno

18 de abril de 2012 às 16h29

Ui! Mais uma bolinha na cabeça.

Responder

Luiz Alberto

18 de abril de 2012 às 16h24

Serra tem todo o direito de espernear, aliás, espernear e criar situações embaraçosas não é algo difícil para a direita neste país. Acostumados estavam aos arroubos de integridade moral e "experiência comprovada" no trato com a coisa pública. Tal qual um castelo de cartas, foi só cair a primeira para as demais virem abaixo… Aloysio Biondi deve estar batendo palmas de alegria por ver a tucanalhada em polvorosa. Valeu, Amaury!

Responder

Cerra quer tomar o dinheiro do Amaury | Conversa Afiada

18 de abril de 2012 às 16h23

[…] O Conversa Afiada reproduz post do Azenha no Viomundo: […]

Responder

Cristiana Castro

18 de abril de 2012 às 16h19

Só falta a Justiça acatar! Nào duvido de mais nada.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.