VIOMUNDO

Diário da Resistência


Rovai: O novo calvário de Zé Dirceu revela muitos dos nossos erros
Foto publicada no publicada no Twitter de Thiago Nolasco, do SBT-Brasília
Política

Rovai: O novo calvário de Zé Dirceu revela muitos dos nossos erros


20/05/2018 - 09h51

Foto publicada no publicada no Twitter de Thiago Nolasco, do SBT-Brasília

O novo calvário de Zé Dirceu revela muitos de nossos erros

Zé Dirceu volta ao cárcere novamente sem que haja qualquer comoção ou disputa. Sozinho, jogado na parte de trás de um camburão, sem poder sequer levantar a sua mão e sair altivo na foto como o fez da vez anterior

Por Renato Rovai, no portal da Fórum

Zé Dirceu se entregou ontem pra cumprir mais 30 anos prisão realizando todos os rituais que lhe foram impostos pela justiça.

Mesmo assim foi jogado na porta de trás de um camburão e tratado como um criminoso perigoso. Um tratamento absurdo, ainda mais porque tem mais de 70 anos.

Ou seja, mais um lamentável episódio do golpe vivido no Brasil que é conduzido por um judiciário que trata de forma absurdamente distinta uns e outros.

Aécio continua dando seus pulos no Senado, Paulo Preto foi solto e isso garantiu a tranquilidade de Serra, Alckmin e Aloysio Nunes. Temer permanece presidente a despeito de provas robustas contra ele. Mas Zé Dirceu foi novamente preso e humilhado.

E esta foto precisa ser estudada em retrospectiva, porque ela explica em boa medida o que estamos vivendo.

Quando Zé Dirceu, Genoíno e João Paulo Cunha foram presos (pra ficar só nos três) no episódio caracterizado como mensalão, Lula e outros que hoje estão sendo vítimas do Estado judicial fizeram muito menos do que deveriam para defendê-lo.

Este é um dado da realidade e que deve ser debatido não pra lavar roupa suja, mas para que se entenda como se processam Estados autoritários e golpes e como governos progressistas devem lidar com isso.

Dali em diante continuou-se a nomear ministros do Supremo como se estivéssemos em tempos normais, manteve-se a independência da PF e do MP sem limitá-la a controles sociais e foi mantida a lógica das alianças em termos semelhantes aos anteriores.

E tudo com Zé Dirceu e outros importantes líderes do PT presos. Era o preço a pagar, diziam alguns quando questionados.

O preço a pagar na verdade é o que está se pagando hoje. E Zé Dirceu volta ao cárcere novamente sem que haja qualquer comoção ou disputa.

Sozinho, jogado na parte de trás de um camburão, sem poder sequer levantar a sua mão e sair altivo na foto como o fez da vez anterior. Mas a sua altivez e dignidade não ficaram menores por isso. E provavelmente a história ainda lhe fará justiça. Mas Zé Dirceu não merecia isso.

E esta foto revela muito do que se tornou a justiça e o sistema policial brasileiro, mas também é um retrato histórico da incapacidade de resistência do campo progressista brasileiro, que permitiu Zé Dirceu ir a um calvário injusto quando foi preso pela primeira vez.

Leia também:

Zé Dirceu: Subestimamos a direita e politizamos pouco a sociedade 

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

a ESQUERDA é "KITSCH" e MADURO É UM BARANGÃO:

21 de maio de 2018 às 10h36

Maduro: um primitivista.
Gilberto Gil: outro Kitsch de música de 5 minutinhos (COMPARE com um ROBUSTO Beethoven).
*
O PT é cafona.
Barango mesmo. E em política é Kitsch.
Piegas e cafona. o PT tem um mau gôsto extraordinário!
E em música então?… são múmias em cultura musical.
São uns debilóides e idiotas esses petistas barangos-culturais
(só vêem musiquinhas de 5 min., com letras.
Cancioneiro etc.). Nunca instrumental. Petistas jamais
gostam de erudito. Petistas são zebróides.
Além de serem grotões e toscos em alto grau, — em música
e outras coisas. Sempre nivelaram tudo por baixo. E como!:
educação, cultura, música, projetos, verba pra Incentivo a Cultura.
PT odeia a ótima cultura sofisticada. Erudita. São grotões.
O PT destrói qualquer Projeto de Nação viável e robusto.

Responder

    Julio Silveira

    21 de maio de 2018 às 13h16

    Rsrsrsr, meu caro anonimo sintomatico, do jeito que vc traz sua critica faz parecer que o PT é a Globo. Por que quem dita o colonialismo cultural no país tem muito mais tempo de existencia que um partido refutado pela elite como elemento indutor cultural. Rsrsrs, se for de brincadeira sua satira é muito boa, se for serio, então vc não se deu conta de quem fazem culturalmente as cabeças neste país, de Big Brother, a cultura do consumista inutil.

Julio Silveira

21 de maio de 2018 às 09h57

A unica coisa boa disso tudo é a esperança de uma boa parcela da esquerda, onde me incluo, de que com essas ações discriminadoras contra si façam a ficha finalmente cair. E cheguem a conclusão de que não pode nem deve existir conciliações com a marginalia empoderada da direita por serem doença, malefica, contra o povo e o país. São como cancros que querem manter o corpo doente nacional e lutam para isso, acabando por destruir a unica possibilidade de saude para o povo e para o pais.

Responder

    Maria do RJ

    29 de maio de 2018 às 22h48

    Julio, respondeu à altura o nosso amigo aí de cima. Perfeito você! Abelardo também, comentário excelente, os dois dizendo tudo que a gente tem vontade de dizer e não consegue. Pessoas muito inteligente postam aqui e por isso gosto muito de ler todos para me informar e me deleitar com vocês, que vão lá no âmago da questão.
    Fizeram tanto a caveira do Zé Dirceu que o povo acreditou, até gente da esquerda, do seu partido, não fez NADA, comoção nenhuma com sua prisão. Foi terrível realmente, e os malditos ainda o humilharam, o colocando no camburão como se fosse um criminoso perigoso. Como eles estão deitando e rolando em cima de nós. O dia da execração deles há de chegar, por que não há nada como um dia depois do outro.

assim falou Golbery

20 de maio de 2018 às 16h27

nada mais do que o esperado para quem tem como maior feito politicamente ¨estratégico¨ organizar um encontro com mais de mil estudantes no meio do mato, Ibiúna, em plena ditadura. Vai ser burro assim …..

Responder

    Onoff

    22 de maio de 2018 às 09h25

    cuma?

leonardo-pe

20 de maio de 2018 às 15h38

o PT(Não vai dar PT, como os inocentes dizem),preferiu dar consumo para as Familias e não fez a politização das massas. o resultado é esse. e ainda não viram nada o Lula e o PT!

Responder

Abelardo

20 de maio de 2018 às 12h23

A maior prova que a justiça brasileira é seletiva, parcial, preconceituosa, suspeita, inconfiável e carente de escrúpulo, se encontra estampadas, pra quem quiser enxergar, nas comparações dos tratamentos e das ultras velozes sentenças praticadas contra os investigados, presos e condenados pertencentes ao PT e a partidos de esquerda alinhados com PT e os surpreendentes e opostos tratamentos concedidos aos privilegiados criminosos alinhados com a direita golpista e a corte. O mundo percebe, que nessa comparação a presença do escárnio é muito mais grave e mais debochada quando se permitirem fazer vista grossa contra os investigados alinhados com a direita golpista. Várias, e sem resultado, são as denúncias que se faz contra as indecentes e hediondas mordomias subtraídas do erário público, pelos desavergonhados togados e, ainda assim, se mostram mais e mais ambiciosos e gananciosos por poder e por novas formas de mordomias, que lhes garante um ganho cada vez mais fácil e mais robusto. Para os protegidos da direita golpista, o ritmo dos processos corre a passos de tartaruga, o que não deixa de ser uma grande contribuição para que a maioria das denúncias seja arquivada ou prescrita. Enquanto isso, o tempo passa e os encontros, os cochichos e as gargalhadas vão acontecendo e a Casa Grande se fortalece e enriquece vergonhosamente. O tempo continua passando e os protegidos da Casa Grande continuam em lua de mel com a liberdade graças aos diversos puxadinhos jurídicos, que, feito um elástico resistente, estica a 1ª instância até a gaveta do arquivador geral ou até a fronteira da prescrição. Êta justiça porreta!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!