VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Requião: Movimento dos PMs pode estar sendo manipulado para endurecer o regime
Política

Requião: Movimento dos PMs pode estar sendo manipulado para endurecer o regime


21/02/2020 - 22h41

Requião: manipulação da PM para endurecer o regime

Ex-governador diz que estamos sob risco de caos: ‘Liberalismo não deu certo em nenhum lugar’.

por Marcos de Oliveira, em Monitor Digital

O movimento dos policiais militares em todo o país pode estar sendo provocado ou manipulado por aqueles que querem endurecer o regime, avalia o ex-governador Roberto Requião, em entrevista à coluna.

O ex-senador pelo Paraná afirma que os PMs lutam para obter o mesmo aumento que o governo deu para os altos oficiais das Forças Armadas, mas ressalta que greve de policiais é ilegal e condena os atos de violência.

Senador, como o Sr. vê o movimento dos PMs, que resultou no ataque a tiros ao senador Cid Gomes, no Ceará?

– São atos absolutamente inaceitáveis. O que ocorreu no Ceará acontece com frequência contra professores e demais trabalhadores, sem a mesma indignação.

Gosto da coragem do Cid Gomes, que tem todo meu apoio, apesar de ter sido um ato de temeridade agir contra policiais armados e exaltados. Ele foi vítima de uma tentativa de assassinato.

O Sr. acredita que a movimentação dos PMs pelo país é uma reação à política recessiva do ministro Paulo Guedes?

– Não sei se é reação ou é provocado por eles, há muita manipulação a partir da insatisfação concreta da PM. Estamos sob risco do caos. O liberalismo não deu certo em lugar nenhum no mundo. Pode estar havendo manipulação para levar a um endurecimento do regime.

A declaração do general Heleno contra o Congresso vai neste sentido?

– O general quer entregar o Brasil sem pagar comissão aos congressistas corruptos. Rodrigo Maia quer a mesma coisa, mas pagando comissão.

Nesse quadro, como o Sr. vê as alternativas para o Brasil?

– A proposta de uma frente ampla com os liberais me assusta. A ideia atende aos interesses internacionais, especialmente dos Estados Unidos.

Significa consolidar o neoliberalismo no Brasil, a venda da Petrobras, a privatização da água. Afasta o Bolsonaro e alguns integrantes do governo para colocar alguém mais palatável, que terá aplausos da Globo e da Folha.

Sou favorável a uma frente popular, nacionalista e democrática, que tenha como centro o desenvolvimento do Brasil e a anulação dos atos lesivos contra o país.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Bel

22 de fevereiro de 2020 às 22h46

E se nada der certo para desviar atenção de outros assuntos explosivos, uma guerra com a Venezuela vem a calhar. Parece ser esse o acordo : ¨Entrego o Brazil e você me livra de situação que venha a me tirar do trono¨.

Responder

Zé Maria

22 de fevereiro de 2020 às 00h53

“O general [Heleno] quer entregar o Brasil sem pagar comissão aos congressistas corruptos.
Rodrigo Maia quer a mesma coisa, mas pagando comissão.”

Salve, Senador Requião !
Desmontou a Milícia Neoliberal em Brasília!

Responder

a.ali

21 de fevereiro de 2020 às 23h18

uma análise hiper sensata, infelizmente.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.