VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Partidos estudam ação judicial contra Bolsonaro, que vai às ruas e faz campanha nas redes contra isolamento — que Trump estende até 30 de abril nos EUA
Alan Santos/PR, via /Wikimedia Commons
Política

Partidos estudam ação judicial contra Bolsonaro, que vai às ruas e faz campanha nas redes contra isolamento — que Trump estende até 30 de abril nos EUA


29/03/2020 - 20h08

Da Redação

Com o intuito de “salvaguardar vidas”, partidos da oposição estão estudando medidas judiciais a serem tomadas contra o presidente Jair Bolsonaro.

Neste domingo, o presidente da República resolveu passear por Brasília, contrariando a recomendação de seu próprio Ministério da Saúde e do governo do Distrito Federal.

Bolsonaro disse que foi às ruas para “ouvir o povo”.

O passeio do presidente coincidiu com o anúncio oficial da primeira morte no Distrito Federal — são 136 em todo o Brasil.

Dentre os mortos, duas pessoas jovens — de 26 e 33 anos de idade.

O passeio de Bolsonaro aconteceu horas antes de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar a extensão do isolamento social em todo o país até o final do mês de abril.

Nos EUA, a pandemia tem tido uma característica diversa da que se viu na Itália e na Espanha: 40% dos internados por coronavírus tem entre 20 e 54 anos de idade.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, de O Globo, “entre ontem e hoje já enviou diversos áudios, vídeos e memes de ironia ao isolamento social, críticas à imprensa, ao infectologista David Uip e, claro, mostrando orgulhosamente o seu périplo hoje por uma farmácia e uma padaria em Brasília, e pelo centro de Ceilândia  e Taguatinga (DF)”.

Abaixo, o texto do manifesto de partidos de oposição:

Nós, partidos políticos que subscrevemos esta nota, vimos a público para repudiar a atitude do Presidente da República Jair Bolsonaro de ter feito visitas a feiras populares e comércios do Distrito Federal, incentivado a população a descumprir as medidas sanitárias decretadas localmente, orientadas pelo seu próprio Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O Presidente da República insiste em ir na contramão de todas as ações que têm sido tomadas por chefes de Estado de todo o mundo no enfrentamento à pandemia do COVID-19.

O DF é, hoje, a terceira Unidade da Federação com o maior registro de casos.

Assim, essa apologia ao descumprimento de orientações sanitárias pode fazer com que os números cresçam em nossa cidade e que cheguemos ao completo colapso do sistema de saúde.

O discurso criminoso e irresponsável do presidente custará vidas, principalmente dos mais pobres, vulneráveis e moradores das periferias.

É preciso frisar que não há dicotomia entre saúde e economia.

Os países que melhor enfrentaram até o momento a crise do COVID-19 adotaram medidas de isolamento social, aumento no número de UTIs e realização de testes massivos em sua população, e o Estado atuou de forma a garantir o emprego e a renda das pessoas.

Por isso, estamos estudando medidas judiciais cabíveis contra a atitude do Presidente da República, no intuito de salvaguardar vidas em nossa cidade, bem como mobilizando-nos em diversas ações de natureza política.

Momentos como o que estamos vivendo no Brasil, e em especial no Distrito Federal, materializam e reforçam ainda mais os elos de união das forças progressistas na defesa da vida e de uma sociedade livre, justa e solidária.

PSB, PT, PSOL, PCdoB, Rede Sustentabilidade, Unidade Popular, Consulta Popular, PCB, PRC, PDT, PV

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sebastião Farias

30 de março de 2020 às 13h30

Meus irmãos, vejam bem com a visão consciente de quem se coloca no lugar das pessoas atingidas, essa Pandemia mundial de COVIG-19 que, sem olhar o status social e de poder material de quem quer que seja, atinge igualmente, todas as famílias e países do mundo independente de raça ou cor e, lhes causam grandes dores e sofrimentos.
O que chama atenção em tudo isso, é que esse sofrimento e dor, não é exclusividade de um único país ou povo e sim, abrange todos os países e povos da terra. Com foco nessa realidade, não há dúvidas de que se trata, de um grande castigo bíblico do Criador que por Seus motivos, se abate sobre a humanidade nesse momento, talvez, pelo nosso descaso ao amor ao próximo e, por nossa desobediência à Palavra de Deus.
É verdade que há muito, vem crescendo os perfiz de pessoas más, orgulhosas, egoístas, autossuficientes, soberbas, desumanas, etc, que cultuam o poder material e vaidades e adoram os deuses representados pelo dinheiro, pelo mercado de capitais, pelo consumismo descontrolado, pelas mentiras das redes sociais, pelo narcisismo de si mesmo, pela devassidão e pelo fim da família humana e, suas obras em sua maioria, como produtos de suas relações heréticas com a humanidade são más e pecadoras. Sobre tais ações, Paulo fala aos romanos: “porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6:23).
Essas pessoas, que não respeitam os semelhantes, não creem e nem adoram o Deus Vivo, Único e Verdadeiro, Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis e nosso Salvador, já receberam em vida sua recompensa, pois, seus corações estão fechados para Deus. Vejamos o que diz sobre isso, a Palavra de Deus: “Portanto, a ira de Deus é revelada dos céus contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça humana” (Romanos 1, 18). E, está escrito: “Com o suor do teu rosto comerás o teu pão, até que voltes ao solo, pois da terra foste formado; porque tu és pó e ao pó da terra retornarás!” (Genesis 3,19).
As dores e sofrimentos que se abatem agora sobre os povos do mundo inteiro, principalmente, nos irmãos italianos, chineses, espanhóis, iranianos, franceses, japoneses, americanos, australianos e sul-africanos, os mais atingidos no momento, além de nós, mesmo assim, nosso país pode tirar das dores e dos sofrimentos deles, os exemplos que, se vistos com seriedade e responsabilidade pelo governo do Brasil, poderão antecipar aqui, com medidas proativas e solidárias, a salvação de milhares vidas que se perderiam.
Com foco em um cenário estimativo, necessário para se atender as populações atingidas, previstas num hipotético pico dessa Pandemia no Brasil, sugere-se liderança, comando, proatividade e agilidade nas tomadas de decisões competentes, tanto na gestão do comando nacional, que deve ser harmonizada com as gestões dos governadores, por Estados :
i) avaliação das instalações hospitalares públicas e privadas, por Estados, existentes e necessárias;
ii) Ídem para as categorias de profissionais envolvidos, existentes e necessários;
iii) Ídem para leitos, equipamentos, respiradores, materiais essenciais de saúde, serviços funerários, crematórios, etc;
iv) rede de veículos existentes e necessários aos Estados, para suporte de assistência e de transporte dos pacientes;
v) Viabilização de recursos financeiros necessários para suporte das providências de rotina e emergenciais necessárias, para que tudo, proativamente, sejam implementados, adquiridos, distribuídos e estejam disponíveis para utilização, pelos cidadãos e cidadãs necessitados;
vi) A exemplo do que vêm fazendo outros países para amparar seus cidadãos carente, trabalhadores e empresas, na vigência da quarentena e, similar à atenção financeira dada pelo governo aos bancos, que seja analisado pelo CN e com urgência, a aprovação de recursos para subsidiar a sobrevivência digna, das famílias brasileiras.
Essa operação cidadã, fraterna e solidária pela vida das pessoas, antes de tudo, não se trata de pedir-se favor a quem quer que seja porque, a CF em seus Artigos 1º (Caput e §Único), 5º e 6º dentre outros, asseguram esses direitos a todos habitantes deste país.
Vejam o que diz e manda o Apóstolo São Tiago, a seguir, que bem serve para todos nós meditarmos sobre seus conselhos, ainda não é tarde: “Sede submissos a Deus. (…) Aproximai-vos de Deus, e ele se aproximará de vós.(…) Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará.” (São Tiago 4,7a. 8a.10).
Amigos, há momentos em nossas vidas, em que precisamos “cair do cavalo” ( https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/em-carta-trump-pede-para-americanos-ficarem-em-casa-por-coronav%C3%ADrus/ar-BB11Lx8a ), assim como São Paulo… As dores e sofrimentos que padecemos têm lá com certeza, esse lado positivo da provação: de dobrar o nosso orgulho, a nossa soberba, o nosso egoísmo e de nos aproximar mais de Deus, nosso Pai. Pensem nisso, ainda não é tarde para o arrependimento e para dobrarem os joelhos, reconhecendo que só Jesus Cristo é o Senhor. Rezemos todo dia o Santo Rosário em família, intercedendo pelos que sofrem e rogando a Deus pelo fim dessa Pandemia, no Brasil e no mundo.
São as nossas considerações e sugestões ao Brasil e ao nosso povo. Paz e bem.
Sebastião Farias
Um brasileiro Nordestinamazônida

Responder

Henrique Martins

30 de março de 2020 às 07h08

URGENTE

Todos os partidos – inclusive o PSL – precisam se unirem e entrarem com ação no TSE pedindo a anulação das eleições presidenciais porque a pessoa que foi eleita é louca e a população não sabia disso.

No caso eles pediriam para o vice assumir provisoriamente até o fim da crise com a pandemia e as novas eleições presidenciais seriam realizadas junto com as eleições municipais que por hora seriam anuladas em função da pandemia.

Alertem aos partidos que todos terão chances de vencer as eleições por isso interessa a todos a ação.
Eles tem que pedir o afastamento do presidente imediatamente, em caráter liminar, até que um junta de presidente – de preferência uma bem grande – ateste a insanidade do presidente.

Responder

abelardo

30 de março de 2020 às 00h16

Independente da atitude que um país tome contra a pandemia, cada governo tem a responsabilidade de prestar toda segurança e assistência à sua população, com os mais urgentes e eficientes planos de contensão e prevenção, que seu país possa colocar em prática. O melhor para cada país deve ser decidido internamente, junto com todas as autoridades do governo porque cada um deve ter ciência do que é capaz de realizar, para atender a população e ao país. Então, não importa é deve ser indiferente, para cada caso, o que o outro país fez. No entanto, se for descoberta a vacina, ou um inibidor ou uma tática eficiente que seja compativel com outros povos, não se poder perder tempo no pedido de auxílio.

Responder

a.ali

29 de março de 2020 às 22h09

devagar, quase parando > partidos ESTUDAM uma ação judicial…o que já era para ter sido feito há muito tempo!

Responder

Henrique Martins

29 de março de 2020 às 22h05

Alguém fala para o Mandetta peitar o Bolsonaro e deixar que ele o demita.
Mandetta vai sair por cima e Bolsonaro vai sair desonrado.
Fica firme Mandetta. Não rasga seu diploma de médico para agradar um louco nao. Cara, você pode até servir ao próximo governo. Isso porque você está certo e ele errado.
Alguma coisa vai acontecer que esse maluco vai deixar a presidência e nao vai demorar.

Responder

Marys

29 de março de 2020 às 21h31

Sabe por que Bolsonaro não quer isolamento?
Porque ele já sendo isolado!
Finge que governa, mas sabe que não tem mais poder e sai pra angariar simpatia pelas ruas para satisfazer seu ego doentio.
Só nao saiu ainda, porque isso pode causar transtorno político, caos político, desarticulação administrativa e tentativa de golpe interno, em meio à pandemia.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.