VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


O petardo de Altamiro Borges: Dallagnol tornou-se garoto-propaganda?
Política

O petardo de Altamiro Borges: Dallagnol tornou-se garoto-propaganda?


20/01/2020 - 22h57

Petardo: Dallagnol virou garoto-propaganda?

Por Altamiro Borges, em seu blog

Perguntar não ofende-1: Após ganhar muita grana com suas palestras sobre a Lava-Jato, Deltan Dallagnol agora divulga a “escola de política” RenovaBR, que é financiada por celebridades midiáticas, entre elas o candidato global Luciano Huck, e expoentes da cloaca burguesa.

Virou garoto-propaganda?

Na semana passada, o procurador Dallagnol postou em seu Twitter elogios à iniciativa empresarial.

“O curso do RenovaBR hoje é referência na preparação de futuros candidatos”, bajulou o jagunço do powerpoint.

Em 2018, a Renova elegeu 17 deputados.

Agora tem a ajudinha do chefão da Lava-Jato


Perguntar não ofende-2: Onyx Lorenzoni, o ministro da Casa Civil do laranjal bolsonariano, já pagou os direitos trabalhistas da ex-cuidadora de sua mãe, dona Dalva?

Ele foi processado e negociou em agosto passado o pagamento de R$ 60 mil a Simone Espindola.

Já saldou sua dívida?

Segundo notinha do UOL, “o valor de R$ 60 mil será uma reparação por danos morais, FGTS, férias não pagas e intervalos de descanso não respeitados, além de outras obrigações trabalhistas em falta. O caso corre na 15ª Vara do Trabalho de Porto Alegre”.

Onyx já revolveu a pendenga?


Perguntar não ofende-3: Em março de 2019, Mônica Bergamo informou que “a Justiça condenou o promotor Cassio Roberto Conserino a pagar R$ 60 mil ao ex-presidente Lula por danos morais”.

O fascistinha metido a justiceiro já pagou a dívida?

Ou a Justiça simplesmente esqueceu o caso?

Em 2016, Cassio Conserino postou no Facebook imagem em que Lula era definido como “encantador de burros”.

Para o juiz Anderson da Cruz, o promotor teve a “nítida intenção de humilhar, menoscabar e desprezar” Lula ao publicar imagem com conteúdo “ofensivo, pejorativo e injuriante”


Perguntar não ofende-4: Como anda o inquérito aberto em novembro pelo MPF para investigar o uso irregular de fundos do gabinete do deputado Tiririca em viagens particulares?

Eleito por SP, ele teria gasto no ano passado R$ 57.800 em 54 passagens aéreas ao Ceará, onde nasceu

Em 2017, Tiririca fez seu primeiro e último discurso na Câmara Federal e jurou que não tentaria a reeleição porque estava “decepcionado” e com “vergonha” da política.

Em 2018, ele esqueceu a promessa e se candidatou pelo PL, obtendo quase meio milhão de votos.

É muita palhaçada!


Perguntar não ofende-5: Em novembro, o senador Jaques Wagner (PT-BA) pediu à PGR que investigasse o secretário da Pesca, Jorge Seif, por recomendar o consumo de peixe contaminado.

Entre outras besteiras, ele disse que “peixe é bicho inteligente. Quando vê mancha de óleo, ele foge”

Criticado pelas babaquices, Jorge Seif ainda tuitou: “Alguém tem registro de cardumes suicidas se jogando para dentro da mancha de óleo?”.

Ao acionar a PGR, Jaques Wagner taxou as bravatas de “incompatíveis com o cargo público”.

Daí a pergunta: o secretário da Pesca foi punido?

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.