VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

O peso do concreto nas eleições de SP


10/11/2012 - 12h58

da Folha de S. Paulo*

Empreiteiras e imobiliárias responderam por 27% das doações eleitorais identificáveis para candidatos eleitos à Câmara Municipal de São Paulo em 2012.

*PS do Viomundo: Notícia publicada num caderno da Folha em que 9 das 17 páginas de anúncios eram de lançamentos imobiliários.

 

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

jorge

30 de outubro de 2013 às 09h52

Eu não sou Fundação e nem engenheiro para saber calcular o peso do concreto nas eleições já foi mesmo , porque acender velas para um defunto…não acham.. que comentário né… mas meus amigos não posso comentar não tenho título para isso, e até outro colega, obrigado!!!…

Responder

jorge

30 de outubro de 2013 às 09h49

Sobre o que?… bom dia para você … Agente abre uma página no tempinho que temos e nem podemos participar das descobertas feitas que nos intrigaram….! agradeço ao Estadão, muito obrigado…

Responder

jorge

30 de outubro de 2013 às 09h47

Comentar é dar opiniões , certo!. se nem nossa justiça tem mais valor e a nossa constituinte para onde anda, não é mesmo então como posso ser comentarista dem assunto quem nem sei e nem sabia que tinha acontecido , porque não me avisaram antes das eleições né… Para que eu possa comentar um assunto deste, preciso me formar na cadeira de jornalista, não acha , portanto posso achar o que quiser , este é o Brasil de hoje e amanhã pior. Que comentário , deveria ser estampado nas primeiras páginas de notícias, obrigado colega pelo ERRO= precisa comentar!…

Responder

jorge

30 de outubro de 2013 às 09h41

Estamos em dois Países : Um dos Políticos e outro dos que sobraram…

Responder

Leandro_O

10 de novembro de 2012 às 21h13

Aliás, seguem mais algumas notícias:

De 2010:
Construtoras foram maiores doadoras do 2º turno, segundo TSE (Portal G1, 30 nov 2010)

De 2008:
Empresas bancam campanhas à reeleição – Construtoras e transportadoras são, até o momento, os maiores doadores individuais de vereadores que buscam outro mandato (Folha de São Paulo, 28 set 2008)

De 2006:
Empreiteiras e bancos foram os maiores doadores de Lula (Portal G1, 28 nov 2006)

Chega né?

Responder

Leandro_O

10 de novembro de 2012 às 16h17

Que legal né?

Queria saber por que não fizerem um plebiscito consultando os cidadãos brasileiros para verem se eles queriam ou não a Copa e Olimpíadas no Brasil. Mas uma rápida pesquisa dá a resposta:

Última campanha – 2012:

Doações, receitas – Comitê financeiro único PT, SP São Paulo:
CONSTRUTORA OAS LTDA. = 950.000 (de um total de 4.514.655)
Doações, receitas – Candidato Haddad, SP São Paulo:
CONSTRUTORA OAS LTDA. = 1.000.000 (de um total de 10.075.966)

Doações, receitas, Comitê financeiro único PSDB, Sp São Paulo:
CONSTRUTORA OAS LTDA. = 500.000 (de um total de 7.889.000)
Doações, receitas – Candidato Haddad, SP São Paulo:
CONSTRUTORA OAS LTDA. = 750.000 (de um total de 8.142.075)

Por Direção/Comitê, CONSTRUTORA OAS LTDA:
PMDB = 4.420.000
PT = 4.200.000
PSB = 1.700.000
PSDB = 1.500.000
PC do B = 1.000.000
DEM = 750.000
PRB = 750.000
PTB = 650.000
PDT = 500.000
PP = 320.000
PSD = 250.000

Por candidato, CONSTRUTORA OAS LTDA:

100.000,00 Transferência eletrônica ITALO CARDOSO ARAÚJO 13650 PT
100.000,00 Transferência eletrônica ANTONIO DONATO MADORMO 13700 PT
150.000,00 Transferência eletrônica ENIO JOSÉ VERRI 13 PT
100.000,00 Transferência eletrônica FRANCISCO DAS CHAGAS FRANCILINO 13900 PT
100.000,00 Transferência eletrônica GILMAR ALVES MACHADO 13 PT
500.000,00 Em espécie HUMBERTO SERGIO COSTA LIMA 13 PT
100.000,00 Transferência eletrônica JOSÉ AMERICO ASCÊNCIO DIAS 13100 PT
100.000,00 Transferência eletrônica JOSE RODRIGUES LEMOS 13 PT
200.000,00 Transferência eletrônica MARCIA HELENA CARVALHO LOPES 13 PT
350.000,00 Transferência eletrônica NELSON VICENTE PORTELA PELLEGRINO 13 PT
500.000,00 Transferência eletrônica NELSON VICENTE PORTELA PELLEGRINO 13 PT
750.000,00 Transferência eletrônica FERNANDO HADDAD 13 PT
250.000,00 Transferência eletrônica FERNANDO HADDAD 13 PT
100.000,00 Transferência eletrônica FRANCISCO MACENA DA SILVA 13097 PT
50.000,00 Transferência eletrônica LUIZ MARINHO 13 PT
100.000,00 Transferência eletrônica PAULO ROBERTO FIORILO 13690 PT
50.000,00 Transferência eletrônica RODRIGO FELINTO IBARRA EPITÁCIO MAIA 25 DEM
50.000,00 Transferência eletrônica CESAR EPITÁCIO MAIA 25111 DEM
500.000,00 Transferência eletrônica MARIO DE MELLO KERTESZ 15 PMDB
750.000,00 Transferência eletrônica JOSÉ SERRA 45 PSDB
250.000,00 Transferência eletrônica GERALDO JULIO DE MELLO FILHO 40 PSB

Responder

Mauricio Dias: Roberto Gurgel volta a atacar « Viomundo – O que você não vê na mídia

10 de novembro de 2012 às 15h30

[…] O peso do concreto nas eleições de SP […]

Responder

Marcelo de Matos

10 de novembro de 2012 às 14h56

Sobre as doações eleitorais em Sampa postei ontem aqui no Viomundo: As forças ocultas, ou, a força da grana. Diz o UOL que 60% da doação a vereadores em São Paulo é oculta: “As campanhas dos vereadores eleitos para a Câmara Municipal de São Paulo foram financiadas majoritariamente por doações ocultas. Dos R$ 46,8 milhões declarados à Justiça Eleitoral até ontem, R$ 27,8 milhões (60%) foram repassados aos candidatos pelos partidos, o que impede a identificação do doador original do dinheiro. A prática, que não é ilegal, é usada por empresas e pessoas físicas que não querem ter seu nome diretamente associado às campanhas. O PT, que elegeu a maior bancada da Casa com 11 vereadores, e o DEM, que fez dois representantes, foram os partidos que mais abasteceram suas candidaturas com doações ocultas. PS do MM: acho que o UOL está fazendo tempestade em copo d’água. A turma apenas antecipou a brincadeirinha do amigo oculto.

Responder

FrancoAtirador

10 de novembro de 2012 às 13h37

.
.
Acho que a Folha esqueceu de algumas coisas…
.
.
ANGELO ANDREA MATARAZZO
45450
PSDB
Vereador
SP – SÃO PAULO

DOADORES

CONSTRUOCOES E COMERCIO CAMARGO CORREA S/A
61.522.512/0001-02
06/08/12
Nº recibo Eleitoral: 4545071072SP000003

R$ 100.000,00 (Transferência eletrônica)

EVEREST PARTICIPACOES LTDA
02.835.612/0001-20
08/08/12
Nº recibo Eleitoral: 4545071072SP000009

R$ 100.000,00 (Transferência eletrônica)

MARKET PLACE PARTICIPACOES E EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS LTDA 09.421.035/0001-79
08/08/12
Nº recibo Eleitoral: 4545071072SP000011

R$ 100.000,00 (Transferência eletrônica)

SANTA MARINA DESENVOLVIMENTO IMOBILIARIO LTDA
09.497.273/0001-68
24/07/12
Nº recibo Eleitoral: 4545071072SP000002

R$ 50.000,00 (Transferência eletrônica)

31/08/12
Nº recibo Eleitoral: 4545071072SP000042

R$ 50.000,00 (Transferência eletrônica)

‘Y ôtras cosítas más’:

http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2012/abrirTelaReceitasCandidato.action

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.