VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

O Bolsa Família como estimulante da preguiça


08/06/2011 - 12h18

Por sugestão da Valéria Vallim Coutinho, no Facebook:





138 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

fátima mattos

16 de junho de 2011 às 16h10

Esse Álvaro Dias existe?

Responder

Mr Claytonet

11 de junho de 2011 às 09h26

kkkkkkkkkkkkkkkkk tem burro p falar merda mesmo ein ele mesmo acabou com ele kkkkkkkkkkkkk

Responder

Pitagoras

10 de junho de 2011 às 22h06

Deu na BBC:

"Cientistas testam e comparam inteligência de corvos e papagaios."

Por que será que não incluiram os tucanos?

Responder

Pitagoras

10 de junho de 2011 às 21h51

Fico em dúvida se é positivo ou não ter uma oposição tão idiota, despreparada, calhorda. Se os três últimos mandatos (Lula e Dilma) não tivessem nenhum outro mérito, somente o fato de ter reduzido e demonstrado ao povo brasileiro o lixo que é esta caricatura de oposição já seria um imenso ganho.

Responder

Pitagoras

10 de junho de 2011 às 19h59

A lenga-lenga de que o BF estimula a preguiça, etc. etc. é muito mais comum do que se pensa. A verdade é que grande parte do povo (independente de classe social) é inconscientemente conservador, doutrinado que é pela mídia porcorativa.
E não só aqui. Nos States é a mesma coisa. Saúde universalizada, coupon de alimentos e outros raros instrumentos de solidariedade social são ferozmente combatidos pela direita raivosa daqui e de lá.

Responder

@lucasvazcosta

10 de junho de 2011 às 12h54

Quando não se tem nada para mostrar feito por seu engenho, a saída dos medíocres é questionar os êxitos alheios. Eis um exemplo clássico!

Responder

Marcio

09 de junho de 2011 às 18h29

Não é só ele não. O PSDB todo tem essa visão. O curioso é que entreguei cartões, como gerente da CAIXA, a muitos brasileiros carentes, inclusive com a presença de agentes do governo FHC. Mudou porque? Porque agora são oposição. Mais curioso foi ver nas eleições Alckmin e Serra fazendo contorcionismo para sair da saia justa. Eta massa cheirosa mais fedida!

Responder

Pedro

09 de junho de 2011 às 18h28

A democracia do Álvaro Dias é essa que bombardeia a Líbia, que comete genocídio no Iraque e no Afeganistão. Pode ficar com ela, seu Álvaro.

Responder

Pedro

09 de junho de 2011 às 18h26

É raro ver alguém tão inteligente como esse Álvaro Dias! O desespero dele é o da classe a que ele pertence. A mudança histórica que estamos vivendo está lhe tirando o chão dos pés. Só lhes resta, como ao império a que eles se submetem, a guerra como solução.

Responder

Costa

09 de junho de 2011 às 15h47

No futuro, todos os brasileiros receberemos bolsafamília. Menos os comissários petistas, claro.

Responder

não_ninguem

09 de junho de 2011 às 13h18

é o senador do contra … não consegue formular uma frase que não contenha uma palavra negativa. Até mesmo para elogiar o plano real.

Resumindo o que ele falou
(não, não, ninguém, não, ninguém, não, não, não, não, não)

Responder

Polengo

09 de junho de 2011 às 13h07

E essse fariseu trabalha muito, pra chamar alguém de preguiçoso?

Cadê a moral?

Responder

DUDU

09 de junho de 2011 às 12h53

Bem, que o alvaro dias é uma MULA de ignorância é público e notório!
O divertido é ver a gabi tentando salvar o alvaro da imbecilidade q falou!
Se preciso fosse, ela pularia no pescoço dele para impedí-lo de confessar que ele e a tucanalha sempre foram contra o bolsa família, até porque, com o sucesso do plano, eram eles, os tucanos q ficariam mal.
Mas sempre é divertido ver o alvaro dias falar!
A "postura" de orador, a tentativa de mostrar competência, a vontade de se projetar como alguém que mereça ser ouvido, tranforma suas atuações em algo patético, triste, ridículo, pobre, que leva a gente a pensar: o que fizemos de mal a vcs, povo querido do Paraná, para que nos impingissem uma praga tão fétida como essa!!!
Imperdoável…

Responder

Pilar

09 de junho de 2011 às 12h47

Pena que o programa Roda Viva vem se tornando tão tosco

Responder

Fabiano

09 de junho de 2011 às 12h03

Guarda aí pra próxima eleição quando eles disserem que não são contra o bolsa!

Responder

Geysa Guimarães

09 de junho de 2011 às 11h47

Ah, sim. Só as Bolsas Políticos, Empresários e Banqueiros é que combatem a indolência, não é?
Deve ser por isso que o senador Botox "trabalha" tanto. A única coisa que faz é tentar desconstruir a obra alheia.

Responder

Virgínia

09 de junho de 2011 às 11h31

Alguém me explique isso então… vídeo do ex-presidente lula falando em dois momentos em relação à assistência social… http://www.youtube.com/results?search_query=lula+
Se não conseguir acessar pelo link, vá ao youtube e digite: "lula e o bolsa família"

Responder

    Vinícius

    09 de junho de 2011 às 14h06

    Não consigo acessar daqui. Não é aquele vídeo em que o Lula critica as cestas básicas?

    Primeiro, as cestas básicas eram dadas de presente por POLÌTICOS em campanha. A bolsa família não é um presente, é um direito, uma política de Estado. tanto que muita gente votou no Serra sabendo que o Serra não ia tirar a bolsa.

    E aqueles programas intermitentes de alguns governos distribuírem comida não resolviam nada. O Bolsa Família dá 70 reais líquidos e certos. O sujeito (na verdade, geralmente "a sujeita", mãe da família) decide se vai comprar comida ou um caderno.

    Mas é uma pena mesmo que o Fome Zero não tenha ido pra frente. Era muito mais amplo que o Bolsa Família, incluía o conceito de soberania alimentar, ou seja, ajudava as comunidades a produzirem seu próprio alimento. Gerava renda, independência, dignidade. Realmente faz o Bolsa Família parecer uma esmola.

ulisses

09 de junho de 2011 às 11h04

E o Daniel Dantas, o verdadeiro lobo no meio da ovelhada? Saiu anistiado, a operação satiagrha foi considerada ilegal e está rindo a tôa!

Responder

Luiz Pepper

09 de junho de 2011 às 11h00

Tive o desprazer de ver este bando de fantasmas vovicerando besteiras. São uns amestrados, como num circo, que não fazem nenhuma reflexão sobre o que defendem. . Para ganhar R$26 mil, ou menos, como ganham esses reporteres, eu preferiria catar latinhas nas ruas do que fazer um papel destes. É lamentável ver a nossa antiga TV Cultura virar central de propaganda do udenismo mais velho, embora o Alvaro Dias se diga social democrata assim como outros.

Responder

João B. do Amaral

09 de junho de 2011 às 10h22

A oposição sem discurso critica o bolsa família sem fundamentação porque ignora os seguintes aspectos:
1) O repasse do Bolsa Família tem prazo limitado de duração ou seja com começo, meio e fim e os recursos são liberados com critérios e mediante a uma série de exigências 2) Mesmo com o Bolsa Família ,o Brasil tem batido sucessivos records de empregos formais o que prova que os recursos deste programa não estimula a preguiça como preconiza o eminente senador tucano, até porque o valor individual do repasse não estimula tal comportamento dos beneficiários do programa 3) O programa do Bolsa Família consome sómente o insignificante percentual de aproximadamente 0,40% do orçamento federal sendo que o número dos beneficiários atinge aproximadamente 50 milhões de pessoas, que pertence ao universo das camadas sociais mais carentes do país , enquanto que ao mesmo tempo os juros da Dívida Interna que é direcionado na sua maioria para remunerar as 16.000 famílias mais abastadas do país consomem 30% do orçamento da União.

Responder

zito rodrigues

09 de junho de 2011 às 07h58

O canalha ganha 26 mil reais e não produz nada para o Brasil.

Qual a moral desse cidadão?????

Responder

@azeitona

09 de junho de 2011 às 03h54

“Caros amigos brasileiros e ‘ricaços’"
Vocês brasileiros pagam o dobro do que os americanos pagam pela água que consomem. Embora tenham mais água doce disponível. (Aproximadamente 25% da reserva mundial da água doce está no Brasil). Vocês brasileiros pagam 60% a mais nas tarifas de telefone e eletricidade. Embora 95% da produção de energia em seu país seja hidroelétrica (mais barata e não poluente) enquanto nós pobres americanos somente podemos pagar pela energia altamente poluente produzidas por termelétricas a base de carvão e petróleo e as perigosas usinas nucleares.

Vocês brasileiros pagam o dobro pela gasolina, que ainda por cima é de má qualidade que acabam com os motores dos carros. (Cerca de 21% da gasolina é composta de álcool anidro e ainda querem aumentar este percentual para beneficiar os usineiros de álcool).
Não dá para entender, seu país é quase auto-suficiente em produção de petróleo (75% é produzido aí) e ainda assim têm preços tão elevados.

Aqui nos EUA nós defendemos com unhas e dentes o preço do combustível que está estabilizado a vários anos. (US$ 0,30 trinta centavos de Dólar = R$0,80 oitenta centavos de Real. Obs.: gasolina pura, sem mistura). Por falar em carro, vocês brasileiros pagam R$ 40 mil por um carro que nós nos Estados Unidos pagamos R$ 20 mil. Vocês dão de presente para seu governo R$ 20 mil para gastar não sabe com que e nem onde, já que os serviços públicos no Brasil são um lixo perto dos serviços prestados pelo setor público nos Estados Unidos.

Na Flórida, caros brasileiros, nós somos muito pobres, o governo estadual cobra apenas 2% de imposto sobre o valor agregado (equivalente ao ICMs no Brasil), e mais 4% de imposto federal, o que dá um total de 6%. No Brasil, vocês são muito ricos, afinal concordam em pagar 18% só de ICMs. E já que falamos em impostos, eu não entendo porque vocês alegam ser pobres, afinal vocês não se importam em pagar além desse absurdo ICMs mais PIS, COFINS, CPMF, ISS, INSS, IPTU, IPVA, IR, ITR e outras dezenas de impostos, taxas e contribuições, em geral, com efeito cascata, de imposto sobre imposto, e ainda fazem festa nos estádios de futebol e nas passarelas de carnaval.

Sinal de que não se incomodam com esse confisco maligno que o governo promove lhes tirando 4 meses por ano de seu suado trabalho (De acordo com estudos realizados, um brasileiro trabalha 4 meses por ano somente para pagar a carga tributária de impostos diretos e indiretos).
Nós americanos, lembramos que somos extremamente pobres, tanto que o governo isenta de pagar imposto de renda todos que ganham menos de US$ 3mil dólares por mês (equivalente a R$ 9.300,00 Reais) enquanto aí no Brasil os assalariados devem viver muito bem pois pagam imposto de renda todos que ganham a partir de R$ 1.200,00.

Além disso, vocês têm desconto retido na fonte, ainda antecipam o imposto para o governo, sem saber se vão ter renda até o final do ano, aqui nos Estados Unidos nós declaramos o imposto de renda apenas no final do ano, e caso tenhamos tido renda aí sim recolhemos o valor devido aos cofres públicos. Essa certeza nos bons resultados futuros torna o Brasil um país insuperável.
Voltando a falar de serviços públicos, caro amigo brasileiro, vocês são riquíssimos, afinal pagam sua própria segurança, os pobres americanos dependemos da segurança pública. Aí no Brasil vocês pagam escola e livros para seus filhos porque, afinal, devem nadar em dinheiro, aqui nos Estados Unidos, nós pobres pais americanos, como não temos toda essa fortuna, mandamos nossos filhos para as excelentes escolas públicas com livros gratuitos.

Vocês, ricaços do Brasil, quando tomam no banco um empréstimo pessoal, pagam por mês o que nós pobres americanos pagamos por ANO. Caro amigo brasileiro, quando você me contou que pagou de R$ 2.500,00 pelo seguro de seu carro, aí sim eu confirmei a minha tese: Vocês são podres de rico!!!!! Nós nunca poderíamos pagar tudo isso por um simples seguro de automóvel. Por meu carro grande e luxuoso, eu pago US$ 345,00 dólares.

Quando você me disse que também paga R$ 1.700,00 de IPVA pelo seu carro não tive mais dúvidas. Nós pagamos apenas US$ 15,00 de licenciamento anual não importando qual tipo de veículo seja. Afinal, quem é rico e quem é pobre? Aí no Brasil, 20% da população economicamente ativa não trabalha. Aqui, não podemos nos dar ao luxo de sustentar além de 4% da população que está desempregada. Não é mais rico quem pode sustentar mais gente que não trabalha?

Responder

Rildo França

09 de junho de 2011 às 02h33

Nem perco meu tempo com certos "políticos " da direita, este senadorzinho é um tipo abjeto…

Responder

Benjamin Malucelli

09 de junho de 2011 às 00h46

O único comentário que serve para esse elemento é: boçal!

Responder

Zeny

09 de junho de 2011 às 00h09

Caipira
Vagabundos
Preguiçosos

É assim que essa corja vê e trata o povo brasileiro que lhes colocam
na política. Coloca-nos para defendê-los e recebem isso em troca.

Aprendam a votar, meu povo, extirpem essa raça maldita do cenário político nacional.

Responder

carmen

09 de junho de 2011 às 00h08

Não assisto a esse programa a muitos anos,como já disse aqui várias vezes tenho problemas de estômago,mas mesmo sem ter assistido ao botoxman eu imagino que a forma de raciocinar dessa gente e assemelhados é a seguinte.Se eu ganho dinheiro fácil,pois não sou obrigado a defender o povo que me paga e o país que vivo,ou seja não trabalho pra fazer jus ao que recebo,porque esses mortos de fome seriam diferentes de mim.Não podemos esquecer que a primeira referência que temos somos nos mesmos.Ele só pensa assim porque ele age assim.

Responder

Ismar Curi

08 de junho de 2011 às 23h35

Estou chocado, não apenas com esse Senador, ele é velho conhecido, aliás; ele é gay? Não, não é com ele que eu me choquei, é com os comentaristas, parece que não percebi ninguém, mas, ninguém mesmo que cogitou, afinal porque alguém não poderia receber o Bolsa Família para vaguear. Por acaso é proibido vagabundear só por que é pobre. Me choca. Me choca muito esse complexo de inferioridade das classes dominadas. Afinal, se sou rico a organização do estado mo permite viver desocupadamente de rendas, – direito de propriedade. E, por aí também vai a consciência dominada logo apelar se alguém que recebe um tostão do Bolsa Família resolve praticar seu direito à vagar sem destino. Pode????

Responder

Elza

08 de junho de 2011 às 22h41

Ahh, como tem alguns políticos e pessoas neste país, que não sabem o que é sentir fome, falo fome de uma necessidade básica, primordial, onde o estômago dói por falta de alimento, pois o ser humano tem um relógio biológico e qnd chega a hora dele se alimentar se prepara p digerir os alimentos, secretando o ácido clorídrico e aí o alimento ñ chega ao estômago dessas pessoas q ñ tem renda, então o ácido secretado começa atingir a mucosa gástrica (membrana que reveste o estômago) e aí o estômago começa a doer. Ñ sei se o ex-presidente experimentou essa sensação, se ñ, quem sabe ñ ouviu algum ou alguns relatos sobre a mesma.

Nós pagamos impostos tão altos pra que, só pra beneficiar a elite, o mercado? Chega dessa retórica de estimular preguiça, estimular a vagabundagem……

Eu ñ aguento mais ouvir tanta baboseira relacionada aos programas sociais, que com certeza irá mudar a cara desse Brasilzão.

Chega ao cúmulo de ouvir alguém dizer, que o marido de uma mulher jurou matá-la, pq ela ñ queria dar-lhe o dinheiro da bolsa família, q essa bolsa família era só pra estimular a violência, Ah eu ñ aguentei e falei me poupe, pois esse cara já é violento com essa mulher independente dela receber a bolsa família ou ñ. Até pq a pessoa já havia me falado, q a referida trabalhava fazendo faxina, então eu perguntei, pq vc acha q ele ameaçou por causa da bolsa família, será q ele sempre ñ a ameaçava? Ela ñ me respondeu.

Chega de incoerências né, de se falar de direito, de democracia, de desenvolvimento e de olhar só pro próprio umbigo.

Responder

Alberto Santana

08 de junho de 2011 às 22h35

Sujeitinho insano!!!!!
Camisa de força pra esse maluco….

Responder

Miguel

08 de junho de 2011 às 21h49

O mais triste disso é a decadência do Roda Viva que abre um espaço que já foi muito mais inteligente para um sujeito desse.

Responder

Avelino

08 de junho de 2011 às 21h44

Caro Azenha
Faz parte, daquele grupo que desemprega, arruma fortunas da miséria alheia e depois usar esse discurso.
Saudações

Responder

Elton Arnold

08 de junho de 2011 às 21h36

Se algum governo(todos até aqui) deste país tivesse uma política séria de desenvolvimento,não seria necessário bolsa isto,bolsa aquilo,vale isto,vale aquilo.Criando vergonha na cara,oferecendo educação pública e saúde de boa qualidade,boa parte dos problemas sociais teriam solução a médio prazo.O problema é que um povo educado reivindica,tem discernimento e isto é um problema para qualquer governo brasilis.

Responder

    renato

    09 de junho de 2011 às 00h41

    Elton Jonh, a politica séria esta ocorrendo a 8 anos e voce ainda não viu, onde voce está homem de Deus…

Roberto Locatelli

08 de junho de 2011 às 21h07

A verdade é que o Brasil está com o emprego "bombando". O desemprego caiu para 6% e cairá ainda mais.

Responder

Roberto Locatelli

08 de junho de 2011 às 21h00

Essa é a ideologia neoliberal: menos programas sociais para os pobres, menos impostos para os ricos. E, claro, liberdade para o Deus Mercado arrasar o planeta.

Responder

léo

08 de junho de 2011 às 20h48

nem o mais vulnerável dos animais acuado, seria capaz de tamanha selvageria.

Responder

operantelivre

08 de junho de 2011 às 20h36

Quanto melhor a oposição mais o governo se valoriza.
Mas, esse cara…esse cara, dá nem prá classificar como oposição.
Tá mais prá um opositor desclassificado.

Responder

Márcio Gaspar

08 de junho de 2011 às 20h29

Com relaçao a frase proferida pelo Álvaro Dias eu responderia com este trecho do artigo, "Dois pesos…" de Maria Rita Kehl : A troca do emprego pelo Bolsa- Família só seria vantajosa para os supostos espertalhoes, preguiçosos e aproveitadores se o salário oferecido fosse inconstituicional: mais baixo do que metade do mínimo. R$ 200 é o valor máximo a que chega a soma de todos os benefícios do governo para quem tem mais de trës filhos , com a condiçao de mante-los na escola".

Responder

Bury

08 de junho de 2011 às 20h23

Engraçado ver que o Bolsa-Família "estimula a preguiça" até mesmo no nobre (e cinicamente falastrão) senador oposicionista, já que este não consegue sequer formular um discurso menos indolente, que saia desse lugar-comum de somente arrotar os chavões boçalóides do PiG e dos reacionários-papagaios com cérebro de amendoim. A estupidez congênita desses direitalhas não dá sinal de trégua.

Responder

SEBASTIÃO FACA

08 de junho de 2011 às 20h22

kkkkkkkkkkkkk;
Esse vidio ta demais, agora escancarou, bolsa preguiça, e a oposição segundo a gabi vivi das migalhas da imprensa. Hora tantos temas que julgo relevante para o país estão aí por fazer, as reformas institucionais tão necessárias para que asociedade possa evoluir rumo a uma democracia plena , e eles, como lula previa, estão sendo estirpados, pois estão acéfalos, não tem nenhum lanpejo de inteligencia, vivem de fuchico, proposta viáveis nenhuma. ainda bem , que continuem assim, ficará bem mais fácil pra Dilma em 2014.

Responder

Sônia Bulhões

08 de junho de 2011 às 20h08

Esse senadorzinho é mais uma vestal parida.

Responder

Paulo Nolasco

08 de junho de 2011 às 19h47

Os que mais chamam a atenção para a vagabundagem, são os mais vagabundos. FHC, Alvaro Dias e cia. façam um levantamento dos dias que possam ser chamados efetivamente trabalhados por estes senhores.
São os verdadeiros sangue-sugas do poder público, nunca trabalharam, como podem falar de um assunto que nada conhecem?

Responder

    Fabio_Passos

    09 de junho de 2011 às 00h20

    Falou e disse!
    A direita no Brasil é majoritariamente vagabunda.
    É a mentalidade escravagista que a pior "elite" do mundo ainda carrega e pratica.

    Essa moleza vai acabar, ricaiada vagabunda!

muniz

08 de junho de 2011 às 19h44

Obviamente, a abstensão ao trabalho em função do recebimento de uma Bolsa Família não seria moralmente defensável. Não obstante, se beneficiários deste programa preferíssem não trabalhar, como se diz, haveria uma redução na oferta de trabalhadores e o consequente encarecimento da mão de obra. Aí, no segundo momento, os que se recusaram a oferta no primeiro momento teríam maior incentivo para trabalhar no segundo, com salários mais altos. Isso é o equivalente ao fenômeno da "decomodification" causado pela políticas de bem estar social europeia.

Responder

    Ana Maria

    08 de junho de 2011 às 23h12

    Excelente tese!!!!!!!!!

monge sceptico

08 de junho de 2011 às 19h40

Muito bem srª Clélia Beroncini. è uma brasileira!.

Responder

GilTeixeira

08 de junho de 2011 às 19h39

Eles usam essa desculpa pra tudo há mais de 500 anos. Tudo que possa beneficiar quem está na base da pirâmide é tachado assim. Como fizeram com os ex-escravos para lhes sonegar os empregos que deram aos imigrantes eutopeus, ou quando lutaram contra as leis trabalhistas ( 8 horas diárias e salário mínimo) e quando defendiam a tal falácia de que era preciso primeiro fazer o bolo crescer pra depois dividir. Ou no caso do aumento das aposentadorias tachando os aposentados de vagabundos.
Nada de novo, só que agora fica registrado 'ao vivo e à cores'.

Responder

monge sceptico

08 de junho de 2011 às 19h37

O álvaro dias deveria ser obrigado(STALIN) a ir viver no campo, ganhando
um salário mínimo. Ou nenhum. Deveria ser preso imediatamente, junto
com o cagaceiro neto. (cangaceiro, é outra reta)
Que serviços prestam a nação esse senhor e toda a oposição invejosa e
raivosa?

Responder

Fabio_Passos

08 de junho de 2011 às 19h25

Isto é a direita.
Um desprezo escancarado pela população marginalizada.

E esta ralé ética e intelectual ainda se autodenomina "elite".
São os representantes dos interesses que construíram o Apartheid Social no Brasil.

O Brasil precisa de uma ruptura para livrar-se deste estorvo que nos mantém uma das nações mais injustas do mundo.

Responder

Clovis

08 de junho de 2011 às 19h14

Tanta pólvora queimada em torno do que diz AD… tsk, tsk, tsk. Alguém aí, em sã consciência, esperava que ele dissesse algo diferente? Pelo menos ninguém pode acusá-lo de incoerência. O boquirroto bate e nem assopra, como quem se acha o último quibe da barraquinha do Nacib…

Responder

José Flávio

08 de junho de 2011 às 19h13

O mandato desse engomado termina em tres anos e meio. Acredito que essa afirmação será um combustível altamente inflamável para ser usado por seus adversários. Acho que esse Dias pode colocar as barbas de molho.

Responder

Geysa Guimarães

08 de junho de 2011 às 19h00

Por falar em preguiça e em gente que não quer trabalhar, alguém pode me dizer se a única função de senador é atacar o adversário?
É só o que eu vejo este mr. Botox fazer.
Senador não propõe nada, só procura defeito em quem faz? Pra isso não precisamos deles, já existe a imprensa.
Aliás, em algumas democracias o Senado não existe. Abaixo esse sistema bicameral!

Responder

Maria Thereza

08 de junho de 2011 às 18h50

É só ver no Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome quantas famílias já sairam do bolsa família por terem, depois do empurrão, buscado e encontrado uma fonte de renda. Tenho certeza que já saiu muita gente.
Isso não é estímulo à preguiça.

Responder

Soraia

08 de junho de 2011 às 18h49

A instalação da miséria no país é a garantia da riqueza de poucos, muuuuuito poucos zero a esquerdas por cento!! Depois os afortunados reclamam da violência!!

Responder

Soraia

08 de junho de 2011 às 18h43

Os "preguiçosos"da sociedade suburbana, aqueles que fazem o trabalho que poucos favorecido se atreviriam a fazer, que soam a camisa no trabalho braçal, que adoecem e muitas vezes tem que fazer de conta que estão bem, ganham um salário miserável que mal paga comida, quem dirá o resto, e é quem sustentam estes tipinhos. Este tipo de comentário não tem cabimento, como pode um Ser deste tipo ser Senador. Este cidadão nunca deve ter passado fome ou dificuldade na vida, devia ao menos estudar um pouco mais sobre sociologia… Mas nem isso o mudário, isso coisa de caráter! Verme!!

Responder

strupicio

08 de junho de 2011 às 18h41

no dia que o governo instituir o bolsa-escrotidão a classe média vai nadar de braçada…

Responder

FrancoAtirador

08 de junho de 2011 às 18h38

.
.
Parece até a mulher do Serra em campanha no calçadão.
.
.

Responder

dukrai

08 de junho de 2011 às 18h31

este tipo de gente representa um certo tipo de gente que pensa exatamente assim, recionários ex-proprietários de terra saudosos da mão de obra digrátis da escravidão ou análoga, que até bem recentemente pagava peão em troca de pouca comida. andem pelo interior e vejam esses ideólogos pendurados na máquina estatal, depois de perderem as suas propriedades por inapetência e incompetência executiva.

Responder

edv

08 de junho de 2011 às 18h24

Como outros, é só verificar quantos "estimulados à preguiça" devem existir no próprio gabinete deste "prócere".

Não ganhando a mixaria do bolsa família, mas gordas remunerações, sem fazer lhufas, ou mesmo comparecer.

Tipcamente, metade indo direto pro bolso do prócere, líquido, sem encargos…

Isso é que é um "estímulo" de verdade!

Responder

Fábio

08 de junho de 2011 às 18h23

Ele não está totalmente errado. Precisamos saber escutar o outro lado de vez em quando. O PT vem arrebanhando cada vez mais eleitores com politicas de caráter assistencialista com propaganda e marketing de progressista. Isso vem tomando as bases do partido como importante arma eleitoral. O Frei Beto que era responsável do programa Fome Zero, no governo Lula pediu demissão por ver um projeto progressista se tornar uma arma de arrebanhamento eleitoral pelo PT.

Responder

    Geysa Guimarães

    08 de junho de 2011 às 18h48

    Ora, Fábio, e o que o governo deveria fazer? Anexar um papelzinho dizendo: O programa é nosso mas vc deve votar na oposição?
    Só se ganha eleição para poder fazer os programas, com votos. Portanto, atrelar é preciso.

    El Cid

    08 de junho de 2011 às 19h27

    Globo -No Ceará, Serra volta a prometer dobrar Bolsa Família

    Plantão | Publicada em 10/07/2010 às 15h06m
    CASCAVEL (CE). Na primeira visita ao Nordeste como candidato oficial do PSDB, José Serra voltou a prometer nesse sábado, em Cascavel, região metropolitana de Fortaleza, que irá expandir o programa Bolsa Família para contemplar todas as pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza.

    – Nós vamos dobrar (o número de beneficiários). Vamos apostar nessa direção, disse durante caminhada pela feira livre de Cascavel, municipio adminstrado por Décio Munhoz, do PT . – Não é um programa caro não. Especialmente se se leva em conta o proveito que a população mais carente tira dele, disse o tucano reforçando que pretende atrelar o benefício ao Programa Saúde da Familia (PSF) e a cursos profissionalizantes para jovens.

    Folha – 26/08/2010 – 09h06

    No rádio, Serra promete dobrar Bolsa Família

    Ao ar nas rádios na manhã de hoje (26), o programa do candidato do PSDB à presidência, José Serra, prometeu dobrar e melhorar o programa Bolsa Família

    Terra – Projeto de tucano pode dobrar gastos com Bolsa Família 28 de agosto de 2010 • 10h50 • atualizado em 30 de agosto de 2010 às 11h21

    O principal programa social do governo Lula pode ganhar um reforço de mais R$ 1 bilhão mensais e aumentar em mais de 20 milhões o número de beneficiados. E quem quer turbinar Bolsa Família não é nenhum ministério ou parlamentar da situação. A ideia é do senador tucano Flávio Arns (PSDB-PR), autor do projeto de lei PLS 407/2009 que altera a lei e pode mais que dobrar os gastos do governo com o projeto.

    Para o senador Alvaro Dias (PSDB-PR), membro da Comissão de Constituição e Justiça e da CAS, a medida se justifica e os gastos só aumentam "se o governo quiser". Segundo ele, os recursos já previstos no Bolsa Família poderiam ser usados no projeto, evitando a elevação dos gastos para os cofres públicos.

    com a palavra, o "troll" acima…

    Gersier

    08 de junho de 2011 às 20h48

    Vc por acaso assiste as inserções e os programas políticos de demos e bicudos emplumados?O que eles dizem em seus programas?O que o serra dizia nos seus programas eleitorais?Que fizeram isso e fizeram aquilo,muitas vezes apropriando das idéias dos outros para dizerem que eram inciativas deles.isso na sua ótica é o que?E quem foi que disse que ampliaria o bolsa família pagando inclusive um 13º nos finais de ano?

Scan

08 de junho de 2011 às 18h12

Apesar do botox a Daisy tá meio acabadinha, né não?
Azenha, Azenha, até quando vais nos brindar repercutindo falas do esgoto da política?

Responder

Bonifa

08 de junho de 2011 às 17h59

É fantástico. E um indivíduo como esse é senador da República.

Responder

El Cid

08 de junho de 2011 às 17h58

… bacana mesmo foi quando o "mr. botox" se perde, ao explicar como e o porquê solicitou a aposentadoria de ex-governador, é um momento hilário… hehehehe !!

Como que o povo do Paraná elege uma pessoa dessas?

Responder

Victor

08 de junho de 2011 às 17h28

Estimula a preguiça… porque não é ele quem precisa do dinheiro. Até pouco tempo ganhava pensão como ex-governador, completamente imoral, inclusive, e recebe salário pago pelo povo para esculachar programas de transferência de renda que beneficiam…. o povo! Brilhante!

Responder

Marcelo Fraga

08 de junho de 2011 às 17h07

Os tucanalhas são a espécie de gente mais mentirosa, oportunista e cínica que já pululou nesse país. Estes canalhas prometem ao povo o aumento do Bolsa Familia na eleição e depois de tomarem um baile da Dilma, voltam aí dizendo que o BF sustenta vagabundo.

Vagabundos são estes imbecis que se orgulham de frear o desenvolvimento do país quando se felicitam por barrar n projetos de lei do PT e aliados.

Por que ele não chama de preguiçosos e vagabundos aqueles que vivem de renda, de juros, de especulação financeira? Não chama porque tem rabo preso, porque ele e/ou gente do partidinho dele assim se sustentam.

Responder

mello

08 de junho de 2011 às 16h58

Um partido em que seus representantes chamam os aposentados de vagabundos e os pobres de preguiçosos tem tudo para prosperar, não?

Responder

Lousan

08 de junho de 2011 às 16h57

acho que o grande problema é a massificação, onde sempre vão ter algumas frutas podres que vão servir de base para que outros falem mal e generalizem tudo…

apenas compartilhando uma ação espanhola. La também existem as bolsas e nessa época de crise a mais usada é a bolsa desemprego, a diferença que acho muito sustencial é que o governo promove cursos de atualização durante o período em que a pessoa está recebendo a bolsa, se a pessoa deixa de comparecer a 3 cursos o governo corta o benefício. Além disso, neste tempo ele também agenda algumas entrevistas e se o cidadão não vai a alguma entrevista, não demonstra interesse, ele também tem o benefício cortado.

não sei o quanto isso custaria aos cofres publicos, mas acredito ser uma forma teoricamente simples e ótima do governo participar da inclusão, melhorar a qualidade do empregado e separar as frutas podres das frutas boas para assim não ter mais problemas como esse vídeo…alem de manter a economia sempre girando

Responder

Gerson Carneiro

08 de junho de 2011 às 16h55

Isso prova que o Álvaro Dias não conhece o Brasil e não sabe o que é miséria.

Pois bem, se o Bolsa Família vicia na preguiça uma família necessitada, o que uma pensão no valor de R$ 1.600,00 (a título de aposentadoria especial para ex-governadores) requerido pelo Álvaro Dias provoca na pessoa desse político?

É uma indecência negar os benefícios do Bolsa Família para uma família necessitada e requerer, para si, do governo do Paraná, uma pensão vitalícia (ainda mais nesse montante).

P.S. Observem como a Marília Gabriela rapidinho empurra o vexame para debaixo do tapete. Abafa.

Responder

    FrancoAtirador

    08 de junho de 2011 às 19h54

    .
    .
    Caro Gerson Carneiro.

    Faltaram 3 zeros no valor da pensão.

    Álvaro Dias estava pedindo R$ 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais).

    "O senador Alvaro Dias (PSDB-PR), que foi governador do Paraná, solicitou ao governo do Estado o pagamento retroativo de cinco anos da aposentadoria de R$ 24,8 mil concedida a ex-governadores. Caso o pedido seja aprovado, o senador pode receber cerca de R$ 1,6 milhão."

    E a aposentadoria só foi cancelada, após parecer da Procuradoria-Geral do Estado do Paraná, depois que vieram a público denúncias de tentativa de enriquecimento às custas do erário publico paranaense.

    "A Secretaria da Administração e da Previdência do Paraná informou nesta quinta-feira que foi cancelada a aposentadoria especial de ex-governador do senador Alvaro Dias (PSDB). A decisão foi tomada com base no parecer da Procuradoria-Geral do Estado, que recomendou a suspensão do pagamento de R$ 24 mil por mês, feito desde novembro do ano passado, por considerar que a aposentadoria especial foi requerida fora do prazo legal de cinco anos. Alvaro governou o Paraná até 1991, mas só pediu aposentadoria em outubro de 2010.
    O benefício foi suspenso em janeiro e, como Alvaro Dias não recorreu da decisão, o pagamento foi cancelado. A secretaria também negou o pagamento retroativo de R$ 1,4 milhão referentes ao período a que o senador teria direito à aposentadoria, mas não recebeu.
    Alvaro Dias justificou o pedido tardio da aposentadoria a um apelo de instituições de caridade. Segundo ele, ao saber que, pela Constituição, o ex-governador teria direito a R$ 24 mil mensais, mas não recebia esse valor, entidades pediram para que o senador solicitasse a aposentaria para doar às instituições.
    O senador disse que doou integralmente os valores recebidos nos meses de novembro, dezembro e janeiro. Ele não terá que devolver o dinheiro. Ao todo, nove ex-governadores recebem aposentadoria especial no Paraná. O último governador do Estado, Orlando Pessuti (PMDB), que exerceu o cargo por nove meses, passou a receber o benefício no mês passado.
    A aposentadoria para ex-governadores está na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF), que julga a constitucionalidade do benefício. Paralelamente, tramita na Assembleia Legislativa do Paraná uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que põe fim às pensões aos ex-governadores e às viúvas de ex-governadores."
    .
    .

    Gerson Carneiro

    08 de junho de 2011 às 22h12

    Verdade. Falhei ao escrever.
    Álvaro Dias disse que doou integralmente os valores recebidos nos meses de novembro, dezembro e janeiro. Ou seja, incentivou a preguiça.

    FrancoAtirador

    09 de junho de 2011 às 01h09

    .
    .
    Agora me dispertaste o senso de curiosidade:

    Quem será que assinou esses recibos de doação ?

    Haverá algum nome daquela lista lá embaixo ?
    .
    .

Eduardo Raio X

08 de junho de 2011 às 16h45

Eles os TucanoSSAUROS REX quebraram o Brasil por três vezes, venderam as estatais na bacia das almas e até os dias de hoje não sabemos que fim levou a mixaria a recadada, começaram um plano de sucateamento do parque industrial, desqualificaram o ensino no país, abriram a porta para agiotagem internacional( bancos e financistas), por um triz quase internacionalizaram a nossa Amazonia Brasileira e por fim queriam criar na mente do povo brasileiro que nós não somos capazes de desenvolver, progredir e ascender a uma melhora social, econômica e política. Álvaro Dais um ser em extinção na vida pública. É perguntar para ele quanto a banca de fora levou sem aqui tornear um parafuso????

Responder

carlos hely

08 de junho de 2011 às 16h37

Políticos desse PSDB sempre foi assim mesmo. O FHC chamou os aposentados de vagabundo e eles adoram descer o pau em manifestações. Esse é o PSDB!

Responder

leandro

08 de junho de 2011 às 16h26

Errou o alvo. Não sou serra e nem tucano e muito menos fhc. Tento dar meu voto em candidatos honestos e to vendo que cada vez mais ta dificil achar um. Agora, defender como membro de um partido esquerdista um safado como o palocci é dose. Isso não é luta partidária, é torcida de futebol. É fanatismo cego. Se é do meu time pode tudo se for do adversário é bandido. Para mim nada diferencia palocci de um maluf.

Responder

lia vinhas

08 de junho de 2011 às 16h10

Quem critica o bolsa-família faz parte parte daquela tchurminha de gente muy fina, que não assina carteira de empregada(o), não usa educação e saúde públicas, vive em mundinhos a parte, como Barra, Hisgienópolis e afins e, sonega muuuuito o Imposto de Renda. Ah! e adooora passar as férias nas Ilhas Caimã, para guardar unzinhos e nos EUA, sua Pátria de coração.

Responder

    Bianca

    08 de junho de 2011 às 20h51

    O pior é que a turma que critica o bolsa-família é bem maior do que se pensa Lia… Já tive várias conversas com colegas meus na universidade e alguns deles já me disseram o quanto são contra esses problemas assistenciais do governo. Fiquei abismada com a convicção deles em afirmar que no capitalismo todos tem a oportunidade de crescer… E olha que moro no interior da Bahia, não conheço lugar por aqui onde a pobreza se esconda!

    Werner_Piana

    18 de junho de 2011 às 21h37

    É, Bianca. Os poderes (podres) infindáveis da velha midia…
    E uma turma jovem em grande maioria apartada da realidade, ensimesmada em sua bolha de riquezas.

    Lamentável…

Álvaro

08 de junho de 2011 às 16h07

"quarta-feira, 20 de maio de 2009
Álvaro Dias é dono de seu escritório político, mas cobra aluguel do Senado

O senador paranaense Álvaro Dias (do PSDB de José Serra), que se autoproclama paladino da ética, usa verbas do senado para pagar aluguel de escritório político, mas o escritório é dele mesmo.

De acordo com a declaração de bens entregue ao TSE em 2006, entre os 12 imóveis urbanos, e 2 propriedades rurais, destaca-se, marcado em vermelho, um conjunto de salas comerciais:

Conjuntos 501 e 503 na Rua Comendador Araújo, 510."…………………………

………………… http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2009

Responder

marcio mino

08 de junho de 2011 às 16h05

Não entendo os "tucanalhas", eles sabem que esse discurso já não cola mais e voltam a repeti-lo sem cerimônia, o pior que muita gente já percebeu que mais do mesmo tem conotação com vazio programático, por sorte eles não percebem isso.

Responder

Rasec

08 de junho de 2011 às 16h00

Nem se enganem com Marília Gabriela! Essa moça é tucana de alta penugem! É só assistir ao programa dela no GNT. Qualquer entrevistado que for fazer o mínimo de elogio ao ex-PResidente Lula ela muda de assunto: Caco Barcelos, Wagner Moura e tantos outros!
Aliás, por falar em enriquecimento lícito, quanto será que ganha essa moça trabalhando na Cultura, no SBT, no GNT e fazendo tanta publicidade, além de atriz (!) ?

Responder

    Klaus

    08 de junho de 2011 às 16h28

    O que tem de ilícito ela ganhar salário para trabalhar na Cultura, SBT, GNT , fazendo publicidade e como atriz? Ganha tudo com trabalho, não? Mas respondendo a sua pergunta, num mês ele deve tirar mais que eu e você recebemos em cinco anos, por baixo.

    kalango Bakunin

    08 de junho de 2011 às 20h49

    ué, ela salvou a tucanalhada ao cortar o discurso imbecil do líder botox das viúvas da ditadura

    senão ele ia falar também contra a Petróbrás,
    o Pré-Sal,
    o SAMU,
    o Luz para Todos,
    a Minha Casa Minha Vida,
    as novas universidades e escolas técnicas, o salário mínimo dos professores,
    o PROUNI,
    as cotas raciais,
    os PACs,
    o Pibão,
    a Copa do Mundo,
    as Olimpíadas,
    o Mercosul y muchas cositas más

    cerra, fhc et caterva devem querer que o metrosexual botoxado vá logo pros quintos dos infernos

    marília fêz seu papel de tucana, cortando a fala desse muar

Álvaro

08 de junho de 2011 às 16h00

Os tucanos brigam entre si:

"Beto havia mencionado o governo do ex-governador e senador Álvaro Dias, irmão de Osmar. Álvaro não é esquecido até hoje por causa da agressão contra os professores durante uma manifestação em 1988, quando Álvaro era governador. Álvaro, aliás, é do PSDB, mesmo partido de Richa."
http://www.bocamaldita.com/1119723383/beto-richa-

Responder

Marcelo

08 de junho de 2011 às 15h57

É muita cara de pau desse parasita corrupto falar do bolsa familia , um canalha desse naipe devria lavar a boca com sabão antes de falar qualquer coisa dos pobres do meu país , o Sr. Álvaro Dias é sujo e hipocrita . Cadei pra ele é pouco .

Responder

Álvaro

08 de junho de 2011 às 15h57

Só uma pequena notícia sobre o honorável senador:
http://www.triangulomineiro.com/noticia.aspx?catN

Responder

Elisabeth

08 de junho de 2011 às 15h41

Patético! Além de demonstrar ignorância sobre o programa bolsa família, é um cínico! Goza de tantos benefícios por ser político. Vive de tantas regalias e tem a cara de pau chamar bolsa família de bolsa preguiça! Todos ja sabem que bolsa família não é apenas distribuir renda, é uma porta de oportunidades, esta vinculada a educação, com crianças na escola alem de aumentar a renda na economia local…
Viram a Marília Gabriela jogando na cara que a oposição só sabe ir atrás das denuncia da mídia ? Impagavel ! hahahahahah

PS. Vestindo a camisa do #BrasilSemMIseria

Responder

Julio Silveira

08 de junho de 2011 às 15h25

Será que o povo paranaense merece essa triste figura?

Responder

    kalango Bakunin

    08 de junho de 2011 às 20h51

    merece sim, com juros e correção monetária
    eita povinho b_nda, como dizia o Bussunda

filho

08 de junho de 2011 às 15h20

É legítimo criticar o bolsa-família. Estmos numa democracia e existem posições divergentes. Mas o oportunismo, criticável. Ora, o próprio candidato do PSDB, da qual este senhor apoiou com unhas e dentes, prometou AUMENTAR o bolsa família, entre outras políticas assistencialistas de plantão. Agora, depois de derrotados alegam que era só brincadeira as promessas de campanha. Estão querendo ofendar a inteligência do ouvinte/leitor? O PSDB é e sempre será um partido que representa os interesses dos ricos e poderosos.

Responder

Daniel

08 de junho de 2011 às 15h10

Hehe…..nas próximas eleições vamos mostrar para o BRASIL o que ele pensa dos projetos sociais .

Responder

SergioRDG

08 de junho de 2011 às 14h25

É claro, ele quer guardar pra aumentar os 26 mil mensais mais comissões e facilidades e mais a aposentadoria por ser ex-governador do PR. Dá vergonha ter um cara desses, arrotando caviar, falar que pessoas miseráveis, sem vontade, cheias de lombrigas e com sérios problemas decorrentes da miséria, ficam vagabundas por receber míseros 100 por mês. Me lembra na minha época de escola em que os livros diziam que os escravos negros foram trazidos para o Brasil porque os índios, usados nessa função, "não gostavam de trabalhar". ASSSCOOOO!

Responder

FrancoAtirador

08 de junho de 2011 às 14h07

.
.
O incompetente não conseguiu sequer ser vice do Serra:
perdeu a vaga para o Índio do DEM viciado em Farc.

E o filantropo senador tucano do Paraná
ainda faz "caridade" com dinheiro do povo paranaense:
.
.
Vice de Cerra pode ser expulso do PSDB

PHA-Conversa Afiada

Como se sabe, o generoso e caridoso Senador Álvaro Dias foi vice do Padim Pade Cerra por 24 horas.
Substituído pelo monarquista e louco por merendas, o Índio.
Álvaro Dias requisitou a aposentadoria como governador do Paraná – quando tratou os professores a vara, como seu candidato a presidente quando governador de São Paulo.
Mas, “retroativamente”. O que lhe renderia R$ 1 milhão e 600 mil.
Depois, informou que queria o dinheiro para doar a "instituições de caridade".
Outro Santarrão, como o seu candidato a presidente.
.
.
RELAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES QUE EVENTUALMENTE RECEBERÃO
A PRESTIMOSA DOAÇÃO DO LÍDER DO PSDB NO SENADO:
.
.
CONGRESSO EM FOCO
Campanha eleitoral em 2006
Senador-Paraná
Álvaro Dias (PSDB-PR)
Data de nascimento – 07/12/1944
Bens declarados – R$ 1.904.924.82
Total das despesas – R$1.523.383,99
Total das receitas – R$ 1.523.384,21

Principais doadores

Unimed do PR Fed. Est. Coop. Médicas, Alvaro Fernandes Dias, Klabin S/A, Paraná Banco S/A, Paulo Sérgio M. Soares, Norb. Odebrecht, Wilson de Matos Silva, Laminete S/A Lâminas e Compensados, Central Produção Digital Ltda., Hélio Moacyr de Souza Duque, Sita Concrebrás S/A, Soedmar Soc. Educ. Maringá S/A, José Domingos Linares & Cia. Ltda., J. Malucelli Constr. Obras S/A, Socieda Educ. de Maringá S/C Ltda., Armando Ruy & Cia. Ltda., Norske Skog Pisa Ltda.

É DANDO QUE SE RECEBE !
http://congressoemfoco.uol.com.br/upload/congresshttp://www.conversaafiada.com.br/politica/2011/01

Responder

CLAUDIO LUIZ PESSUTI

08 de junho de 2011 às 13h51

Interessante, nao era o Serra, do partido dele que ia "ampliar" "aumentar" "dar o 13o. do Bolsa Familia"?Esses caras sao uns canalhas!

Responder

    Geysa Guimarães

    08 de junho de 2011 às 18h50

    Bem lembrado, Cláudio, bem lembrado.

Werner_Piana

08 de junho de 2011 às 13h35

o ASCO que este elemento senador botocado me causa é um espanto.
Meu sangue ferve quando este desclassificado vomita suas iniquidades, suas mentiras compulsivas, seus sofismas.
Meu sangue ferve. Triste república que possui um elemento desclassificado destes no senado. Triste república.
:/

Responder

    Almeida Bispo

    08 de junho de 2011 às 14h20

    "Triste república que possui um elemento desclassificado destes no senado. Triste república. "
    Discordo! Esse tipo de… de… de… deixa pra lá, é parte de qualquer democracia. O que entristece é saber que temos uma mídia partidarizada e toda de um só lado, a usar esse tipo de criatura como boca de lobo e aquele cheiro que desta costuma sair. Aqui, sim, está o perigo: uma ditadura aparentemente democrática.

    Fátima Pereira

    08 de junho de 2011 às 14h22

    Werner………..minhas células também entram em colapso……acrescento também ARTUR VIRGÍLIO…..ACMN…………..AGRIPINO………..CAMBADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    João Vieira Filho

    09 de junho de 2011 às 01h33

    Caro Werner, é exatamente o que penso desse crápula. Para o FHC aposentado é vagabundo e essa tia enfadada, o Álvaro, chama pobre de preguiçoso, o mesmo pobre que paga o salário dele no senado.

Marat

08 de junho de 2011 às 13h33

É difícil sair algo que preste, da mente desse senhor!

Responder

José Eduardo Camargo

08 de junho de 2011 às 13h30

E o bolsa-político mantém um vagabundo como esse no Congresso! Esse é um dos mais notórios abutres da oposição, não por acaso presidente do partido tucano. É, em suma, uma oposição que trabalha ativamente, incansavelmente contra o país e seu povo. Que eu saiba, em países civilizados, oposição opõe-se ao governo, nunca contra o próprio país. Mas não os tucanos e seus sócios da mídia-empresa. Não! O que importa é foder o país! Ademais, eles não conseguem esconder um racismo subjacente em suas posições e discursos. Porque o que os move na verdade é um ódio mal disfarçado pelo país e seu povo. Basta! Eles que se mudem pra Miami, Paris ou Nova Yorque, onde poderão exercer com gosto seus notórios talentos para o servilismo mais vil!

Responder

    claudenir

    08 de junho de 2011 às 14h09

    Mandou josé!

    Roberto Jr.

    08 de junho de 2011 às 14h45

    Aí é que está o grande problema: se eles se mudarem para Miami, Paris ou Nova York e continuarem a fazer o que fazem aqui no Brasil, invariavelmente eles irão parar na cadeia!

    Por isso que essas pragas (e os wannabes que admiram as idéias retrógradas deles) não largam o osso, mesmo tendo condições financeiras para isso!

    José Eduardo Camargo

    09 de junho de 2011 às 13h34

    Vc tem absoluta razão! Onde o Estado de Direito vige com plenitude, esses bandidos engravatados acabariam na cadeia. Ademais, os criminosos da high society brasileira sabem que aqui a justiça (e o "j" é minúsculo porque nossa justiça é minúscula!) nunca os alcança. Daí porque nunca largam o referido "osso", ou seja, o Brasil. Abraço!

KNeto

08 de junho de 2011 às 13h29

Há muitos anos, quando não tinha cabelo, ele era (aparentemente) mais sério

Responder

leandro

08 de junho de 2011 às 13h10

E ganhar 20 milhoes num ano e se dizer partidário dos trabalhadores? E comprar apartamento de 6 milhões e pregar que luta pela igualdade?? E receber vultuosas comissões de grandes bancos e falar que é esquerdista??

Responder

    Leider_Lincoln

    08 de junho de 2011 às 13h24

    Tem que ser como o Serra, um "pobre" "professor" não é mesmo? Ilibadíssimo! Um arco-íris de emoção! Pode chamar qualquer cunhado para demonstrar a honestidade tucana, não pode!?!

    leandro

    08 de junho de 2011 às 16h26

    Errou o alvo. Não sou serra e nem tucano e muito fhc. Tento dar meu voto em candidatos honestos e to vendo que cada vez mais ta dificil achar um. Agora, defender como membro de um partido esquerdista um safado como o palocci é dose. Isso não é luta partidária, é torcida de futebol. É fanatismo cego. Se é do meu time pode tudo se for do adversário é bandido. Para mim nada diferencia palocci de um maluf.

    Geysa Guimarães

    08 de junho de 2011 às 18h53

    Leider:
    Vc esqueceu que é filho de hortifrutigranjeiro? Não sei se é por isso, mas assim que voltou do exílio voluntário e adentrou a política, não parou mais de chover na horta dele.

    Virginia

    09 de junho de 2011 às 11h37

    Por que para justificar uma corrupção do Palocci ou do PT você cita uma corrupção ou um fato de outro partido e não usa argumentos que realmente justifiquem as de seu partido? Pela sua foto, senhor Leider, o senhor me parece uma pessoa culta, a ponto de saber que não é pq criticamos seu partido sujo somos tucanos, do dem ou qualquer outro partido que vocês consideram oposição.

    José Eduardo Camargo

    08 de junho de 2011 às 18h25

    Desde o 1º mandato do Lula, quando Palocci foi para o Min. da Fazenda, temi pelo país. Agora, espero sinceramente que ele faça o favor de sair do partido e da política. Mas se quiser continuar na seara política, ele que assuma de vez seu oportunismo e ingresse de vez no ninho pútrido dos tucanos.

Gersier

08 de junho de 2011 às 13h09

Uai sô,mas não eram eles os tucanalhas e demos que prometiam na campanha presidencial passada dobrar o valor do Bolsa Família? Esses cínicos e cara de pau deveriam ser varridos da vida pública brasileira.

Responder

ZePovinho

08 de junho de 2011 às 13h02

Digite o texto aqui![youtube UfFLHexJnUA http://www.youtube.com/watch?v=UfFLHexJnUA youtube]

Responder

    Roberto Locatelli

    08 de junho de 2011 às 21h05

    Para quem é de esquerda, a mensagem desse trecho do filme "O Máscara" é a seguinte: para fazermos a Revolução, temos que conquistar os corações e mentes das forças armadas ou, pelo menos, de setores dela.

    O Máscara representa o revolucionário (Cuban Pete). A SWAT simboliza as forças armadas.

    marcio_cr

    08 de junho de 2011 às 21h28

    Que maniqueismo barato.

Micuim

08 de junho de 2011 às 12h57

Só podia ser o Álvaro Dias! O demo lá das profundezas deve ter um lugarzinho de honra reservado para ele. Vade retro coisa ruim!

Responder

El Gordo

08 de junho de 2011 às 12h55

Ninguém comenta o fato que a Marilia Ganriela na sequência coloca o Alvaro Dias contra a parede dizendo por quê a oposição faz seu trabalho com o clipping da Imprensa Golpista debaixo do braço, e ele gagueja na hora que ouve – sendo que, no começo do ano, ele foi muito macho em bater boca com a Gleisi Hoffmann (outrora Senadora e agora Ministra-Chefe da Casa Civil) quando ela mostrou exatamente isso: a "Carona" do Tucanato em se mostrar como ínclito defensor da democracia.

em bom internetês: OWNED.

Responder

ZePovinho

08 de junho de 2011 às 12h48

Álvaro Dias(PSDB-PR) é O MASKARA,de tanto que faz plástica.Como já tinha visto o vídeo,declinarei de maiores comentários sobre esse senador do Paraná e forte concorrente de Jim Carrey no papel acima referido.
Acho até que o Álvaro vai causar a demissão do Jim Carrey nas filmagens do próximo filme de "O MASKARA".Álvaro,afinal de contas,tem maquiagem permanente………….

Responder

marcio_cr

08 de junho de 2011 às 12h43

E quem disse que ele está errado?
Não sei se é felizmente ou infelizmente, mas para um empregador conseguir um empregado de carreira assinada tem que cobrir a bolsa muitas vezes, e alguns, nem assim.

Felizmente pq dificulta a exploração da mão de obra, que aproveita da miséria para contratar pessoas em sub-empregos. E infelizmente pq muitos preferirão ganhar a mesada do estado do que trabalhar.

Responder

    Otto

    08 de junho de 2011 às 13h30

    Mas o pior é os que vivem às custas da mesada do rentismo.

    Almeida Bispo

    08 de junho de 2011 às 14h24

    E a turma do imposto "quase" pago? Aquela que sempre troca de razão social a cada três anos? Que vive, naturalmente, indignada com o "impostômetro", essa invenção dos "justiceiros" em nome da DASLU?

    leandro

    08 de junho de 2011 às 16h47

    Voce concorda com a carga tributária e o retorno dos impostos que o povo brasileiro recebe? Ou voce é empregado do lula ou é traficante.

    Pedro1

    08 de junho de 2011 às 22h28

    É por isso que não temos oposição no Brasil. Com argumentos desse nível você vai longe. Já já chega no nível Álvaro Dias.

    J Fernando

    08 de junho de 2011 às 13h44

    Vc se candidata? (receber R$ 130,00 por mês, manter os filhos na escola, pagar todas contas, água e luz, alimentos). Lembrando que é a esposa que recebe o bolsa-família, não os maridos)

    Panambi

    08 de junho de 2011 às 13h49

    Quando chegares no século XX manda um e-mail…..

    Jorge Nunes

    08 de junho de 2011 às 14h02

    Na verdade o Bolsa Família se mostra ter uma porta se saída muito grande. Estimulou a criação de empregos e aumento de salários que resultou em mais consumo, exigindo mais empregos e mais salários. Como resultado você não acha mais pedreiro, empregada e marceneiro a salários baixos.

    Só pra comentar

    08 de junho de 2011 às 14h35

    Rooonc…… as mil faces de Carem Leporace…

    Nadja

    08 de junho de 2011 às 19h26

    rs meodeosss mai mininuuu – quer dizer que está sendo difícil conseguir um empregado com carteira assinada por causa de 130 reais…
    Prestençaããão criatura… o salario mínimo é 545 a bolsa 130…pare com essa conversa fiada que esse é o principal argumento de quem nem sabe como o bolsa-família é pago e nem quanto é. Vai na página da CEF se informar antes de contar lorota aqui. E veja se consegue ler e entender a página….

    marcio_cr

    08 de junho de 2011 às 21h24

    Acho engraçado que ninguém leu o "felizmente".

    Márcio Gaspar

    08 de junho de 2011 às 20h52

    Se o salário mínimo instituicionalmente constituído é R$ 545,00 e o Bolsa Família, no máximo, que uma familia pode receber é R$ 200,00, mas o sujeito deixa de trabalhar por um salário de 545,00 para receber 200,00. Isso mostra que o patrao está pagando menos da metade do sálario minimo. Nao é isto marcio_cr? Acho que o Bolsa Familia está dificultando a exploraçao da mao de obra, entao, é por isso que o patrao anda reclamando do absurdo de nao conseguir mais empregados para ganhar 100,00 reais, né?

    marcio_cr

    08 de junho de 2011 às 21h23

    Por isso eu disse, felizmente ou infelizmente.
    O Felizmente vem pq para o empregador, esse terá que desembolsar muito mais para empregar uma pessoa. Que no caso, estavam acostumados a pagar salario de sub-emprego, isso quando pagavam, ao trabalhadores.

    O infelizmente pq tem sim pessoas que não saem de casa pq já tem seus 200 reais por mês garantido.
    Da mesma maneira que não é tão incomum assim achar familias que vivem da aposentadoria de seus aposentados.

    kalango Bakunin

    08 de junho de 2011 às 20h54

    eita, leporina lumbricoide, vc teve coragem de vomitar o cérebro aqui?

    Fabiano

    09 de junho de 2011 às 12h04

    Vc e a tumra do PSDB podem ter essa opinião SÓ NÃO escondam na época de eleição.

Clélia Bertoncini

08 de junho de 2011 às 12h39

Estou cansada de ouvir tanto de semiobesas e botocadas trocando idéias com almofadinhas ou metrosexual sobre essassunto: ue absurdo dar dinheiro para gente que não faz nada. E dizem isso geralmente enquando tentam se acomodar na cadeira do restaurante para poderem degustar UM fausto almoço, cuja conta supera o valor do bolsa família para alimentar durante UM MES TODAS as pessoas de uma família inteira!!!

Responder

    Virginia

    09 de junho de 2011 às 11h48

    E aposto que a senhora é uma daquelas que é contra qualquer tipo de preconceito….. quanta hipocrisia…


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding