VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Manhattan Connection, campeão do liberalismo, é estatizado e incorporado à campanha de João Doria
Reprodução
Política

Manhattan Connection, campeão do liberalismo, é estatizado e incorporado à campanha de João Doria


23/11/2020 - 16h58

Da Redação

Descartado pela GloboNews, provavelmente por causa dos custos, o programa Manhattan Connection, um campeão do liberalismo com tintura chique, foi estatizado.

Os custos do programa serão pagos pela TV Cultura, através dos contribuintes do estado de São Paulo, com dinheiro público.

A atração, coordenada pelo jornalista Lucas Mendes, desde Nova York, é plataforma para a propagação das ideias mais retrógradas do neoliberalismo norte-americano, especialmente através dos reacionários Diogo Mainardi, Caio Blinder e Ricardo Amorim.

Amorim é famosamente conhecido por dizer que SÓ três coisas funcionam em Cuba: segurança, educação e saúde.

Mainardi é um mentiroso contumaz, conhecido pelos comentários preconceituosos em relação ao Nordeste brasileiro só pelo fato de que o PT de Lula sempre obteve, na região, seus melhores resultados eleitorais.

Recentemente, a jornalista Mônica Bérgamo resgatou uma entrevista em que o pai de Mainardi, o publicitário Enio Mainardi, fez declarações racistas.

O filho, ao falar do Nordeste, não ficou muito atrás.

Agora estatizado, o programa deve servir à campanha do tucano João Doria em 2022.

Para os telespectadores desavisados, Manhattan invoca a modernidade e Doria, lobista e marqueteiro, deve tirar proveito do antipetismo expresso por Lucas, Mainardi, Amorim e Caio Blinder, propagandista do extremismo de Israel na televisão.

O programa, que já existe há 27 anos, sempre discutiu a possibilidade de extinção do PT, mas correu o risco de acabar não fosse resgatado pelo Estado de São Paulo.





5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

R

25 de novembro de 2020 às 10h36

Matéria tendenciosa no mínimo, Manhattan connection é um ótimo programa, se pessoas de ambos os extremos se incomodam com o que é dito no programa significa que ele está no caminho certo. Pago meus impostos com orgulho se for para um programa de televisao de boa qualidade, o que está em falta hoje em dia.

Responder

Davi

25 de novembro de 2020 às 10h07

Só pra lembrar que eles falam que o PSDB(partido do dória) deve igualmente acabar. Um mínimo de imparcialidade e honestidade faria bem heim?!

Responder

+almeida

24 de novembro de 2020 às 19h31

São Paulo, e seu empresariado, está quebrado e vulnerável quanto galho seco em tempestade. Os sangue sugas, dependentes do estado brasileiro, desfraldam suas incompetências e suas impossibilidades de existência por meios e/ou por competências próprias, da mesma forma que PSDB e Manhattan Connection demonstram claramente ao mundo, todos os seus fracassos. Estão envergonhados e incomodados até hoje, com a aula de competência, crescimento e admiração que Lula e Dilma proporcionaram ao Brasil.

Responder

Zé Maria

23 de novembro de 2020 às 19h26

Esses são Antipetistas, Fascistas de Mercado.
Não importa Pandemia, Carrefour e Racismo,
aceitam qualquer coisa de Guedes/Bolsonaro,
se apresentarem propostas contra o Trabalhador.

Responder

Zé Maria

23 de novembro de 2020 às 17h28

Olha só a Mídia Fascista voltando ao Ninho Tucano!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding