Luis Felipe Miguel: O coronel Cid fardado, a mentira do Exército, o indefectível José Múcio, o golpe — e Lula

Tempo de leitura: 2 min
Depoimento do tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Bolsonaro, na CPMI do golpe, em 11/07/2023. Foto: Lula Marques/Agência Brasil

O coronel Cid, os militares, o golpe – e Lula

Cid, que não é tão tolo quanto parece, trocou de advogado faz pouco tempo. O novo é um especialista em delações premiadas. O recado foi dado. O comando do Exército mostrou que entendeu. Enquanto isso, o ministro da Defesa de Lula, o indefectível José Múcio, corre para defender os generais

Por Luis Felipe Miguel*, no Fórum 21

O coronel Mauro Cid optou por ficar calado na CPI. Já era esperado. A surpresa foi ele ir fardado.

Pior, o comando do Exército fez questão de anunciar que partiu dele a orientação para que Cid comparecesse assim.

Quando a coisa pegou um pouco mal, o Exército adotou sua manobra militar favorita: mentiu. Disse que era regra que todos os militares da ativa depusessem fardados.

Mas Jean Lawand, coronel da ativa e conspirador golpista como Cid, o do “sem aloprar”, prestou depoimento vestido de civil, há duas semanas.

O que o Exército sinaliza é que está do lado de Cid, tanto que se dispõe a intimidar o Congresso.

Certamente não é uma manifestação de solidariedade ao coronel, nem mesmo deferência a seu pai, também Mauro Cid, que é general de pijama.

O Exército teme que ele dê com a língua nos dentes e comprometa gente graúda, de generais do Alto Comando até o próprio Jair.

Cid, que não é tão tolo quanto parece, trocou de advogado faz pouco tempo. O novo é um especialista em delações premiadas. O recado foi dado. O comando do Exército mostrou que entendeu.

Enquanto isso, o ministro da Defesa de Lula, o indefectível José Múcio, corre para defender os generais.

Afirmou que Cid fardado “não foi afronta” ao Congresso. Antecipou julgamento afirmando que o comando do Exército “não participou daquilo” – e falou “aquilo” para não ter que falar “golpe”.

Elaborou uma “tese” dizendo que os militares estão divididos entre “legalistas” (onde???) e “indignados”.

Sim, “indignados”. É quase um elogio ao caráter dos golpistas.

Lula está mexendo no governo para acomodar o Centrão. Vai ceder ministérios, a Caixa Econômica, o escambau. É o jogo, dirão os pragmáticos.

Pois é em nome do realismo político bem compreendido que Lula precisa trocar seu ministro da Defesa, colocando no cargo alguém comprometido com o primado do poder civil.

Sem isso, a democracia que queremos construir sempre será frágil e instável.

*Luis Felipe Miguel é doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e professor titular do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasilia (UnB), onde coordena o Grupo de Pesquisa sobre Democracia e Desigualdades (Demodê). Entre os livros de sua autoria estão Mito e discurso político (Editora Unicamp, 2000), Política e mídia no Brasil: episódios da história recente (Plano, 2002), O nascimento da política moderna (Editora UnB, 2007), Caleidoscópio convexo: mulheres, política e mídia (com Flavia Biroli, Editora Unesp, 2011), Feminismo e política: uma introdução (com Flavia Biroli, Boitempo, 2014), Democracia e representação: territórios em disputa (Editora Unesp, 2014) e Consenso e conflito na democracia contemporânea (Editora Unesp, 2017).

Leia também:

Moraes: ‘Elevadíssimo’ o número de visitas a Mauro Cid; 73 em 19 dias; na lista, ex-comandante do Exército e advogado de Bolsonaro

Jeferson Miola: Se Mauro Cid “cumpria missão” no golpe, cúpulas militares foram mandantes


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Aristeu Alves Lima

Bruzundanga, o teu nome é Aragarças, sobrenome Jacareacanga.

Zé Maria

Documentário

“ATO 18: O GOLPE CONTRA LULA”

Estão sendo Publicados em Vídeo os Episódios da Série Documental
“ATO 18: O GOLPE CONTRA LULA” dirigida pelo Jornalista Luiz Carlos Azenha.

O Roteiro do Documentário é ilustrado com cenas anteriores e posteriores
ao 8 de Janeiro e com reportagens e entrevistas inéditas.

Inclusive há Revelações de alguns Incitadores e Patrocinadores do Crime.

Episódio 1: Introdução
https://youtu.be/QLPo5K2xzc4

Zé Maria

Documentário

“ATO 18: O GOLPE CONTRA LULA”

Episódio 2: ” A FESTA DA ‘SELMA’ ”
https://youtu.be/xixa3q0lUZ4
https://twitter.com/RogerioCorreia_/status/1680359295106404352
https://twitter.com/RogerioCorreia_/status/1680359563571208194

Clóvis Teixeira Marques

É uma pergunta que sempre faço: esse tenente coronel será promovido a general? General de 4 estrelas???

Zé Maria

Que tal colocar o Senador Sergio Moro no Ministério da Defesa?
O Governo teria, pelo menos, os Votos dos Cônjes no Congresso.

Zé Maria

.

“Os Bolsonaristas não terão a Menor Compaixão pelo senhor, Coronel Cid,

porque é da Lógica do Bolsonarismo a Ausência Completa de Solidariedade”

PASTOR HENRIQUE VIEIRA
Deputado Federal (PSoL/RJ)
https://twitter.com/i/status/1679437301774950400

https://revistaforum.com.br/politica/2023/7/14/video-didatico-henrique-vieira-explica-por-que-bolsonarismo-nefasto-139472.html

Deixe seu comentário

Leia também