VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Liberdade, essa palavra (a rede de proteção do Aécio)


23/04/2011 - 01h16

por Luiz Carlos Azenha

Diante dos recentes acontecimentos envolvendo o senador Aécio Neves, achei que seria instrutivo trazer de volta um documentário feito em Minas Gerais a respeito do controle do ex-governador sobre a mídia mineira: o Liberdade, essa Palavra.

É de autoria do jornalista Marcelo Baêta.

Clique aqui para ir ao Amplifique-se e ver Gagged in Brazil, outro documentário que denuncia a censura em Minas Gerais.

Clique aqui para a segunda parte do Liberdade, essa Palavra

Clique aqui para a terceira parte do Liberdade, essa Palavra





73 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Jornalistas falam sobre a falta de liberdade de imprensa – Tatiane Pires

05 de outubro de 2016 às 00h11

[…] Fonte: Blog Viomundo […]

Responder

Yarus

25 de abril de 2011 às 12h56

Já que o PIG não quer trabalhar a matéria.Vamos lá:

Mais um da série, Aébrio Neves. [youtube wu35TrXC5zo&feature=player_embedded http://www.youtube.com/watch?v=wu35TrXC5zo&feature=player_embedded youtube]

Responder

Em documentários, jornalistas falam sobre a falta de liberdade de imprensa « tatianeps

25 de abril de 2011 às 01h34

[…] Blog Viomundo Compartilhar: Post publicado em Aleatório. Link permanente. ← Café colonial em Canela e […]

Responder

Para abafar Bafometrogate, esquema de apoio a Aécio faz guerrilha no Twitter | Paraná Blogs

24 de abril de 2011 às 14h34

[…] essa palavra, de Marcelo Baêta. (Deve-se a Luiz Carlos Azenha o resgate do vídeo no seu blog, Vi o Mundo). Na blogosfera, porém, a situação é outra. E é justamente isso que está tencionando a horda […]

Responder

Para abafar Bafometrogate, esquema de apoio a Aécio faz guerrilha no Twitter |

24 de abril de 2011 às 12h53

[…] essa palavra, de Marcelo Baêta. (Deve-se a Luiz Carlos Azenha o resgate do vídeo no seu blog, Vi o Mundo). Na blogosfera, porém, a situação é outra. E é justamente isso que está tencionando a horda […]

Responder

Para abafar Bafometrogate, esquema de apoio a Aécio faz guerrilha no Twitter | Blog do Lucas Figueiredo

23 de abril de 2011 às 23h04

[…] essa palavra, de Marcelo Baêta. (Deve-se a Luiz Carlos Azenha o resgate do vídeo no seu blog, Vi o Mundo). Na blogosfera, porém, a situação é outra. E é justamente isso que está tencionando a horda […]

Responder

Carlos Lima

23 de abril de 2011 às 22h22

Enganan-se, não é só a imprensa amordaçada em Minas, também são as Federações, como Federação da industria, federação do comercio e talvéz todas incluindo a de menos importancia. Foi criado um feldo político que cerceou a liberdede em nosso estado. Quando eu digo liberdade é apenas uma palavra, pois uma pessoa ou um empresário com responsabilidade de manter sua familia, jamais teria coragem de se opor pois o medo de uma retaliação sempre nos coloca a margem de nossas conciencias, para não dizer com medo. Pois durante oito anos de governo apenas a máquina repressiva e investigatória teve diversos aumentos salariais, classe como professores absolutamente nada. Uma greve de professores é desfeita pelo engenho de propaganda do governo e os profissionais são levados a serem ogerizados pela população, atribuindo a classe apenas deveres. Para se ter uma idéia os professores são obrigados a receberem marginais na marra, eles são trazidos as vezes por policiais vindos de centros de reabilitação prisional e misturados com alunos que jamais tiveram acesso ao crime, os professores são ameaçados, sofrem agreções e nada era feito até que a mascara caiu numa escola particular onde um professor foi executado por um aluno, ai se faslou alguma coisa, porém quando chegou a escola pública o engenho travou e caisa continua como sempre o professora assumindo sozinho a incapacidade e inoperancia de governantes verboragicos para não dizer falastrões, cujo o unico intuito é a realização de sonhos pessoais para chegar ao poder maior e talvez implantar a republica do pão de queijo estragado.

Responder

    Mateus Leonardo

    25 de abril de 2011 às 11h55

    Concordo e endosso o texto, sou mineiro.

JoséIvanMAquino

23 de abril de 2011 às 21h51

Azenha,

É um bom assunto para a Frente Parlamentar na redação de uma Lei dos Meios de Comunicação.
E, mostrar esses filmes, uma boa estratégia para os programas dos(as) candidato(as) às prefeituras.
Poderiam ser remetidos para algum(a) Senador(a) que tenha coragem de abrir um processo por falta de ética e decoro do playboy irresponsável Aécio Neves Brancas e Puras!

José Ivan Mayer de Aquino
Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida

Responder

Gerson Carneiro

23 de abril de 2011 às 21h22

A Multa – Falcão.

Melô do Aecio.

[youtube -nh_T8WhWNI http://www.youtube.com/watch?v=-nh_T8WhWNI youtube]

Responder

    Mister X

    23 de abril de 2011 às 23h27

    Gerson, meu amigo você foi fundo, profundo

Jean

23 de abril de 2011 às 20h53

Interesses econômicos sempre vão estar no jogo. Políticos estão no comando dos interesses econômicos. Minha pergunta: a quem cabe administrar as riquezas de uma Cidade, Estado ou Nação? Será que só uma pessoa ou grupo pode tomar conta de tudo? Deve ser por isso que todos lutamos por uma Imprensa Livre, porque nosso dinheiro e nossas vidas estão em jogo!!!

Responder

Silvio I

23 de abril de 2011 às 20h47

Azenha:
Temos a esperança que para o fim do governo da Presidenta Dilma, se tenha a lei dos médios. A banda larga barata, em todo o país, e que os blogeros sujos, a traves da internet, informem corretamente o povo. Desta forma se vai a poder acabar com este tipo de políticos, enganadores do povo ,utilizando uma imprensa que não está para informar, si não para locupletar se, junto com eles.

Responder

    helena catin

    23 de abril de 2011 às 22h07

    'Temos a esperanca'?? Não podemos esperar ate o fim do governo Dilma, se o povo quisesse realmente a lei de médios, iria pra rua e ela saía rapidinho, o problema é que o povo nem sabe que é enrolado pela mídia, isso é que é triste. E sei lá se o governo tem peito pra isso…E se não tiver é bom que invista na tv Brasil se quiser que o povo conheca o seu lado das questões.

bissolijr

23 de abril de 2011 às 20h40

agora é tarde. o senhor ex-governador se tornou senador, por oito anos. (ou a reforma política encampará o instituto de retirar o mandato de quem trai o eleitor?)
não adiantou minha campanha, e de outros mais informados como eu, de tentar desmascarar aquele senhor antes de ser eleito, aliás, antes de ser reeleito como governador.
e as coisas podem ficar piores, se este sujeito for o candidato da elite em 2014, pois passa a impressão de ser melhor, no vídeo, que o paulista-mais-preparado.

Responder

    Silvio I

    23 de abril de 2011 às 21h43

    bissoly:
    Esse senhor pode continuar tranquilamente como senador, ate que a justiça o pegue e a lei ficha limpo, o limpe para o lixo, de uma vez por todas. Em 2014 a Presidenta Dilma, quase com seguridade vai a ser reeleita, assim que não existe perigo.

    ana db

    25 de abril de 2011 às 10h57

    Um novo Collor?
    O PiG ta escolado e não cai mais nessa. Prepara Alckmim para ser seu candidato, enquanto detona serra e aecio.

Fabiano

23 de abril de 2011 às 20h13

Aqui em Minas o povo adora o playboy, todos (ou quase, uns 80%) acham ele o máximo.

Responder

luiz antonio barbosa

23 de abril de 2011 às 19h24

A titulo de ilustração, já vi corpos de pessoas que foram assassinadas ou suicidas ficarem estiradas na rua por mais de 10 horas, coisa que além do desconforto à população aumenta o sofrimento da família. Nossas crianças são expostas ao ridículo ao terem que sair como pedintes de viveres de porta em porta para merenda, além das famosas rifas, e as festas juninas? Essas não são feitas para manter tradição ou resgatá-la, mas para angariar fundos para pagar material de expediente que o governo não coloca nas escolas estaduais nem GIZ.
Recentemente ao arrepio de qualquer analfabeto jurídico/político o ex governador efetivou sem concurso milhares de servidores contratados de forma precária (enganou muita gente ferindo a Carta Federal), jornalistas conheçam Minas! ouçam pessoas independentes que tem noção de cidadania, ou um mínimo entendimento do que é Estado Democrático de Direito. Jornalista, Repórteres, sejam corporativistas (não precisam ser solidários, pois sei que num mundo globalizado perdemos a vocação para isso) ao menos para assistir o depoimento do jornalista Marco Nascimento.

Responder

luiz antonio barbosa

23 de abril de 2011 às 19h24

A imprensa de Minas (aliada, que o diga o jornalista Amaury Ribeiro – hoje na berlinda) não escreve, com isso não motiva à de outros estados a promoverem a discussão sobre Aécio, mas desejo fazer algumas considerações sobre o ex-governador, que grande parte da imprensa o tem no melhor conceito de governante e com isso o levou ao senado e a fazer seu sucessor. Vejam bem: a gloriosa PMMG e não menos a PC, só funciona porque os prefeitos são praticamente extorquidos para pagarem aluguéis para os destacamentos, fornecerem material de expediente de papel higiênico a gasolina para os carros rodarem, além da falta de efetivo nessas unidades, falta Delegados de Policia, Promotores, Defensores Públicos, funcionários burocráticos (em alguns casos os prefeitos colocam servidores da municipalidade para suprir a falta de mão de obra que o estado não disponibiliza), e se não fizer haja retaliação (lembrem-se prefeitos e vereadores são cooptados com quinquilharias, pequenas obras).

Responder

Paulo Marcel

23 de abril de 2011 às 19h14

Azenha, você viu a resposta do governo de Minas, na época à este documentário?????
Todos os personagens que falam no "Liberdade" desmentem tudo que estão dizendo da forma mais descarada. Você percebe que eles foram coagidos a desmentir o que disseram no documentário.
Chega a ser ridículo.
Até o Jorge Cajuru foi ameaçado. Ele falou várias verdades sobre Aécio e depois teve que voltar atrás.
É assustador!!!
Confere aqui:
http://todeolhomalandragem.blogspot.com/2010/10/a…

Responder

Carlos

23 de abril de 2011 às 18h55

O povo se informando em quê? Com partidos de ricos? O PT governa o Brasil há 8 anos. E os outros partidos de grandes empresários, grandes usineiros, grandes fazendeiros, grandes banqueiros, donos de grandes mídias, milionários, bilionários governaram o Brasil até 2002. Governaram o Brasil desde a fundação da República. Portanto durante 1 século. E o que fizeram? Empobreceram o povo, fazendo o pobre acreditar que ele não podia ascender socialmente. Em 8 anos de governo Lula mudou essa mentalidade. Hoje sim, o povo está começando a se esclarecer e a perceber isso tudo. Um partido no poder pode ter apoio de um "pequeno grupo" pertencente as classes mais abastadas da população, desde que se submeta às políticas sociais do governo. O que não pode acontecer é toda classe abastada tomar o poder e governar para ela. Aliás, é isso que pretendem fazer todos aqueles que deixaram o poder em 2002.

Responder

ZePovinho

23 de abril de 2011 às 18h51

A cara da mídia do Brasil

Sem dúvida o fato mais chocante no episódio da blitz da Lei Seca, no Rio, que flagrou Aécio Neves dirigindo com habilitação vencida e metabolicamente impossibilitado de soprar o bafômetro, não foi o fato em si , mas o comportamento da mídia demotucana. Os blindados da 'isenção' entraram em cena para filtrar o simbolismo do incidente, 'um episódio menor', na genuflexão de um desses animadores da Pág 2 da Folha. Menor? Não, nos próprios termos dele e de outros comentaristas do diário em questão. Recordemos. Em 24 de novembro de 2004, Lula participou da cerimônia de inauguração de turbinas da Usina de Tucuruí, no Pará. No palanque, sentado, espremido entre convidados, o presidente comeu um bombom de cupuaçu, jogou o papel no chão. Fotos da cena captada por Luiz Carlos Murauskas, da Folha, saturaram o jornalismo isento ao longo de dias e dias. Ou melhor , anos e anos. Sim, em 2007, por exemplo, dois colunistas do jornal recorreriam às fotos de Tucuruí para refrescar o anti-petismo flácido do eleitor que acabara de dar um novo mandato a Lula. O papel do bombom foi arrolado por um deles como evidencia de que o país caminhava a passos resolutos para a barbárie: "Só falta o osso no nariz', arrematava Fernando Canzian (23-07-2007) do alto de sofisticada antropologia social. Sem deixar por menos, Fernando Rodrigues pontificaria em 09-04-2007: "…Respira-se em Brasília o ar da impunidade. Valores republicanos estão em falta. Há exemplos em profusão (…) em 2004, Lula recebeu um bombom. … O doce foi desembrulhado e saboreado. O papel, amassado. Da mão do petista, caiu ao chão. Lula seguramente não viu nada de muito errado nesse ato. Deve considerá-lo assunto quase irrelevante. …Não é. No Brasil é rara a punição -se é que existe- para pequenas infrações como jogar papel no chão. Delitos milionários também ficam nos escaninhos do Judiciário anos a fio (…) Aí está parte da gênese do inconformismo de alguns, até ingênuos, defensores de uma solução extrema como a pena de morte. Gente que talvez também jogue na calçada a embalagem do bombom de maneira irrefletida. São "milhões de Lulas", martelava o jingle do petista. São todos a cara do Brasil…"
(Carta Maior; Sábado, 23/04/2011

Responder

    Carmem Leporace

    23 de abril de 2011 às 19h48

    O grande erro de Aécio foi não ter sido preso com o cuecão cheio de dinheiro roubado, se tivesse sido, seria um herói para os petistas hoje… esse é dos nossos… ave Aécio…. Esses tocadores….

    mucio

    23 de abril de 2011 às 20h49

    Vc acredita que o Aécio ainda ASPIRA a presidência da República?

    ZePovinho

    23 de abril de 2011 às 22h29

    O seu ídolo,Seu Carmem,está envolvido com um sujeito acusado de tráfico de diamantes pela Polícia Federal,sabia?

    SILOÉ

    23 de abril de 2011 às 23h38

    Ué!!! Repetindo comentários Carmem, você não é a boa nas argumentações, e nós tocadores de tuba ??Queimou a mufa foi?????????

    Bernardo

    24 de abril de 2011 às 02h43

    Como diriam pelas internetchas: Obvious troll is trolling…

    zhungarian

    25 de abril de 2011 às 13h01

    Que saibamos, Senhora "Leprorace", o mensalão começou justamente em Minas, e no seu partido, o partido dos homens (e mulheres) bons, o PSDB.

    Com certeza, Aécio faz parte desse rol tão nobre, não é mesmo, Dona "Leprorace"?

augusto

23 de abril de 2011 às 18h15

recebi visita de um casal de MG este fim de semana. Gente jovem e universtiaria ja. Nenhum dos dois sequer estava sabendo NADA da saga automobilistico-etílica de seu amado ex governador das Gerais. Melancólico. Aproveitei para imprimir uns dois textos do blog e mais um do blog da Helena e entreguei em mãos.

Responder

    luiz pinheiro

    23 de abril de 2011 às 23h19

    Essa imprensa livre de Minas…

Vera Billie Jean

23 de abril de 2011 às 18h05

Minas/Brasil tem que livrar desse mauricinho!

Responder

Fabio

23 de abril de 2011 às 18h00

EMBUSTEIRO, muito bem disse o JOSE, vale lembrar que o o goveno de AECIO NEVES FOI CONTRA O PISO SALARIAL PARA OS PROFESSORES EM NIVEL NACIONAL.

Responder

adalberto Ribeiro

23 de abril de 2011 às 16h51

Olá Azenha e equipe

Existe uma maneira ‘mineira’ de se construir um lider conhecido e ‘reconhecido’ internacionalmente.
Vejam o vídeo no link abaixo, que eu achei sobre a estratégia ‘ética’ de se fazer conhecido, ainda que mais na Índia e Afeganistão do que no Brasil.

A despeito do discurso do senador, que defende a ética radical, o meu pitaco: Senador Aético Neves defende a ética para ser praticado pelos outros.
http://esquerdopata.blogspot.com/2011/04/o-spamme…

Responder

mucio

23 de abril de 2011 às 16h39

retificando Pô sei não.

Responder

mucio

23 de abril de 2011 às 16h38

Será que ele ainda ASPIRA a presidência da república? PÓ sei não.

Responder

SILOÉ

23 de abril de 2011 às 14h05

É a volta da política agora CAFÉ com LEITE em PÓ e um BASEADO prá relaxar, que ninguém é de ferro !!!!
NÉ !!! SEU AÉTICO e DONA ANDRÉIA !!!

Responder

José Rezende Jr.

23 de abril de 2011 às 13h17

No meu mundo ideal, eu gostaria que as pessoas fossem a favor ou contra Aécio — mas conhecendo seus defeitos e qualidades. Aliás, deveria ser assim com todos os políticos. Mas o que se vê, ao contrário, é uma cobertura de imprensa totalmente desequilibrada, endeusando amigos e demonizando inimigos. A grande imprensa mineira sempre tratou Aécio como se ele fosse uma divindade imaculada. A mídia de Minas não tem o menor pudor em ser patética, não liga a mínima para o ridículo e a surrealidade da situação: Aécio não comete erros, não tem defeitos e ponto final. Já a grande imprensa nacional não pratica a mesma idolatria, não morre de amores por Aécio, mas pega leve com o senador tucano porque sabe que ele pode ser a única alternativa da direita em 2014. Por isso faz vista grossa, "investiga" o episódio do bafômetro com evidente má vontade, cabendo à blogosfera o óbvio trabalho jornalístico de acessar o site do Detran, conferir a natureza da infração cometida pelo tucano, procurar saber a quem pertence o Land Rover, perguntar quem são os donos da tal rádio Arco Íris, estranhar a frota de veículos importados em nome da emissora etc etc. A grande mídia até vai timidamente a reboque, mas sempre com os dois pezinhos atrás; não editorializa, não carnavaliza, não escandaliza, não produz manchetes garrafais, não convoca seus especialistas indignados, como faz quando se trata de demonizar algum desafeto ideológico. No final das contas, o episódio Aécio x bafômetro servirá, no mínimo, para escancarar ainda mais os vícios e os malefícios de uma imprensa que opta por deixa de ser imprensa para se tornar partido político. Aliás, aproveito para apontar uma contradição incômoda no discurso midiático: se a imprensa tem o dever de ser oposição — como defendem alguns, entre eles a presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) — por que não faz oposição a Aécio e aos demais governos do PSDB?

Responder

    helena catin

    23 de abril de 2011 às 14h34

    A imprensa mineira não denuncia as falcatruas do Aébrio Never não é somente pela coleira que Déinha colocou na dita cuja, o motivo é que imprensa mineira NÃO ECXISTE!!!
    Nunca existiu porque haveria de brotar agora, ainda mais com um MOLHAMÃO gostoso que Déinha dá…

Klaus

23 de abril de 2011 às 12h52

Parece que Aécio vai ser mesmo candidato a presidência em 2014. Se não, com explicar a opção preferencial pela blogosfera independente por ele? Antes era o Serra, agora Aécio.

Responder

    Gersier

    23 de abril de 2011 às 13h08

    Vc está enganado,a blogsfera quer saber porque quando o Lula ou um amigo seu espirra,o PIG faz o maior estardalhaço,mas quando algum emplumado ou demo tem pneumonia,o PIG simplesmente ignora.Dois pesos,duas medidas.

    Leider_Lincoln

    23 de abril de 2011 às 14h33

    Então nosso colega que aspira e traga e tem na sua irmã uma espécie de Rasputin é uma vítima, Klaus? Pobrezinho dele, né? Um pobre adolescente de cinquenta e tantos anos, que vai em festinhas de Uberaba, aproveita e se relaciona com toda sorte de amiguinhos e sai por aí, dirigindo sem rumo as 3 da manhã, na cidade aonde mora (Rio de Janeiro)…

    ZePovinho

    23 de abril de 2011 às 20h09

    Se os trolls tivessem 1% da sua educação,Klaus,seria muito bom.Você nunca perdeu a classe por aqui.Continuo discordando de você,mas aprenedi a te respeitar.
    Sou eu meso,Milton Hayek,ZePovinho.

Filipe Rodrigues

23 de abril de 2011 às 11h33

A política de comunicação do governo Aécio conduzida pela sua irmã Andréa foi um desastre, o governo Aécio nunca quis um diálogo transparente com a sociedade e enfrentar a realidade, preferiram o encobertamento dos fatos numa era em que a Internet está cada vez mais influente.
Andréa Neves acreditou no vigor da velha mídia decadente, se ferrou ao coopta-lá, o resultado está aí, Aécio não consegue ir além de Minas, uma frase diz tudo: "Quem é mimado demais, não cresce, não se desenvolve e não se impõe".

Responder

Cesar

23 de abril de 2011 às 11h02

Essa questão do Pit Stop do Aécio na blitz da Lei Seca tem um aspecto que até então não vi nenhum jornalista comentar (nem mesmo nos blogs sujos): Segundo a mídia (inclusive o PIG), na noite fatídica ele recebeu duas multas, sendo uma de cento e poucos reais pela carteira vencida e outra de novecentos e tantos reais. Ora, essa última (de novecentos e bordoada) só é aplicada em duas situações: Quando o motorista se nega a soprar o bafômetro ou quando soprando-o, confirma-se o teor etílico. Por mais que o Aécio tenha dinheiro, não deixaria de soprar o bafômetro só por que havia conseguido um condutor para seu veículo em função da carteira descoberta vencida. Quem em sã consciência, por mais dinheiro que tenha, optaria em pagar quase mil reais e perder vários pontos na carteira se poderia evitar apenas soprando um bafômetro? É claro que ele sopraria e deixaria de pagar a multa de novecentos reais e deixaria de perder os respectivos pontos na carteira. Essa multa de novecentos reais e os respectivos pontos perdidos na carteira do Aecinho é que desmascaram a mídia protetora.

Responder

Luis

23 de abril de 2011 às 10h03

Admiradores do Aécio(51) fraudam estatísticas para amplificar acessos a vídeo pró-Aécio. http://migre.me/4jS8f .

Responder

t tonucci

23 de abril de 2011 às 09h46

Na verdade aqui nunca houve "liberdade de imprensa" porque nunca houve imprensa. (jornalistas até que tem; estão todos, pautados,em SP.)

Responder

Mauro A. Silva

23 de abril de 2011 às 09h42

Perguntem para o jornalista mineiro Luis Nassif como é que funciona a blindagem do governo Aécio neves, dito como "bom gerente" pelo próprio jornalista…

Responder

Gerson Carneiro

23 de abril de 2011 às 09h18

Agora é a revista Veja que partiu para a defesa. Recebi esse twitter de @leiaveja e @Veja:

Aécio Neves "achou desnecessário" fazer o teste do bafômetro em batida policial no RJ. Na @Veja desta semana.

Responder

Gerson Carneiro

23 de abril de 2011 às 09h11

Desconheço um político no PSDB que seja de fato comprometido com a honestidade e o interesse público. Que não governe utilizando-se desse expediente de trambiques em parceria com a imprensa. Por favor, quem defende o PSDB, me mostre ao menos um. Não estou aqui criticando por criticar. De fato tenho interesse em saber: qual é o político do PSDB que combate, ou ao menos despreze, essa relação promíscua com a imprensa?

Responder

Luis

23 de abril de 2011 às 09h07

Admiradores do Aécio(51) fraudam estatísticas para amplificar acessos a vídeo pró-Aécio. http://migre.me/4jS8f .
Daniel FLorêncio desmascara os "tiriricas" do PSDB mineiro, que usaram de spams para dizer que Aécio é amplamente conhecido. Pelo que se verá no vídeo do Daniel, o "jovens" humoristas tucanos das Gerais acharam simpatizantes Aécio, 51 anos, no Afeganistão, na Coréia do Sul, em Serra Leoa e na América Central. Mais do que no Brasil. Só para produzir números de acessos maiores. É com esse mecanismos que se criou o mito pós-político chamado Aecio Neves.

Responder

Emmanuel

23 de abril de 2011 às 09h03

Azenha,

Eu já tinha ouvido dizer do episódio da censura imposta pelo governador Aécio em Minas a imprensa. Mas agora, com este vídeo, fico com a certeza que este playboizinho mineiro escondeu de seus eleitores muitas verdades. Se eu fosse mineiro teria vergonha de ter tido um governador desta envergadura. Gostaria da sebar o que pesam os nossos irmãos mineiros. E ai mineirada, com é que fica?

Abs

Azenha, parabéns pelo seu esforço em nos dá informações tão preciosas e verdadeiras. Não dependemos mais do PIG. Essa é a nossa vitória.

Responder

Beto Crispim - BH

23 de abril de 2011 às 08h56

Na Minas de Aécio não se respira a liberdade.

Responder

jose

23 de abril de 2011 às 08h55

Caro Azenha,
esta semana foi muito importante para a política nacional, ao desmistificar o Grande Mocinho Aécio Neves, que até então, para a maioria do brasileiros, estava acima do bem e do mal. A mídia comprada a peso de diamante tem feito tudo, em todos esses anos, para vendê-lo como a "grande esperança branca" para o país. O trabalho de de mostrar esse senhor exatamente do tamanho que ele é não tem preço. Somos muito agradecidos pelo trabalho que vc, PHA, Nassif e Miro vem fazendo nesse sentido. O Brasil precisa se livrar de mais este embusteiro.

Responder

carlos

23 de abril de 2011 às 08h51

Prezados vocês não viram nada. Isso é só a ponta de um grande esquema aqui em BH. Parece que vivemos em um estado modelo que tudo funciona, mas, na realidade é uma reública dos Neves. Só pra ter uma idéia, investiguem a construção da sede administrativa do estado(Aeciolândia) muito doinheiro foi gasto e menos de um ano depois já sofre reformas e apresenta problemas sérios de estrutura. mas foi construída as pressas para o Aécio tentar se promover antes da escolha do candidato do PSDB para a última eleição presidencial. Quem sempre coordenou o governo na verdade foi a irmã do Aécio (Andréia) enquanto ele estava em ……….

Responder

Murdok

23 de abril de 2011 às 08h45

É o jogo sujo da aliança do PIG com o PSDB.

Responder

H Aljubarrota

23 de abril de 2011 às 08h42

É a volta da política "café com leite" que começa com o total controle das mídias de Minas e São Paulo. Na verdade, não se deve falar em "controle" mas em aliança entre PSDB e os principais donos de jornais, revistas e a Rede Globo. Jornalistas que não "entendem" o que acontece e que insistem em fazer jornalismo de verdade são sumariamente demitidos como vimos às dezenas nos últimos anos.

A única forma de sobrevivência é um "alinhamento ideológico" com os donos (vide Folha com Clovis Rossi e Eliane Cantanhêde) que faz, hoje, do jornalismo – me perdoem os raros bons jornalistas que ainda existem no Brasil – uma profissão ainda mais desprezada do que a de advogado.

É triste, mas é a mais pura verdade…

Responder

EUNAOSABIA

23 de abril de 2011 às 08h33

E vocês acham que a TV Brasil fala mal do governo???

A palavra ""mensalão"" é proíbida de ser pronunciada.

Jornalista que disse certa vez..""'caos aéreo"""" foi pro olho da rua…

Vocês acham que enganam quem??? simplesmente não tem moral também.

Jornalista foram demitidos da empresa de forma arbitrária, essa TV Brasil faz parte da máquina de propaganda mentiroso do governo.

Vocês não tem moral….

A medida que o povo for se informando e se escolarizando a tendência é o PT ser extinto, esse partido só existe num ambiente de falta de cultura e coronelismo a base de bolsas.

Responder

    El Cid

    23 de abril de 2011 às 11h15

    … e os filhotes da Carmem Leporace vão aparecendo !!

    J.G. Araujo

    23 de abril de 2011 às 11h34

    Mais uma viuva do fhc. De vez em quando há uma revoada de tucanóides vulgaris por aqui. Tente escrever suas patetices no blog do reinaldo cabeção, aquele de "doiscorgo".

    João

    23 de abril de 2011 às 12h11

    Troll pago de novo!
    Será que DD tem tantos tentáculos assim?

    Paulo Guedes

    23 de abril de 2011 às 13h42

    O pior cego é o que insiste em não ver.
    Se a TV Brasil fosse um clone governista do PIG, o Nassif não estaria no quadro de comentaristas da rede.
    O grande problema da tua turma é enxergar o copo sempre meio vazio.

    Tania

    23 de abril de 2011 às 18h18

    "A medida que o povo for se informando e se escolarizando a tendência é o PT ser extinto"
    Ora, por que então está sendo justamente o governo do PT a investir tanto em educação e na popularização da banda larga para todos terem acesso à informação?
    Se o FHC soubesse que informação e escolarização do povo levaria à extinção do PT, ele teria feito o oposto de sucatear as universidades e paralizar o ensino técnico…

    Carmem Leporace

    23 de abril de 2011 às 19h43

    FHC criou mais escolas técnicas do que o megalomaníaco, o que ele fez foi muita propaganda mentirosa, incautos como você é que fingem acreditar que Lula fez mais… esses tocadore de tuba….

    Silvio I

    23 de abril de 2011 às 21h00

    Carmen Leporace:
    Por favor, você esta mal informada, o existe uma mala intenção de sua parte. Como afirma isso, será interessante, que nos dissera onde estão essas escolas. Depois vamos a ver si o que fez o Lula, e pura propaganda. Alemãs por alguma razão FHC no o vota mais nem a família, agora o Lula ,já demonstrou que tem votos.Deve ser porque o povo está enganado.Nunca este pais estive na posição, que esse homem o deixo.

    luiz pinheiro

    23 de abril de 2011 às 23h31

    Carmen, começo a perceber que você não é um troll tucano.
    Seus comentários são desinformados e aburdos demais.
    Voce está é fingindo-se de troll; na verdade, está é se divertindo em expor o ridículo do discurso tucano.

    El Cid

    24 de abril de 2011 às 21h38

    … é verdade, luiz !! é muita baboseira para um troll !!

    João

    24 de abril de 2011 às 01h26

    Carmem, você "fumou tóchico estragado"??
    Tá delirando?
    Não tomou o remédio para a esquizofrenia hoje?
    Que aconteceu contigo? Tudo bem falar bobagens, mas ASNEIRAS como esta de que o FHC criou mais escolas técnicas….diga aonde e quantas!
    Carmem, acho que você precisa de algo mais forte do que prosac, fale com seu psiquiatra.

laura

23 de abril de 2011 às 08h00

É, PSDB, o partido dos coronerzins….MG, SP, RN, tudim.

Responder

Eduardo

23 de abril de 2011 às 07h44

O que ele faz com a mídia em Minas não é muito diferente o que o governador Marconi Perillo faz em Goiás.

Marconi governou por 8 anos, depois conseguiu eleger um outro candidato, nas mãos do qual estourou todas as consequências da má administração do Marconi e agora ele ainda conseguiu voltar ao governo do estado.

E a mídia daqui nunca fala nada. E quando fala, é porque não conseguiu segurar tamanha bomba. Mas mesmo assim Marconi ainda consegue sair ileso.

E falando em Karuju, esse sim conheceu a verdadeira face do ex e atual governador Marconi Perillo.

Responder

ANTONIO ATEU

23 de abril de 2011 às 02h31

ost do blog LEI SECA: A AECIO PERDE CARTEIRA DE MOTORISTA(atualizado) foi atualizado.
LEI SECA: A AECIO PERDE CARTEIRA DE MOTORISTA(atualizado)
Enviado por ANTONIO ATEU, seg, 18/04/2011 – 10:11
Autor:
Dicas blog do melo
de Stanley Burburinho e Gustavo Pamplona

sexta-feira, 22 de abril de 2011 Aécio Neves estava 'visivelmente bêbado'. Destrinchando 'grande imprensa', assessoria de Aécio e nota do Detran

Desde a madrugada em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi apanhado numa blitz da Lei Seca no Rio a assessoria do senador, a mídia golpista e até o Detran do Rio não fazem outra coisa a não ser tentar tapar o sol com a peneira.

Primeiro foi o R7, portal de notícias da Rede Record, que publicou a notícia informando que o senador estava "visivelmente embriagado" e, em seguida, retirou a informação do texto.

Depois veio a assessoria de Aécio Neves que informou que o senador não fez o teste do bafômetro porque "uma vez constatado o vencimento do documento de habilitação e providenciado outro motorista para condução do veículo, o mesmo não foi realizado".

A nota é capciosa. Diz que o teste não foi realizado, mas não informa se não foi realizado porque não foi solicitado (o que contradiz o objetivo da Lei Seca) ou porque o senador se recusou a fazê-lo.

Além do mais, a desculpa da carteira de habilitação vencida não funciona. Esta é uma infração. Mas a blitz da Lei Seca tem o objetivo de flagrar motoristas que estejam dirigindo com teor alcoólico no sangue acima do permitido.

Responder

    Silvio I

    23 de abril de 2011 às 20h50

    Mais não foi levado a ser feito o analisis do sangre para saber o quanto por ciento estava o alcool em ela..

João

23 de abril de 2011 às 02h11

Como não poderia deixar de ser, todos nós (brasileiros lúcidos) quisemos entender como Aécim teve a popularidade que teve. Esse vídeo, "Liberdade, essa palavra" é uma aula de como dona Andrea manteve a opinião pública muito mal informada.
Lembremos do Kajuru, transmitindo ao vivo da entrada do Mineirão (jogo da seleção brasileira) e denunciando a entrada de "amigos" pela entrada dos deficientes: pediram a cabeça do Kajuru.
Esses, e outros exemplos, dão a medida do que seja liberdade de imprensa em MG.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding