VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Janaína chama aliado dos Bolsonaro de “bandido” em bate boca na Alesp; vídeo
Janaína dizendo o "di" de bandido. Reprodução de vídeo.
Política

Janaína chama aliado dos Bolsonaro de “bandido” em bate boca na Alesp; vídeo


27/11/2019 - 10h43

Leitura labial

Da Redação

Não houve registro de áudio, mas a leitura labial é clara: a deputada estadual mais votada de São Paulo, Janaina Paschoal, do PSL, 2.031.829 votos, chamou seu colega e líder de partido, Gil Diniz, de “bandido”.

Diniz, o Carteiro Reaça, é íntimo de Eduardo Bolsonaro e possível candidato do clã à Prefeitura de São Paulo em 2020. Foi eleito com 214.037 votos.

Ele está sob investigação, acusado de ter praticado a “rachadinha” em seu gabinete pelo ex-funcionário Alexandre Junqueira, o Carioca de Suzano, que também foi íntimo da família Bolsonaro — passou o reveillon na Granja do Torto antes da posse.

Carioca de Suzano e Eduardo Bolsonaro festejando na Granja do Torto.

O Carioca de Suzano trabalhou oficialmente no gabinete de Gil Diniz de 18 de março a 31 de julho de 2019.

Entrou com representação contra o deputado alegando que o Carteiro Reaça queria embolsar R$ 5 mil do salário bruto de R$ 12 mil, além das chamada GED, gratificação, de outros R$ 5 mil.

Se confirmada a denúncia, o pedágio do Carteiro Reaça seria de cerca de 60%!

De acordo com o diário conservador paulistano Folha, o deputado também montou uma central de ataques digitais contra adversários usando funcionários da Alesp e, portanto, dinheiro público.

Uma das vítimas foi o Sargento Neri, líder do Avante, que na eleição para a presidência da Casa apoiou o candidato do governador João Doria e não a do PSL, Janaina Paschoal.

Desde a disputa pela presidência, no entanto, o Carteiro Reaça e Janaina tomaram rumos distintos.

No bate boca, ela é quem acusa o Reaça de votar com o governador Doria e sob o comando do PT e, assim, desrespeitar a bancada do PSL.

Ela não explicita exatamente a qual votação está se referindo.

O bolsonarista Diniz diz que não deve satisfação a Janaina, mas a deputada retruca que deve, sim.

“Quer ser líder, pede o voto da bancada”, ele grita.

A principal ativista pelo impeachment de Dilma Rousseff deixou o plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo furiosa.

Janaina Paschoal já informou a seus eleitores que não vai aderir à Aliança, o partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar.

Quando explicou sua denúncia contra Gil Diniz a O Globo, o Carioca de Suzano disse textualmente:

Decidi denunciar, porque não foi para isso que eu lutei. Eu queria ver esses caras fazerem isso na Indonésia. Já estariam todos fuzilados. É revoltante. Viu a forma que o nosso país está. E esses caras só pensam em roubar, roubar e roubar.

Ele não deu a lista completa de quem seriam “esses caras”, mas o Carteiro Reaça certamente estaria entre os que o acusador nomearia.

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!