VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Ivan Seixas elogia escolhas de Dilma e diz que advogada Rosa Maria se submeteu a vexame para defendê-lo


10/05/2012 - 23h00

por Luiz Carlos Azenha

O ex-preso político Ivan Seixas elogiou as escolhas da presidente Dilma para compor a Comissão da Verdade, dizendo que a apuração dos crimes da ditadura militar também vai depender da sociedade.

Segundo Ivan, cinco dos sete integrantes são ligados ao Direito: o ministro do STJ Gilson Dipp, o subprocurador geral Cláudio Fontelles e os advogados José Carlos Dias, Rosa Maria Cardoso da Cunha e José Paulo Cavalcanti Filho. O diplomata Paulo Sergio Pinheiro e a psicanalista Maria Rita Kehl completam o grupo.

“Eles têm uma visão de legalidade, uma visão de Justiça que é fundamental”, disse Ivan.

Ele afirmou que a presença da advogada Rosa Maria é especialmente importante, pela forma como ela se dedicou à defesa dos presos políticos durante a ditadura.

Rosa defendeu Dilma Rousseff e o próprio Ivan Seixas, que passou dois meses sequestrado pelo regime, quando ainda era menor de idade, depois de preso com o pai.

“Mesmo grávida de sete meses, [Rosa] se submeteu a uma revista vexatória — teve de ficar nua diante das policiais –, tudo isso para defender o seu cliente, que era eu”, narrou Ivan.

O pai de Ivan, Joaquim Seixas, foi preso e barbaramente torturado até à morte.

O ex-preso político defende que sindicatos, universidades e associações formem suas próprias comissões para coletar informações sobre os crimes da ditadura, que em seguida seriam repassadas à Comissão oficial.

Clique abaixo para ouvir a avaliação de Ivan sobre cada um dos nomes:

ivan

Leia também:

Dilma indica os sete integrantes da Comissão da Verdade

Ivan Seixas: ‘Capitão Lisboa’ deu a paulada que matou meu pai

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Ana Cruzzeli

13 de maio de 2012 às 08h54

Essa COMISSÃO nos trará grandes emoções, essa informação do Ivan sobre a sua advogada me fez chorar.
Bela escolha Dilminha, bela escolha.

Responder

priscila

12 de maio de 2012 às 22h19

O único se não dos nomes apontados pela presidenta é não tenha um(a) historiador(a.

Responder

Cláudio

12 de maio de 2012 às 21h56

Tem que botar torturador para apodrecer mais ainda na cadeia (porque podres eles sempre foram e continuam sendo).

Responder

Folha quer investigar quem queimou aqueles carros que ela emprestou à OBAN « Viomundo – O que você não vê na mídia

12 de maio de 2012 às 12h04

[…] exatamente — os de direita?) desaprovam o nome da advogada Rosa Maria Cardoso da Cunha, que defendeu Dilma Rousseff e Ivan Seixas, dentre muitos […]

Responder

Maria Lucia

11 de maio de 2012 às 20h30

Escolhas muito felizes. E surpreendentes!
Maria Rita,uma psicanalista de excepcional valor,dá um toque todo especial a essa Comissão que tem uma importância fundamental para a saúde política do país.

Responder

Mancini

11 de maio de 2012 às 15h44

Azenha, veja que a polícia do Anastazia a serviço do Lacerda anda aprontando! Em http://refazenda2010.blogspot.com . Muito obrigado!

Responder

Jotace

11 de maio de 2012 às 15h41

Excelente a indicação dos integrantes da Comissão, que fez o governo Dilma. Mais uma vez, a nossa Presidente toma uma providência que se tem constituído ao longo dos tempos um dos grandes anseios do povo brasileiro. É realmente necessário que não sirvam de exemplo às futuras gerações o comportamento dos anti-pátrias assassinos e torturadores. Parabéns à toda equipe do Viomundo nas pessoas do Azenha e Conceição Lemes, pelo jornalismo brilhante que tem desenvolvido em defesa dos exatos valores nacionais. Jotace

Responder

Emília

11 de maio de 2012 às 15h29

Eu era menina, na época da ditadura, e meu pai era prefeito eleito da minha pequena cidade e, até hoje, ele fala que a chamada “revolução” só aconteceu porque a imprensa enganou o povo. Hoje meu pai tem 85 anos, é mais lúcido do que todos os filhos juntos, lembra-se muito bem como foi difícil ser prefeito e demacrata na época.

Responder

Os sete nomes da Comissão da Verdade – Escrevinhador

11 de maio de 2012 às 11h50

[…] Confira mais detalhes aqui no VioMundo. […]

Responder

Fernando

11 de maio de 2012 às 11h32

Dois tucanos na lista, não sei não…

Responder

    Emília

    11 de maio de 2012 às 15h20

    Fernando, nem todo tucano é idiota e incompetente como os que estão em evidência na mídia.

Mardones Ferreira

11 de maio de 2012 às 09h10

Ótima notícia para começar o dia. Soube dos nomes dos integrantes da Comissão pela televisão ontem.

Ainda bem que a Dilma acertou mais uma vez. Bom para o Brasil.

E que a verdade e a justiça sejam, de uma vez por todas, incluídas na história do Brasil.

E que os torturados, presos e mortos pelo regime militar sejam justiçados.

Responder

laura

11 de maio de 2012 às 06h49

Oi Azenha!a opinião do Ivan Seixas. Gostaria, no entanto de entender melhor porque é bom que hajam juristas na Comissão da verdade. O texto e fala do Ivan dizem que é uma garantia no sentido de não ser uma comissão burocrática.
Queria entender melhor o porque.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.