VIOMUNDO

Diário da Resistência


Golpe de Tacla contra Moro mina credibilidade de juiz fora do Brasil; reveja o depoimento
Política

Golpe de Tacla contra Moro mina credibilidade de juiz fora do Brasil; reveja o depoimento


06/08/2018 - 18h33

O que a Lava Jato tem feito nos últimos quatro anos em capas e jornais através de vazamentos ilegais é reforçar a indústria de delação premiada e proteger a quem lhe interessa. Tacla Duran, no twitter

Interpol exclui Tacla Duran da lista de procurados e impõe derrota a Moro

A agência de investigação internacional acatou pedido da defesa do ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran, que havia questionado a imparcialidade do juiz federal do Paraná

da Rede Brasil Atual

São Paulo – O juiz federal de primeira instância Sérgio Moro teve sua credibilidade abalada em escala internacional, o que o coloca em descrédito perante as polícias de todo o mundo.

A Interpol retirou o ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran, da lista de procurados da agência por considerar que Moro desrespeitou a Declaração Universal de Direitos Humanos.

Em março, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura de São Paulo, o juiz da Lava Jato chamou Duran de “mentiroso”.

“Tem esse indivíduo, foragido e suspeito de crimes gravíssimos, e que levanta essas histórias sem base empírica”, reagiu o juiz ao ser questionado sobre seu compadre, Carlos Zucolotto.

Sócio de sua mulher, Rosangela Wolff Moro, o também advogado Zucolotto foi acusado por Tacla Duran de “oferecer facilidades” junto ao Ministério Público Federal e ao Poder Judiciário, por meio de pagamento de propinas.

A afirmação foi feita em novembro passado, durante depoimento de Duran, por videoconferência, à CPI da JBS.

A entrevista de Moro foi apresentada à Interpol, que a levou em consideração no acolhimento do pedido dos advogados de Duran.

O entendimento foi o de que, “diante do comportamento do juiz responsável por presidir seu caso no Brasil, dúvidas suficientes têm sido colocadas sobre o fato de violação so Artigo 2 da Constituição da Interpol”.

O artigo se refere à necessidade de a instituição promover a cooperação entre as polícias de diferentes países, mas apenas quando a Declaração Universal de Direitos Humanos for respeitada.

Leia também:

Chioro: Uma eleição em que o SUS está em jogo



8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Rogério Bezerra

09 de agosto de 2018 às 07h28

Quando sabemos de “palestra” de juízes nacionais nos istaduszunidos ou na Europa identificamos quem financiou o golpe aqui dentro.
Toda empresa, órgão público, ong ou pessoa dos istaduzunidos, trabalha pros istaduzinidos. Alguma dúvida?

Responder

Lourival Marin

08 de agosto de 2018 às 12h09

A credibilidade do Brasil lá fora já é um lixo, foda se a credibilidade do juiz Sérgio Moro lá fora, o importante é que aqui dentro ele continue colocando esse bando de filha da puta na cadeia.

Responder

    Gersier

    08 de agosto de 2018 às 17h25

    Num pais sério ele seria o primeiro a estar atrás das grades. O que realmente ele é? Protetor de tucanos corruptos.
    FDP são os que roubam merenda escolar e o tal trf4 que os protege.
    FDP é quem está entregando as riquezas do Brasil aos interessses internacionais.
    FDP é quem posa de moralista sem ter um pingo de moral. Esse juizeco e seus pares fazem mil e uma falcatruas para receberem penduricários e salários astronômicos enquanto ajudam a ferrar a população brasileira para defender os interesses de FDP como eles.
    Esse país só será uma grande nação quando a população deixar de viver o surrealismo impregnado em suas mentes por uma mídia cafajeste que se diz imprensa. A preguiça mental e a inércia faz com que a maioria se torne em massa de manobra desses FDP.

    RONALD

    09 de agosto de 2018 às 16h46

    Fala sério Lourival, fala sério !!!!

sergio paulo de

07 de agosto de 2018 às 17h16

O que o nosso judiciário está fazendo com o Lula é um absurdo é um crime, como podem rasgar a constituição, somente para processar o Lula, gostaria que falassem qual o motivo de tanta perseguição.

Responder

    Gersier

    08 de agosto de 2018 às 17h32

    Defender seus escusos interesses e manter mamando as custas do suor dos trabalhadores brasileiros que recebem salários miseráveis. O pior é que tem muitos brasileiros que por receberem salários um pouco acima da média, se acham integrantes dessa “zelite” parasitária.

Cláudio

07 de agosto de 2018 às 04h13

:
: * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando:

Cadeia para Moro et caterva…

Liberdade (e a Presidencia da República do Brasil) para Lula 2018.

.:. ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ * * * * * * * * * * * * * | * * * *
Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) ! ! ! ! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem contemporizações indevidas, ou seja : SEM VASELINA) 2018 neles/as (que já PERDERAM, tomaram DE QUATRO nas 4 mais recentes eleições presidenciais no BraSil) ! ! ! ! !
* * * * | * * * * * * * * * * * * * ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏
:: 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏 ::

Responder

RALPH DE SOUZA FILHO

06 de agosto de 2018 às 18h39

MAIS DO QUE NUNCA, AGORA, EM AGRAVANTE, MÔRO, MORARÁ, AONDE TODOS AQUELES A DESRESPEITAREM A DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, ESTEJAM A MORAR..

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!