VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Fórum: Um dos acusados de hackear Moro é bolsominion. De xingar Lula e Dilma nas redes
O DJ reencontra o cão. Reprodução Facebook
Política

Fórum: Um dos acusados de hackear Moro é bolsominion. De xingar Lula e Dilma nas redes


24/07/2019 - 20h13

Um dos “hackers” de Araraquara é apoiador de Bolsonaro

Fórum apurou junto a moradores da cidade que um dos suspeitos presos por supostamente invadir o celular de autoridades, Gustavo Henrique Elias Santos, conhecido como DJ Guto Dubra, era “bolsominion” fervoroso; perfis de redes sociais do suposto “hacker” foram deletados

Por Ivan Longo, na Fórum

Informações obitidas pela Fórum em contato com moradores de Araraquara (SP) ampliam as suspeitas sobre a prisão relâmpago de quatro supostos hackers que, segundo a Polícia Federal, teriam invadido o celular de autoridades, como o do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

O próprio ministro, nesta quarta-feira (24), sinalizou que os supeitos detidos seriam os responsáveis por vazar conversas entre ele e procuradores da Lava Jato ao site The Intercept Brasil.

Um dos supostos hackers de Araraquara, no entanto, era apoiador fervoroso de Jair Bolsonaro, o que torna o caso no mínimo estranho, já que o hackeamento do celular de um ministro atingiria o governo que o suposto hacker apoia.

Fórum analisou as redes sociais de amigos e conhecidos de Gustavo Henrique Elias Santos, conhecido como DJ Guto Dubra, e constatou que sua posição política era conhecida na cidade.

Um dos moradores de Araraquara que postou comentários neste sentindo, aceitou falar à reportagem em condição de anonimato.

Ele disse que não chegou a ser amigo do DJ, mas que o conhecia de algumas festas que promovia.

“Só coisas xingando Lula, Dilma, pedindo porte de arma”, disse a fonte sobre as postagens de Santos, reforçando que ele era “muito bolsominion”.

O DJ, segundo esta mesma fonte, ganhou ainda mais “fama” na cidade em setembro do ano passado, quando perdeu dois cachorros.

Ele fazia postagens de divulgação e pedia ajuda para encontrar os animais de estimação nas redes sociais.

Quando encontrou um dos cachorros, sua história se tornou notícia no site G1.

Naquela época, véspera de eleição, seu nome ficou em evidência e, consequentemente, suas postagens de apoio a Bolsonaro que, de acordo com fontes ouvidas pela Fórum, eram públicas.

Na terça-feira (23), dia da prisão, os perfis de Gustavo Henrique nas redes sociais, no entanto, já haviam sido deletados.

Bolsominion com Lula Livre?

A informação de que um dos suspeitos de hackear o celular de Moro era apoiador de Bolsonaro entra em conflito direto com a informação de que um outro suspeito preso, Walter Delgatti Neto, mais conhecido como Vermelho, era critico do atual governo e simpatizante do PT.

Depois de 8 anos longe do Twitter, Vermelho voltou à rede social com postagens sobre políticas e até mesmo pedidos de “Lula Livre”.

Para a PF, o DJ Gustavo, Vermelho e outros dois suspeitos presos atuaram em conjunto.

“É estranho um cara desse, que só postava coisa de esquerda no Twitter, ser comparsa de um bolsominion”, comentou um dos moradores de Araraquara ouvido pela Fórum.

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Silvio Neres

25 de julho de 2019 às 07h56

E mais do mesmo, ou seja, delação sem apresentar uma única prova.
A especialidade do Moro e aliciar pessoas para delatar, porém que nunca apresentam provas.
Filmou, fotografou, gravou, tem contrato assinada, dinheiro entrando na conta dos suspeitos tendo como origem o PT ou The Intercept ? Não, não tem nada disso, tem apenas as lorotas de mais um delator torturado pela polícia federal para dizer o que o Moro quer ouvir. Mentiras, e claro.
Chega a ser bisonha a estória.
Até agora nem Moro e nem Dallagnol provaram que o material do Intercept e mentiroso e falso.
Fica bastante claro que nossa justissa tem lado e foi comprada pelos EUA.

Responder

Zé do rolo

25 de julho de 2019 às 03h54

É mesmo sendo esse hacker um defensor assíduo do Bolsonaro e o perseguidor moro fica tentando colocar a culpa no pt e ou em petistas esse discípulo do satanás do moro tem que ser barrado por alguns dos poucos ministros do STF que não se deixaram contaminar pelo vírus do fascismo, da perseguição, do ódio, da má fé da parcialidade e seletividade implantado pelo moro em nosso país.
Pelo bem do nossa democracia e da boa fé do nosso povão imparcial esse moro tem que ser barrado pois o cara se acha o dono do nosso país, montou a turania em nosso país senhor moro o brasil é de todos nós e não propriedade exclusiva do senhor para o senhor tá a forças e como rolo compressor implantando ódio e perseguição.

Responder

a.ali

24 de julho de 2019 às 23h45

essa PF é uma piada pronta… só dá fora e agora expliquem sobre o fã do miliciano, estou rindo, e muito, de mais essa… rsrsrs e mais rsrsrsrsrsr

Responder

Lucas

24 de julho de 2019 às 22h26

Até parece que um estelionatário pé-de-chinelo vai deixar de receber dinheiro por causa de política!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.