VIOMUNDO

Diário da Resistência


Folha dispara bala de prata contra Bolsonaro e a do PT pode vir na véspera do primeiro turno, suspeita professor da USP; ouça a denúncia
Ali Kamel recepciona Bolsonaro na Globo; foto reprodução de vídeo
Política

Folha dispara bala de prata contra Bolsonaro e a do PT pode vir na véspera do primeiro turno, suspeita professor da USP; ouça a denúncia


25/09/2018 - 18h45

Reprodução Facebook

Da Redação

A Folha de S. Paulo disparou hoje a bala de prata contra o candidato neofascista Jair Bolsonaro.

O projétil saiu dos arquivos do Itamaraty, comandado pelo tucano Aloysio Nunes, senador licenciado do PSDB e operador do alto tucanato umbilicalmente ligado a José Serra e seus dossiês.

O projétil recebeu atestado de idoneidade de um diplomata de carreira em exercício, que deu entrevista à Folha confirmando o fato: a ex-mulher de Jair Bolsonaro teria dito a um diplomata brasileiro na Noruega que recebeu ameaças de morte do hoje candidato ao Planalto.

Registre-se que um diplomata jamais daria entrevista sobre um assunto tão delicado sem autorização do mais alto escalão do Itamaraty.

A suposta ameaça está registrada em documento oficial.

Ana Cristina Valle hoje é candidata a deputada estadual pelo Podemos no Rio, usa o sobrenome Bolsonaro na campanha e apoia o ex-marido.

Porém, em 2011, quando fez a denúncia, disputava a guarda de um filho menor com o líder neofascista.

A revelação vem num momento crucial da campanha do primeiro turno, quando líderes de partidos aliados ameaçam abandonar a candidatura de Geraldo Alckmin, do PSDB.

Na mais recente pesquisa Ibope, dois fiapos de luz se acenderam sobre o tucano: Bolsonaro ficou parado e Geraldo oscilou um ponto, para 8%, dentro da margem de erro.

Um terceiro fiapo de luz é que Bolsonaro perdeu oito pontos de uma só vez na região Sul. O fato é que Fernando Haddad, do PT, capturou oito pontos na mesma região, no mesmo período.

Mas a queda do Mito demonstrou a tucanos ainda esperançosos que pode haver movimentos bruscos do eleitorado.

Um analista político que trabalha sob anonimato lembrou que o eleitorado com formação universitária de Bolsonaro pode ser suscetível aos comerciais de campanha de Alckmin sugerindo que ele, tucano, é o melhor candidato para enfrentar o PT no segundo turno.

Esta “ameaça”, antes apenas implícita, ficou explícita agora para os antipetistas, com o avanço constante de Fernando Haddad, que reduziu de 18 para apenas 6 a diferença com Bolsonaro no cenário de primeiro turno do Ibope.

Os antipetistas representam cerca de um terço do eleitorado.

A bala de prata da Folha pode render assunto no noticiário nos próximos dias, justamente aqueles que antecedem o grande ato do dia 29 de setembro, organizado no Facebook pelas Mulheres Unidas Contra Bolsonaro.

Os eventos deverão atrair grande cobertura da mídia justamente nos dias que antecedem o primeiro turno, cristalizando na opinião pública as denúncias de que Bolsonaro é racista, machista e homofóbico.

Embora Alckmin esteja a 20 pontos de Bolsonaro, movimentos rápidos do eleitorado são comuns.

Em 2010, Marina Silva ficou fora do segundo turno, mas teve uma ascensão impressionante nos últimos dias de campanha.

Em todo o mundo, é comum a utilização de balas de prata para provocar movimentos do eleitorado.

Nos Estados Unidos há um nome para isso: October Surprise, a surpresa de outubro. É que as eleições, lá, acontecem no início de novembro.

Hoje, ao sair do prédio da Polícia Federal, em Curitiba, onde visitou o ex-presidente Lula, o petista Emídio de Souza disse estranhar que Lula seja impedido de dar entrevistas enquanto o homicida Adelio Bispo de Oliveira, que esfaqueou Bolsonaro em Juiz de Fora, foi autorizado por um juiz a dar entrevistas a ao menos dois meios de comunicação, a Veja e o SBT.

Entrevistado pela Rádio Brasil Atual a respeito, Laurindo Lalo Leal Filho, professor da Universidade de São Paulo, disse não descartar tratar-se da bala de prata destinada a atingir Fernando Haddad nas horas finais antes do primeiro turno.

O professor lembra que o complexo jurídico-midiático não derrubou Dilma e encarcerou Lula apenas para perder o poder para Fernando Haddad.

A criminalização do PT em véspera de eleição tem muitos antecedentes: 1989, 2006 e 2014 foram os mais evidentes, com tramas envolvendo autoridades públicas devidamente repercutidas pela mídia.

Em 1989, um dos sequestradores do empresário Abílio Diniz, do Grupo Pão de Açúcar, foi vestido por policiais civis com uma camiseta da campanha de Lula.

Em 2006, uma trama envolvendo um delegado da Polícia Federal resultou no vazamento, na antevéspera do primeiro turno, de fotos de dinheiro atribuído a petistas que teriam tentado comprar um dossiê contra o candidato a governador de São Paulo, José Serra, do PSDB.

A ação de 2006 é atribuída pelo jornalista investigativo Amaury Ribeiro Jr. a um grupo de contraespionagem da campanha de Serra, que teria armado uma cilada para petistas aloprados.

Em 2014, a revista Veja divulgou uma capa com as imagens de Lula e Dilma e um título dizendo que eles sabiam de tudo sobre o petrolão.

Cópias da capa foram distribuídas nas ruas por apoiadores do candidato Aécio Neves, do PSDB.

Uma bala de prata contra Haddad, na véspera do primeiro turno, seria útil tanto para Bolsonaro quanto para Geraldo Alckmin, já que a campanha do segundo turno é curta e começa imediatamente após a proclamação dos resultados do primeiro turno.

Em 2006, o escândalo artificialmente inflado pela mídia em torno das fotos do dinheiro dos aloprados foi um dos motivos para o então presidente Lula não ter sido reeleito em primeiro turno.

Logo que começou a campanha do segundo turno, Geraldo Alckmin colocou na propaganda eleitoral um anúncio com a pergunta: “De onde veio o dinheiro?”.

No texto, havia uma contagem. “Faz 27 dias que o governo Lula não diz de onde veio o dinheiro preso com petistas”, dizia o narrador.

Ouça abaixo a denúncia do professor Lalo à RBA — sobre a possibilidade de nova bala de prata contra o candidato do PT em 2018:

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



33 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gabriel

03 de outubro de 2018 às 22h52

Esse tipo de artigo é repugnante, tenta manipular os leitores para os próprios interesses do escritor. Sinceramente, o artigo foi muito mal escrito, com termos como “um fiapo de luz” contra a eleição de um candidato (não importa qual), francamente de que lado você está, escritor ? Da divulgação da informação ou o da manipulação

Responder

Daniela Garrido

28 de setembro de 2018 às 14h58

Eu acredito que se na eleição de 2014 com Aécio Neves essa estratégia não funcionou, agora em 2018, vai tu no bar menos ainda.
Aécio Neves disputou as eleições passadas em condições reais de vencer. O Alckmim, ao contrário, em nenhum momento desta campanha, teve avanços em pesquisas e nem ameaçou avançar.
Só um milagre o salva, não vejo chance nenhuma de uma virada golpista nas urnas em favor dele.
Essa gente não ganha mais nas urnas. Não adianta produzirem escândalos contra o PT em véspera de eleição, pois tem que convencer o eleitorado de que ele é a melhor opção.
Ele tem mais de um candidato a derrotar. Precisaria tirar os votos do Ciro, da Marina, para ver se sobe nas pesquisas.
Estão apostando todas as fichas em tirar votos de Bolsonaro, esperando que os votos do coiso. Se não der certo, vão estar ajudando o Haddad, pois a rejeição do Bolsonaro está aumentando e o Haddad está subindo nas pesquisas e com possibilidades de mais votos de transferências de eleitores que iam votar em Lula.
Se a estratégia de detonar o Boldonato não der certo para Alckmim no primeiro turno, como que essa mídia golpista vai convencer o eleitor a não votar no Haddad contra o Bolsonaro no segundo turno?
Então, eu acho que essa estratégia eles tiveram que fazer no desespero, no tudo ou nada já no primeiro turno, favorece o Haddad que, ganhando mais votos, pode ficar em primeiro no primeiro turno, indo com mais moral e confiança pro segundo turno.

Responder

Brasil

26 de setembro de 2018 às 16h24

Essa mídia podre está desesperada
Não adianta e
Bolsonaro e pronto a i fica um bando de retardado fazendo mimi textao bando d acéfalos . Bolsonaro e ponto final e Lula na cadeia até morrer

Responder

Lula

26 de setembro de 2018 às 15h13

LULA/HADDAD/MANU 13
Os golpistas só ganham no tapetão. #elenão

Responder

Maicon #Elesim

26 de setembro de 2018 às 12h44

O desespero e tão grande q chega a dar pena dos comunistas
Na verdade os esquerdistas gosta de passar vergonha
Faz assim vai perguntar pra ex mulher do Bolsonaro se é verdade ou melhor olha o vídeo q ela postou no face
Bando de comunista de merda

Responder

lulipe

26 de setembro de 2018 às 11h10

Fake news, não enganam mais ninguém. Vitória do mito no 1º turno. É melhor JAIR se acostumando.

Responder

    Vanderlei

    26 de setembro de 2018 às 12h36

    Melhor ir se haddadptando…vou até rir..hahahaddad hahahaddad..

Julio Silveira

26 de setembro de 2018 às 08h43

Rsrsrs. A turma boçal ignarista produtora de fake news e que ajudou a derrubou com golpes uma presidenta eleita só por que era fraca, reclamam da Informação de um de seus jornais mais considerados quando ajudava no Golpe. É de rir.

Responder

Edgar Rocha

26 de setembro de 2018 às 02h02

Sei não. Melhor Jair dando tchau.

Responder

Ibsen

26 de setembro de 2018 às 01h34

A ex o acusou de ameaçá -la de morte e agora o apoia? Muito fake isso.

Responder

Adyneusa

26 de setembro de 2018 às 00h16

destruidor, Ele não consegue entender que a matéria do Viomundo comenta a matéria da Folha.
E o ministro das relações do governo Temer é o Aloysio Nunes do PSDb que com certeza armou essa.
O objetivo deles é levar o Alckmim para segundo turno derrubando o coiso.
O Haddad não tira mais, Mas pode influir dependendo do que vem por aí.

Responder

Morvan

25 de setembro de 2018 às 23h28

Boa noite.
Não acho plausível. Quem vota no nefando o faz justamente pela sua arrogância, machismo e, pasme-se, pela violência, seja simbólica ou física. Divulgar que o coiso bat<e | ia> na mulher é simplesmente demonstrar ao seu eleitorado que ele “não fraqueja” (Sic!). Acredite, é um elogio. Quanto ao D. Merendão, acho difícil ressuscitá-lo sem intervenção metafísica…

Saudações “#HaddadPresidente, #LulaLivre, Brasil idem (deles, dos entregões).
Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal, seja Livre, use GNU-Linux.

Responder

    Brasil # ele sim

    03 de outubro de 2018 às 23h02

    Palavras bonitas, porém do que adianta enfeitar, a merda vai sempre feder amigo, o que vocês não entenderam ainda, né ?

José

25 de setembro de 2018 às 22h54

Sem noção vcs da Folha né, vamos melhorar o Brasil, poxa! Parece q estão querendo um socialismo no NOSSO país. Se concentrem nas idéias dos candidatos e parem de publicar fakes. Lamentável!

Responder

Lico

25 de setembro de 2018 às 22h50

Essa eleiçao dá nojo. Dizem todo tipo de mentira sem apresentar provas e o povo acredita.
Às vesperas da eleiçao. Ta na cara que isso é mentira.
É muita gente que quer ser político sem votos.
Uma leitura atenta da noticia é possivel inferir que isso é 171 de jornal.
Cada um acredita no que quer.

Responder

ISRAEL VAZ GUIMARAES

25 de setembro de 2018 às 22h35

Pobre folha de são Paulo kkkk , já sabemos que a partir dessa semana as fakenews irão aumentar em 600,000,000 vezes kkkkk.

Bolsomito 17 1° turno…

Responder

Pedro

25 de setembro de 2018 às 22h29

Mais um jornal que bloqueio notificação. Mídia imparcial, tô fora…

Responder

Cesar

25 de setembro de 2018 às 21h45

Não acho q isso reverta a quadro,o Alckmin e figurinha repetida.nao anima ninguém.

Responder

Lico

25 de setembro de 2018 às 21h44

Vão me desculpar. Mas não acredito nisso nem a pau. 171 da Folha com claro objetivo de ajudar o Alckimin.
E mesmo que ele tenha dito isso, ele não fez e nunca fez.
Entre dizer e fazer tem uma distância kilometrica.
Vcs só estão alimentando fake news que pode se virar contra o pt a qualquer momento. É bom pensar nisso.
Quem nunca discutiu com a esposa ou ex-esposa.
Não me consta que tenha boletim de ocorrência contra o Bolsonaro em qualquer delegacia por te batido ou tentado matar a mulher.
Cuidado que isso pode tirar votos de quem inventou e de quem espalhou essa notícia.
Vale tudo na eleição ?
Tem cara que não diz nada, é super educado e senta o braço na mulher. É ou não é ?

Responder

José

25 de setembro de 2018 às 21h35

Kkkk bolsonaro17.
1° Turno.

Responder

maria do carmo

25 de setembro de 2018 às 21h35

Temer mentiu nos EEUU como sempre, esquece que vivemos a era digital, o mundo sabe tudo sobre o golpista ilegitimo, antes mesmo da midia parcial brasileira, Temer traidor ridiculo vergonha para o Brasil!

Responder

maria do carmo

25 de setembro de 2018 às 21h27

Temer mentiu nos EEUU, esquece que vivemos a era digital, o mundo sabe tudo sobre o golpista ilegitimo antes da midia parcial brasileira Temer impostor ridiculo vergonha para o Brasil!

Responder

Messias Franca de Macedo

25 de setembro de 2018 às 21h11

(…)
Já o [Sérgio] Moro é só um canalha e fez todo tipo de acordo sujo para destruir o Lula e o PT por puro ódio político. “Ele jogou o Estado de Direito na lama e ainda é homenageado por conta disso”. O país está doente e quando mais a gente precisava do STF para restabelecer o Direito, a gente vê como as pessoas são covardes e egoístas.
(…)

Por egrégio, catedrático e impávido sociólogo e escritor Jessé Souza
em
Moro tem ódio de classe contra o PT e Lula
Livro de Jessé traça o perfil do STF, também
publicado 25/09/2018

FONTE: https://www.conversaafiada.com.br/brasil/moro-tem-odio-de-classe-contra-o-pt-lula

Responder

Ricardo

25 de setembro de 2018 às 20h39

mais uma #fakenews lançada pela imprensa… #elesimeno1turno

Responder

    maria do carmo

    26 de setembro de 2018 às 10h20

    Ricardo suprema ignorancia, procure ler e entender, leia Noan Chomsky espero que consiga, o estadista Lula e respeitado pelo mundo , os maiores linguistas reconhecem o maior estadista do mundo. A ignorancia e a mae da miseria, chega de papagaiada, repete sem entender, cade os neuroneos, pense no presente e futuro seu e de seus familiares, valentia, truculencia, fascismo, preconceito nao leva a nada se ELENAO fosse bom teria feito carreira no exercito, foi expulso, como deputado durante 27 anos VINTE E SETE ANOS, so aprovou dois projetos irrelevantes sendo que um nao foi regulamentado, levou tres filhos e duas esposas para a politica e cade o resulrtado? ( a mamata e boa ). Leia muito pesquize todas as fontes use os neuroneos o futuro da sua familia e importante, que prevaleca o bom senso O estadista Lula saiu do governo com o maior indice de aprovacao governou para todosos brasileiros de norte a sul tirou o Brasil do mapa da fome e do desemprego reconhecido pelo Brasil e mundo, Caro Ricardo quem nao sabe ser grato nao tem qualidade alguma!

José da Silva

25 de setembro de 2018 às 20h35

Se o Lula soubesse escrever eu diria que essa matéria foi escrita por ele.

Responder

    maria do carmo

    26 de setembro de 2018 às 13h13

    Prezado Jose da Silva a ignorancia e triste, leia a resposta que dei a Ricardo serve sob medida a seu comentario, o equilibrio prevalecera Haddad 13!

Jurandir Souza

25 de setembro de 2018 às 20h17

Estou pasmo com o desespero da grande mídia podre quanto mais fazem só dão tiro no pé e nosso PRESIDENTE cada vez mais forte Jair Messias Bolsonaro no primeiro turno BRASIL acima de tudo Deus acima de todos 👍🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Responder

João Lourenço

25 de setembro de 2018 às 19h04

Não funciona usar o mesmo recurso que usaram contra Lula no caso do aborto da filha que ele teve com Mirian.Não causa efeito algum ainda mais vindo de um sujeito suspeito

Responder

Ana

25 de setembro de 2018 às 19h03

Olha lá… o gato subiu no telhado. O JB sairá de cena e o Haddad irá ao 2º turno com o Alckmin. Quem vai ganhar? É o Santo que o mercado quer… O #EleNao está ajudando o Alckmin.

Responder

    Paulo Roberto Araujo Telles

    25 de setembro de 2018 às 20h35

    Que ridículo seu comentário.Midiazinha vermelha,estão subestimando nossa percepção.Acho que o caso de vocês esquerdistas é de uma imediata internação.

    destruidor

    25 de setembro de 2018 às 21h13

    Paulo Roberto ArauJo Telles o seu comentário que é ridículo. A grande mídia sempre odiou o PT. Se o Haddad ganhar vai acabar com oligopólio dos meios de comunicações. Só poderia ser Bolsonaretes para fazer um comentário chinfrim. kkkkkkkkkkkkk

    José

    25 de setembro de 2018 às 21h37

    Hunrum , e o coelho da páscoa vai trazer dois ovos pra vc , e no Natal kkk. Bolsonaro17


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!