VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Dr. Rosinha: A mediocridade e a violência já ocuparam cargos importantes na história do mundo
Política

Dr. Rosinha: A mediocridade e a violência já ocuparam cargos importantes na história do mundo


20/01/2020 - 21h07

por Dr. Rosinha*, especial para o Viomundo

Quem é ele?

Ele não era somente desequilibrado, mas também desleal.

Desviava-se, hostilmente, de tudo que fosse talentoso e grande.

Sentia-se bem apenas entre as nulidades, os destituídos de qualquer talento, os devotos, os deliquescentes, aos quais não precisava olhar de baixo para cima.

(…)

Na escolha de seus ministros, tinha por princípio escolher sempre os de mais baixo nível.

Não chamava a si pessoas de espírito e de caráter, senão em último caso, quando não encontrava outra saída, assim como se recorre ao cirurgião, em perigo de morte.

Este homem apagado era cruel.

(…)

Já no inicio de seu reinado felicitava os “bravos do regimento…”, que haviam atirado nos operários.

Lia sempre “com prazer” as informações sobre o modo como haviam sido espancados os estudantes de cabelos curtos, e como pessoas indefesas ficaram com os crânios esfacelados… .

Rebotalho coroado da sociedade, inclinava-se com toda a alma para a escória, para os bandidos…

Como gostava também de entreter-se com eles, ouvindo-os narrar os próprios feitos, agraciando-os quando, por acaso, eram condenados por terem assassinado…

Quando chegavam ao conhecimento dele as noticias de inúteis sevícias cometidas pelos chefes desses destacamentos, ele as aprovava ou, pelo menos, as ocultava.

O general-governador pediu que se admoestasse certo capitão-ajudante…, que “executava de moto próprio, sem qualquer julgamento, até pessoas que não opunham resistência alguma, ele anotou à margem do relatório: “Ah! este é um bravo rapaz!”

Distribuía sem medir, tais estímulos.

Quem é ele?

Alguns leitores e leitoras podem entender que o escrito acima se refere a Jair Messias Bolsonaro.

O ele, apesar da semelhança não é a descrição da figura de Bolsonaro, mas sim de Nikolay Alexandrovick Romanov, Nicolau II, o último czar da Rússia, feita por Leon Trotsky, em a História da Revolução Russa.

A transcrição dessa descrição não tem o objetivo de desejar o mesmo fim de Nicolau II a Bolsonaro.

É simplesmente para fazer o registro que a mediocridade e a violência já ocuparam cargos importantes na história do mundo.

Como vê é só um registro.

*Dr. Rosinha é médico pediatra, militante do PT. Pelo PT do Paraná, foi deputado estadual (1991-1998) e federal (1999-2017).  De 2015 a 2017, ocupou o cargo de Alto Representante Geral do Mercosul.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

lulipe

21 de janeiro de 2020 às 11h04

“(…)É simplesmente para fazer o registro que a mediocridade e a violência já ocuparam cargos importantes na história do mundo(…)”

Até que fim concordo com o rosinha, é só lembrar de Stálin, Mao, Fidel, Chávez, lula, Dilma, Evo….

Responder

Raquel Fernandez

20 de janeiro de 2020 às 21h22

Essa descriçao é exatamente o que bolsonaro é

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.