VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Dilma: “O que o Brasil puder produzir, será produzido no Brasil”


04/06/2011 - 16h18

Do discurso de Dilma Rousseff no lançamento da plataforma P-56.





56 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

JOaquim Aragao

06 de junho de 2011 às 12h32

Vejo um paralelo entre o Governo Lula: o inicio tímido, tentando domar e afagar as feras da direita, e ela buscando a primeira tentativa de deseatablizar o governo. A partir daí, o presidente cresce para o pais, se distancia das maquinarias politicas, adquire um discurso próprio, e se lixa para agenda da imprensa. Da mesma forma como o mensalao, a primeira crise do governo está transformando para melhor o governo e o desempenho da presidenta. O discurso dela é menos "correto", mas mais efetivo, mais solto, e passa a ditar a agenda politica, apesar de todo o boicote da imprensa.

Responder

monge scéptico

06 de junho de 2011 às 11h04

E o que não puder, tem que ser arrancado dos "cérebros" das forças armadas etc.
A ciência brasileira tem de dar passos firmes pela independência tecnológica.
Estamos cansados de ver o PIG (globo caindo aos pedaços a frente) citando as
maravilhas que os deuses(USA/uk)produzem e nós juntando dinheiro para comprar
a traquintana gringa. Cadê os motores para aviação? Tratores?Cem por cento nacionais?

Responder

Klaus

06 de junho de 2011 às 08h38

A frase da Presidente é boa, mas não poderá se tornar realidade, pelo menos não como vocês acham que se tornará. O Brasil tem que exportar mas também tem que importar. Ou vocês acham que o Brasil poderá ficar com a balança comercial favorável com todos os países do mundo? Assim que o comércio entre dois países se torna muto desigual reuniões são marcadas, acordos comerciais assinados e o desequilíbrio excessivo é corrigido. Mas a frase é boa. Seria como uma dona de casa se dispusesse a fazer o pão em casa, plantar milho, feijão e arroz e a criar galinhas, porcos e bois para alimentar sua família. Possível, mas certamente ineficaz.

Responder

Antonio Pereira

05 de junho de 2011 às 16h29

Aqueles que acham que a Presidente Dilma fala o óbvio, são as mesmas pessoas que gostam de lamber os sapatos e levar coices das gringalhada inculta e avarenta, estas pessoas não conseguem deixar de ser capachos, como o foram os governos PSDBestas, DEMOchocho, PIG´s e apaniguados.
Parabens a Presidente Dilma, o Brasil de hoje produz conhecimento científico, fabrica navios, plataformas, aviões e etc., este governo valoriza o povo brasileiro e sua competência.

Responder

Pedro Luiz Paredes

05 de junho de 2011 às 15h43

Então estamos ferrados!
Educação é uma coisa que não pode ser produzida no Brasil.
… pelo menos é o que parece.

Responder

Carmem Leporace

05 de junho de 2011 às 15h10

Presidenta, como é que a senhora que produzir alguma coisa por aqui, com seu ministério da edcucação ensinando a escever errado e fazendo conta de matemática de 7 – 4 = 4???

É ruim hein…. mas bá thcê….

Tá é tudo caindo pelas tabelas…. dessa plataforma o Brasil só fez o casco… todo o resto veito de fora..

Tchau rapaz.

Responder

    Leider_Lincoln

    05 de junho de 2011 às 17h32

    Bom em matemática é o famoso engenheiro e economista (sem diploma de nenhum dos dois) e doutor (sem tese) José Serra Chirico, né? http://www.youtube.com/watch?v=UiRNvK95438

    Leider_Lincoln

    05 de junho de 2011 às 17h32

    Ah, tchau, "moça".
    sds

    Carmem Leporace

    05 de junho de 2011 às 20h07

    Como assim tchau moça??? a única que pode dar tchau aqui sou eu tocador de tuba.

    Tchau Tocador de Tuba.

    Você é bem chatinho não é rapaz???

José Silva

05 de junho de 2011 às 14h01

Hora do Brasil na televisão brasileira já!!! E em horário nobre, das 21:45 às 22:30 hs URGENTEMENTE!!!

Responder

jose Bentes

05 de junho de 2011 às 11h21

Pois é LUZIS, de óbviedade em óbviedade o Brasil vai crescendo, tu já pensou se todo presidente da república fossem assim tão óbvios como a Dilma e o Lula.

Responder

Carmem Leporace

05 de junho de 2011 às 09h37

Será uma boa?

Responder

    Leider_Lincoln

    05 de junho de 2011 às 17h34

    Nãooooooooooo, não será. O ideal é fazer como o Príncipe (PSDB-SP) e gerar empregos na China ou em Cingapura…

    Bruno

    06 de junho de 2011 às 12h11

    Leia a analogia do Klaus feita em torno das 9h da manhã.

Roberto Locatelli

05 de junho de 2011 às 07h54

A questão simples a ser colocada é? por que FHC não fazia isso? Por que encomendava plataformas no exterior, assim como navios?

Isso ocorria porque a direita brasileira age em conformidade com o imperialismo. Para eles, o Brasil tem que voltar a ser uma simples colônia, que fornece açúcar, café e soja.

Responder

    Carmem Leporace

    05 de junho de 2011 às 15h14

    Para de pensar com o fígado mano velho.

    Tchau rapaz… quer dar um de bonzão por aqui, mas falas é muita bobagem sem lastro algum em conhecimento formal.

    Leider_Lincoln

    05 de junho de 2011 às 17h35

    Então você, Richard Smith (prefiro te chamar por seu nome verdadeiro), que não fala nenhuma bobagem, apresente-nos o tal conhecimento formal sobre o tema. Que tal?

    Bruno

    06 de junho de 2011 às 12h12

    Para discordar de você tem que ter nome gringo?

GilTeixeira

05 de junho de 2011 às 06h33

Li aí por baixo que ela só diz o obvio… Pera lá, quando a quadrilha tucana estava no poder o obvio seria construir as plataformas na China, comprar navios na coréia… Uma das coisas boas da internet é mostrar que a falácia de que o brasileiro esquece não passa disso: falácia.
Quanto ao Eike Batista, que enriqueceu por ter as informações certas dada por seu pai ex-ministro dos governos entreguistas que tinha um levantamento geológico do Brasil inteiro e comprou os terrenos nos lugares certos pelo menos ele está gerando emprego aqui e não lá fora como o herói da quadrilha, o agnelli, fez o tempo todo.
a Presidenta Dilma está fazendo o obvio mesmo que é continuar tudo que o Dr. Lula iniciou.
Viva o Brasil dos brasileiros (os vedadeiros)

Responder

Rasec

05 de junho de 2011 às 01h59

Dilma comentando sempre o que parece óbvio, mas não é: no Governo FHC a idéia era construir plataformas no estrangeiro. Depois do Governo Lula a indústria naval brasileira renasceu e por isso pode parecer óbvio o que a presidenta hoje afirma! Mas no Governo fhc a idéia era entregar tudo!
Ainda bem que não conseguiu e que o Nunca Dantes fez diferente. Trabalho agora que será continuado e aprofundado pela presidenta Dilma!

Responder

betinho2

05 de junho de 2011 às 00h02

Inicialmente dizer que Dilma tem compromisso assumido com o Brasil e seu povo. Fará o que lhe for possivel fazer, talvez um pouco mais, porém não menos. Quem resistiu à tortura como ela não pode ser menosprezada.

Agora, fora de pauta, como mais um registro, sempre contando com o democrático Azenha, colocar mais um comentário que possivelmente será cortado lá no PHA:

"…Em 2014 o PHA estará fazendo campanha para o Aécio netinho do Tancredo, o traíra de Vargas…ou melhor, já começou. Mais um comentário meu em resposta ao Rubens foi "desmatado" sumariamente. O PHA tanto fala do PIG, por sinal por ele assim cunhado, mas acaba se pautando pelo mesmo quando lhe interessa contar história enviesada…".

Também para registro de uma análise que tenho feito. Aécio não será candidato. Surgira uma 3ª ala entre os demotunganos. Passem a acompanhar os movimentos da "lavadeira" tucana do Paraná, cujo mandato de senador acaba em 2014. Sabem de quem falo não é?

Responder

    José Silva

    05 de junho de 2011 às 13h58

    Ahhhh Betinho, esses caras ainda não tão rasgando dinheiro pra lançar o Mr. fofoca como candidato em 2014. Aí até eu posso ganhar deles hehehe!!!

    betinho2

    05 de junho de 2011 às 16h06

    A candidatura de Aécio, se não nasce prematuramente morta, nasce fracassada, vai ser mais fácil que derrotar o Zé Chirico. Mr. Fofoca sabe disso e vai tentar se cacifar.

    pfelipecs

    05 de junho de 2011 às 16h01

    Não entendi….

    Qual história? Qual viés?

Diogo

04 de junho de 2011 às 21h17

Inúmeros profissionais do ramo de engenharia e projetos abandonaram sua profissão devido ao arrocho salarial ou simplesmente por não existir a menor perspectiva de se manter na atividade, refiro-me aos anos do governo fhc (com letras minúsculas mesmo). Já ex-projetista no final da década de 90, comentei com um colega que o Brasil perderia por não mais poder contar conosco. E perderia por quê? Porque iguais a nós existiriam muitos que não passariam adiante suas experiências (um técnico ou engenheiro ao terminar os estudos e começar a trabalhar somente se tornará um profissional maduro depois de mais ou menos 15 anos de vivencia na área. Esta experiência só se adquire na convivência com outros profissionais mais experientes, trabalhando no dia a dia, vai sendo acumulada de geração a geração.), haveria como houve, um vácuo que durante muito tempo não foi preenchido, o know-how foi irremediavelmente perdido, não teve uma continuidade, paramos no tempo e agora hienas dizem que não somos capazes. Vivi isto com muita dor ao ver grandes empresas de engenharia, algumas das quais trabalhei, fecharem suas portas. Diziam que a década de 80 foi a década perdida, engano a década perdida foi a de 80 e 90. Agora como disse a presidenta, temos que aprender (de novo). Fomos e ainda somos capazes. Só não podemos voltar a ser liderados por entreguistas ou falsos lideres com "espírito de vira-latas" como num passado recente. Espero que ela seja firme neste propósito de incentivar o nosso potencial que é imenso. Só tomando cuidado com as “quintas colunas” existentes no próprio governo.

Responder

Avelino

04 de junho de 2011 às 21h00

Caro Azenha
O Brasil não só tem que produzir, mas propagandear o que produz. Assim como produz bons jogadores de futebol também produz cientistas, plataformas, e muito mais, mas muitos desconhecem esses fatos. E não é interessante divulgar.
Saudações

Responder

SILOÉ -RJ

04 de junho de 2011 às 20h30

Os pigs repercutiram isso??? NÃO!!!!
Dos blogs sujos, só alguns… apenas umas notinhas, notícia an passant, enquanto que o caso Palocci ficou na mídia TODA o triplo da soma deTODAS AS AÇÕES DO GOVERNO DILMA JUNTAS durante esses 5 meses, inclusive o MAIOR PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL JÁ REALIZADO NO MUNDO!!!
PORQUÊ SERÁ???

Responder

    LuizCarlosDias

    05 de junho de 2011 às 10h05

    La num futuro proximo, os meios de comunicação vão mostrar essas realizações robustas do efeito LULA, não será agora por enteder que vão jogar água no foguinho de esperança, que a elite branca tem em fazer do Aécio, o ébrio, representante deles e não do Brasil. Hidreletricas, petrobras, brasil sem miséria, rio, minha casa minha vida, estadios, aeroportos, cresciementos em todos os niveis etc etc etc.Quando o PIG finalmente mostrar tudo isso, será como mostrar um filho que o pai não viu crescer. infelismente será bem assim. Viva LULA

    SILOÉ -RJ

    06 de junho de 2011 às 18h50

    Com certeza Luiz Carlos;
    Contra fatos não há argumentos, e eles teram que se render às evidências.
    Abraços.

    Gustavo

    05 de junho de 2011 às 14h54

    Dããã Siloé, chegaste a ler o início do Site, o que vc não vê na TV, pois o que você vê na TV não tem necessidade alguma de ser repercutido aqui, os Blogs não são afiliados das emissoras de televissão e caso ficassem repercutindo tudo o que passa lá, nem haveria necessidade de existirem, entendeu? Posso desenhar para melhorar a compreensão!!!

    Abraço

    SILOÉ -RJ

    06 de junho de 2011 às 18h35

    Gustavo:
    Obrigada por sua gentileza, mas não carece o desenho para melhor compreensão.
    Só acho que justamente por não ter espaços na grande mídia é que as coisas boas do governo deveriam reverberar MAIS nos blogs sujos.
    O que você disse é exatamente o que eu penso e o que não acontece.
    Com exceção de alguns blogs, eles copiam as notícias dos pigs, obvio devido a grande rede de fontes que eles têm, e muitas vezes nem se dão ao trabalho de questionar a veracidade dos fatos e ou emitir qualquer opinião a respeito.
    Se você se der ao trabalho: vai verificar que as coisas boas que o governo faz , muitas vezes nem siquer são citadas nos blogs, que dirá nos pigs.

Julio Silveira

04 de junho de 2011 às 19h59

A Dilma devia se livrar do "podres" de seu partido, só com os do PMDB já estaria de bom tamanho para ela se preocupar.

Responder

José do Ceará

04 de junho de 2011 às 18h57

Essa oposição vagabunda , conjuntamente com o PIG pilantra não querem um Brasil desenvolvido e um Nordeste sem miséria.Essa corja vai perder feio ,de novo lá no Nordeste, em 2014.Aquele vampirão horroroso pensa que nós nordestinos somos trouxas. Se candidata, de novo, e vai tomar ferro mais uma vez Nosferatu…

Responder

Luzis

04 de junho de 2011 às 18h56

Já notaram que Dilma só fala o ÓBVIO?

Sempre que ela dá alguma declaração é exatamente o que é … óbvio.

Ela nunca fala algo diferente, ou surpreendente…

Responder

    edv

    05 de junho de 2011 às 00h25

    Para FHC isto era o oposto do óbvio….
    Surpreendente, não?
    Voce chegou a notar?

    Karen

    05 de junho de 2011 às 01h07

    edv

    05 de junho de 2011 às 13h26

    Embora tropeços sejam comuns a todas as pessoas com exposição pública, mais importante do que falar (bem ou mal) é FAZER (bem).
    Os maiores hipócritas geralmente falam muuuuito bem, embora até gênios tenham dificuldade de falar.
    Há quem julgue toscamente, por não perceber as fundamentais diferenças entre falar, pensar e agir.
    Estes, comumente, foram amestrados para serem enganados por meras palavras.

    Marcos C.Campos

    05 de junho de 2011 às 09h13

    Tem muita gente precisando aprender o óbvio.

    Eduardo

    05 de junho de 2011 às 12h09

    E graças ao óbvio estamos crescendo.

    Era tão óbvio que melhorando a situação dos mais pobres e empresas estaríamos melhorando o desenvolvimento do país assim como a popularidade do governo.

    Mas a direita não entende nada disso, já que até hoje está se perguntando o tamanho sucesso do Lula. O que para nós é bem Óbvio.

Elisabeth

04 de junho de 2011 às 17h47

Confiante nesta grande oportunidade de Brasil produzir industrialmente ,plataformas, sondas… Realmente foi uma inciativa de Lula… Só aqueles que não sabem conhecem a palavra impossivel, vai lá e faz! rs Salvem os "loucos" que acreditam.

Responder

    Ostermann

    04 de junho de 2011 às 20h27

    Sim…iniciativa de Lula, sob "aplausos eufóricos" de Eike Batista e seu novo estaleiro bilionário.
    Vamos ver se não vai custar 10 vezes o preço, por conta das maracutaias.
    Se for até o dobro creio que ainda vale a pena fazer aqui, por conta dos empregos e da renda que gera, mas olho aberto, porque político no Brasil é mestre na arte de enganar a sociedade.

    edv

    05 de junho de 2011 às 00h34

    Ainda que custe algo mais: se o dinheiro ficar aqui, girando a nossa economia e gerando mais empregos e know-how, melhor do que custar "menos" e ir tudinho lá pra fora, com emprego e tudo, empobrecendo a nossa economia, némêz?
    Lá fora eles também preferem assim.
    Aqui, há que prefira o contrário…
    Estranho, não?

    Pedro1

    05 de junho de 2011 às 03h49

    Isso. O melhor é produzir emprego em Omã como fez o senhor Agnelli. Corte de gastos, não é?

FrancoAtirador

04 de junho de 2011 às 17h45

.
.
Apoiamos o Governo Dilma!

Queremos, apenas, o Palocci
e alguns outros poucos traíras
fora do governo.
.
.

Responder

    Leonardo

    04 de junho de 2011 às 17h55

    Especialmente os 3 porquinhos… E o Lobão mau, claro (lol)

    Quem será que construiu a casa de tijolos, de palha e de madeira?

    FrancoAtirador

    04 de junho de 2011 às 18h47

    .
    .
    Há mais coisas entre o poder e a terra
    do que possa imaginar nossa vã democracia.
    .
    .

Pitagoras

04 de junho de 2011 às 17h32

O Brasil já produziu de tudo, de foguete a palito de dente, e tivemos competência para operar de telefonia, correios, bancos, etc., desde os fatídicos sarney, collor e fhc passamos a exportar empregos e consumir desde fraldas descartáveis chinesas à automóveis corenaos, sem falar dos serviços essenciais privatizados em favor de empresas estrangeiras (com tarifas extorsivas e serviço marca barbante), é no mínimo estranho ouvir esta conversa. Só vendo para acreditar.

Responder

    Antonio

    05 de junho de 2011 às 14h21

    Quando a Telefônica chegou ao Brasil, ela tomou contato com avançada tecnologia de telecomunicações, coisa que não existia na Espanha. Em 2018 espero que coloquemos todos esses estrangeiros chupins para fora do Brasile e retomemos o que é nosso. Até porque, Eletricidade e Telecomunicações são serviços essenciais e não podem estar na mão de estrangeiros, que não têm qualquer comprometimento com o Brasil e os brasileiros. Temos que acabar com os contratos de aumento de tarifa indexada ao dólar. Temos que parar de mandar 40% do lucro das empresas que construímos para os amigos internacionais dos demotucanos.
    PSDB e Tortura Nunca Mais.

Edson

04 de junho de 2011 às 17h24

Essa é a Dilma que queremos… Uma Dilma que norteie o desenvolvimento nacional, uma Dilma que DISCURSA.
Que fale ao povo brasileiro e que lhe instigue o orgulho nacional.
Não a Dilma de Palocci, que recebe Obama com um soberano… Ou que fique quieta como os Marinhos (amigos de Palocci) querem…

Responder

daniel

04 de junho de 2011 às 16h39

está cortado… queria ver na íntegra!

Responder

    Maria Rita

    04 de junho de 2011 às 19h37

    Você pode ouvir a íntegra do discurso no site da presidência: http://www.info.planalto.gov.br/

    Lá estão todos os discursos e entrevistas da presidenta, na íntegra (texto e áudio).

FrancoAtirador

04 de junho de 2011 às 16h34

.
.
Brasil Sem Miséria

Depoimento de Marise Rodrigues, ex-beneficiária do bolsa-família
e atual presidenta da Cooperativa das Costureiras de Osasco (SP).

[youtube xMI996fPl-s http://www.youtube.com/watch?v=xMI996fPl-s youtube]

Responder

    Elisabeth

    04 de junho de 2011 às 17h26

    Fantástico depoimento da Marise, isso prova que se der oportunidade as pessoas, elas transformam sua vidas.Bolsa família apenas é uma porta para ter acessos a muitas outras coisas e o principal: Acesso a CIDADANIA. Gostei muito do humor desta costureira guerreira.rs Auto- estima e dignidade faz um bem incrível.

FrancoAtirador

04 de junho de 2011 às 16h29

.
.
Discurso da presidenta Dilma Rousseff no lançamento do Plano Brasil Sem miséria

[youtube rkVaWkQ31lI http://www.youtube.com/watch?v=rkVaWkQ31lI youtube]

Responder

    Elisabeth

    04 de junho de 2011 às 17h20

    Eita , minha presidenta! Dá um orgulho!! O programa é maior do que apenas oferecer renda , é da acesso as pessoas a serviços públicos, Só de imaginar oito milhões de nordestinos no campo inserido na sociedade produtiva, Já faz valer este programa, exterminar esta chaga nordestina me comove de tal forma …

    Sadi Hardem

    05 de junho de 2011 às 02h17

    Dá orgulho mesmo… Mas tem tanta gente querendo derrubar, escamotear e estrangular o seu governo…
    Como é dificil uma pessoa que pensa no Brasil, no seu povo, governar… como é dificil…
    Mas vamos pensar positivamente e anular os que pensam negativamente…


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding