VIOMUNDO

Diário da Resistência


Dilma: “Fizemos lá (no Nordeste) o que o Alckmin não fez em SP”
Política

Dilma: “Fizemos lá (no Nordeste) o que o Alckmin não fez em SP”


07/05/2014 - 17h29

por Luiz Carlos Azenha

“Fizemos lá [no Nordeste] o que o companheiro Alckmin não fez em São Paulo”, disse a presidente Dilma Rousseff num encontro em Brasília com o diretor regional de Jornalismo da TV Record, João Beltrão.

Ela se referia a um projeto que, aparentemente, vai acabar virando tema na campanha eleitoral, diante da falta d’água em São Paulo: a instalação de cisternas no Nordeste por parte do governo federal.

O governador paulista, Geraldo Alckmin, é acusado por adversários de não ter feito os investimentos necessários para evitar uma crise no abastecimento de água.

Por outro lado, no Nordeste, até o final do mandato Dilma deverá entregar 750 mil cisternas como parte do programa Água para Todos.

Segundo a presidente, além de garantir o abastecimento de milhões de pessoas as cisternas reduziram a corrupção, ao eliminar os carros-pipa que eram usados por autoridades para conquistar eleitores. De acordo com Dilma, os carros-pipa que hoje fazem o serviço em casos de emergência são do Exército.

A alfinetada em Alckmin demonstra que Dilma está antenada no potencial do tema na campanha eleitoral que se avizinha. É uma questão que pode ajudar o candidato do PT a governador, o ex-ministro Alexandre Padilha, a ganhar votos para a chapa petista em São Paulo.

Pesquisa do Data Popular divulgada nas últimas horas demonstra isso.

Deu no Estadão:

Mônica Reolom – O Estado de S. Paulo

Uma pesquisa dos institutos Data Popular e Ideia Inteligência revelou que 23% dos paulistas tiveram problema de falta de água nos últimos três meses. O número corresponde a 6 milhões de pessoas. Se for considerada apenas a região metropolitana, que é abastecida pelo Sistema Cantareira, o índice sobe para 35%.

“A falta de água não é mais uma questão teórica, é uma questão prática”, afirma o coordenador da pesquisa e diretor do Data Popular, Renato Meirelles. “Essa falta de água é real e por isso as pessoas estão com receio de que continue faltando água no resto do ano. Esse temor em véspera de eleição faz com que a pauta de falta de água entre no calendário eleitoral”, diz.

O levantamento foi feito pelo telefone com 18.534 pessoas de 70 cidades do Estado, e tem margem de erro é de 0,7%.

Os paulistas também estão pessimistas: 59% acreditam que vão enfrentar falta de água até o final do ano, em casa ou no trabalho. Segundo a pesquisa, a escassez de água é duas vezes maior entre as famílias de menor renda (que recebem até um salário mínimo) do que entre famílias de renda superior (que ganham mais de dez salários): os índices são de 25% que relataram o problema no primeiro grupo contra 12% do segundo.

Os entrevistados também apontaram que o principal culpado pelo problema de abastecimento é o governo estadual (41%), seguido pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), com 29%.

Eleitoralmente, o mais constrangedor nos números da pesquisa acima é que os pobres teriam sido mais afetados pela falta d’água em São Paulo que os ricos.

Durante o encontro com o representante da Record — parte de uma série de encontros com jornalistas — a presidente Dilma estava tranquila quanto à campanha eleitoral, embora tenha admitido que vai “apanhar de todo lado”.

Disse não entender a onda de pessimismo nas questões relativas à economia. Ressaltou o crescimento minúsculo dos Estados Unidos e notou que o México, muito elogiado ultimamente, cresceu menos que o Brasil.

Confessou que às vezes fica chateada com o noticiário negativo, mas afirmou ter “casca grossa”.

Deu outra pista sobre a campanha: afirmou que os números de seu governo são melhores que os dos governos anteriores.

Resumiu: “Vou para a guerra”.

 Leia também:

Julio Cerqueira César, primeiro a denunciar apartheid da água em São Paulo.  Confira entrevista

Aloysio Nunes manda blogueiro à PQP





46 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Caarlos Solrac

10 de maio de 2014 às 13h19

Apesar de ser um liberal propressista, vou votar na Dilma, mesmo não sendo a candidata dos meus sonhos.
Se os patrulhadores ideológicos acham ruim com ela, eu que não me incomodo nem um pouco com a esquerda no poder, digo, é muito pior com eles.
O PT foi o único partido que fez alguma coisa nesse país para diminuir a pobreza, ao invés desse papinho social democrata furado de direita de choque de gestão, os caras dão choque contra a pobreza mesmmo é isso para mim ainda é o mais importante..

Responder

    Daniel

    10 de maio de 2014 às 14h20

    Assino embaixo. O que importa não é se a idéia é de esquerda ou de direita, o que importa é que faça o bem para todos os cidadãos não importando a cor da pele ou a conta bancária.

    Pitágoras

    11 de maio de 2014 às 19h30

    Faço coro…

Dário ferreira

09 de maio de 2014 às 17h47

“Não me entrego sem lutar, tenho ainda coração.
Não aprendi a me render, que caia o inimigo então”.
[
Renato Russo

Responder

FrancoAtirador

09 de maio de 2014 às 07h49

.
.
“Temos condições de recrutar bons quadros
no PSDB, no PMDB e mesmo no PT.
O PMDB não é feito apenas de Renans ou Sarneys.”

Deputado Federal Beto Albuquerque (RS),
Líder da Bancada do PSB na Câmara,
um dos “generais” da campanha de Campos,
segundo o jornal Valor Econômico.

(http://brasilsoberanoelivre.blogspot.com.br/2014/05/psb-e-psdb-tem-projetos-com-base.html)
.
.
Carta Maior
Hora à Hora

“Nós temos que parar de nos encontrar (em eventos públicos)”.

Palavras do deputado federal do PSB, Beto Albuquerque,
preocupado com a percepção de que os candidatos
Aécio & Campos são uma coisa só…
.
.

Responder

Luís Carlos

09 de maio de 2014 às 07h46

Com Dilma e com água. Só camelo acostumado com deserto pode votar em Tucano.

Responder

Diego

09 de maio de 2014 às 00h42

O PT tem de perder o medo e ir pro enfrentamento, e não apenas na época das eleições! Pra cima deles Dilma!

Responder

El Cid

09 de maio de 2014 às 00h18

fora de pauta…

e mais um “fogo amigo”:

https://www.youtube.com/watch?v=5l0wFRx9_RY&feature=youtu.be

Responder

Leo V

08 de maio de 2014 às 17h24

Falando em Dilma, hoje um monte de “coxinha” aproveitou a presença dela em São Paulo e ocuparam OAS, Andrade Gutierrez e Odebrecht, em manifestação por moradia e “contra a Copa”.

Queria ver os comentaristas governistas chamarem o povo que fez as manifestações de “coxinha” e de “direita” também.

Responder

    Mário SF Alves

    08 de maio de 2014 às 18h59

    Vá lá, Leo. Entendo sua preocupação. Você só não explicou ainda como é que a gente faz pra isolar o fator EUA dessa equação. Afinal, as primaveras continuam em franca expansão. E não importam os métodos. Vide a rebordosa no Egito [quantos condenados à morte, mesmo?]. Vide a extrema direita fazendo o diabo, massacrando a Constituição, usurpando o poder de representação e botando em risco a segurança a vida de todos nós na e através da Ucrânia.

    Luís Carlos

    09 de maio de 2014 às 07h49

    Quanto tempo! Porém claro, nenhuma palavra sobre a falta de água em SP.

Urbano

08 de maio de 2014 às 14h29

A cadaverina tungana atinge o seu auge com São Paulo sem água; que beleeeeza… Essa podridão é tão abominável, que até mesmo a água do estuário do Tietê serve para detergir.

Responder

    Urbano

    08 de maio de 2014 às 20h42

    Já umas cisternas construídas em Pernambuco, lá pelos idos dos anos 1980/1990 mataram a sede do ego de gente da capital…

Silvio - Sampa

08 de maio de 2014 às 13h00

É isso aí, minha presidenta, já estou engraxando meus coturnos.

Responder

Zanchetta

08 de maio de 2014 às 11h07

Se Deus quiser, teremos Padilha no governo de São Paulo e Aécio na Presidência da República…

Responder

    Mário SF Alves

    08 de maio de 2014 às 19h07

    Isso Deus não quer. Até porque, Deus não joga dados. Especialmente quando o que está em jogo é o futuro do Povo Brasileiro. Por favor, deixe Deus fora disso.

    Imagine o impacto social negativo, a tragédia sócio-cultural, econômica e política do retorno de um neoliberal desses na presidência da República Federativa do Brasil.

    Marcus Vinicius

    08 de maio de 2014 às 20h07

    é deprimente ver um cínico querer ser engraçado…

    fatimacoelhosantanna

    08 de maio de 2014 às 21h22

    SE BEBER NAO ESCREVA NADA ?(aercio pra presidente so bebado)

    Maria

    09 de maio de 2014 às 00h51

    KKKKKKKKKKKK. O cara é engraçadinho. Deixa eu rir de novo. KKKKKKKKK.

    Luís Carlos

    09 de maio de 2014 às 07h51

    É por isso que sou ateu.

Caracol

08 de maio de 2014 às 07h40

Comentário tucano:
Ah! Agora eu entendo a falta d’água em S.Paulo! A Dilma desviou ela pro Nordeste!

Responder

FrancoAtirador

08 de maio de 2014 às 03h14

.
.
“Os entrevistados apontaram
que o principal culpado
pelo problema de abastecimento
é o Governo Estadual (41%),
seguido pela SABESP, com 29%” [SIC]
.
.
Como se a SABESP não fosse administrada

pelo Governo do Estado de São Paulo, do PSDB.

Na verdade, o que a pesquisa apontou foi:

70% (41%+29%) DOS PAULISTAS CONSIDERAM

QUE A CULPA PELA FALTA D’ÁGUA NO ESTADO

É DOS GOVERNOS TUCANOS DE SERRA/ALCKMIN.
.
.
Carta Maior
Hora à Hora

Alexandre Padilha, ao ser questionado na Folha
sobre o que faria diante da falta de água em SP:

“Se eu fosse governador,
as obras que o Alckmin
deveria ter feito há 10 anos
já estariam prontas”
.
.

Responder

Fabio Passos

07 de maio de 2014 às 23h09

PiG-psdb destruiu o Brasil durante fhc.
E agora PiG-psdb destruiu São Paulo em 20 anos de governos(?) absolutamente incompetentes.

Só fazem negociatas… e agora deixam o povo sem água!

As eleições estão aí. PiG-psdb vão pro caixão abraçadinhos.

Ibope: todas as TVs crescem, só a Globo cai
“A Globo perdeu 8% de ibope das 7h à 0h na Grande São Paulo”
http://www.conversaafiada.com.br/pig/2014/05/07/ibope-todas-as-tvs-crescem-so-a-globo-cai/

Responder

Fernando

07 de maio de 2014 às 22h28

Voto Dilma para presidente e Padilha para governador.

Em tucano não voto nem sobre tortura.

Responder

Rodrigo Leme

07 de maio de 2014 às 19h46

O bom da Dilma falar com a Record é que ela ta em casa, não tem pergunta difícil. Cortesia do PRB.

Responder

    Julio Silveira

    07 de maio de 2014 às 20h55

    Rodrigo, respeitosamente, mas criticamente te digo, é compreensível você enxergar isso, como é compreensível também você enxergar para apenas um lado.

    Marcus Vinicius

    08 de maio de 2014 às 09h39

    Julio Silveira, tenha paciência com o “rostinho iluminado do olhar enviesado”… aos pouquinhos ele vai sair do “armário ideológico”…

    valdir MG

    07 de maio de 2014 às 22h20

    Sr. tucano Rodrigo a Presidenta pode falar em qualquer veículo de informação. Só que a globo não permite. A globo só ouve a versão dos que perseguem a Dilma.

    Alessandro Dantas

    08 de maio de 2014 às 06h20

    Com todo o respeito: hipócrita e dissimulado!

    Aline C. Pavia

    08 de maio de 2014 às 12h22

    Amigos, don’t feed the trolls

    Marcilio Serrano

    08 de maio de 2014 às 15h57

    Rodrigo PSDBOY Leme,

    Finalmente apareceu….vejam que ele não fala do tema e simplesmente críticas a Dilma.

    Fala da falta de água e se já está tomando banho de caneca….afinal a Sabesp do gênio Serra anunciava até no Acre e você ainda tem a cara de pau de defender isto??? ou na participação dos lucros levaste algum???

    Este já perdeu o senso de ridículo há muito tempo. É patológico, caso grave de “Síndrome de Estocolmo”.

    Depois quando falo que só diz besteira você reclama tem um famoso apresentador do telejornal na Record que é PSDBista até a última costela só não menos que você… esqueci você vota no Ivan Valente.

    Luís CPPrudente

    09 de maio de 2014 às 13h57

    Como sempre o Rodrigo Sem Leme sempre dizendo o que os tucano-pefelês dizem. Tá mais que na cara que esse Rodrigo Sem Leme é um adepto do PSDB.

Ozzy Gasosa

07 de maio de 2014 às 19h04

Até que enfim!!!!
Vai prá cima que a tucanada amarela!

Responder

Francisco

07 de maio de 2014 às 18h29

Vi uma materia em que alguém questionava se seria “ético” tratar, na eleição, da incompetencia administrativa reincidente do PSDB em suprir necessidades básicas, ou seja, fornecer luz e água.

A cara de apu desse povo é de peroba, madeira de lei…

Quanto a Dilma, antes de contar com o voto entusiasmado (ou seja militante) do eleitor de esquerda, acho bom ela assinar algum papel em cartório garantindo que fará uma Lei de Midia.

Se eu não aceito incompetencia da direita tenho menos paciencia ainda com a incompetencia deixar de ser incompetente reiterada do PT em lidar com a comunicação do governo e para o povo.

Demitir os dois ministros inuteis, que todos sabem quem são, também ajudaria muito a me fazer pensar no caso dela com alguma simpatia…

Responder

Fabio Passos

07 de maio de 2014 às 18h23

E o psdb-PiG ainda mostra sua fuça canalha ferrando principalmente os pobres!

Confiram só…

“O problema da falta d’água é DUAS VEZES mais grave entre famílias ATÉ UM SALÁRIO MÍNIMO do que entre famílias de MAIS DE DEZ SALÁRIOS MÍNIMOS.”

” TUCANOS FAZEM APARTHEID DA ÁGUA
A culpa é do Alckmin e da Sabesp ! E só 7% culpam São Pedro.”
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2014/05/07/tucanos-fazem-apartheid-da-agua%e2%80%8b/

Responder

    valdir MG

    07 de maio de 2014 às 22h22

    Daqui a pouco nem este aquário terá agua.
    Fora incompetentes, corruptos tucanos

Fabio Passos

07 de maio de 2014 às 18h13

Dilma está corretíssima.

O PT levou água pro nordeste.
O psdb trouxe a falta d’água prá SP.

O psdb destruiu SP.
O descalabro admnistrativo é impressionante.

Em 2014 o PiG-psdb será ejetado do governo de SP.
E isto é ótimo para os paulistas… e para todo o Brasil!

Responder

maria utt

07 de maio de 2014 às 17h48

Agora vai pra guerra, né. No começo do mandato ia pra Ana Maria Braga, aniversário da Folha, seminário da Abril…

Responder

    Eva

    07 de maio de 2014 às 18h37

    Ao menos não podem acusá-la de não tentar a política da boa vizinhança. Agora está bem claro de que lado está a mídia.
    Não é do lado do Brasil.

    elizabeth pretel

    07 de maio de 2014 às 21h02

    Concordo com vc Eva.

    Fabio

    07 de maio de 2014 às 23h22

    Na mosca.

    Mário SF Alves

    08 de maio de 2014 às 09h04

    Concordo.

    Mário SF Alves

    08 de maio de 2014 às 09h10

    Melhor dizendo, concordo hoje. E é necessário admitir: não foi fácil, e demorei pra digerir.

    Julio Silveira

    07 de maio de 2014 às 19h14

    Maria, tenho dito que foi um erro isso, desde a primeira atitude dela nesse sentido. Fui admoestado, por muitos bons petistas, por essa opinião critica, aqueles que se vêem como muito expertos nas estratégias para conquista do poder, os defensores de uma fraqueza chamada pragmatismo, que eu reputo apenas como tentativa de cooptação. Agora ela e eles colhem os frutos dessa tentativa infrutífera de conquista desses que fazem parte da construção dessa estrutura social que vivemos, e que vem se mantendo por transferência de interesses e DNA, gente que jamais vai querer abrir mão de suas prerrogativas de formação dessa cultura que privilegia a eles em detrimento de uma maioria que para eles existem para fazer cumprir o desígnio de serví-los.

    Fernandes

    07 de maio de 2014 às 22h07

    Bem lembrado. Ela tem meu voto, mas com um pouquinho de tristeza de minha parte.

    FrancoAtirador

    08 de maio de 2014 às 07h00

    .
    .
    “Sou contra qualquer controle de conteúdo
    na Imprensa e na Internet…
    Mas, como qualquer outro setor,
    a Mídia é passível de controle econômico.
    É uma concessão…”

    Dilma Rousseff, em encontro com jornalistas.
    .
    .
    Eu, como o Pedro Pedreiro, continuo

    esperando, esperando, esperando…

    Pedro Pedreiro
    (Chico Buarque de Holanda)

    Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
    Manhã parece, carece de esperar também
    Para o bem de quem tem bem
    de quem não tem vintém

    Pedro pedreiro fica assim pensando
    Assim pensando o tempo passa
    e a gente vai ficando prá trás…

    Esperando, esperando, esperando
    Esperando o sol, esperando o trem
    Esperando aumento desde o ano passado
    para o mês que vem

    Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
    Manhã parece, carece de esperar também
    Para o bem de quem tem bem
    de quem não tem vintém

    Pedro pedreiro espera o carnaval
    E a sorte grande do bilhete
    pela federal
    todo mês…

    Esperando, esperando, esperando, esperando o sol
    Esperando o trem, esperando aumento
    para o mês que vem
    Esperando a festa, esperando a sorte
    E a mulher de Pedro, esperando um filho
    prá esperar também

    Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
    Manhã parece, carece de esperar também
    Para o bem de quem tem bem
    de quem não tem vintém

    Pedro pedreiro tá esperando a morte
    Ou esperando o dia de voltar pro Norte
    Pedro não sabe mas talvez no fundo
    Espere alguma coisa mais linda que o mundo
    Maior do que o mar, mas prá que sonhar se dá
    O desespero de esperar demais
    Pedro pedreiro quer voltar atrás
    Quer ser pedreiro pobre e nada mais,
    sem ficar…

    Esperando, esperando, esperando
    Esperando o sol, esperando o trem
    Esperando aumento para o mês que vem
    Esperando um filho prá esperar também

    Esperando a festa, esperando a sorte
    Esperando a morte, esperando o Norte
    Esperando o dia de esperar ninguém
    Esperando enfim, nada mais além
    Da esperança aflita, bendita, infinita
    do apito de um trem

    Pedro pedreiro pedreiro esperando
    Pedro pedreiro pedreiro esperando
    Pedro pedreiro pedreiro esperando
    o trem…

    Que já vem
    Que já vem
    Que já vem
    Que já vem
    Que já vem
    Que já vem

    (http://letras.mus.br/chico-buarque/45160/)
    .
    .


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding