VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

CPI da Privataria Tucana: Deputados não podem retirar mais seus nomes


22/12/2011 - 12h00

Mesa do debate A Privataria Tucana e o Silêncio da Mídia:  Paulo Henrique Amorim,  Amaury Ribeiro Jr., e o deputado Protógenes, como debatedores; Renata Mielli e  Maria Inês Nassif, coordernadoras; entre ambas, Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários. Fotos: Felipe Bianchi/Barão de Itararé

Assista ao vídeo, está na íntegra, vale a pena:

Mais de 500 pessoas prestigiaram o debate, segundo o Barão de Itararé

Após o debate, o jornalista Amaury Ribeiro Jr. autografou  livros





136 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Geralda

16 de fevereiro de 2012 às 00h19

Privataria Tucana teria que estender em MINAS, principalmente na educação. Aqui é como se o AI5 imperasse, a vocês todos parabéns pelo o excelente trabalho, continue precisamos de cidadãos de coragem e dinamismo . .

Responder

Xilder

24 de dezembro de 2011 às 07h27

Na calada da noite PSDB protocola representação para cassar o mandato do deputado Rogério Corrêa. Motivo, Aécio não aguenta oposição.Não suportam o deputado desmascarar o governo Aécio/Anastasia. Mas o golpe não vingará! Estaremos em sua defesa Rogério Corrêa!

Responder

Jonas Resende

23 de dezembro de 2011 às 21h36

Eu moro em Minas e vou dizer uma coisa sobre o Aécio: o coronelzinho de Minas se acha, bafômetro é fichinha perto do que o coronelzinho apronta por aqui, desde censura à imprensa não-amiga, que praticamente não existe ( a não ser blogs sujos ), é toda cooptada e parcial, perseguição a classes de trabalhadores ( professores que o digam),perseguição a opositores, e altas festas. Enfim, o conhecido "xoque de jestão" dos tucanos, isso já explica tudo. E muito bom a Aline ter explicado sobre o deputado Rui Costa, isso é importante, esclarecimentos aos eleitores de esquerda e que apoiam a CPI.

Responder

    Alcides Santos

    24 de dezembro de 2011 às 07h20

    Sem contar as festas que ele participa regada a pó – pois aqui em minas é conhecido também como aecinho do pó. Tremendo cara de pau este playboyzinho.

Adriano

23 de dezembro de 2011 às 21h33

Voces já viram que fizeram um game zuando o Serra e os tucanos? O JOGO CHAMA PRIVATARIA TUCANA, basta procurar no google

Responder

Nana

23 de dezembro de 2011 às 21h13

Azenha
E a dra. Calmon que está sendo trucidada pelas associações de juízes? Quando a Blogosfera vai se unir e defender a CNJ?
Aos que quiserem enviar mensagens de apoio e solidariedade, os endereços eletrônicos da ministra corregedora.

[email protected] e [email protected]

Responder

JAIR ORICHIO JUNIOR

23 de dezembro de 2011 às 20h25

BENEDITA DA SILVA PT RJ – [email protected]
CÂNDIDO VACCAREZZA PT SP – [email protected]
CARLINHOS ALMEIDA PT SP – [email protected]
DALVA FIGUEIREDO PT AP – [email protected]
DÉCIO LIMA PT SC – [email protected]
EDSON SANTOS PT RJ – [email protected]
GILMAR MACHADO PT – MG [email protected]
JESUS RODRIGUES PT PI – [email protected]
JILMAR TATTO PT SP – [email protected]
JOSÉ AIRTON PT CE – [email protected]
MARCO MAIA PT RS – [email protected]
MIGUEL CORRÊA PT MG – [email protected]
ODAIR CUNHA PT MG [email protected]
PAULO TEIXEIRA PT SP [email protected]
PEDRO EUGÊNIO PT PE [email protected]
RUI COSTA PT BA [email protected]
SÉRGIO BARRADAS CARNEIRO PT BA [email protected]
ZECA DIRCEU PT PR [email protected]

Responder

    Ivone

    28 de dezembro de 2011 às 10h06

    O Décio Lima foi o meu candidato por quatro VEZES.Me senti TRAIDA com a sua omissão.

Gerson Carneiro

23 de dezembro de 2011 às 20h12

Atentem no vídeo, no tempo de 1h03min35seg começa o reclame (comercial, propaganda) do Viomundo, Blog da Cidadania, e MariaFrô. O comediante é muito bom. Confiram.

Responder

WiLtOn

23 de dezembro de 2011 às 19h31

Lista com os respectivos e-mails dos deputados federais do PT que não assinaram o requerimento para a instauração da CPI da Privataria:

BENEDITA DA SILVA PT RJ – [email protected]
CÂNDIDO VACCAREZZA PT SP – [email protected]
CARLINHOS ALMEIDA PT SP – [email protected]
DALVA FIGUEIREDO PT AP – [email protected]
DÉCIO LIMA PT SC – [email protected]
EDSON SANTOS PT RJ – [email protected]
GILMAR MACHADO PT – MG [email protected]
JESUS RODRIGUES PT PI – [email protected]
JILMAR TATTO PT SP – [email protected]
JOSÉ AIRTON PT CE – [email protected]
MARCO MAIA PT RS – [email protected]
MIGUEL CORRÊA PT MG – [email protected]
ODAIR CUNHA PT MG [email protected]
PAULO TEIXEIRA PT SP [email protected]
PEDRO EUGÊNIO PT PE [email protected]
RUI COSTA PT BA [email protected]
SÉRGIO BARRADAS CARNEIRO PT BA [email protected]
ZECA DIRCEU PT PR [email protected]

Responder

paulo pavaneli

23 de dezembro de 2011 às 18h55

a hora do Aécio-Aócio vai chegar… ele mesmo vai se enforcar na própria mediocridade…

Responder

Denilson

23 de dezembro de 2011 às 17h27

AINDA NÃO ASSISTE AO DEBATE, IREI ASSISTI-LO, MAS SE ALGUÉM DEFENDEU O AÉCIO JÁ PERDEU MEU VOTO. EU MORO EM MINAS GERAIS, O AÉCIO É O CÃO CHUPANDO MANGA ELE CONDUZ COM MÃO DE FERRO O PODER COM APOIO INCONDICIONAL DA REDE GLOBO,BAND MINAS, TV ALTEROSA,ESTADO DE MINAS AI DAQUELE QUE RECLAMAR DO GOVERNO A GLOBO O DESTROI EM MEIA HORA,NADA AQUI FUNCIONA OS HOSPITAIS ESTÃO UM LIXO,A VIOLENCIA ABSURDA ATÉ MAIS DO QUE NO IRAQUE, FORA O QUE DIZEM DE QUE O NOBRE SENADOR GOSTA MESMO E DE NOITADA REGRADA A MUITA BIRITA.

Responder

Urbano

23 de dezembro de 2011 às 17h15

Conheço um luiz Ceará que é do mesmo naipe do luiz Fortaleza. Aquele é um demo-tungano no estilo udenista brabo. É… são os do gorrinho, na versão tupiniquim, fazendo oposição ao Brasil.

Responder

Marat

23 de dezembro de 2011 às 16h17

E a impren$$$a hein???? Que papel ridículo! – Ley de Medios neles!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Jose Carlos

23 de dezembro de 2011 às 15h33

Deus dê força ao PH, Amaury e Protogeneses. Estamos com vocês, damos total apoio. Aqui da Bahia.

Responder

Sagarana

23 de dezembro de 2011 às 14h11

Olhando para o Amaury e Protógenes vejo o gordo e o magro. Se incluirmos o PHA temos os três patetas. De qualquer maneira é uma piada o "debate". Algo semelhante aconteceu no Vaticano quando os Cardeais se reuniram para "debater" a vingindade de Maria. Quanta energia jogada fora.

Responder

    roger

    23 de dezembro de 2011 às 22h51

    "Quanta energia jogada fora".
    Define bem sua postagem.

Yarus

23 de dezembro de 2011 às 12h15

Vocês viram o “ético” deputado Tucano que queria demitir todos ministros da Dilma? O mais engraçado foi ver-lo correndo e se escondendo dos microfones do PIG.

Covardia é coisa corriqueira entre os tucanos.

“O deputado federal Duarte Nogueira (SP), líder do PSDB na Câmara, paga com dinheiro público um motorista particular que atende a seus filhos no interior paulista…” http://www1.folha.uol.com.br/poder/1024869-deputa

Responder

    luiz pinheiro

    23 de dezembro de 2011 às 22h28

    Os jornais do PIG esconderam o caso direitinho. Botaram em notinha de pé de página. Bruta diferença pras manchetes que eles deram para o ministro do Turismo pego em flagrante semelhantíssimo.

    Abel

    25 de dezembro de 2011 às 10h38

    Já eu penso o oposto: o PIG deu destaque demais para um "crime menor". A intenção creio eu, foi mostrar que são "imparciais" e também mostram as mazelas do lado deles (já que são a "verdadeira oposição", como disse a dona Judith ex-PT). Em vez de alardear crimes de bilhões de dólares, alardeiam uma contravençãozinha e fica tudo por isso mesmo…

José Maia

23 de dezembro de 2011 às 12h02

É necessário recuperar para o Estado os monopólios naturais ou recuperar o conceito de empresa brasileira de capital nacional para gerir estes monopólios. Monopólios naturais, como subsolo, energias, e telecomunicações fixas não podem ficar nas mãos do capital estrageiro. Nesses casos não há risco, só remessa de licros estratosféricos para sustentar a vida boa dos aposentados na Espanha.

Responder

Roberto Hyra

23 de dezembro de 2011 às 11h57

Acabei de ler o post do PML da revista Época sobre a Privataria Tucana. É incrível como pra eles a indignação é grande quando a corrupção é no ninho da presidente Dilma e quando é nos dos amigos PSDBistas é tudo simples, normal. Passa-se uma borracha e pronto. Não precisa fazer alarde. Vou replicar aqui o que eu disse lá (porque sei que ele não vai querer publicar): "Minha gente! Vamos ter paciência com o Paulo Moreira Leite. Vocês acham mesmo que ele iria desagradar à seus patrões na Globo e perder o emprego? É claro que há, e houve, muita corrupção no Brasil mas isso não é nada demais não é PML?… O que fica estranho é porque há essa campanha dura, orquestrada e sem provas da Veja contra a corrupção no governo dilmista e nem um pio sobre o livro mais vendido do Brasil no atualidade. Por muito menas provas que as apresentadas na "Privataria Tucana" os ministros lá caíram não foi Paulo Moreira Leite? Será que a corrupção na mídia vale? E porque ela é e tem menor importância que a dos governos?" …

Responder

    Jr.

    24 de dezembro de 2011 às 22h23

    Só o fato deles saberem da nossa indignação e sabermos também da privataria, já basta…
    A casa ainda vai cair pro lado deles…

José Maia

23 de dezembro de 2011 às 11h50

Neste exato momento, toda a grande mídia e mais algumas dezenas de cavalheiros devem está procurando meios de chantagear o governo para não deixar essa CPI sair. Em fevereiro, vai ser um ataque suicida. É esperar para ver.

Quem for político de verdade, pode nascer nesse momento com uma grande liderança: LEVAR AS RUAS as centenas de milhares, juntamente com seus familiares, que perderam seus empregos com esta privatização corrupta.

Responder

Walter

23 de dezembro de 2011 às 10h41

17 de Dezembro de 2011 às 14:26

247 – “Privataria tucana”, livro escrito pelo jornalista Amaury Ribeiro Júnior, fez sua estreia no mundo dos best-sellers. Na sua primeira semana, despontou em sexto lugar na lista dos mais vendidos de não ficção da revista Veja, principal semanal do País, que é usada como referência por livreiros e consumidores.

POIS APERTEM OS CINTOS ! O LIVRO SUMIU !

Se não estiver equivocado, o livro que a seis dias estava em 6o lugar nos mais vendidos da VEJA agora não está nem entre os 15 mais vendidos. Passou de 15 para 120 mil e desceu nas posições ??? E como se explica que na Folha continue em 1o lugar ?

Responder

RicardãoCarioca

23 de dezembro de 2011 às 09h46

Tem troll aqui torcendo para o PiG descobrir algum podre do Amaury, para desqualificá-lo. Amaury já trabalhou para os Marinhos, já foi da casa. Talvez descubram que na infância ele tenha supostamente urinado no muro da igreja, mas… Seria pouco. Daria até uma Veja… Mas não seria suficiente para um Álvaro Dias esbravejar na tribuna do Congresso e nem justificaria a decolagem do JN no ar até a cidade natal do jornalista-escritor. Então, trollhas, tratem de se indignarem com aqueles que roubaram o dinheiro do seu, meu, nossos impostos, seja de que partido for.

Responder

Sagarana

23 de dezembro de 2011 às 09h29

Infelizmente os petistas não tem culhões para levar isso às últimas consequências. Bando de maricas.

Responder

    SILOÉ-RJ

    25 de dezembro de 2011 às 04h24

    Nos aguarde!!!!

Pedro Maranhão

23 de dezembro de 2011 às 08h48

Atenção DF!!! OS Deputados Geraldo Magela e Paulo Tadeu também não assinaram! Já não basta o Paulo Tadeu criar este trem da alegria escandaloso aqui em Brasília, agora este safado vem com essa também.

Responder

Rogério Matos Back

23 de dezembro de 2011 às 06h47

Minha proposta , para conseguir o Clamor Popular e conseguirmos desmascarar a censura da Mídia Golpista é simples.Mas ela exige que cada um de nós tiremos as nossas bundas gordas e brancas da cadeira e os dedinhos do teclado por um pequeno tempo do nosso dia. Chega de ficarmos só falando e falando para nós mesmos. Precisamos chegar a quem não tem computador ou não conhece a blogosfera de esquerda.
A minha proposta é a seguinte:
1 ) Todo internauta tem uma impressora, certo?
2) Todo internauta mora perto de, digamos, 10 pontos de ônibus.
3) Todo ponto de ônibus tem um poste e/ou uma parede, ou muro perto.
3) Todo internauta tem papel A4 e cola em casa.
4) Então todos nós podemos muito bem imprimir 10 folhas de papel e colar nos 10 pontos de onibus mais proximos de nossas casas, contendo impresso um dos muitos bons artigos sobre a "Privataria Tucana", bem como com o endereço https://www.viomundo.com.br ao lado dos dizeres "Leia Mais aqui".
Só isso!
Vamos começar?
Quem for colando os cartazinhos, vai batendo fotos e postando na internet!
"Samyzdat" ( Auto-imprensa )é o nome disso. Foi usado na URSS, na Polonia e na Bulgária pela CIA contra o monopólio dos jornais ligados aos PCs estalinistas. Está na hora de usarmos os "samyzdat" contra os barões da mídia no Brasil!

Responder

    Morvan

    23 de dezembro de 2011 às 17h22

    Boa tarde.

    Boa ideia, Rogério Matos Back.
    De acordo com sua ideia, também vale colocar a imagem da capa do livro, ampliada, se possível.
    É uma bela propaganda viral.
    Muito bem pensado.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

joão

23 de dezembro de 2011 às 04h32

uma boa matéria sobre o debate http://ultimainstancia.uol.com.br/conteudo/notici

Responder

SILOÉ-RJ

23 de dezembro de 2011 às 03h57

Parabéns MM. Dr. Helena Calmon, pela coragem do enfretamento.
Serei sua fã de carteirinha.

Responder

Felipe Limongi

23 de dezembro de 2011 às 01h59

Companheiros, como todos sabem, a CPI da Privataria só deverá ser aberta após o recesso legislativo – ou seja, apartir de Fevereiro de 2012. Mas não podemos deixar o tema cair em esquecimento. Sugiro a todos que enviem, semanalmente, um e-mail endereçado ao presidente Marco Maia, cobrando rapidez na abertura da CPI. É uma forma rápida e eficaz de fazer a nossa voz ser ouvida e respeitada, até porque somente com pressão popular a CPI sairá do papel. A luta continua!

Email do Deputado Marco Maia:
[email protected]

_______________________
Exmo. Sr. Marco Maia,
Presidente da Câmara dos Deputados

Venho requer a Vossa Excelência celeridade na instalação da CPI da Privataria, protocolada pelo Dep. Delegado Protógenes Queiroz, que tem a finalidade de investigar as denúncias de irregularidades e lavagem de dinheiro apresentadas pelo jornalista Amaury Ribeiro Júnior em seu livro, “A Privataria Tucana”.

A gravidade das denúncias apresentadas, a necessidade de punição dos responsáveis, e da reparação pelos danos causados ao patrimônio público justificam a urgência deste requerimento.

Cordialmente,

[Seu nome]
[Endereço]
[E-mail]

Responder

    Christian Schulz

    23 de dezembro de 2011 às 12h52

    Façamos todos isso!

    No mínimo, ele sente a água no queixo…

    welington cantalice

    23 de dezembro de 2011 às 23h14

    Olá Felipe !!

    boa idéia essa sua, já mandamos dois email's para sua excelência.

    valeu

    welinton cantalic

    Ivone

    28 de dezembro de 2011 às 10h04

    Ótimo, mandei um e-mail, mas do meu jeito. Sendo Eu uma pessoa idosa , de longa jornada e quase analfabeta.Quero saber onde, como e quando os bilhões das privatizações foram aplicados em beneficio da classe trabalhadora .Afinal, eu tb não era dona deste patrimônio?

    Hernando M. Dias

    03 de janeiro de 2012 às 18h12

    A CPI da privataria tucana é fundamental para resgatarmos a verdade sobre as denúncias gravíssimas de leza pátria na era da privatização.

ZePovinho

23 de dezembro de 2011 às 00h36

Olhando para o cartaz acima do AmAury,ao fundo,com aquele rato perto do queijo,me lembrei daquele livrinho de auto-ajuda:Quem mexeu no meu queijo?FOI UM TUCANO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Taiguara

22 de dezembro de 2011 às 22h48

Me veio uma nesguinha de desconfiança ao perceber o entusiasmo com que o Amaury aplaudiu a defesa que o Protógenes fez do Aócio. Ele (Aócio) é dissimulado e percebe que não adianta, como senador, se opor, agora, à instalação da CPI. Desculpem a chatice e o que pode parecer "uma nota só", mas O PERIGO MORA EM MINAS E,pior, dirige bêbado.

Responder

    Alvaro Tadeu Silva

    23 de dezembro de 2011 às 09h20

    Taiguara, há visões diferentes, devemos respeitá-las, se não forem calhordas. Em 1973 Ulysses Guimarães apresentou-se como "anticandidato" em contraponto ao General Ernesto Geisel, muita gente discordou. Em 1978, o PMDB apareceu com uma novidade: um general de 4 estrelas, Euler Bentes Monteiro, candidato contra João Baptista de Oliveira Figueiredo, o candidato oficial. Ambos deram com os burros n'água, mas há autores que defendem que foram cunhas enfiadas na unidade da Ditadura Militar. Em 1984 não houve engano, houve empulhação e Tancredo, após bombardear a campanha das Diretas Já, saiu-se como candidato indireto, sob os auspícios da Rede Globo, dos jornalões e até mesmo com o apoio do João "Quero que o povo me esqueça". Se tucanos mineiros assinaram, vamos aplaudir. Só enfrentaremos o Aócio, como você diz, quando chegar o momento certo.

    Taiguara

    23 de dezembro de 2011 às 10h53

    Concordo, em parte, Alvaro. O comportamento do Aócio, fiel ao seu DNA que o torna dependente cínico das drogas da dissimulação e do engodo, nos permite uma premonitória visão de que o passado prepara-se para uma reestréia. Conhecemos a genética do Baladeiro. Seu avô, inventor e o mais fiel praticante do "murismo" levou o genial Henfil, ao saber desse comportamento pusilânime no episódio das diretas, no qual, para consumo da patuléia, o velho politico profissional fingia apoiá-la e, na escuridão de sua consciência acendia velas para iluminar seu caminho para o colégio eleitoral, disse, associando ao fato de queTancredo havia herdado a caneta do Getúlio: "Ao invés da caneta, deveria ter herdado o revólver". Fiquemos, pois, atentos. Se permitirmos a repetição da história será por omissão ou escolha. No que se refere ao Senador do Leblon eu tomo emprestada uma das máximas do também genial Ariano Suassuna, dividindo os homens em duas categorias, os que concordam comigo e os equivocados. O PERIGO MORA EM MINAS| E, pior, dirige bêbado.

    Taiguara

    23 de dezembro de 2011 às 17h41

    Ô Alvaro, minha resposta desapareceu. Mas, quanto ao Aócio eu pegaria emprestado uma das máximas do genial Ariano Suassuna e dividiria o posicionamento em dois campos distintos: num, os que concordam comigo e, no outro, os equivocados. O Aécio tem a pusilanimidade no DNA. Me lembro do Henfil ao comentar a atitude covarde de "vovô" no colégio eleitoral quando, prá consumo externo fingia apoio e, na escuridão de sua consciência acendia velas parailuminar seu caminho parao Colégio Eleitoral. O Henfil cunhou a fease que, para mim, édefinitivaem relação ao Tancredo: ao invés de ter herdado a caneta de Getuúlio, deveria ter herdado o revólver.

    Conceição Lemes

    23 de dezembro de 2011 às 17h48

    Taiguara, verifique de novo a sua resposta. Ás vezes elas ficam “escondidas”; é só clicar, o “leque” se abre. abs

    Taiguara

    24 de dezembro de 2011 às 08h29

    Grato pela atenção. Mas, não consegui (por incopetência minha, claro!)acessar meu comentário. De qualquer forma, a idéia central está no que foi veiculado acima. Obrigado, mesmo. Valeu.

    Regina

    24 de dezembro de 2011 às 09h23

    Sou favorável a CPI, a toda sorte de apuração… mas esse Amaury não me inspira confiança. Tenho comigo que esse livro foi bancado pelo Aécio, para acabar de vez com seu eterno concorrente.

    Tatiana

    24 de dezembro de 2011 às 18h05

    Também acho o Aécio tão perigoso quanto qualquer político do PSDB. Pior, ele é uma espécie de Collor 2, só que muito bem assessorado pela irmã que é fria toda a vida. Meus amigos de Minas é que conhecem bem a peça. Depois de um governo Lula, Dilma, só se vier um de esquerda mesmo.

    Ivone

    28 de dezembro de 2011 às 09h57

    NA MOSCA!

Joao Barbosa

22 de dezembro de 2011 às 22h40

Vejam o impoluto Arnaldo Jabor, defendendo as privatizações: http://youtu.be/-bvfRp_Ejp8

O que ele diria agora?

Aliás, ele está meio sumido, você não acham?!?!?

E aí…onde esta o Jabor?

O que ele tem a dizer sobre o livro do Amaury???

Responder

Aline C Pavia

22 de dezembro de 2011 às 20h57

"Prezados.
Venho informar que o Deputado Federal Rui Costa (PT-BA) assinou, na semana passada, dia 13 de dezembro de 2011, o pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a “Privataria Tucana”.
Na lista de assinaturas que foi levada à Secretaria Geral da Mesa não consta a rubrica do deputado Rui Costa, o que ocasionou espanto do parlamentar e desta assessoria, que tem trabalhado para solucionar o problema e localizar a lista na qual consta a assinatura de adesão do Deputado.
Contudo, o Deputado Rui Costa aguarda o inicio da CPI, para que junto com os demais parlamentares que aderiram à necessidade de investigação, as privatizações daquele governo sejam esclarecidas.
Atenciosamente,
Patricia Rubin
Secretária Parlamentar
Gabinete Deputado Federal Rui Costa – PT/BA
Tel: 61-3215 5576 Fax: 61-3215 2576
E-mail: [email protected]"

Responder

    Alvaro Tadeu Silva

    23 de dezembro de 2011 às 09h22

    Parabéns, Aline, isso evita o assassinato de reputações. Nem todos que não assinaram são bandidos, nem todos que assinaram são anjos.

    Chrstian Schulz

    23 de dezembro de 2011 às 12h51

    Olha, o Bolsonaro assinou.

    Não sou tolo de achar que isso depõe contra o livro.

    Muito menos acho que isso faria alguém respeitar o Deputado.

    Mas eu queria mesmo ver o Maluf assinar hehehehe mas acho que até para ele cara de pau tem limite!

    Enfim, sigamos com a pressão popular por estes esclarecimentos!

    Vlad

    23 de dezembro de 2011 às 14h25

    Eu acredito !

Operante Livre

22 de dezembro de 2011 às 20h28

Espero que não comemoremos quando o PIG não tiver alternativa que não seja divulgar a privataria.

O PIG será sempre o PIG, independentemente do que divulgue.

Precisamos aprender com os argentinos como lidar com o PIG.

A maldade do PIG se esconde detrás de uns poucos gestos de aparente "jornalismo" sério. Para confundir.

A democracia deve ser DURA com os ditadores da mídia e SEM TERNURA.

Responder

    FrancoAtirador

    22 de dezembro de 2011 às 23h05

    .
    .
    Concordo plenamente com você, Dr. Operante Livre.

    Feliz Natal !
    .
    .

    Morvan

    22 de dezembro de 2011 às 23h53

    Boa noite.

    Concordo em gênero, grau e hipotenusa ao quadrado, Operante Livre;
    em termos de "tecnologia antipiguiana", aqui vizinho tem uma menina (linda, por sinal) chamada Cristina que já nos deu sobeja demonstração de saber tratar o PIG de lá: no JK. JKcete.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

Fabricio Alves

22 de dezembro de 2011 às 20h13

Palavras do mestre Away![youtube TLRY2FJzWQM&feature=player_embedded http://www.youtube.com/watch?v=TLRY2FJzWQM&feature=player_embedded youtube]

Responder

Mariana

22 de dezembro de 2011 às 19h48

Nossa, foi muito bom.

Espero que a CPI saia e nós continuaremos vigiando aqui, para que de fato ela não vire pizza.

Responder

Fabricio Alves

22 de dezembro de 2011 às 19h31

O Gerson Carneiro apareceu no minuto 1:04

Responder

    Gerson Carneiro

    23 de dezembro de 2011 às 20h03

    e no tempo de 1h03min35seg começa o momento show :)

eujasabia

22 de dezembro de 2011 às 19h02

já mandei e-mail a todos os petralhas que não assinaram a lista…fogo neles vao se arrepender do dia que tomaram posse

Responder

    altamiro

    23 de dezembro de 2011 às 00h49

    Amigão, divulge ai a lista completa. Será de extrema importancia termos os nomes dos que se posicionaram contra essa CPI.

    Conceição Lemes

    23 de dezembro de 2011 às 01h00

    Altamiro, vamos publicar hj a lista feita pelo Betinho, com acertos de vários. Estou só checando os suplentes que assumiram o cargo e como votaram. abs

    Alvaro Tadeu Silva

    23 de dezembro de 2011 às 09h10

    Calma aí, a subscrição não pode ser eletrônica, por e-mail (SMTP/POP3) ou no site do Congresso Nacional (www). O deputado precisa estar presente e apor sua assinatura de próprio punho. Estamos às vésperas do Natal, o deputado Protógenes afirmou no debate que muita gente quis assinar mas não pôde por estar em missão fora do Distrito Federal. Vamos ver como todos se comportarão no ano que vem, quando a CPI for instalada. Isso é o que importa. Cuidado para não atirar na nuca de inocentes.

    Eunice

    23 de dezembro de 2011 às 10h50

    Ameaçando … é????

    Ivone

    28 de dezembro de 2011 às 10h10

    Eu tb

Lu_Witovisk

22 de dezembro de 2011 às 18h40

A "coisa vai feder" até que enfim!!

Depois de 14 horas no onibus, cheguei à terrinha. Claro que não achei o Privataria para vender. Mas o pior foi em 2 bancas de jornal:

Veja, Isto é, Contigo, Quem, casa claudia, todas expostas em primeiro plano. Perguntei: e a Carta Capital, tem? resposta 1: Sim, aqui! (escondida sob a pilha da Isto é).resposta 2: claro! bem escondida atras da casa claudia.

Ironia, logo a capa dos macaquinhos. Da midia que esconde o Brasil. Por aqui, os jornaleiros a esconderam. Triste.

Responder

Eugênio

22 de dezembro de 2011 às 18h30

Azenha e Conceição, boas festas de final de ano e um feliz e próspero 2012 para todos os seus.

Mas, a LUTA continua!!!

Viva o Povo BraSileiro. Viva a Classe Operária!!!

Viva o Alvi-Negro do Parque São Jorge, Campeão Brasileiro de 2011, Penta Campeão Brasileiro.

Responder

    alexandre de melo

    22 de dezembro de 2011 às 22h18

    roubado de novo

    Morvan

    23 de dezembro de 2011 às 00h40

    Boa noite.

    Salve o Corinthians, o campeão dos campeões…
    Aproveito a deixa para concordar com você no voto de muita coisa boa para todos nós, e, claro, para estes dois incansáveis: Azenha e Conceição Lemes.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

luiz pinheiro

22 de dezembro de 2011 às 17h34

Quantos nomes eles já retiraram?

Responder

Gustavo Pamplona

22 de dezembro de 2011 às 17h22

Eu vou explicar para vocês o que é que vai acontecer…

Logo, logo… o PIG acha um podre no Amaury Ribeiro Jr. e desqualificam o trabalho dele….

Responder

    Polengo

    22 de dezembro de 2011 às 18h54

    Sei não.
    Eles têm medo do Amaury, sabe porque?
    Porque ele não tem medo deles.

    Aline C Pavia

    22 de dezembro de 2011 às 20h56

    Vc está 1 ano e meio atrasado. Já fizeram isso. E já não deu em nada faz tempo.

    Bruce Guimarães

    22 de dezembro de 2011 às 22h09

    Mais podre????

claidisson

22 de dezembro de 2011 às 17h15

Nunca vi tanta propaganda e realização de eventos para divulgação de corrupção neste país. Achei fosse um caso de polícia não de política. O Amaury deveria ser contratado pela Interpol para dar treinamento na área de lavagem de dinheiro, ele é um gênio. Precisou 15 anos para aparecer um iluminado e ensinar à PF e ao MPF como identificar o roto. Como tem incompetente nesse mundo

Responder

    Christian Schulz

    23 de dezembro de 2011 às 12h56

    Aqui, na nossa Terra Brasilis, certas pessoas fingem incompetência para que outras não percam os anéis nem os dedos…

Jonas Resende

22 de dezembro de 2011 às 17h08

Puxa, o Debate, como se pode ver, deve ter sido mesmo o máximo! Dá-lhe, Amaury! E como diria o Benito di Paula, "que beleza, ô, que beleza"…

Responder

Luiz Fortaleza

22 de dezembro de 2011 às 16h54

A coisa foi feia e se se radicalizar, podemos ter uma crise política e de governo no país… Não sei se temos movimentos organizados tão fortes para dar sustentação a CPI, caso a coisa chegue a órgãos de comunicação…

Responder

    assalariado.

    22 de dezembro de 2011 às 19h08

    Luiz, não entendi sua posição. Você está com medo do que? Complexo de vira latas?

    Sem medo de ser feliz! Até quando vamos jogar a sujeira para debaixo do tapete?

    Ou vamos esperar os neo liberais voltarem ao poder , para desvendar o "causo". Nesta voce viajou na maionese…

    Saudações, rumo ao socialismo.

    Luiz Fortaleza

    22 de dezembro de 2011 às 23h08

    Não é uma posição… é uma reflexão… não tou dizendo que a CPI não aconteça. Estou especulando teoricamente até que ponto a CPI, no seu processo de desenvolvimento, poderá causar uma crise política gigantesca no país, e se estamos preparados organicamente para sustentar essa conjuntura que poderá se desdobrar (causando até problemas, talvez, de governabilidade), porque pode envolver nomes de petistas sim, pq, se não me engano, alguém disse que lá no livro há nomes de pessoas ligadas ao PT envolvidas no pós-privatização. É, talvez, um certo realismo da minha parte. É como Protógenes falou, ou seja, que o esquema da privatização é tão sofisticado e complexo que a sociedade, o senso comum, não teria capacidade de absorver bem ou processar corretamente as informações que poderão surgir, sobretudo, com uma mídia tacanha e comprometida com o velamento dos fatos. Mas se ela acontecer e sair tiros pra todos os lados, vamos ter que nos preparar para a reação que vai ser forte: a contra-informação. Queria ter o Brasil com movimentos sociais mais ampliados como na Bolívia, Venezuela ou Argentina. Só que a sociedade organizada ainda não chega, acredito, nem a15% da população brasileira. O nível de politização do brasileiro não é ainda lá tão elevado… a gente ainda está num processo de mentes massificadas. Tá mudando, mas a ideologia burguesa ainda é presente na cabeça do povo. Socialismo não se faz por decreto, por partido único ou personalidades, e aí a história prova o fracasso que foi o socialismo real quando Stálin tratou os verdadeiros revolucionários, os trabalhadores como pessoas infantis, tutelando o processo revolucionário por políticos profissionais do PCUS. Mas eu é apenas uma opinião, passiva de crítica e de mudança.

    SILOÉ-RJ

    23 de dezembro de 2011 às 02h35

    Luiz,
    Essa CPI vai realmente causar uma crise estrondosa. Ela será o divisor de águas da sociedade brasileira. Quem viver verá!!!
    Eles vão espernear, xingar, mentir, corromper, comprar, etc etc…Utilizar recursos lícitos e ilícitos, argumentos possíveis e inimagináveis. E teremos que estar preparados para isso.
    Não é à toa que LULA pede através da velha Mídia…
    MOBILIZAÇÃO JÁ!!!
    Portanto confie e junte-se a nós para lutar o bom combate.

    Luiz Fortaleza

    23 de dezembro de 2011 às 09h44

    Com certeza, eu não fujo à luta e replico todas as ideias, vídeos, comentários daqui, de vcs, no meu orkut, Facebook e emails. Já fui diretor sindical dos servidores públicos do CE, um sindicato com quase 10 mil filiados em todo estado. Já dei voluntariamente curso de marxismo no sindicato, o que não é fácil, pq ninguém se interessa ou quer saber disso, da teoria revolucionária marxista, devido ao pragmatismo sindical em voga, enfim… mas fazer reflexão pode… pq, se por acaso, houver o cancelamento judicial das privatizações, vamos supor, as bolsas vão cair e a economia brasileira, pode dar pane, e a esquerda brasileira, no mundo, não tem um programa de transição para o socialismo, ou melhor, para a sociedade pós-capitalista em rumo ao socialismo. A esquerda radical faz bravatas socialistas etc. mas não tem um projeto socialista claro para efetivar, a não ser meras palavras de efeito. Essa é a verdade. E a burguesia conhece muito bem nossas fragilidades políticas. E se queremos acertar, temos que encarar nossas fragilidades também, resolvê-las. A discussão é polêmica, complexa e não pode ficar reduzida "se vc não dança conforme a nossa música" é inimigo. Amigos na hora da revolução, se um dia houver, teremos até os da burguesia e pequena burguesia progressistas. Nós aqui somo pequenos burgueses, não somos povão, a maioria. Pelo menos é que dar pra perceber… então vamos com calma e menos arrogância da rebeldia, porque a história é enigmática as vezes… é contingente. Como diz o velho e atual Marx nas "Glosas Críticas", ao criticar o intelecto político, não é a partir da onipotência da vontade política ou a vontade arbitraria que a gente vai mudar a história. História é uma relação, ou melhor, uma simbiose entre subjetividade revolucionária e objetividade caótica, em crise. A fusão delas dá-se a revolução.

    Daniel

    23 de dezembro de 2011 às 14h54

    Como já disse Ambrose Bierce:
    Revolução, s.f. Em política, uma mudança abrupta na forma de desgoverno.

    SILOÉ-RJ

    23 de dezembro de 2011 às 15h20

    Agora sim concordo com a sua posição. Sabemos de tudo isso, mas não podemos diante do que pode acontecer, cruzar os braços.
    O sentido que dou a povão onde me incluo, não é o do status, da diferenciação pela riqueza, é no sentido idealista de se querer um bem comum, um bem para todos que é o seu também.
    O que me fortalece é saber que eles agora têm o calcanhar de Aquiles bem exposto.

    Luiz Fortaleza

    23 de dezembro de 2011 às 09h54

    "Fazer o bom combate", se não me engano, é uma expressão do apóstolo Paulo do Evangelho… o intelectual dos 12 discípulos de Jesus… o que foi à Grécia de Sócrates, Platão e Aristóteles converter os pagãos… risos. O mesmo que fazia cruzes para o Estado romano e que passou 10 anos pra se converter ao Cristianismo.

    SILOÉ-RJ

    23 de dezembro de 2011 às 14h59

    Pode até ser, mas o sentido que eu dou é lutar pela verdade, e pela democracia.

    Luiz Fortaleza

    22 de dezembro de 2011 às 19h31

    Não entendi tanta negatividade… eu assisti o vídeo todo e fiz uma dedução real… tal qual o Protógenes falou… acho que o pessoal não entendeu o que eu quis dizer… Que se a CPI radicalizar, for mesmo bem radical, ir até o fim, uma crise política pode até se instalar no país, porque vai envolver nomes de gente "grande", poder da comunicação, poder econômico etc. Não temos movimentos populares em massa organizados para dar sustentação à Dilma como na Bolívia e Venezuela e nem uma população altamente politizada como os argentinos. Acho que não chega nem a 15% da população os movimentos de esquerda organizados, incluindo sindicatos (minorias organizadas dentro do mesmo) e partidos políticos progressistas. Ou seja, não temos uma correlação de forças para dar força a CPI…uma sociedade civil organizada politicamente para cobrar seu resultado final.

    Morvan

    22 de dezembro de 2011 às 23h50

    Boa noite.

    Salve, Luiz Fortaleza.
    Também me surpreendi; eu, que como você já deve ter lido, de minha própria lavra, dificilmente qualifico alguém negativamente. Prefiro responder, argumentando. Fiquei admirado, pois mesmo não concordando com você, vi a enxurrada de qualificações negativas.
    É um momento em que eu conclamo aos debatedores que procurem contra-argumentar e evitem, se possível, qualificar a pessoa por sua postura ideológica, ou seja, procure ler o Post e não a pessoa. Já conclamei aos postantes, neste sentido, mesmo não sendo um moderador ou qualquer coisa que o valha. Mas eu tenho notado um certo viés de qualificações estranhas. No caso específico do Luiz Fortaleza, mais ainda ora momentum.

    Quanto ao mérito do que você fala, Luiz, a correlação de forças, no momento, não enseja o seu temor. O PIG está nas cordas e precisamos sufocá-lo mais ainda. Além do mais, de que vale a vida se eu não tiver coragem de enfrentar o inimigo e ver no que dá? Pense nisto…

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    SILOÉ-RJ

    23 de dezembro de 2011 às 02h10

    Boa noite Morvan.
    A negatividade ao Luiz, deve ser justamente como você falou, pela maneira derrotista dele se colocar. Nem bem entramos no combate e ele já está entregando os pontos!!!
    Se temos a verdade ao nosso lado, e se contra fatos não há argumentos. Não há o que temer!!!
    Desculpe o termo mas como já disse antes:
    Ou mudamos essa merda ou nos atolamos nela, não é não???
    Como você diz: A hora é agora!!!
    Abraços

    Morvan

    23 de dezembro de 2011 às 17h11

    Boa tarde.

    Salve, Siloé.
    É uma janela no tempo: ou aproveitamos, que o PIG está na defensiva, ou perdemos o bonde da história.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Luiz Fortaleza

    23 de dezembro de 2011 às 20h19

    Derrotista é por sua conta… apenas fiz especulações sobre outras possibilidades… não sou ufanista, e não disse que poderia dar errado, pelo contrário, falei que a história é uma faca de dois gumes, agora cada um interpreta ou vê as coisas de acordo com sua miopia política. A verdade? Que verdade? Prefiro falar em razão, jogo, que está do nosso lado…

    Eunice

    23 de dezembro de 2011 às 10h48

    Claro, eles são mansinhos se estamos quietinhos. Mas investem nos amiguinhos o tempo todo.
    Vão mostrar a cara fascista unidos. Se a pol[icia serve para proteger patrimonios, quem nos protegerá?

    Julio Silveira

    22 de dezembro de 2011 às 19h51

    Com todo respeito que você, como cidadão, mereça, mas são opiniões como a sua que estimulam a canalhice politica no Brasil. Sabem que sempre poderão contar que aparecerão "comedidos" como você. Que parece muito amedrontado para buscar sua cidadania e exigir respeito. Os impostos que você paga você se importa? Você é cidadão brasileiro? Você paga imposto? por que se trata disso, o Brasil não é mera figura jurídica inanimada, o Brasil somos nós, e quando estelionatários travestidos de políticos nos roubam devem responder como qualquer criminoso que são. Com a diferença de que deveriam ter um penalidade maior, por serem traidores da pátria. Pátria, que repito, somo todos nós, seus filhos, os meus filhos, mas principalmente dos mais frágeis socialmente. Desses eles roubam o futuro.

    Luiz Fortaleza

    22 de dezembro de 2011 às 23h09

    Não sou DOM QUIXOTE, não penso quixotescamente…

    Zeca

    22 de dezembro de 2011 às 19h55

    O fato é que absolutamente ninguém fora dessa limitadíssima blogosfera esquerdopata está dando a mínima para este caso.

    Então…preparem-se para o NADA.

    El Cid

    22 de dezembro de 2011 às 23h53

    gracias, "pena amestrada do PIG" !!

    SILOÉ-RJ

    23 de dezembro de 2011 às 01h49

    Você é que pensa!!!
    Pode ter certeza que estão todos tremendo nas bases e tramando na surdina, como sempre fizeram.
    Só que: Agora somos maiores do que eles por tres simples motivos:
    1º MOBILIZAÇÃO. A internet tá aqui pra isso mesmo.
    2º A VERDADE está do nosso lado.
    3º E NÓS POVÂO, queremos a CPI.

    zinguinha2010

    23 de dezembro de 2011 às 08h36

    Caro Zeca, se voces tucanos tem tanta certeza, deveríam noticiar esses fatos em vossas mídias corporativas, assim a derrota da cpi sería maior, né não?

    Alvaro Tadeu Silva

    23 de dezembro de 2011 às 09h01

    Isso não é opinião, é uma torcida. E quando torcem pelos bandidos, quando aplaudem mais um assassinato da Máfia, mais uma execução em um campo de concentração, pelo silêncio dos inocentes e dos culpados, esses torcedores, nessa torcida ensandecida, nesse momento, o homem deixa de ser um animal político para ser um rato de esgoto.

    Antônio Mário

    23 de dezembro de 2011 às 10h06

    Trata-se de um opinião sua. E a ideologização do conflito também é obra sua. A corrupção tem sido o único mote da oposição há 9 anos. Agora surge um caso de corrupção com C maísculo e vc quer minimizar? Talvez este seja o seu desejo de "saudável" direitista, mas não creio que os esquerdopatas concordem com vc.

    eunice

    23 de dezembro de 2011 às 10h45

    Eu não concordo não; para o PSDB bilhões são nada, mas para o PT 20.000 são fortuna.
    Ou a turma da direita votante não sabe elementos de matemática – que segundo o Professor Paquali não sabe mesmo, nem leitura.

    vladimir lacerda

    23 de dezembro de 2011 às 10h27

    Calma zeca.Não vai dar em nada ? Já deu, ou vc não leu as manifestações dos acusados nos jornais.Estão tremendo.Vc talvez leia apenas Veja e Reinaldo Azevedo é pouco.LEIA mais.Aliás aqui o seu post é divulgado no outro só para os discipulos e o "omi" defende o livre pensar.Imagino se fosse contra.

    Paulo Roberto

    24 de dezembro de 2011 às 10h11

    É por causa de gente como você que estamos nessa mer…! Covarde, omisso e conivente com a roubalheira que assola o país. Se há os esquerdopatas, você faz parte da direitalha.

    Silvio I

    22 de dezembro de 2011 às 23h58

    Luiz Fortaleza:
    Não vai a acontecer nenhuma crise política. As crise podem trazer aparelhado um golpe de estado. Acredito que o governo Dilma esta respaldado pelas forças armadas.Si isto e assim não tem possibilidade de golpe de estado.Já que para dar se um golpe, e necessário das forças.Por outro lado o que se tem que conseguir e que esta gente seja julgada e punidos alem de ter que devolver todo o dinheiro, e começar por recuperar o que privatizarão principalmente a Vale do Rio Doce.Este pessoal ,depois não se explica, porque razão os povos chegam um dia a aplicar o fuzilamento.de todos os traidores da pátria.

    a. barbosa filho

    23 de dezembro de 2011 às 20h34

    Caro Luiz, qual é a alternativa? Silenciar sobre o maior roubo cometido contra o patrimônio dos brasileiros? Ao contrário, acho que a pressão de setores da sociedade vai ajudar a esclarecer fatos nebulosos, revelar cúmplices nas maracutais, punir alguns "insuspeitos" e aperfeiçoar a legislação que hoje permite a lavagem de dinheiro criminoso.
    Estou muito otimista, embora sabendo que a luta será dura. Ao final teremos orgulho do nosso povo, e estaremos um patamar superior da Democracia.
    Boas Festas e vamos em frente!

    Luiz Fortaleza

    23 de dezembro de 2011 às 23h44

    Jamais… acho que "a verdade é revolucionária" como disse o Lênin ou Trotsky. Se eu não deixei claro isso, quero que essa CPI se esgote e mostre todos os roubos dos inimigos políticos, inclusive que identifique os inimigos que estão dentro do PT, os espiões, os que fazem jogo duplo… A sociedade tem que comprar esta luta, fazer sua catarse ético-política. Não sou adepto do maquiavelismo nem do estalinismo. Acho que é possível sim um dia a gente construir o Übergreifendes Moment (Momento predominante) da história onde ética e política estarão abraçadas. Mas ainda como diz Marx, estamos na pré-história da humanidade, dominado pelo fetiche, pelo poder das coisas, pelo fascínio ao dinheiro. Esse processo libertário é de dezenas de anos, séculos e temos que saber qual é a nossa tarefa histórica na temporalidade que se nos reserva. O PT sabe qual é o seu papel histórico no tempo que a dialética histórica o escolheu como momento predominante, de hegemonia parcial. Então, vamos à luta!

Augusto

22 de dezembro de 2011 às 14h52

Eu vi essa parte da entrevista que o Protógenes fala que as assinaturas não podem mais ser retiradas, mas o PiG todo está dizendo que pode até a instalação da CPI.

Responder

Maria Dirce

22 de dezembro de 2011 às 14h26

A Parte desse vídeo mais emocionante, foi qdo Protógenes disse-"Esses moços pobres moços ahhh se soubessem o que sei" (LUpicíneo) ou seja estamos vendo a ponta do iceberg, imagino o mar de lama que vem por ai!!! a luta brasileiros, criminosos lesa pátria na cadeia!!!!!!!!
Obs-Para quem falou que eu moro na Argentina, quero dizer que moro no meu país amado Brasil. fui apenas a passeio, deu certo de vêr a invasão no pig argentino que adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Responder

Leonidas de Souza

22 de dezembro de 2011 às 14h20

Quero ver o posicionamento do partido do Kassab.
Ele vai ter que sair de cima do muro e mostrar a sua verdadeira face, coisa que ele esperava esconder até as eleições municipais de 2012.
Estava sendo muito confortável não ser governo, nem oposição.
Só estou estranhando (não muito), a omissão de alguns deputados petistas.
Pressão neles. Pena que na minha região, a Baixada Santista, não tem nenhum.
Dá-lhe Erundina.

Responder

Andréa Cysneiros

22 de dezembro de 2011 às 13h53

Não sei se a informação está correta, mas parece que somente cinco CPIs podem ser instaladas ao mesmo tempo. A CPI da privataria seria o sexto pedido para o ano vindouro, sendo que duas em um universo de oito pedidos já foram eliminadas por ausência de fato determinado. Se os pedidos seguirem a ordem cronológica esta CPI estaria inviabilizada? Gostaria de maiores esclarecimentos a respeito desses detalhes regimentais. Se o pessoal do blog pudesse esclarecer ficaria imensamente grata.

Responder

    Ricardo Beltrão

    22 de dezembro de 2011 às 20h04

    Vai depender do Clamor Nacional. Se for algo de relevância passará na frente de todas as outras. E pelo que vejo é mais do que necessária, então!

    Alvaro Tadeu Silva

    23 de dezembro de 2011 às 09h25

    Andréa, no debate, o Deputado Protógenes informou que o Presidente da Câmara, Deputado Marco Maia assegurou que se ele, Protógenes, conseguisse as 171 assinaturas (número cabalístico…), a CPI seria instalada. Vamos apostar na palavra do presidente da casa, que, até onde sei, é um homem honrado.

FrancoAtirador

22 de dezembro de 2011 às 13h27

.
.
JURISPRUDÊNCIA DO STF

(…)
"O requisito constitucional concernente à observância de 1/3 (um terço), no mínimo, para criação de determinada CPI (CF, art. 58, § 3º), refere-se à subscrição do requerimento de instauração da investigação parlamentar, que traduz exigência a ser aferida no momento em que protocolado o pedido junto à Mesa da Casa legislativa, tanto que, ‘depois de sua apresentação à Mesa’, consoante prescreve o próprio Regimento Interno da Câmara dos Deputados (art. 102, § 4º), não mais se revelará possível a retirada de qualquer assinatura. (!!!)
Preenchidos os requisitos constitucionais (CF, art. 58, § 3º), impõe-se a criação da CPI…"

(MS 26.441, Rel. Min. Celso de Mello, julgamento em 25-4-2007, Plenário, DJE de 18-12-2009.)

http://www.stf.jus.br/portal/constituicao/artigob

Responder

    FrancoAtirador

    22 de dezembro de 2011 às 21h34

    .
    .
    REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

    Art. 102. A proposição de iniciativa de Deputado poderá ser apresentada individual ou coletivamente.

    § 1º Consideram-se Autores da proposição, para efeitos regimentais, todos os seus signatários, podendo as respectivas assinaturas ser postas por meio eletrônico de acordo com Ato da Mesa.

    § 2º As atribuições ou prerrogativas regimentais conferidas ao Autor serão exercidas em Plenário por um só dos signatários da proposição, regulando-se a precedência segundo a ordem em que a subscreveram.

    § 3º O quórum para a iniciativa coletiva das proposições, exigido pela Constituição Federal ou por este Regimento Interno, pode ser obtido por meio das assinaturas de cada Deputado, apostas por meio eletrônico ou, quando expressamente permitido, de Líder ou Líderes, representando estes últimos exclusivamente o número de Deputados de sua legenda partidária ou parlamentar, na data da apresentação da proposição.

    § 4º Nos casos em que as assinaturas de uma proposição sejam necessárias ao seu trâmite, não poderão ser retiradas ou acrescentadas após a respectiva publicação ou, em se tratando de requerimento, depois de sua apresentação à Mesa. (!!!)

    http://bd.camara.gov.br/bd/bitstream/handle/bdcam

    FrancoAtirador

    22 de dezembro de 2011 às 23h02

    .
    .
    Constituição Federal – CF – 1988
    Título IV
    Da Organização dos Poderes
    Capítulo I
    Do Poder Legislativo
    Seção VII
    Das Comissões

    Art. 58 – O Congresso Nacional e suas Casas terão comissões permanentes e temporárias, constituídas na forma e com as atribuições previstas no respectivo regimento ou no ato de que resultar sua criação.

    § 1º – Na constituição das Mesas e de cada Comissão, é assegurada, tanto quanto possível, a representação proporcional dos partidos ou dos blocos parlamentares que participam da respectiva Casa.

    § 2º – Às comissões, em razão da matéria de sua competência, cabe:
    I – discutir e votar projeto de lei que dispensar, na forma do regimento, a competência do Plenário, salvo se houver recurso de um décimo dos membros da Casa;
    II – realizar audiências públicas com entidades da sociedade civil;
    III – convocar Ministros de Estado para prestar informações sobre assuntos inerentes a suas atribuições;
    IV – receber petições, reclamações, representações ou queixas de qualquer pessoa contra atos ou omissões das autoridades ou entidades públicas;
    V – solicitar depoimento de qualquer autoridade ou cidadão;
    VI – apreciar programas de obras, planos nacionais, regionais e setoriais de desenvolvimento e sobre eles emitir parecer.

    § 3º – As comissões parlamentares de inquérito, que terão poderes de investigação próprios das autoridades judiciais, além de outros previstos nos regimentos das respectivas Casas, serão criadas pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, em conjunto ou separadamente, mediante requerimento de um terço de seus membros, para a apuração de fato determinado e por prazo certo, sendo suas conclusões, se for o caso, encaminhadas ao Ministério Público, para que promova a responsabilidade civil ou criminal dos infratores.

    § 4º – Durante o recesso, haverá uma Comissão representativa do Congresso Nacional, eleita por suas Casas na última sessão ordinária do período legislativo, com atribuições definidas no regimento comum, cuja composição reproduzirá, quanto possível, a proporcionalidade da representação partidária.

    http://www.dji.com.br/constituicao_federal/cf058….

    SILOÉ-RJ

    23 de dezembro de 2011 às 03h33

    Quer dizer que o andamento da CPI vai depender de quem for convocado para atuar nela. Essa será então a hora da maior pressão de ambos os lados.
    Pelo visto teremos que ficar bem atentos, e pressiionar os convocados.
    E mais uma aula gratuita!!!
    Obrigada.

    FrancoAtirador

    23 de dezembro de 2011 às 12h19

    .
    .
    É por aí, SILOÉ-RJ.

    Depois da instalação da Comissão Parlamentar,

    com certeza, a principal batalha se dará

    na escolha do Presidente e do Relator.

    Na CPI do BANESTADO, por exemplo,

    a Presidência ficou com o PSDB.

    Por isso, deu em nada ou quase nada.
    .
    .
    Para Presidente da CPI da Privataria: BRIZOLA NETO.

    e para Relator: PROTÓGENES QUEIROZ

    Faço votos que efetivamente sejam estes.
    .
    .

Ary

22 de dezembro de 2011 às 13h25

Estou acompanhando, ao vivo, a expansão do programa habitacional dos tucanos paulistas. Batizado de "Minha favela é uma brasa, mora", o programa, por conta de inesperados incêndios, se expande rapidamente, atendendo aos interesses das incorporadoras- que, aos prantos, procuram fazer do limão uma limonada. Para gáudio dos tucanos, o programa não pode ser copiado pelos cariocas, já que, como se sabe, no Rio as favelas não pegam fogo.

Responder

    Christian Schulz

    23 de dezembro de 2011 às 12h58

    Deve ser porque no Rio tem praia…

    Desde 62!

Everton

22 de dezembro de 2011 às 13h10

Ontem eu estava no debate e pude acompanhar este evento que sem dúvida mudará o rumo da nossa política. O que me deixa puto é ver alguns que se acham mais espertos que outros dando risada sobre assuntos que não têm nenhuma graça. Isso foi um assalto enorme ao nosso país. Onde está a graça nisso? Exceto pelo fato de sermos nós os grandes palhaços, que sustentamos desde sempre essa grande baderna de país. Vamos parar de achar que somos mais intelectuais do que outros e colaborar pra tirar as vendas que tapam os olhos da grande maioria da população.

Responder

pedro

22 de dezembro de 2011 às 12h44

PSDB = Partido dos Saqueadores do Brasil.

Responder

    altamiro

    23 de dezembro de 2011 às 00h59

    gostei rssss. muito criativo. Somente uma correção: Ex saqueadores rsssss. esperamos que ao invés de politica, teremos muito em breve alguns lutando por indultos de natal ,ano novo, dia das maes… Pensando bem, acho que eles não tem mae…

    Morvan

    23 de dezembro de 2011 às 17h18

    Boa tarde.

    Têm, sim, Altamiro. E o pai deles é um coco. OU seja, são, em bom cearencês: "fie de quenga".

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    RicardãoCarioca

    23 de dezembro de 2011 às 09h39

    Para que as preposições não confundam um ou outro, que tal:

    PSDB: Partido dos Saqueadores Desmascarados do Brasil

Tiago Aguiar

22 de dezembro de 2011 às 12h32

Quando é que gilmar mendes terá que se explicar?ee ali kamel?

Responder

Marcos

22 de dezembro de 2011 às 12h27

Azenha. Bem que poderia surgir uma revista em quadrinhos, ou tiras, com uma perspectiva de humor, com os principais atores que tem se destacado no plano nacional no combate aos "maus feitos"… Semelhante àqueles que ocorrem na venezuela. Algo como os nossos "heróis" da "sala de justiça". As figuras, penso, poderiam ser o Protógenes, o Amauri Jr., o PH, vc, e outros… Seria legal, né. Algo como: todos lutando pela instalação da CPI da privataria.

Responder

Augusto

22 de dezembro de 2011 às 11h53

Será, Azenha??? Não sei, não, heim… O PiG está dizendo que até fevereiro os deputados ainda podem retirar suas assinaturas. PiG é PiG, mas…

Responder

    Conceição Lemes

    22 de dezembro de 2011 às 12h36

    Augusto, o deputado Protógenes disse isso logo no começo da exposição no debate. Verifique vc mesmo. Abs

    Polengo

    22 de dezembro de 2011 às 14h17

    Mas se alguém retirar a assinatura, pra mim é pior do que não ter assinado.

    Vai lá no banco e experimenta retirar sua assinatura de uma promissória.

    Ademar Justino

    22 de dezembro de 2011 às 20h01

    Imagine o dito cujo tirandoa assinatura e os Blog sujos ficarem sabendo? Tem outro detalhe: Aquele que tiver pensandoem levantar a bola pra estes TucanosDemos Chutarem estão fritos. Ficaremos de olho. Qualquer um que "mijar fora do penico" nunca mais se elegerá nem a síndico de prédio de treis andares.
    Esta CPI da Privataria é um clamor Nacional, não tem pra ninguém é do povo!

    Pedro Soto

    22 de dezembro de 2011 às 20h00

    Tá torcendo bem, hein Augusto?

El Cid

22 de dezembro de 2011 às 11h53

Jandui Tupinambás: O PIG deve estar se reunindo de hora em hora sem saber o que fazer. A fase "salve-se quem puder" será imperdível !!!

Responder

    Everton

    22 de dezembro de 2011 às 13h10

    Não tenha tanta certeza disso amigo.

    Sagarana

    23 de dezembro de 2011 às 14h17

    Isso mesmo, continue crendo. Você chega lá. Keep walking…

    El Cid

    23 de dezembro de 2011 às 22h27

    mais uma "pena amestrada do PIG"… tsc, tsc, tsc!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding