Datafolha: Dilma cai, mas seria reeleita no 1º turno; Aécio e Eduardo empacam

Tempo de leitura: 3 min

da Folha de S. Paulo

RICARDO MENDONÇA
DE SÃO PAULO

05/04/2014  15h59

Num ambiente dominado por crescente pessimismo com a economia e forte desejo de mudança, as intenções de voto na presidente Dilma Rousseff no principal cenário eleitoral caíram seis pontos desde o final de fevereiro.

Apesar disso, os principais adversários da petista, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), não cresceram. Assim, a pesquisa Datafolha de 2 e 3 de abril mostra que Dilma seria reeleita no primeiro turno com 38% dos votos. Aécio teria 16%. Campos, 10%. Candidatos de partidos menores somam 6%.

Nos cinco cenários testados, a única candidata que forçaria um segundo turno seria a ex-senadora Marina Silva (PSB), com 27% dos votos, 4 pontos a mais que em fevereiro. Marina fica 12 pontos atrás de Dilma.

Com um desempenho melhor que o de Dilma, só o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seu maior cabo eleitoral. Lula, que sempre repete não ter interesse em disputar neste ano, apresenta leve tendência de queda em relação às pesquisas anteriores, mas ainda lidera todos os cenários com grande vantagem.

A deterioração das expectativas com inflação, emprego e poder de compra dos salários também ajuda a explicar a queda na aprovação do governo. A atual pesquisa detectou uma disparada do sentimento de frustração com as realizações da presidente Dilma. Hoje, 63% dos brasileiros dizem que ela faz pelo país menos do que eles esperavam. Há pouco mais de um ano essa taxa era de 34%.

MUDANÇA

O levantamento também identificou um alto e crescente desejo de mudança. Agora, 72% querem que as ações do próximo presidente sejam diferentes das de Dilma. O índice é parecido com o de 2002, sob o governo Fernando Henrique Cardoso, quando o então oposicionista Lula venceu sua primeira eleição presidencial.

O problema de Aécio e Campos é que eles não são identificados como os mais preparados para a mudança. Para 32%, Lula é o mais apto para mudar. Para 17%, Marina. Aécio, o principal líder da oposição no Senado, é citado por apenas 13%. Campos obtém 7%. Até Dilma atinge índice maior, 16%.

O cenário com Dilma, Aécio, Campos e os nanicos mostra ainda acentuadas diferenças regionais. No Nordeste, Dilma alcança 54%. Na região Sudeste, ela tem 29%. Em dois segmentos, Aécio aparece liderando a disputa, com Dilma em segundo lugar. Ocorre entre as pessoas com renda familiar acima de dez salários mínimos (34% a 20% para o tucano) e entre os eleitores que têm nível superior de escolaridade (25% a 22%).

A essa altura da competição, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos tem uma desvantagem em relação aos rivais que, do ponto de vista da propaganda, ainda pode ser vista como uma vantagem. Ele é o menos conhecido dos postulantes: 42% dizem não conhecê-lo.

Se isso faz com que suas intenções de voto sejam menores hoje, faz também com que ele seja visto no meio político como o candidato com maior potencial de crescimento. Com recursos e algum tempo de TV, tornar alguém conhecido é mais fácil do que remodelar a imagem desgastada de alguém já conhecido.

O Datafolha fez 2.637 entrevistas em 162 municípios. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa está registrada na Justiça eleitoral com o código BR 00064/2014

 

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

jõao

Ibope dá 9% para Marina; Datafolha dá 23%. Quem está certo?
Enviado por Miguel do Rosário on 07/04/2014 – 3:45 pm 12 comentários
Depois do alerta de alguns internautas, eu fui conferir melhor. De fato, Ibope e Datafolha apresentaram números profundamente divergentes em relação à Marina Silva. O Ibope mostrou a ambientalista caindo. O Datafolha detectou uma súbita ascenção de Marina. O Ibope põe Marina abaixo de Aécio. O Datafolha a coloca lá em cima, com 11 pontos à frente do mineiro. Quem está certo?

No site do Ibope, nota sobre pesquisa realizada nos dias 13 a 17 de março:

Em outro cenário, com Marina Silva pelo PSB, Dilma também é a candidata com maior intenção de voto, com os mesmos 40% de menções do cenário anterior, seguida de Aécio Neves com 13%, Marina Silva com 9%, Pastor Everaldo com 2%, Randolfe Rodrigues com 1%. Eymael, Levy Fidélix e Mauro Iasi não somam 1% das intenções de voto. Votos brancos e nulos totalizam 23% e os que não sabem em quem votar ou preferem não responder, 11%.

ScreenHunter_3621 Apr. 07 15.41

No site do Datafolha, em pesquisa realizada nos dias 2 a 3 de abril:

Com Marina Silva no lugar de Campos como nome do PSB, Dilma atinge 39% das intenções de voto, com queda de quatro pontos na comparação com fevereiro, quando tinha 43%. A ex-senadora do Acre atinge 27%, em alta na comparação com o levantamento anterior, quando aparecia com 23%, e Aécio Neves oscila de 15% para 16%. Votariam em branco ou nulo 13%, e 6% não opinaram.

*

Já saiu a íntegra do relatório da última pesquisa Datafolha.

ScreenHunter_3622 Apr. 07 15.46

0 226

– See more at: http://www.ocafezinho.com/2014/04/07/ibope-da-9-para-marina-datafolha-da-23-quem-esta-certo/#sthash.ZWuN1cHB.dpuf

abolicionista

O Datafalha está fazendo mais uma de suas baixarias. Contudo, não seria uma boa oportunidade para colocar o Lula de volta no páreo?

    Julio Silveira

    Concordo.

abolicionista

Caros, mais um documento provando que a mídia foi um dos protagonistas do Golpe de 64 e da manutenção da ditadura subsequente: telegrama do embaixadas Lincoln Gordon de 14 de agosto de 1965.

http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2014/04/eua-confirma-acao-de-roberto-marinho-nos-bastidores-da-ditadura-3931.html

A Globo sempre fez de tudo para acabar com a democracia. Cada vez fica mais claro: a existência da Globo é incompatível com a existência da democracia. Leiam o documento e verão que Roberto Marinho insistiu, por exemplo, para que não houvesse voto direto (ainda que sob circunstâncias de exceção). São criminosos, precisam ser colocados atrás das grades.

José Souza

Esta pesquisa, inicialmente, teve dois objetivos: 1- informar ao Never que ele não tem chance alguma, que seu discurso não está chegando ao eleitor e que o PSDB terá que substituí-lo se quiser conseguir mais votos; 2- não informar, agora, a queda do Never, evitando dessa forma a debandada de apoio político e financeiro importantes para um outro candidato. Outras coisas ligadas ao resultado da pesquisa: A- se Dilma perdeu pontos, para onde migraram? Quem se beneficiou? Ou não os perdeu e ficaria feio reconhecer que não precisava de nova pesquisa para informar que ela continua no mesmo lugar; B- quem vai lucrar na Bolsa nesta segunda? Pois quando Dilma desce, Bolsa sobe e ninguém investiga quem sai ganhando com isso. Não é a primeira nem a segunda vez que isso acontece.

FrancoAtirador

.
.
DataFrias com todos os Partidos:

Dilma Rousseff (PT): 38%

Aécio Neves (PSDB): 16%

Eduardo Campos (PSB): 10%

Pastor Everaldo (PSC): 2%

Denise Abreu (PEN): 1%

Eduardo Jorge (PV): 1%

José Maria (PSTU): 1%

Levy Fidelix (PRTB): 1%

Eymael (PSDC): 0%

Mauro Iasi (PCB): 0%

Randolfe Rodrigues (PSOL): 0%

Brancos/nulos/nenhum: 20%

Não sabe: 9%
.
.

    anac

    Manipulação houve. Tanto da parte do Globope como Datafolha. Lembrem que Montenegro por essa época nas eleições de 2010 vaticinou que Lula não faria seu sucessor. Jogou verde para colher maduro.
    Se alguém se der ao trabalho de analisar as pesquisas desses dois institutos nas eleições passadas verão que é exatamente nessa época que eles começam a manipular as pesquisas para alavancar o candidato deles. Quando for se aproximando mais da data das eleições eles começam a diminuir a manipulação, até para não prejudicar o negocio e o instituto perder a credibilidade, o que seria um verdadeiro suicídio.

    O Judiciario e o MP é que deveriam punir essas praticas. Mas sabemos a quem servem o Judiciario e o MP no Brasil. Então, não esperemos muita coisa desses órgãos.

    Sharia

    obvio que as pesquisas forma feita ou na CUT OU NOS INVASORES de terra não entre pessoas normais onde a DILMA é vaiada em todo lugar e se ausentara da abertura da COPA que a DILMA fez para se eleger se fosse em CUBA pode ser que ganhe mas não tem popularidade e muita rejeição pelo desgoverno que fez contra o Brazil, vaiada e chingada de Norte a SUL, Os estados que ela perde com Certeza PE, Para, SP, MG RJ, PR, SC RS, MT AM outros ela perdeu todo apoio de qualquer brasileiro que tenha vergonha na cara e decencia ela nao presta só fez obras p cubanos

HELBERT FAGUNDES

Boa tarde,

até lá temos que trabalhar para o PT e mostra a verdade a sociedade brasileira. Pois todos nós corremos o risco de voltarmos ser escravos.

Sagarana

Fiquem tranquilos, Dilma ainda venceria no primeiro turno.

Francisco

O que as pessoas esquecem é que Toooda a direita oligárquica 9os “netos de alguém”) já estão em pleno horário eleitoral gratuito.

O PT só está naquele período determinado pela Lei.

Não fosse assim (ou seja, se fosse do PT), Aécio teria muuuuuitas explicações a dar sobre um certo helicóptero mineiro. Campos seria questionado porque só descobriu que era co-gestor do “atraso” na véspera da eleição e por ai vai.

No Horário eleitoral, Dilma vai mostrar o que inaugurou, inaugura e inaugurará antes do fim do mandato. Mostrará o que que será concluído no próximo mandato: Norte-sul, Transposição, Tucuruí, Hidrelétricas, Creches…

Ai, o povo escolhe: “Choque de gestão” mineiro ou realidade.

Mário SF Alves

É… e a dizer-se que esse imbróglio todo [desde 64], essa briga de foice no escuro, é nada mais nada menos que o resultado da luta pela ou contra a emancipação política do Brasil e da América Latina.

_____________________________
Brasil, talvez o único país do mundo onde a luta pela superação do subdesenvolvimento capitalista é intencional, maliciosa e ideologicamente confundida com a luta revolucionária pela mudança de sistema.

Brasil, um dos poucos países do mundo onde os que lutam pela superação do subdesenvolvimento capitalista são confundidos com esquerdistas.

Brasil, um dos poucos países do mundo onde a democracia só é tolerada enquanto restrita ao estrito interesse das oligarquias e demais representantes de estruturas e de ideologias histórica e socialmente excludentes e dominantes.
_________________________________________

Extinção da U.R.S.S., fim do Império do Mal e início de um mundo de paz, um mundo multipolar… sei.
_________________________________
Fim da História… sei.
_____________________________________
Glasnost e Perestroika lá, nos SPYstates, também. Se não… vai ser esse eterno maligno show de #*&@ voando pra tudo quanto é canto.
_____________________________________________
“Brasil, Um País de Todos”. Êpa! Quem inventou isso?

Marat

O desespero deles é grande. Agora pipocarão milhares de denúncias. A sorte do incompetente PT é que isso por enquanto, não foi suficiente para iludir o povo com o playboy inconsequente, mas, talvez consigam… Está na hora de o PT tirar a bunda do sofá e preparar uma ampla ofensiva para divulgar as falcatruas referentes ao Metrô de São Paulo. Ou será que eles têm medo? Ué, mas medo não é referente às Reginas Duartes da vida?

Marat

Existe uma questão que deve ser levada em conta, e que nossos solertes legisladores precisam perceber: Os senhores de engenho das Casas Grandes (especialmente os de SP), tomam uma parte considerável de seu tempo, para fazer proselitismo aos seus empregados domésticos. Seja de maneira sutil, martelando 24h por dia frases do tipo: “veja como o PT é uma porcaria, olhe como a inflação está alta”; “Você veio da feira? Percebeu como tudo está caro? Culpa do PT”, ou de maneira direta: Mandam as empregadas, os choferes, os jardineiros etc., lerem os editoriais do Estadão e da Folha. Lógico que os empregados, explorados, não possuem grana suficiente para confrontar as ideias de seus patrões. Todos eles leem. Os mais fragilizados emocional e politicamente, engolem a isca. Os mais inteligentes e politizados (especialmente os que se utilizam de bolsas para estudos) percebem o embuste e, embora finjam concordar, na hora do voto, castigam silenciosamente seus algozes.
Portanto, peço que nossos solertes legisladores aprovem legislações no sentido de se punir os “grã-finos” direitistas (daquela direita podre que parece viver no século XVIII) que se aproveitam de pessoas pobres e sem recursos, para lhes inserir o veneno de uma ideologia que está destruindo o Brasil e o mundo (pois que eu saiba não são os comunistas que estão destruindo a camada de ozônio, as águas e as geleiras!)…

Roberto Weber

Já que a pesquisa incluiu perguntas referentes à Dilma, sugiro que na próxima (pesquisa) sejam incluídas perguntas referentes aos outros candidatos:
Pergunta 01 – Você acha que o Aécio está implicado com o tráfico de cocaína junto com o piloto do helicóptero do Zezé Perrela?
Pergunta 02 – Você acha que o Eduardo Campos está apunhalando o Lula pelas costas, ao fazer oposição à Dilma sabendo que ela é a candidata do Lula?
Pergunta 03 – Você acha que a Marina vendeu-se ao capital, ao aceitar apoio e orientação da irmã do dono do banco Itaú?

ANDRE

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/a-pesquisa-do-datafolha-e-mesmo-esquisita/
A pesquisa do Datafolha é mesmo esquisita

Postado em 05 Apr 2014
por : Paulo Nogueira

Sabemos todos que pesquisa boa é pesquisa que traz bons números para nosso candidato, e então seria natural que os simpatizantes de Dilma ficassem incomodados com os resultados do último levantamento do Datafolha.

Mas ainda assim, dado este desconto, é realmente esquisita a metodologia da pesquisa.

Se o encaminhamento das questões influenciou ou não na queda de 6 pontos de Dilma é difícil dizer. Mas que as perguntas são passíveis de suspeição certamente são.

(Aqui, você pode ver o quadro completo.)

Durante toda a semana a internet ficou agitada primeiro com a notícia de que vinha uma pesquisa ruim para Dilma e, depois, com a onda de desconfiança sobre o Datafolha.

O site 247 afirmou que a pesquisa foi feita para derrubar Dilma. O 247 reivindicou o furo de ter tido acesso ao questionário.

O Datafolha parece ter acusado o golpe. Tanto que o site da Folha trouxe uma resposta do Datafolha, na qual foi dito que o procedimento foi o costumeiro e que as perguntas estavam, como de hábito, à disposição de quem quisesse vê-las, na internet.

Quando menos, o episódio vai servir para que se discuta o trabalho dos institutos de pesquisa. Se você pensa que simplesmente os respondentes dizem em quem vai votar não poderia estar mais enganado – pelo menos segundo esta pesquisa específica.

O episódio Petrobras-Pasadena é fortemente lembrado no questionário. Faz sentido? Mesmo que fosse para avaliar Dilma soa estranho.

Uma das perguntas era sobre o grau de responsabilidade de Dilma no negócio. Mas havia mais: a palavra corrupção aparecia, numa questão, vinculada à Petrobras.

O leitor tinha que dizer se a Petrobras é mais ou menos corrupta que outras empresas públicas.

Empresas públicas são, portanto, corruptas por natureza, segundo o Datafolha. Bonito isso. A Folha sonega impostos há décadas com seus PJs, cedeu carros à ditadura para a perseguição de militantes – e corruptos são os outros.

Quanto o caso Petrobras induziu o cidadão a fugir de Dilma na resposta é uma pergunta complexa, naturalmente.

Pessoalmente, acho que o questionário teve a independência e o apartidarismo da Folha, aspas e pausa para rir.

Também assuntos ruins, ou potencialmente ruins, para Dilma apareceram entre as perguntas, como os protestos e a Copa do Mundo.

É sempre assim, como afirmou o Datafolha?

Vale a pena fazer um trabalho de arqueologia, agora, e verificar a metodologia de outras pesquisas, e não apenas do Datafolha.

Pesquisas presidenciais são muito importantes como fator de indução para serem deixadas ao arbítrio de institutos cujos interesses podem não atender exatamente o bem público.

Este o mérito desta pesquisa: mostrar que a sociedade tem que saber muito mais sobre como são feitos os levantamentos. É preciso um choque de transparência sobre eles. Já.

FrancoAtirador

.
.
Deputada propõe criação de Fundo de Desenvolvimento para Mídia Independente

Projeto da deputada Luciana Santos (PCdoB/PE) quer garantir recursos para instalação, manutenção e modernização de veículos de mídia independente.

Redação – Carta Maior

A deputada Luciana Santos (PCdoB/PE) protocolou quarta-feira projeto propondo a criação do Fundo de Desenvolvimento da Mídia Independente (FDMI), que tem como objetivo garantir recursos para instalação, manutenção e modernização de veículos de mídia independente.

A proposta é fruto do trabalho desenvolvido na subcomissão para análise de formas de financiamento de mídia alternativa.

Como veículo de mídia independente o PL 7354/2014 considera emissoras de rádio e TV comunitárias, educativas, produtoras regionais independentes e veículos de comunicação de pequeno porte. Há requisitos para garantir que o Fundo fomente, de fato, produções regionais como não ser controlada ou coligada com produtoras que não atendam aos critérios de regional ou microempresa e produzir conteúdo majoritariamente regional.

Há critérios específicos também para garantir o incentivo a veículos de comunicação de pequeno porte.

O Fundo deve ser constituído por dotações designadas na lei orçamentária anual da União, por parte das receitas do Fistel, por 50% dos recursos obtidos na outorga onerosa de concessão e permissão para executar serviços de radiodifusão sonora ou de sons e imagens e pela contribuição de 1% sobre a receita operacional bruta de emissoras comerciais de radiodifusão que não sejam classificadas como veículos de comunicação de pequeno porte, e sobre a receita de prestadoras de serviço de acesso condicionado.

Os recursos poderão ser aplicados na modernização de equipamentos, na contratação de pessoal, na elaboração de projetos editoriais, na geração de novos conteúdos, na geração de conteúdos, na produção e programação com finalidades educativas, artísticas, culturais, científicas e informativas e na promoção da cultura nacional.

Há previsão de pagamento de salários e encargos de contratados por 24 meses.

Para incentivar a produção regional o projeto determina que em cada exercício, pelo menos 40% dos recursos do FMDI sejam aplicados em programas, projetos e atividades executados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Para a deputada Luciana o projeto está amparado nas discussões feitas com a sociedade civil e nas propostas da 1ª Conferência Nacional de Comunicação.

“Nossa intenção é promover o equilíbrio da balança da comunicação no Brasil e garantir que os veículos de comunicação independentes tenham condições para desenvolver o seu trabalho”.

(http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Deputada-propoe-criacao-de-Fundo-de-Desenvolvimento-para-Midia-Independente/4/30662)
.
.

    Mário SF Alves

    Bela iniciativa. Só assim o Brasil pode lutar contra os deletérios males do pensamento único que desde 64 o domina e que hoje já domina todo o Ocidente. Só assim o Brasil pode considerar seriamente a hipótese de vir a desenvolver uma cultura realmente sustentável e um pensamento crítico em relação a si próprio e ao mundo que o cerca ou rodeia.

Wanderson Brum

É uma cometário meio nada a ver, bobo mesmo, mas a Marina Silva com essa pose messiânica me dá sérios calafrios, só de pensar o quê e quem pode vir a surgir no cenário politico nacional nas próximas eleições…

J Souza

Fiquem calmos, petistas!
A situação está sob controle…
Se intencional, ou não, não importa, a estratégia (?) de “esconder” o Lula e colocar a Dilma para “apanhar” fortalece esta para as eleições.
Com Lula preservado, quando ele aparecer na televisão justificando os erros da Dilma, e pedindo votos para ela, a maioria vai esquecer dos erros monumentais da Dilma nesse mandato!
A mídia de direita, burra como sempre, colocou o escândalo da Petrobrás no “colo” da Dilma, ao invés de ter responsabilizado o Lula, que era o Presidente, e o chefe da Dilma e do Gabrielli.
Agora é tarde!
O PT vai faturar outra vez… Graças ao Lula, novamente!

P.S.: Só nos resta torcer para a Dilma deixar de ser tão arrogante num possível segundo mandato…

    J Souza

    E, além de ter um Lula, o PT ainda tem uma militância que, estimulada por aquele, ainda pode conseguir tirar “leite de pedra”, com um discurso diferente, menos moralista, que envolve os avanços do governo Lula, dos quais a Dilma ainda pode se beneficiar.

Ricardo J Fontes

Apesar de ter sido uma pesquisa meio marota, só conseguiram tirar de Dilma 6 pontos percentuais? E o pior, estes mesmo pontos que, em qualquer pesquisa teriam migrado para alguem, sumiram? Afinal os candidatos da pesquisadora continuam empacados? Xiiiiii, a vaca da direita sufocou-se mais um pouco nas poucas águas, do brejo seco de São Paulo, o Cantareira? A vida não tá facil para esta elite.. Tadinho deles, mas como diz o ditado, na vida tudo tem um começo, um meio e por fim um fudeu-se….

Alexandre Tambelli

Num comentário do Nassif há uma observação interessante do Marcos St.

Na última pesquisa do IBOPE, duas semanas atrás, ela tem 9% de intenção de votos num cenário com Aécio e Dilma + nanicos.

No Datafolha no mesmo cenário tem 27% das intenções de votos.

Acaba por ai a credibilidade das pesquisas, afinal quem fala a verdade? Ibope ou Datafolha?

É por ai a discussão a ser travada!

    Alexandre Tambelli

    A Marina Silva.

    Elias

    Se a Folha mente, aliás, mente insistentemente, óbvio que o Datafolha mente também, mente sempre, a favor ou contra a Dilma. É só lembrar as pesquisas manipuladas das eleições de 2010. Eles acreditam, e podem até estarem certos, que pesquisas levam eleição para o segundo turno. Em 2010 conseguiram levar Serra que perdeu para Dilma no segundo turno. Este ano, porém, o oponente potencial chama-se Aécio Neves. A grande imprensa e a Globo terão muito trabalho para enfiar goela abaixo do eleitorado candidatos frágeis como Aécio e Campos.

Dilma C. Coelho

Olá,
Eu acabei de assinar esta petição — você não quer se juntar a mim?Para: STE, Governo, Congresso. Proibição das doações de empresas a partidos políticos e candidatos…Esta petição é muito importante. Clique aqui para saber mais e assinar:
http://www.avaaz.org/po/petition/STE_Governo_Congresso_Proibicao_das_doacoes_de_empresas_a_partidos_politicos_e_candidatos/?mMtZYeb
Muito obrigada

    Mário SF Alves

    AVAAZ???

    Kkkkkkkkkkkkk…

    AVAAZ?!! Não é aquela da petição on line feita à ONU pela exclusão de espaço aéreo, fato que indiretamente acabou por permitir aquele sinistro desfecho e toda a tragédia do bombardeio da OTAN contra a Líbia?
    Perdão pela franqueza, mas tô fora! Definitivamente, não, obrigado! Me exclui fora dessa!

Jasson de Oliveira Andrade

Com o candidato mais fraco (Campos-PSB), Dilma tem 38% no Datafolha. Com a candidata mais forte (Marina-PSB), Dilma tem 39%. Campos tem 10% e Marina 27%. Não contesto a pesquisa, mas apenas estranho essa situação (38% com o mais fraco e 39% com a mais forte ou seja 17% a mais de Campos!).

Alexandro Rodrigues

O Datafolha é ainda menos confiável do que o Ibope. Eles tem um lado, nem vamos perder tempo aqui em comentar isso. Agora, o que nós da militância e o que o governo deveria estar prestando atenção é no sentimento negativo que a mídia, inconscientemente, espalha pelo país.

Alguém aí já brincou de telefone sem fio? É aquela brincadeira que você conta um determinado fato no ouvido de uma pessoa, que vão da mesma forma repassando a mesma notícia, sempre com um adendo a mais a gosto do freguês, até que um simples “Pedrinho pulou o muro” vira “Pedrinho pulou o muro, invadiu a casa de Paulinho e roubou sua bicicleta”…

É assim que funciona a mídia no Brasil. Não interessa o desemprego de menos de 6%. Não interessa que este país, que quebrou 3 vezes nas grandes crises econômicas dos anos 90, consiga passar pela maior crise desde 1929 senão imune, mas bem melhor do que vários países do mundo. Isso tudo não interessa a mídia, o jogo está sendo jogado. O mercado já escolheu seu artilheiro, o cheirador!!!

O que mais me incomoda na Dilma é a sua completa incapacidade de entender o complicado momento que seu governo vive. Ter Berzoini por lá até que dá uma esperança, mas sinceramente não acho que Dilma vá mudar. Eu vejo SIM, um risco crescente de que ela perca as eleições para um candidato como Aécio (que consegue ser mais fraco que o Alckmin em 2006). E tudo por uma completa covardia na área de comunicação e uma equipe ministerial que entrará para história como uma das piores da República, com devidas exceções como Celso Amorim por exemplo.

Enfim, o PT está numa sinuca de bico. Ou Dilma muda e parte pro ataque. Ou Lula volta e acaba logo com essa brincadeira. Ou Dilma terá, a partir de janeiro de 2015, muito tempo para ficar em frente a TV usando seu controle remoto!

Sidnei Brito

Resumindo: para o eleitor, que tanto quer mudança, o grande nome oposicionista atualmente é… Lula!

FrancoAtirador

.
.
O PT VAI PERDER O TREM DA HISTÓRIA.

O POVO QUER MAIS ESTATIZAÇÃO

E MENOS PRIVATIZAÇÃO NA ECONOMIA.

Roberto Requião para vice de Dilma!
.
.

    Lukas

    eu apoio.

    Mário SF Alves

    Ih, sei não. Se o Lukas apoia… a coisa é tão insólita quanto um hipopótamo voando e ainda fazendo looping de 360º.

    ______________________________

    O duplo e ginasta Damien Walters conseguiu completar um looping de 360º enquanto corria, num desafio apresentado pela Pepsi Max. Alguns membros do Departamento de Engenharia Mecânica do MIT em Boston realizaram os cálculos necessários durante os últimos meses, chegando à conclusão que era possível realizar a acrobacia, se o ginasta corresse a uma velocidade constante de 13,9 km/h ao percorrer o trilho.

    Após diversas tentativas com colchões para aparar as quedas, Damian fez o que ainda ninguém tinha conseguido!

    abolicionista

    Como diziam os muros de 68: sejamos razoáveis, exijamos o impossível!

silvano

Para mim, tudo que vem do datafolha e do ibope nao e de confianca. Ambos fazem parte da rede tucanoide e demonio para enganar o povo.

Fabio

Ou o PT acorda e ouve o clamor popular ou corre sério risco de perder o poder e entregar de bandeja nas mãos da direita golpista.

nilo walter

Apenas Dilma perde pontos. Os outros ficam no mesmo lugar . Muito estranho . Parece o mesmo esquema de 2010 . Estão forçando a barra enormemente .

Deixe seu comentário

Leia também