VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Contra a Palestina: Canadá, ilhas Marshall, Nauru, Palau, Panamá…


30/11/2012 - 01h47

do Angry Arab

Votos contra (9) marcados em azul; abstenções em amarelo (41); os demais (138) votaram por dar à Palestina o status de estado observador não membro das Nações Unidas (equivalente ao do Vaticano).

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


31 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Pedro

01 de dezembro de 2012 às 16h43

Não quero afirmar o que não sei. Peço apenas para me informarem: Palau é, como muitos desses lugares por aí afora, um bordel flutuante? Se Cuba continuasse a ser um bordel flutuante certamente teria votado contra os palestinos. Disto tenho certeza. Portanto, há muitas maneiras de “dar” o seu voto.

Responder

Todos os royalties de novos contratos de petróleo irão para a educação « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de novembro de 2012 às 22h59

[…] Contra a Palestina: Canadá, ilhas Marshall, Nauru, Palau, Panamá… […]

Responder

Francisco

30 de novembro de 2012 às 22h35

Bosnia-Herzegovina e Croácia se abstiveram.

Tem um ditado assim:

“A tristeza da árvore é reparar que o cabo do machado que a derruba é de madeira…”.

Me impressiona a falta de solidariedade entre os oprimidos…

Responder

Leandro Fortes: Cardozo fica de fora da Operação da PF, constrangendo governo e PT « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de novembro de 2012 às 20h50

[…] Contra a Palestina: Canadá, ilhas Marshall, Nauru, Palau, Panamá… […]

Responder

Ronnie Kasrils:”O que Israel faz com os palestinos é pior que o apartheid” « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de novembro de 2012 às 16h47

[…] Contra a Palestina: Canadá, ilhas Marshall, Nauru, Palau, Panamá… […]

Responder

Safatle: O segundo mandato de Obama será brutalmente igual ao primeiro « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de novembro de 2012 às 16h06

[…] Contra a Palestina: Canadá, ilhas Marshall, Nauru, Palau, Panamá… […]

Responder

sandro

30 de novembro de 2012 às 15h19

Abstenção ai é o mesmo que ficar com o C..na mão.
Mas o processo é lento,cansa, muitos interesses.Tem gente
que não quer largar o “osso” e gente que quer continuar a
comer o resto do mesmo.

Responder

giovani montagner

30 de novembro de 2012 às 12h55

seria a abstenção um não envergonhado?

Responder

José X.

30 de novembro de 2012 às 12h55

Israel autoriza construção de 3.000 casas em territórios ocupados

http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI6344337-EI294,00-Israel+autoriza+construcao+de+casas+em+territorios+ocupados.html

E os israelenses continuam roubando descaradamente as terras do povo palestino…

Responder

mariazinha

30 de novembro de 2012 às 12h44

O importante é que a maioria já enxerga que os ianques/sionistas não são solução; mas um problema bem sério. Coitados dos que são seus vizinhos; sofrem e podem ter seus territórios afanados. Tomara que essa gente fique bem longe do BRASIL.

Responder

    kilimanjaro

    30 de novembro de 2012 às 13h58

    Pior que não… eles ja estão no acre nas amazonas na colombia… belo monte deve esta sendo construida pra eles

    sandro

    30 de novembro de 2012 às 15h14

    Sim, já que os mesmos querem a região sem interferência alguma para
    continuarem roubando sangue de índio e usufruir da bio-diversidade
    tranquilamente.

    Carlos

    06 de fevereiro de 2013 às 19h42

    Assim como os brasilistas tambem nao ne. Entoa pq nao fazemos o que os EUA querem? Vamos dar a Amazonia e o Brasil pra eles. O que vc acha?

    Gente que fala sem pensar… Tenso.

Filipe Rodrigues

30 de novembro de 2012 às 12h29

Abstenção não difere muito de votar contra…

Responder

MARCELO

30 de novembro de 2012 às 10h38

A Inglaterra se absteve????Que coisa…………

Responder

augusto2

30 de novembro de 2012 às 10h33

É impressionante o Leste Europeu e os estados da ex-iuguslavia.
Ali uoxington e uol strit fizeram uma vasta colheita de clientes pós 1989-93.
Irreprensiveis e obsequiosos – todos na abstenção.

Responder

Carlos

30 de novembro de 2012 às 09h54

Notem que o Paraguai já tá no colo dos americanos….Melhor ficarem fora do Mercosul serão espiões dos EUA…Ô gente viu!!!

Responder

    Luis

    30 de novembro de 2012 às 11h00

    Justamente, Carlos. Não por acaso o ingresso da Venezuela no Mercosul ficou parado no senado paraguaio.

    renato

    30 de novembro de 2012 às 12h51

    Carlos, este não observador emprestado pela comissão
    dos direitos a quem não tem direitos, representando
    a classe dos Mudos, cegosa e Surdos, analfabetos em Braile
    e Sinais. Vem lhe perguntar
    Onde você viu o Paraguai…na boa.. preciso saber?

    renato

    30 de novembro de 2012 às 12h53

    Descobri, é os amarelinhos!!!
    AH! tá certo, e os azuzunhos o que são!
    Também, apressadinho eu.

Mardones Ferreira

30 de novembro de 2012 às 09h48

Israel tem feito com os Palestino algo pior do que o regime racista fez com os negros na África do Sul.

Isso precisa ser denunciado em todos os fóruns internacionais, pois a solidariedade internacional que fará Israel rever seus crimes contra os Palestinos.

Jamal Juma disse em Porto Alegre que uma terceira intifada é praticamente certa. Segundo ele, até a água do território palestino, na Faixa de Gaza, foi controlada pelos Israelenses depois da construção do muro da vergonha, cuja intenção é deixar a população palestina em estado de carência.

É preciso divulgar mais artigos e reportagens sobre a situação da população palestina nos territórios ocupados para que mais pessoas saibam que Israel tem cometido contra os Palestinos crime contra a humanidade. Só assim a pressão externa pode se fortalecer.

Responder

    Ildefonso Murillo Batista

    30 de novembro de 2012 às 19h13

    Igual o STF/Globo tao fazendo com o povo brasileiro!!!

    Júlio De Bem

    01 de dezembro de 2012 às 10h39

    Amigo, essa comparação chega a ser uma piada.

    Fale por você, não pelo povo Brasileiro.

    Não ponho a mão no fogo por político nenhum, nao cometa asneira de fazer o mesmo.

    Comparar um possível corrupto e podre rico condenado a 5 anos de cadeia a uma familia dilacerada por uma bomba é no mínimo leviano.

Julio Silveira

30 de novembro de 2012 às 08h47

Está bem delineado aí o eixo do bem, para os Yankes e seus concordantes, e o eixo do mal, o resto do mundo.

Responder

Marcelo de Matos

30 de novembro de 2012 às 08h36

Então a Palestina poderá observar tudo, mas, não poderá interagir com seus parceiros? Está instituído o voyeurismo no Direito Internacional.

Responder

    Maria Libia

    30 de novembro de 2012 às 10h54

    A Palestina vai ter o direito de acusar os crimes de israel (minusculo mesmo) as cortes internacionais de justiça, independente dos Estados Unidos. Pelo menos isso. Ao poucos o governo palestino está conseguindo colocar a Palestinos no seu devido lugar.

    Edson Machado

    30 de novembro de 2012 às 10h55

    Boa!! Presença de espírito. Faltou a charge.

Jair de Souza

30 de novembro de 2012 às 08h04

Aqui, como no caso do bloqueio assassino contra Cuba, 99% das nações do mundo votam de uma maneira e os Estados Unidos, Israel e seus poucos lacaios votam de outro. O lamentável é que, apesar dessas derrotas fragorosas, os Estados Unidos, Israel e os poucos (quase inexistentes – a população de Palau em sua totalidade não chega a lotar nem o Teatro Municipal) países que os acompanham servilmente conseguem na prática fazer valer suas posições derrotadas. Assim é que, até hoje, Cuba continua submetida a um terrível bloqueio exterminador e o Estado assassino de Israel continua roubando as terras palestinas e massacrando seu humilde povo.

Responder

Mateus Silva Ferreira

30 de novembro de 2012 às 08h01

Ainda bem que o Anti-islamismo,comandado pelos EUA é insignificante!

Responder

    Carlos

    06 de fevereiro de 2013 às 19h45

    Presidente Obama é mulçumano …. Fala outra coisa intelectual.

ZePovinho

30 de novembro de 2012 às 02h01

Com as fronteiras de 1967,aceitas inclusive pelo Hamas.É o que a gente vinha discutindo aqui.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.