VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Fernando Haddad: Cidades foram inventadas para acarinhar, não para violentar


28/10/2012 - 19h22

Com Fernando Haddad, 49, PT retoma o poder na maior cidade do Brasil [Título original do post]

10/2012 – 19h17

Haddad vence eleição em SP e PT retoma o poder na maior cidade do país

DE SÃO PAULO, na Folha.com

O ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT), 49, foi eleito neste domingo (28) como o novo prefeito de São Paulo.

A vitória de Haddad representa a volta do PT ao comando da maior cidade do país oito anos depois de a petista Marta Suplicy ter sido desalojada da prefeitura pelo próprio Serra.

A derrota do tucano representa um duro golpe na oposição, que perde um de seus principais redutos, além de ter um sabor amargo para o próprio Serra, que perdeu para Lula e para Dilma Rousseff as disputas presidenciais de 2002 e de 2010.

Professor universitário, estreante em eleições, Haddad teve o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como fiador e principal cabo eleitoral de sua candidatura, imposta ao PT ainda no ano passado.

A candidatura, mais uma “invenção” bem-sucedida de Lula -em 2010 já havia apostado em Dilma, também eleita–, efrentou resistências dentro do PT em um primeiro momento.

Entre os obstáculos ultrapassados por Hadddad esteve a intenção da ex-prefeita Marta Suplicy, derrotada em 2004 e 2008, voltar a disputar o cargo. Marta desistiu da pré-candidatura após apelos de Dilma e Lula, mas ficou ausente no início da campanha, evidenciando sua contrariedade.

Ainda na pré-campanha, foi criticado após negociações de aliança com o recém-criado PSD do prefeito Gilberto Kassab. O acordo, que era costurado por Lula, fez água quando Serra anunciou que entraria na disputa e o prefeito optou por apoiar o antigo aliado.

Haddad também contou com a ajuda do Planalto para estancar as críticas de evangélicos, que o associavam ao chamado “kit-gay” -material anti-homofobia produzido para ser distribuído em escolas pelo MEC durante a gestão de Haddad. Após nomeação do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), ligado à Igreja Universal, como ministro da Pesca, as críticas diminuíram e só voltaram na reta final da campanha.

Outro momento de crise na campanha petista foi o apoio do ex-prefeito e deputado Paulo Maluf (PP), que fez questão de oficializar o acordo no jardim de sua casa, ao lado de Lula, em uma foto que entraria para a história. No dia seguinte ao apoio de Maluf, a deputada Luiza Erundina (PSB-SP) desistiu de ser vice de Haddad.

O acordo com Maluf, no entanto, rendeu à campanha petista um dos maiores tempos no horário eleitoral da TV, contribuindo para sua subida nas pesquisas entre o fim de agosto e o início de setembro.

A essa altura, Marta aparece na campanha pedindo votos a Haddad e, menos de uma semana depois, é nomeada como ministra da Cultura de Dilma. A presidente também entra na campanha na reta final do primeiro turno e vem a São Paulo participar de comício com o petista.

No segundo turno, o apoio de Dilma e Lula se tornam mais constantes e Haddad também recebe o reforço de Gabriel Chalita (PMDB), quarto colocado no primeiro turno.

Em desvantagem nas pesquisas, Serra partiu para o ataque contra a campanha do PT, mas não conseguiu reverter a desvantagem e nem a alta rejeição identificada nas pesquisas.
Fernando Haddad

O ELEITO

Filho de comerciante de origem árabe, Fernando Haddad nasceu em 25 de janeiro de 1963.

Ainda na faculdade, na década de 80, trabalhou na loja de tecidos de seu pai na rua 25 de Março, mas seguiu carreira acadêmica, formando-se no curso de direito da USP (Universidade de São Paulo), com mestrado em economia e doutorado em filosofia pela mesma universidade.

Antes de ser eleito prefeito de São Paulo, Haddad foi chefe de gabinete do secretário de Finanças, João Sayad, durante a gestão de Marta na prefeitura.

Em 2003, torna-se assessor do ministro do Planejamento, Guido Mantega, e formata a Lei de Parcerias Público-Privadas. Promovido a secretário-executivo do Ministério da Educação em 2004, assume o MEC em 2005, com a saída do ministro Tarso Genro.

Com a eleição de Dilma, em 2010, fica no cargo no ano seguinte, até deixar a pasta para se candidatar em São Paulo.

Fernando Haddad é casado com a dentista Ana Estela, com quem tem dois filhos: Carolina e Frederico.





103 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

O pedido de CPI dos institutos de pesquisa « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de novembro de 2012 às 12h31

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Marcos Valério, o jogo político e a investigação do ex-presidente Lula « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de novembro de 2012 às 11h47

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

A foto que causou demissão de professora « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de novembro de 2012 às 11h38

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Paulo Metri: Inaugurada a temporada de caça ao petróleo brasileiro « Viomundo – O que você não vê na mídia

31 de outubro de 2012 às 18h00

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Tarso de Melo: Ser índio em tempos de mercadoria « Viomundo – O que você não vê na mídia

31 de outubro de 2012 às 16h02

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

PT se posiciona contra confinamento dos Kaiowá « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de outubro de 2012 às 20h36

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Breno Altman: Quem tem domínio de fato, na democracia, é o povo « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de outubro de 2012 às 17h33

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Dr. Rosinha: Contestação a nomes de ruas, avenidas e praças « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de outubro de 2012 às 17h33

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Liminar suspende expulsão dos Guarani Kaiowá em Mato Grosso do Sul « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de outubro de 2012 às 17h32

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Magda Magalhães: Alguns dos muitos erros do PT « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de outubro de 2012 às 00h21

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Apesar do julgamento do mensalão, PT avançou; tucanos vencem no Norte « Viomundo – O que você não vê na mídia

29 de outubro de 2012 às 13h50

[…] O discurso de vitória de Fernando Haddad […]

Responder

Fatima Coelho SantAnna

29 de outubro de 2012 às 13h40

haddad prefeito de Sao Paulo,voltara a ser respeitada como merece.goste ou não goste zoudo

Responder

Elias

29 de outubro de 2012 às 12h52

Viva Haddad! Viva Dilma! Viva Lula!

Viva Lula! Viva Dilma! Viva Haddad!

De baixo pra cima, de cima pra baixo

O socialismo democrático roda como pião

No círculo de uma sociedade ainda confusa

Sociedade que em breve há de aceitar

Que o melhor dos mundos é a fraternidade

E a consciência há de mesclar ricos e pobres

Para se chegar a uma igualidade respeitável

Convenhamos, o mundo pode ser melhor

PARABÉNS A TODOS PAULISTANOS!

Responder

carlos dias

29 de outubro de 2012 às 12h50

Serra e Malafaia são as balas de prata…. do PT rsrsrs

são infalíveis.. quando entram em cena é pra elegerem petistas!!!!!!

Responder

Marco Galo

29 de outubro de 2012 às 12h42

Perderam José Serra, PSDB, Ali Kamel, Rede Globo, Revista Veja, Estadão, Folha de SP, Revista Época, Rede Bandeirantes, SBT, TV Gazeta, a grande mídia em geral, a mentira, a hipocrisia, a medíocridade, o preconceito religioso com o imbecil do Malafaia, o egoísmo, o conservadorismo burro, etc, etc, etc…

Dá para ficar muito orgulhoso em poder derrotar todas estas amebas, não é mesmo ?!?!?!?!?!?!!!!!!!!!!

Responder

Maurício Queiroz

29 de outubro de 2012 às 11h53

Uma informação aos internautas: no segundo turno da capital aqui do Acre, Rio Branco, o Malafaia apoiou o candidato do PSDB com depoimentos naquele nível de sempre, contra o candidato do PT. Resultado: o tucano que entrou na eleição como invencível, perdeu para o desconhecido “poste” petista plantado pelo Governador Tião Viana(PT).

Responder

RicardãoCarioca

29 de outubro de 2012 às 11h49

Esse ‘revigorado’, do Zé Bolinha, é um conjunto de recados:

– Para o PiG, como sinal de que estarão juntos novamente, em 2014;
– Para o Aético Never, para ele não se assanhar;
– Para o partido, de que o rolo compressor não foi aposentado;
– Para o eleitorado de oposição, preparar a festa de Dilma 2015-2018!

Responder

Roberto Locatelli

29 de outubro de 2012 às 11h33

No último trimestre, o desemprego no Brasil caiu. Mas no estado de SP aumentou. É o resultado de uma política recessiva aplicada pelos demotucanos. Aliás, a mesma política aplicada na Europa, com os resultados que conhecemos.

Com o PT nas prefeituras de São Paulo, São Bernardo, Santo André, Mauá, São José dos Campos, Osasco e Guarulhos, esse quadro desastroso pode ser revertido.

Afinal de contas, não há carinho maior ao cidadão do que dar a ele um trabalho e renda dignos.

Responder

Molina

29 de outubro de 2012 às 11h23

Será o fim da carreira eleitoral do Nosferatu?

Responder

Jose Mario HRP

29 de outubro de 2012 às 10h39

O discurso de Haddad quando da comemoração pela vitória algo ficou patente:
Sua finess e suas intenções sinceras de colocar o olhar no povo, na inclusão social e na busca das oportunidades para todos!
Como escreveram lá no “Saraiva” -“quem sabe seja em algum tempo o homem certo para a presidencia?”
Off topic:
Em meio ao discurso e as palmas ouvia-se um “Olê olê olá, LULÁ LULÁ!”
E as lombrigas da direita se revolvem sem parar!
Que gostoso!

Responder

Fatima Coelho SantAnna

29 de outubro de 2012 às 10h10

cade o cara que so falava olhando para cima sumiuuuuuuuuuuu tamudo .to esperando o seu comentario.(parabens sao paulo)

Responder

    Marcelo

    29 de outubro de 2012 às 12h08

    Deve ter perdido o Leme.

Luiza Helena Santos

29 de outubro de 2012 às 09h37

Estou feliz, de uma felicidade agregadora e lúcida. Parabéns cidade de São Paulo! Elegemos um lúcido trabalhador, infatigável, que precisa do nosso apoio, de nossa lúcidez, de nossa participação, de nosso trabalho voltado para todos e não apenas para “uns poucos cheirosos pescoçudos”! São Paulo precisa de nossas ações responsáveis para fazer dessa cidade o que ela merece: um lugar para viver com dignidade, segurança, afeto e paz!
Parabéns presidente Lula! Parabéns prefeito Haddad! Parabéns São Paulo!!!

Responder

    Mário SF Alves

    29 de outubro de 2012 às 16h35

    Essa pegou bem na veia do PiG: “elegemos um lúcido trabalhador…”
    Muito bem, Helena.

Mardones Ferreira

29 de outubro de 2012 às 09h14

Parabéns ao povo de São Paulo, ao Lula, ao Haddad, aos sujinhos e ao currículo do Serra.

Vamos torcer para que o Haddad não siga financiando o PIG, como Dilma tem feito, pois é preciso cortar as veias do crime organizado no Brasil.

Responder

Claudio Luiz Pessuti

29 de outubro de 2012 às 09h02

Escuta mas não e Salvador que e “progressista”?O povo de Sao Paulo não e “nazista”, “elite branca”, “conservador”?Com a palavra o Príncipe do Cangaço? No aguardo!

Responder

    Fabio Passos

    29 de outubro de 2012 às 12h03

    O povo de São Paulo mostrou que não aguenta mais a pior “elite” do mundo.

    E os racistas canalhas da revista veja agora estão com a m. acima do pescoço… entrando no nariz. rsrs

    Chupa, filhotinho do PiG… cria da cruza de serra com malafaia. rsrs

    Amigo

    29 de outubro de 2012 às 13h15

    Danem-se as generalizações. O fato é que a jóia da coroa ficou com o PT.

José Henrique

29 de outubro de 2012 às 08h39

Parabéns a vcs blogueiros “sujos”. Vcs derrubaram O Globo, Estadão, Folha, Veja, Rede Globo, Rede Bandeirantes e todo o PIG. Continuem a noticiando a verdade.

Responder

Donizeti - SP

29 de outubro de 2012 às 08h07

Apesar do todo o esperneio de ontem a noite depois de confirmada a vitória do Fernando Haddad do PT como novo Prefeito da cidade de São Paulo, é fato que a mídia partidarizada, a direita e o STF politizado tiveram uma resposta a altura da dignidade e consciência política do povo brasileiro e paulistano.

Essas forças reacionárias e da exclusão social não conseguiram seu intento, que era simplesmente arrasar nas urnas o PT e tentar criminalizar todos seus mais de 1 milhão de filiados, dirigentes, simpatizantes e eleitores, elas tiveram a resposta do detentor do poder da soberania da nação, que é a maioria do povo através do seu voto livre, talvez porisso alguns ministros do STF tenham saudades da ditadura militar que consideram “um mal necessário,” , na qual não havia eleições e o país era dirigido pelos ” homens de bem ” que se arvoraram em decidir o destino da nação brasileira naquele período negro da nossa história.

” Nunca antes na história deste país “, como costuma dizer o ex-Presidente Lula e maior vencedor destas eleições, diga o que disser a imprensa oposicionista, um partido politico foi tão duramente e covardemente atacado num período eleitoral, mas a resposta a esses inimigos do povo e da democracia emergiu no primeiro turno e principalmente ontem na maior cidade do Brasil, o PT teve a maior votação, mais de 17 milhões de votos nesta eleição e ontem o povo deu um sonoro ” FORA DAQUI ” para as forças que pregam a exclusão social e que se lembram do povo só em época de eleição, quando o pobre fica mais importante que um dirigente da elitista Fiesp paulista, para logo depois de abertas as urnas ser completamente ignorado pelos detentores do poder.

Apesar de todo o aparato midiático contra, bombardeando dia e noite os paulistanos contra o PT, com o STF fazendo uma vergonhosa ” boca de urna judicial ” para a direita, com sessões milimétricamente cronometradas a campanha eleitoral, com o costumeiro jogo sujo e rasteiro do candidato tucano Serra, que bate, esconde a mão e acusa o adversário de ser o desleal, o povo não se deixou enganar, votou e elegeu um político novo, o Fernando Haddad, jovem político, extremamente capacitado intelectualmente, mas principalmente, uma pessoa sem arrogância, educado e com consciência social que vai fazer um governo que certamente deixará muito claro a diferença de projetos político do PT e da direita, esse era o pavor da direita e sua mídia amestrada, o povo ver na realidade o que acontece no resto do Brasil com os governos do PT, o desenvolvimento, o olhar para todos e o crescimento economico de todos, sem a arrogancia dos tucanos que tratam a coisa pública como propriedade privada, sem a mínima cobrança da mídia em relação a seus desmandos.

O novo Prefeito da capital Fernando Haddad do PT deve se preparar, pois a partir de 1º de janeiro de 2013, essa mídia mudará radicalmente sua postura, se foi de leniência e descaso com a ruindade da gestão Serra/Kassab, ” passará a ser a imprensa mais republicana do planeta terra, ” pois cada pequeno problema será imediatamente amplicaficado pela lente da mídia, vigíarão a cidade com uma lupa sobre a gestão do novo prefeito. Mas é bom que seja assim, pois o PT nunca teve medo de cobrança e governa bem porque tem a sensibilidade de ouvir as legítimas demandas da maioria da população e implementar as políticas necessárias ao bem estar de todos.

Ontem a noite lavei minha alma, estive na festa da democracia e da comemoração da vitória do Fernando Haddad do PT na Avenida Paulista, calculo que havia umas 15 mil pessoas na festa mesmo com a chuva que atingiu a capital no final da tarde, e que me pareceu uma espécie de ” chuva cívica “, que lavou nossa alma na tarde de ontem, levando a ruindade e descaso do governo Serra/Kassab para longe desta cidade junto com a enxurrada do temporal.

No seu discurso na paulista, o Haddad provocou momentos de riso entre os presentes, pois disse que a imprensa o chamava de poste, igual fizeram contra a Presidenta Dilma e aí Haddad perguntou a multidão ” quem naquele povo queria ser um poste do Lula e todos levantaram as mãos.

Outro fato a anotar foi quando um reporter da rede globo de televisão foi avistado pela multidão, imediatamente começou um coro do povo nada favorável a emissora, na forma : ” fora daqui, rede globo vai tomar no c…, ” gritado pelas milhares de pessoas presentes na comemoração. Esse é o preço que a globo e suas congêneres pagam por se acharem no direito de tentar interferir na vontade soberana do eleitorado em qualquer eleição que se dispute no Brasil, taí o recado do povo, que deixou muito claro que não é bobo e sabe muito bem de qual lado esses meios de comunicação estão e o que fazem, que é politica partidária travestida de notícia ou de pauta jornalística.

Espero que depois de tudo que aconteceu nestas eleições Brasil afora, com a tentativa de linchamento político dos meios de comunicação contra o PT, seus filiados, dirigentes, simpatizantes e eleitores, a Presidenta Dilma encaminhe ao Congresso Nacional o novo projeto legal dos meios de comunicação para ser discutido com a sociedade brasileira, não queremos prejudicar ninguém, só queremos uma imprensa que realmente faça seu papél, uma imprensa realmente capaz de fiscalizar todos os políticos no poder, sejam do PT, da esquerda ou o PSDB e da direita, de forma republicana, que eles pregam, mas que fazem o contrário, pois são parciais e interessados.

No mais, vou é comememar essa vitória do povo até o final do ano, quando vou emendar com a festa da posse do novo prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad do Partido dos Trabalhadores – PT.

Responder

Julio Silveira

29 de outubro de 2012 às 07h40

Por favor na euforia da vitoria só não me venham exaltar o Malluf, que é por sua historia um cancro da politica brasileira. O mérito da vitoria para mim sempre foi do próprio Haddad, com seu histórico de homem culto e ministro inovador. O presidente lula nisso teve o meritc de reconhecer mais também o demerito de leva-lo a tão má companhia. Ainda bem que os paulistas souberam “ler as mãos dos canditatos” e perceberam que o Haddad tem mãos bem mais limpas.

Responder

Rodrigo Leme

29 de outubro de 2012 às 06h36

Concordo com olhadas. Ainda bem que ele trabalha com uma base tão adequada para acarinhar.

http://oglobo.globo.com/pais/votacao-de-genoino-marcada-por-tumulto-vandalismo-6563152

Responder

    Fatima Coelho SantAnna

    29 de outubro de 2012 às 10h14

    vcs perderammmmmmmmmmmmmm kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Rodrigo Leme

    29 de outubro de 2012 às 10h46

    Quem perde ou ganha é a cidade, depois do mandato.

    Mesmo que tivesse votado no Serra (tbm não votei no Haddad), não me sentiria um perdedor. Claro que se você lesse o que escrevo não perderia tempo com esse comentário, já saberia que há uns 3 meses declarei não ter o mínimo interesse em votar no Serra.

    A cidade mudou de prefeito, a vida continua, tomara que faça um bom trabalho. Ainda acordo 5 da manhã para batalhar, como todo mundo. Comemorar / lamentar antes mesmo do mandato começar é para quem ganha ou perde poder com eleição.

Bertold

29 de outubro de 2012 às 03h15

Os paulistanos estão desta vez de parabens. Se redimiram e querem ser reintegrados ao país que dá certo e avança. Depois do vexame de ter eleito os tiriricas da vida como deputado, um fascista da opus dei como governador, ficarem com a pecha de serem conservadores, consumistas incultos e alienados, enfim elegeram o que tinha de melhor para prefeito. Tudo indica que estão mais dispostos ainda a acabar com o ninho demotucano no Estado e exulsá-los de vez em 2014.

Responder

    Rodrigo Leme

    29 de outubro de 2012 às 10h47

    Só estão de parabéns enquanto seguirem o PT, certo?

    Cuidado paulistas: nós viraremos lixo se não votarmos PT.

    Fatima Coelho SantAnna

    29 de outubro de 2012 às 13h46

    como lixo Sao PAULO ja esta sendo tradada ok.agora sim eles teram um pouco de felizidade contodo respeito todos tem o direito de trabalhar e te diquinidade.

Ananda

29 de outubro de 2012 às 01h58

Ver tucanos et caterva com cara de ‘as uvas estavam verdes’e se perguntando como o mensalão não teve o efeito esperado NÃO TEM PREÇO.

Viva Haddad, viva Lula, viva o renascimento de São Paulo!

Responder

Cibele

29 de outubro de 2012 às 01h55

Fui à Avenida Paulista, debaixo de chuva, que não incomodava nem um pouco… Nem mesmo as musiquinhas de gosto duvidoso atrapalharam a festa. Parabéns, Haddad, pela vitória e pelo discurso! Foi lindo mesmo! Me senti muito feliz por ter estado lá.

Responder

Haddad prefeito 13 !

29 de outubro de 2012 às 01h17

HU cadê o zoinho virado sumiu ! Hu cadê o zoinho virado sumiu !

Chora zoinho ! HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA

Responder

Haddad prefeito 13 !

29 de outubro de 2012 às 01h15

Parabéns, sucesso na prefeitura !

Responder

marcosomag

29 de outubro de 2012 às 00h12

Cancelar todos os contratos com veículos do PIG (assinaturas de jornais, revistas, tv a cabo, material “didático”…), destravar SP com novos corredores de ônibus e peitar o Geraldinho “Opus Dei” na questão do metrô: Só haverá dinheiro da PMSP no metrô caso saia do papel a linha da Brasilândia-São Joaquim, a extensão da linha verde até Sapopemba e a linhas da CPTM-Leste sejam transformadas em metrô! Assim, o Haddad vai ajudar o Brasil da derrotar o “imprensalão” e seus juízes amestrados! VALEU LULA! VALEU DILMA! VALEU HADDAD!
CHUUUPAAA PIG!

Responder

Willian

28 de outubro de 2012 às 23h47

Neste momento de festa, não sejam ingratos e agradeçam o apoio de Maluf, que foi essencial. A gratidão é uma das maiores virtudes humanas.

Responder

    Geysa Guimarães

    29 de outubro de 2012 às 00h16

    Com certeza!
    Eu, que deixei de ser midiota e vi muita coisa em Sampa que não sai na carcomídia e também não chega na periferia, sei que Maluf ajudou sim, e não apenas com tempo de tv.
    Como também não acho que ele é o demônio maior.
    Assim como o PT foi o escolhido para o “supremo sacrifício”, Maluf foi eleito bode expiatório da elite filiada a EUA-Israel.

    Bruno

    29 de outubro de 2012 às 08h08

    Penso de forma parecida. Me parece que nas gestões de Marta Suplicy, José Serra e Gilberto Kassab se roubou tanto – ou mais – que no período Maluf-Pitta (onde, é fato, foram feitas muitas coisas, em especial no primeiro quadriênio). Mas todos os partidos, quando pegos de calças na mão, apontam pro Maluf dizendo “eu roubei, mas ele tem mais fama de ladrão, me absolvam!”.

    Mais ou menos como o Serra fez na campanha inteira: aponta o rabo de fato sujo pelo Mensalão (que só não vê quem é filiado ao partido, mesmo) e esquece que o PSDB perdeu todas as eleições que levou pra baixaria nos últimos 12 anos.

    Apenas uma observação: o Serra teve todo o processo eleitoral para me convencer de que tinha propostas boas o bastante para que eu votasse nele no segundo turno, e não quis fazê-lo. Votei no Haddad com algum incômodo porque acredito que ele pode melhorar a cidade mais do que o Serra – apesar de não gostar nem um pouco dos métodos de negociação política defendidos pelo partido.

    Marcos

    29 de outubro de 2012 às 00h28

    E agradeço ao PSDB por ser tão ruim em campanha! Serra perde pela terceira vez consecutiva! Agradeço ao apoio do Arruda, DEMostenes, Malafaia que ajudaram o Haddad aqui em sao paulo!

    nina rita de cássiar

    29 de outubro de 2012 às 01h27

    Obrigada Paulo Maluf, valeu. O Haddad derrotou o que superou, em muito, o senhor em roubalheira !

    RicardãoCarioca

    29 de outubro de 2012 às 09h03

    Ouvi de alguns amigos paulistanos:

    – MAL uff rouba, mas faz.

    – Tucanos roubam e vendem!

    Esses tucanos… Esses militantes tucanos… Na prática, o partido já é o PiGSDB.

Arlete

28 de outubro de 2012 às 23h18

Azenha, aproveito para parabenizar o povo paulistano pela vitória e lucidez na escolha. E a vocês blogueiros do bem que tanto nos ajuda com a INFORMAÇÕES VERDADEIRAS. PARABÉNS!PARABÉNS!! Minas Gerais ainda chegará a este nível de lucidez.

Responder

FrancoAtirador

28 de outubro de 2012 às 23h07

.
.
.
.
UM FEITO INÉDITO

É a primeira vez que, no confronto direto,

o PT ganha uma eleição do PSDB em São Paulo.

Haverá outras.

2014 é logo ali.
.
.

Responder

Paulorg

28 de outubro de 2012 às 22h49

ELETROLULA
sem trevas

Responder

    Geysa Guimarães

    29 de outubro de 2012 às 00h09

    EletroLula.. Amei!

Fabio Passos

28 de outubro de 2012 às 22h27

Esta derrota histórica do PiG é prenúncio de seu desaparecimento definitivo.

O PiG já não conseguia controlar todo o Brasil.
Agora, até em seu principal reduto, com seu principal candidato, toma uma coça eleitoral humilhante.

A pior “elite” do mundo foi derrotada.
O povo disse não ao candidato do Apartheid Social.
Parabéns a São Paulo!

Responder

    Mário SF Alves

    29 de outubro de 2012 às 16h47

    EletroLula catapulta tucano até os confins do universo. Ida sem volta, pelo visto.

nina rita de cássiar

28 de outubro de 2012 às 22h26

Ministros do STF: Nós sabemos votar ! Ninguém comprou nossos votos. A promessa é empenho em construir uma cidade feliz.

Responder

    Gabriela

    28 de outubro de 2012 às 22h48

    Não santifique o PT, por favor. Só pra lhe informar, a campanha do Haddad foi financiada por empreiteiras. Pense nisso.

    sandro

    28 de outubro de 2012 às 23h14

    Desde que lícito isso não é crime, qualquer um pode financiar
    campanha digo a qualquer partido.Alguns por exemplo recebem apoio
    midiático explicito para manutenção de propaganda em seus veículos. Sou à favor de mudanças nas regras de financiamento de
    campanha, mas não contra.

    nina rita de cássiar

    29 de outubro de 2012 às 01h24

    Todas campanhas são financiadas pelos mesmos, que dão dinheiro para TODOS.

RicardãoCarioca

28 de outubro de 2012 às 22h11

Zé Bolinha perde a 3a para o PT. Será que ele terá direito a escoler a música no Fantástico? kkkkkkkkkk

Responder

Fabio Passos

28 de outubro de 2012 às 22h09

O golpe do julgamento eleitoreiro do mensalão falhou.

psdb, globo, stf, dem, veja, estadão, pps, fsp…
Respeitem a vontade do povo, seus golpistas vagabundos!

Responder

Willian

28 de outubro de 2012 às 22h01

Parabéns Haddad.
Parabéns Arthur Virgílo.
Parabéns ACM Neto.

Responder

    abolicionista

    28 de outubro de 2012 às 23h13

    Chupa, fascista! ficou sem emprego? Tadinho.. ;)

    Willian

    28 de outubro de 2012 às 23h48

    Sou funcionário público federal, com salário de R$20.000,00. Chupa você.

    Luiz

    29 de outubro de 2012 às 05h25

    Uma pessoa que diz que é funcionário federal e ganha 20 mil com “ares de quem está curtindo” tem tudo para estar mentindo. Aliás, o português da referida pessoa deveria até ser bem melhor e é ruinzinho…

    Fabio Passos

    29 de outubro de 2012 às 07h18

    Como sem emprego?
    Esse aí tem trabalho pro resto da vida como chupador de “poste”. rsrs

    Wildner Arcanjo

    29 de outubro de 2012 às 11h14

    Típico da zelite brasileira. Muito dinheiro no bolso, poucas ideias na cachola… Afinal de contas, como dizia meu saudoso pai: “quanto mais dinheiro se tem, neste país, mais mal educado se fica.”

Swen,o Barba Bifurcada

28 de outubro de 2012 às 21h41

Quer dizer então que Cerrinha do Bem perde todas as suas chances de se candidatar em 2014? Mas,se serve de consolo pra ele, teve a honra de ser derrotado não uma,nem duas,ms TRES VEZES pro Lula! E Chupa o postão do Lula PIG!

Responder

Vinicius Garcia

28 de outubro de 2012 às 21h39

Resumo: São Paulo não pode ser berço da intolerância, da homofobia, do racismo, do cinismo e da arrogância. O ser humano é melhor quando divide, quando é solidário, quando se vê igual ao outro, não melhor.

Responder

sandro

28 de outubro de 2012 às 21h25

Como participante desse blog não poderia deixar de lembrar de duas pessoas importantíssimas nesse momento de felicidade . Um belo abraço
para o Rodrigo Leme vulgo “zoinho virado e o lulipe, não desapareçam rapazes há super oferta de empregos atualmente, façam sua “correria”!

Responder

    Abel

    28 de outubro de 2012 às 22h15

    Tem emprego pra eles… em Manaus ;)

sandro

28 de outubro de 2012 às 21h16

Ah pig !
Tá chegando a hora do “pig”, essa foi uma paulada terrível. Minimizarão
como sempre , mas que porrada.E virão as teses tipo Marco Villa e por ai vai .Só espero que que eles não culpem os nordestinos , pobres e periféricos como sempre fazem. A era do “pig” esta acabando com a inserção popular isso é fato e não tem volta.Viva Lula!

Responder

FrancoAtirador

28 de outubro de 2012 às 21h15

.
.
BELISSIMAMENTE LÚCIDO O DISCURSO DA VITÓRIA DE HADDAD

Haddad (PT) pede união aos paulistanos em primeiro discurso como prefeito

Ao lado da família e de políticos aliados, o candidato do PT, Fernando Haddad, que venceu neste domingo (28) a disputa pela Prefeitura de São Paulo, elegeu a redução da desigualdade social como o principal desafio de sua futura gestão.

O candidato eleito, que fez seu primeiro discurso como prefeito da capital paulista, pediu aos paulistanos união “em torno de um projeto coletivo” para a cidade.

Assista o vídeo em:

http://videos.r7.com/fernando-haddad-pt-pede-uniao-aos-paulistanos-em-primeiro-discurso-como-prefeito/idmedia/508db2436b71bde0cf7bef47.html

Responder

trombeta

28 de outubro de 2012 às 21h04

Luto no PIG.

Responder

    Mário SF Alves

    29 de outubro de 2012 às 11h09

    E até quando você pretende lutar no PiG? Sugestão: mude de lado, o PiG está de luto. Rs, rs, rs…

Eduardo Raio X

28 de outubro de 2012 às 21h03

Agora é fazer uma ótima administração, buscar um gerenciamento de excelência, e ter muito cuidado com as pessoas que esta a sua volta, para evitar futuras surpresas desagradáveis. De uma coisa o senhor deve ficar bem ciente, que toda chuva que cair em São Paulo e ocorrer inundações, não será Deus o culpado como foi no caso das administração de Kassab e de ex prefeitos do PSDB, como quis passar a mídia. De uma hora para outra podemos ter a total certeza que muita coisa vai mudar! Felicidade na sua administração de São Paulo prefeito Haddad!

Responder

Francisco de Assis

28 de outubro de 2012 às 20h48

Obrigado, Ho Chi Minh
———————————————————-
Imagem editada da original por Hubert van Es / UPI

Responder

Fernando

28 de outubro de 2012 às 20h42

O PT precisa virar os olhos para o Rio.

A direção estadual já lançou o senador Lindberg, mas o Lula que o Pezão.

Nessa o Lula tá muito errado.

Responder

FrancoAtirador

28 de outubro de 2012 às 20h38

.
.
O POSTE ILUMINADO DO PT VENCEU O FÓSFORO QUEIMADO DO PSDB
.
.

Responder

J Souza

28 de outubro de 2012 às 20h24

Lula e Haddad venceram Serra, PSDB, Alckmin, FHC, PGR, STF, Globo, Veja, Folha, Estadão, Merval, Lobo, Casoy, Band, Ali Kamell e outros!
Como eu disse em 2010, só o Eduardo Campos, com uma grande coalizão, tem uma pequena chance de tirar o PT do Planalto em 2014!

Responder

    Renato

    29 de outubro de 2012 às 11h47

    Quem fala que apenas Eduardo Campos tem uma pequena chance de vencer o PT em 2014, desconhece a força que Minas tem para tirar o PT do palácio do planalto no primeiro turno em 2014. Dilma não conseguirá vencer se o Aércio e Campos ficarem juntos.

    Alberto Silva

    29 de outubro de 2012 às 13h21

    Ainda não pediu o green card, amigo? Nem se esvariudou-se????

Jose Mario HRP

28 de outubro de 2012 às 20h20

Grande Vitória de nós povo!

Responder

Bertold

28 de outubro de 2012 às 20h19

Lulinha “paz e amor” sabe escolher bem a madeira para seus postes.

Responder

Maria Carvalho

28 de outubro de 2012 às 20h19

Prefeito Haddad, cuide muito bem da cidade de Sao Paulo, para em seguida ser eleito para o cargo de governador do estado de São Paulo!

Responder

Renato

28 de outubro de 2012 às 19h58

E assim, o Brasil vai se transformando em uma ditadura do proletariado e o meu sonho de ficar rico com a meritocracia vai se esvarindo. Desse jeito eu vou pedir o Green Card.

Responder

    Jose Mario HRP

    28 de outubro de 2012 às 20h21

    Vai firme tio!
    Go Home ET!

    Fátima Carozzi

    28 de outubro de 2012 às 21h25

    Pois é, para o PSDB/DEM não há essa espécie de crítica. Para o PT é ditadura e a compra de votos para a reeleição de FHC e quase 20 anos no poder em SP, é o quê, Sr Renato?

    Antonio

    28 de outubro de 2012 às 20h56

    Não perca tempo, vá amanhã mesmo ao consulado candidatar-se a um cargo de cucaracha!

    OSKAR

    28 de outubro de 2012 às 21h48

    Antes que o tempo se ESVARIE, frequente uma biblioteca ou leia um dicionário!!!

    Elias

    29 de outubro de 2012 às 01h34

    Desculpe Oskar, mas tanto você quanto o Renato estão conjugando mal o

    verbo “esvair”. O Renato quis usar o gerúndio – esvaindo – e errou, não

    existe “esvarindo”. Você quis corrigi-lo e errou também. Não

    existe “esvarie”.

    Haddad prefeito 13 !

    29 de outubro de 2012 às 01h20

    Some , vaza, vai morar em Miami, vai chorar no travesseiro que é mais quentinho .rs

Gerson Carneiro

28 de outubro de 2012 às 19h57

Responder

Roberta

28 de outubro de 2012 às 19h41

O Brasil vai se iluminando…..

Responder

Carlos Ribeiro

28 de outubro de 2012 às 19h37

Alguém viu o Plínio de Arruda Sampaio por ai?

Responder

    Jose Mario HRP

    28 de outubro de 2012 às 20h22

    Na cracolandia, fumando!

    Miguel A. de Matos

    28 de outubro de 2012 às 21h22

    Deve estar analisando o que deu errado, por que não houve o tal “efeito devastador” do mensalão sobre o PT.

José X.

28 de outubro de 2012 às 19h36

Agora é se preparar para o massacre diário do Haddad pelo PIG…

Responder

    Bertold

    28 de outubro de 2012 às 20h23

    Verdade, a campanha eleitoral de 2014 contra o PT começa amanhã para a mídia.

    Carlos Ribeiro

    28 de outubro de 2012 às 20h37

    Massacre maior do que este pelo qual o PT acaba de passar? É o que eu costumo dizer, o PT é igual massa de pão:Quanto mais apanha, mais cresce. E tem mais, o Haddad vai poder contar sempre com essa militância aguerrida. Vem, vem, vem PIG.

Fabio Passos

28 de outubro de 2012 às 19h30

O velório dos golpistas começou faz tempo.
Tá na hora de enterrar os vendidos.

Responder

Mário Ruy

28 de outubro de 2012 às 19h29

Lula: o maior especialista em ‘postes’ do Planeta… Engole, PIG!!!

Responder

Fabio Passos

28 de outubro de 2012 às 19h27

Chupa, PiG!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding