VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Chávez: Laboratórios da guerra suja em “diversas partes”


27/04/2012 - 16h08

No texto Discrição marca retorno de Chávez à Venezuela, do Estadão:

Rumores. O líder bolivariano criticou os boatos de que sua saúde teria piorado em Cuba e atribuiu os rumores a uma “guerra suja” da imprensa. “Os laboratórios da guerra suja funcionam diariamente em diversas partes do continente e, claro, em Caracas”, afirmou por meio de sua conta no microblog Twitter.

Ontem, o jornalista Nelson Bocaranda, crítico do presidente, publicou em sua coluna no jornal El Universal que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria enviado um emissário a Caracas para convencer Chávez a tratar-se em São Paulo.

Questionada pelo Estado, a assessoria de Lula negou a informação. Segundo a equipe do ex-presidente, não há previsão de viagem dele ou de alguém em seu nome para a Venezuela.

Leia também:

O Globo diz que piora o estado de saúde de Chávez

Rodrigo Vianna: Boatos contra Chávez agora partem do Brasil

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


19 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Weisbrot: Cobertura da mídia sobre a Argentina esconde o essencial « Viomundo – O que você não vê na mídia

05 de maio de 2012 às 14h12

[…] Chávez: Laboratórios da guerra suja em diversas partes […]

Responder

Cláudio

30 de abril de 2012 às 16h07

E não dá para a assessoria do Lula comunicar oficialmente ao Chavez e/ou alguma instância venezuelana que tal informação não é verdadeira e assim chamar esse ‘jornalista’ às falas, quem sabe até processá-lo judicialmente por publicar algo inverídico ? A gente tem que retribuir ao pig (nacional e/ou internacional) o que seus capachos fazem : pegar algo pequeno, puxar o fio da meada e transformar em algo grande.

Responder

Sérgio Ruiz

30 de abril de 2012 às 12h48

Saúde ao Hugo Chavez.

Responder

augusto2

30 de abril de 2012 às 09h56

Será que depois dessa revelaçao – bomba em toda a imprensa e blogosfera de esquerda francesa: KHADAFI
financiou a eleiçao do ministro frances N.Sarkozy em 2007 e ja o tinha feito anos antes em outra circunstancia.
Os sarkozistas estao muito furiosos nao com ele mas com o que foi ao ventilador.
Será que depois dessa os votos de sarkô vão minguar um pouco a mais??

Responder

Luiz Freitas

30 de abril de 2012 às 02h32

No Brasil não há imprensa… Há chantagistas!

Responder

augusto2

29 de abril de 2012 às 21h32

Lido em um artigo de Maria Paez victor Sobre venezuela que o indice de pobreza foi reduzido de 49% para 27%, que o numero de medicos por cem mil hab. triplicou e que o indice de Gini 0.389 é o melhor da AL. Alguem tem confirmaçoes e fontes?

Responder

Werner_Piana

27 de abril de 2012 às 23h09

e o jornalismo da tv Brasil repercute o PIG nacional e internacional sem dor na consciência… aliás é incrivel como TODAS as emissoras brasileiras compram as versoes inacreditaveis da midia internacional vendida ao sist financeiro intl e aos EEUU/NATO. Acaba que terei que instalar uma parabolica FTA só pra poder assistir à Telesur e à VTV???

As midias radiofonica e televisiva brasileiras são de dar náuseas!

:/

Responder

Marat

27 de abril de 2012 às 22h44

Faltou combinar com o povo venezuelano… Ah, em tempo: Onde anda Carmona, o breve? No asilo de ditadores?

Responder

sergio rodrigues

27 de abril de 2012 às 22h15

A imprensa é tão poderosa no seu papel de construção de imagem que pode fazer um criminoso parecer que ele é a vítima e fazer a vítima parecer que ela é o criminoso. Esta é a imprensa, uma imprensa irresponsável. Se você não for cuidadoso, os jornais terão você odiando as pessoas que estão sendo oprimidas e amando as pessoas que estão fazendo a opressão.
Malcolm X
Avante a CPI do Cachoeira/Veja!
CPI da Privataria Tucana, Ley de los Medios e Papelzinho do Brizola, já!

Responder

Marat

27 de abril de 2012 às 19h46

As vezes dá vontade de esparramar notícias, via Tuíter, e-mail etc., com os seguintes dizeres: Editor-chefe do Estadão recebeu propina de Cachoeira; Policarpo ganhou casa e carro zero de Cachoeira, e assim por diante!

Responder

    Werner [email protected]_2

    01 de maio de 2012 às 15h01

    com as condições juridicas vigentes é certo que vc seria processado e pegaria 30 anos de prisão, sem descontos…
    :(

    …enquanto isso… a #VejaBandida e seus comparsas do Millenium/PIG fazem o que querem, impunes!

abolicionista

27 de abril de 2012 às 17h56

Se a América Latina não democratizar a imprensa a imprensa nazifica a América Latina. Não dá para deixar uma ferramenta essencial para a divulgação de informações na mão de meia dúzia de mafiosos como o grupo Abril. O Chavez deveria processar esses jornais e criar leis para democratizar a imprensa na Venezuela, que ainda está nas mãos de uma pequena elite privilegiada.

Responder

    Jorge Nunes

    27 de abril de 2012 às 19h41

    Democratizar imprensa teria na opinião ter dois agentes:
    1. Capitalistas liberais interessados em desenvolver meios de informação de qualidade e verdadeiros para assegurar melhor investimento econômico tipo os da CNN (não temos estamos mais para o fanatismo da FOX).
    2. Se falhar achar capitalistas liberais do tipo que investe em History Channel só sobra o Estado investir numa agência de notícias e uma rede pública de TV voltada para informação tipo TeleSul (ainda está engatinhando).

    Mas eu não consigo entender é lógica capitalista que rege as TVs brasileiras, não faz nenhum sentido, empresas capitalistas está tão ao contrário dos interesses de seu público consumidor.

    Mário SF Alves

    28 de abril de 2012 às 23h48

    Bem observado, Jorge Nunes. Sabe aquela história, não é, o Brasil, deles, a Casa-Grande, deve ser mantida apenas como reserva de valor. Desnvolvimento socio-econômico; democracia; Brasil País de Todos? Nem pensar. Deve ser isso/deve ser por isso.
    Abç.,
    Mário.

    abolicionista

    30 de abril de 2012 às 13h41

    Concordo, caro Jorge Nunes, mas observo que o capitalismo preconiza a seus fiéis condutas que ele mesmo não segue. Os grandes capitalistas morrem de medo da livre concorrência, agregam-se em cartéis cada vez menores, mas enchem a boca para falar da necessidade de enxugar o estado, etc. Talvez o capitalista que acredita no próprio discurso seja incompatível com a posição da economia brasileira na economia atual. Será que essa falta de sentido da TV brasileira não está de acordo com uma lógica oligárquica de nossas elites? O capitalismo no Brasil não foi sempre meio torto? Afinal, tínhamos escravidão e discurso liberal, ao mesmo tempo… será que essa não tem sido o modo de nossas elites, desde o colonialismo, conduzirem a comédia ideológica brasileira?

    Pitagoras

    27 de abril de 2012 às 22h36

    …com saudade do tempo em que as elites venezuelanas, muito parecidas coma aquelas da Cuba de Batista, dividiam entre si os lucros do petróleo e o povo na miséria!

    Fabio_Passos

    30 de abril de 2012 às 10h14

    Falou e disse!
    As oligarquias midiáticas da América Latina só tem um interesse: Perpetuar os privilégios das oligarquias econômicas. Em outras palavras: Favorecer a minoria rica e impedir a redução da desiguldade no continente.

Fernando

27 de abril de 2012 às 16h40

Imprensa, o verdadeiro câncer do continente.

Responder

    Jotace

    27 de abril de 2012 às 18h21

    Certo, Fernando. Ainda que não deveria se chamar de 'imprensa' jornais como o Estadão que, juntamente com outros expoentes da mentira e manipulação das notícias, se conduzem como uma orquestra sob uma batuta já muito conhecida. Trabalham para satanizar aqueles que não entregam as riquezas nacionais à pirataria, e as utilizam em benefício do povo. Citar fontes como Nelson Bocaranda, renegado na própria pátria, e o pasquim nomeado “El Universal’, ressuscitado e muito bem pago por entidades estrangeiras para satanizar Chávez, é o recurso da nossa poluída e a cada dia mais desmoralizada grande mídia. O ‘crime’ do Chávez é governar um país dotado das maiores reservas dimensionadas de petróleo e não haver as entregado a nações estrangeiras. Abraços, Jotace


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.