VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Carta aberta: “Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo”


25/09/2012 - 17h47

CARTA ABERTA AO POVO BRASILEIRO

Desde o dia 02 de agosto o Supremo Tribunal Federal julga a ação penal 470, também conhecida como processo do mensalão. Parte da cobertura na mídia e até mesmo reações públicas que atribuem aos ministros o papel de heróis nos causam preocupação.

Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo, sob o risco de se exigir – e alcançar – condenações por uma falsa e forçada exemplaridade.  Repudiamos o linchamento público e defendemos a presunção da inocência.

A defesa da legalidade é primordial. Nós, abaixo assinados, confiamos que os Senhores Ministros, membros do Supremo Tribunal Federal, saberão conduzir esse julgamento até o fim sob o crivo do contraditório e à luz suprema da Constituição.

Fernando Morais, jornalista e escritor

Hildegard Angel, jornalista

Luiz Carlos Barreto, produtor cinematográfico

Olgária Matos, filósofa, professora universitária Unifesp

 Abelardo Blanco, cientista politico, publicitário

Adilson Monteiro Alves, sociólogo

Adriano Pilatti, professor de direito PUC/RJ

Afonso Celso Lana Leite, professor universitário UFU

Alceu Valença, músico

Alcides Nogueira, escritor

Aldimar Assis, advogado

Altamiro Borges, jornalista

Amélia Cohn, socióloga, professora Faculdade de Medicina USP

Ana Carolina Lopes, fotógrafa

Ana Corbisier, pesquisadora

Ana Fonseca, economista, professora universitária

Ana Helena Tavares, jornalista

Ana Maria dos Santos, advogada

Ana Maria Freire, escritora

André Borges, escritor e poeta

André Klotzel, cineasta

André Medalha e Almada, designer

André Tokarski, presidente da UJS – União da Juventude Socialista

Antonio Abujamra, ator

Antonio Carlos Fon, jornalista

Antonio Celso Ferreira, historiador, professor Unesp/Assis

Antonio Gilson Brigagão, jornalista e diretor teatral

Antonio Grassi, ator

Antonio Ibañez Ruiz, educador, professor universitário UNB

Antonio Pitanga, ator

Armando Freitas Filho, poeta

Arnaldo Carrilho, servidor público aposentado

Artur Henrique, sindicalista, secretário relações internacionais da CUT para as Américas

Artur Scavone, jornalista

Aton Fon Filho, advogado

Beatriz Cintra Labaki, socióloga

Beilton Freire da Rocha, médico

Benedito Prezia , antropólogo e escritor

Bernadette Figueiredo, professora

Betinho Duarte, administrador de empresa

Bruno Barreto, cineasta

Carlos Azevedo, jornalista

Carlos Duarte, advogado

Carlos Eduardo Niemeyer – Fotógrafo

Carlos Enrique Ruiz Ferreira, professor, coordenador assuntos institucionais e internacionais da UEPB

Carlos Roberto Pittoli, advogado

Carlos Walter Porto-Gonçalves, geógrafo, professor universitario UFF

Carlota Boto, pedagoga e professora da FEUSP

Carolina Abreu

Ceci Juruá, economista

Cecilia Boal, psicanalista

Célio Turino, historiador, gestor cultural

Celso Frateschi, ator

Celso Horta, jornalista

Cenise Monte Vicente, psicóloga, ex-diretora do UNICEF/SP

Christina Iuppen, professora

Clara Charf, militante feminista

Claudio Adão, jogador de futebol

Claudio Kahns, cineasta

Cloves dos Santos Araújo, advogado, professor universitário UNEB

Consuelo de Castro, dramaturga

Cristiane Souza de Oliveira

Daniel Tendler, cineasta

David Farias, artista plástico, escultor e pintor

Dayse Souza, psicóloga

Débora Duboc, atriz

Derlei Catarina de Lucca, professora

Domingos Fernandes, jornalista

Drauzio Gonzaga, professor universitário UFRJ

Dulce Maia de Souza, ambientalista

Dulce Pandolfi, historiadora, pesquisadora CPDOC/FGV

Edmilson José Valentim dos Santos, engenheiro

Eduardo Ebendinger, ator

Edvaldo Antonio de Almeida, jornalista

Eide Barbosa, gestora de pessoas

Eleonora Rosset, psicanalista

Emiliano José, jornalista e escritor

Emir Sader, sociólogo, professor universitário UERJ

Eneida Cintra Labaki, historiadora

Ercílio Tranjan, publicitário

Eric Nepomuceno, jornalista e escritor

Ernesto Tzirulnik, advogado

Erotildes Medeiros, jornalista

Eugenio Staub, empresário

Fabio Dutra, estudante de direito USP

Fabio Roberto Gaspar, advogado

Felipe Lindoso, produtor cultural

Fernando Nogueira da Costa, economista, professor universitário Unicamp

Fernando Sá, cientista político

Fernando Soares Campos, servidor público

Fidel Samora B.P. Diniz, músico

Flora Gil, produtora cultural

Francis Bogossian, engenheiro, Academia Nacional de Educação e Academia Nacional de Engenharia

Gabriel Cohn, sociólogo, professor USP

Gabriel Landi Fazzio, estudante de direito USP

Gabriel Pereira Mendes Azevedo Borges, estudante de direito USP

Gabriel Priolli, jornalista

Gabriela Shizue S. de Araujo, advogada

Galeano Bertoncini, cirugião dentista

Gaudêncio Frigoto, educador, professor universitário UERJ

Gegê, vice-presidente nacional da CMP – Central de Movimentos Populares

Giane Alvares Ambrósio Alvares, advogada

Gilson Caroni, sociólogo, professor universitário Faculdades Integradas Hélio Alonso/RJ

Gisela Gorovitz, empresária e advogada

Glaucia Camargos, produtora de cinema

Gonzalo Vecina Neto,  médico sanitarista, professor da FSP/USP

Guilherme Silva Rossi, estudante de direito USP

Heloísa Fernandes, socióloga, professora USP e ENFF

Hugo Carvana, ator e cineasta

Humberto de Carvalho Motta, estudante universitário

Ícaro C. Martins, cineasta

Idacil Amarilho, administrador

Iná Camargo, professora universitária USP

Iolanda Toshie Ide, professora universitária aposentada Unesp/Marília

Isa Grispun Ferraz, cineasta

Ivan Seixas, presidente do Condepe – Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana

Ivo Rosset, empresário

Ivone Macedo Arantes, arquiteta

Ivy Farias,  jornalista

Izabel de Sena, professora universitária, Sarah Lawrence College, NY

Izaias Almada, escritor

Jacy Afonso de Melo, secretário de organização da CUT Nacional

Jane Argollo, coordenadora de Ponto de Cultura

Jessie Jane Vieira, historiadora, professora da UFRJ

Jesus Chediak, jornalista

João Antonio de Moraes, sindicalista, coordenador geral da FUP – Federação Única dos Petroleiros

João Antonio Felício, sindicalista, secretário de relações internacinais da CUT

João Carlos Martins, pianista e maestro

João Feres, cientista político

João Jorge Rodrigues dos Santos, advogado e presidente do Grupo Olodum

João Lopes de Melo

João Paulo Possa Terra, estudante de direito USP

João Pedro Stédile, presidente nacional do MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

João Quartim de Morais, cientista político, professor universitário Unicamp

Jorge Ferreira, empresário

Jorge Mautner, cantor e escritor

José Antonio Fernando Ferrari, antiquário

José Arrabal, professor, jornalista e escritor

José Carlos Asbeg, cineasta

José Carlos Henrique, arquiteto

José Carlos Tórtima, advogado

José Fernando Pinto da Costa, presidente do grupo educacional Uniesp

José Ibrahim, líder sindical

José Luiz Del Roio, escritor

José Marcelo, pastor batista

Josefhina Bacariça, educadora popular em Direitos Humanos

Julia Barreto, produtora cinematográfica

Julio Cesar Senra Barros, interlocutor social

Jun Nakabayashi, cientista político

Juvandia Moreira, sindicalista, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região

Ladislau Dowbor, economista, professor universitário PUC/SP

Laio Correia Morais, estudante de direito USP

Laurindo Leal Filho, jornalista e sociólogo, professor universitário USP

Lauro Cesar Muniz, dramaturgo

Levi Bucalem Ferrari, escritor e professor de ciências políticas

Lia Ribeiro, jornalista

Lincoln Secco, historiador, professor universitário USP

Lorena Moroni Girão Barroso, servidora pública federal

Lucas Yanagizawa Paes de Almeida Nogueira Pinto, estudante de psicologia

Lucy Barreto, produtora cinematográfica

Luiz Carlos Bresser Pereira, economista, professor FGV

Luiz Edgard Cartaxo de Arruda Junior, memorialista

Luiz Fenelon P. Barbosa, economista

Luiz Fernando Lobo, artista

Luiz Gonzaga Belluzzo, economista, professor universitário Unicamp

Luiz Pinguelli Rosa, professor da UFRJ

Maia Aguilera Franklin de Matos, estudante de direito USP

Maira Machado Frota Pinheiro, estudante de direito/USP

Malu Alves Ferreira, jornalista

Manoel Cyrillo de Oliveira Netto, publicitário

Marcelo Carvalho Ferraz, arquiteto

Marcelo Santiago, cineasta

Marcílio de Freitas, professor da UFAM

Márcio Souza, escritor

Marcionila Fernandes, professora, pró-reitora de pós-graduação e pesquisa da UEPB

Marco Albertim, jornalista

Marco Antonio Marques da Silva, desembargador

Marco Aurélio Belém Purini, estudante de direito USP

Marco Aurélio de Carvalho, advogado

Marco Piva, jornalista e empresário da área de comunicações

Marcos José de Oliveira Lima Filho, doutorando em Direito da UFPB

Marcus Robson Nascimento Costa

Maria Carmelita A. C. de Gusmão, professora

Maria das Dores Nascimento, advogada

Maria do Socorro Diogenes, professora

Maria Guadalupe Garcia, socióloga

Maria Izabel Calil Stamato, psicóloga, Universidade Católica de Santos

Maria José Silveira, escritora

Maria Luiza de Carvalho, aposentada

Maria Luiza Quaresma Tonelli, professora e advogada

Maria Victoria Benevides, socióloga, professora universitária USP

Mariano de Siqueira Neto, desembargador aposentado

Marilene Correa da Silva Freitas, professora da UFAM

Marília Cintra Labaki, secretária

Marília Guimarães, escritora, Comitê Internacional de intelectuais e artistas em defesa da humanidade

Mário Cordeiro de Carvalho Junior, professor da FAF/UERJ

Marlene Alves, professora, reitora da UEPB

Marly Zavar, coreógrafa

Marta Nehring, cineasta

Marta Rubia de Rezende, economista

Martha Alencar, cineasta

Maryse Farhi, economista, professora universitária

Matheus Toledo Ribas, estudante de direito USP

Michel Chebel Labaki Jr.

Michel Haradom, empresário, presidente da FERSOL

Mirian Duailibe, empresária e educadora

Ney de Mello Almada, desembargador  aposentado

Nilson Rodrigues, produtor cultural

Noeli Tejera Lisbôa, jornalista

Oscar Niemeyer, arquiteto

Otavio Augusto Oliveira de Moraes, estudante de economia PUC/SP

Otávio Facuri Sanches de Paiva, estudante de direito USP

Pablo Gentili, educador, professor universitário UERJ, FLACSO

Paula Barreto, produtora cinematográfica

Paulo Baccarin, procurador da Câmara Municipal de São Paulo

Paulo Betti, ator

Paulo Roberto Feldmann, professor universitário, USP, presidente da Sabra Consultores

Paulo Thiago, cineasta

Pedro Gabriel Lopes, estudante de direito USP

Pedro Igor Mantoan, estudante de direito USP

Pedro Rogério Moreira, jornalista

Pedro Viana Martinez, estudante de direito USP

Raul de Carvalho, pesquisador

Regina Novaes, socióloga/RJ

Regina Orsi, historiadora

Renato Afonso Gonçalves, advogado

Renato Tapajós, cineasta

René Louis de Carvalho, professor universitário UFRJ

Ricardo Gebrim, advogado

Ricardo Kotscho, jornalista

Ricardo Miranda, cineasta

Ricardo Musse, filósofo, professor USP

Ricardo Vilas, músico

Ricardo Zarattini Filho, engenheiro

Risomar Fassanaro, poetisa e jornalista

Roberto Gervitz, cineasta

Rodrigo Frateschi, advogado

Ronaldo Cramer, professor de direito PUC/RJ

Rose Nogueira, jornalista

Rubens Leão Rego, professor Unicamp

Sandra Magalhães, produtora cultural

Sebastião Velasco e Cruz, cientista político, professor universitário Unicamp

Sérgio  Ferreira, médico

Sergio Amadeu da Silveira, sociólogo e professor da UFABC

Sergio Caldieri, jornalista

Sérgio Mamberti, ator

Sergio Mileto, empresário, presidente da Alampyme – Associação Latino Americana de Pequenos Empresários

Sérgio Muniz, cineasta

Sérgio Nobre, sindicalista, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

Sérgio Ricardo, cantor

Sérgio Vampre, advogado

Silvio Da Rin, cineasta

Tatiana Tiemi Akashi, estudante de direito USP

Teresinha Reis Pinto, biomédica e pedagoga Consultora UNESCO

Tereza Trautman, cineasta

Theotônio dos Santos, economista

Tizuka Yamasaki, cineasta

Tullo Vigevani, professor Unesp/Marília

Urariano Mota, escritor e jornalista

Vagner Freitas de Moraes, sindicalista, presidente nacional da CUT – Central Única dos Trabalhadores

Valter Uzzo, advogado

Venicio Artur de Lima, jornalista e sociólogo

Vera Lúca Niemeyer

Vera Maria Chalmers, professora universitária Unicamp

Verônica Toste, professora universitária IESP/UERJ

Vitor Fernando Campos Leite, estudante de direito USP

Vitor Quarenta, estudante de direito Unesp/Franca

Vladimir Sacchetta, jornalista e produtor cultural

Wadih Damous, advogado/RJ

Walnice Nogueira Galvão, professora de literatura comparada USP

Walquikia Leão Rego, professora Unicamp

Zé de Abreu, ator

Para apoiar, clique AQUI

Leia também:

Marilena Chauí: O mundo da classe média “ruiu”

Rubens Casara: “Risco da tentação populista na Justiça é produzir decisões casuísticas”

Luiz Flávio Gomes: “Um mesmo ministro do Supremo investigar e julgar é do tempo da Inquisição”

André Singer: Neoliberalismo no Brasil é retardatário

Vladimir Safatle: O conservadorismo filho bastardo do lulismo

Requião: A privataria petista

 

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



221 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Santayana: O STF e os precedentes perigosos « Viomundo – O que você não vê na mídia

12 de outubro de 2012 às 14h37

[…] Carta aberta: “Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo” […]

Responder

Metrô em São Paulo: Os sintomas do sucateamento « Viomundo – O que você não vê na mídia

10 de outubro de 2012 às 21h45

[…] Carta aberta: “Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo” […]

Responder

Barão de Itararé: Vamos organizar o nosso ato contra os golpistas midiáticos da SIP « Viomundo – O que você não vê na mídia

10 de outubro de 2012 às 20h43

[…] Carta aberta: “Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo” […]

Responder

Geloca Lula da Silva

10 de outubro de 2012 às 14h21

Assinei, coloquei meu nome completo e minha profissão. Tive a confirmação e meu nome não aparece na lista. Esta é a segunda vez que informo sobre isto. Onde posso obter a lista atualizada? Já há bem mais de uma semana que assinei o manifesto

Responder

    Conceição Lemes

    10 de outubro de 2012 às 15h04

    Geloca, vou tentar saber. abs

Altamiro Borges: SIP, antro da mídia golpista « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de outubro de 2012 às 15h22

[…] Carta aberta: “Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo” […]

Responder

Pitagoras

29 de setembro de 2012 às 20h35

O PT vendeu a alma ao diabo, dormindo com a escória da política nacional. Completou a orgia nomeando reacionários para o STF. A cobrança tá chegando e pesada. De lambuja convalidou os métodos imundos de fazer política, que outrora tanto combateu.Valeu a pena?

Responder

Claudio de Jesus

29 de setembro de 2012 às 12h43

João paulo e inocente repudiou esta injustiça cometida a ele

Responder

JOACIL DA SILVA CAMBUIM

28 de setembro de 2012 às 16h47

Por motivos óbvios, já que sou Promotor de Justiça, não poderia jamais ser a favor da corrupção, isto é, da impunidade dos seus autores. Mas, acompanho o julgamento da ação 470 com certa apreensão quanto ao futuro do Supremo Tribunal Federal. A pergunta é: será que eles, os ministros, continuarão a julgar os casos envolvendo grandes ladrões igual estão fazendo no famoso processo do “mensalão”? Ou será que eles mudarão o entendimento sobre a configuração de alguns crimes, voltando a julgar como sempre fizeram nos últimos quarenta anos? Só para relembrar, o STF condenou em toda sua história um único deputado – e do baixo clero -, sendo que até o momento, ao que parece, o acórdão não foi publicado, embora já decorrido cerca de dois anos do julgamento. É bom lembrar que Peluso saiu (compulsoriamente), Ayres Britto, do mesmo modo, sairá em novembro. Celso de Melo já disse que deixará a corte depois do julgamento do citado processo. Joaquim Barbosa tem sérios problemas de coluna – fato notório. Por isso, é provável que não suporte continuar muitos anos naquela corte. Restará, dos veteranos, Marcos Aurélio Mello. Será que ele suportará a pressão para que o STF dê às ações que chegarão àquela corte o mesmo tratamento dado à ação 470? Pobres dos ministros novos do STF. Aguardaremos, pois o futuro é próximo.

Responder

    Lizete Rios

    13 de novembro de 2012 às 23h51

    Oh, céus! Visto assim é caso mesmo, de se preocupar!!!
    Se o gov pretender q o novos indicados obedeçam a ele, contra a ÉTICA, integridade e liberdade individual, eles e NÖS estaremos ferrados!!!

Plinio Santos

28 de setembro de 2012 às 10h06

“TODOS OS corruPTos devem ser punidos, sejam do PT ou do PSDB (tão desonestos quanto). Agora, torço para que os critérios de julgamento sejam os mesmos no mensalão do DEM. Assim quero ver se essa malta de hipocrisia, que aderiu a este abaixo assinado, virá aqui para pedir a presunção de inocência de alguém. Senhores, assumam logo o seu papel: confessem que vcs não estão preocupados com a justiça nem com os princípios constitucionais. Estão é querendo defender o princípio DA IMPUNIDADE PARA OS MEUS, CADEIA NOS SEUS. Vcs acusam os outros (que também desprezo) de terem ódio (maior falta de argumento do que essa não existe), mas vcs não ficam atrás. Leiam os textos dos signatários para verem o que propõem, tem até gente propondo a censura da mídia. Só existem dois tipos de pessoas que querem calar a mídia: corruPTos ou ditadores! Onde é que vcs se encaixam? Se não fosse a mídia, jamais saberíamos do real caráter de vcs. AGORA O POVO SABE!!!

Responder

    clistenes Nascimento

    28 de setembro de 2012 às 19h06

    Apoiado e Assinado!!

    Como é bonito ver esse monte de direitista retrógrado se estrebuchando aqui com seus preconceitos e avaliações simplórias… Ladrem alto, pois vocês são 5-6% dos que são anti-qualquer-coisa-que-se-chame-PT-ou-Lula. Não sabem discernir entre princípios de justiça (como presunção de inocência) e linchamento midiático (a maioria nem entende o que está sendo posto aqui). Seja com PT ou PSDB, não é a mídia que deve julgar… Cuidado que dia desses essa “justiça” pode botar a mão em vocês e aí queremos ver o vão achar de ser culpados sem provas… Mas não se preocupem, espero que tenha gente lúcida que os defenderá como estão fazendo agora os que assinam essa carta.

Plinio Santos

28 de setembro de 2012 às 09h48

Querem ser de esquerda? Tudo bem, é uma posição, mas não sejam corruPTos, sigam os exemplos dos seus mentores:

“O político Bo Xilai foi expulso do Partido Comunista da China nesta sexta-feira e enfrentará acusações criminais, afirmou a cúpula do partido. Também foi divulgado que o congresso que selecionará os novos líderes do país acontecerá em 8 de novembro.
Bo era cotado para assumir algum dos principais cargos do governo da China até que caiu em desgraça por causa do maior escândalo político em décadas. Sua mulher, Gu Kailai, foi condenada pelo assassinato de um empresário inglês e agora ele se vê envolvido no caso. A imprensa estatal afirmou que ele responderá por acusações de corrupção, abuso de poder e de ter relações impróprias com várias mulheres.
O escândalo lançou uma sombra sobre o congresso do Partido Comunista, que teve a divulgação de sua data atrasada. O evento é bastante esperado pois Hu Jintao deixará o poder e será substituído por Xi Jinping na liderança do país. As informações são da Associated Press.”

Responder

João Paulo Ferreira de Assis

27 de setembro de 2012 às 23h52

Ver o ódio que a direita está sentindo ao ler o manifesto não tem preço. Não são eles que estão com a ”verdade”? Por que essa raiva toda dos signatários do manifesto? Será porque a farsa foi desmascarada? Será se eles não perceberam que o princípio da presunção da inocência tem que ser respeitado ainda que todas as provas apontem para a culpabilidade dos acusados? Me admira que entre esses adeptos do tribunal de exceção estejam muitos advogados. Causídicos que não deveriam aceitar a teoria do domínio do fato, que é uma aberração. Cito um exemplo: um presidente de conselho de patrimônio cultural de uma cidade se opôs a que os demais conselheiros fizessem o tombamento pelo patrimônio histórico de uma fazenda situada em outro município. O presidente alertou para a ilegalidade do ato, mas foi voto vencido. A decisão só não prosperou porque o prefeito apoiou o presidente. Agora, pela teoria do domínio do fato o presidente, que nenhuma participação teve estaria condenado pelo sr. Joaquim Barbosa. E condenado sem ter culpa, pois nem votar ele pôde. Lógico, que isto se daria se o alerta do presidente não constasse da ata.

Responder

MALLU

27 de setembro de 2012 às 22h36

QUE O DIGA A PRIVATARIA TUCANA, NÉ FERNANDO? E EM SÃO PAULO ENTÃO… QUANTAS MULHERES ESPANCADAS, QUANTAS CRIANÇAS NAS RUAS, EXPULSAS DAS FAVELAS PELO FOGO, SEM TER PRA ONDE IR, PQ O DINHEIRO QUE ENTROU PARA A PREFEITURA E PARA O ESTADO DEMOTUCANALHA, FOI PARA PAGAR AS PIRIGUETES DE ALUGUEL PARA DEITAR COM ESSES NOJENTOS. QUE O DIGA OS DEMOTUCANALHAS, NÉ FERNANDO? AGORA, TE AGUARDO NO DIA QUE FOR JULGADO OS VERDADEIROS BANDIDOS DE COLARINHO BRANCO, QUE HÁ SÉCULOS VEM ROUBANDO O BRASIL, SE É QUE SERÃO JULGADOS. VAMOS VER QUAL VAI SER O SEU DISCURSO, VAMOS VER.

Responder

Abraao

27 de setembro de 2012 às 13h21

Me causa espécie, como disse o Ministro Barbosa, ver tanta gente “importante” de todos seguimentos cultural e social, assinarem este manifesto em favor do obscurantismo semelhante a época da ditadura que tanto criticam.
Por que a imprensa livre, e os assinantes desta aberração sabem sim qual imprensa é livre e qual é paga para falar em favor de bandidos, é tão temida e atacada??? Roubar é normal, e julgar agora virou espetáculo????
Por que esses nobres brasileiros não colocaram seus nomezinhos e sua fotinhas para se manifestar contra o espetáculo do julgamento dos Nardonis, Richtofen, maníaco do parque, juiz Lalau e outros???
Colocam a ideologia hipócrita acima da lei e das instituições Democráticas e de Direito. Espetáculo é nos dar o osso e roubar-nos o filé, isso sim é um espetáculo de esperteza, não é????????
A grande maioria do povo brasileiro trabalha muito duro para sobreviver e sustentar suas famílias com HONESTIDADE E FÉ EM DEUS. Não subestimem a nossa inteligencia.
A vocês que aderiram a tão malfadada manifestação os nossos mais sinceros PESAR. Vocês são a verdadeira elite conservadora e lesa pátria.

BRASIL SEMPRE

Responder

    benjamim marchande

    27 de setembro de 2012 às 14h12

    O julgamento é tendencioso sim! Estão condenando sem o ato de ofício e sim por suspeitas. Vejam o caso do ex-senador Demóstenes que retornou ao Min. Público e hoje está na área criminal trabalhando e recebendo salários. Um corrupto comprovado pode condenar alguém? O mensalão do PSDB de 1998 porque até hoje não foi julgado? A Privataria Tucana até hoje não foi julgada porque? O Ministro Gilmar Mendes sócio-proprietário do Inst. de Direito Público que mantém cursos para advogados que tem ações contra Estados, Municípios e o Governo Federal, pode?
    Ben

    Abraao

    27 de setembro de 2012 às 18h05

    Caro Benjamim
    O mensalão do DEM, PSDB, PP, ou da PQP, as privatizações, os ministros e todos que prestam serviço de relevância política ao povo e a este país, devem ser submetidos ao crivo da justiça e serem julgado se denunciados. E será por pressão do povo e pelo povo.
    Estamos quebrando um paradigma histórico na justiça deste país. Não coloque a ideologia a frente dos fatos, da verdade, da Constituição, da Lei ou da própria vontade do povo. Cadeia a todos que são culpados, não importa o partido político. Ou temos que absolver os réus para cumprir um plano de poder ideológico que diz que só o PT é bom e o resto são todos inimigos. Principalmente a imprensa verdadeiramente livre…..né???

    Grande abraço amigo Benjamim

    Wagner Malheiros

    27 de setembro de 2012 às 20h34

    Só uma pergunta para o defensor de corruptos – em que repartição você está lotado?

Messias Franca de Macedo

27 de setembro de 2012 às 12h18

Cristina Kirchner critica imprensa e diz que ‘não há jornalismo independente no mundo.’ – palavras proferidas durante uma conversa com estudantes em Nova York.

FONTE: “grande” mídia nativa! – tendenciosa e inescrupulosa…

EM TEMPO(!): Força, presidente Dilma Rousseff, A Magnífica!

Hasta la Victoria Siempre!

BRASIL NAÇÃO – em homenagem ao honesto, sapiente, impávido e valoroso povo trabalhador brasileiro
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

francisco.latorre

27 de setembro de 2012 às 11h58

lutar. pra garantir direitos.

que datam da revolução francesa.

no século vinteum.

é duro.

..

Responder

Jorge Moraes

27 de setembro de 2012 às 10h02

Um certo Volpe Neto escreveu uma espécie de curto (curto de breve, curto de imaginação e curto de culto) manifesto aéreo-genocida. Normal, dá sequência ao que a elite (?) brasileira, escravocrata e rançosa, associada ao eterno séquito de viúvas pequeno-burguesas, tem por verdade. A verdade que interessa. Não “a verdade é que interessa”. Só lhes interessa a verdade espalhada pelo partido midiático, com suas gravações que não existem, seus dólares cubanos, suas fantasias esganiçadas sobre corrupção de um lado só (seriam os sacis corruptos?), seu moralismo, sua pequenez. Gostava mais do Volpi, suas bandeirinhas, essência do folclore. A pequena e grande burguesias brasileiras são folclóricas, mas não são bonitas não.

Responder

Jaime Rodrigues

27 de setembro de 2012 às 08h49

A Globo e todas as “forças políticas conservadoras do Brasil” devem reconhecer que são Anti-Democráticos.

Responder

Maria José Rêgo

27 de setembro de 2012 às 04h12

Apoio irrestrito ao manifesto.

Responder

Antonio Marcos

27 de setembro de 2012 às 00h25

Estão condenando por subjetividade para fazer bonito para a mídia…
Este julgamento é um show, estes juízes se tivessem pudor se envergonhariam do papel ridículo que estão fazendo.

Estes “atores” estão fazendo um julgamento político, condenando sem base legal…

Uma verdadeira palhaçada !!!

Quero ver se agir da mesma forma em um eventual julgamento da Privataria Tucana, tenho certeza que não.

Responder

Fabio Passos

26 de setembro de 2012 às 21h36

É dever de todo brasileiro com vergonha na cara se manifestar contra a pieguice udenista do PiG.

Estes babacas bancando os moralistas no PiG não valem nada.
Aproveitam-se da classe média mal-formada, idiotizada e preconceituosa para atacar o PT e o Lula…

Responder

    Lu Witovisk

    27 de setembro de 2012 às 07h56

    Isso ai Fabio!!!

Nisio

26 de setembro de 2012 às 21h28

Podemos observar que a manifestão neste blog do apoio às decisões casuísticas do STF na AP470 é própria da platéia medíocre e ignorante do PIG.

Responder

    Fabio Passos

    26 de setembro de 2012 às 22h31

    Ainda vamos sofrer por muito tempo com a terra arrasada promovida pela ditadura na formação ética e intelectual das classes médias urbanas.

    Péssima formação somada ao monopólio da informação controlado pelo PiG não podia dar noutra coisa: 6% da população espumando pela boca e transbordando de preconceitos.

    Felizmente temos a rede para arejar o ambiente e aliviar o futum udenista…

Fernando MDB

26 de setembro de 2012 às 21h03

Façam um movimento desses em outro julgamento, em outra esfera. A corja dos mensaleiros que queime no inferno, mesmo que leve consigo parte do bando de otários que tentam fazer cortina de fumaça. Às vezes a única justiça que deve prevalecer, é a da espada. Muita gente inocente padeceu horrores por falta das ambulâncias nos postos de saúde, muita mulher foi espancada até a morte porque não havia dinheiro para viaturas e policiais disponíveis… e juntem se quiserem mais toda a demagogia possível mas que traduz um fato, isso enquanto essa raça desgraçada recebia gorjeta dos ladrões além do que já roubam para comprar mimos para suas vadias. Gente reconhecidamente podre não merece julgamento leve.

Responder

Rimavicar

26 de setembro de 2012 às 20h06

A falta de cultura política de muitos faz com que, hoje, cultuemos muitos coronéis. É muito mais fácil eleger um vingador do que tentar ler e entender o que se passa em todo o histórico político de determinado fato. Aqueles que querem a simples condenação, preferem a notícia mastigada e deixar a cargo dos vingadores resolver todos as mazelas corruptivas no Brasil. O problema é que quando um vingador toma a justiça sob suas próprias mãos,passando por cima da lei maior, abre um precedente perigoso na história. Os malabarismos do sr.Joaquim para condenar a qualquer custo nos remete ao tempo da inquisição, transformando o tribunal num circo a nível nacional. Ao que eu saiba, ninguém se preocupou e debater sobre as causas da corrupção; o financiamento privado de campanha, a grande causa, continua em campo e em razão disso haverão novos e novos julgamentos. Em respeito à constituição federal a que todos devemos obediência. Apoio!

Responder

Antonio

26 de setembro de 2012 às 19h37

Apóio totalmente esta carta aberta

Estou cansado de dois pesos e duas medidas

Estou velho para me fazerem de palhaço

Responder

Urbano

26 de setembro de 2012 às 19h05

E ainda se fosse julgamento, que não é. Quando ouvi pela primeira na vida a palavra linchamento, eu tive uma visão bem ampla de que a coisa se poderia empregar num ataque físico de uma multidão contra alguém, ou mesmo que fosse um ataque moral, talvez o que se chama hoje de bullying, mais nas mesmas gravidades do ataque físico ou pior nos mesmos moldes do físico. A única reação que temos no momento é a estupefação que se nos apresenta, pois já não sabemos de que lado realmente está a justiça, se da lei, da loa oi do umbigo. Porque das benesses distribuídos a torto e a direito, já a um bom tempos através dos hábeas-corpus laser que só o papas-léguas, os salvadores de tarados e fraudadores foram exímios para libertar diversos crápulas como os que assassinos a anciã indefesa lá no Norte do país, o serial estuprador e crápula de quase uma centena de mulheres indefesas da alta classe social, uma vez que se encontravam indefesas adredementes com as drogads específicas; além dos diversos HC concedidos , inclusive no meio da madrugada, a dois comprovados bandidos do sistema financeiro. Para currículo vitae, ó, só sendo de bostom.
Desculpem pela demora, pois desde ontem que se apresenta uma grande dificuldade no escrever, não propriamente no conseguir pensar na ideia já pronta, mas na parte do próprio escrever, como que catando no teclado e mesmo assim errando as eles que se fazem nunca queria se posicionar o devido lugar, Vou para por aqui por que não dá sequer para ontinuar. Deve ser a bomba que administraram para mim, para que eu não passe mais um mês olhando a noite inteira para o teto do quarto. O peste só está servindo pra isso mesmo, porque para fazer eu dormir, ó… uma bósnia. Caso eu chegue em algum albergue lá em cima, se o pessoal não pedir licença ou tranferência, fiquem tranquilos e calmos que eu voltarei para lhes dizer. Afinal voc^s sçao mus amigos virtuais.

Responder

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 22h10

    Correto, caro Urbano. Firma o pensamento e vamos em frente. A realidade é e sempre será muito mais instigante do que a fantasia. Somar forças pela liberdade de um povo é muito mais humano do que dividir forças; ainda que virtualmente. Valeu brother.

Carta aberta: “Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo” « Verdade BANCOOP

26 de setembro de 2012 às 18h06

[…] FONTE: VIOMUNDO Share this:Gostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. Publicado em: É notícia, Grande Mídia, Imprensa X Eleições ← Edital de Convocação Assembleia Seccional Villas da Penha Seja o primeiro a começar uma conversa […]

Responder

izilda

26 de setembro de 2012 às 18h01

Esperavam que assistissemos passivos a esse circo,sem contestar, uma vez que dividiram os processos e começaram o julgamento pelo final com a nitida intenção de deixar prescrever a parte que se trata do PSDB,sabidamente partido da midia.
E’claro que isso não passa de um combinado eleitoreiro.
Nada mais me espanta em se tratando da justiça brasileira e se preciso recorreremos a corte interamericana,mas não vamos permitir que engavetem a parte que lhes interessa e puna sem provas contundentes aqueles que são adversarios politicos.

Responder

Maria Amélia Martins Branco

26 de setembro de 2012 às 17h54

Quem quiser aderir é só mandar um e-mail para;

[email protected]

[email protected]

Responder

    Conceição Lemes

    26 de setembro de 2012 às 17h58

    Maria Amélia, foi criada agora à tarde uma petição online. Os nomes vão direto pra lá. Quem aderiu por e-mail, vai ter o seu nome acrescentado na petição nas próximas horas. bjs

Vlad

26 de setembro de 2012 às 17h38

Olha que confusão.
Se tivessem deixado prescrever, como de hábito, nada disso estaria acontecendo.

Responder

    abolicionista

    27 de setembro de 2012 às 11h13

    Está com sua vassourinha a tiracolo? É triste ver o PSOL engrossando o coro dos contentes do conservadorismo paulista. Se fizessem uma marcha com Deus pela família hoje, o PSOL a encabeçaria…

    Vlad

    28 de setembro de 2012 às 01h48

    Temos lá um defeito ou outro, mas em termos de acompanhar o conservadorismo somos amadores perto do PT.
    E ateus, graças a Deus.

    Saudações Socialistas.

    ;)

    João Paulo Ferreira de Assis

    28 de setembro de 2012 às 21h22

    O PSOL é a esquerda que a direita adora. O pior é que vocês vivem ajoelhados diante da direita e ela vos despreza. Tive uma professora reacionária no curso de Direito que dizia que os partidos mais corruptos do Brasil eram o PT (lógico que ela pensaria isso mesmo, mulher de oficial da Aeronáutica…) e pasme, o PSOL. A direita gostaria muito que a Heloísa Helena fosse presidente, só para derrubá-la como fizeram com o Lugo no Paraguai, justo porque ele queria governar sem coalisão.

Thiago

26 de setembro de 2012 às 17h00

MI MI MI MI MI MI MI MI

Responder

francisco niterói

26 de setembro de 2012 às 15h59

Azenha, meu amigo
ARRUDA e SAL GROSSO pra ajudar o blog que esta atraindo cada reaça. Rsrsrs

É claro que alem das providencias acima, vc deve pedir outras sugestoes aos comentaritas.

Tem um reaca, da turma do FACEBOOK acima, que vem dizendo o velho discurso de “roubou dinheiro da saude,educacao, etc”, mas como é teleguiado da Veja e demais, provavelmente deve ser contra, por exemplo, o financiamento publico de campanha. Alias, sobre este instituto, provavelmente vai vomitar” dar dinheiro a politico…..”. Pobrezinho, onde ele se informa nao explicam sobre o financiamento e ai so falaria besteira.

Sobre o roubo do dinheiro da saude que o teleguiadado do FB acima fala, este evento tem mais de 500 anos e hoje só estamos pedindo um julgamento justo que reconheca que o genoino ou é bobo ou nao roubou pois mora na mesma casa ha 30 anos, sem falar que a midia “fuçou” a vida dele toda.

POR FIM, muito me assusta que integrantes de grupos da sociedade que sempre foram discriminados tenham odio de um partido que lutou contra a discriminacao, como no caso do PT ao escolher um negro pro STF e lutou pelo regime de cotas, entre tantas medidas importantes.

Responder

    francisco niterói

    26 de setembro de 2012 às 16h05

    m tempo:
    Alem do mais, os reaças sao tao sem argumentos, nao?
    So sabem repetir manchetes da VEJA et caterva, xingar os inimigos de corrupto,etc.
    Como eu nao leio Reynaldo Azevedo, por exemplo, e dizem que os leitores deles sao assim, so me resta agradecer a tudo e todos por eu nao ser conservador.

    Maria Izabel L Silva

    26 de setembro de 2012 às 22h30

    Também acho. É a classe media paulista?? Onde ja se viu? Não percebem onde estão?? Aqui é um blog de esquerda. De esquerda. Não tá vendo? Aqui não cabe cretinos que acham que o PT inventou a corrupção … O buraco é mais embaixo. Eu já assinei o manifesto. Assino tantos quanto necessario for. Uma noticia pra voces santinhos do pau ôco: o nivel de desigualdade social caiu espetacularmente no Brasil. Noticia fresquinha divulgada pelo IPEA. Essa voces não vão ver na revista Veja. Mas é verdade. Graças às politicas implantadas nos ultimos 10 anos. Ultimos dez anos. Capice classe media nojenta???Voltem para suas praias e para os seus resorts …

Uélintom

26 de setembro de 2012 às 15h42

Folha de São Paulo promove ação macartista, um verdadeira caça às bruxas e incentiva o patrulhamento ideológico de artistas. É o que o jornal está fazendo por meio do portal UOL (26/09), onde postou uma chamada para um texto no qual conclama aos leitores a verificarem a lista de artistas e intelectuais que estariam “apoiando” José Dirceu. Na verdade, trata-se do manifesto que pede para que o julgamento do chamado ‘mensalão’ não se transforme em espetáculo midiático.

Responder

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 22h18

    Eu duvido. Mas, vindo do PiG nada me é estranho; aliás é como dizia Marx, “nada do que é humano me é estranho”. Que dirá vindo de uma dessas sucursais menores do PiG?

    Mário SF Alves

    28 de setembro de 2012 às 22h49

    Aprendi recentemente com um professor daqui do meu Estado. Um dos maiores entendidos em marxismo da América Latina. Um teórico do marxismo. Disse ele:

    1- O marxismo é ferramenta imprescindível para o entendimento da realidade;
    2- Uma coisa é a aparência, outra coisa é a essência. A essência só é percebida mediante o conhecimento da totalidade; a razão oculta por trás da aparência;
    3- O artista é aquele que melhor expressa essa totalidade (citou Pablo Picasso, em Guernica; Almeida Júnior, numa de suas fases; e Chico Buarque). Sei que ele é admirador da música caipira de raiz (aquela mostrada por Renato Teixeira e outros, no show oa vivo em Tatuí).

    Tive pensando um pouco sobre isso. Lembrei-me do Engels, em A Dialética da Natureza, onde ele diz: “o espírito é o mais excelso produto da matéria.” É certo que ele não se referia à matéria em seu sentido vulgar como podem estar propensos a supor alguns. A coisa é pouquinho mais elaborada. A matéria à qual se referia Engels é a matéria estudada pela ciência; a mesma matéria do Bóson de Higgs, também chamada de partícula de deus.

    Pois é. Não dá pra ficar só nas aparências; não dá ficar só naquilo que a mídia corporativa nos apresenta como sendo o maior escândalo da história.

Hans Solo

26 de setembro de 2012 às 15h42

Eu adoro os comentários daqueles que odeiam o PT e Lula.. Ahahahaha Todos rancorosos, pessimistas, preconceituosos.. mostra bem a cara deles. Quer dizer que o circo foi armado nas vésperas da eleição? Que coincidência… Os ministros não são compostas em sua maioria por juízes concursados – alguns já devem saber. De forma alguma isso os desqualifica, mas justamente por estarem criando uma nova jurisprudência, estão se colocando no papel de réus, ou seja, estão sendo julgados também. Se for para condenar por ‘presunção de fatos’ com ‘provas tênues’, o PSDB de Minas e o DEM do DF vão pegar cadeira elétrica… Ou o Valerioduto irrigou só os ‘petralhas’??? É um precedente e tanto esse julgamento.

Responder

Carolina Julieta Araujo Santos

26 de setembro de 2012 às 15h29

Que estranho..enquanto o advogado de defesa fala você juiz está dormindo. Sinal que a condenação já está pronta. Eu assinei e enviarei o pedido para outras pessoas. Não confio mais no STF.

Responder

Jorge Noia de Oliveira

26 de setembro de 2012 às 15h22

Algumas pessoas sofrem de Problemas psiconeurologicosexual e são contrarios a verdade. Devemos sim assinar para que o STF entenda que o povo não é bobo, alias se fosse com o PSDB eu tb assinaria ja que não sou conivente com golpe de estado.

Responder

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 22h28

    Parabéns, Jorge. E se me permite, concordo com você. Nem com o PSDB, o partido que entregou a CVRD, que deu azos ao A Pritaria Tucana, que ameaçou privatizar a PETROBRAS, e cujo líder maior foi publicamente chamado aos brios pelo ex-presidente norte-americano Bill Clinton, seria admissível um tratamento anti-democrático desses.

Fábio Born

26 de setembro de 2012 às 15h20

Não acredito do que acabei de ler.
É a primeira vez que a nata política está sendo julgada por seus crimes e vcs estão preocupados com espetaculárização?
Tem que transformar em espetáculo sim! Diferente de tudo que acontece nas entranhas do congresso e que o povo não fica sabendo. Deveria ser muito mais divulgado e que sirva de exemplo para que estes crimes nunca mais sejam cometidos.

Responder

Christina Algassay de Almeida e Silva

26 de setembro de 2012 às 14h45

Quem manda no País, atualmente, é a mídia conservadora.

Quem a nutriu e até incentivou?

O PT.

Ou não?

Responder

valberto

26 de setembro de 2012 às 14h42

Tão com medo de ir em cana, não é bando de vagabundos?

Responder

    izilda

    26 de setembro de 2012 às 18h20

    Ninguem vai em cana,se Abdelmassih teve seu salvo conduto… politicos que ja’ foram absolvidos pelos brasileiros nas ultimas 2 eleições presidenciais… isso e’ so’ mais uma tentativa da direita brasileira,kkk + 1 tiro no pe’, agora vergonhoso A mais alta corte de um pais estar se prestando a esse papel,a sociedade quer mais coerëncia, não se justifica separar o processo e deixar de votar o nascedouro do Chamado mensalão que e’ DO PSDB,e’ obvio que estão brincando com a cara do cidadão,isso não podemos e não vamos permitir.

Maria Izabel L Silva

26 de setembro de 2012 às 14h33

Cadê a carta? Me dizem para enviar um e-mail mas antes de aderir eu quero ler a carta? Onde encontra-la?????

Responder

João Vargas

26 de setembro de 2012 às 14h21

Precisa uma carta aberta à população para dizer o que os ministros devem fazer? se eles não sabem que devem obedecer à constituição então é melhor que fechem as portas do STF. Ou esta carta é uma pressão para inocentar os acusados? se for, estão se igualando à mídia que pressiona para condená-los. A democracia balança quando se põe em cheque a imparcialidade do judiciário. Cuidado com o andor que o santo é de barro.

Responder

João Paulo Ferreira de Assis

26 de setembro de 2012 às 13h26

Acabei de aderir à carta aberta. E minha adesão foi confirmada.

Responder

    maria olimpia

    26 de setembro de 2012 às 18h07

    João Paulo,
    Idem e também recebi a confirmação.

Carlos J. R. Araújo

26 de setembro de 2012 às 12h45

Azenha, pqp, quanto “reaça”. Chico Buarque tinha razão quando disse que”a idiotice nos rodeia. Eu mesmo temo ficar um idiota”. Só bebendo…

Responder

Zé Eduardo

26 de setembro de 2012 às 11h53

Já enviei meu apoio amplo e irrestrito à iniciativa. Espero que outros setores da sociedade assumam suas responsabilidades e cidadania e se manifestem similarmente. Parabés pela divulgação.

Responder

neopartisan

26 de setembro de 2012 às 11h52

“A Inocência dos Petistas”.
Este poderia ser o nome do espetáculo de judicialização da política dirigido pelos Mervais e seu séquito, inspirados em Sam Bacile, o boçal.
E a exemplo deste, poderiam proclamar em alto e bom som “O PT é um câncer e ponto final”.

Responder

Gervásio Firmo dos Santos Sobrinho

26 de setembro de 2012 às 11h41

O STF, guardião da Constituição, está na iminência de inaugurar o mais greve e perigoso precedente pós democratização, que certamente servirá para instrumentalizar futuras violações dos direitos civis conquistados às duras penas. Aos que hoje comemoram e até exigem condenações desprovidas de provas, alertamos que a historia constuma ser impiedosa com quem, casuísticamente, pactua com o arbítrio, não raramente vítima do veneno que ajudou a criar e, ingenuamente, imaginou que seria usado somente para dizimar os inimigos.

Responder

    João Paulo Ferreira de Assis

    26 de setembro de 2012 às 13h05

    Apoiado. Veja o exemplo do Carlos Lacerda. Tanto lutou pela implantação de uma ditadura no Brasil, que foi perseguido pelo mesmo monstrengo que ajudou a criar. Tarde ele se deu conta disso.

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 14h11

    Ah! A História… o melhor antídoto contra o mal em qualquer circunstância. Êpa!Queria dizer em qualquer instância.

    izilda

    26 de setembro de 2012 às 18h26

    Estão querendo nos impor um golpe de estado, acham que isso aqui e’ PARAGUAI.

flavio cunha

26 de setembro de 2012 às 11h32

Gosto de ver esses “moralistas de manchetes” que comentaram acima. Parece que viveram até hoje em Marte, pois não conseguem colocar os acontecimentos citados no contexto, o que configura ou uma negação em aceitar a realidade ou um quadro típico de analfabetismo funcional, isso bem próprio dos defensores da direita.

Responder

    neopartisan

    26 de setembro de 2012 às 12h03

    A defesa da moral e da ética apartada da justiça social é distopia das grossas! Este é o cerne dos moralismos da direita!

Mairi Ferraz

26 de setembro de 2012 às 11h27

Dou total apoio, quero saber como eu e minha família podemos fazer para assinar?

Responder

Felipe

26 de setembro de 2012 às 11h18

ROMANELLI, vc disse tudo. Seu pensamento se encaixa perfeitamente no que estamos vendo.

Responder

fonseca

26 de setembro de 2012 às 11h14

quanta gente iguinorante tem neste pais,o fmundo Henrique fez td pr o bando deles,quer agora liberar o uso da maconha e tem besta acreditando neste mensalão,eles vão intimar o Papai Noel pr depor,eles falam q ele foi benificado com dinherio pr comprar presente,fala serio chega desta palhaçada armada pela Globo e Veja q só se benficiaram com FHC.

Responder

Otto

26 de setembro de 2012 às 10h59

Mais uma carta aberta contra o Brasil e a favor da corrupção! Deus me livre assinar essa baixaria!

Responder

ZePovinho

26 de setembro de 2012 às 10h47

ABAIXO O GOLPE DE ESTADO DA PGR E STF!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

http://advivo.com.br/blog/luisnassif/gurgel-continuara-com-investigacao-apos-veredito-da-ap-470

Gurgel continuará com investigação após veredito da AP 470
Enviado por luisnassif, qua, 26/09/2012 – 10:21
Por Pisquila

Vão eternizar o mensalão até pegarem o Lula.

O golpe já está em andamento faz tempo. A matéria abaixo está publicada no site de O Globo. Como dão como favas contadas a condenação de todos os envolvidos na AP 470, já estão soltando os balões de ensaio para irem depois na jugular do Lula. Depois do Lula, será a Dilma. Esse pessoal não sossegará enquanto não tornarem o Lula inelegível. O objetivo é esse! Com isso, dá para perceber que vão abrir nova frente contra o Lula, enquanto se dá uma “banana” para o mensalão Tucano. Essa alcunha de “mensalão mineiro” é conversa para boi dormir, pois pelo visto, tem tucanos de todos as estirpes envolvidos nesta bandalheira e de vários estados da federação, inclusive São Paulo. Essa história de por o nome de Minas nessa coisa é para não respingar no FHC e no Serra. Por falar nisso, pelo tempo de espera para ser julgado, esse processo judicial dos tucanos, tendo Eduardo Azeredo à frente, deve estar apodrecendo em algum escaninho do STF.

Do O Globo

Após veredicto, Gurgel seguirá com investigação sobre mensalão

PGR apura irregularidades em convênio entre BMG e INSS; Lula é acusado de favorecer banco

BRASÍLIA – O fim da ação penal número 470, no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), significará a conclusão de apenas uma etapa do julgamento do mensalão. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse ontem que pretende destravar outras frentes de investigação após o veredicto sobre os réus julgados pelos ministros do STF. O término do julgamento está previsto para o fim de outubro.

Responder

Zepol

26 de setembro de 2012 às 10h42

Meu apoio total. Não sou contra a condenação de corruptos como muitos aqui, contra o movimento, alegam. Sou sim contra o julgamento do processo que eu chamaria de “fura-fila”. Se existem outros “mensalões” anteriores. Se existem processos com décadas de espera na fila, não vejo porque este processo, sob pressão da mídia, numa evidente “forçação de barra”, tenha de furar a fila, e ser julgado, agora, sob a sombra de um processo eleitoral. Outro motivo, é a evidente mudança de critérios neste julgamento e que ao que tudo indica, valerá apenas para este caso específico, voltando a valer os velhos conceitos para os seguintes. Se isso não é um “Tribunal de Excessão”, o que seria? E mais que isso, não posso fechar os olhos para o fato da evidente atuação de poderosas forças midiáticas atuando a favor de um determinado alinhamento político, como se um partido fossem.

Responder

    newdelia

    26 de setembro de 2012 às 12h46

    Graças a Deus! O PT tem que ser varrido.

    João Paulo Ferreira de Assis

    26 de setembro de 2012 às 13h33

    PT varrido do mapa? Só na sua imaginaçãozinha. Só no golpe é que vocês voltarão a colocar suas mãos sujas sobre o Brasil, porque no voto… vocês não tem voto.

    izilda

    26 de setembro de 2012 às 18h09

    O PT e’ so’ a sociedade brasileira organizada, o que vai ser varrido vai ser Ministros da CORTE que servem as intenções eleitoreiras,e a democracia sobrevivera’ a qualquer custo.

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 14h05

    É oportuníssimo o seu argumento, caro Zepol. Soma força com a resistência. Bem vindo ao front.

Odlanier Lucio

26 de setembro de 2012 às 10h38

O pensamento dessas pessoas não deveria ser surpresa pra ninguém. Tanto que não tenho nada a comentar, apenas deixarei duas frases que gosto muito e faço questão de citá-las em conflitos de opiniões.

1 – “É NO PODER DAS AUTORIDADES POLÍTICAS DO BRASIL QUE SE MANIFESTAM COM FREQUÊNCIA OS ESPÍRITOS MESQUINHOS, ENGANADORES, PECULATÁRIOS, PREVARICADORES E CORRUPTOS QUE MUITOS ELEITORES OS ADMIRAM E APLAUDEM POR IGNORÂNCIAS OU CONVENIÊNCIAS PRÓPRIAS”.

2 – “É MUITO MAIS FÁCIL PARA O ELEITOR BRASILEIRO SE LEMBRAR NO FUTURO SEM QUALQUER SENTIMENTO DE CULPA POR TER VOTADO NULO NAS ELEIÇÕES, DO QUE SE LEMBRAR NO PRESENTE EM QUEM VOTOU NO PASSADO”.

Responder

Ramalho

26 de setembro de 2012 às 10h38

Aderi, adesão confirmada pelos organizadores, e vou passar o texto da carta a todos os meus contatos.

Responder

Bertold

26 de setembro de 2012 às 10h31

Com certeza vou assinar. Mas como insinuou um outro comentário, com esses minitros ai do STF já está tudo decidido pela condenação sem provas e política. Acho que devíamos ir além e pedir um novo julgamento baseado na Constituição e nas leis processuais e penais existentes e em vigor e que exigem prova e confirmação de autoria para condenação de alguém, pois o atual espetáculo jurídico do STF já está comprometido e viciado.

Responder

José Auricélio Macedo Rocha

26 de setembro de 2012 às 10h28

Realmente virou um espetaculo do PIG…”Partido da Imprensa Golpista” patrocinado pela Veja e Rede Globo…

Responder

angelina-mg

26 de setembro de 2012 às 10h19

Que bonito gesto porque eu, que assisto todos os dias o julgamento da AP 470, tenho, ou tinha, a impressão de que só eu sentia aquela enorme indignação ao ver o Ministro Joaquim Barbosa agir de forma “deselegante e anti-profissional” quando interrompe o Revisor, se ele diverge, e faz críticas irônicas, como se se colocasse numa espécie de pedestal Supremo. Sofro com seus gestos, meneios e risos irônicos quando examina provas, depoimentos e testemunhos favoráveis aos réus. Julgue, mas, por favor, sem demonstrar o sentimento de um astro de uma grande peça.

Responder

lucas

26 de setembro de 2012 às 09h59

Total apoio.

Responder

Ulisses

26 de setembro de 2012 às 09h55

Ulisses Simon da Silveira – Zootecnista – Professor – Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS

Também assino!

Responder

Ricardo Lima Vieira

26 de setembro de 2012 às 09h54

Já fiz minha adesão à Carta.

Uma coisa interessante que noto: aí em cima, na seção de comentários via fáce-bóqui, há uma quase predominância de comentários contra a iniciativa. Até aí, tudo bem, pois numa democracia a divergência de ideias é não só saudável como altamente recomendada, mas o que me chama atenção especial é a indigência nos argumentos da maioria deles; não sei se algum (ou muitos) deles são pagos para tal, mas é impressionante como partem para ataques pessoais, baixarias; interessante como replicam mantras pouco inspirados da direitona mais rançosa; no fim, é dar pena…

Responder

Mariac

26 de setembro de 2012 às 09h47

A Direita tem soldados atiradores, sempre escondidos e usando adjetivos para ofender. É o que o Estadão chamou de Direito de Ofender.

Responder

eduardo souto jorge

26 de setembro de 2012 às 08h45

Azenha, onde encontro a lista de adesoes atualizada? Seria muito importante uma atualizacao diaria. O que vai fazer desse documento uma arma contra os casuismos do STJ e’o numero de apoios.

Responder

    Maria Thereza

    26 de setembro de 2012 às 11h40

    Ia sugerir isso mesmo, portanto pego carona no seu comentário.

paulo cesar

26 de setembro de 2012 às 08h42

Abaixo as artimanhas do PIG. Concordo completamente com o manifesto.

Responder

Romanelli

26 de setembro de 2012 às 08h32

mas ora veja ..depois falam de Maluf e de THC ?!

Presunção de inocência, “PARDON”, mas a favor de quem até agora ?

Talvez da turma do bco Rural, Marcus Valério, do Pizzolato e João Paulo (o que deu NOTAS FRIAS como álibi), do Roberto COLLOR Jeferson, ou quem sabe, do bando do Valdemar TIRIRICA da Costa Neto, é isso ?

Ahh, será que o pedido é pra quem ainda NEM começou a ser julgado ? ..seria um “HABEAS PRESUNSSÓRIO” então ?

..depois ainda posam de inocentes e dizem que vivemos no país da impunidade ..mas também ? ..bastou a água bater na bunda pra macacada sair em polvorosa

Vocês já viram BARBADO receber rios de dinheiro se não fosse pra se VENDER a si próprio, ou a algo?

Por acaso alguém teve o direito de defesa vilipendiado ? ..faltou tempo de preparo ? quem não foi ouvido ? da pra ser mais específico e ir no caso a caso ? ..ser julgado por ONZE ministros dos quais a maioria foi nomeada por vocês é sinal de risco ?

ORAS faz favor, verdade é que a turma pensou que ia ser mais do mesmo e PAPARAM MOSCA nas suas tentativas de postergação e protelação, mesmo com estas nossas LEIS FROUXAS e com MILHÕES correndo a solta, isso sim

Quem pariu Matheus que o embale ..NINGUÉM mandou esta turma desviar, corromper, deixar-se ser corrompido, TRAIR a confiança e atentar contra a DEMOCRACIA (mesmo esta de BRINCADEIRA), a isonomia, como tentaram fazer

pior que alguns foram acusados SOMENTE de corrupção ativa, passiva, peculato e formação de quadrilha ..eu ainda tentava pra muitos o enriquecimento ilícito, sonegação fiscal, falsidade ideológica, abuso de poder e/ou FRAUDE processual pra muitos deles ..fora perjúrio e litigância de má fé que ainda nesta terra, ainda não é usada contra a dupla malandra de réu e advogado que custa normalmente os TUBOS pro país

se querem do certo (e esta provado que NUNCA quiseram), que dessem do exemplo também

E sobre a espetacularização ..vejamos, não são eles mesmos que até recentemente pediam TRANSPARÊNCIA ..ou será que eles estão com saudades do tempo em que o COMPANHEIRO Paulo Maluf tinha suas sentenças afrouxadas pelo fato de sua prisão, com a do filho, ter causado “comiseração” nos juízes ?

e ainda sobre a presunção e insuficiência de provas ..interessante, foi isso mesmo que cansei (e canso) de ouvir sobre os diversos processos de privataria, sobre a evasão via CC5, ou mesmo sobre a compras de votos pra reeleição e a atuação no limiar da responsabilidade atômica do Mendoncinha, lembra ?

Sinceramente gente, acho que temos que deixar de ser mais processualistas e ritualistas, se quisermos deixar pros nossos filhos um país melhor do que deixaram pra nós um dia

Responder

    Ulisses

    26 de setembro de 2012 às 12h41

    Romanelli. No dia que exporem da mesma maneira a roubalheira do seu partido PSDB, e aí, tá cheio, vide PRIVATARIA TUCANA, COMPRA DE VOTO Para REELEIÇÂO de FHC e o MENSALÃO TUCANO, com divulgação pornográfica da mídia e com a atual JURISPRUDÊNCIA aplicada ao PT sendo feita ao PSDB, tiro meu nome desta lista. Por enquanto, agora, isto que você diz ser justiça sua tradução literal é apenas GOLPE, típico da DIREITA que não gosta de democracia e que não ganha nas urnas! Vemos gora a safadeza do seu herói GURGEL anistiando deputado GLOBAL do PPS.

Paulo Tiagod de Faria

26 de setembro de 2012 às 08h28

Paulo Tiago de Faria, Bancário.

Responder

Sergio Conforti

26 de setembro de 2012 às 08h08

Faço questão de entrar também nesta lista.

Responder

Mario

26 de setembro de 2012 às 08h05

DUAS NOTÍCIAS em o “Grobo online”, uma abaixo da outra, pra gente se urinar de rir:

“Atuação de Lula na campanha de Haddad perde força”

“Ibope mostra crescimento de Haddad e queda de Serra”

A atuação de Lula estaria perdendo força por causa, segundo o ‘Grobo’, da acusação de Marcos Valério, desmentida pelo seu advogado, de que o Lula seria o chefe do “mensalão”.

É ou não é pra gente se urinar de rir?

Responder

Antonio Francisco Martins

26 de setembro de 2012 às 07h35

Também sou contra esta tentativa embrionária de golpe contra o PT

Responder

Avelino

26 de setembro de 2012 às 06h42

Caro Azenha
Antes me chamavam de comunista, agora de petralha, mas sempre são os mesmos reacionários, petralha sim, tucanalha nunca.
Saudações petralhescas

Responder

Erigutemberg Meneses

26 de setembro de 2012 às 05h36

Apoio integralmente as ideas expostas no texto assinado pelo conjunto
ilustre de brasileiros que honram o país. E repudio a
espetacularização a que se sujeitam os ministros do Supremo Tribunal
Federal, atendendo anseio de grupos conservadores, com interesses
escusos acobertados na falsa exigência da aplicação exemplar da lei,
na busca da condenação de inocentes.

Responder

Francisco

26 de setembro de 2012 às 04h01

Parece que o mensalão tucano esta próximo de prescrever. Barbosa, que, investigou os dois (e deu tratamento diferente aos dois processos…), já disse que não será relator. Dane-se a justiça.

Isso significa que outro juiz vai ter que reler as toneladas de processo para, só então, botar o bloco na rua. Como o mensalão tucano é anterior ao do PT, o risco de prescrever é muito maior.

O desejo de ir para o céu, ser considerado probo, receber parabens e tapinhas nas costas do PT, fez o PT nomear juizes reacionários, ruins e até desequilibrados. Não ganhou nenhum parabens de ninguém, claro…

PT é o partido dos coroinhas, não dos trabalhadores…

Responder

Pedro Ribeiro

26 de setembro de 2012 às 03h54

Que bom saber que somos um arquipélago.

O povo está cansado de ser ilha.

Responder

José BSB

26 de setembro de 2012 às 03h04

Alguns dias atrás, FHC juntou alguns “intelectuais” do calibre de Bruna Lombardi e Agnaldo Timóteo, para declarar apoio a candidatura de Serra.
Pelos nomes que firmam a carta, os apoiadores do Zé Dirceu, acusado de chefe de quadrilha, apresentam melhores credenciais.
O fato mais grotesco desse julgamento é assistir o FHC posando de baluarte da moralidade e guardião da ética depois de todas as bandalheiras engavetadas no seu governo. Também tem o Serra condenando um sujeito que ainda não foi julgado para manter viva as esperanças do 2º turno.
É bom conseguir um mandato bem rapidinho. Se a CPI da privataria sair da gaveta, a família inteira vai puxar cadeia.

Responder

Carlos Nathansohn

26 de setembro de 2012 às 03h01

Quando a grande mídia fica em bloco muito excitada, está dado o sinal para ficar do outro lado…já estou assinando o manifesto.

Responder

Johann Heyss

26 de setembro de 2012 às 02h47

Viva o Ministro Barbosa, que aliás foi indicado pelo PT.

Responder

sandro

26 de setembro de 2012 às 00h04

Em tempo.
Não sabia que o pessoal do “piG” era tão assíduo nesse blog.
Façam sua lista! É justo . FHC puxando o bonde.

Responder

Mateus

25 de setembro de 2012 às 23h56

Os DemoTucanos nos roubam há mais de 500 anos e agora querem ridicularizar e condenar aqueles
Que deram início ao processo de libertação do povo,tanto da pobreza, quanto da dependência do Brasil em relação aos países neocolonizadores.

Quero assinar

Mateus Silva Ferreira

Responder

    Brito Junior

    26 de setembro de 2012 às 16h54

    Libertação do povo significa roubar o dinheiro público para comprar deputados e senadores que já recebem o mesmo dinheiro público? Já vi,,, morro e não vejo tudo.
    kkkkkkkkkkkkkkkkk

sandro

25 de setembro de 2012 às 23h50

O que se lê aqui dá a dimensão das coisas.
Quando a Dilma ganhou essa galera culpou nordestinos
e pobres por sua eleição.Ou seja desinformados, aviltados e ignorantes.
Mas vejam a realidade agora? Essa pseudo-elite brasileira é das mais
atrasadas do planeta. Deve ter gente ai que tem até poster do “Medici”
em casa.Não tarda alguem vai pedir a volta dos militares para acabar
com o PT e enforcar o Lula em praça pública. PUC minas.Essa doeu.

Responder

barbara monteiro

25 de setembro de 2012 às 23h48

Tentei mandar o mail não estou conseguindo,mas quero assinar o manifesto,sou psicopedagoga

Responder

Augusto Pinheiro

25 de setembro de 2012 às 23h38

Encaminhei minha adesão.

Responder

souza

25 de setembro de 2012 às 23h36

parabéns.
uma manifestação verdadeira e concreta.

Responder

Daisy

25 de setembro de 2012 às 23h34

Estamos assistindo a um verdadeiro julgamento de excecao, sem prova NENHUMA nos autos, como admitiu o Gurgel, que gosta de provas TESTEMUNHAIS e de EVIDENCIAS. Se a moda pega, esse pais estara como quer os baroes da midia. Basta ver que o mensalao pai-de-todos, ou seja, o do PSDB, que comecou em Minas, em 1998, vai ser julgado depois. Inversao da ordem da pauta com finalidade politica, um absurdo cobrado pela midia, que sataniza o Dirceu e protege o papai verdadeiro, criador do mensalao, cujo nome e Eduardo Azeredo, tucano ate o bico. Eu, hein!!! Vamos assinar a carta e dar um basta nisso!

Responder

    Romanelli

    26 de setembro de 2012 às 08h45

    querida Margarida ..R$ 55 milhões à época desviados e CONFESSADOS ..hoje daria mais de R$ 100 MILHÕES ..isso é prova do que, procê ?

    Com muito esforço eu entendo o que você TENTOU dizer ..vc tentou dizer que NÃO HÁ provas do MENSALÃO, dum esquema mensal e regular pra comprar de base parlamentar, num esquema que visava – aqui sim o MAIOR absurdo de todos – visava a aprovação de projetos que tentavam a perpetuação no poder praquele grupo, e dentre eles, uma reforma rastaquera fiscal e previdenciária ..enquanto que na pratica, e traindo a lógica NADA, não vimos nada de mudança de regime, dilatação de mandato ou permissão para a reeleição indefinida como seria o de se esperar pra estes casos

    agora, minha cara, embora não tenha sido este cenário, convenhamos, NADA, nada disso nos impede de enxergarmos que HÀ uma PISCINA DE CRIMES neste enredo bizarro que mais queria ENRICAR A POUCOS do que viablizar o bem e a redenção do país propriamente dito

Eliana/Juiz de Fora

25 de setembro de 2012 às 23h13

Já assinei.
Agora só falta irmos para a rua, para alertar à população, a armação que
está sendo engendrada contra a democracia e o estado de direito.
Garantias constitucionais relativizadas, é um perigo.

Responder

Alcided Neto

25 de setembro de 2012 às 22h51

Alcides Martins de Oliveira Neto – Advogado

Essa tentativa do PT, não passa de um pingo de Agua no mar de corrupção que eles estaos envolvidos. Desrespeito!

Responder

Cláudia Stefani

25 de setembro de 2012 às 22h39

Já mandei email de adesão.
Parabéns pela iniciativa e vamos assinar, pessoal! Eles têm de saber que acabou a época em que decidiam tudo e o povo só engolia.

Responder

Mauricio M. Canto

25 de setembro de 2012 às 22h36

Ficaria surpreso, caso esses artistas quedassem em silêncio: afinal, a maior renda vem do atual governo. Decepcionado, sim, com o centenário comunista que, até outro dia, confessou que seu projeto para Brasília deveria ser um ‘acadeião’ em vez do avião. Ou está senil ou é mesmo solidário às falcatruas. Sobre os fatos, já havia me manifestado a respeito, adiante transcrito.

POLITBURO TUPINIQUIM E MENSALÃO.
( Contextualizações da obra de Milovan Djilas, A Nova Classe, que desvendou a mentira e a enganação do politburo soviético )
Traços comuns aproximam ambos os politburos: pertencem ao mesmo movimento comunista internacional; identificam seus membros por pretensa ‘nomenklatura’ forçada pela ‘burocracia’ dos altos funcionários e militantes comunistas travestidos de cargos técnicos e de ‘confiança’ no seio da república. O princípio dos membros da “nomenklatura” tupiniquim ( tal qual denunciado por Djilas ) é um vórtice ao favorecimento de inúmeros privilégios e vantagens inacessíveis para o restante da população do país.
O projeto petista de ocupação e permanência no poder esbarrou na estratégia jurídica do Relator Joaquim Barbosa que, ao fazer o ‘fatiamento’ da denúncia, descortinou todos os fatos, permitindo compreender a lógica comunista do “mensalão”, embora o juridiquês nacional não permita a distinção ideológica da possível condenação exatamente por atos de lesa pátria e corrupção, ou o dito ‘mal feitos’, eufemismo avocado pela ex-terrorista e atual chefe do politburo tupiniquim.
O roteiro dos atos de desvio de verbas públicas e atos de corrupção indica o ‘iter criminis’ de um acusado nada ideológico: Marcos Valério, com seus complexos esquemas de desvio de dinheiro pode servir a qualquer partido e políticos corruptos que estejam dispostos a pagar o alto preço por êle cobrado. Entretanto, esbarrou na solércia jurídica de Joaquim Barbosa, que o obrigou a revelar, embora fora do Tribunal, a chefia e o aval das maiores expressões da politburo, ou sejam, José Dirceu e Lula.
Malgrado a reação da nomenklatura dos altos funcionários e militantes petistas em favor de Lula e contra o julgamento do mensalão, renasce sempre a esperança da informação crítica de todos os que se sublevam contra a tirania e dominação do execrável grupo do politburo tipiniquim.

Milovan Djilas foi membro do Politburo do Partido Comunista da Iugoslavia.

Responder

    Francisco Veloso

    25 de setembro de 2012 às 23h19

    A iniciativa é muito interessante. Achei surpreendente foi a opinião de Mauricio Canto. Não sei quem é, mas essa conversa de ‘projeto de poder’ soa fantasiosa demais. Ao final do mandato de FHC, José Serra candidatou-se, pelo PSDB. Tivesse ele sido eleito, tentaria reeleição, ai poderiamos falar também em um projeto de poder? De forma mais objetiva: o PSDB tem um projeto de poder em São Paulo, perpetuando-se na administração municipal e estadual a mais de 12 anos e com uma administração medíocre, numa cidade que está beirando o caos. E falar de comunismo, a esta altura do século XXI, como se fosse anos 1980s, não faz sentido. Lula administrou o pais e fez do Brasil tudo aquilo que FHC não queria que o Brasil fosse: grande, independente. FHC era um presidente vaidoso, centrado em si mesmo. Moro fora do Brasil, e o mundo inteiro respeita o pais, reconhece que é muito melhor hoje – e reconhecem a importância do Presidente Lula. Aos tucanos, resta o cotovelo, para roer de inveja.

    Carlos Medeiros

    26 de setembro de 2012 às 01h01

    Fico indignado com este espetaculo ridiculous que a Globo News esta fazendo com este julgamento em que todos sabemos e uma farsa para tentar desmoralizar o governo Lula e o PT, estes Nazistas/fascists reacionarios a servico dos imperialistas Americanos e europeus nao irao parar enquanto a populacao brasileira nao reagir.

Zamora

25 de setembro de 2012 às 22h31

Nós, abaixo assinados, confiamos que os Senhores Ministros, membros do Supremo Tribunal Federal…
Quer saber, eu não confio…

Responder

nina ribeiro

25 de setembro de 2012 às 22h29

Parabens!
Tambem gostaria de assinar a carta.

Responder

Niedja Nora Durans Kinjo

25 de setembro de 2012 às 22h20

Que legal, pessoas de bem se organizam contra esta barbaridade. São homens e mulheres respeitados e respeitáveis que se posicionam para repudiar este julgamento “espetacular”. Será que ainda da tempo, antes das eleições, da sociedade, principalmente a paulista, perceber o que está por trás de todo este espetáculo? Querem acabar com o PT e com o LULA, a imprensa não perdoa dez anos de governo, levantando este Brasil e ajudando os pobres deste pais a terem uma vida digna.

Responder

Francisco Bezerra

25 de setembro de 2012 às 22h08

O julgamento espetaculoso patrocinado pela mídia golpista encontrou no Supremo guarida e com o Torquemada Barbosa vai atropelando o bom direito em favor de uma campanha que tem dois objetivos claros: atingir o PT e Lula. Os mercenários de ocasiÃo ( Merval, Dora, Noblat, Reinaldo Azevedo, Augusto NUnes, entre outros) fazem o serviço sujo em seus charcos. Essa escória da comunicação e suas penas amestradas insultam a intligência nacional. Digamos não ao circo da elite.

Responder

Marcos C. Carvalho

25 de setembro de 2012 às 22h04

Dou meu total apoio. O STF virou um teatro de marionetes.

Responder

Lúcio Pereira

25 de setembro de 2012 às 21h47

Excelente iniciativa, não podemos deixar de jeito nenhum o Partido da Imprensa Golpista(PIG), interferir no julgamento da Ação Penal 470, pelo Supremo Tribunal Federal, visando condenar a reputação de pessoas por simples suposições em pleno período eleitoral. Acho rídículo que Ministros com o Senhor Joaquim Barbosa fique em um espetáculo teatral grotesco para as câmeras de TV, o que é inadmissível as sessões terem cobertura da Globo News, condenando e citando pessoas da “República”, visando exclusivamente atender os interesses eleitorais para agradar candidatos identificados com o poder midiático deste país. Espero que este manifesto tenha o máximo de divulgação para que as pessoas possam entender a “farsa” que se constituiu este “julgamento deste pseudo “mensalão”. Vamos nos mobilizar. A união faz a força.

Responder

José Antonio Mesquita

25 de setembro de 2012 às 21h46

Apoio integralmente e também assinarei.

Responder

Jorge Moraes

25 de setembro de 2012 às 21h38

O mais bárbaro dos crimes é o lichamento. Somo-me aos ilustres nomes que em carta aberta manifestaram preocupação quanto à aparente influência de parte considerável da mídia sobre o julgamento da AP 470 em curso. Desde a coincidência do calendário eleitoral com as sessões decisivas, passando por expressões nunca negadas por seu autor, algo como “julgar com a faca no pescoço”, tudo é estranho. Espero estar equivocado. Que o STF honre Evandro Lins e Silva, para não falar de outros ministros do passado, de mesmo jaez.

Responder

Gronba

25 de setembro de 2012 às 21h34

Madei um correio de apoio e até agora não publicaram.???????

Responder

RENATA

25 de setembro de 2012 às 21h32

quero assinar tambem como faço?

Responder

newdelia

25 de setembro de 2012 às 21h27

O espetáculo já foi feito pela bandidagem petista. Nem assim tem gente que respeita a Constituição, muito o menos o STF. O que mais esse bando de comunista-caviar deseja? A máscara caiu e tenham dignidade de aguentarem a bucha. Todos esses famosos vivem bem no comunismo/socialismo tomando champanhe em Paris. Qual de vocês dividiria o que têm? Fala Sério!
E bem disse Margareth Thatcher: “O socialismo dura até terminar o dinheiro dos outros.”

Responder

Gerson Carneiro

25 de setembro de 2012 às 21h26

Responder

    Willian

    25 de setembro de 2012 às 22h44

    O último stalinista vivo.

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 09h55

    Ainda que fosse. Mas, não esqueça “ô, Willian” que sem o sacrifício de milhões de vidas de soldados soviéticas mortos na segunda guerra mundial, você, talvez, nem sequer tivesse nascido. Ou você ainda tem dúvidas quanto à importância decisiva da URSS na vitória contra aquele nazismo. Mesmo porque, parece ingenuidade acreditar que se Hitler tivesse vencido iria sobrar algum remanescente desse caldeirão de etnias que é o Brasil.
    E tenha certeza, não se auto iluda, o ícone humanista que é o Niemayer jamais será sequer arranhado por esse seu veneninho ideológico pra lá de vencido.
    O apoio manifestado por este maravilhoso exemplar de ser humano contra um evidente tribunal de exceção é no sentido de impedir a quebra da ordem constitucional brasileira; contra o brasil-eterna-senzala; contra o humilhante e deplorável subdesenvolvimento num dos países potencialmente mais ricos do mundo; contra o complexo de vira-latas e arrogância daqueles que sempre se ajoelharam ante o pistolão norte-americano.

    Rodrigo Leme

    26 de setembro de 2012 às 10h34

    Eu acredito que um dia vou ganhar na Megasena, mas nem por isso o fato vai acontecer. Mas cada um com sua fantasia…duro é a pessoa cruzar o rio dos 100 anos pensando que justiça é algo que só se aplica aos inimigos.

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 14h41

    É isso aí, Rodrigo Leme, ganhe na loteria; ganhe sózinho na mega da virada. Fique rico e viva às gargalhadas ao ver aqueles que serão seus lacaios impunemente tripudiarem da vontade do povo. Se escangalhe de rir, vá ao orgasmo, ao ver os barões da mídia em mais uma investida tresloucada visando golpear seu mais mortal inimigo, o PT. Ria macaco, ria.

Lilian R. Weber

25 de setembro de 2012 às 21h24

Bom………..a seriedade de QUALQUER julgamento merece sua sobriedade mas…..levando-se me consideração que a vítima é o povo e, em todo julgamento o/s réu/s tem que ser conhecido da VÍTIMA…….Oras……se a VÍTIMA = POVO , RÉU = PT e toda a corja que o acompanha………o que há de errado na VÍTIMA assistir a queda de seu algoz????…………….Li :.

Responder

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 14h46

    Melhor ainda é que fossem todos enviados pro forno, né não, heil! Weber?

Paulo Gurgel

25 de setembro de 2012 às 21h20

Minha irrestrita adesão a esta Carta Aberta em todos os seu termos.
Paulo Gurgel Carlos da Silva (médico em Fortaleza)
http://blogdopg.blogspot.com

Responder

Maria

25 de setembro de 2012 às 21h15

Apoio integralmente!

Responder

VIÇOSO

25 de setembro de 2012 às 21h07

Bem disseram: Este julgamento é ESPETÁCULO. Sob os holofotes do P.I.G, os juízes do STF dão espetáculo para a platéia. É por estas e por outras que não acredito na justiça mundana. Julgam sem provas e por suposições subjetivas.

Responder

Antonio Navarro

25 de setembro de 2012 às 21h06

Em defesa da justiça, contra o linchamento midiático da elite golpista!

Apóio o amplo direito de defesa, a presunção de inocência e a constituição acima das pressões políticas de uma oposição sem bandeiras e sem escrúpulos!

Antonio Navarro – Militante comunista

Responder

Milton Xavier

25 de setembro de 2012 às 21h04

“É divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe dar – bons cachês em moeda forte; ausência de censura e consumismo burguês. Trata-se de filhos de Marx numa transa adúltera com a Coca-Cola…”

Roberto Campos

Responder

    sandro

    25 de setembro de 2012 às 21h11

    Verdade!
    Intelectuais de direita nem precisam fazer listas.

    maria

    25 de setembro de 2012 às 21h38

    Bons sao os intelectuais que foram apoiar Serra e FHC na semana passada na Av Paulista – Agnaldo Timoteo e Bruna Lombardi.

    João Alexandre

    25 de setembro de 2012 às 22h28

    Não se trata de ser de esquerda ou de direita, mas sim de respeito às garantias fundamentais previstas na Constituição, as quais foram escritas para todos os brasileiros, de esquerda e de direita.

    Scan

    26 de setembro de 2012 às 13h42

    Cara que cita o Bob Fields não deve ser muito inteligente.
    Um ungulado digestor de celulose faria a mesma coisa.

trombeta

25 de setembro de 2012 às 21h04

O tribunal da casa grande que absolveu a ditadura, concedeu habeas corpus para Daniel Dantas, o médico estuprador e o latifundiário assassino da missionária resolveu fazer média de corte rigorosa para agradar a mídia golpista.

A gente não é bobo, é inaceitável um julgamento de exceção cheio de causuísmos para condenar sem provas os inimigos da elite no melhor estilo republiqueta.

Esse manifesto tem todo o meu apoio!

Responder

Gerson Carneiro

25 de setembro de 2012 às 21h03

Precisamos sair às ruas contra esse espetáculo circense.

Responder

    Willian

    25 de setembro de 2012 às 22h45

    Vão, mas se protejam. O povo não é a blogosfera.

    Gerson Carneiro

    26 de setembro de 2012 às 08h06

    Ah tá. O povo é o PIG, a massa cheirosa, o CANSEI.

    Não sei porquê ainda perco meu tempo com o Willian.

    Óh Pai, por que não me fizeste Rico ao invés de Belo?

    Ricardo JC

    26 de setembro de 2012 às 08h42

    Nem tampouco as vendedoras da Daslu e as senhoras e senhores do “Cansei”…

Sylvia Manzan0

25 de setembro de 2012 às 21h01

Concordo com tudo.

Responder

Pitagoras

25 de setembro de 2012 às 20h54

Se houve falcatrua que sejam condenados. Mas que é estranho que esse Tribunal, que jamais levou um político sequer para a prisão, promova esse show midiático com o PT (em sua maioria), isso é!
E a privataria fhceana, e a era sarney de triste lembrança, etc., etc.?
República, democracia, transparência, imparcialidade, ética…tudo uma balela em Bruzundangas.

Responder

Rodrigo Leme

25 de setembro de 2012 às 20h47

Nunca levantaram uma caneta pelo ladrão de galinhas. Agora, pros colarinhos brancos da bordagem, são ansiosos pra passar por cima da justiça.

Responder

    FrancoAtirador

    25 de setembro de 2012 às 20h58

    .
    .
    Mas pelo menos nunca levantaram revólveres contra o ladrão de galinhas,

    como fazem cotidianamente em SP os comandados de Alckmin, Serra e Kassab.
    .
    .

Pitagoras

25 de setembro de 2012 às 20h46

Mas afinal o programa do STF na TV Justiça não é o sucessor da Praça é Nossa? Mais sem graça ainda, diga-se de passagem!

Responder

Maria Libia

25 de setembro de 2012 às 20h40

Não consegui acessar o cartaabertaadesõ[email protected] Meu e-mail é [email protected]. POR FAVOR ME ENSINEM A ACESSAR POR QUE EU QUERO ASSINAR.

Responder

    Lucy Silva

    26 de setembro de 2012 às 10h32

    Você só precisa abrir o seu e-mail e enviar.Na mensagem coloque seu nome e sua profissão.

André Medeiros de Carvalho

25 de setembro de 2012 às 20h39

Meu comentário???? Huahauhauhauhauha MUITA RISADA! De rachar o bico. Palhaços! NUNCA SERÃO!!!!!

Eu quero ver é a fila de CAMBURÕES da PF…quero ver muita ALGEMA. CELAS lotadas!!!!!!

Responder

    sandro

    25 de setembro de 2012 às 21h09

    OINC!OINC!OINC!

teresa

25 de setembro de 2012 às 20h38

Gostaria de saber qual a diferença entre a cobertura feita nesse julgamento e a do Fernando Collor. A única diferença que encontro é que naquela ocasião o PT estava se favorecendo, né?
Um país não se constroi com oportunismos, pesos e medidas de conveniência….se há pessoas ignorantes que seguem novelas e consequentemente acham que os ídolos devem ser seguidos, já aprendi há muito tempo que ídolo bom é ídolo longe, pois de perto…curuzes…ninguém merece!

Responder

    sandro

    25 de setembro de 2012 às 21h14

    Acredito que a sr. ou srta. deva ter sido uma “cara-pintada”.
    Hoje em dia há a blogsfera. Se a globo pedir pra pintar a cara pra derrubar a gente “lava prá segurar”.

Messias Franca de Macedo

25 de setembro de 2012 às 20h29

… O âncora “da Globo” e do JN parecia estar sorvendo morangos recém recolhidos em um pomar paradisíaco quando anunciou: “A sabatina do juiz Teori Zavascki foi interrompida e somente prosseguirá após o dia 07 de outubro, O DIA DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS!” [sorrisinho maroto acompanhava a fala!]
EM TEMPO:
… Os advogados (medalhões] dos réus do tal mensalão (o do PT!) poderiam aproveitar a estratégia da [famigerada, aloprada e nefasta]‘oposição ao Brasil’ e encaminhar requerimento solicitando ao STF o adiamento para depois das eleições das próximas sessões do julgamento… Mesmo porque estes mesmos parlamentares da oposição são correligionários e – alguns – réus dos mensalões do PSDB e do DEMo (sic)… Ademais, semana de eleição é semana de votação!

Voltando à CRONOLOGIA: não esquecer que o MENSALÃO tucanoDEMoníaco do Eduardo Azeredo caracteriza-se por revelar-se o nascedouro do ‘Valerioduto’!…
Ou, no Brasil, em termos de produzir crimes e delitos, “os primeiros serão os últimos!”?! Ou, quiçá, “os primeiros delituosos terão seus processos prescritos”?!…

BRASIL NAÇÃO – em homenagem ao honesto, impávido e sapiente povo trabalhador brasileiro
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Roberta

25 de setembro de 2012 às 20h28

Apóio totalmente!

Responder

ricardo

25 de setembro de 2012 às 20h25

Acho fundamental que a imprensa dê cobertura ao julgamento. O direito ao contraditório não está preservado? E o que faz aquele montão de advogados de defesa pagos a peso de ouro?

Responder

Antonio Carlos N.

25 de setembro de 2012 às 20h23

….Sou contra mais essa ….insidiosa…caluniosa…peçonhenta movimentação do Partido da Imprensa Pig-Golpista….que ficou caladinha diante dos rombos MULTI-BILIONARIOS…. da era fhc-serra….quase devastaram tudo…o pais ficou que nem hiroshima depois do caos….e agora…esse bla bla bla…por causa de mizeros 30 mil reais pra um aqui….30 mil reais pra outro acolá…..pô…os caras viraram prostitutas….e todo mundo sabe que esse tipo de criatura….faz de tudo….por qualquer ninharia….então….é melhor move-los financeiramente para o bem do estado….do que deixa-los como as pobres putas das ruas….esperando os turistas com a panelinha na mão….esperando turista dando sopa….ou seja….os lobbystas….que fazem das 2 famosas…”casas”-DE-MÃE-JOANA….um motivo de vergonha…..entendo que foi isso que o saco de bosta com duas perninhas em baixo….o bobão do fofoqueiro….que inventou esse ….mito …republicano de mensalão…..devia ser ….convidado a pedir desculpa ….mas como o processo evidenciou….ele foi o primeiro a se colocar na vitrine ki nem as mocinhas da holanda….daquela rua famosa….de´pos de ´pegar a graninha….a mesadinha-mensalãozinho-de-messalina dele…achou que alguem faturou mais…ficou com ciúme….e fez a maior zona….coisa de….puta véia fazendo arruaça….quebrando garrafa de cerveja e ameaçando os clientes com o gargalo quebrado….” me comeu ….VAI TER QUE PAGAR !!!!!!”kkkkkkkkkkkk…….volta casseta e planeta!!!!!…por favor….kkkkkkkkkkkk……

Responder

    Maria Delmond

    25 de setembro de 2012 às 21h30

    Use menos reticencias, por favor. melhor para concatenar as idéias.

Fabio Passos

25 de setembro de 2012 às 20h21

Excelente iniciativa.
Muito bom mesmo.

O PiG ainda pode influenciar alguns medíocres… mas não engana aqueles que verdadeiramente desejam um país mais justo.

Responder

João Brasileiro

25 de setembro de 2012 às 20h10

Apoio total e irrestrito à Carta Aberta: ” Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo” ou Carta Aberta ao Povo Brasileiro!
Um abraço.

Responder

Willian

25 de setembro de 2012 às 20h06

Vocês gostam de um abaixo-assinado, hein! Deve ser o décimo que vejo rodando por aqui. Coisa de quem anda em bando e não quer discutir os fatos.

Responder

Nisio

25 de setembro de 2012 às 20h02

Apoio com muita vontade, mas triste com a postura e atitudes casuísticas do nosso STF

Responder

J Souza

25 de setembro de 2012 às 20h01

Além desse, também quero assinar um manifesto pedindo o fim do uso político das concessões públicas de comunicação, como fazem as “organizações” Globo!

Responder

    J Souza

    25 de setembro de 2012 às 20h02

    P.S.: A carta acima eu já assinei!

Regina Braga

25 de setembro de 2012 às 20h00

Parabéns pela Iniciativa…Tbém quero assinar.Aprveito tbém para apoiar a Maria Rita Kehl e seu excelente texto publicado na Folha.

Responder

regina gonçalves

25 de setembro de 2012 às 19h58

Eu também quero assinar. Como faço? Apoio o documento.

Responder

Beloni Rosa

25 de setembro de 2012 às 19h35

FINALMENTE ESTAS PESSOAS EM BOA HORA LANÇARAM ESTE MANIFESTO PARA A IMPRENSA GOLPISTA E FALADA ( O NOSSO CONHECIDO PIG )PORQUE REALMENTE ESTE JULGAMENTO ESCOLHIDO PARA SER JULGADO EM ÉPOCA ELEITORAL FOI INCENTIVADO PELOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO E OS JURISTAS OBEDECERAM, ISTO SE TRANSFORMOU NUM VERDADEIRO ESPETÁCULO PARA DETERMINADOS GRUPOS ! NECESSITAMOS DE UM COLEGIADO DE JUÍZES MAIS DISCRETOS E IMPARCIAIS, É O QUE A SOCIEDADE ESTÁ A EXIGIR.

Responder

    Maria Delmond

    25 de setembro de 2012 às 20h16

    Faço minha suas sábias palavras, Julgamento tendencioso, inescrupuloso e espetaculoso e inadequado para um período pre- eleitoral, onde os ânimos estão acirrados para a disputa de pleitos. A quem interessa?

mariazinha

25 de setembro de 2012 às 19h35

Oba! Agora fiquei mais tranquila. Imagina se vamos perder tudo que conseguimos depois de LULA! Queremos um julgamento que mantenha a dignidade e a total liberdade dos acusados para defenderem-se, viu joaquim? Nada de ser pautado pelo pig diuturnamente; vamos trazer o azeredo/fhc para o centro das acusações, já que comprovadamente, compraram votos e que a quadrilha do cachoeira, veja/policarpo, responda por seus crimes e também roriz, arruda&cia.

Responder

    ana

    25 de setembro de 2012 às 20h25

    crime é crime e quem cometeu tem de pagar!!
    chega de coisas por debaixo dos panos,qual o problema de ser aberto? quem não deve não teme,não é verdade?!
    e é bem sabido que o PT vem nos roubando alto a muito tempo…e os ignorantes continuam alienados!
    chega !!!

    Carlos Noel Mazia

    25 de setembro de 2012 às 20h54

    Alienada e ignorante é você Ana. Quer dizer que o seu partido PSDB-DEM é um exemplo de honestidade né?! O seu queridinho FHC comprou apoio dos parlamentares para se reeleger e ninguém fala nada. O Serra desviou fortunas com a privatização de estatais e o PT é que é sujo.

    Ivanir Ferreira

    25 de setembro de 2012 às 21h55

    É o pt vem nos roubando há quinhentos anos né dona Ana.

    Avelino

    26 de setembro de 2012 às 06h55

    Cara Ana
    O PT é realmente um ladrão, roubou milhares de desempregados e lhes deu emprego, roubou om monte de inquilinos e lhes deu moradias, roubou um monte de alunos de escolas públicas e lhes ofereceu faculdades.
    Que bom quando a época era outra e tinhamos a continuidade do desemprego, das casas de aluguéis, das faltas de faculdades para o povão, para não lembrar do caos áereo, lembra-se???!!!Espero que o PT continue roubando, para seu e demais desesperados.
    Saudações petralhescas

    JULIO/Contagem-MG

    26 de setembro de 2012 às 12h39

    Nunca esqueceremos do SM de US$ 70, do fgagácê, ministro lambe-botas e tira
    sapato em terras do tio sam, compra de votos para reeleição, privatizaçoes
    escandalosas, no limite da irresponsabilidade, mensalão mineiro, lista de
    furnas, monitoramento do FMI, desemprego record, apagão eletrico com sobre
    taxa, e por ai vai….

Jurema Yonamine

25 de setembro de 2012 às 19h31

Azenha, onde assino

Responder

Messias Franca de Macedo

25 de setembro de 2012 às 19h21

QUE FELICIDADE E HONRA: assinei o manifesto!

############################################

Apoio – integral e irrestritamente – o abaixo-assinado!

Parabéns! Felicidades!

Hasta la Victoria Siempre!

BRASIL NAÇÃO
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo
CPF……….
RG…….

Responder

DAGMÁ REGO DE QUEIROZ

25 de setembro de 2012 às 19h16

Estranhei muito em não ver o nome de Flávio Tavares e de outras pessoas.

Responder

Regina Maria

25 de setembro de 2012 às 19h15

Quero assinar também.

Responder

Messias Franca de Macedo

25 de setembro de 2012 às 19h08

… Estes e estas signatários(as) traduzem o bravo povo brasileiro, que não foge à luta, não renega o dever cívico, não se apavora diante dos insolentes – e covardes – algozes da nação!…

Não foi à toa que, hoje, no Senado Federal o emérito e catedrático e honrado magistrado Teori Zavascki – comovido e indignado – asseverou, com palavras mais elegantes, é óbvio: ‘… Abaixem estes dedos sujos, mesmo porque a credibilidades de Vossas excelências é da altura de um pé de coentro em tempo de seca!”

Bravo! Bravíssimo!

… E pintemo-nos para a guerra!

BRASIL NAÇÃO
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

    Vlad

    25 de setembro de 2012 às 20h07

    “emérito e catedrático e honrado” até a hora que desagradá-lo.

    Messias Franca de Macedo

    25 de setembro de 2012 às 21h27

    … não necessariamente!…

Edu Lemos

25 de setembro de 2012 às 19h07

ASSINO EMBAIXO com todo APOIO!Viva o Povo Brasileiro.

Responder

luca brevi

25 de setembro de 2012 às 19h03

O Azenha, a pagina so abre com a UOL, eo meu email é Yahoo. Eu quero também assinar essa carta!

Responder

    NSerra

    25 de setembro de 2012 às 19h07

    Eu enviei pelo meu e-mail pessoal, mas não recebi nenhum alerta de mensagem recebida.

marcosomag

25 de setembro de 2012 às 19h00

Vamos repassar e TODOS, assinar!
Finalmente, o Brasil está reagindo àquele tribunal de exceção do STF!
Ainda existem BRASILEIROS neste país!

Responder

Thaís Nozue

25 de setembro de 2012 às 18h59

Thaís Nozue – fotógrafa

Responder

Marilda

25 de setembro de 2012 às 18h58

É, joaquinzão. O buraco é mais embaixo.
Já foi tempo em que juiz e jornal decidiam a vida do povo brasileiro.
Temos uma constituição que deve ser seguida doa a quem doer.

Exceção NÃO.

Responder

    Mário SF Alves

    26 de setembro de 2012 às 11h56

    Concordo com você. Simples assim. E, abaixo o falso moralismo udenista. Abaixo o subdesenvolvimentismo pig-demotucano; aquele que nos tirou e entregou de mãos beijadas a CVRD; aquele da medalha olímpica em exclusão social; aquele da PETROBRAX; aquele do estado ínfimo; aquele do Brasil, país de caipiras; aquele dos aposentados vagabundos. Simples assim.

    Portanto, abaixo o laboratório de golpe contra a democracia. Abaixo o golpe contra o Estado Democrático de Direito. Paraguaização do Brasil, não!

    Ainda quero entender o porquê, mas, diante do atual conjuntura, diante desse julgamento inquisitorial, desse tribunal de excessão, ficou um pouco mais fácil entender a resistência à excessão constitucional que engendrou os horrores civilizatórios que nos impuseram nos tristes idos de 64.

Tatiana Vieira

25 de setembro de 2012 às 18h52

Pessoal no final da carta está um e-mail para confirmar quem quer assinar: [email protected]

Responder

sandro

25 de setembro de 2012 às 18h52

Temos que twitar isso!

Responder

José Luiz

25 de setembro de 2012 às 18h52

Sou contra a transformação do julgamento em espetáulo.
José Luiz de Araujo Neto, jornalista

Responder

João Luiz

25 de setembro de 2012 às 18h51

João Luiz M. de Mello – Brasileiro e Advogado. Precisa reconhecer firma?

Responder

NilvaSader

25 de setembro de 2012 às 18h43

Enviei email para [email protected] mas não tenho como saber se minha adesão foi confirmada. Será que eles acusam recebimento?

Responder

    Scan

    26 de setembro de 2012 às 03h56

    Acusam. Mandam email automático “Confirmação de sua adesão” como título.

Valdeci Batista de Melo Oliveira

25 de setembro de 2012 às 18h43

Quero assinar também porque todas as pessoas de bom senso consideram uma excrescência o julgamento que está sendo feito pelo Supremo.

Responder

JULIO/Contagem-MG

25 de setembro de 2012 às 18h41

Julio Cesar Claudio, brasileiro orgulhoso, petista e torcedor do Galo.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    25 de setembro de 2012 às 18h43

    Acrescentamos o endereço para o qual devem ser enviadas as asinaturas. abs

    Maurilio Gadelha

    25 de setembro de 2012 às 19h24

    A volta da espetacularização da fogueira da Inquisição, do patibulo da guilhotina, da forca e do paredão do fuzilhamento. Constrangimento moral é uma pena muito simploria para juizes que ha pouco tempo atras, proibiram algemas para presos. Sem duvida um tribunal de excessão, manipulado por interesses eleitoreiros.

nancy lima

25 de setembro de 2012 às 18h37

iniciativa positiva e aprovada nancy lima dona de casa etorcedora do Vitória.

Responder

NSerra

25 de setembro de 2012 às 18h31

Nara Cristine Serra, jornalista. Como faço para assinar?

Responder

Luiz Fortaleza

25 de setembro de 2012 às 18h31

ONDE ASSINO? Luiz Fortaleza, mestre em filosofia e doutor em educação.

Responder

sandro

25 de setembro de 2012 às 18h25

Essa eu quero ver!

Alguns nomes já sabemos.
No mais tem muita gente na lista acima que certamente vai
sofrer retaliações.

Responder

sandro

25 de setembro de 2012 às 18h18

O melhor vem agora!
A lista do “piG”.

Responder

José Maria Pimenta

25 de setembro de 2012 às 18h18

Concordo plenamente com esse manifesto. Estão tentando transformar uma decisão judicial em ato político. Se fosse para moralizar mesmo teriam qu julgar imediatamente o mensalão mineiro e o processo do cachoeira, assim como a cassação do governador do distrito federal com o mesmo rigor. Como não vão fazê-lo, julgo que essa é mais uma tentativa golpísta, como a direita rancorosa e anacrônica já efetuou diversas vezes no passado ( vide o suicídio do getúlio e o golpe de 1964 ). Tudo isso depois depois do naufrágio de seu eterno candidato José Serra, assim como 12 anos longe do poder e quando representam uma minoria insignificante de 4,5% da população . Apesar disso a midia decadente representada pelo PIG e que patrocina esse espetáculo grotesco se arvora a representar a opinião pública………….

Responder

francisco de paula leite

25 de setembro de 2012 às 18h16

Iniciativa positiva! Pessoas que assinam merecem todo o respeito de nosso povo. O intervalo entre Fernando Morais e Zé de Abreu é rico. Parabéns ao viomundo por tão histórico registro!

Saudações a todos

Responder

PedroAurelioZabaleta

25 de setembro de 2012 às 18h13

Pelamordosmeusfilhinhos!
Como se faz para assinar/apoiar o documento.
Temos que recolher um milhão de assinaturas/depoimentos,
e enviá-las ao STF.
Ô Viomundo, dá uma força aí!

Responder

    Carlos Ribeiro

    25 de setembro de 2012 às 18h33

    Pois é, eu também gostaia muito de assinar.

Fredson Bispo

25 de setembro de 2012 às 18h10

Fredson Bispo – Contador e torcedor do Bahia. Assinado.

Responder

cesar

25 de setembro de 2012 às 18h01

Muito boa a iniciativa.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!