VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Carne subiu 32%, gasolina 5% e salário mínimo, abaixo da inflação: “era só tirar a Dilma” foi engana trouxa
Fotos reproduzidas nas redes sociais
Política

Carne subiu 32%, gasolina 5% e salário mínimo, abaixo da inflação: “era só tirar a Dilma” foi engana trouxa


11/01/2020 - 07h55

Da Redação

Como notou uma internauta, a palavra “crise” miraculosamente sumiu das manchetes, embora ela esteja presente na fala dos motoristas de Uber, nas padarias e até no discurso dos que deixaram de viajar para a Europa.

Isso demonstra o grau de comprometimento dos barões da mídia com o golpe de 2016.

Eles venderam em seus noticiários a enganação: a de que a economia iria engatar com o golpe que apeou a presidenta Dilma Rousseff do poder, através de armação do corrupto Eduardo Cunha com a classe média, banqueiros e industriais.

Como em 1964, aliás, desta vez coincidentemente depois que a presidenta e a Petrobras foram oficialmente espionadas pela National Security Agency (NSA), dos Estados Unidos.

A “retomada” da economia não veio com Michel Temer, muito menos com Jair Bolsonaro.

Para os da base da pirâmide, a “retomada” só existe no Jornal Nacional, com o empreendedorismo que na verdade é precarização e furto de direitos sociais.

Houve um brutal aumento na precarização do trabalho, 1 milhão de pessoas foram expulsas do Bolsa Família, verbas para Saúde e Educação foram cortadas e o salário mínimo passou a subir abaixo da inflação desde Temer — exatamente como acontecia durante a ditadura militar.

Arrocho nos pobres, que à época a igreja Católica denunciava como “carestia”.

“Governo economiza R$ 1,9 bi”, anuncia um diário conservador paulistano alinhado com a política econômica de esfolar os mais pobres.

Para fechar com chave de ouro a decepção dos coxinhas, que desapareceram do mapa urbano, a inflação de 2019 superou o centro da meta perseguida pelo Banco Central pela primeira vez desde 2016 — fechou o ano em 4,31%.

O crescimento em 2017 foi de 1,3% e o dólar, diferentemente do que balbuciava a classe média nas ruas, subiu, atingindo R$ 4,10. A recessão dos dois últimos anos do governo Dilma foi superada com crescimento pífio, bancado por arrocho no povão

O economista Marcio Pochmann tem usado as redes sociais para deixar registradas as falsas promessas de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes — se você assistir ao Jornal Nacional e subsidiários, jamais vai saber disso:

No 1° ano de Bolsonaro, a inflação fugiu do centro da meta do Bacen, enquanto desde 2017 os recursos governamentais para saúde e educação pública estão congelados, os planos privados de saúde e mensalidades escolares subiram 3 x + e 2x + que a inflação, respectivamente.

Fúria arrecadadora do governo Bolsonaro revela incapacidade do receituário neoliberal solucionar as finanças públicas. Se fosse corrigida a tabela do I.R., o limite da isenção passaria de R$1,9 mil para R$3,9 mil, liberando parte da base da pirâmide social da injustiça tributária

Diante da ampliação da pobreza e ausência de melhora no horizonte da economia, salvo ação propagandista da torcida midiática neoliberal, o governo Bolsonaro inicia, pela 1° vez, o desembarque do orçamento daqueles a serem descartados do Bolsa Família. Nunca antes no Brasil.

O indicador da queda na produção industrial em novembro de 2019, conforme revelado pelo Ibge, o pior desde 2015, coloca água fria na fervura da torcida midiática e de porta vozes do dinheiro a respeito da “recuperação” da economia brasileira.

O 1° reajuste do governo Bolsonaro para o valor do salário mínimo foi de 4,1% em 2020, não repondo a inflação acumulada em 2019 de 4,6% para famílias pobres (rendimento mensal de até 2,5 salários mínimos), segundo a FGV, o que correspondeu a queda de 0,5% no seu poder aquisitivo.

Nos últimos 5 anos, os assinantes de TV paga decresceram 19,7%, passando de 19,8 milhões, em 2014, para 15,9 milhões, em 2019. Dos 3,9 milhões de assinantes perdidos, quase 40% ocorreu somente em 2019, o 1° ano do governo Bolsonaro. E era só tirar o PT prá tudo melhorar.

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


19 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

13 de janeiro de 2020 às 15h49

Este texto do Viomundo, desde a Manchete, demonstrando a triste realidade econômica dos trabalhadores brasileiros e, de uma forma geral, evidenciando o péssimo desempenho da Economia do Brasil sob o desgoverno de Jair Bolsonaro, acertou em cheio as hordas neofascistas propagadoras de notícias falsas (fake news) que, contra a realidade dos fatos, há tempos tentam induzir à população a crer que estão
resolvendo os problemas sócio-econômicos (desindustrialização, fuga de capitais, desemprego e queda de renda) na maior parte causados por essas mesmas Milícias Antipetistas que armaram, pelo menos desde 2013, a derrubada da Presidente da República Dilma Rousseff – reeleita em 2014 com o apoio do ex-Presidente Lula e contra a eexpectativa dos apoiadores de Aécio Neves (PSDB), inclusive dos Donos das Empresas de Comunicação, notadamente a Rede Globo e os veículos de Mídia de São Paulo (principalmente Veja, Folha e Estadão), daí se disseminando a
Propaganda Antipetista do Sudeste para as demais Regiões
do País, especialmente aos Estados Sulistas (de maioria caucasiana, sinala-se) e à parte mais rica (e branca) do Centro-Oeste; essa, aliás, a Raiz do
Protofascismo* que levou ao Poder Central um imbecil mau-caráter, militar provinciano de baixa patente, chefe de grupos de extermínio, a quem uma parcela considerável da cristandade chama de ‘mito’.

Quiçá agora, com a indicação de “Democracia em Vertigem” (The Edge of Democracy), da Diretora de cinema Petra Costa (@petracostal) ao Prêmio Óscar de Melhor Documentário de Longa Metragem, possa o Povo Brasileiro despertar da letargia a que foi submetido por uma
“Hipnose Coletiva” operada por manipuladores da Psicologia de Massas com o uso de uma sofisticada tecnologia de informação e contra-informação.

*Sistema político que se pauta no fascismo, no despotismo, na violência, na censura, caracterizado por um governo antidemocrático ou ditatorial.

https://twitter.com/DeputadoFederal/status/1216741308305461255
https://twitter.com/erikakokay/status/1216718175028547584
https://twitter.com/DeputadoFederal/status/1216750763378204675

Responder

José Dirceu Inácio da Silva

13 de janeiro de 2020 às 10h42

Carne subiu 32%, e ainda vai subir muito.Nada que lula e Cia podem resolver. Só pedir para aqueles amiguinhos que pegaram bilhões do BNDES e criaram o maior conglomerado de carne do mundo. Investiram todo dinheiro dos brasileiros no exterior onde possuem mais de 40 frigoríficos e milhares de cabeça de gado. Compraram todos frigoríficos nacionais que hoje se encontram fechados causando desemprego gigantesco. Fácil fácil

Responder

Paulo Cesar de Abreu

12 de janeiro de 2020 às 16h47

Concordo com as suas constatações, Abraão, a maioria restante só sabe cacarejar o que a grande mídia espalhou pelo país, ao ponto de sermos vulgarizados por quase toda mídia internacional.

Responder

Joao Maria

12 de janeiro de 2020 às 11h58

Meia duzia de “conomistas” da bolha emporcalharam o blog.
AGORA VAI.

Responder

Edward

12 de janeiro de 2020 às 10h15

que tal começarem a lutar as proprias batalhas ao invés de cobrar quem não tem interesse em suas batalhas?

Responder

Cláudio

12 de janeiro de 2020 às 08h59

A esquerda e os/as progressistas têm de parar de ser gentis com essa “gente” de direita. Não tem conversa com quem usa dos outros a boa vontade ao diálogo para atentar contra a democracia. É preciso ser intolerante com os/as intolerantes.

Responder

Cláudio

12 de janeiro de 2020 às 08h55

Isso aqui tá cheio de comentaristas FDPs de direita, bandidos e bandidas pagos para dizerem merda nos blogs progressistas. Vão procurar o que fazer, bandos de palhaçASS/palhaçUSs, vão pegar numa inchada pra capinar uma roça, vagabundU$ bundas vagas. Lula pra cima desses e dessas canalhas, canalhas, canalhas…

Responder

Fernando Halfeld

12 de janeiro de 2020 às 08h26

O problema não é “esquerda” ou “direita”, porque essa pirataria toda já tem 520 anos!
Mudam as personagens, mudam os cenários e as caras na midia, mas o esquema continua o mesmo: manter a porta (dos fundos) do Palacio aberta para o LOBBY das grandes empresas (mineradoras, indústrias química, farmacêutica, financeira, bélica, etc.).
A crise no Brasil não é crise, é um projeto.

Responder

Leonardo Siqueira Ribeiro dos santos

12 de janeiro de 2020 às 03h22

Na época da Dilma não tinha essa merda que tem hoje de possível 3 guerra mundial a intensificação da briga entre EUA e China (se vem que agora está melhor), mas tem que esperar pra ver se vai melhorar
E também até conseguir recuperar o que essa Dilma fez vai demorar um pouco, sem contar naquele temer
E além do mais, se a Dilma continuasse iria piorar muito mais do que hoje, é só ver o que ela fez em 6 anos no governo dela.

Responder

    Ademirz

    13 de janeiro de 2020 às 06h16

    Parabéns …o Brasileiro quer coisas imediata …agora já ….se foram 15anos ( ou mais ) não sei de pura roubalheira dos cofres público não será do dia para noite que a coisa irá mudar …. só que a mídia sem a publicidade governamental que usava bilhões e bilhões de Reais para calar a boca e esconder do povo tudo que roubaram vai querer impugnar o novo governo …sei que aqui é Pessoal de esquerda …mas vamos esquecer as picuinhas vivemos em um País só não tem Esquerda ou Direita …

Cassia

11 de janeiro de 2020 às 22h02

Se tá melhor agora pq tão reclamando.
Qdo um país quebra os bancos quebram. O sistema financeiro vira pó.
Os bancos brasileiros estão nadando no dinheiro.
Pagam microjuros para quem empresta para banco e cobram de quem toma emprestado macrojuros.
Se o Brasil está quebrado como os bancos tem dinheiro e pq o país continua a pagar juros astronômicos para banqueiro.
Posso estar enganado, mas o que eu me lembro de crises internacionais profundas e crises de países tipo a Grécia foi que o sistema financeiro do país foi para o vinagre, inclusive a bolsa.
E outra o PT não ficou 16 anos no poder. Aprendam a contar.
Basta os bancos facilitarem o crédito que a economia volta a crescer. Mas não dá para emprestar de banco com os atuais juros que cobram. Pode por a Selic a 2 ou 3% aa, se os bancos não abaixarem os juros a quem toma emprestado de banco não vai adiantar nada.
Como vou abrir um negócio sem ajuda financeira se não tenho todo o capital. Como vou empreender sem dinheiro. Tem que tá calçado por trás além de saber administrar se não fracassa.
Quem vai consumir sem dinheiro, sem emprego e apenas fazendo bicos 2 ou 3 dias por semana qdo faz.
O neoliberalismo prescinde dos pobres, mas o capitalismo não prescinde de consumidores e para consumir as pessoas tem que ter renda.
O governo do trapalhão só sabe fazer trapalhadas.
A desculpa para tudo é que o PT quebrou o país. Será que o PT quebrou mesmo o país ou isso é lorota.
Se os bancos não facilitam o crédito só se vc tiver um paitocinio para empreender de verdade e não o tipo de empreendedorismo que tá aí.

Responder

    Adolfo César

    12 de janeiro de 2020 às 11h45

    O PAÍS DE SARNEY, COLLOR, FHC, LULA, DILMA E TEMER, SÓ JOGARAM CONTRA O POVO DO PAÍS. PRIVATIZAÇÕES TUDO EM PARCERIA DELES COM ESPANHA, MÉXICO, ETC. BOLSONARO CHEGOU LÁ E SE UNIU A ELES, MAIS NADA.

Alex

11 de janeiro de 2020 às 16h52

Sejam honestos com a audiência e mudem o nome do site para “Vi o mundo a partir da minha bolha esquerdista”. Assumam que são militantes travestidos de jornalistas. Os únicos trouxas são:
1. Os que acreditam que o PT fez um bom governo;
2. Os que acreditam que a Dilmanta sofreu um golpe e os que acham que o cachaceiro é inocente (na verdade, esse caso é de demência e negação da realidade);
3. Os que acham que os 16 anos jogados no lixo pelo PT seriam recuperados em 1 ano, independente de qual governo tivesse sido eleito.
4. Os que escreveram matérias que querem se passar por jornalismo, mas omitem informações e apelam para a desonestidade intelectual.
Dois “pequenos” exemplos na matéria: a.) Comparem o centro da meta dos 16 anos de governo do PT. A variação do governo Bolsonaro foi a menor dos últimos anos e ainda é só o começo; b.) Expliquem as verdadeiras razões para o aumento MUNDIAL do preço da carne, sendo a principal a crise da carne suína na China. Honrem seu trabalho de jornalistas, deixem para militar nas suas redes pessoais. Ou tenham coragem de assumir que não fazem jornalismo, são apenas um panfleto ideológico. As pessoas não são idiotas. Qualquer um que investigue mais uma ou duas fontes que tragam os dados completos e as séries históricas consegue desmascarar essa “matéria” facilmente.

Responder

    Michelle

    11 de janeiro de 2020 às 22h34

    Parabéns pelo comentário, foram perfeitas as suas colocações, esses ” jornalistas” militontos acham que o povo é burro, já foi a época de que as pessoas acreditavam em notícias sem questionar

EDUARDO BATISTA

11 de janeiro de 2020 às 16h21

Que este Bolsonaro é totalmente incompetente isto já está provado. Mas defender a Dilma e sua administração é subestimar a inteligente do povo brasileiro

Responder

    Marcos K

    13 de janeiro de 2020 às 10h29

    É impossível subestimar a tal “inteligência do povo brasileiro” porque não se pode subestimar o que não existe. Povo imbecil. Tua fala comprova isso.

Mario

11 de janeiro de 2020 às 16h20

É a verdade.

Responder

Rogério Sampaio

11 de janeiro de 2020 às 12h50

Errado se Dilma continuasse iria piorar muito, ela deixou um tombo nas contas públicas, estatais quebradas.
Deixou ainda seu vice tão enrolado quanto ela.
Agora são anos para arrumar desgoverno petista.

Responder

    Abraão Cavalcanti

    11 de janeiro de 2020 às 19h33

    Só mentes medíocres e comprometidas com esses incompetentes que tomaram o poder inconformados com o descrédito do povo em relação aos seus governos passados, acham que os governos de esquerda não fizeram nada nesse país.
    Perguntem ás milhões de famílias que sairam da miséria, aos filhos da pobreza que hoje tem diploma ? Primeiro vcs desestabilizaram o governo Dilma com a ajuda de uns porcos do congresso pra terem motivo.
    E agora o que temos ? Um país desmoralizado internacionalmente,um povo comendo ovo e um presidente governado pelos filhos transloucados e acusados de ter relações com milicias e ainda são acusados de assassinato de uma vereadora.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!