Altamiro Borges: Merval diz que prisão domiciliar de Genoíno é “regalia”

Tempo de leitura: 2 min

Merval critica as “elites”. Patético!

Por Altamiro Borges, em seu blog

Merval Pereira, o “imortal” da Academia Brasileira de Letras (ABL) e um dos expoentes da nova direita nativa, faz de tudo para justificar a postura arbitrária de Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Num passado recente, o colunista de O Globo se entusiasmou com a possível candidatura do ministro para a sucessão presidencial de 2014. Depois, diante dos seus atos tresloucados e narcisistas, o jornalista até vacilou e recuou. Agora, porém, ele voltou à carga para defender as prisões dos “mensaleiros” decretadas por Joaquim Barbosa.

Neste esforço, Merval Pereira utiliza argumentos risíveis. Expressão do conservadorismo das elites brasileiras e frequentador assíduo dos seus espaços requintados, ele insinua que as esquerdas é que representam as classes dominantes. Em seu artigo desta quarta-feira (20), o colunista esbraveja: “Nada mais peculiar às elites privilegiadas do que este escândalo que parentes e apoiadores petistas da trinca de líderes condenados do mensalão fazem diante da dura realidade de suas prisões”.

Merval Pereira está indignado com os protestos crescentes contra as prisões ilegais e midiáticas e tenta se travestir de representante do povão. “Tudo indica que [os mensaleiros] não acreditavam que o desfecho ocorresse um dia, confiantes nas manobras protelatórias que sempre deram certo para os ricos e poderosos escaparem do cumprimento das penas atrás das grades. Como sempre, a elite encontra caminhos especiais, que existem só para elas, para amenizar seus pesares”. Sua argumentação forçada é patética!

Para ele, os líderes petistas encarcerados no Complexo da Papuda, em Brasília, são presos comuns e não merecem compaixão – nem sequer dos seus familiares e apoiadores. “Fingir-se de preso político é uma maneira de escamotear a verdade, continuar vivendo uma fantasia que há muito já foi rasgada nos duros embates da realidade política. Nem o PT é um partido revolucionário, nem seus líderes estão atrás das grades por questões políticas”. Para o adorador da “pátria da democracia” dos EUA, presos políticos só existem em Cuba e na China.

O mote principal do texto é defender a postura truculenta de Joaquim Barbosa e rechaçar qualquer pressão da sociedade. “O movimento político que o PT promove para desmoralizar o presidente do Supremo Tribunal Federal e, em consequência, todo o processo que levou para a prisão os mensaleiros de muito deixou de ser uma mera reação natural de perdedores. A intenção política é desautorizar o STF. Os privilégios defendidos para a trinca de condenados – dos demais presos, não se sabe de um protesto sequer – já se mostram abusivos nestes primeiros dias”.

Merval Pereira, que “ficou decepcionado” com o seu amigo demo Demóstenes Torres e que sempre cultivou amizades com figuras mais sujas do que pau de galinheiro, agora exige total rigor contra os petistas. “Mesmo a situação de José Genoíno, que deve ser resolvida com a decretação de prisão domiciliar devido aos cuidados especiais de que necessita, não deixa de ser uma regalia, já que devem existir centenas, se não milhares, de presos na mesma situação de saúde frágil que não encontram o caminho da prisão domiciliar, ou nem mesmo têm domicílio”. Haja rancor!

Leia também:

Vagner Freitas: Desejo de vingança move Joaquim Barbosa

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

FrancoAtirador

.
.
SOBRE ESCRAV@S MIDIÁTIC@S A SERVIÇO DOS DONOS

A Mensalona LoPrete (aquela que em 2005, quando entrevistou o Roteirista de Peças de Ficção Teatral Roberto Jefferson, recebia mensalmente dos Frias, e agora recebe mensalmente dos Marinho, para detonar exclusiva e diuturnamente o PT)
está programada pelos Donos da Rede Globo para ler as perguntas formuladas antecipadamente pela equipe de Ali Kamel, e depois endossar e ratificar, invariavelmente, integralmente e incondicionalmente, tudo o que os fofoqueiros de política comentam, concordando com absolutamente tudo o que é dito de besteiras e asneiras que saem da boca principalmente do Imorrível da Academia Bandalheira de LeTretas.

Logo ela que, um dia, criticou o Big Brother Bial por idolatrar o “Doutor Roberto”, como se fosse um Escravo que presta “reverência” ao Senhor da Chibata, “ao longo de 400 páginas” escritas sobre o Dono, mesmo depois de dois anos do Verdugo Morto:

“ROBERTO MARINHO”/BIOGRAFIA

Bial reverencia o “Doutor Roberto”

RENATA LO PRETE
EDITORA DO PAINEL

Não é fácil escrever sobre um homem para quem se trabalhou desde sempre.
Menos ainda quando se continua a trabalhar para seus herdeiros.
E em especial se o homem é Roberto Marinho.

Essa dificuldade original não é superada na biografia que Pedro Bial lança em São Paulo nesta quarta-feira.

Em “Roberto Marinho”, parte de um projeto da Central Globo de Comunicação para preservação de memória, a relação do autor com seu personagem ultrapassa a fronteira da admiração.
É de reverência.

Começa pela opção de referir-se ao jornalista e empresário, morto em agosto de 2003 aos 98 anos, como “Doutor Roberto” ao longo das quase 400 páginas.

Pode-se alegar que assim o chamavam os funcionários das Organizações Globo e todos os que dele se aproximavam.
Mas, aliada ao recurso de continuamente convidar o “amigo leitor” a seguir a jornada de “nosso companheiro”, essa forma de tratamento revela disposição para diluir contrastes e iluminar o personagem sempre com a luz mais favorável.

Tome-se a história de quando Roberto Marinho, já septuagenário, voltou a saltar a cavalo, para grande preocupação dos familiares.
Segundo Bial, notícias de suas quedas não saíam no “Globo” nem em outros jornais.
“Com exceção, é claro, da “Tribuna da Imprensa”, do eterno e implacável adversário Hélio Fernandes.”

O caso em si é lateral, mas o modo de narrá-lo deixa claro que, no entender do autor, fora de lugar está não o silêncio obsequioso dos demais, mas sim a atitude de quem “ultrapassava as raias da deselegância fazendo zombaria com a idade do competidor”.

Não faltam atrativos a “Roberto Marinho”, seja pela riqueza de eventos e realizações na trajetória de seu protagonista, que ontem teria feito cem anos, seja pela fartura de entrevistas e documentos de que se serviu o autor.

Estão lá os presidentes (para Juscelino, que insistia em erguer Brasília no Planalto Central: “Por que o senhor não constrói a nova capital ali na Barra?”).

Estão lá os jornalistas (na correspondência entre Marinho e Evandro Carlos de Andrade se enxerga com nitidez o processo que transformou “O Globo” no jornal influente que é hoje).

Está lá uma história quintessencial sobre o significado de ser Roberto Marinho.
Certo domingo, ele quis saber a que horas a TV Globo transmitiria o jogo de seu Flamengo.
Ninguém ousou dizer a verdade: não transmitiria.
Foram minutos de desespero até surgir a idéia salvadora: como o sinal do estádio seria enviado à emissora, conectou-se uma linha à casa do Cosme Velho (*).
Mandado às pressas ao Maracanã, um locutor de primeiro time narrou a partida para um homem só.

Pena que tanta matéria-prima tenha sido plasmada com olhar de deslumbramento por Bial, que ao final reflete: “Roberto Marinho… Nunca imaginei que me coubesse tal missão, escrever, com independência, um perfil biográfico de Roberto Marinho. Assim como nunca sonhei em vir a ser apresentador do “Fantástico” ou do “Big Brother Brasil'”.

Se independência lhe foi dada, ele mostrou pouco interesse em utilizá-la.
Não obstante o valor documental de “Roberto Marinho”, resta por ser feita uma biografia que, sem deixar de reconhecer seus méritos e o papel central na história das comunicações no Brasil, seja capaz de encará-lo com algum distanciamento.

(http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/renata_lo_prete__28553)
(http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq0412200422.htm)
.
.
(*) Um eufemismo, para se referir ao Palacete de 3 andares, com três mil metros quadrados de área construída, localizado no bairro da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro onde o Imperador Roberto Marinho fixou residência:


FALANDO NISSO: CADÊ O DARF?

Mensalona LoPrete:
– MERVAL, POR QUE A REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO NÃO MOSTRA O DARF?

Merval Pereira:
ORA, RENATA! PORQUE A CULPA É DO MORDOMO EDGAR PEIXOTO.
É ÓBVIO QUE, EM TODOS ESSES ANOS SERVINDO AO DOUTOR ROBERTO,
É IMPOSSÍVEL QUE ELE NÃO SOUBESSE DA SONEGAÇÃO DA GLOBO.
NÃO HÁ COMO NEGAR QUE O MORDOMO É QUEM TINHA O DOMÍNIO DO FATO…

Mensalona LoPrete:
– É ISSO MESMO, MERVAL… OBRIGADA, MERVAL…

(http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/524/artigo152328-1.htm)
(http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/524/artigo152328-2.htm)
(http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/524/artigo152328-3.htm)
(http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/524/artigo152328-4.htm)
(http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/524/artigo152328-5.htm)
(http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/524/artigo152328-6.htm)
.
.

Vinicius Rodrigues

Esse cara se tivesse nascido na Alemanha a alguns anos atrás, seria com certeza o braço direito do Hitler! http://www.platodocerrado.blogspot.com.br

    Mário SF Alves

    E o principal defensor da teoria da Terra Oca, é claro.

Tiao

Troquemos o nome do infeliz para ” Merdal Pereira “

Marat

Ha ha ha ha… esse Merval… de tanto tomar o estupendo vinho Sangue de boi, o honesto, inteligente e íntegro jornalista parece falar e escrever sob os auspícios de Baco… ou, se não for isso, presumo que seja caso de internação urgente

    Clodoaldo Massardi

    Oque escreveu esse sujeito para ser membro da ABL ? alguém me diga por favor.

Fabio Passos

A diferença entre a estupidez e covardia do “jornalista” da globo e a razão e sensibilidade de um Jornalista de verdade…

“Joaquim Barbosa e a face tenebrosa da maldade”
http://jornalggn.com.br/noticia/joaquim-barbosa-e-a-face-tenebrosa-da-maldade

“Em todos esses anos acompanhando e participando de polêmicas, jamais vi definição mais sintética e arrasadora do que a do jurista Celso Antônio Bandeira de Mello sobre Joaquim Barbosa: “É uma pessoa má”.

Não se trata se julgamento moral ou político. Tem a ver com distúrbios psicológicos que acometem algumas pessoas, matando qualquer sentimento de compaixão ou humanidade ou de identificação com o próximo. É o estado de espírito que mais aproxima o homem dos animais.

(…)

Joaquim Barbosa é um caso de maldade explícita. Longe de mim me aventurar a ensaios psicológicos sobre o que leva uma pessoa a esse estado de absoluta falta de compaixão. Mas a natureza da sua maldade é a mesma do agente penitenciário que se compraz em torturar prisioneiros; ou dos militares que participavam de sessões de tortura…

Nada foi capaz de civilizar a brutalidade abrigada em seu peito, o prazer sádico de infligir o dano a terceiros, o sadismo de deixar incompleta uma ordem de prisão para saborear as consequências dos seus erros sobre um prisioneiro correndo risco de morte.

É por isso que o PiG já era.
Quem pode ler Nassif vai perder tempo com pistoleiro da globo? rsrs

Fabio Passos

Nem parece verdade.
Um sujeito que defende abertamente maus tratos a um preso político.
Este merval não passa de um jagunço da oligarquia marinho.

Que mais os canalhas da globo querem?
Tortura em praça pública?

A “elite” branca será varrida do mapa nas eleições de 2014… e está com saudades daditadura.

    Mário SF Alves

    São todos eles o avesso do Zumbi dos Palmares. Todos eles escaravelhos. Todos eles capitães do mato. O que os une é a Central Globo de Sonegação, Entretenimento, Hipnose e Advinhações [olha o tsunami aí, gente!]

Ligia

Merval pode falar as besteiras que quiser, o que vale é o apoio que Genunino vem recebendo. Força Genuino.

    Mário SF Alves

    É. E o que estamos esperando para “instituir” o dia nacional de apoio e desagravo ao Genoino?
    ______________________________
    Imagina. Imagina o Brasil inteiro, do Oiapoque ao Chuí, em ato público de apoio, desagravo e em respeito à importância histórica do Genoino. Seria bom demais.

yara fatima borin

Regalia é não ter ninguém da globo preso por sonegar impostos.

Maria Luiza Tonelli

Saber que a solidariedade humana irrita essa turma não tem preço.

augusto2

O lado bom disso tudo é que, a cada dia, as ”qualidades” pessoais de JB Vampiro ficam mais conhecidas, patentes e gritantes.!!
Ate mesmo para o leigo, o distraido homem comum ,como para o empedernido coxinha tambem nota e percebe que o capitao do mato está exagerando.

wendel

Sr. Altamiro, não seja tão radical!!! Esperar do Sr. Merval – O Imortal (?), qualquer tipo de lisura, independência, honestidade, neutralidade, imparcialidade, é querer muito!!!
Senão como iria ele se explicar, ou melhor, se justificar aos seus senhores, um comportamento diferente do que lhe é exigido, em função de seus honorários!!!!
Como ele, é já notório, A. Azevedo, Mainard, a enferma L. Hipólito, E. Cantanhêde – a massa cheirosa, Jabour, bom, não vou ficar citando nomes, pois são todos bem manjados por nós!
É melhor incluir todo o IFHC, IMillenium, algumas Ongs estrangeiras patrocinadas pela CIA, e alguns vários Quintas Colunas Chega?????????????????????????

walter rodrigues

Altamiro. já reparou a covardia estampada na caveira desse IMORtAL, rola bosta da GLOBO?

walter rodrigues

Altamiro. Já reparou que todo ser invejoso se revela covarde e fals

Péricles

Um puxa-sacos da melhor qualidade. Parece que desbancou o velho Alex Garcia, que parecia ser o decano dos puxa-sacos globais. Estão pagando muito bem a puxa-sacos e jagunços. Não deixem que a inveja os leve a atacar este brasileiro. Façam como ele: atirem seus princípios na lata de lixo e enriqueçam e passem a frequentar os mais elegantes ambientes da elite deste continente. Já pensaram em ser colunista do Jornal da Globo? Da Veja? Da Folha? Já pensaram em estar ao lado de grandes expoentes da literatura brasileira como o grande J. Sarney, só para citar como exemplo o maior de todos os nossos literatos? Isso não é para qualquer um. Há que ter um alto grau de escroquibilidade.

Maria Thereza

Agora que a globo leu o manifesto dos juristas, o imortal vai ter que arranjar argumentos contra o jb, rapidinho. Se o “talento” lhe faltar, basta ler alguns artigos nos blogues sujos ou o próprio manifesto, para mudar sua opinião. Vai ser o Jabor 2 – a missão de abandonar jb

    Mário SF Alves

    O recado tá dado. Se ele ainda tiver algum juízo próprio, acatará de pronto.

Aline C. Pavia

Mervalixo, jornalixo.

Heldimar Nunes

Esse pulha é um direitista rançoso, de uma elite podre, que trabalha numa empresa criminosa, isto é “SONEGADORA”, de Impostos e noticias e um grande invejoso, não se conforma, com o grau de sucesso que, acompanha o nosso grande Lula.!!!

marco

Sr.Altamiro.Esperava mais alguma coisa desse tipo?

Deixe seu comentário

Leia também